sexta-feira, junho 25, 2021

Saab RBS 70NG

Pelosi pede às Forças Armadas para limitar a autoridade nuclear de Trump. Veja como funciona esse sistema

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Em março de 2018, um assessor militar da Casa Branca carrega o “football”, um sistema que permite ao presidente Trump lançar um ataque nuclear a qualquer momento (Chip Somodevilla/Getty Images)

A presidente da Câmara dos Representantes dos EUA, Nancy Pelosi, pediu à liderança do Pentágono que limite a capacidade do presidente Trump de usar armas nucleares durante seus últimos dias no cargo.

Em uma carta aos seus colegas da Câmara Democrata na sexta-feira, Pelosi disse que havia falado com o presidente do Estado-Maior Conjunto, General Mark Milley, sobre “as precauções disponíveis para evitar que um presidente instável inicie hostilidades militares ou acesse os códigos de lançamento e ordenando um ataque nuclear.”

“A situação deste presidente desequilibrado”, escreveu Pelosi, “não poderia ser mais perigosa e devemos fazer tudo o que pudermos para proteger o povo americano de seu ataque desequilibrado ao nosso país e à nossa democracia”.

Posteriormente, Pelosi disse a seu caucus que havia recebido garantias de que havia salvaguardas em vigor, de acordo com uma fonte na ligação. Não está claro quais podem ser essas salvaguardas.

Separadamente, vários senadores e membros do Congresso escreveram a Milley e ao secretário de Defesa em exercício, Christopher Miller, para verificar a autoridade do presidente para lançar armas nucleares.

Segundo as regras atuais, Trump é a única pessoa no governo que pode ordenar um ataque nuclear.

“O presidente tem autoridade de lançamento exclusiva e não precisa verificar isso com ninguém”, diz Elaine Scarry, professora da Universidade de Harvard e autora de Monarquia Termonuclear, um livro sobre autoridade de lançamento.

No passado, colocar o poder de acabar com a civilização nas mãos de uma única pessoa era visto como a opção menos ruim. A autoridade de lançamento presidencial começou no final da Segunda Guerra Mundial, quando os militares bombardearam Nagasaki sem o consentimento direto do presidente Harry Truman. No início da Guerra Fria, a autoridade de lançamento foi delegada a alguns comandantes de campo, mas isso acabou sendo visto como muito arriscado.

Na configuração atual, o presidente viaja com o que é conhecido como “football” nuclear, uma pasta que lhe permitiria iniciar um ataque nuclear de qualquer lugar e a qualquer momento. O conteúdo da “football” é desconhecido, mas acredita-se que contenha um telefone e várias opções de ataque predefinidas, diz Joshua Pollack, pesquisador sênior associado do Instituto Middlebury de Estudos Internacionais em Monterey.

O sistema foi projetado no auge da Guerra Fria, quando alguns temiam que um presidente tivesse apenas alguns minutos para responder a um ataque soviético em massa.

“O presidente pode ser morto por um ataque nuclear estrangeiro”, diz Pollack. “Então ele tem que ser capaz de dar ordens enquanto ainda está vivo.”

Os freios e contrapesos em vigor são projetados para autenticar o presidente e transmitir suas ordens de maneira confiável aos militares. Mas toda a estrutura de comando “apenas pressupõe que o presidente está apto para o cargo e não ordenará arbitrariamente um ataque nuclear”, diz Pollack.

Na prática, diz Pollack, provavelmente seria um tanto difícil iniciar um Armagedom nuclear. Sob as circunstâncias mais imagináveis, altos funcionários do Pentágono estariam por dentro, autenticando as ordens do presidente e aconselhando-o sobre as ações a serem tomadas. Se acharem que a ordem é ilegal, podem se recusar a realizar o lançamento.

Mas Pollack acredita que, usando as opções de ataque predefinidas no “football” nuclear por conta própria, um presidente pode tecnicamente contornar esse sistema.

“Não haverá necessariamente qualquer tipo de teleconferência de decisão”, diz ele.

Tanto Scarry quanto Pollack acreditam que pode ser hora de revisar as regras que permitem que os presidentes conduzam lançamentos imediatos. Scarry diz que o Congresso precisa estar envolvido sob seus poderes para declarar guerra, embora ela acrescente que concentrar tanto poder nas mãos de apenas algumas pessoas pode ser fundamentalmente antidemocrático.

Se Trump fosse incapacitado por qualquer motivo, a autoridade de lançamento nuclear cairia para o vice-presidente Pence. Se ele fosse incapaz de cumprir seus deveres, o poder absoluto sobre as armas nucleares do país seria dado à próxima pessoa na linha de sucessão, o presidente da Câmara, Pelosi.

FONTE: NPR

- Advertisement -

86 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
86 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Antoniokings
Antoniokings
5 meses atrás

Virou uma República das Bananas.

Saldanha da Gama
Saldanha da Gama
Reply to  Antoniokings
5 meses atrás

O modus operandi da oposição, me lembra um certo país (BR). Abraços

Camargoer
Reply to  Saldanha da Gama
5 meses atrás

Caro Saldanha. No dia 6 de janeiro, Trump fez um discurso pedindo aos manifestantes que o apoiavam para invadir o prédio do congresso e paralisar uma sessão parlamentar. Isso causou a morte de 5 pessoas. Para dimensionar a gravidade, pense sobre o que seria isso em um pais latino-americano (qualquer um) e depois em qualquer potência nuclear (França, Russa, China….). A gravidade da situação é tal que não se assemelha a nenhum outro país.

Saldanha da Gama
Saldanha da Gama
Reply to  Camargoer
5 meses atrás

Bom dia meu caro CAMARGOER, quando falei sobre semelhança de oposições, certas atitudes lembram a daqui e este discurso do trump, lembra um pouco o do bolsonaro e família, é mais grave, mas lembra…. O do biden, qdo afirma que se fossem negros, a reação seria outra, onde ocorreram 5 mortes e uma que vi em um vídeo, o agente atira em uma pessoa parada dentro do capitólio, esta sem trazer perigo algum, mas ahhh se esta pessoa fosse negra… E que pelo visto para ele é pouco e deveria ter havido mais, me espanta e preocupa…Se lembra do nós… Read more »

nereu
nereu
Reply to  Saldanha da Gama
5 meses atrás

parada??? estava furando uma barricada e já tinha sido advertida 3X para não atravessar, e outra tinha diversos extremistas(terroristas) armados com fuzis dentro do capitólio

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  nereu
5 meses atrás

E o interessante é o ódio que esse pessoal demonstra.
Isso está no rosto deles.
Essa mulher que morreu parece que veio do Texas e estava ensandecida.

nereu
nereu
Reply to  Antoniokings
5 meses atrás

acho que foi San Diego CA, mas tem uma no Texas também. fica a pergunta será que valeu a pena deixar o marido para trás para morrer por um narcisista igual ao Trump

ALISON
ALISON
Reply to  Saldanha da Gama
5 meses atrás

veja o video de novo… ela estava arrombando e ia pular a janela quebrada da porta…

Camargoer
Reply to  Antoniokings
5 meses atrás

Olá AntonioK. A situação é extremamente grave. Espero que todos tenham assistido ao vídeo no qual ele diz aos manifestantes para irem até o prédio do congresso. Uma decisão destrambelhada que comprometeu sua legitimidade ao propor (como executivo) um ataque ao poder legislativo, violando a separação de poderes.

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Camargoer
5 meses atrás

Ele não os mandou invadir o prédio, mas protestar. O direito de reunião está logo na Primeira Emenda.

Camargoer
Reply to  Allan Lemos
5 meses atrás

Caro Allan. O direito ao protesto é legítimo. A invasão do congresso por pessoas armadas é criminoso. Durante a campanha pelo direito de voto ás mulheres, em plena Grande Guerra, elas ficavam em silêncio segurando placas pedindo o direito de voto em frente aos portões das Casa Branca. Desarmadas. Em silêncio. Permitindo o direito das pessoas de irem e virem. O invasão do congresso dos EUA não tem proteção constitucional.

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Camargoer
5 meses atrás

Então quer dizer que se o teu pai te mandar ao supermercado comprar leite, e ao invés disso você derruba as prateleiras, a culpa é dele?

De novo, o Trump não mandou ninguém invadir ou fazer baderna, mas sim fazer o protesto, a invasão é a externalização da indignação com o resultado de uma eleição fraudulenta.

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Allan Lemos
5 meses atrás

Fazer protesto….pelo quê?
Por qual motivo?
Pra contestar o resultado de uma eleição onde ele claramente perdeu, e onde ele NUNCA apresentou provas concretas de que houve fraude?

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Willber Rodrigues
5 meses atrás

Você evidentemente não viu os democratas conseguindo votos na calada da noite. Não é à toa que insistiram tanto nos votos pelo corrêio.

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Allan Lemos
5 meses atrás

Ah, eu ví sim…
Ví provas de que o próprio Trump pressionou vários delegados pra alterar votos pra ele, isso eu ví…
Aliás…se vc tem realmente provas de fraude, porque tú não mandou pra CIA, FBI e NSA? Ou vídeos conspiracionistas de internet não contam como fraude?

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Willber Rodrigues
5 meses atrás

Willber, a Justiça se recusou a fazer a recontagem e a fazer investigações.

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Allan Lemos
5 meses atrás

A Justiça se recusou a recontar os votos, porque não houve BASE pra isso. E não houve base pra isso, porque simplesmente o Trump apresentou um total de ZERO provas de que houve fraudes.
Capiche?

Flanker
Flanker
Reply to  Allan Lemos
5 meses atrás

Então está todo mundo contra ele? FBI, NSA, CIA, poder judiciário, poder legislativo, etc? Sério que tu pensa isso? E os vários políticos republicanos que não estão à favor de Trump? Tb fazem parte do complô?

ALISON
ALISON
Reply to  Allan Lemos
5 meses atrás

Pq nao apresentou provas anormal…

Camargoer
Reply to  Allan Lemos
5 meses atrás

Caro Allan. A mesma lei que estabeleceu as regras de 2016 estava vigente em 2020. Com a diferença de que não havia pandemia de coronavirus.

Flanker
Flanker
Reply to  Allan Lemos
5 meses atrás

Cara, tu não cansa desse teu discurso radical, extremista e supremacista?

Last edited 5 meses atrás by Flanker
Camargoer
Reply to  Allan Lemos
5 meses atrás

Caro Allan. Trump sugeriu aos manifestantes a invadirem o congresso. Isso foi uma ação política. Ele é o responsável político pelo ato. Cada indivíduo que invadiu o congresso deve ser criminalmente responsabilizado. Seria um enorme erro confundir as esferas políticas e criminais nesse momento.

Alexsandro Aparecido da Costa Júnior
Alexsandro Aparecido da Costa Júnior
Reply to  Camargoer
5 meses atrás

Trump é um perdedor despeitado que tá neurótico. Isso é fato.

Mas ele não falou ninguém pra invadir mesmo não. Convocou pra protestar realmente. Aí os doidos invadiram (se é que da pra chamar de invasão, a guarda simplesmente saiu da frente e deixou entrar. Se fossem negros matavam rindo.)

Tulio
Tulio
Reply to  Alexsandro Aparecido da Costa Júnior
5 meses atrás

Se fossem negros, os policiais teriam se ajoelhado, e deixado eles destruírem lojas, comércios e ruas inteiras sem oposição, igual o BLM fez nas principais cidades do país por meses a fio no meio do ano passado. Portland, por exemplo, teve arruaça e quebradeira por 3 meses seguidos.

Lucas
Lucas
Reply to  Allan Lemos
5 meses atrás

Esse foi fraco hein.
Não da pra comparar as duas situações da forma q tu colocou.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Allan Lemos
5 meses atrás

Deixa de ser ‘esperto’.
Todos conhecem Trump, seus seguidores e o que eles querem.
Não nós venha com essa baboseira de Primeira Emenda.

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Antoniokings
5 meses atrás

Todos conhecem Trump, seus seguidores e o que eles querem. Você se refere aos atos de violência? Já viu um protesto do BLM? Viu o que fizeram quando cercaram um prédio de polícia? Já viu um protesto dos Antifas? Pessoas que recorrem a violência existem em todo e qualquer grupo, infelizmente, pois ela não tem ideologia. Ou talvez você seja daqueles que acham que a violência só é válida se for praticada por pessoas da esquerda, ai nesse caso está ok. É assim que funciona? Seu pensamento é o mesmo da grande mídia americana: Reunião do BLM/Antifa = Peaceful protest.… Read more »

Zé Mané
Zé Mané
Reply to  Antoniokings
5 meses atrás

Trumpistas e bolsonaristas são vermes oriundos do mesmo chiqueiro.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
5 meses atrás

Que vergonha para um homem de negócios como Trump, sair com fama de desequilibrado.

Alexandre Cardoso
Alexandre Cardoso
Reply to  Defensor da liberdade
5 meses atrás

Ele está nem aí, … o que interessa a ele é dinheiro e poder, custe o que custar … acho que já deu provas suficientes disso …

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  Alexandre Cardoso
5 meses atrás

Ele é um americano por essência. Ganhar dinheiro e ser feliz, esse é o lema.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Vinicius Momesso
5 meses atrás

E os outros que se danem.

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
5 meses atrás

Só os norte-americanos pensam assim??

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Defensor da liberdade
5 meses atrás

Seria meio difícil ser de outra forma quando toda a mídia mainstream tentou(e conseguiu) sabotá-lo desde que ele pôs os pés na Casa Branca.

Camargoer
Reply to  Defensor da liberdade
5 meses atrás

Caro DF. Um desiquilibrado com fama de homem de negócios.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Camargoer
5 meses atrás

Não podemos esquecer que já nasceu rico.
Assim, fica fácil.

Camargoer
Reply to  Antoniokings
5 meses atrás

Caro AntonioK. Nascer rico é sorte. Se tornar rico não é nem sinal de competência nem inteligência. Essa busca pela fortuna é bem diferente da tal busca pela felicidade.

Andreo Tomaz
Andreo Tomaz
Reply to  Defensor da liberdade
5 meses atrás

Homem de negócios? Trump herdou a fortuna dos pais. Se ele passasse a vida dormindo o dinheiro dele renderia muito mais.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Andreo Tomaz
5 meses atrás

Se ele ainda tem muito dinheiro, é por que soube gerenciar bem.

Flanker
Flanker
Reply to  Andreo Tomaz
5 meses atrás

Trump é um maluco…mas, ele já perdeu quase tudo mais de uma vez, e foi capaz de recuperar sua riqueza de novo …..mas, isso não tem nada a ver com a inépcia dele para o cargo de presidente dos EUA.

Pedro Bó
Pedro Bó
Reply to  Defensor da liberdade
5 meses atrás

Existem pesquisas as quais afirmam que boa parte dos empresários, CEOs, CFOs, etc são psicopatas ou sociopatas. Carecem de equilibrio mental e empatia. Trump é um exemplo.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Pedro Bó
5 meses atrás

Que é isso cara, sou empresário e não sou psicopata, sou um amor de pessoa kkkkkk

Last edited 5 meses atrás by Defensor da liberdade
Alexandre Cardoso
Alexandre Cardoso
Reply to  Pedro Bó
5 meses atrás

Já vi, faz muito tempo, se lembro corretamente, uma pesquisa que afirmava o mesmo.

nereu
nereu
Reply to  Defensor da liberdade
5 meses atrás

Nova York foi modernizada nos 70-80 com o dinheiro do crime (máfias) Irlandesas, Israelense, Italiana e Russas e aparentemente Trump mantinha negócios com todos eles

Tamandaré
Tamandaré
Reply to  Defensor da liberdade
5 meses atrás

Trump não é um homem de negócios. Sua experiencia como business man foi péssima; fez grandes investimentos a partir dos anos 70 e faliu na década de 80. Somente. Ele é um especialista em marketing, isso sim! Tanto que começou a se reeguer nos anos 90 vendendo sua imagem a comerciais de TV e criando seu próprio TV show (The Apprentice). Então, passou a usar as eleições americanas – ainda no fim dos anos 90- para ganhar ainda mais visibilidade midiática. Trump nunca se candidatou esperando ganhar. Pra ele, participar das eleições sempre foi uma oportunidade de ampliar sua visibilidade.… Read more »

DOUGLAS TARGINO
DOUGLAS TARGINO
5 meses atrás

Que palhaçada em? Parece que o cara vai apertar o botão e destruir o planeta… Os caras já estão com muita frescura demais, espera dia vinte e cada um vai pro seu lugar.

Camargoer
Reply to  DOUGLAS TARGINO
5 meses atrás

Caro Douglas. Infelizmente, Trump mostrou um desequilíbrio emocional ao sugerir que os manifestantes invadissem o congresso dos EUA para paralisar a sessão parlamentar. A partir deste momento, ele comprometeu sua legitimidade. Acionar uma arma nuclear é apenas um dos riscos. Ele pode até mesmo ordenar um ataque convencional contra uma instalação nuclear do Irã, por exemplo, o que causaria uma enorme confusão.

sj1
sj1
Reply to  Camargoer
5 meses atrás

Conheço um cara formado que não sabe pra que serve uma bomba nuclear, na verdade a maioria não sabe… Vocês professores não ensinam pros alunos ?

nereu
nereu
Reply to  DOUGLAS TARGINO
5 meses atrás

Trump deveria ir para Cuba mais especificamente Guantánamo ele e toda sua família junto com a turma de celerados que o apoia

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
5 meses atrás

Querem imputar a Donald Trump um papel que cabido a líderes totalitários como Kim Jong Un e Aiatolá Khomeini.
Queira ou não mas Donald goza do prestígio dos soldados americanos, pois foi o único que se esforçou para tira-los de um atoleiro chamado “Iraque/Afeganistão”.

Camargoer
Reply to  Vinicius Momesso
5 meses atrás

Caro Vinicius. Acho que você está confundindo as coisas. O risco é Trump INICIAR uma nova crise militar apenas como cortina de fumaça para a crise política que ele se meteu.

100nick-Elã
100nick-Elã
5 meses atrás

Essa decisão da Pelosi é apenas marketing. Trump jamais iria apertar o botão por pura loucura. Mimimi.

Camargoer
Reply to  100nick-Elã
5 meses atrás

Caro 100nick. Concordo com você que foi uma ação política de Pelosi mas que serviu para mostrar o tamanho da crise política que Trump criou ao incentivar a invasão do congresso por manifestantes, aliás que seria considerado uma loucura até o dia 5 de janeiro e algo impossível de acontecer. Quando pensamos em políticos tradicionais, como Pelosi, Obama, Biden, Bush-pai, Reagen, Nixon, todos eles fazem uso de uma construção política racional para tomas decisões. Trump NÃO é um político. Seria um erro acreditar que ele faz cálculos políticos racionais ou convencionais. Ele não faz cálculo político.

Saldanha da Gama
Saldanha da Gama
5 meses atrás

Me passou pela cabeça, se o Biden falece e a vice assume…Acho que aí sim poderá haver uma cisão no país…

Camargoer
Reply to  Saldanha da Gama
5 meses atrás

Caro Saldanha. Binden e sua vice-presidente foram eleitas. O poder que exercerão é legítimo. Não há porque achar que no caso de vacância da presidência de Biden (ele pode renunciar por exemplo), haveria algum motivo para contestar a legitimidade do vice-presidente assumir a presidência. Truman assumiu a presidência no meio de uma guerra mundial. Os EUA já estão divididos. Não existe razão para achar que será possível ir além por causa da vacância na presidência.

Saldanha da Gama
Saldanha da Gama
Reply to  Camargoer
5 meses atrás

Camargoer, claro que foram eleitos e de forma legítima, assim como aqui o bolsonaro, e este desde que assumiu, a oposição vem tentando derrubar a legitimidade de sua eleição… A kamala, pela sua vertente e ideologia, se por em prática, arrisca a ver uma cisão grave nos eua, foi isto que eu quis dizer… Abraços

Srs
Srs
Reply to  Camargoer
5 meses atrás

Uma esquerdista que foi colocada por debaixo dos panos, se o presidente morrer ele assumir eu vou ter pena EUA , tinha uma série de TV dos anos 80 que mostra o país se tornando comunista justamente dessa maneira, eu esqueci o nome dessa série já procurei na Internet, eles estão a passo do abismo, o bom disso tudo é que vamos ver os professores, artistas de Hollywood e intelectuais serem depois os primeiros a serem perseguidos.

Camargoer
Reply to  Srs
5 meses atrás

Caro Srs. Ela foi indicada na convenção do partido democrata, assim como Truman foi colocado para evitar que Wallace fosse o vice-presidente de Roosevelt. Os partidos são soberanos para indicar as chapas em suas convensões.

nereu
nereu
Reply to  Srs
5 meses atrás

a mulher é mais linha dura que o velho Biden quem vê acha ela é igual a AOC

Last edited 5 meses atrás by nereu
Roberto Bozzo
Roberto Bozzo
5 meses atrás

Kkkkkkkk ela tá com medo do trumpete lançar um míssil na cabeça dela, só se for…..

Mauricio Pacheco
Mauricio Pacheco
5 meses atrás

Se Trump realmente quisesse começar uma guerra, já teria feito!
Baboseira para desacreditar o único presidente americano que não envolveu seu país em uma guerra!

Camargoer
Reply to  Mauricio Pacheco
5 meses atrás

Caro Mauricio. Gosto muito de um filme chamado “A zona morta” sobre a capacidade de um professor primário de prever o futuro após acordar de um coma. Ele prevê que um candidato a presidente irá provocar uma guerra nuclear para se livrar da culpa histórica de ser um homem fraco. Por essa razão, ele decide assassinar o candidato. Stephen King, naturalmente.

100nick-Elã
100nick-Elã
5 meses atrás

Com a morte de Maradona, por saudosismo me deu vontade de assistir o jogo Argentina x Inglaterra da Copa do Mundo de 1986. É importante frisar, para a mensagem que quero passar no final dessa minha postagem, que o jogo estava sendo narrado e comentado pelos argentinos. Mas vamos aos fatos: o jogo era duríssimo, mas aos 5 minutos do segundo tempo, Maradona pega a bola no meio de campo, dribla dois ou três ingleses e toca para seu companheiro, imediatamente se infiltrando na área adversária, esperando o passe ou a sobra de bola. E aconteceu exatamente assim: na disputa… Read more »

pangloss
pangloss
Reply to  100nick-Elã
5 meses atrás

Eu não gosto de futebolizar a discussão, mas devo dar os parabéns à metáfora apresentada. Por mais infantil que seja a narração construída pela imprensa e pela sociologia em torno do futebol – que sempre degenera em uma espécie de “reductio ad torcidam” -, o comentário acima prestou-se muito bem ao exemplo que era buscado.

Raphael
Reply to  100nick-Elã
5 meses atrás

Perfeita colocação: O pior cego é aquele “que não quer enxergar”

João Adaime
João Adaime
5 meses atrás

A fala do Bolsonaro em frente ao QG do Exército em Brasília teve muita semelhança com esta agora do Trump. Ambos negaram terem dito o que disseram, tipo “sem querer querendo”.
Para quem não lembra, Bolsonaro falou para um pessoal que pedia intervenção militar com ele Bolsonaro à frente. Só fato dele comparecer à manifestação, já mostra que apoia este tipo de coisa.

Gabriel
Gabriel
Reply to  João Adaime
5 meses atrás

Bolsonaro falou em intervenção militar? Tipo existe hoje na Venezuela, Cuba, Coreia do Norte, etc
Virou PTista, só pode!
Kkkkkkk

João Adaime
João Adaime
Reply to  Gabriel
5 meses atrás

Caro Gabriel.
A fala dele foi tipo nem a favor, nem contra, antes muito pelo contrário.
Mas a simples presença dele junto aos manifestantes já era um sinal que, no mínimo, ele não reprovava o movimento. Ali pediam intervenção militar com o fechamento do STF e do Congresso Nacional e outras medidas de força.
Para bom entendedor, até o silêncio basta.
Abraço

Lucas
Lucas
Reply to  João Adaime
5 meses atrás

Nossa, claro.
Tiveram aquelas manifestações semanais em Brasília pedindo pra fechar o STF e o congresso (!!!)
E o Bolsonaro sempre aparecia por lá pra dar um adeusinho.
Imagina se isso tivesse ganhado tração? Alguém realmente quer o Bolsonaro de ditador do Brasil?

Lucas
Lucas
Reply to  João Adaime
5 meses atrás

Acho que o grande ponto é que td mundo diz q é exagero.
“Bolsonaro só é meio grosso, nada a ver isso de ditador”.
Mas agora com essa invasão do capitólio teve gnt q se assustou.
O pessoal leva as coisas na brincadeira. Sabe?
O Bolsonaro fala esse monte de lixo, o cara q nem sabe se expressar direito, ofendeu todo mundo q podia. E o pessoal acha q tá ok?
Poxa, pena de vcs de acharem q isso é normal. Devem ter uma vida horrível num ambiente totalmente tóxico.

Renato de Mello Machado
Renato de Mello Machado
5 meses atrás

Vai que é tua China.Aproveita!

Antunes 1980
Antunes 1980
5 meses atrás

A direita incansavelmente acusou a oposição de ser violenta, não respeitar as leis e as piores coisas imagináveis. Porém quem fez tudo isso foi a própria direita. Invadir o congresso, foi algo jamais visto nos Estados Unidos. Ficará registrado para sempre. Além disso, a corja de influenciadores de direita aqui no Brasil, tanto no twitter como no youtube, em nenhum momento reprovou estas ações criminosas. Estes tais patriotas são idênticos aos “Lula Livre”. Estão cegos por falsos motivos, como luta pela liberdade, contra o comunismo e a favor da familia. Não caiam nesta conversa dita “conservadora”. Eles são pedra de… Read more »

Last edited 5 meses atrás by Antunes 1980
Lucas
Lucas
Reply to  Antunes 1980
5 meses atrás

Exatamente.
O pessoal está cego.
Eles acham que podem pisotear o sistema eleitoral simplesmente pq o Trump diz que teve fraude.
As pessoas estão completamente perdidas.

Gabriel
Gabriel
5 meses atrás

Antes de Trump, quem foi o último Presidente americano a não colocar o país em alguma guerra?

Mesmo assim aparecem alguns palhaços querendo aparecer.

Igual aqui no Brasil, os mesmos dementes que defendiam e defendem a invasão de propriedades públicas e privadas criticam quem fez a mesma coisa.

Os mesmos que até hoje se denominam “resistência” e não oposição reclamam que Trump não reconhece a derrota.

Longe de ser um admirador do Trump, muito pelo contrário, mas essa hipocrisia dos ditos “agora defensores da democracia” é insuportável.

Srs
Srs
Reply to  Gabriel
5 meses atrás

É verdade, a coisa mais nojenta que existe essa hipocrisia desses ditos politicamente correto, não só admirador do Trump mais odeio essa esquerdalha politicamente correto.

nereu
nereu
Reply to  Gabriel
5 meses atrás

só não fez não deve ter tido aprovação do comando militar, afinal pq Rex Tillerson foi demitido e John Bolton em entrevistas os dois afirmaram que Trump desejava/achava legal invadir Irã e Venezuela respectivamente

Lucas
Lucas
5 meses atrás

Trump perdeu o controle de seus cães raivosos. Ai aconteceu esse quebra quebra.
Ele não queria isso. Esperava só pressionar o congresso e reverter a eleição (o que já tá beirava o ilegal pq nenhuma evidência concreta de fraude foi apresentada).
É bastante simples, na verdade.
Vimos ao longo da história líderes incitarem o povo em insurreições. Isso já é bem conhecido.
Porque não pensar que o Trump é só mais um deles?

Luiz dias
Luiz dias
5 meses atrás

Loucura desequilibrada é ela subvertendo à constituição

Luiz dias
Luiz dias
5 meses atrás

Muito drama por uma invasão , quando a luta pela liberdade chegar ao extremo após os comunistas colocarem as manguinhas de fora o mínimo que teremos é uma guerra que vai se alastrar, pra podermos ser livres não terá congresso , bla bla e ética e sim tiros e sem mimi .., ouçam e aguardem a China está vindo pra cima … fiquem se perdendo em …se é ou não certo invadir o congresso se foi infiltradas ou não ., enquanto isso Biden subverte com uma eleição fraudulenta um país defensor da liberdade em um servo do PCC e do… Read more »

Last edited 5 meses atrás by Luiz dias
Alex Barreto Cypriano
Alex Barreto Cypriano
5 meses atrás

Assim não dá: diante da paranóia e histeria (sem esquecer da esquizofrenia) não tem argumento que resolva a contradição das narrativas e ponha em perspectiva as reviravoltas da história – resta apenas a imposição emergencial de um viés (bem ao gosto dos maliciosos) ou a solução de força (tão ao gosto dos violentos). Ponto pra eles, os maliciosos e violentos.

Last edited 5 meses atrás by Alex Barreto Cypriano
solipsi rai
solipsi rai
5 meses atrás

matéria um tanto complexa; em uma parte diz que o presidente tem autonomia para lançar ataques de outro diz que não é bem assim.
resumindo até aonde eu sei, existem três pastas:
a do presidente do secretario de defesa e do almirante do estado maior responsável por acionar todas as armas nucleares no modo em espera.
não sabemos se continuam esses modos operantes.
de qualquer forma e perigoso deixar a decisão para uma só pessoa!

.

josemar
josemar
5 meses atrás

Se falar uma coisa destas ao PUTIN já era! amanhece gelada na sibéria!

FERNANDO
FERNANDO
5 meses atrás

Pois é né.
Existe uma grande diferença entre ser extremista e conservador.
O Partido Republicano esqueceu disso.
O conservador até pode ter ideias meio bizonhas para sua época, mas, respeita a constituição.
O extremista não.
A Era Thump será lembrada nos Estados Unidos como a “Era da Vergonha”.
Como permitimos que o país descesse tão baixo!
Acorda Brasil!
Acorda Militares ai do blog.

Tomoko Fujinami
Tomoko Fujinami
5 meses atrás

O “presidente desequilibrado” da Pelosi é o primeiro em anos a manter os EUA fora de novas campanhas militares. Além de conseguir alguns acordos de paz aqui e acolá, os códigos nucleares estão provavelmente muito mais seguros com ele do que com a maioria dos presidentes dos Estados Unidos nos últimos tempos. Faltando 10 dias para o fim do seu mandato, as tentativas do democratas em usar a 25ª Emenda ou prosseguir com impeachment demonstram que não se trata de justiça, trata-se de humilhação. E a oligarquia da Big Tech está lá com seu poder para ajudar a intimidar e… Read more »

Nilton L Junior
Nilton L Junior
5 meses atrás

Tchau Tchau bozo made USA

Victor Antônio Villalba
5 meses atrás

E uma responsabilidade conferida a ele de defender sua Nação! Ele e o Comandante Supremo das Forças Armadas! Decisão estratégica já e cogitada antes em caráter secreto, dada a ordem de lançamento contra um País Estrangeiro, a ordem vai ser imediatamente cumprida pelas Forças Armadas! Militar não descumpre ordem superior, que sempre e presumida legal quando e questão de segurança nacional! O acorvadamento em cumprir uma ordem vital para a Nação e motivo de Corte Marcial e Pena de Morte!!!

Reportagens Especiais

Fuzil IMBEL IA2

Por Claudio Queiroz No final de maio de 2014 uma equipe do Forças Terrestres/Forças de Defesa visitou a fábrica da...
- Advertisement -
- Advertisement -