segunda-feira, agosto 2, 2021

Saab RBS 70NG

Conheça o Arjun MK-1A, Tanque de Batalha Principal da Índia

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

O primeiro-ministro indiano Narendra Modi entregou o tanque de batalha Arjun (MK-1A) desenvolvido localmente para o Exército Indiano em uma cerimônia em Chennai, no dia 14 de fervereiro. Quais são suas características?

O primeiro-ministro Narendra Modi entregou o tanque de batalha principal Arjun (MK-1A) desenvolvido de forma autóctone ao Exército Indiano em uma cerimônia em Chennai. Serão entregues 118 unidades do Main Battle Tank (MBT), projetado, desenvolvido e fabricado localmente pelo CVRDE e DRDO junto com 15 instituições acadêmicas, oito laboratórios e várias PMEs.

O que é o MBT Arjun?

O projeto Main Battle Tank Arjun foi iniciado pela DRDO em 1972 com o Combat Vehicles Research and Development Establishment (CVRDE) como seu laboratório líder.

O objetivo era criar um “tanque de última geração com poder de fogo superior, alta mobilidade e excelente proteção”. Durante o desenvolvimento, o CVRDE alcançou avanços no motor, transmissão, suspensão hidropneumática, casco e torre, assim como no sistema de controle de armas.

A produção em massa começou em 1996 nas instalações de produção da Indian Ordnance Factory em Avadi, Tamil Nadu.

Quais são as características do tanque Arjun?

Os tanques Arjun se destacam por sua munição “Fin Stabilized Armor Piercing Discarding Sabot (FSAPDS)” e canhão calibre 120 mm. Ele também possui um sistema de controle de tiro integrado controlado por computador com mira estabilizada que funciona em todas as condições de iluminação. As armas secundárias incluem uma metralhadora coaxial de 7,62 mm antipessoal e uma metralhadora de 12,7 mm para alvos aéreos e terrestres.

Quantos tanques Arjun foram introduzidos até agora?

O Exército Indiano recebeu o primeiro lote de 16 tanques em 2004 e eles foram introduzidos como um esquadrão do 43º Regimento Blindado. Em 2009, o primeiro regimento Arjun do Exército Indiano tinha 45 tanques.

Em 2011, mais de 100 tanques foram entregues. Em 2010, o exército indiano encomendou mais 124 Arjuns. O Ministério da Defesa encomendou mais 118 unidades do Arjun Mk-1A. Essas são as unidades que estão sendo introduzidas agora a um custo revisado de Rs 8.400 crore.

Como o Mk-1A é diferente?

A versão Mk-1A tem 14 atualizações principais sobre a versão anterior. Ele também deverá ter capacidade de disparo de mísseis de acordo com o design, mas esse recurso será adicionado mais tarde, pois o teste final da capacidade ainda está ocorrendo.

No entanto, a maior conquista com a versão mais recente é 54,3 por cento de conteúdo autóctone contra 41 por cento no modelo anterior.

FONTE: The Indian Express

- Advertisement -

90 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
90 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Fernando
Fernando
5 meses atrás

O Pujol e o Mourão poderiam encomendar alguns desses para a 6 Divisão, mais conhecida como “Divisão Tétano” que eles reativaram para os amigos do Sul terem o que comandar. Seria legal.

Teropode
Reply to  Fernando
5 meses atrás

Uma nação com a dimensão do Brasil tem a obrigação de produzir no mínimo 70% de suas armas .

Teropode
Reply to  Teropode
5 meses atrás

Já estivemos próximo disto mas não foi dado sequência , destruíram as empresas impedindo a evolução natural de seus produtos . Agora vai !

Junior P.
Junior P.
Reply to  Fernando
5 meses atrás

Encomendar alguns desses caros e complexos veículos, vindos de um país que tem pouca tradição e know-how em exportações desse tipo, é querer que a reativada divisão não seja lá muito ativa.

Paulo Costa
Paulo Costa
Reply to  Fernando
5 meses atrás

Toda vez que um equipamento militar é mostrado aqui na trilogia, sempre vem um jogador de supre trunfo falando que o Brasil tem que comprar … Já chega disso, tá chato ja

Alexandre ziviani
Alexandre ziviani
5 meses atrás

Esse tanque tem um design que parece com o Leo 2a4,de qualquer forma parabéns para os indianos que pretendem diminuir a sua dependência de fornecimento de blindados de outros países.

Nostra
Nostra
Reply to  Alexandre ziviani
5 meses atrás

Arjun had a long iteration of design configurations .

Some of them below

1. MBT 80 was the earliest configuration of Arjun during its development cycle

A22-07.15.53.jpg
Nostra
Nostra
Reply to  Alexandre ziviani
5 meses atrás

2. This was the next design configuration

arjun_1.jpg
Nostra
Nostra
Reply to  Alexandre ziviani
5 meses atrás

3. Then this was the next design iteration of Arjun

earlyarjunmk1prototype.jpg
Nostra
Nostra
Reply to  Alexandre ziviani
5 meses atrás

4. This is the design configuration of Arjun MK1. 124 numbers were inducted.

5263163_5263035yC3FVXIjpg3d64ad3c20a1dbb89e3cfc6011175f96_jpg23dbc130319831da35a2f999805e302a.jpeg
Last edited 5 meses atrás by Nostra
Nostra
Nostra
Reply to  Alexandre ziviani
5 meses atrás

5. This is the latest design configuration known as Arjun MK1A. 118 orders placed.

5489040_untitledw_jpegf3febf7fb146746672019f43ebb92403.jpeg
Tomcat4,2
Reply to  Nostra
5 meses atrás
Excellent evolution of the Arjun mr Nostra and tanks for sharing !!! 
Nostra
Nostra
Reply to  Alexandre ziviani
5 meses atrás

Arjun induction took a long time, mainly due to the army in the past trying to sabotage the Arjun project at the behest of Russian lobbyists. No foreign country will like another country to become independent of it in terms of Weapons. Even though friendly they will try to scuttle local Weapons projects which directly threatens theirs export prospects.

Even the Germans who seem to be so eager to provide consultancy for defence projects, try to indirectly sabotage the same project which they are helping on.

Last edited 5 meses atrás by Nostra
Nostra
Nostra
Reply to  Alexandre ziviani
5 meses atrás

DRDO CLGM ( cannon launched guided missile ) for Arjun. Also known as SAMHO.

The CLGM ATGM is designed to be launched from the MBT ARJUN tank gun. Later will be modified for T-90 tanks.

The cannon launched guided missile is intended to destroy modern and future Main Battle Tanks protected with explosive reactive armor, hardened point targets and low flying helicopters at long ranges.

The key feature of the ATGM is a semi active laser homing guidance.

CLMDP_0.png
Last edited 5 meses atrás by Nostra
Nostra
Nostra
Reply to  Alexandre ziviani
5 meses atrás

Pic of CLGM / SAMHO ATGM test fire in September last year.

It was fired from Arjun gun of Tank Ex and defeated a target at 3 km range.

EjPiXm0U4AA7LyS.jpeg
Teropode
5 meses atrás

Reparem como um projeto autóctone mexe com boa parte dos setores tecnológicos do país ; além dos setores oficiais destacamos 15 instituições acadêmicas , 8 laboratórios ( centro de pesquisa ,) , isso inseri uma cultura “NERD” nos jovens , isto é prá sempre senhores , mesmo os produtos comprados fora para equipar o Arjun serão fatalmente estudados e darão sequência a esta nova cultura . Me desculpem mas é impossível não lembrar do Charrua e do Tamoio , imaginem a evolução destes projetos hoje !

Teropode
Reply to  Teropode
5 meses atrás

Lamento 😔 pelas perdas de oportunidade ; fragata Niterói , projeto Tupi , AMX , Urutu , Cascavel , o OGUM que poderia estar servindo a brigada paraquedista . Seu nome é seu espírito. Temos o hábito de recomeçar do zero tudo a cada 30 anos , pqp !

Teropode
Reply to  Teropode
5 meses atrás

Olhem o comentário aí ☝️☝️☝️☝️, estava sendo avaliado 🤔,

Bardini
Bardini
Reply to  Teropode
5 meses atrás

Me desculpem mas é impossível não lembrar do Charrua e do Tamoio , imaginem a evolução destes projetos hoje !”
.
Sim, sim. Claro… basta você pegar como exemplo toda a “evolução” que aconteceu no projeto do Cascavel e do Urutu e imaginar como seria ter isso tudo de “evolução”, aplicado a projetos como Charrua e Tamoio.

Teropode
Reply to  Bardini
5 meses atrás

Lamento que minha observação a respeito destes citados nao foi publicada , talvez evitaria sua réplica patética e sem noção .

Teropode
Reply to  Teropode
5 meses atrás

Foi liberado hoje ☝️

Caio
Caio
Reply to  Bardini
5 meses atrás

Mas Bardini, o problema foi o de sempre, descompromisso com a nação.
Se houvesse continuidade em pesquisa e desenvolvimento poderíamos estar em outro patamar.

Esteves
Esteves
Reply to  Caio
5 meses atrás

Indústria e Defesa nunca Estiveram no centro dos debates públicos.

Saúde, educação, estradas, hidroelétricas, moradia popular…

J-20
J-20
Reply to  Teropode
5 meses atrás

O problema do Arjun que é ele é tudo, menos autóctone. As únicas partes que são realmente indianas do blindado são sua munição, com o incrível poder de penetração de 300mm de RHA a 2km, e sua tripulação. As partes mais vitais do tanque são quase todos importados, desde o Kanchan, que foi feito com auxílio dos britânicos usando um método parecido com o Chobram, visores são quase todos de origem israelense, canhão é o canhão do Challenger 1, ERA é o Kontakt-5 e o motor é alemão. A boa notícia para o exército indiano é que a produção de… Read more »

Nostra
Nostra
Reply to  J-20
5 meses atrás

You must be a top flight spy like Mr. Beans 😎

J-20
J-20
Reply to  Nostra
5 meses atrás

Those are information that you can find anywhere, because every country (democratric ones) needs to report every foreign acquisition.
You being indian doesn’t means that you needs to think that your country is the best in every area. I’m Brazilian and I know my country military is scraped, using 40 years old equipments.

Nostra
Nostra
Reply to  J-20
5 meses atrás

I can be Santa Claus , I can an alien , I can claim to be anything in the internet . So no point telling others who you are . Let’s get to point Then post the official sources which says 1. Kanchan armour is from British help 2 Almost all displays are Israeli. 3. Cannon is from challanger 1 Whatever you post , I will disapprove it with official sources. I am a nationalist but I am not jingoistic . If there are failures or shortcomings, they are the path to success and to improve , nothing to be… Read more »

Last edited 5 meses atrás by Nostra
Murder Nova
Murder Nova
Reply to  Nostra
5 meses atrás

@Nostra “I can be Santa Claus…” 🙂 🙂 🙂

Arjun-Mk-1A-2.jpg
Teropode
Reply to  J-20
5 meses atrás

O problema é que vc não entendeu ou não quer entender que o Arjun não é apenas um MBT , ele é uma filosofia de desenvolvimento industrial militar , não se apegue a lendas ….

Esteves
Esteves
Reply to  Teropode
5 meses atrás

Não tem filosofia nenhuma.

É um tanque de guerra. Desenvolvido localmente com ajuda de russos, israelenses e sabe-se lá que mais.

Somente.

Nostra
Nostra
Reply to  Esteves
5 meses atrás

No russian help

Only Germany consultancy in the beginning and Israeli help in the later part when the Germans left

Teropode
Reply to  Nostra
5 meses atrás

Ele é um fanboy chinês , faz acrobacias para desconstruir os esforços de outras nações , se chutarem a virilha de um chinês , quebram os dentes dele .

Teropode
Reply to  Esteves
5 meses atrás

Você tem idéia da Mer** que acaba de escrever , tens noção sobre o significado da palavra filosofia ? Se vc só conhece as conversinhas do Karnal , Cortella e outros vc então tá muito longe da amplitude da filosofia .lamento por sua limitação .

MFB
MFB
5 meses atrás

Como sempre, passei apenas para ver quanto tempo vai demorar para alguém desenterrar o Osório.

Funcionario da Comlurb
Funcionario da Comlurb
Reply to  MFB
5 meses atrás

Putz, eu tbm vim conferir isso !😂😂

Taso
Taso
Reply to  MFB
5 meses atrás

Bom, você mesmo desenterrou.

sergio ribamar ferreira
5 meses atrás

Parabéns ao governo da Índia. Produção autóctone.54, 3% daqui a alguns anos deverá chegar a 100%.

vlademir baltazar
vlademir baltazar
5 meses atrás

O problema nosso é criticamos outros países que conseguem fazer e construir enquanto nós temos o que???. Nem mesmo o “Osório” conseguimos ter um batalhão desses tanques….Temos que dar parabéns os indianos….

Matheus
Matheus
5 meses atrás

Um Leopard 2A4 Indiano só que sem a performance do Original.

Nostra
Nostra
Reply to  Matheus
5 meses atrás

Look up my posts above regarding design evolution of Arjun. The Germans were hired for consultancy initially , but they left midway as usual. That happened in the mid 80s. Arjun is more akin to Israeli MBTs , Israeli tank specialists evaluated Arjun in the late 90s. They praised it’s ride characteristics , very comfortable due to its advanced hydro-pneumatic suspension system. They were so impressed they termed Arjun as the ” Desert Ferrari “. Arjun base armour defeated Israeli APFSDS rounds at point blank range, They were so surprised they had to check the stocks to see if it… Read more »

5175801_x3bpsmv_jpeg09cb466876c896b54617c458217f7086.jpeg
Last edited 5 meses atrás by Nostra
Nostra
Nostra
Reply to  Nostra
5 meses atrás

https://youtu.be/F_TnTpzqO2g

In this video the scientist says what I said regarding Israelis terming Arjun as the Desert Ferrari.

ScudB
ScudB
Reply to  Nostra
5 meses atrás

Rav aluf (Israel)..

Matheus Augusto
Matheus Augusto
Reply to  Matheus
5 meses atrás

Pelo menos os caras fazem ….

Nostra
Nostra
5 meses atrás

Snaps of documents of the research studies being done for future MBT ( FMBT ) program .

1. 2 man configuration

5799192_dfr7fj6xcaayryb_jpeg081aee6031715d8bfe32e49cf5845178.jpeg
Nostra
Nostra
Reply to  Nostra
5 meses atrás

Crewless turret configuration is being looked into

Last edited 5 meses atrás by Nostra
Nostra
Nostra
Reply to  Nostra
5 meses atrás

2. 3 man configuration

5799191_dfr7euixoaagcnk_jpeg075da85e744a52064065496cd44061b8.jpeg
Nostra
Nostra
Reply to  Nostra
5 meses atrás

This was published much earlier for a crewless turret configuration

6440746_1_jpeg83b5009e040969ee7b60362ad7426573.jpeg
Nostra
Nostra
Reply to  Nostra
5 meses atrás

DRDO 1500 hp Engine being developed for current and future Indian tanks. 12 Cylinder, 4-stroke, V-90 configuration, Turbocharged, Intercooled, DI, liquid cooled Diesel Engine. Swept Volume: 25 dm3 (minimum) Rated Power: 1100 kW as per ISO 1585 (w/o fan) a) Performance at 55 C ambient temperature at sea level: No power reduction allowed b) Performance at 1000m altitude: No power reduction allowed c) Performance at 5000m altitude: Engine should be able to operate up to 5000m altitude safely. Minimum power reduction is permissible at this altitude. 1. Torque backup (min) : 18% at 60%-65% of rated engine speed 2. Maximum… Read more »

6797256_images_jpeg_jpegeb6c065c105cfe1af50da1aeadfb7a99.jpeg
Tomcat4,2
Reply to  Nostra
5 meses atrás

It will be a beautiful and modern evolution !!!

Nostra
Nostra
5 meses atrás

DRDO Tank Ex

Proposed upgrade of T72 with Arjun turret and gun on T70 hull.

A good idea but the Russians objected to it.

tWh1m2n.jpg
Last edited 5 meses atrás by Nostra
Nostra
Nostra
Reply to  Nostra
5 meses atrás

DRDO Tank Ex was proposed more than 10 years ago for upgrading the old T72s.

images (3).jpeg
Nostra
Nostra
5 meses atrás

Arjun Armoured Recovery and Repair Vehicle (Arjun ARRV).

It is based on Arjun chassis. Orders have been placed for it.

30629707_859957104184023_3696261366177333248_n.jpg
Nostra
Nostra
Reply to  Nostra
5 meses atrás

1

Arjun ARRV-1.jpg
Nostra
Nostra
Reply to  Nostra
5 meses atrás

2

Arjun ARRV-2.jpg
Nostra
Nostra
Reply to  Nostra
5 meses atrás

3

Arjun ARRV-3.jpg
Gelson
Gelson
Reply to  Nostra
5 meses atrás

Hi, Nostra.
Thanks a lot for all these precious informations. Cheers!

paulo cesar araujo neves
paulo cesar araujo neves
Reply to  Nostra
5 meses atrás

Nostra,
These are irrefutable achievements of India’s will, effort and persistence.
Undoubtedly, despite the obstacles, the objectives will be achieved.
Here in Brazil many of us were very frustrated, as we realized in the current path of India, one that we could have traveled, because we had the needs and the resources.
But many other things are missing.
Congratulations to India and the Indians.

Victor Filipe
Victor Filipe
5 meses atrás

Ele é um veiculo “lento” se comparado a outros blindados

K-2 Black Panther: 70km/h em estrada
Type 10 MBT: 70km/h em estrada
Leclerc: 71km/h em estrada
Leopard 2 (entre as variantes): Media de 68/70Km/h em estrada
Ariete: 65km/h em estrada
Challenger II: 59km/h em estrada
M1 Abrams (Versão A1): 72km/h Em estrada (Versão A2) 68km/h em estrada
T-90: 60km/h em estrada.

Não que velocidade seja algo incrivelmente determinante mas achei curiosos ressaltar.

Fora isso não tem muita coisa que faça esse tank se destacar, a não ser a produção local dele.

J-20
J-20
Reply to  Victor Filipe
5 meses atrás

Velocidade é um fator determinante para fugas ou tomar terrenos com uma maior rapidez. O Type 10, por exemplo, tem uma velocidade em ré de 72km/h, perfeito para você recuar, ao mesmo tempo que você não expõe a parte mais frágil de um blindado, que é sua traseira. Type 99A corre a 80km/h e o T-14 alcança 90km/h com incrível facilidade, pois sua doutrina de combate com blindados é dominar rapidamente pontos estratégicos, onde você pode ter uma visão melhor do terreno e auxiliar sua infantaria mecanizada.

Teropode
Reply to  J-20
5 meses atrás

E isso tudo saiu da sua cabeça ? Kkkkkk, vc tem noção da besteira ? Cara durante um engajamento a velocidade não passa dos 40km /h , estas velocidades máximas são usadas “raramente ” quando se deslocam para o front , kkkkkkk li um patético falando em se deslocar de ré a 80km/h kkkkkkk, meu deus , a internet deu voz aos onagros kkkkkkkk

Nostra
Nostra
Reply to  Teropode
5 meses atrás

They always forget that the user requirements shapes the characteristics of a weapon system, which is based on the operational conditions of the territory where the system is expected to operate .

Arjuns are exclusively meant to operate in the Thar desert where there are no roads , therefore priority is cross country mobility and performance in the desert terrain .

You will be surprised to know the ground pressure per square CM of heavier arjun is lower than much lighter T90.

Last edited 5 meses atrás by Nostra
Teropode
Reply to  Nostra
5 meses atrás

Sim , enfrentamentos de blindados geralmente ocorrem em planícies e o deserto do Thar ocupa boa parte do território indiano , além de fazer fronteira com o rival Paquistão , será ali que a Índia enfrentará um choque com tropas paquistanesas , o Arjun não precisa se deslocar a 140km/h como muitos fanboys chineses querem .😂😂😂

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  J-20
5 meses atrás

Velocidade é importante. mas ela é mais um valor tático do que estratégico e pra se valer uso dela é preciso de um conjunto de fatores de inteligencia e etc…

Fora isso, a velocidade Off Road dos MBTs cai bastante. oque torna ela parelha entre todos. (poucos são os que passam de 60km/h fora de estrada)

Teropode
Reply to  Victor Filipe
5 meses atrás

Vc é remunerado para postar estas besteiras ?

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Teropode
5 meses atrás

Que besteira? são apenas dados, eu postei por pura curiosidade. Velocidade, dentre todos os fatores é o menos classificado e oque da pra fazer uma comparação mais direta.

Queria era ser remunerado pra ler comentários ignorantes iguais os seus.

Teropode
Reply to  Victor Filipe
5 meses atrás

Foi mal ai Filipe , eu pretendia replicar o J20 , não foi vc não , repare que temos a mesma opinião sobre a velocidade na hora do confronto. Sorry !🙏🙏🙏

Last edited 5 meses atrás by Teropode
Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Teropode
5 meses atrás

Ah se é assim, sim. hahaha de boa.

J-20
J-20
Reply to  Teropode
2 meses atrás

O que eu disse não deve entrar em um cérebro de macaco como você, né?

Caio
Caio
5 meses atrás

A torre entrega a escola russa de tecnologia bélica.
Apesar do louvor do esforço, o tanque é considerado muito caro e demasiadamente pesado. Será mesmo isso foi corrigido?

Nostra
Nostra
5 meses atrás

DRDO today successfully test fired the VLSRSAM ( vertically launched short range surface to air missile )

It is a point defence missile system and in its naval avatar is designed to shoot down sea skimming supersonic anti ship missiles.

Today was its maiden launch.

Add2-22-07.59.32.jpg
Nostra
Nostra
Reply to  Nostra
5 meses atrás

It is primarily for point defence of naval ships against sea skimming supersonic AShMs and subsonic cruise missiles.

Aext_02-22-07.58.26.jpg
Nostra
Nostra
Reply to  Nostra
5 meses atrás

Land based version of the same will come later mounted on a mobile platform in a vertically launch configuration.

Eu1glMRVkAIlVSn.jpg
Tomcat4,2
Reply to  Nostra
5 meses atrás

Good !!!

Teropode
Reply to  Nostra
5 meses atrás

Agradeço sua colaboração . 🙏

Gelson
Gelson
5 meses atrás

Apesar do Arjun não estar entre os considerados melhores MBT do mundo, eu acho muito louvável este empreendimento, pois desde os anos setenta a Índia está envolvida com a produção de um veículo próprio. Os ganhos em experiência e conhecimento são imensuráveis. Já, outros países….
Parabéns à Índia pela iniciativa.

Teropode
Reply to  Gelson
5 meses atrás

É isto que a maioria dos foristas ainda não entenderam , ou não querem entender.

Esteves
Esteves
Reply to  Teropode
5 meses atrás

Eles entendem. Todos entendem

O que não entendemos é aonde vai parar a grana de uma das 10 maiores economias do mundo.

Teropode
Reply to  Esteves
5 meses atrás

Gastamos mal , desperdiçamos , desviamos pra nosso bolso , mantemos funcionários públicos ( os chefes) em berços de ouro .

Foxtrot
Foxtrot
5 meses atrás

Pois é!
Qualquer empresa que fábrica tratores pode fabricar uma máquina destas.
Mas como o Brasil não tem industria nacional de quase nada mais, e suas FAAs se renderam às “velhas políticas”, se entende o porque de não termos capacidades, vontade e dinheiro para isso.
Parabéns a Índia e sua DRDO!

Esteves
Esteves
Reply to  Foxtrot
5 meses atrás

Claro.

481670F6-FCD7-4318-A119-5ADE0BC55373.png
Foxtrot
Foxtrot
Reply to  Esteves
5 meses atrás

Então só falta vontade mesmo caro Esteves, já que a indústria temos.
Ou vontade, ou vergonha na cara ou coragem para peitar nossos senhores escravagistas.

Teropode
Reply to  Foxtrot
5 meses atrás

Se formos levar em conta que o golpe de 1888 foi dado por eles , então eles são a garantia dos senhores escravagistas .

Foxtrot
Foxtrot
Reply to  Teropode
5 meses atrás

Exatamente.

J-20
J-20
5 meses atrás

O principal problema com esse tanque, que é o seu canhão, não tomou um upgrade. Queria saber qual é a ideia dos projetistas ao fazê-lo com o canhão do Challenger 1. Será que foram embargados de comprar o GIAT 120, L44 ou 2A46

Nostra
Nostra
Reply to  J-20
5 meses atrás

The gun is local design and developed.

And what is there to be adapted ? and who is asking ?

Arjun’s accuracy , stabilization , armour and ride comfort has been verified by army through years of trials and also by independent auditors ie the Israelis .

It is rifled , which gives it better accuracy and allows it to fire HESH rounds but creates problems with FSAPDS due to induced spin , but special FSAPDS rounds with adaptors was created to solve the spin problem.

Last edited 5 meses atrás by Nostra
J-20
J-20
Reply to  Nostra
5 meses atrás

Did you know why so many superpowers, except by UK, uses smoothbore cannon in their tanks? Smoothbore cannons are more reliable and last 3x longer than rifled ones. As you said, it’s horrible for APFSDS ammunitions, ‘cause rifled guns have less ammunition speed compared to smoothbore ones, which decreases APFSDS power of penetration. Also, Hesh rounds are only useful against bunkers and light infantry vehicles, not against modern MBTs. Modern MBTs have kevlar or aramid protection to prevent any fragments of the hull to break up and hurt the crew. Accuracy is not the only thing, firepower is also important,… Read more »

sub urbano
sub urbano
5 meses atrás

Arjun é um trombolho… A Índia tem mania de dar muita liberdade aos projetistas, neste caso foi ruim. Outro tanque bomba é o K-2 coreano. Continuo com a opinião que só 03 países conseguem fazer MBTs bons mesmo: Alemanha, Russia e EUA. Os demais vez ou outra acertam.

Tomcat4,2
Reply to  sub urbano
5 meses atrás

Por favor, mas por favor meeeeesmo, me diga que estas sendo IRÔNICO muchacho nesta sandice que escrevestes !!??

Teropode
Reply to  sub urbano
5 meses atrás

😂😂😂😂😂Agora conta a do papagaio Tonho !😂😂😂😂🙏🙏

Rodrigo
Reply to  sub urbano
5 meses atrás

Rapaaaaiz essa foi de doer até as vistas ao ler…

Últimas Notícias

Rússia e China realizarão treinamento conjunto no exercício Zapad/Interaction 2021

A Rússia deve se juntar a um exercício militar no noroeste da China em agosto com o tema de...
- Advertisement -
- Advertisement -