sábado, outubro 16, 2021

Saab RBS 70NG

Exército da Rússia recebe novo sistema de implantação de minas com munições programáveis

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

A corporação estatal russa Rostec iniciou o fornecimento às tropas do novíssimo sistema Zemledelie, que implanta campos minados com minas programáveis, informa a assessoria de imprensa da empresa.

Destaca-se que essas minas são capazes de se autodestruir ou de se desactivar após um determinado tempo.

“O método remoto de instalação de barreiras minadas tem uma série de vantagens. Em particular o sistema se distingue pela velocidade com que consegue implantar campos minados especialmente em áreas de difícil acesso. Ao mesmo tempo, a capacidade das minas de se desativarem ou autodestruírem em um determinado tempo garante uma desminagem segura e rápida após a cessação dos combates”, aponta a assessoria de imprensa citando Bekkhan Ozdoev, diretor industrial da Rostec.

O novo sistema Zemledelie é composto por dois veículos todo-terreno, sendo um lançador de minas e outro municiador.

As minas são lançadas de 50 tubos de 122 milímetros e podem cair a uma distância de entre cinco e 15 quilômetros, ou seja, o alcance do armamento é muito maior. Seu carregamento dura poucos minutos.

Ao contrário dos sistemas lançadores múltiplos de foguetes Uragan e Grad, as minas não explodem ao tocar no solo, mas acabam formando um campo minado antitanque ou antipessoal, dependendo das minas lançadas.

“Ele [o sistema] permite executar rapidamente as tarefas de minagem em conformidade com os acordos internacionais que proíbem ou restringem a utilização de minas, minas-armadilhas e outros dispositivos”, conclui o documento.

O sistema de engenharia de implantação remota de minas Zemledelie foi exibido pela primeira vez este ano na Parada da Vitória.

FONTE: Sputnik News

- Advertisement -

17 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
17 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Antonio Renato Cançado
Antonio Renato Cançado
9 meses atrás

Perguntinha:a fabricação e utilização de minas terrestres não estão proibidas? Minas terrestres não foram banidas da cena militar?

joão Fernando
joão Fernando
Reply to  Antonio Renato Cançado
9 meses atrás

E quem vai peitar a Russia? Bolsonaro?

Teropode
Reply to  Antonio Renato Cançado
9 meses atrás

Há regrinhas , que sempre são ignoradas , pra mim deveriam ser banidas , geralmente vitimização animais e civis .

Evgeniy (RF).
Evgeniy (RF).
Reply to  Antonio Renato Cançado
9 meses atrás

Não.

gordo
gordo
Reply to  Antonio Renato Cançado
9 meses atrás

Acho que se deve assinar o tratado. Nós fabricamos bombas cluster que são condenadas tal qual como as minas. Dizem que minas terrestres tem pouca eficiência contra tropas e acabam vitimizando sobretudo civis e animais. Basta ver as ilhas Malvinas que foram pavimentadas com minas e acho nenhum soldado britânico morreu sob efeito de uma.

Agnelo
Agnelo
Reply to  gordo
9 meses atrás

Não é questão de pouca eficiência, é questão de má utilização.
Os Campos Minados devem ser bem balizados e com um croqui q “fale a verdade” para quem o instalou.
Infelizmente, muitos não fazem a coisa direito.
A finalidade do campo minado é barrar/canalizar/atrasar o avanço inimigo. Não é “pegar de surpresa” quem pisa nas minas.

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
Reply to  Agnelo
9 meses atrás

Foram brilhantemente usados na campanha da africa, durante a segunda guerra mundial.

Agnelo
Agnelo
Reply to  Antonio Renato Cançado
9 meses atrás

Boa noite
Não.
As minas AC não são proibidas.
As AE, para quem assinou, são.
Sds

Agnelo
Agnelo
Reply to  Agnelo
9 meses atrás

Erro!! AE = AP

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
Reply to  Antonio Renato Cançado
9 meses atrás

E que nem o tratado de armas nucleares e o de limitação do alcance de misseis quando vendidos e o do uso de munição closter. Se você assina o tratado, você tem que comprir.

kararao
kararao
Reply to  Antonio Renato Cançado
9 meses atrás

A russia , china e EUa não assinaram parece

Carlos Campos
Carlos Campos
9 meses atrás

Nossa que equipamento top, mina é uma coisa tão simples, mas mesmo um exército bem equipado tem que tomar cuidado por onde vai passar só de pensar que tem elas por ali.

cerberosph
cerberosph
9 meses atrás

Se as minas se auto destruírem quando cessar as hostilidades, parabéns para o idealizador/inventor.

Gabriel BR
Gabriel BR
9 meses atrás

É uma das armas mais covardes que o ser humano inventou.

João Adaime
João Adaime
9 meses atrás

Se desativar ou se autodestruir tem diferença.
Entendo que se autodestruir é explodir. Se for por espoleta de tempo, equivale a uma bomba relógio.
Preciso de mais detalhes.

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
Reply to  João Adaime
9 meses atrás

Acho que sepende do gosto do cliente e da situação tática. Exemplo: o local minado e próximo de cidades, desativa e se distante, destroi.

willhorv
willhorv
9 meses atrás

Acredito que cada tubo lance 4 minas….dando uma salva de 200 minas….algo bem significativo não!
Daria para cobrir algo em torno de 200 x 400 metros…
Será?

Últimas Notícias

ESPECIAL: Apresentação das capacidades do Exército Francês

Por Jean François Auran* Colaborador especial do Forças Terrestres/Forças de Defesa Parece às autoridades militares francesas que o mundo está se...
- Advertisement -
- Advertisement -