domingo, setembro 26, 2021

Saab RBS 70NG

3ª Brigada de Infantaria Motorizada realiza treinamento por meio de jogos de guerra

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

Brasília (DF) – A 3ª Brigada de Infantaria Motorizada (3ª Bda Inf Mtz) realizou, no período de 5 a 16 de julho, um exercício de simulação construtiva, a Operação Lobo Guará X. A atividade é um treinamento sem tropa no terreno, apoiado por meios eletrônicos e cartográficos de simulação em jogo de guerra.

A finalidade da operação foi o adestramento de seu estado-maior e de suas organizações militares diretamente subordinadas (OMDS) nos processos de tomada de decisão em um cenário de operações, possibilitando o aprofundamento doutrinário, o exercício da coordenação e a sincronização das ações de cada sistema operacional.

O exercício foi realizado em duas fases: a primeira, com a adaptação e treinamento dos operadores e dos controladores ao Sistema de Simulação e a segunda fase, com o jogo de guerra.

No início da manhã do dia 12 de julho, o Comandante Militar do Planalto, General de Divisão Rui Yutaka Matsuda realizou a abertura do Jogo de Guerra no 7º Centro de Telemática de Área (7º CTA). O Comandante da 3ª Bda Inf Mtz, General de Brigada Marcus Alexandre Fernandes de Araujo, apresentou as manobras e as atividades do exercício.

FONTE: Agência Verde-Oliva/CCOMSEx

- Advertisement -

8 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
8 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Roberto Santos
Roberto Santos
2 meses atrás

Ar condicionado, cafezinho e banho tomado, bravos combatentes kkkkkkkkk

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Roberto Santos
2 meses atrás

Todo exército faz jogos de guerra. Quem menospreza o valor disso não sabe o que está falando.

Ricardo Cuore
Ricardo Cuore
Reply to  Leandro Costa
2 meses atrás

De pleno acordo

Gabriel
Gabriel
Reply to  Roberto Santos
2 meses atrás

Você escreve bobagem por desconhecimento? falta de capacidade cogcognitiva ? Ou querendo parecer engraçado?

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
2 meses atrás

Nesse tipo de jogo de guerra, como é feito? Um cenário de guerra fictícia “azul” contra “vermelho”? Se sim, como eles escolhem quais seriam os equipamentos e ameaças do suposto inimigo?

Agnelo
Agnelo
Reply to  Willber Rodrigues
2 meses atrás

Isso tudo é definido num cenário hipotético.
Os software tem as capacidades de vários tipos de equipamentos e doutrinas nele. No mar, ar e terra.
As ameaças vão se revezando de acordo com o tipo de tropa q será avaliada e o q há de previsão para o ano para aquela OM.

Joli Le Chat
Joli Le Chat
2 meses atrás

Dúvida: os Windows que as Forças Armadas utilizam são os mesmos que os demais usuários utilizam? Mesma telemetria, mesmos problemas de segurança?

O que impediria estes jogos de guerra estarem sob acompanhamento de um indivíduo externo?

Bille
Bille
Reply to  Joli Le Chat
2 meses atrás

Uma rede fechada.

Últimas Notícias

Governo Federal cria a Escola Superior de Defesa

Sediada no DF, instituição promoverá estudos relacionados a temas de interesse de defesa O Presidente Jair Bolsonaro (sem partido), editou...
- Advertisement -
- Advertisement -