Home Artilharia Exame de Valor Balístico da munição 155 mm do obuseiro M109 A5+BR

Exame de Valor Balístico da munição 155 mm do obuseiro M109 A5+BR

2757
29

Rosário do Sul (RS) – De 13 a 15 de julho, o Comando da Artilharia Divisionária da 3ª DE coordenou a realização do Exame de Valor Balístico (EVB) da munição 155 mm, do blindado M109 A5+BR, no Campo de Instrução Barão de São Borja (Saicã).

Na oportunidade, os exercícios de tiro real foram aproveitados para a continuação do processo de integração do Sistema Gênesis com os novos obuseiros, além de contribuir para o adestramento das guarnições das peças.

A atividade interdisciplinar técnico-operacional obteve sucesso, com a participação do Comando de Operações Terrestres, Comando de Artilharia do Exército, 3º Grupamento Logístico, 3º Grupo de Artilharia de Campanha Autopropulsado, Bateria de Comando da Artilharia Divisionária da 3ª Divisão de Exército, 3ª Companhia de Comunicações Blindada, Centro de Avaliações do Exército e Indústria de Material Bélico do Brasil.

FONTE: Agência Verde-Oliva/CCOMSEx

Subscribe
Notify of
guest
29 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Gabriel BR
Gabriel BR
2 meses atrás

Foi um ótimo investimento

BMIKE
BMIKE
Reply to  Gabriel BR
2 meses atrás

Com certeza. o problema é o local, no sul do país não há local adequado para disparos de longo alcance, esses abuses devem ser transferidos para o centro -oeste para atingir seu potencial e facilitar deslocamento.

Flanker
Flanker
Reply to  BMIKE
2 meses atrás

quem disse que não há local adequado?

Nico 88
Reply to  BMIKE
2 meses atrás

Já ouviu falar no bioma Pampa? Já viajou pelos vastos campos de cultivo do RS, SC e especialmente o Paraná?

Flanker
Flanker
Reply to  Nico 88
2 meses atrás

Sem querer ser bairrista, o RS, sozinho, tem área de 281.748 km². Santa Catarina e Paraná, somados, tem 294.661 km². A metade Sul do RS, que compreende o pampa e a campanha tem vastidões de campos e planícies.

Pablo
Pablo
Reply to  Flanker
2 meses atrás

Moro em Bage/RS, bem no meio da campanha gaucha, posso afirmar que aqui o que nao falta é campo plano ate perder de vista!

Flanker
Flanker
Reply to  Pablo
2 meses atrás

Sim, conheço toda essa região. Já fui muitas vezes a Bagé. Sou de Santa Maria.

Pablo
Pablo
Reply to  Flanker
2 meses atrás

Bueno, “temo” em casa então.

Flanker
Flanker
Reply to  Pablo
2 meses atrás

Isso aí, índio véio!

ScudB
ScudB
2 meses atrás

30 tiros :10 com munições iluminativas (M1124) e 20 – com HE (M795).
Os carregadores nem começaram a suar…

Rommelqe
Rommelqe
2 meses atrás

Neste caso certamente procurou-se certificar a munição, mas entendo que poderiam ser utilizados tres obuseiros para verificar eventuais influencias específicas do canhão propriamente dito. Aliás, certamente diferenças existem, por isso que averigua-las também justificaria um ensaio mais amplo. Mas sem dúvida foi um teste muito válido. Parabéns!!! Que se mantenham em forma e preparados!

Tomcat4,2
2 meses atrás

Este sim é o obus mais moderno na AL atualmente.

sub urbano
sub urbano
Reply to  Tomcat4,2
2 meses atrás

e os poderosos 2S19-Msta de Maduro? São mais modernos e novos de fábrica.

Tomcat4,2
Reply to  sub urbano
2 meses atrás

Não creio que possuam a eletrônica destes M-109 A5 BR+ que são próximos ao M-109 A6 Palladin.

ScudB
ScudB
Reply to  Tomcat4,2
2 meses atrás

Amigo Tomcat4,2! Infelizmente o Msta-S dos venezuelanos é bem mais avançado (incluindo a aparte da eletrônica) se comparar com qq(!) versão de M109. Possui sistema de controle de tiro automatizada “Sucesso-S” incluindo correção de elevação e recuperação de mira automáticas. Com isso permita execução das instruções avançadas como ToT , leque , evasão e contra-ataque em modos automático ou semi-automático. Na sua melhor performance uma bateria (8 Msta-S) cospe 3 toneladas de chumbo grosso em 1 minuto. Somente perde para Coalizão-SV e PzH.. Obviamente isso sem entrar nos detalhes tipo “quem opera” ou se tem bastante papel higiênico :). Um… Read more »

Tomcat4,2
Reply to  ScudB
2 meses atrás

Valeu ScudB, que máquina hein, então ficamos com o segundo lugar.rs

Foxtrot
Foxtrot
2 meses atrás

” integração do Sistema Gênesis com os novos obuseiros, além de contribuir para o adestramento das guarnições das peças”.
Interessante essa informação.
Então o Sistema de artilharia Gênesis desenvolvido entre Inbel e Avibras já está pronto?
Porquê não se sabe nada sobre esse sistema?
No que se baseia esse sistema de artilharia? (C3, cálculo de tiro etc etc).

Foxtrot
Foxtrot
Reply to  Foxtrot
2 meses atrás

Ps: a pesquisa e desenvolvimento de uma munição guiada nacional para esse obuse aumentaria e muito as capacidades do mesmo.
Poderiam utilizar as mesmas tecnologias do SS40G e SMKB.

Matheus
Matheus
Reply to  Foxtrot
2 meses atrás

O sistema Genesis já vem sendo testado desde um exércicio da AMAN que teve alguns anos atrás. Tem até matéria sobre aqui no forte.

Luiz Floriano Alves
Reply to  Matheus
2 meses atrás

Muitos não tem noção do que é o Centro de Instrução Barão de São Borja (Saicã). É maior do que muitos municípios. Tem todo o tipo de terreno, desde lagos e pântanos até cerros de pedras. Campos de areias movediças e espaço para tiro de tubo em qualquer calibre. Por fim, uma reserva natural das melhores.

Flanker
Flanker
Reply to  Luiz Floriano Alves
2 meses atrás

A área total do CIBSB é de 50083 hectares.

Foxtrot
Foxtrot
Reply to  Matheus
2 meses atrás

Obrigado pela resposta Matheus.
Tem o link da matéria?

Luciano
Luciano
2 meses atrás

Quais são os meios da 3ª Companhia de Comunicações Blindada?

Camargoer
2 meses atrás

Olá Colegas. Como ocorre a detonação do explosivo dentro do canhão para lançar a granada? E o que a granada detonar quando atinge o alvo?

Carvalho2008
Carvalho2008
Reply to  Camargoer
2 meses atrás

Não sei todos, alguns podem ser percussão e alguns são ignição eletrica.

Veja estes chineses treinando o disparo de munição sem o canhão!!!

A detonação do propulsor do projetil é eletrica.

Devem usar esta doutrina para emboscadas onde ja se saiba de antemão a passagem obrigatória do alvo.
https://youtu.be/Mumt5M0gusE

Carvalho2008
Carvalho2008
Reply to  Carvalho2008
2 meses atrás

Não sei se esta munição que usaram ai seria de obus ou canhão sem recuo

ScudB
ScudB
Reply to  Carvalho2008
2 meses atrás

Se trata de foguete type 63-2 de 107mm.

ScudB
ScudB
Reply to  Camargoer
2 meses atrás

Amigo Camargoer! No caso do M109 – um primer M82 (dispositivo de ignição) parafusado e acionado por aquela cordinha ridícula. Ja o acionamento da espoleta de projétil pode ser feito por meio de temporizador (que o carregador ajusta conforme os dados balísticos iniciais matematicamente calculados e elevação do ponto de detonação para efeito de cobertura) , sensor de aproximação ou espoleta de contato que pode ser ajustada com manipulações bem simples para ter acionamento imediato ou com atraso (tipo 0.01s ou 0.1s) para projétil penetrar o alvo ou camada de terra para efeito maior . Um caso particular seria um… Read more »

Italo Souza
Italo Souza
2 meses atrás

Agora se acabaram as munições hahahahah