Home Guerra às Drogas VÍDEO: Cartel de drogas mexicano mostra tropas uniformizadas com armas militares e...

VÍDEO: Cartel de drogas mexicano mostra tropas uniformizadas com armas militares e veículos blindados

6401
118

A principal autoridade de segurança do México disse que as autoridades estão investigando um vídeo que mostra dezenas de soldados uniformizados com armas de nível militar e caminhonetes aparentemente pertencentes a um grande cartel de drogas.

O vídeo, que circulou na mídia social na sexta-feira, parecia ser uma demonstração de poder por membros do Cartel de Nova Geração Jalisco (CJNG) – um dos mais poderosos grupos criminosos do México.

Alfonso Durazo, secretário de segurança e proteção civil, disse que o “vídeo de propaganda” estava sendo analisado para confirmar sua autenticidade.

Ele acrescentou que “não há grupo criminoso com capacidade para desafiar com êxito as forças de segurança federais”.

Muitos dos veículos estacionados em uma estrada de terra no vídeo têm torres improvisadas ou blindagens de chapa de aço soldadas a eles.

Várias dezenas de homens mascarados, vestindo coletes à prova de balas e portando fuzis de assalto, também são ouvidos gritando que são “pessoas de Mencho” – apelido usado pelo chefe do Cartel da Nova Geração Jalisco, Nemesio Oseguera.

O lançamento do vídeo coincidiu com a visita de Andres Manuel Lopez Obrador, presidente do México, ao coração do grupo.

Lopez Obrador defendeu uma abordagem menos conflituosa em relação à segurança do que seus antecessores e apoiou medidas para tratar de questões sociais, como pobreza e desemprego, que ele argumenta que contribuem para o crime.

A estratégia chamada “abraços, não balas” tem sido controversa e alguns analistas de segurança alertaram que isso encorajou grupos criminosos.

“Eles estão enviando uma mensagem clara … de que basicamente governam o México, não Lopez Obrador”, disse Mike Vigil, ex-chefe de operações internacionais da Administração Antidrogas dos EUA, à Reuters.

Vigil alertou que a abordagem do presidente “apenas levou esses cartéis a operar com mais impunidade”.

Falko Ernst, analista sênior no México para o International Crisis Group, disse que o vídeo enviou um alerta claro sobre uma possível retaliação contra o governo pelo cartel.

“Este [vídeo], realizado ontem na Serra Jalisco, como me disseram, é mais do que claro em sua mensagem para o governo federal: você vem atrás de nós e revidaremos”, escreveu Ernst no Twitter.

Ele acrescentou: “Em vez de uma declaração de guerra, da minha perspectiva, é principalmente voltada para a proteção do status quo, em um momento crucial em que o governo federal precisa definir sua futura postura em relação à CJNG”.

A CJNG é considerada a gangue mais forte do México, juntamente com o Cartel de Sinaloa, anteriormente liderado pelo traficante de drogas Joaquin “El Chapo” Guzman.

FONTE: The Independent

Subscribe
Notify of
guest
118 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Silva
Silva
3 meses atrás

Se a moda pega em..

As vezes fico imaginando, será que um dia esses cartéis podem vir a se aventurar por aqui como fazem nos EUA?

Last edited 3 meses atrás by Silva
Azip
Azip
Reply to  Silva
3 meses atrás

a maioria dos brasileiros não podem pagar por cocaína,aqui prevalece o crack mesmo.

Caio
Caio
Reply to  Silva
3 meses atrás

Os cartéis de lá virem para cá? Meu caro os daqui já estão quase assim, pois Brasil e México têm imensa semelhança, em corrupção e incompetência.

Matheus
Matheus
Reply to  Caio
3 meses atrás

A nossa sorte é que as facções aqui ainda não pensaram em se organizar, quem conseguiu foi o PCC mas mesmo assim eles não são metade do que um Cartel de Sinaloa ou CJNG.
O costume do Brasileiro em pensar pequeno é o que nos salva de virarmos um México por completo.

Sagaz
Sagaz
Reply to  Matheus
3 meses atrás

Aqui essa corja só se criou usando o povo de escudo. Qual cartel ocupou alguma região fora de área urbana e interditou ? PCC é apenas um bando de covardes que todo mundo sabe o orifício onde escondem o celular nos presídios…

Matheus
Matheus
Reply to  Sagaz
3 meses atrás

Exatamente, as organizações criminosas no Brazil(exceto Brasilia) são uma piada perto dos grandes como os Carteis Mexicanos, Yakuza ou a Mafia.

mendonça
mendonça
Reply to  Sagaz
3 meses atrás

disse tudo .

Yuri Dogkove
Yuri Dogkove
Reply to  Caio
3 meses atrás

Na cara não Caio!

mendonça
mendonça
Reply to  Caio
3 meses atrás

verdade, a semelhança é enorme como ja citou ,inclusive fisicamente ,as pessoas se parecem ,principalmente o pessoal do norte do país.
é nessas horas que helicópteros militares armados com mísseis anticarro ou antitanque faz falta ,com eles ,isso vira um monte ferro velho .

Caio
Caio
Reply to  mendonça
3 meses atrás

As do sul do país parecem menos, mas estão nas portas escancaradas do tráfico de armas, drogas, animais, pirataria e contrabando que sustenta a bandidagem brasileira, estes se parecem com quem?

Last edited 3 meses atrás by Caio
mendonça
mendonça
Reply to  Caio
3 meses atrás

se perecem com italianos (boa parte são descendentes).
aqui no sudeste ,principalmente são paulo a maioria que usa drogas ,são filhos de papai,sem querer criar polêmica,mas porque foi que “estudantes ” da USP não queriam ou não quer uma base da PM dentro da cidade universitária ?
pois bem ,pra quando o fornecedor encostar o cliente ficar á vontade pra comprar e usar a mercadoria.

mendonça
mendonça
Reply to  Caio
3 meses atrás

isso mesmo ,ao sul estão com as portar escancaradas ,isso é verdade ,principalmente ali perto de fóz do iguaçu.
ao mesmo tempo temos um grande quintal onde traficantes de tudo que é fora da lei ,encontraram os portões quebrados ,pela outra entrada que dá acesso a esse quintal ,deveria ter portões,mas nem quebrados tem .
ou seja ,esse quintal amazônico está ,assim como o sul , á Deus dará.

Peter nine-nine
Peter nine-nine
Reply to  mendonça
3 meses atrás

Se essas imagens forem uma representação fidedigna da realidade e poder do dito “cartel”…. Implica o uso dos meios quase que como uma força terrestre convencional, o que, de certa forma, cria mais perigo à própria organização, pois viabiliza o uso (pelo estado) de poder de fogo que de outra forma não seria viável nem prático.

mendonça
mendonça
Reply to  Peter nine-nine
3 meses atrás

bem,se isso for realidade ,implica no uso de blindados com capacidade de disparar algum tipo de foguete antiblindagem , ou o uso por tropas de infantaria equipadas com armas anticarro ou helicópteros .

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  Caio
3 meses atrás

E…
Tradição de lacaio.

Gabriel BR
Gabriel BR
3 meses atrás

Obrador é um pai para os carteis mexicanos e todo tipo de bandido.

Caio
Caio
Reply to  Gabriel BR
3 meses atrás

E o todos os outros que mandam no México desde sempre foram diferentes? Esse bandeirismo é de uma limitação imensa.

Gabriel BR
Gabriel BR
Reply to  Caio
3 meses atrás

Tenho contados lá ! A coisa ficou muito pior com esse sujeito.

PACRF
PACRF
Reply to  Caio
3 meses atrás

Concordo. Há muito tempo esses cartéis se instalaram no México, assim como o crime organizado prospera no Brasil há muito tempo também, desde os anos 1980. Tanto lá quanto aqui, sai governo e entra governo e o problema do tráfico de armas, drogas e etc. permanece prosperando.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Caio
3 meses atrás

antes pelo menos mantinham a aparência, mas hj tá deslavado.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
3 meses atrás

É por isso que algumas operações contra os carteis mexicanos são feitas pelas forças armadas em vez da polícia pois a polícia não daria conta de enfrentar esses caras.

PACRF
PACRF
Reply to  Fabio Araujo
3 meses atrás

Nem a forças armadas de lá dão conta, assim como as nossas não dão conta do tráfico por meio de nossas fronteiras.

Gabriel BR
Gabriel BR
Reply to  PACRF
3 meses atrás

Não é bem assim.
A grande limitação das forças armadas brasileiras neste caso não é competência nem material , mas sim o ordenamento jurídico.

drews Mccurt
drews Mccurt
Reply to  Gabriel BR
3 meses atrás

E resistência por parte dos próprios militares em evitar a “contaminação” das FFAA pela sedução do crime organizado. Acho falta de coragem.

Talisson
Talisson
Reply to  Gabriel BR
3 meses atrás

E midiático.

MMerlin
MMerlin
Reply to  Gabriel BR
3 meses atrás

Existe o seguinte ditado: Se droga não fosse boa ninguém usava e se não desse dinheiro ninguém vendia.
O EB até conseguiria prender toda uma organização ligada ao trafico mas o problema está mais embaixo e a questão deveria ser tratada como um problema de estado, uma vez que envolve todas as áreas sendo educação, segurança e saúde as principais.
Enquanto existir fornecedores e consumidores, o comércio sempre vai existir.

OSEIAS
OSEIAS
Reply to  Gabriel BR
3 meses atrás

Correto, a razão de existência das forças armadas e de aniquilar o inimigo, não de fazer relações publicas ou patrulha de vielas. Veja o caso daquele cidadão que foi morta com mais de 80 tiros. Forças armadas tem que nos defender de forças estrangeiras e não é fazendo amizade que isso acontece. Já as forças policiais tem todo um caráter jurídico para seguir, e mais eles não são juízes e nem executores de penas, para isso vivemos em um estado democrático de direito. Forças armadas nunca deveriam fazer papel de policia no Brasil. Fala para o coitado do soldado de… Read more »

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Gabriel BR
3 meses atrás

Qual o empecilho do ordenamento jurídico? Até onde eu sei no CP vender, plantar, produzir, transportar drogas continua sendo crime.

Acontece que alguns inteligentes acharam que proibir a venda de drogas iria salvar a humanidade do vício, e acabaram por criar um verdadeiro monstro.

Drogas sempre existiram na história da humanidade, há relatos de 10 mil anos atrás de seu uso, mas elas só passaram a provocar o caos quando foram proibidas e criminalizadas pelo Estado no século passado.

Flanker
Flanker
Reply to  Defensor da liberdade
3 meses atrás

o empecilho jurídico é que as FFAA não são polícia…então sempre haverão empecilhos quanto à ação delas. Se a polícia mata um traficante é uma coisa….se o EB mata um traficante é outra completamente diferente….aos olhos do ordenamento jurídico……

mendonça
mendonça
Reply to  Defensor da liberdade
3 meses atrás

quando se fala em ordenamento jurídico ,o colega quis dizer que as forças armadas não podem o tempo todo ficar na rua combatendo ou reprimindo ,o tempo pra isso é limitado ,como aconteceu na intervenção militar no rio de janeiro .
precisaria de uma espécie de reforma na constituição.
ou … em casos muitíssimo extremo , voltar com o regime militar ,que de ditadura de verdade mesmo ,não aconteceu.

Luciano
Luciano
Reply to  Gabriel BR
3 meses atrás

Gabriel, boa tarde. Não é competência das FAs patrulhar as fronteiras e coibir trânsito ilegal entre elas? Elas nao tem como prerrogativa, e portanto proteção legal, impedir transporte internacional ilegal de produtos controlados? Por exe, quem mais além da FAB pode fiscalizar o espaço aéreo e ter meios para acompanhar e abater uma aeronave que entra ilegalmente trazendo drogas e armamentos?

Marcos
Marcos
Reply to  Luciano
3 meses atrás

O policiamento de fronteira é competência da Política Federal. As Forças Armadas realizam algumas “operações presença” como por exemplo a “Fronteira Sul”, mas com limitações jurídicas de atuação.

mendonça
mendonça
Reply to  Marcos
3 meses atrás

é…no caso de policiamento de fronteiras ,cabe sim um papel das forças armadas ,até porque em caso de agressão externa e que ninguem tem como saber quando vai acontecer ,elas virão pelas fronteiras ,o próprio nome já diz ” agressão externa” .
então a possivel e talvez futuro país agressor ,tem que encontrar ,ou teria que encontrar um pouco de resistência logo na porta .

mendonça
mendonça
Reply to  Gabriel BR
3 meses atrás

sim ,isso mesmo, no caso do brasil ,temos equipamentos e pessoal bem mais que o méxico , a propria policia militar ,segundo a constituição é uma força auxiliar e reserva ,mesmo a polícia sendo corrupta ,inclusive polícia civil , acredito que a maioria seja do bem .

Last edited 3 meses atrás by mendonça
Luciano
Luciano
Reply to  PACRF
3 meses atrás

Não produzimos cocaina, mas consumimos em grande quantidade, seja como revendedor ou mesmo consumidor final (lembrem-se que a coca é diluída e vendida por grau de pureza, sem falar em subprodutos). Da mesma forma nao produzimos HK, AK, Barrets, Bushmaster, Colt e afins (excluindo versões sob licença, que eram mais restritos). Se entra no Brasil, é porque alguém responsável por fiscalizar isso falha! Seja por falta de recursos ou incompetência, falha! Claro que nao tem como impedir tudo, mas nao podemos admitir esse grau de comercialização (se apreende 1 T de coca ou 117 peças de fuzis de uma vez,… Read more »

Funcionário dos Correios
Funcionário dos Correios
3 meses atrás

A que ponto chegou o México, cartel de drogas melhor equipado que muita PM no Brasil, e no mundo. Detalhe tudo padronizado, e até com giroflex.

João Adaime
João Adaime
3 meses atrás

Os cartéis mexicanos têm de ser riquíssimos e poderosos mesmo. Logo do outro lado do rio Grande existe um dos maiores mercadores consumidores de drogas do mundo.

João Adaime
João Adaime
Reply to  João Adaime
3 meses atrás

Desculpem. Mercados e não mercadores.

MMerlin
MMerlin
Reply to  João Adaime
3 meses atrás

Um dos maiores não, o maior.
Mas existe uma grande preocupação do governo americano referente ao combate a cocaína, que é a substituição pela heroína ou metanfetamina, uma vez que a primeira não causa tantos problemas sociais quanto as outras duas.
No México já existe produção da papoula, mas as plantações ainda são bem discretas.

rui mendes
rui mendes
Reply to  MMerlin
3 meses atrás

Não, já foi o maior, actualmente o maior mercado de consumo de drogas, é a UE.
Pelo menos, foi o que um documentário sobre drogas, que passou na tv, disse.

MMerlin
MMerlin
Reply to  rui mendes
3 meses atrás

Não duvido. Se não fosse o nível educacional existente na região seria complicadissimo.
O ópio, derivado da papoula como a heroína, teve um impacto catastrófico na cultura asiática. Não a toa, narcotráfico é crime passivo de morte.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  MMerlin
3 meses atrás

Mesmo sendo passível de morte não impediu que as grandes rotas de drogas se estabelecessem por lá, vide Afeganistão, Indonésia e Filipinas. Não tem como se evitar que pessoas transacionem coisas que elas demandam.

Até tem mas isso incluí praticar extermínio legalizado ou não de viciados, como muitos países do bloco comunista fizeram, e o recente caso das Filipinas, onde há grupos de extermínio patrocinados pelo Estado. Para nós cristãos e ocidentais não soa nada moral matar alguém por causa de um vício.

mendonça
mendonça
Reply to  João Adaime
3 meses atrás

pois é funcionario dos correios, uma verdadeira virada de “jogo” .
o que era pra ser organizado , está desorganizado , e o que era pra ser desmantelado ,está bem organizado .

Last edited 3 meses atrás by mendonça
Tomcat4,2
3 meses atrás

Temos que evitar que isso ocorra por estas bandas. Em um país sério estes veículos são apenas alvos.

PACRF
PACRF
Reply to  Tomcat4,2
3 meses atrás

Prezado Tomcat4,2, por aqui está só faltando os veículos e os uniformes, pois fuzis, metralhadoras de grosso calibre, lança-granadas, armas automáticas de todos os tipos, dinamite e etc. já estão na mão do crime organizado há muito tempo.

Tomcat4,2
Reply to  PACRF
3 meses atrás

Se for olhar a PM (grande parte) do RJ só faltam os blindados ,ou será que não, caso haja milicianos no Bope …….

mendonça
mendonça
Reply to  Tomcat4,2
3 meses atrás

os blindados ja tem .
tem um urutu doado pelo exercito e tem um ou dois caveirões ,uma espécie de carro forte reforçado .

ICAL
ICAL
Reply to  PACRF
3 meses atrás

Prezado PACRF, boa tarde. Aqui no município do Rio de Janeiro (e em municípios de entorno) já tem isso (bandidos de uniformes e veículos, fazendo patrulha em seus territórios).

Renato Carvalho
3 meses atrás

Um sobrevôo de um Mi 35 e isso tudo vira sucata, falta culhões ao governo mexicano pra resolver essa questão.

Gabriel BR
Gabriel BR
Reply to  Renato Carvalho
3 meses atrás

O Exército mexicano não tem ! E Obrador está sucateando as forças armadas do México.

PACRF
PACRF
Reply to  Renato Carvalho
3 meses atrás

Por aqui, não ocorre ações de sua natureza (imagino) porque o crime organizado se instalou e se misturou nas favelas, tornando essas comunidades suas reféns. Falta “culhões” para realizar uma vigilância efetiva em nossas fronteiras evitando o tráfico de drogas e, principalmente, o de armas.

O Chato
O Chato
Reply to  PACRF
3 meses atrás

Grande parte das armas vem de dentro do país. Nos preocuparmos mais com nossas fronteiras ajudaria, mas, infelizmente, não chegaria nem perto de resolver o problema.

Sobre a questão das drogas, basta acabar com o dinheiro físico para dificultar muito a vida do tráfico (e dos sonegadores de impostos).

Last edited 3 meses atrás by O Chato
Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  Renato Carvalho
3 meses atrás

O equipamento pode se assemelhar a uma força regular mas isso é propaganda, em um embate eles vão se comportar como forças irregulares clássicas, não haverá um front ou um agrupamento para o MI-35 sobrevoar, eles abandonarão estes carros e uniformes e se dissolverão na população civil criando um severo atrito de longo prazo, a solução é ocupação militar permanente, um serviço de inteligência de alto nível e envolver a própria população na causa, não é nada fácil, vide nossas favelas!

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Carlos Gallani
3 meses atrás

Ocupação militar permanente, vai sair de onde o dinheiro para isso? Abracadabra alakazam?

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Renato Carvalho
3 meses atrás

Aí o cartel adquire uns Manpads e já era o Mi-35. Poderia ser o Churchill na presidência, sua guerra contra o empreendedorismo das drogas iria fracassar miseravelmente, como fracassou na Indonésia e nas Filipinas, países que executam traficantes e usuários de drogas, e não deixam de ser grandes rotas de drogas pesadas.

mendonça
mendonça
Reply to  Defensor da liberdade
3 meses atrás

é…mesmo tendo pena de morte pra traficantes, eles não se intimidaram muito .
que os dois vagabundos brasileiros que se encontram no inferno , apareça para nos contar .

JuggerBR
JuggerBR
Reply to  Renato Carvalho
3 meses atrás

Pensei no A-10 pra fazer o serviço, coisa fácil de conseguir atravessando o Rio Grande e pedindo via FMS.

DanielJr
DanielJr
Reply to  JuggerBR
3 meses atrás

Pensei a mesma coisa. Um pouco de BRRRRRRRTTT e pronto

SmokingSnake 🐍
SmokingSnake 🐍
3 meses atrás

Lopez Obrador defendeu uma abordagem menos conflituosa em relação à segurança do que seus antecessores e apoiou medidas para tratar de questões sociais, como pobreza e desemprego, que ele argumenta que contribuem para o crime.A estratégia chamada “abraços, não balas” Se depender de maior parte da mídia, congresso e STF, o Brasil vai pelo mesmo caminho. Na verdade já está indo faz um tempo, hoje a polícia praticamente não pode nem mais entrar em “comunidades” no RJ graças ao STF, e as leis contra corruptos e a bandidagem no geral são fraquíssimas. Onde não tem leis e Estado, os grupos… Read more »

Gabriel BR
Gabriel BR
Reply to  SmokingSnake 🐍
3 meses atrás

É a mesmíssima estratégia lá e cá! Tudo coordenado em toda a América Latina para chegar nesse tipo de coisa apresentado ai em cima nesse vídeo.

Welington S.
Welington S.
Reply to  SmokingSnake 🐍
3 meses atrás

Apesar de toda a p*taria que estamos vivendo há décadas, acredito que, chegando nessa mesma situação do México, o combate seria muito intenso dando então o aval pra colocar em cada um deles um paletó de madeira bonito.

Victor Silva
Victor Silva
Reply to  SmokingSnake 🐍
3 meses atrás

Os governos podem utilizar até armas de destruição em massa contra os cartéis, ainda assim não fará com que desapareçam. 10 bandidos são neutralizados e outros vários já estaram apostos para substitui-los. O problema são os usuários de drogas, os compradores de mercadorias contrabandeadas/produto de roubo ou furto… eles sustentam isso.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Victor Silva
3 meses atrás

Não, quem sustenta o tráfico é a proibição. No Colorado você compra maconha em tabacaria, não precisa se sujeitar a ir numa viela inóspita na periferia para comprar em traficante. Nos anos 20 nos EUA você podia entrar numa farmácia qualquer e sair de lá com um belo frasco de heroína pura de ninguém mais, ninguém menos que a Bayer, sem nem precisar de receita. Você jamais encontrará notícias desta época da Bayer trocando tiros com a polícia por causa de heroína. Já nesta mesma época você acha notícias de troca de tiros entre traficantes de álcool, que era proibido… Read more »

Pedro Rocha
Pedro Rocha
3 meses atrás

Olá senhores! Mexicanos sejam bem vindos a mais nova republica bolivariana da América! Os senhores já sabem quem está mantendo o Maduro ainda no “pé” sem cair podre no chão: O narcoterrorismo! Enquanto se tratar traficante como um injustiçado social sempre veremos essa cena deplorável! Nos é que somos injustiçados sociais nos que trabalhamos, pagamos impostos e nem podemos portar uma arma para defesa pessoal. Mesmo sendo cidadãos de bem verdadeiramente!

Caio Cipriano
Caio Cipriano
Reply to  Pedro Rocha
3 meses atrás

Como assim “sejam bem vindos”? hahaha
O México sempre foi peça fundamental para o tráfico de drogas para os eua, e isso não tem nada a ver com ser “bolivariano”. Só ver a história dos carteis do golfo e de guadalajara

Alex prado
3 meses atrás

Isso aí já tem moldes de pelotão! De brigadas motorizada leve! Cara se isso inspirar os traficantes daqui da região sul americana… Paraguai e outros países viram narco estados… Imagina se isso acontece nas favelas do RJ ou em sp e demais estados.

Fernando OP
Fernando OP
3 meses atrás

Realmente eles estão muitos dispostos mais abraços. Pra variar, certos estão os EUA que já os classificam como organizações terroristas. Agora é só enviar os Reapers. 💀💀💀

Matheus Santiago
Matheus Santiago
Reply to  Fernando OP
3 meses atrás

É bem capaz mesmo de enviarem os drones para atacar os cartéis, embora eu não ache que Trump ataque sem autorização do México, mas pelo ” Patriot Act” e os cartéis classificados como organizações terroristas, ele detenha esse direito de atacar sem permissão do governo mexicano.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Fernando OP
3 meses atrás

Pode enviar o que for, vai continuar entrando droga nos EUA, até em aviões da CIA. Empreendedorismo vencendo a tirania estatal desde que o homem virou Homo Sapiens Sapiens.

Matheus
Matheus
3 meses atrás

Ser vizinho do maior consumidor de cocaina e maconha do mundo é um destino pior que uma guerra. Se fosse só corrupção para os Mexicanos estava tudo ótimo.
A rota das drogas é um inferno que assola toda a América Latina infelizmente e esses países ondem recebem as drogas ainda tem a car de pau de criticar a américa latina em não serem mais duros com os carteis de drogas. Ninguem fala para os cidadãos deles pararem de cheirar pó.

XFF
XFF
Reply to  Matheus
3 meses atrás

Podemos dizer que os a população dos Estados Unidos que cheiram pó são os principais financiadores de drogas do mundo. Se ele parassem de cheirar pó, esse traficantes não existiriam.

Diego Tarses Cardoso
Diego Tarses Cardoso
3 meses atrás

A coisa já anda extremamente feia no México, agora com esse senhor esquerdista foi ao mais extremo possível ainda. A política de “mais abraços e menos balas” é a mesma que foi e ainda é pregada aqui, e todos veem o resultado.

Para concretizar, hoje a Argentina bloqueou as contas bancárias para evitar a fuga de dólares, parece que a esquerda argentina vai atingir a meta até o fim do ano, e com certeza dobrará até o fim do mandato.

FERNANDO
FERNANDO
3 meses atrás

Infelizmente é uma realidade, estamos caminhando para narconações, e se bobear acabamos como eles.
Quando nos omitimos no processo eleitoral, por descrença nas instituições democráticas ou simplesmente por preguiça, ocorre o que ocorre no México.
Temos que apreender a votar.

Diego Tarses Cardoso
Diego Tarses Cardoso
Reply to  FERNANDO
3 meses atrás

Tem gente aqui que adoraria ver isso, o Brasil um narcoestado.

Foxtrot
Foxtrot
3 meses atrás

Putz estão mais modernos (em se falando de equipamentos de uso pessoal) do que o EB kkkkkk.

naval762
naval762
3 meses atrás

“Tropa” não pô! Criminosos, terroristas, bandidos e milicianos, esse é o nome certo.

OSEIAS
OSEIAS
3 meses atrás

Aqui a coisa caminha para a mesma situação. As facções criminosas estão se tornando mais organizadas com poder central e com muitos recursos e contam com a morosidade de nossas autoridades que jogam os policiais para enxuga gelo. Sem falar que essas mesmas organizações a muito estão financiando seus próprios candidatos políticos para defenderem seus interesses. Mas a tentativa de aperta o cerco contra lavagem de dinheiro dessas organizações nunca será votada pois esse também é o modus operantes dos políticos corruptos. Logo logo veremos lideres de facções criminosas ocupando as mais altas cadeiras do poder. Não estou falando de… Read more »

Santiago
Santiago
3 meses atrás

Caramba! Praticamente um mini-exército! Bem armados com fuzis, .50. fuzil de precisão, lança-rojão. Dois minutos e 20s de vídeo e não deu tempo de mostrar todos os blindados deles. As vezes aqui fazemos exercícios com 2 blindados, armamento com pouco poder de combate. A propaganda é a alma do negócio, tem que intimidar esses caras. Prá enfrentar isso aí só com ataque aéreo um um Mbt pesado prá dar apoio. Lá no Rio, os traficantes já deram trabalho para o EB, ocasionando baixas, blindados capotados, imagine enfrentar esses caras do cartel do México.

Teropode
3 meses atrás

Que bom , os mexicanos adoram isto , aliás não posso critica_los por não saberem votar 😂😂😂😂😂

Tallguiese
Tallguiese
3 meses atrás

Quero ver o comandante Farinazo ou hoje no mundo militar ou até mesmo o Caiafa master comentar isso!

Richard Stallman
Richard Stallman
3 meses atrás

A discussão aqui esta muito low-tier, até proposta socialistas como acabar com o dinheiro físico existe, para quem quer ver como é uma discussão de alto nível, aqui está:

https://news.ycombinator.com/item?id=23876847

Lu Feliphe
3 meses atrás

Acompanhando uma discussão em um site indicado pelo colega Stallman mostra que situação é ruim, esses cartéis empregam 450.000 pessoas faturando quase 25 bilhões de dólares anualmente, em comparação os militares tem um contigente de 177.000 com um orçamento de 7 bilhões de dólares https://muse.jhu.edu/article/485071 isso mais outros fatores importantes como a corrupção, e a falta de materiais em certas unidades imagina o quão difícil é combater o narcotráfico.

Last edited 3 meses atrás by Lu Feliphe
Welington S.
Welington S.
Reply to  Lu Feliphe
3 meses atrás

QUE? 450 mil? Meu amigo, isso é maior que o contingente ativo do Exército Brasileiro… caramba… olha o nível em que esses caras estão bicho…

Lu Feliphe
Reply to  Welington S.
3 meses atrás

Vale destacar que nem todos esses empregados tem experiência ou conhecimento militar (provavelmente a grande maioria não tem) já que muitos desses empregados podem receber funções bem diferentes no narcotráfico.

Agnelo
Agnelo
3 meses atrás

Qual país do mundo consegue controlar a entrada de drogas em suas fronteiras?
Isso mesmo, nenhum….
As armas chegam junto, em sua maioria, nas mesmas rotas.
O problema não é de emprego militar, mas de uma série de medidas em vários campos.
Vide operação no Alemão e Maré.
As FFAA pacificaram, mas a União, o Estado e o Município não fizeram mais nada para melhorar as condições dos locais.
Pior…. não dá em nada ser bandido no Brasil….
Tem jeito????

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Agnelo
3 meses atrás

Tem, descriminalização das drogas, livre mercado acaba com qualquer mazela em qualquer lugar do mundo. Livre concorrência é o remédio contra qualquer monopólio. Basta ver Portugal antes e depois da descriminalização.

IBIZ
IBIZ
Reply to  Defensor da liberdade
3 meses atrás

Liberalismo é uma mentira tão nociva a sociedade quanto o socialismo!

Agnelo
Agnelo
Reply to  Defensor da liberdade
3 meses atrás

Tipo cigarro e bebida, que são legais, mas dão os maiores lucros para as ORCRIM e ainda “dobram” os OSP em corrupção “igual doido”?
ãhã

Welington S.
Welington S.
Reply to  Agnelo
3 meses atrás

Acredito que teria se os governadores fizessem uma grande operação para combater essa m*rda e claro com o aval jurídico para os policiais civis, militares, PF, PRF, GM e por ai vai; não se esquecendo também do apoio das FFAAs no combate. Em fim, seria uma grande operação a nível nacional.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Welington S.
3 meses atrás

Seria um desperdício de dinheiro, os traficantes logo arranjariam novos meios de fazer a droga circular no médio prazo, e toda a dinheirama arrancada dos pobres deste país naquele momento pelo Estado acabaria na lata do lixo. Vocês precisam entender que tráfico é empreendedorismo, mas com monopólio garantido indiretamente pelo Estado. Quanto mais droga se tira das ruas, mais seu preço sobe e mais gente interessada em lucrar entra no ramo, pois o lucro compensa o custo. Isso gera todo um ciclo que nunca irá se acabar, a menos que se elimine a demanda pelo produto, mas para isso só… Read more »

Diego Tarses Cardoso
Diego Tarses Cardoso
Reply to  Defensor da liberdade
3 meses atrás

Então devemos dar o país para os traficantes e pronto acabou ? Enquanto não criarmos vergonha na cara e pararmos de consumir essas drogas, o tráfico continuará a crescer.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Diego Tarses Cardoso
3 meses atrás

A resposta para sua pergunta está no último parágrafo do meu comentário, descriminalização, tornar o mercado legalizado. Lembre-se que até a Bayer já fabricou heroína e cocaína nos anos 20, nunca ouvi notícia da Bayer matando pessoas por aí, e trocando tiros com a polícia para que as farmácias vendessem sua heroína. A descriminalização favorece o aumento da concorrência, um usuário de cannabis pode plantá-la em casa sendo ela legal, sem precisar comprar em traficantes ou mesmo em farmácias ou tabacarias. Não posso me intrometer no direito do outro de se entupir da substância que ele quiser, bebo uma taça… Read more »

O Chato
O Chato
Reply to  Diego Tarses Cardoso
3 meses atrás

Em comentário anterior, citei uma medida que poderia reduzir a viabilidade do mercado de drogas: o fim do dinheiro físico no país. Isso, sozinho, dificultaria também uma série de outras práticas criminosas, como o tráfico de armas (neste caso, o mercado interno), roubo de valores e bens materiais, sonegação de impostos, etc. Não seria preciso nem se empenhar tanto no combate direto às facções criminosas. Elas tenderiam a, simplesmente, desaparecerem ou enfraquecerem ao ponto de não serem mais grande ameaça, pois, sem o dinheiro físico, o traficante correria riscos ao receber recursos por vias oficiais (digitais) e ao tentar tornar… Read more »

Tulio Rossetto
Tulio Rossetto
Reply to  O Chato
3 meses atrás

Essa é uma faca de dois gumes.
Por mais que supostamente diminua o crime, também poderá abrir espaço para um autoritarismo nunca antes visto. É só ver que um dos sonhos do PCC na China é abolir moeda física e com isso estabelecer controle total sobre o setor financeiro, dessa forma qualquer pobre cidadão chinês que desagradar o regime terá suas finanças totalmente bloqueadas e não poderá nem comprar pão. E conhecendo a natureza humana, é mais provável que uma medida dessa seja usada para o mal do que para o bem.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
3 meses atrás

A proibição e a guerra estatal contra às drogas funciona sim amiguinho, pode confiar! Um político e um policial vão salvar seu filho das drogas, pode crer!

Jefferson
Jefferson
3 meses atrás

Falando em drogas, qual foi o fim dos elementos que estavam levando cocaína no avião PRESIDENCIAL do mito (minto)? Duvido muito que seja apenas 1 militar, deve ser uma rede. O Brasil e o mundo já perdeu a guerra para as drogas, aqui no Brasil todo mundo usa drogas, inclusive políticos, militares, juízes e qualquer outra porcaria que receba dinheiro da população através de tributos. Eu sou a favor da legalização de tudo isso e a criação imediata de estrutura de tratamento de usuário, hoje o Brasil tem centenas de milhares de dependentes crônicos de drogas sem qualquer tipo de… Read more »

Diego Tarses Cardoso
Diego Tarses Cardoso
Reply to  Jefferson
3 meses atrás

O sargento está preso na Espanha, fim da história.

Diego Tarses Cardoso
Diego Tarses Cardoso
Reply to  Jefferson
3 meses atrás

E digo mais, o usuário usa porque quer, ninguém está enfiando nada nele. O usuário deveria ser preso por consumo de drogas, ele sabe que está financiando o tráfico, assim como um comprador de peças ilegais sabe que financia o crime que inclusive mata para conseguir o produto.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
3 meses atrás

É a guerra contra às drogas fracassou miseravelmente, parabéns aos patetas que tiveram a idéia brilhante de suprimir a liberdade de escolha do indivíduo, e a livre transação entre pessoas, em nome de uma infeliz luta falso-moralista contra os vícios do homem, devem estar orgulhosos em seus túmulos. O uso de drogas não só não caiu, como surgiram drogas mais pesadas, criou cartéis sanguinários e poderosos, narcoestados, corrupção, encarceramentos em massa de pobres e minorias étnicas, homicídios em massa de pobres e outras minorias, opressão de comunidades pobres, e contribuiu até para o aumento de doenças contagiosas como AIDS e… Read more »

Diego Tarses Cardoso
Diego Tarses Cardoso
Reply to  Defensor da liberdade
3 meses atrás

Jogar a sociedade no colo dos criminosos não resolve o problema do tráfico, aliás também é crime pois está se traindo a pátria.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
3 meses atrás

https://youtu.be/-shwabBMEXQ

Milton Friedman explicando com evidências científicas o por que a guerra contra às drogas tende ao fracasso.

Kornet
Kornet
3 meses atrás

O México tem uma luta desigual,pois é uma nação aparelhada e contaminada pelo narcotráfico,com esse esquerdista no poder a coisa tende a piorar.
Claro que há muitos políticos e membros da polícia e do judiciário que comem nas mãos dos traficantes.
Aqui temos um aparelhamento ideológico da extrema esquerda e da esquerdalha caviar.
Muita coisa ainda para ser combatida,principalmente nossas leis benevolentes e ineficientes.

Pavan
Pavan
3 meses atrás

Qdo o estado é omisso e corrupto é isso que acontece…

DOUGLAS TARGINO
DOUGLAS TARGINO
3 meses atrás

Em qualquer pais sério isso seria destruido pelas forças armadas. Mas um pais que solta um bandido por medo dele como aconteceu em um passado recente pela destruição que estavam fazendo por ele ter sido preso… Infelizmente lá é igual ao brasil e ainda pior: eles tem mais poder que a polícias e mais influencia.

Andrade
Andrade
3 meses atrás

Vamos lembrar que o nosso maior cartel é Brasília e o nosso maior consumidor é o povo que não sabe votar.

Heinz Guderian
Heinz Guderian
3 meses atrás

Se precisarem pede uns treinos ao BOPE do RJ estão acostumados a cancelar o CPF de ratos como esses ai.

Oseias
Oseias
3 meses atrás

Os carteis mexicanos estão virando uma força paramilitar nivel estado islamico. Já estão usando até as caminhonetes artilhadas, os famosos “technicals” do ISIS.
Se o Estado mexicano não der conta de lidar com a ameaça, os Estados Unidos serão obrigados a usarem força militar contra o grupo em territorio mexicano. Basta que a casa branca os classifique como forças terroristas para enquadra-los na guerra ao terror.

Kornet
Kornet
Reply to  Oseias
3 meses atrás

Sem esquecer das execuções,em que não se sabe quem dos dois são mais cruéis no modo de matar,coisa de filme de terror bem trash e gore.

PauloR
PauloR
3 meses atrás

Vejo o povo criticando a abordagem do Lopez Obrador, mas a política de conflito direto que o ex-presidente Peña Nieto e o Felipe Calderon fizeram também não resolveram o problema, apenas fortaleceram os Carteis e causaram um banho de sangue que espantaram o mundo.

Diego Tarses Cardoso
Diego Tarses Cardoso
Reply to  PauloR
3 meses atrás

Então precisa-se encontrar outra estratégia, não jogar a sociedade no colo dos criminosos e correr para o abraço.

Caio Cipriano
Caio Cipriano
Reply to  Diego Tarses Cardoso
3 meses atrás

O problema é que não existe estratégia se os presidentes tiverem o rabo preso por serem financiados pelo tráfico. Não estou afirmando que esse tem, mas segundo o próprio el chapo, os ultimos presidentes do méxico receberam dinheiro.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  PauloR
3 meses atrás

Pois é, quanto mais encurralam os cartéis e retiram drogas das ruas, mais o preço sobe e atrai a atenção de gente cada vez mais disposta a matar para ter esse dinheiro, maiores são os incentivos para a criação de drogas mais toxicas e mais fáceis de manipular e circular, bem como adquirir armamento pesado para enfrentar o Estado e os outros cartéis. Daqui uns dias começam a operar drones, e ai eu quero ver o que os defensores da gerra estatal contra as drogas vão fazer, quando começar a explodir bombas nos quartéis da polícia e do exército, e… Read more »

marcos
3 meses atrás

É so liberar todas as drogas e taxar com impostos modicos. Acabou-se o problema.

Orivaldo
Orivaldo
3 meses atrás

Sugiro ao Presidente do México dar o exemplo e ir dar um abraço nesses camaradas

Yuri Dogkove
Yuri Dogkove
3 meses atrás

Como o EUA iria ignorar um “parceiro comercial” desse? Não dá! EUA & México união eterna! kkkkk

Antunes 1980
Antunes 1980
3 meses atrás

Um narco estado onde os cartéis possuem o muito mais força, recursos e integrantes do que o exército mexicano.
Se todos os criminosos mexicanos fossem eliminados em confronto com as forças de segurança, a população mexicana iria diminuir em cerca de 1/3.
Ali é o inferno na terra.

Last edited 3 meses atrás by Antunes 1980
WILSON JOSE DA SILVA JUNIOR
WILSON JOSE DA SILVA JUNIOR
3 meses atrás

Nada que um Sabre não de jeito…

Fernando (Dragon44)
Fernando (Dragon44)
3 meses atrás

Já da pra fazer um filme do Rambo com esse pequeno exército ai do vídeo