domingo, agosto 1, 2021

Saab RBS 70NG

Raytheon e Kongsberg concluem o primeiro teste de tiro real do míssil AMRAAM-ER

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

Míssil de alcance estendido chega mais perto da produção e integração com o NASAMS

A Raytheon Missiles & Defense, uma empresa da Raytheon Technologies, e KONGSBERG, uma empresa de tecnologia de defesa sediada na Noruega, concluíram com sucesso o primeiro teste de fogo real da variante do Advanced Medium Range Air-Air Missile de  alcance estendido para o National Advanced Surface-to-Air Missile System (NASAMS).

O teste, conduzido no Centro de Defesa Espacial de Andoya, forneceu dados de voo críticos que serão usados ​​para melhorar os algoritmos de software do futuro míssil. A equipe de teste também usou um novo lançador NASAMS que pode acomodar o tamanho maior do AMRAAM-ER.

“Quando em campo, o AMRAAM-ER entregará uma nova capacidade de defesa antimísseis baseada em terra para os combatentes por meio de sua velocidade, alcance, altitude e manobrabilidade aprimorados”, disse Paul Ferraro, vice-presidente de Air Power da Raytheon Missiles & Defense. “Estamos agora um passo mais perto da certificação, produção e integração final da arma no NASAMS.”

O AMRAAM-ER é projetado especificamente para defesa aérea terrestre. O míssil, que é movido por um motor foguete fabricado pela Nammo, permite interceptar em alcances mais longos e altitudes mais elevadas quando comparado a outros mísseis.

Uma vez integrado com o NASAMS, o sistema fornecerá maior proteção de defesa aérea no mercado de defesa aérea de médio alcance. O NASAMS é propriedade de 12 países e está integrado ao sistema de defesa aérea da Região da Capital Nacional dos Estados Unidos desde 2005.

DIVULGAÇÃO: Raytheon

- Advertisement -

17 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
17 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Victor Filipe
Victor Filipe
2 meses atrás

Será que poderia equipar caças numa boa? seria interessante para aeronaves legado, já que eu não acho que ele caiba na baia interna de armas das aeronaves furtivas com esse acréscimo no tamanho

A6MZero
A6MZero
Reply to  Victor Filipe
2 meses atrás

Não esse míssil foi desenvolvido exclusivamente para uso “defesa aérea terrestre”, como diz o texto.

Para o uso em aeronaves está em desenvolvimento o Joint Advanced Tactical Missile AIM-260

Mauro J F
Reply to  A6MZero
2 meses atrás

Parece q a águia acordou …depois de muito tempo preocupada com insurgentes e AKs …começou a se preocupar de fato com o Dragão …q paira sobre o horizonte …onde isso vai chegar?????

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Victor Filipe
2 meses atrás

não tem pq, mas os EUA estão fazendo um míssil RAMJET BVR, para se igualar ao Meteor, lembrar que o Japão e a India tem seus projetos também.

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
2 meses atrás

Poxa, cadê notícias do Mansup? Do A-Darter? Do AV-TM300? Algum deles vingou??

Diogo de Araujo
Reply to  Joao Moita Jr
2 meses atrás

Nada João, infelizmente. Pior, gastaram uma grana absurda, muito dinheiro, e pelo visto, sequer vão prestar contas.

Curiango
Curiango
Reply to  Diogo de Araujo
2 meses atrás

Brasileiros não tem dinheiro, as forças nao sao especialistas em gestao de projetos, as faculdadrs nao se interessam, o pais nao tem planejamwnto estratégico

Mauro J F
Reply to  Curiango
2 meses atrás

lamentável mas estamos entregando até mesmo a Soja …nesse momento nosso agricultores vendem a safra de 3 anos e nossas sementeiras então sendo compradas no país todo …o que acontecerá com quem não conseguir plantar daqui há 3 anos e não entregar a soja …será que o governo estrangeiro que está comprando vai assumir essas terras dos inadimplentes ávidos por uma grana “fácil” será que existe grana fácil??? ?????nossos políticos são entreguistas …eles acreditam em papai Noel e Gnomos …acreditam que existem estados estrangeiros mocinhos e bandidos ! E que alguns são bondosos…e caridosos…como a última invasão que vivemos foi… Read more »

Jadson Cabral
Jadson Cabral
Reply to  Joao Moita Jr
2 meses atrás

Se tem uma coisa em que as forças armadas brasileiras são ruins é na prestação de informações sobre projetos em desenvolvimento. É um buraco sem fundo onde só entra dinheiro e quase não sai resultado

Alexandre ziviani
Alexandre ziviani
2 meses atrás

COMFIRMADO:
Russos e venezuelanos operam sistemas EW na fronteira com o Brasil,por general Braga neto.

https://youtu.be/pemR5t4RW0o

carcara_br
carcara_br
Reply to  Alexandre ziviani
2 meses atrás
Last edited 2 meses atrás by carcara_br
Barak MX para o Brasil
Barak MX para o Brasil
Reply to  Alexandre ziviani
2 meses atrás

França também na Guiana Francesa.

Pedro Bó
Pedro Bó
Reply to  Alexandre ziviani
2 meses atrás

Os russos devem olhar para os arsenais e sistemas brasileiros com um sorriso sardônico…

Aliás, não só eles…

JuggerBR
JuggerBR
Reply to  Alexandre ziviani
2 meses atrás

Israel não pensa assim sobre seus vizinhos. Quem está certo, eles ou vc?

Antunes 1980
Antunes 1980
2 meses atrás

Este sistema tem qual alcance?

Ele pode ser adquirido para nosso país?

João Fernando
João Fernando
Reply to  Antunes 1980
2 meses atrás

Pagando…

Yuri Dogkove
Yuri Dogkove
Reply to  Antunes 1980
2 meses atrás

É muito caro! Picanha e Stella sai mais barato!

Últimas Notícias

Rússia e China realizarão treinamento conjunto no exercício Zapad/Interaction 2021

A Rússia deve se juntar a um exercício militar no noroeste da China em agosto com o tema de...
- Advertisement -
- Advertisement -