domingo, setembro 26, 2021

Saab RBS 70NG

Exército Brasileiro apresenta VBTP-MSR 6×6 Guarani na Argentina

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

Buenos Aires (Argentina) – No dia 28 de maio, no quartel da Dirección de Arsenales (Dir Ars), ocorreu a apresentação de uma VBTP-MSR 6×6 Guarani, do 5º Regimento de Cavalaria Mecanizado, ao Comandante do Exército Argentino, General Agustín Humberto Cejas.

O evento contou também com a participação do Diretor Geral de Material do Exército Argentino, General Sergio Javier Pucheta, e marca o início de 30 dias de avaliação operacional do veículo, emprestado pelo Exército Brasileiro à Força coirmã.

FONTE: Agência Verde-Oliva/CCOMSEx

- Advertisement -

189 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
189 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
João Fernando
João Fernando
3 meses atrás

Mimimi em 3,2,1…que a Argentina compre muitos antes que alguma sucata entre no lugar para impedir qualquer venda externa do Brasil

Armando Eisele
Armando Eisele
Reply to  João Fernando
3 meses atrás

Se pagasse , mas quem paga somos nos e o lucro vai para Itália. Saudade da ENGESA e dos militares que a criaram.

Antunes 1980
Antunes 1980
3 meses atrás

E esta camuflagem do Exercito Argentino de deserto, pode isso Arnaldo?

Vladimir
Vladimir
Reply to  Antunes 1980
3 meses atrás

A camuflagem deles não serve somente para deserto, a pampa gaúcha tem os mesmos detalhes da camuflagem, os campos abertos e pastagem seca, é muito apropriada para os descampados da Argentina.

Pablo
Pablo
Reply to  Vladimir
3 meses atrás

Tu conhece o pampa?

Vladimir
Vladimir
Reply to  Pablo
3 meses atrás

Sim Sr.

Pablo
Pablo
Reply to  Vladimir
3 meses atrás

As condições do pampa la e o mesmo daqui?

Teropode
Reply to  Vladimir
3 meses atrás

Tá confundindo pampa com Patagônia
.

Flanker
Flanker
Reply to  Pablo
3 meses atrás

Dá uma olhada nessa imagem do CIBSB – Saicã. O uniforme dos argentinos ficaria muito bem camuflado nesse meio.

images (50).jpeg
Pablo
Pablo
Reply to  Flanker
3 meses atrás

Sim, conheco bem a região, pois moro no pampa. Mas a camuflagem do EB se adequa bem ao terreno.

Flanker
Flanker
Reply to  Pablo
3 meses atrás

Eu moro em Santa Maria e tb conheço bem a região do pampa, campanha, …..quanto uniforme, acredito que o do EB se adequa, sim. Mas, um multicam se adequa bem mais.

Teropode
Reply to  Flanker
3 meses atrás

O meu informe dos fuzileiros é o mais eficiente nos pampas , cerrado e Patagônia .

Marcos Cooper
Marcos Cooper
Reply to  Pablo
3 meses atrás

Aquela da Ford?…..

Teropode
Reply to  Vladimir
3 meses atrás

Brilham no pampa , o uniforme é muito claro , bom prá nois pois são alvos macios e brilhantes .

Bardini
Bardini
Reply to  Antunes 1980
3 meses atrás

Tu claramente não conhece a Argentina.

sub urbano
sub urbano
Reply to  Antunes 1980
3 meses atrás

A parte ocidental da argentina é quase toda árida-semi árida. A camuflagem é adequada.

Rodrigo LD
Rodrigo LD
Reply to  Antunes 1980
3 meses atrás

Camuflagem Multicam. A mesma adotada pelo US Army, Inglaterra, Austrália, Bolívia e outros países mais, com pequenas variações. Uniforme moderníssimo e adaptável a qualquer terreno. Dispensa uso de uniformes diferentes. Ver https://multicampattern.com/

RODRIGO MARTINS FERREIRA
Reply to  Rodrigo LD
3 meses atrás

Não é bem verdade mas ele é bem multifuncional.

Roberto
Roberto
Reply to  Antunes 1980
3 meses atrás

ela é made in EUA

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  Roberto
3 meses atrás

OCP

RODRIGO MARTINS FERREIRA
Reply to  Joao Moita Jr
3 meses atrás

Senão me engano ele é feito na China.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  RODRIGO MARTINS FERREIRA
3 meses atrás

O Moita está certo. Omni Consumer Products FTW!

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Leandro Costa
3 meses atrás

Os uniformes foram fabricados na China.. o padrão é o Multicam/OCP mesmo.

rafa
rafa
Reply to  Antunes 1980
3 meses atrás

Típico de argentino: tem a farda mais bonita/cara do mundo, mas carece de equipamentos. Vai entender. A propósito: loja boa que vende multicam original made in Brazil: http://www.forhonor.com.br

737-800RJ
737-800RJ
3 meses atrás

Dúvida:
Se não me engano a blindagem dos Guaranis é Stanag nível 2 e suporta tiros de calibre 7.62 mm a 30 ou 40 metros de distância, mais ou menos isso. Caso receba tiros de metralhadora .50 a uma considerável distância, digamos 300 metros, conseguiria ter alguma eficiência ou o projétil passaria com facilidade? Volta e meia penso nisso, mas não faço ideia de como seria!

Bardini
Bardini
Reply to  737-800RJ
3 meses atrás

O básico é STANAG Level 2, mas a proteção pode ser expandida com blindagem adicional, que protege o blindado de uma .50:
https://allteccomposites.com.br/site/blindagem_defesa/
.
O Guarani ter esse nível de proteção sem as placas, é algo racional e passa longe de ser um problema para esse APC que visa mobiliar a baixo custos nossa Infantaria Mecanizada. O que é um problema gravíssimo, são os M113, que são empregados como se fossem VBCI ou IFV, na sigla em inglês.

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Bardini
3 meses atrás

Da uma dor no coração toda vez que eu leio que o M113 atua como IFV, não porque você ta errado, mas porque é ridículo usar ele nessa função mesmo…

glasquis 7
Reply to  Victor Filipe
3 meses atrás

Pelo geral, os exércitos da região usam eles nessas funções. Inclusive em exércitos que tem blindados específicos pra essa função.

Jadson Cabral
Jadson Cabral
Reply to  Bardini
3 meses atrás

Eu quero muito ver o guarani equipado com essas blindagens. Bichão deve ficar bonito, mas aparentemente o exército brasileiro não deve ter dinheiro para adquirir-las pois não temos a urgente necessidade. Agora, parece que também não sabem fazer propaganda, pq um dos itens vantajosos desse veículo, por assim dizer, é justamente a modularidade. Por que não exibir alguns veículos com a blindagem total???

Pedro
Pedro
3 meses atrás

Trazendo divisas que não sejam apenas de commodities, que vendam!

Kommander
Kommander
3 meses atrás

Olha o nível do fardamento dos caras para o nosso, da até vergonha. Kkkk

Pablo
Pablo
Reply to  Kommander
3 meses atrás

Do que adianta andar de terno se sua casa está caindo aos pedaços?

C. Silva
C. Silva
Reply to  Pablo
3 meses atrás

Todo dia a galera do Super Trunfo inventa uma nova. Agora o fardamento do EB virou ruim…

Aliás, o fardamento do EB não só pode como está passando por uma atualização, mas daí a falar que o atual é horrível em relação ao argentino é piada.

A camuflagem é boa o suficiente para a maior parte do território nacional. Faz o arroz com feijão, muito diferente do que alguns pouco entendidos podem pensar.

Só por que uma determinada coisa pode ser melhorada não significa que seja ruim em seu estado atual.

Pablo
Pablo
Reply to  C. Silva
3 meses atrás

Exatamente!!

Bardini
Bardini
Reply to  Kommander
3 meses atrás

Faz alguns anos que eles fizeram uma compra grande e completa do “UCA”, Uniforme de Combate Argentino. E compraram da Norinco…
.
Aparentemente, parece top.
.
https://www.youtube.com/watch?v=za9VUAqDsE0&ab_channel=Ej%C3%A9rcitoArgentino

Last edited 3 meses atrás by Bardini
Rodrigo LD
Rodrigo LD
Reply to  Bardini
3 meses atrás

Variação sob licença do Multicam do US Army. A Bolívia também adotou. Ver https://multicampattern.com/

Welington S.
Welington S.
Reply to  Kommander
3 meses atrás

Pare de falar besteira pelo amor de Deus. O novo uniforme do EB será parecido com este aí. Inclusive, os militares que foram participar do exercício culminating, estavam já utilizando o novo uniforme.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Welington S.
3 meses atrás

Olá Welligton. O que nunca entendi no EB são os coturnos pretos brilhando. Sempre me impressionou os coturnos do exército dos EUA na cor do uniforme (parecido ao que o oficial argentino está usando na porta de entrada do Guarani).

Welington S.
Welington S.
Reply to  Camargoer
3 meses atrás

Olá Camargo. Não me lembro onde foi, mas li um comentário de que o EB também irá trocar o coturno. Parece que estão testando alguns coturnos novos de empresas brasileiras. Não me vem a cabeça agora o nome das duas empresas que li citado. Eu acho o coturno assim até que bonito. Dá um destaque muito legal ao militar, principalmente nos desfiles militares. Agora para o operacional mesmo, aí eu concordo com você.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Welington S.
3 meses atrás

Olá Wellington. Sobre desfiles, eu lembro de uns vídeos das militares chinesas marchando, com uns vestidos vermelhos e lenços e boinas brancas. Lindas.

Antonio Cançado
Reply to  Camargoer
3 meses atrás

É, lindo, mas quero ver na hora do vamos ver…

Camargoer
Camargoer
Reply to  Antonio Cançado
3 meses atrás

Olá Antonio. Olha que legal. Tem umas militares que são lindas.
https://www.youtube.com/watch?v=dbWA51VwTHU

Rodrigo LD
Rodrigo LD
Reply to  Camargoer
3 meses atrás

Concordo. Hora de modernizar. Coturno de couro e lona, lustrado e brilhando, é coisa mais do que arcaica.

Pablo
Pablo
Reply to  Rodrigo LD
3 meses atrás

Se nao me engano, os pqd tambem usaram um novo modelo de coturno nesse exercício.

Antonio Cançado
Reply to  Welington S.
3 meses atrás

Será? Tenho cá minhas dúvidas…

Welington S.
Welington S.
Reply to  Antonio Cançado
3 meses atrás

O uniforme que usaram lá no exercício.

ec4ad012-080e-4464-af9d-92412ec1ab6a-scaled.jpeg
Rodrigo LD
Rodrigo LD
Reply to  Welington S.
3 meses atrás

Não é regulamentar e nem existe previsão de ser adotado. Não sei qual foi a intenção. Testes ou apenas para o exercício.

Antonio Cançado
Reply to  Welington S.
3 meses atrás

A mesma camuflagem que parece ter sido fita em aula de pintura a dedo com crianças de sete anos de idade…

Welington S.
Welington S.
Reply to  Antonio Cançado
3 meses atrás

Vai lá e reclama com o EB querido.

Saldanha da Gama
Saldanha da Gama
Reply to  Welington S.
3 meses atrás

Bom dia, se não me engano, este coturno dos “pqds” é de quem já efetuou os saltos, os que não o fizeram, eram chamados de “pé preto” e usavam os coturnos negros…Lá pela década de 1970 era assim, não sei agora… Abraços

Welington S.
Welington S.
Reply to  Antonio Cançado
3 meses atrás

.

unnamed.jpg
Welington S.
Welington S.
Reply to  Antonio Cançado
3 meses atrás

General

190603-A-FQ191-253-960x540.jpeg
Rodrigo LD
Rodrigo LD
Reply to  Welington S.
3 meses atrás

Esse é o uniforme regulamentar. Ver o RUE. Regulamento de Uniformes do Exército em http://www.sgex.eb.mil.br. Apenas colocaram a estrela americana no peito, pois eles não olham para a gola para identificar o posto.

Welington S.
Welington S.
Reply to  Rodrigo LD
3 meses atrás

O uniforme que o General está usando é o antigo. DESCONSIDERE. O restante, são os atuais aos quais o EB recebeu para testes.

Last edited 3 meses atrás by Welington S.
Welington S.
Welington S.
Reply to  Antonio Cançado
3 meses atrás

Outra imagem boa também.

8a650148-fa4c-488f-ac0a-8db621b9bbba.jpe
Rodrigo LD
Rodrigo LD
Reply to  Welington S.
3 meses atrás

Uniforme não regulamentar. Não existe para venda nem é autorizado. Apenas utilizado no exercício.

Kommander
Kommander
Reply to  Rodrigo LD
3 meses atrás

É aquele famosa frase “Só pra inglês ver”

Welington S.
Welington S.
Reply to  Rodrigo LD
3 meses atrás

Meu Deus do céu. Que dificuldade em ENTENDER que é justamente este uniforme NOVO, ao qual o EB recebeu vários deles, para testar. É esse uniforme que está em TESTE. Usaram este uniforme no exercício conjunto. E quem é que falou aqui que o uniforme está à venda e já foi autorizado?

Flanker
Flanker
Reply to  Welington S.
3 meses atrás

Diferença mínima entre esse que vc fala que é de teste e o que é padrão do EB. Esse de teste é mais verde que o outro, mas a padronização da distribuição de cores e formas é muito semelhante. Algo no tipo do multicam seria muito melhor, creio eu. Mas, não sou especialista em uniformes.

Pablo
Pablo
Reply to  Welington S.
3 meses atrás

Vi em outro site que o EB tambem adotou uma nova farda de caatinga

Welington S.
Welington S.
Reply to  Pablo
3 meses atrás

Sim.

Matheus
Matheus
Reply to  Pablo
3 meses atrás

Este aqui.

194789149_2655958728035201_7629968282886450152_n.jpg
Pablo
Pablo
Reply to  Matheus
3 meses atrás

Nao mostra, se nao os vira lata vao achar algum defeito

Joker
Joker
Reply to  Pablo
3 meses atrás

Para o uso em caatinga tem alguns pontos de evolução louváveis, mas também possui seus pontos de melhoria.

Teropode
Reply to  Matheus
3 meses atrás

Perfeita 🙏🙏🙏🙏🙏🙏

Afonso
Afonso
Reply to  Matheus
3 meses atrás

Caraca, que lindo esse uniforme da Catinga. Sensacional.

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
Reply to  Matheus
3 meses atrás

Olha o nível de evolução de um para o outro. O triste e que isso já era para ter sido feito a pelo menos uns 20 anos e toda a tropa.

Kommander
Kommander
Reply to  Welington S.
3 meses atrás

Quem tá falando besteira é tu. O uniforme já foi adotado? Não! Então esse atual uniforme é feio e defasado.

Welington S.
Welington S.
Reply to  Kommander
3 meses atrás

Deixa de ser emocionado. Leia novamente o que foi dito. Feio deve ser é essa sua cara aí com essa sua falta de cérebro que está defasado. Me erra.

Last edited 3 meses atrás by Welington S.
Selvático
Selvático
Reply to  Welington S.
3 meses atrás

O Sr está se referindo ao corte ou padrão da camuflagem ? O corte realmente é novo, mas o padrão da camuflagem é o antigo, entretanto muito eficiente, LIZARD VERTICAL,uma adaptação dos portugueses ao padrão original LIZARD HORIZONTAL, dos franceses. Me refiro únicamente ao padrão, da estampa, e não à cor, tendo em vista que o nosso tem tons mais escuros. Nosso uniforme pode não ser tão versátil como o Multicam, mas considerando o ambiente específico de selva, o combatente, literalmente, some.
https://en.wikipedia.org/wiki/Lizard_(camouflage)

Carlos
Carlos
Reply to  Kommander
3 meses atrás

A FAB tambem ja está em processo de atualização/mudança do 10° Rumaer, agora quanto tempo isso vai demorar…..

CRISTIAN MENDES
Reply to  Kommander
3 meses atrás

A bota dos caras é show, moderna. Já a nossa ainda os velhos coturnos de couro.

Pablo
Pablo
3 meses atrás

Acho que o Guarani e uma das melhores opções, se não a melhor para a Argentina.

Last edited 3 meses atrás by Pablo
gordo
gordo
Reply to  Pablo
3 meses atrás

É uma das opções e a venda depende de outros fatores além dos préstimos que o veículo pode oferecer. Caso não se confirme os argentinos podem bater as portas dos EUA e ver se conseguem alguma coisa do estoque ou vão a China e pegam novo com o financiamento amigo Chinês que será pago em soja e alfajore.

Pablo
Pablo
Reply to  gordo
3 meses atrás

O que o guarani nao pode oferecer que um americano ou chines ofereça?

alexandre
alexandre
Reply to  Pablo
3 meses atrás

Financiamento….

Pablo
Pablo
Reply to  alexandre
3 meses atrás

Me refiro ao blindado e nao a forma de pagamento.

sub urbano
sub urbano
Reply to  Pablo
3 meses atrás

É tudo a mesma coisa. Igual palio e gol. Já o Boxer alemão é um mercedes. Pra qm quer ser diferenciado e “pegar muie” kkk

Pablo
Pablo
Reply to  sub urbano
3 meses atrás

E o boxer poderia ser oferecido aos argentinos sem que os britanicos vetem?

Flanker
Flanker
Reply to  sub urbano
3 meses atrás

Você, ao escrever que Palio e Gol é tudo a mesma coisa, já começou falando bobagem….

Agnelo
Agnelo
Reply to  Pablo
3 meses atrás

Prezado Depende do interesse de quem quer vender. Vou lhe dar um exemplo real, mas não posso dizer nomes, se é q vc me entende… Em um país, uma força q tem um efetivo relativamente pequeno de tropa pra guerra terrestre, resolveu trocar seu fuzil. Como é uma tropa pequena, não há tanta necessidade de dominar os 5 escalões de manutenção, pois sairia muito caro. Logo, decidiram fazer testes com várias armas de acordo com a oferta dos países/fabricantes. Em primeiro lugar nos testes, ficou o SiG Sauer. Em segundo lugar, ficou o Galil. Em terceiro lugar, ficou o M-16… Read more »

Pablo
Pablo
Reply to  Agnelo
3 meses atrás

Estou me referindo que, ao meu ver, o guarani seria a melhor opção pra eles por ser um veículo moderno e ao mesmo tempo barato. Sem contar que, talvez, por ser um pais próximo, facilitaria em logística, e ate onde sei, o motor e argentino e nao possuem componentes britanicos que poderiam embargar uma venda pra eles. Se for comprar de qualquer outro país, creio que esses fatores seriam uma possível dor de cabeca.

Agnelo
Agnelo
Reply to  Pablo
3 meses atrás

Sem dúvida. Concordo contigo.

Pablo
Pablo
Reply to  Agnelo
3 meses atrás

Espero que comprem, mas que acima de tudo, PAGUEM.

PAULO
3 meses atrás

Como está o desenvolvimento de outras versões, como a que teria o morteiro, do Guarani??

Agnelo
Agnelo
Reply to  PAULO
3 meses atrás

desenvolvendo.

Agnelo
Agnelo
Reply to  Agnelo
3 meses atrás

O tiro do 120 mm é um p@rr@dão. Se a plataforma não for REALMENTE estável, com um alcance de mais de 7.000 m, vai saber onde o tiro vai parar….. Pra manter o alcance útil de 7.200 m tem q ser bem feito.
Tão desenvolvendo…. vai dar certo.

Carvalho
Carvalho
Reply to  Agnelo
3 meses atrás

Precisa de um reforço no assoalho bem substancial.
No M113, apenas os fuzileiros adotaram a versão porta morteiro, com duas unidades.
O fato do EB nunca ter tentado modificar alguns dos seus revela a complexidade do projeto.

Pablo
Pablo
Reply to  PAULO
3 meses atrás

Pelo que o Paulo Bastos me respondeu la no site dele,o projeto está quase concluido. Talvez ate o fim do ano apresentem a versao.

Atitador 33
Atitador 33
3 meses atrás

Esse camuflado Multicam Scorpion, adotado pelo exército argentino é considerado o mais tecnológico e eficiente do mundo, adotado por diversas forças, esse tipo de camuflado dispõem de outras duas tonalidades, o Multicam Black em tonalidade preta e o Multicam Tropic com tonalidade verde escura, são muito eficientes, assisti um video do exercício de desembarque anfíbio da MB e uma das forças especiais, utilizam dessa camuflagem semelhante dos hermanos.

Abs

Antonio Cançado
3 meses atrás

Os uniformes argentinos estão muito melhores que os nossos…

Bruno Rodrigues
Bruno Rodrigues
Reply to  Antonio Cançado
3 meses atrás

Pq está melhor? Tem q analisar a funcionabilidade da camuflagem no campo de batalha uai. E tbm já estamos atualizando os nossos, acrescentando tecidos atuais. Mas visualmente, não dá para ver qual é melhor, pq o nosso é útil para nosso ambiente.

Pedro Bó
Pedro Bó
3 meses atrás

Se o EB e a Iveco fizerem o dever de casa certinho, o Guarani tem tudo para fazer sucesso em países que não podem arcar com os custos e despesas de um Piranha ou de um Boxer.

Adriano Madureira
Adriano Madureira
3 meses atrás

Off-Topic: Gostaria da opinião de alguns ! Gosto do tema segunda guerra e quero adquirir jogos voltados a época, recentemente adquiri um PS4 e gostaria de comprar jogos de terceira pessoa,alguém conhece bons títulos?

Acredito que não seja a praia de alguns aqui mas certamente deve haver comentaristas aqui que gostem e conheçam jogos eletronicos bons sobre o tema…

Thiago
Thiago
Reply to  Adriano Madureira
3 meses atrás

Jogos em terceira pessoa na segunda guerra só me vem a mente o Sniper Elite 4, mas em primeira pessoa tem milhares de opções: Call of Duty WW2, Battlefield V, etc.

fewoz
Reply to  Adriano Madureira
3 meses atrás

Eu não jogo muito e muito menos conheço sobre jogos em terceira pessoa. Acho melhor ver jogos em primeira pessoa mesmo, que existem aos montes por aí. Mas aí você vai ter que abandonar o console e comprar um PC, pq jogar FPS com controle é horrível.

Matheus
Matheus
Reply to  Adriano Madureira
3 meses atrás

WarThunder, é de graça na PStore.

Jodreski
Jodreski
3 meses atrás

Nos pagando em doletas e não em pickups da Ford pode comprar qtos quiserem!

Marcos Cooper
Marcos Cooper
3 meses atrás

Sei não… Essa farda do EB me lembra muito o uniforme britânico da epoca da Guerra das Falklands.

Rodrigo LD
Rodrigo LD
Reply to  Marcos Cooper
3 meses atrás

É um padrão de fardamento daquela época, baseado nos BDU ou Battle Dress Uniform. Gandola de serviço com quatro bolsos, coturno de couro e lona, calça com dois bolsos laterais grandes. Porém adotado com uma camuflagem nacional baseada no padrão Lizard (Lagarto), desenvolvida pela França. Já obsoletos, tanto o BDU quanto a camuflagem padrão Lizard.

Marcos Cooper
Marcos Cooper
Reply to  Rodrigo LD
3 meses atrás

Vlw. Não sabia dessa sobre o padrão Lizard.

JCuritiba
JCuritiba
3 meses atrás

Horrivel esse camuflado do uniforme do EB. Desatualizado para dizer o mínimo.

Antonio Cançado
Reply to  JCuritiba
3 meses atrás

Parece ter sido feito por crianças em educação infantil em aulinha de pintura a dedo, não parece?

JCuritiba
JCuritiba
Reply to  Antonio Cançado
3 meses atrás

Com certeza!

JCuritiba
JCuritiba
Reply to  Antonio Cançado
3 meses atrás

Pior, usamos isso desde 1991, 30 anos insistindo nesse erro.

Agnelo
Agnelo
Reply to  JCuritiba
3 meses atrás

Interessante, é q onde vamos, somos elogiados por não copiarmos dos EUA e termos o nosso próprio.
Gozado,né? Pro q interessa somos capachos copiões, mas pro q interessa também, somos atrasados por não copiar…….

Pablo
Pablo
Reply to  Agnelo
3 meses atrás

É muito mimimi com tudo. Os argentinos mal tem forcas armadas, mas sempre arrajam qualquer motivo pra falar mal do Brasil. Impressionante o viralatismo aqui. Quando copiam criticam, quando fazemos o nosso, criticam. Mas vao enche o saco no inferno!!!!!!

Last edited 3 meses atrás by Pablo
Pablo
Pablo
Reply to  Pablo
3 meses atrás

https://youtu.be/NVQOFTV15Cw muito desatualizada a camuflagem.

Rodrigo LD
Rodrigo LD
Reply to  Pablo
3 meses atrás

Me lembrou os norte-vietnamitas nos anos 1960.

Pablo
Pablo
Reply to  Rodrigo LD
3 meses atrás

Mesmo assim, tu passaria e nao veria nada

JCuritiba
JCuritiba
Reply to  Pablo
3 meses atrás

Nada que embuste e capim sem roçar, o que o EB é mestre não possam promover.

JCuritiba
JCuritiba
Reply to  Pablo
3 meses atrás

kkkkkkkkkkkkkkk

Bota mimimi SEU nisso: criticar o descaso com uniforme não pode. Ninguém falou em copiar ninguém, muito menos a Argentina ou outro país, e sim olhar para nosso umbigo, ser criativo e ter soluções locais adequadas. Em 1990 esse padrão era “a novidade” eu estava na caserna e achei o máximo, mas o mundo evolui e esse padrão deveria ter ficado lá onde nasceu, nos anos 90.

Pablo
Pablo
Reply to  JCuritiba
3 meses atrás

Mimimi é o teu, a roupa tendo 5 ou 50 anos e cumprindo com a funcionalidade para o que foi feito e o que interessa. Sempre a choradeira.

JCuritiba
JCuritiba
Reply to  Pablo
3 meses atrás

Em outras palavras, vc acha que um fardamento de 1971, se está vestindo um soldado está ótimo. Deve achar o máximo um fuzil com projeto/tecnologia dos anos 50 ainda na ativa.

Pablo
Pablo
Reply to  JCuritiba
3 meses atrás

Tem aviao de mais de 60 anos voando e metendo medo em meio mundo, nao vejo ninguem reclamar, a nao ser os inimigos.

JCuritiba
JCuritiba
Reply to  Pablo
3 meses atrás

Claro, ótimo argumento comparar fardas, tecido e fuzil com um B-52 que sofre atualizações periódicas.

C. Silva
C. Silva
Reply to  Pablo
3 meses atrás

Exatamente, Pablo.

É uma asneira sem tamanho dizer que o fardamento brasileiro é ruim e está muito desatualizado. Todo dia a galera do Super Trunfo inventa uma nova.

Não só pode como está passando por uma atualização, mas daí a falar que horrível é piada.

A camuflagem é boa o suficiente para a maior parte do território nacional. Faz o arroz com feijão.

Só por que uma determinada coisa pode ser melhorada não significa que seja ruim.

JCuritiba
JCuritiba
Reply to  C. Silva
3 meses atrás

Outro pronto para lutar nos anos 90.

JCuritiba
JCuritiba
Reply to  Agnelo
3 meses atrás

Prezado,
A questão não é copiar EUA, Reino Unido, Australia, Russia, China, França ou qualquer outro país.

A questão é CRIAR algo que funcione, seja atual e por que não? Também agradavel aos olhos.

Agora se você acha “ótimo” um padrão de camuflagem de 30 anos atrás e coturnos pretos brilhantes, sem nenhuma tecnologia atual, sem amortecimento, chatos de calçar, sem vetilação adequada, quentes no verão, frios no inverno adequados para a tropa: parabéns você está pronto para lutar nos anos 80/90.

Flanker
Flanker
Reply to  JCuritiba
3 meses atrás

Quanto ao uniforme e aos coturnos, tudo pode ser melhorado e atualizado , mas tem uma coisa que vários aqui já falaram eu não entendo o motivo: o brilho dos coturnos. Vcs acham que isso atrapalharia a camuflagem?? Um coturno, por mais brilhante que esteja,no momento que o guerreiro desembarca no terreno, seja com pó ou com lama, nos primeiros 10 passos o brilho já era!!

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Flanker
3 meses atrás

Nunca usaram coturno na vida. Aposto. E outra, se dá polimento para preservar o couro. Algo que obviamente não é feito quando se está em operação.

camargoer
Reply to  Leandro Costa
3 meses atrás

Caro Leandro. Creio que a discussão nada tem a ver com quem usou ou não coturnos, mas com o fato dos calçados pretos usados pelos militares brasileiros se destacaram do uniforme de campanha, enquanto que uniformes mais modernos (principalmente dos EUA) usam calçados com cores e padrões integrados ao uniforme.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  camargoer
3 meses atrás

Camargo, o caso é que o coturno não fica totalmente preto. Por ser calçado e estar próximo do chão, ele normalmente adquire tonalidades bem mais próximas do terreno em está sendo utilizado do que preto. Mesmo andando na rua se houver muita poeira no ar, areia ou o que for, ele pega aquela tonalidade. Ainda fica preto, mas fica bem longe de ser o preto que vemos nas fotos. E olha que os coturnos que usamos atualmente são ainda bem melhores do que aqueles de uns 30 anos atrás que eram inteiramente feitos de couro. A grande diferença entre esse… Read more »

Camargoer
Camargoer
Reply to  Leandro Costa
3 meses atrás

Olá Leandro. A cor do couro é uma questão de pigmento. Pode ser preto, azul, vermelho, verde, etc. A cor preta é a mais fácil de ser feita (não sei se a mais barata). Os coturnos de couro poderiam ser verdes.

JCuritiba
JCuritiba
Reply to  Leandro Costa
3 meses atrás

Tá ai, outro dos anos 60, couro…
Parece que quem nunca usou coturno é você.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  JCuritiba
3 meses atrás

JCuritiba, meu coturno continua aqui numa boa, assim como botas de material sintético. Já usei ambos os tipos em diversas situações e ambas tem seus pontos fortes e pontos fracos. A questão na minha cabeça no momento é uma em relação à prioridades. A prioridade principal é no momento é sobre como economizar dinheiro aonde possível que cause o mínimo de impacto em possíveis operações. O coturno funciona. Não é o melhor, mas funciona tranquilamente. Custa por volta de 80 pratas e é produzido aqui. Uma nova bota de material sintético, que pode ser importada (mas acho que tem algumas… Read more »

camargoer
Reply to  Flanker
3 meses atrás

Caro Flanker. Acho que quase todo mundo já notou que os EUA aboliram o preto e o brilho de seus uniformes de campanha. Quando vejo as fotos da MINUSTAH, eu percebo que os coturnos pretos realmente se destacam, ao contrário dos calçados dos militares que usam coturnos na cor do uniforme.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  JCuritiba
3 meses atrás

Até onde eu sei, as três Forças estão muito satisfeitas com o padrão de camuflagem que usamos. O que realmente tem variações é em relação ao material e o ‘corte’ do uniforme. Eu tenho duas calças padrão CFN, sendo que a mais nova tem bolsos laterais menores, porém é rip-stop e de fato é muito boa. Então já houve um avanço no sentido material, pelo menos, e de acordo com os posts do Welington S., parece que pelo menos o EB também está avançando nessa área. Como não me parece um problema o padrão de camuflagem, isso não foi mudado.

FERNANDO
FERNANDO
3 meses atrás

Acredito que pode sair uma venda sim.
Mas, acho que vão fazer meio a meio.

Rafaelsrs
Rafaelsrs
3 meses atrás

Vou fazer o mesmo comentário que fiz antes:
Argentina: “— Opa, vô comprá!”
Brasil: “— Opa, vô vendê!”
Inglaterra: “— Vai pá onde?”
Espero que meu diálogo fictício não se repita e o EB tenha 110% de certeza de não existir nenhum parafuso com tecnologia da Inglaterra ou de seus aliados nesse veículo.

Max
Max
Reply to  Rafaelsrs
3 meses atrás

Bem isso mesmo Rafaelsrs! Mas pelo fato de terem deslocado o veículo até lá, isso já deve ter sido avaliado.

Rafael Gustavo de Oliveira
Rafael Gustavo de Oliveira
3 meses atrás

estamos falando da negociação de aproximadamente quantos blindados? esses seriam para substituir aquela proposta dos americanos de 27 strykers há 1 ano atrás?

Max
Max
Reply to  Rafael Gustavo de Oliveira
3 meses atrás

Parece q teve nova proposta

Last edited 3 meses atrás by Max
João Augusto
João Augusto
3 meses atrás

Os militares podiam usar máscaras PFF2 ao invés de máscaras de pano. O ambiente de apresentação de uma viatura não justifica a falta de cuidado. O preço das máscaras tampouco.

Felipe Morais
Felipe Morais
Reply to  João Augusto
3 meses atrás

Eita, já criticaram o padrão do uniforme e, agora, as máscaras.

Bora galera, atividade, ainda dá pra criticar o penteado dos soldados, a postura e suas diferenças de altura.
Não percam tempo!

João Augusto
João Augusto
Reply to  Felipe Morais
3 meses atrás

O penteado dos caras não faz diferença alguma. A máscara faz. Se você não entendeu isso até agora, pelo amor de Deus.

Matheus
Matheus
Reply to  João Augusto
3 meses atrás

Não esqueça de criticar a maquiagem das soldados femininas tambem, pura cafonisse.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Matheus
3 meses atrás

Ola Matheus. Eu nunca crítico uma mulher. Ou eu elogio ou fico calado.

João Augusto
João Augusto
Reply to  Matheus
3 meses atrás

Matheus, aí é outra coisa que não faz diferença. A máscara faz.

Felipe Morais
Felipe Morais
Reply to  João Augusto
3 meses atrás

você podia ser presidente do país, tão preocupado com a saúde de nossos soldados.
Seria um alento, já que o atual não se importa com saúde de ninguém.

João Augusto
João Augusto
Reply to  Felipe Morais
3 meses atrás

Ser melhor que o atual presidente qualquer um é.

Rodrigo LD
Rodrigo LD
3 meses atrás

Ver avaliação feita por um especialista americano em https://m.youtube.com/watch?v=jqMp-gPw4w0. Muito bom canal e excelente vídeo.

Salim
Salim
Reply to  Rodrigo LD
3 meses atrás

Munto bom, os caras testam tudo. Tem muito’ intindido ‘aqui, Para bom entendedor, meia imagem basta ( tem imagem pra todo gosto ) .

Sequim
Sequim
3 meses atrás

Desculpem a ignorância, mas existe a possibilidade/viabilidade de se fazer uniformes de kevlar a fim de se reduzirem os riscos de ferimentos em combate?

FERNANDO
FERNANDO
Reply to  Sequim
3 meses atrás

No Brasil.
Não.

Sequim
Sequim
Reply to  FERNANDO
3 meses atrás

Obrigado.

Salim
Salim
Reply to  Sequim
3 meses atrás

Qualquer material sintetico , que náo permite ao corpo trocar calor, transpirar e rápida secagem, fica inapropriado para uso em vestimenta, quanto mais para fardamento. Fardamento em kevlar fica inapropriado, alem de que teria que ter uma espessura razoável para ter qualquer proteção balística inviabilizando movimentação infante. Matéria prima e camuflagem e um desafio e se gasta muito dinheiro no desenvolvimento . Em paises continentais ou com missão mundial fica praticamente impossível adoção de um único material/camuflagem.

Sequim
Sequim
Reply to  Salim
3 meses atrás

Obrigado.

Rodrigo Maçolla
Rodrigo Maçolla
3 meses atrás

Agora que nos chamaram de “Selvagens” acho difícil comprar um veiculo com nome de Guarani , mais fácil vender pro México que são indígenas como nós.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Rodrigo Maçolla
3 meses atrás

Mais fácil tentar se fazer de ofendido e meio que deixar entendido que a compra de uma centena desses veículos seria um bom pedido de desculpas.

Mas ele não fez nada que nosso próprio presidente já não tivesse feito bem parecido.

camargoer
Reply to  Leandro Costa
3 meses atrás

Olá Leandro. Ao menos, o presidente argentino pediu desculpas pela frase infeliz. Reconhecer o erro é ao menos sinal de que existe uma assessoria diplomática com inteligência. O que mais me irrita é que esse tipo de deslize cai na conta do povo argentino (aqui, cai na conta na nossa conta) como expressão coletiva de estupidez de um povo, o que é um erro. Fala-se mal da Cristina, mas ela tinha muito mais talento diplomático. Não lembro dela ter dado tais deslizes.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  camargoer
3 meses atrás

Exatamente. E por mais que eu desgoste de certos presidentes passados, todos eles tinham muito mais tato diplomático do que o nosso presidente atual. Parece que gosta de queimar pontes.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Leandro Costa
3 meses atrás

Olá Leandro. Um tolo que fica em silêncio entre sábios, se passa por sábio (uma verdade bíblica). Uma pessoa inteligente se cerca de pessoas mais inteligentes que ele para o aconselharem e ajudarem. Um estupido se cerca de pessoas mais estupidas para esconder, por comparação, a sua estupidez.

Tomcat4,2
Reply to  Camargoer
3 meses atrás

Exatamente meu caro!!!

Salim
Salim
Reply to  Leandro Costa
3 meses atrás

Ate o presidente argentino tem vergonha de ser argentino. Ai fica difícil.

Saldanha da Gama
Saldanha da Gama
Reply to  Rodrigo Maçolla
3 meses atrás

Meu caro, indígena é o méxico, nós viemos da selva, há uma conotação de primata…..Por isso venho repetindo aqui várias vezes, eles são o escorpião naquele caso do elefante para atravessar o rio…. Abraços

Last edited 3 meses atrás by Saldanha da Gama
camargoer
Reply to  Saldanha da Gama
3 meses atrás

Caro Saldanha, Não use a régua da estupidez de uma pessoa para medir uma nação, senão acabamos dando razão aos que nos chamam de selvagens a partir das tolices ditas pelo presidente brasileiro.

Saldanha da Gama
Saldanha da Gama
Reply to  camargoer
3 meses atrás

Caro Camargoer, Não disse que todos professam o que o fernandez vomitou… Eu não ofendi a nação argentina, mas não confio nos políticos e militares, Afirmo o que disse sobre a natureza do escorpião, quando eles tiverem condições, conseguirem uma coalizão de países aqui do continente, é melhor o BRASIL ficar atento… Ahh sim, cadê a repercussão contrária ao que ele vomitou, aqui no Brasil, aqui no fórum? Mas se fosse o presidente eleito…..Abraços

Last edited 3 meses atrás by Saldanha da Gama
Camargoer
Camargoer
Reply to  Saldanha da Gama
3 meses atrás

Olá Saldanha. Estamos em pleno debate da estupidez que o presidente argentino disse (mesmo tendo pedido desculpas ontem). Ao que parece, a frequência de tolices ditas em Brasília supera as vindas de Buenos Aires. Se por um lado, o presidente argentino nos ofendeu (como fez Reagan ao nem se lembrar do nome do Brasil em sua visita ou como fizeram em uma copa ao tocar “Aquarela do Brasil” na hora do “Hino Nacional”), as tolices que saem de Brasila nos causam prejuízos financeiros e sanitários. Nesta disputa, os argentinos estão melhores que os brasileiros.

Marcelo Baptista
Marcelo Baptista
Reply to  Saldanha da Gama
3 meses atrás

Eu trabalho com argentinos, e nunca, nunca foram desrespeitosos conosco.
A não ser quando falam de futebol, ai a coisa descamba, desde quando Maradona foi melhor que o Pelé. Bando de comendor de alfajor!!! #$%#$%.

Marcelo Baptista
Marcelo Baptista
Reply to  Marcelo Baptista
3 meses atrás

E aquele gol roubado com a mão! @@$%%¨!!!!

Camargoer
Camargoer
Reply to  Marcelo Baptista
3 meses atrás

Foi a mão de Deus.

Marcelo Baptista
Marcelo Baptista
Reply to  Camargoer
3 meses atrás

kkkkkk, mas Deus não é brasileiro? kkkk, só para descontrair .

Camargoer
Camargoer
Reply to  Marcelo Baptista
3 meses atrás

Olá Marcelo. Sendo Deus brasileiro e aquele gol foi feito pela mão de Deus, a conclusão é que os argentinos têm mais fé do que os brasileiros. Eu nunca poderia comparar o Papa Francisco com o Bispo Malafaia. Eles estão na vantagem.

Felipe Morais
Felipe Morais
Reply to  Camargoer
3 meses atrás

Mas nós temos o Inri Cristo. Estamos na vantagem! kkkkkkkkk E eu posso atestar, pois ele é da minha cidade e é um senhorzinho gente boa!

Camargoer
Camargoer
Reply to  Felipe Morais
3 meses atrás

Ola Felipe… Inri Cristo era figurinha carimbada no CQC.. junto com o capitão.. de lá só se salvava a Mônica Iozi.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Marcelo Baptista
3 meses atrás

Ola Marcelo. Infelizmente não vi Pele jogar, mas vi o Maradona. Creio que pelo foi o maior do Brasil e Maradona o maior da Argentina. Não sei se dá para falar mais do que isso.

Marcelo Baptista
Marcelo Baptista
Reply to  Camargoer
3 meses atrás

Haa não, seu isentosinho! Tudo no Brasil é otimo e so brasileiro pode espinafrar brasileiro, e vc vem contemporizar.
@#$@#$@#$!!!

Bricadeira, Camargoer, só zuando. O povo na rede leva tudo muito na ponta da faca, muito CorinthiansxPalmeiras / FlaxFLu /GreNal.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Marcelo Baptista
3 meses atrás

Olá Marcelo. Fique tranquilo. Mesmo sendo corinthiano, reconheço que o Palmeiras tem um time melhor (mas nunca foram campeões do mundo).

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Camargoer
3 meses atrás

Nem muito menos duas vezes. Embora eu normalmente desconsidere uma dessas vezes porque… bem… foi esquisita demais até para mim hehehehe

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Marcelo Baptista
3 meses atrás

Oi Marcelo, não tem nada a ver esse negócio de Corínthians x Palmeiras. Nada a ver mesmo. É Timão. Não tem parmera em lugar algum 😛

😀

Marcelo Baptista
Marcelo Baptista
Reply to  Leandro Costa
3 meses atrás

é noix. kkkkk

camargoer
Reply to  Rodrigo Maçolla
3 meses atrás

Olá Rodrigo. O Reinaldo Azevedo publicou uma coluna sobre a fala do presidente argentino com o título “Fernandez prova que o Brasil não tem monopólio da estupidez”. Lembro de governos anteriores do Brasil e Argentina no qual havia um diálogo diplomático muito elevado entre os dois países. Essa fala do presidente argentino está no nível do “vírus chinês”.

Sequim
Sequim
Reply to  camargoer
3 meses atrás

Perfeito, professor. Estamos, aqui na América do Sul, na pior safra de governantes da História. Horror, o horror!

Camargoer
Camargoer
Reply to  Sequim
3 meses atrás

Ola Sequim. Eu não lembro de um período nos últimos 50 anos que tenha demandado tanto a existência de estadistas e um período que existam tão poucos estadistas. Fosse isso localizado em um ou outro país, seria compreensível. Contudo, estamos nos afogando neste mar de estupidez.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Camargoer
3 meses atrás

Infelizmente, isso é algo que me parece estar ocorrendo ao redor do Globo. Estadistas ainda existem, mas são poucos, na minha humilde opinião.

Camargoer
Camargoer