domingo, fevereiro 28, 2021

Saab RBS 70NG

Elbit Systems vai fornecer tanques leves a um país da Ásia-Pacífico

Destaques

EUA e aliados constroem cadeia de suprimentos de tecnologia ‘livre da China’

Biden assinará ordem presidencial para reforçar as indústrias de chips, baterias e terras raras WASHINGTON/TAIPEI – O presidente dos EUA,...

Uma Força Terrestre à altura dos desafios atuais

General de Exército José Luiz Dias Freitas A dinâmica das relações internacionais e das interações sociais, neste primeiro quartil do...

Tropa paraquedista retorna ao Brasil após exercício nos EUA

Rio de Janeiro (RJ) – No dia 22 de fevereiro, foi realizada no Campo do 26º Batalhão de Infantaria...
Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Haifa, Israel, 26 de janeiro de 2021 – A Elbit Systems Ltd. (NASDAQ: ESLT e TASE: ESLT) (“Elbit Systems” ou “the Company”) anunciou hoje que foi adjudicado um contrato avaliado em aproximadamente US$ 172 milhões para fornecer tanques leves para o Exército de um país da Ásia-Pacífico. O contrato será executado por um período de três anos.

Como contratante principal, a Elbit Systems fornecerá a solução de tanque leve “Sabrah” baseada na plataforma ASCOD sobre lagartas que é fabricada pela General Dynamics European Land Systems Santa Bárbara da Espanha (“GDELS“), e na plataforma Pandur II 8X8 sobre rodas fabricada pela Excalibur Army da República Tcheca.

A solução de tanque leve “Sabrah” de 30 toneladas oferece uma combinação única de poderosa capacidade de fogo e alta manobrabilidade. Ambas as plataformas serão equipadas com uma torre de 105 mm e uma série de subsistemas da Empresa, incluindo miras eletroópticas, sistemas de controle de tiro, sistemas de gerenciamento de batalha TORCH-XTM, sistemas de rádio definidos por software E-LynXTM e sistemas de suporte de vida.

Bezhalel (Butzi) Machlis, Presidente e CEO da Elbit Systems, comentou: “Este contrato de tanque leve reflete a cooperação estratégica mutuamente benéfica entre a Elbit Systems e a GDELS, com base no desenvolvimento e fabricação conjunta de soluções veículo-torre. Nosso portfólio abrangente de subsistemas nos fornece uma forte posição no mercado de veículos blindados, especialmente à medida que os requisitos de missão se tornam mais diversificados e cada vez mais conectados em rede. Acreditamos que a solução de tanque leve “Sabrah” pode fornecer alto valor operacional para Forças Armadas adicionais.”

Sobre a Elbit Systems

A Elbit Systems Ltd. é uma empresa internacional de alta tecnologia envolvida em uma ampla gama de programas comerciais, de segurança interna e de defesa em todo o mundo.

A Empresa, que inclui a Elbit Systems e suas subsidiárias, opera nas áreas de sistemas aeroespacial, terrestre e naval, comando, controle, comunicações, computadores, vigilância e reconhecimento de inteligência (“C4ISR”), sistemas de aeronaves não tripuladas, eletroóptica avançada, sistemas espaciais eletroópticos, suítes EW, sistemas de inteligência de sinal, links de dados e sistemas de comunicação, rádios, sistemas baseados em cyber e munições.

A empresa também se concentra na atualização das plataformas existentes, desenvolvendo novas tecnologias para defesa, segurança interna e aplicações comerciais e fornecendo uma gama de serviços de suporte, incluindo sistemas de treinamento e simulação.

DIVULGAÇÃO: Elbit Systems

- Advertisement -

59 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
59 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Paulo
Paulo
1 mês atrás

Não era concorrência que o Guarani estava participando?

Junior
Junior
Reply to  Paulo
1 mês atrás

Provavelmente ficou de fora do contrato final

Tomcat4,2
Reply to  Junior
1 mês atrás

Junior a opção pelo Guarani é como o veículo de transporte de tropas, no contrato da matéria sobre o Guarani consta estes veículos desta matéria tbm, nisso eu creio que o Guarani continua no pacote.

Junior
Junior
Reply to  Tomcat4,2
1 mês atrás

Estranho, porque o contrato era mais ou menos de 172 milhões de dólares quando a elbit foi declarada vencedora do certame e agora na hora de concretizar o contrato só se fala dos pandur8x8 e dos ascod

Teropode
Reply to  Junior
1 mês atrás

O cliente ( Filipinas) , declinou do 6×6 , simples assim ! Na região as coisas são mais sérias .

Wilson Look
Wilson Look
Reply to  Teropode
1 mês atrás

O Pandur 2 em questão não está descrito como um APC, sendo armado com uma torre com canhão de 105mm diferente do Guarani.

Wilson Look
Wilson Look
Reply to  Junior
1 mês atrás

Em matéria da venda dos Guarani as Filipinas também é mencionado o Ascod e o Pandur 2 8×8, ambos com torre de 105mm.

Perceba que na matéria agora ambos tem essa torre, o Pandur possivelmente é para apoio de fogo nas unidades mecanizadas enquanto o Guarani será o APC.

Teropode
Reply to  Wilson Look
1 mês atrás

Guarani tá fora .

Wilson Look
Wilson Look
Reply to  Teropode
1 mês atrás

Tem uma fonte, mesmo que extraoficial?

Porque a que eu conheço apresenta, o Guarani para o programa dos APC e os Ascod 2 e Pandur 2 para o programa dos tanques leves e veiculos de apoio de fogo, sendo que o Pandur também teria uma versão de comando e controle.

Gabriel BR
Gabriel BR
Reply to  Paulo
1 mês atrás

Não! A concorrência que o Guarani participou foi nas Filipinas.
Essa licitação é em outro país.

Junior
Junior
Reply to  Gabriel BR
1 mês atrás

Qual a sua fonte? Estou perguntando porque o valor da concorrência Filipina era mais ou menos esses mesmos 172 milhões de dólares

Tutu
Reply to  Junior
1 mês atrás

Para Filipinas são dois contratos diferentes, um para tanques e outro para os APC.

Pablo
Pablo
1 mês atrás

Desculpe a pergunta fora do tópico, mas a FAB e o EB não noticiaram nada além da chegada no EUA na operação culminating??

Rodrigo LD
Rodrigo LD
Reply to  Pablo
1 mês atrás

Qualquer notícia e a nossa bem intencionada imprensa de esquerda cairá matando, dizendo que o KC-390 deveria estar entregando vacina e os paraquedistas entregando panfletos… deixa quieto!! Abraço, camaradas.

joão Fernando
joão Fernando
Reply to  Rodrigo LD
1 mês atrás

E kd a imprensa de direita? Ou os caras não sabem escrever e os leitores não sabem ler?

Johan
Johan
Reply to  joão Fernando
1 mês atrás

Vai muito bem obrigado. Se você não sabe qual é a imprensa de direita é porque quem não sabe ler é você!

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Johan
1 mês atrás

Tá falando de Terça Livre quarta preso, Jovem Panos, Record, etc, etc? Depois que receberam money da Secom estão indo bem mesmo.

João Girardi
João Girardi
Reply to  Defensor da liberdade
1 mês atrás

Você viaja na maionese.

João Fernando
João Fernando
Reply to  Johan
1 mês atrás

Falou e não respondeu: qual é a mídia de direita?

Caio
Caio
Reply to  Rodrigo LD
1 mês atrás

Imprensa de direita, imprensa de esquerda. Realmente acreditam nisso?

João Girardi
João Girardi
Reply to  Rodrigo LD
1 mês atrás

Podiam divulgar mais do que estão fazendo sim, essa cisma das FA de não abrir o jogo e procurar mostrar do que são capazes pra população demonstra uma profunda covardia na guerra cultural por parte das Forças Armadas, por mais que tenham muita coragem física.

Last edited 1 mês atrás by João Girardi
Entusiasta Militar
Entusiasta Militar
Reply to  Rodrigo LD
20 dias atrás

Noticias do front Urjente:

O Fascista/genocida/homofobico/racista/gordofobico Bosonaro arregou para bidê imperialista e manda o esercito fazer as paxes em viagem milionária aos tio Sam

Last edited 20 dias atrás by Entusiasta Militar
Caio
Caio
1 mês atrás

Esse contrato não é o das Filipinas? Que inclusive comprou o Guarani?

Junior
Junior
Reply to  Caio
1 mês atrás

Pelo visto o guarani ficou de fora do contrato final, aliás eu achei bem estranho ele ali no meio tendo em vista que existe o Pandur 6×6 e não faria sentido escolher outro 6×6

Caio
Caio
Reply to  Junior
1 mês atrás

Morremos na praia de novo.

Tutu
Reply to  Junior
1 mês atrás

Segunda o que consta aqui na forte em relação a venda para as Filipinas, serão dois contratos, um para os tanques leves no valor de 194 milhões de dólares, e outro para os APC (guarani) no valor de 47 milhões.

Junior
Junior
Reply to  Tutu
1 mês atrás
Tutu
Reply to  Junior
1 mês atrás

Então vamos aguardar, brevemente deve vir o outro contrato.

Last edited 1 mês atrás by Tutu
Guacamole
Guacamole
1 mês atrás

Eu acho hilário que um país menor que o menor estado do Brasil (Sergipe) não só consegue desenvolver produtos de ponta, como consegue exportar, enquanto o “gigante” continua dormindo em berço esplendido.
E depois fica brabo quando chamam de anão diplomático.

Sergipe:
Area Total: 21,910.4 km2
PIB: 7.781 bilhões

Israel
Area Total: 20,770–22,072 km2
PIB: 372.314 bilhões

Rui Chapéu
Rui Chapéu
Reply to  Guacamole
1 mês atrás

Quer entender?

Leia: A Riqueza das Nações
Livro por Adam Smith

Simplesmente isso.

GFC_RJ
Reply to  Rui Chapéu
1 mês atrás

Não é?! Rs.
Toma like!

Pedro Bó
Pedro Bó
Reply to  Guacamole
1 mês atrás

Israel basicamente foi compelido a investir em P&D na área de segurança e defesa para garantir sua existência. Quando o Estado surgiu, todas as nações se recusaram a vender armamentos ao país hebreu. A Guerra de Independência foi travada com equipamentos comprados mediante contrabando ou doados por milionários judeus ao redor do mundo. Foram embargados pela França nos anos 60 e só depois de algumas décadas conseguiram ter acesso aos fornecedores americanos. Há de se dizer também que judeus, principalmente os de origem Askhenazi, tem ótimo desempenho em Ciências Exatas (tal como asiáticos).

Last edited 1 mês atrás by Pedro Bó
Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  Pedro Bó
1 mês atrás

“…Há de se dizer também que judeus, principalmente os de origem Askhenazi, tem ótimo desempenho em Ciências Exatas (tal como asiáticos).” Russo e Indianos também.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Pedro Bó
1 mês atrás

“Doados por milionários judeus”

Não sabia que o governo americano era um milionário judeu, achei que era mais protestante.

Flanker
Flanker
Reply to  Defensor da liberdade
1 mês atrás

Humm…..descobri! Você vive reclamando do auxílio dos EUA para Israel. Agora eu entendi, pois você usa o dinheiro que sonega aqui no Brasil para contribuir nos EUA! Aí tu te sente revoltado por ajudarem Israel. Só pode! Só assim pra vc se irritar com o destino que é dado ao dinheiro dos contribuintes de outro país. Se não for isso, é só papagaiada sua, mesmo.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Flanker
1 mês atrás

A minha filosofia política me permite criticar qualquer tipo de parasitismo estatal. E financiar o governo americano só se for as coisas que compro de lá.

Flanker
Flanker
Reply to  Defensor da liberdade
1 mês atrás

Se tu não é contribuinte americano, então não enche o saco. Essa tua papagaiada repetitiva não vai mudar nada e nem é problema teu. O mundo de hoje tá cheio de rebeldes sem causa e mimizentos como tu.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Flanker
1 mês atrás

Anarquia não é causa Flanker, conte me mais sobre.

Flanker
Flanker
Reply to  Defensor da liberdade
1 mês atrás

Anarquia é uma bost@…nada mais!! Pronto…é isso que interessa saber sobre anarquia!!

Heverton m ribeiro
Heverton m ribeiro
1 mês atrás

O 105 não estava com os dias contados?

Tomcat4,2
Reply to  Heverton m ribeiro
1 mês atrás

Isso é história pra boi dormir meu caro, o 105 continua vivíssimo e mais modernoso.

IgorCav
IgorCav
Reply to  Heverton m ribeiro
1 mês atrás

105 e 120 não se trata de calibre obsoleto ou mais moderno. Cada um com sua característica. Só lembrar o estrago que aquele canhão safado de 20 mm do Panhard fez no início da 2GM contra os alemães.

Só aquela monstruosidade da Rheinmetall, Neue Panzerkanone de 140 mm. Aquilo sim, teve seus dias contados.

Palpatine
Palpatine
Reply to  Heverton m ribeiro
1 mês atrás

105mm já está bem cansando, MBTs de primeira linha estão equipados com canhões 120mm ou mais. 105mm foi carro chefe dos MBTs do ocidente até os anos 80, depois foi caindo em desuso.

Tomcat4,2
Reply to  Palpatine
1 mês atrás

Vc está desatualizado meu caro, tanto que o projeto MMBT dos EUA contempla tanques médios com canhão de 105mm.

rdx
rdx
Reply to  Tomcat4,2
1 mês atrás

Para combater outros MBT o 105mm está completamente obsoleto.

Palpatine
Palpatine
Reply to  Tomcat4,2
1 mês atrás

Creio que o projeto que você mencionando não tem o objetivo de enfrentar MBTs de terceira geração, MBTs de primeira linha estão equipados com 120MM, Challenger 2, AMX-56 Lecrerc, Type 10, Leopard 2, Altay, K2 Black Panther, todos com canhões de 120mm, com alguns já planejando a utilização de canhões maiores.

Last edited 1 mês atrás by Palpatine
Tomcat4,2
Reply to  Palpatine
1 mês atrás

Gente, pelo amor de Deus, Centauro e seus correlatos não são para enfrentar MBT’s ,seus canhões são para apoio de fogo, quem enfrenta MBT é outro MBT. Por isso esse nicho de blindados possuir 105mm como calibre não afeta nada no tocante a combate eles no máximo combatem outros “blindados” e veículos militares mas não MBT’s.

Just looking
Just looking
Reply to  Tomcat4,2
1 mês atrás

Quem enfrenta mbt é artilharia e infantaria (com armas anti-tanque é claro). Por isso na doutrina de países com experiência em blindados, os tanques são sempre acompanhados de infantaria, porque o maior perigo é infantaria inimiga. Tentar colocar tanque vs tanque é o que fez os britânicos tomarem uma surra no norte da África, até o combustível dos alemães acabar.
Quanto ao centauro e afins, creio que o mais correto seja chamá-los de caça blindado, já que tem poder de fogo e mobilidade para engajar tudo que não for tanque

sub urbano
sub urbano
Reply to  Heverton m ribeiro
1 mês atrás

Tanto está que nem Israel que fabrica o blindado usa ele rs. Israel é aquele traficante que vende cocaína mas ele mesmo não cheira kkkk

Flanker
Flanker
Reply to  sub urbano
1 mês atrás

Não usa porque não é necessario em sua doutrina operacional. A china tb não usa tudo que fabrica e vende. Então, por a analogia, ela é o traficante de heroína e ópio que não consome o que vende.

Gabriel BR
Gabriel BR
1 mês atrás

Essa é a solução que eu defendo para o Brasil
Pandur II 8×8 caça tanques + Sabrah 120mm torre italiana

Tomcat4,2
Reply to  Gabriel BR
1 mês atrás

Poisé, esta dupla cairia como uma luva, mas vou de Centauro I(tropicalizado) ou ,melhor, Centauro II no lugar do Pandur II .

Fabio Araujo
Fabio Araujo
1 mês atrás

Esse tipo de equipamento cairia bem no Pantanal, na Amazônia e para o Fuzileiros Navais!

Flanker
Flanker
1 mês atrás

Esse CC leve sobre lagartas poderia ser analisado pelo CFN, para substituir os SK-105 Kürassier.

Tutu
Reply to  Flanker
1 mês atrás

Se eles forem seguir aquele vídeo do “Proadsumus” vão querer ir de M1A1.

Entusiasta Militar
Entusiasta Militar
20 dias atrás

Mais que bonitinho esse tanquinho …. Uns 300 desses e a intendência iria melhorar muito …

- Advertisement -

Guerras Modernas

Armênia, Azerbaijão e Rússia fecham um acordo para acabar com o conflito de Nagorno-Karabakh

YEREVAN/BAKU (ARMENIA/AZERBAIJÃO) — Armênia, Azerbaijão e Rússia disseram que assinaram um acordo para encerrar o conflito militar na região...
- Advertisement -
- Advertisement -