terça-feira, setembro 28, 2021

Saab RBS 70NG

Taiwan testará mísseis Patriot III nos EUA

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

TAIPEI (Taiwan News) – Os militares de Taiwan em breve testarão mísseis Patriot III no White Sands Missile Range do Exército dos EUA no Novo México, informou o Liberty Times no sábado (24 de julho).

Oficiais militares disseram que um drone será lançado primeiro para simular um míssil chinês de médio alcance, antes que Taiwan dispare dois mísseis Patriot III para interceptá-lo. Se qualquer um deles não conseguir atingir o alvo, outro míssil será lançado imediatamente.

Um teste de verificação de tiro real dos mísseis Patriot de Taiwan é realizado a cada dois anos, disseram as autoridades, e só pode ser realizado nos EUA, devido a questões de segurança. Portanto, a nação do Leste Asiático sempre envia uma equipe para White Sands para realizar o exercício.

Autoridades disseram que, além de uma equipe de operação de mísseis de 40 pessoas, uma força-tarefa também será enviada ao Novo México para realizar inspeções no local. Taiwan gastou NT$ 179,14 bilhões (US$ 6,38 bilhões) para comprar seis sistemas de mísseis Patriot III e atualizar três sistemas Patriot II existentes para a variante atual.

Taiwan e Japão são os únicos países que realizam testes de mísseis nos EUA, de acordo com o Liberty Times.

- Advertisement -

99 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
99 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Tomcat4,2
2 meses atrás

Olha, bacana vai ser o C-17 indo entregar isso escoltado por caças F-22. Eu vou pegar a pipoca e a Coca Cola pra ver a treta !!!

Nonato
Nonato
Reply to  Tomcat4,2
2 meses atrás

Não já estão lá?

Hcosta
Hcosta
Reply to  Nonato
2 meses atrás

Também acho que sim. Teste de verificação a cada 2 anos

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
2 meses atrás

Única arma capaz de manter a soberania de Taiwan se chama arma nuclear. O resto é firula.

IBIZ
IBIZ
Reply to  Inimigo do Estado
2 meses atrás

É verdade, mas se lembre que parte da política externa dos EUA é impedir que outros países desenvolvam seus próprios arsenais nucleares, mesmo que sejam aliados pois quanto mais potências nucleares no mundo menor é o poder de intimidação dos EUA. Ao gosto dos americanos o poder nuclear seria monopólio deles!

Mazzeo
Mazzeo
Reply to  Inimigo do Estado
2 meses atrás

Quem disse que Taiwan não as tem ?

Filipe
Filipe
Reply to  Mazzeo
2 meses atrás

A China tem 3000 armas nucleares , oficialmente são 300 desde 1985… Enfim, Dai o medo que esse conflito de Taiwan dá… A China esta investindo pesado no second strick , 6 SSBN Type 096 Tang (com 16 SLBM JL-3) + 8 SSBN Type 094 Jin (com 12 SLBM JL-2), isso vai dar 192 SLBM JL-2/JL-3 ,contando com 48 DF-31/DF-41 e milhares de DF-26/DF-21 Anti-Ship Ballistic Missile “Assassino de Portaviões” , Dá para ver que o arsenal Chinês não é de Brincadeira , Daqui a 10 anos a China terá a capacidade de produção de Armas Nucleares iguais a URSS… Read more »

Emmanuel
Emmanuel
2 meses atrás

Acabou pra China.
Simples assim.

737-800RJ
737-800RJ
Reply to  Emmanuel
2 meses atrás

Não vou dizer que “acabou”, mas uma invasão à Taiwan não seria mamão com açúcar. Eles são tipo os isralenses: é tudo ou nada e faca nos dentes. Eles sabem que a existência deles depende disso!

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  737-800RJ
2 meses atrás

Não há essa de tudo ou nada quando se trata 1,5 bi pessoas contra 23,5 milhões.
Não há essa possibilidade.
Na verdade, a China pode invadir Taiwan quando bem entender.
O único entrave a isso é a repercussão que isso teria.
E só.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

repercussão interna e externa.

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

Os chineses são muito mais pacientes, e bem eficientes no planejamento para larga data. Eles simplesmente continuarão lá na deles, pacientemente esperando a nossa supremacia militar diminuir, enquanto a deles continua crescendo. Enquanto o cupim continua minando a economia aqui nos States. Todos lembramos o que aconteceu com a antiga USSR. Os chineses estão concientes em que o dia chegará quando Taiwan estará na mesa situação da Polônia, Hungria e etc quando a USSR se desmanchou, e eles se acharão de uma hora para outra isolados, tanto política como economicamente, e Taiwan mesmo será quem buscará a China.

Abs

Last edited 2 meses atrás by Joao Moita Jr
Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Joao Moita Jr
2 meses atrás

João.

Exatamente.

Helio Eduardo
Helio Eduardo
Reply to  Joao Moita Jr
2 meses atrás

Seu pensamento ignora que, se a economia norte-americana “ruir”, a chinesa vai junto.
Muita coisa precisaria mudar no mundo antes, mas reconheço que a analogia com Polônia, Hungria, etc, é válida: uma mudança nos interesses estratégicos do Ocidente pode condenar Taiwan, e a China triunfar sem disparar um tiro só.

Pedro
Pedro
Reply to  Joao Moita Jr
2 meses atrás

Pura verdade. Em seu livro: “Sobre a China” o diplomata Henry Kissinger foi bem claro quando expôs, que é questão de tempo de Taiwan retornar a China, felizmente ou não, Taiwan é Chinês e se identifica como tal.

Talvez nunca vejamos uma invasão militar continental aTaiwan, mas já existe por parte do continente, medidas restritivas diplomáticas e comerciais.

Teropode
Reply to  Pedro
2 meses atrás

Assim como Vladivostok vai voltar , mas o ponto é : Vai voltar passivamente , porque na força bruta não tem jeito , isto é normal , ….

Teropode
Reply to  Joao Moita Jr
2 meses atrás

Ok mas o importante é que no ” momento ” eles vão ter quer engolir a afronta dos EUA , este espinho na garganta só pode ser tirado pelo “tempo” porque na mão grande é ruim prá caramba , então exercitar a tal paciência oriental é oque lhes resta , eles estão torcendo para a América ser sabotada pelos imigrantes traíras e covardes .

sergio
sergio
Reply to  Joao Moita Jr
2 meses atrás

Cara de boa, eu custo muitooooo a acreditar que vc realmente esteja nos EUA e pior, servir as forças armadas do pais.
Eu realmente espero que vc esteja certo, e a disputa entre China e Taiwan termine de forma amigável, por que do contrario seria muito interessante ver vc ser enviado pra dar tiro em Chines meu caro moita !!!!

francisco
francisco
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

São 1,3 bilhões de cagões comedores de sapos e morcegos que na hora do pega pra capar se borram todos.
Esses cagões se tiverem a ousadia de jogar uma bomba atômica na ilha vão experimentar o que viveu Hiroshima. Quem viver verá.

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  francisco
2 meses atrás

Ah, é? Já vistes I novo recruiting video do US Army que nos tem revoltados? Contraste ele agora a China, Russia…

https://youtu.be/Kfe6d6MzeLM

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Joao Moita Jr
2 meses atrás

Eu vi essa propaganda, até pensei que era piada no início. É lamentável e ridícula. Nem mesmo as forças armadas resistiram à “woke culture”, mas isso ai é só a ponta do iceberg. Se preocuparam tanto com chineses e russos que não perceberam que os inimigos dos EUA já estavam lá dentro.

Bosco
Bosco
Reply to  Joao Moita Jr
2 meses atrás

Mas você odiava o homem laranja e sem dúvida votou no progressista Biden. Não entendo essa sua indignação. Era revoltado antes e continua sendo. Parece que você não gosta é do país que inventou de servir e se transformar em cidadão e não desse ou daquele presidente.

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  Bosco
2 meses atrás

Não, sabidāo. Não votei em nenhum desses. Ainda é possível ser independente? Não apoiar nem um, nem outro? Adoro muito sim a pátria que me acolheu. É por isso que quero que as coisas melhorem. A maneira que você tem de pensar é simplesmente infantil.
Vai ler um pouco mais e deixe a propaganda de lado.

Pedro
Pedro
Reply to  Joao Moita Jr
2 meses atrás

Justamente Prezado João. Aqui se vive muito no mundo dicotômico ou é militarista e por causa disse, deve-se fechar todos os olhos e ouvidos paras as malvadezas ou se é esquerdista e também deve-se fechar-se os olhos e ouvidos paras as malvadezas destes.

Teropode
Reply to  Bosco
2 meses atrás

😂😂😂😂😂, a necessidade de lacrar ignora o bom senso e a gratidão , imigrantes só querem o ” melhor ” do lugar , talvez o sonho dele sempre foi cuba mas lá não tinha Americanspress 😂

Teropode
Reply to  Bosco
2 meses atrás

De boa camarada 🌹, eu acho que “VC” , Dalton , RR , Camargoer e mais uns 3 aqui da Trilogia deveriam se abster de assuntos não técnicos , o comentário de vcs é instrutivo e independente da preferência política contribuem bastante para o blog , deixe os passa-muleques para outros darem 😂, aliás eu sou favorável que o blog não registre nem os deslikes que vcs recebem pois são tudo de cunho ideológico pueril . De coração viu 💐💐💐💐

Bosco
Bosco
Reply to  Teropode
2 meses atrás

Valeu Terapode. E obrigado por me comparar com esses que citou. Vou tentar seguir o seu conselho. Quanto a ter comentado sobre o João Moita, foi curiosidade mesmo. Antes ele era claramente contra a agressividade e o imperialismo/intervencionismo americano, agora ele faz pouco caso de uma propaganda “inclusiva” das forças armadas americanas porque deu a entender que a achou pouco viril, já que a comparou com a propaganda absolutamente viril da China e Rússia. Ora! Eu fiquei em dúvida. Se ele não gosta dos EUA belicista e intervencionista devia estar batendo palmas para a atual propaganda do US Army que… Read more »

Last edited 2 meses atrás by Bosco Jr
Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  Bosco
1 mês atrás

Bosco, eu sempre fui anti maldade,saja lá por qual nome se conheça. Mas você está aí, parece que um bloco de concreto, imóvel com a bandeirinha do Trump em uma mão, e a de Israel na outra. Você acha que todos os que servimos como como militar somos como storm Troopers, todos clones, programados igualzinho. Eu acho que você nunca vai entender nada, pois não servistes em uma guerra, no uniforme do teu país, para depois descubrir que era tudo conto do vigário. Sei que você não vai acreditar, mas aqui no home front, a economia anda mal, a infraestrutura… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Joao Moita Jr
Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Joao Moita Jr
1 mês atrás

João

Esse pessoal é tudo combatente de teclado.
Querem arrumar guerra para que outros morram.

Ph4nt0m
Ph4nt0m
Reply to  Joao Moita Jr
1 mês atrás

Incrível. O cara está em um fórum relacionado a assuntos militares e geopolítica mundial, e acha que o que estamos discutindo se resume a ser “anti maldade”. Esse não se encontrou na vida nem aqui.

sergio
sergio
Reply to  Bosco
2 meses atrás

Exato Bosco, eu custo muito a acreditar que ele more nos EUA, e que sirva as forças armadas de la, agora já pensou como seria interessante se estoura um conflito e nosso amigo e enviado pra lutar em apoio a Taiwan?
Não seria uma coisa interessante de se ver ?

Rudi
Rudi
Reply to  Joao Moita Jr
2 meses atrás

Realmente, é de cair o queixo!

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  francisco
2 meses atrás

No primeiro embate com chineses ou russos, quando os americanos virem apenas uns 1.000 soldados voltando para casa em sacos pretos, começaremos a assistir aquelas passeatas contra a guerra em frente à Casa Branca.
Esqueça isso.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

Ou não. Vai depender das circunstâncias nas quais o conflito se inicia.

Bosco
Bosco
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

No Vietnã foram precisos quase 60.000 sacos pretos.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Bosco
1 mês atrás

Eu falei os primeiros 1.000.
Agora, se contra o pequeno Vietnã foram 60.000, imagine contra a gigantesca e poderosa China.

100nick-Elã
100nick-Elã
Reply to  Bosco
1 mês atrás

Pode ter certeza, Bosco, que contra China e Rússia os sacos pretos serão muito maiores que contra o subdesenvolvido Vietnã.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  100nick-Elã
1 mês atrás

É bom lembrar que a super desenvolvida China ainda não o era durante a Guerra do Vietnã e apoiava os norte-vietnamitas. Até certo ponto, porque a guerra com os Vietnamitas também não deu tão certo assim, né? Ao mesmo tempo, os Norte-Vietnamitas foram muito mais bem sucedidos, e foi quando causaram mais baixas aos EUA, quando agiam como ‘subdesenvolvidos’ ou seja, quando a guerra era assimétrica. Quando resolveram usar de combate convencional foram pulverizados. O motivo disso é simplesmente porque existiam mais alvos para os americanos atacarem devido às demandas de uma guerra convencional. O que salvou o Vietnã nesse… Read more »

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  Bosco
1 mês atrás

Mas se fosse por você, estaríamos lutando lá até hoje. E quem não gosta daquela guerra desnecessária é anti americano, traidor, comunista, etc.

Pedro
Pedro
Reply to  francisco
2 meses atrás

Aqui ainda é um site de respeito e principalmente organizado. favor mantenha sua xenofobia e racismo para com você.

Pablo
Pablo
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

Desses 1,5 bi, todos sao a favor de lutar contra Taiwan? Toda a população vai lutar?
Se a China pode invadir quando bem entender, pq ja nao fez?
Unico entrave é a repercussão? Serio mesmo? Nao tenho duvida da tua alienação.

Helio Eduardo
Helio Eduardo
Reply to  Pablo
2 meses atrás

Apesar de achar que a China não leva Taiwan, ela não precisa mobilizar os 1,5 bi de habitantes.
Basta metade mais 1 do PC querer, e os 1,5 bi vão para a luta sequer sem saber.

Pablo
Pablo
Reply to  Helio Eduardo
2 meses atrás

“Basta metade mais 1 do pc querer’
O problema é o PC querer!!!

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Pablo
2 meses atrás

Jogando gasolina para apagar a fogueira.

https://br.sputniknews.com/asia_oceania/2021072717829708-tanto-australia-quanto-eua-teriam-poucas-chances-em-guerra-contra-china-diz-ex-general-australiano/

Segundo o ex-general australiano, as forças de seu País durariam poucos dias e os americanos seriam derrotados se tentassem auxiliar Taiwan.

Pablo
Pablo
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

Claro, Israel é outro exemplo de quem nao tinha chance e…
O resto tu deve saber!
China ta provocando a Asia inteira, mas como tu e um baba ovo deles, nao me surpreende o que tu fala.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Pablo
2 meses atrás

Se um general australiano está falando que seu país duraria poucos dias em uma luta contra a China e que o Exército americano é mais fraco do que pensamos e será derrotado pelo Exército chinês, que é o maior do Mundo, não vou discordar.

Pablo
Pablo
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

Uhum, a China vai lutar e vencer Índia, Japão, Eua, Australia juntas. Nao estou contando os paises do mar do sul da China.

Helio Eduardo
Helio Eduardo
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

Tenho que concordar Kings. Não há nem que se falar em disparidade de forças, porque não há, a supremacia chinesa é absoluta e inconteste. Guardadas as devidas proporções históricas e de contexto, faço analogia com Cuba: se não fosse o espectro de uma guerra com a URSS, até mesmo nuclear, a bandeira americana estaria tremulando por lá bem antes do fim da Guerra Fria. O que segurou Cuba na década de 1960, e segura Taiwan hoje, repito, guardadas as devidas considerações históricas e de contexto, é o temor das consequências econômicas e militares. A curta distância do continente condena Taiwan,… Read more »

Last edited 2 meses atrás by Helio Eduardo
Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Helio Eduardo
2 meses atrás

Vc colocou a questão, inclusive histórica, de maneira correta.
Considero isso também.

SDS

Pablo
Pablo
Reply to  Helio Eduardo
2 meses atrás

Segundo o que ele falou, o que segura uma invasao chinesa e apenas uma repercussão.

Mazzeo
Mazzeo
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

Hei de concordar.
Mas adicionaria a sua resposta o preço da reconstrução, pois certamente Taiwan seria terra arrasada.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Mazzeo
2 meses atrás

Existe essa possibilidade.
Mas, como o João Moita, acredito que a predominância econômica chinesa vai ‘azeitar’ um processo futuro de reunificação.
Não só por essa predominância, mas pela perda de importância relativa do principal mantenedor de Taiwan, que são os EUA.
Não será difícil vc imaginar a China daqui a uns quinze anos com um PIB de cerca 45 trilhões de dólares (em paridade de poder de compra) contra uns 20 e poucos dos americanos.
A tendência de um País desse tamanho é atrair e monopolizar diversas ações.

Helio Eduardo
Helio Eduardo
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

Concordo com a perspectiva, mas isso vai depender do quanto o Ocidente ainda vai bancar a China comprando tudo o que ela produz.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

Então… eu não quero jogar água fria em cima das comparações mirabolantes de muitos, mas demografia nesse caso, não se aplica devido à restrições geográficas. Isso no caso de uma hipotética tentativa de invasão Chinesa à Taiwan. De fato, cursos d’água historicamente já impediram forças numericamente muito superiores de invadirem a terra dos outros. A tarefa da Defesa fica muito mais fácil, ainda mais levando em consideração a necessidade absurda de transporte de tropas e como esses navios, mesmo bem protegidos, ainda assim são vulneráveis justamente devido à seu propósito. Devido à essa capacidade de transporte, é bem improvável que… Read more »

Teropode
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

Concordo com vc , a China continental certamente pode usar parte da população para encher o leito do estreito de Taiwan ,fazendo uma espécie de “Istmo do Panamá “🤣🤣🤣, assim o restante pode passar até Taiwan sem molhar os pés kkkkkkkkkkkk, Tonho vc desperta meus melhores sentimentos de humor 😂😂😂😂😘😘, vc é 10 kkkkkkkkkkkk!!!!! ( As vezes vc esquece que Taiwan é uma ilha e a área lá é de mar revolto por causa de correntes marítimas ) , 😂😂😂😂😂😂

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Teropode
2 meses atrás

Eles estão dando as mãos, uns aos outros, para chegar até a Europa.

sergio
sergio
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

Vou citar o kings aqui ‘Não há essa de tudo ou nada quando se trata 1,5 bi pessoas contra 23,5 milhões.” E esse 1,5 bilhão de pessoas vai a nadando ate Taiwan ? E vai atirar com o que ? pedras? Sabe por que a china ainda não invade Taiwan? por que eles não podem! e sabe por que eles não podem ? Garanto a vc que não e por medo dos EUA. E por que os Chineses sabem que com um ataque aos alvos certos, e uma boa defesa, a unica forma de um soldado Chines pelo menos por… Read more »

Bruno
Bruno
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Pode não, o Tio Sam não deixa e os Chineses tem medo do Tio Sam.

Jacinto
Jacinto
Reply to  737-800RJ
2 meses atrás

Os taiwaneses são discretos, mas produzem localmente muitos e bons armamentos. Para a defesa anti-aerea, além dos Patriots PAC-3, eles produzem localmente os Sky Bow I, II e III; para defasa marítima, eles produzem localmente os Hsiung Feng I, II e III. Todos estes mísseis são considerados muito bons (lembrem que Taiwan é líder na tecnologia de semicondutores).

Bosco
Bosco
Reply to  Emmanuel
2 meses atrás

Na verdade Taiwan já opera esse sistema desde 2017. Eles só estão testando nos EUA.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Emmanuel
2 meses atrás

acabou para a China, vai ter que gastar mais armas de longo alcance para saturar o PATRIOT e destruí-lo, vai ser mais caro e mais difícil

Hcosta
Hcosta
Reply to  Carlos Campos
2 meses atrás

Não precisa de armas de longo alcance.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Hcosta
2 meses atrás

precisa sim, se não explica aí o pq

Hcosta
Hcosta
Reply to  Carlos Campos
1 mês atrás

Fica a 180 km da China continental. Muitos rockets e misseis conseguem atingir Taiwan a partir da China. Isto sem falar de misseis lançados de aviões.

Last edited 1 mês atrás by Hcosta
Helio Eduardo
Helio Eduardo
Reply to  Carlos Campos
2 meses atrás

Longo alcance são EUA, Europa… Taiwan vai no estilingue mesmo……

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Helio Eduardo
2 meses atrás

aham sei

Jean
Jean
Reply to  Carlos Campos
1 mês atrás

E se utilizarem milhares de foguetes semelhantes em princípio ao Astros, quanto tempo durariam os estoques de Patriots?

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Emmanuel
2 meses atrás

Vai lançar dois mísseis sabendo tudo sobre o alvo.
Se errar vai lançar outro.
Mais uma ‘tecnologia disruptiva’.

Bosco
Bosco
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

Então já que nada funciona contra os “milhões” de mísseis chineses você sugere que o povo de Taiwan se entregue inerte, sem resistir, ao “bondoso” partido comunista chinês que para ser implantado no continente assassinou 100 milhões de cidadãos em vinte anos com a desculpa que era para libertá-los da opressão?
Ah! Entendi!

Last edited 2 meses atrás by Bosco Jr
Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Bosco
2 meses atrás

Não precisará se entregar.
Será ‘absorvido’ pelo gigante ao lado.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

O resto do Mundo que vai ter que arcar com a torrente de refugiados fugindo do regime e de seus campos de ‘reeducação.’

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Leandro Costa
1 mês atrás

Fique calmo.
Taiwan é muito distante do Brasil.
Não deve vir nenhum refugiado para cá.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Bem, não me importa realmente se eles viesse para cá ou não, e te garanto que vai ter muito país os recebendo de braços bem abertos, mas realmente acho uma pena essas pessoas, que nada tem a ver com a politicagem de líderes mundiais, querendo levar sua vida, acostumados com a sua liberdade, terem que fugir, provavelmente de maneira altamente precária, porque o novo ‘chefe’ vai perseguir, prender e matar muita gente. Um exemplo interessante disso é justamente o que anda acontecendo em Hong Kong. É uma lástima. Imagina uma China da vida controlando tudo o que rola na internet,… Read more »

100nick-Elã
100nick-Elã
Reply to  Leandro Costa
1 mês atrás

Os que moram na China continental estão bem felizes. E cada vez mais ricos.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Emmanuel
2 meses atrás

Artilharia chega à ilha de Taiwan disparada da China.
Se a China quiser conquista Taiwan, manter é outra coisa.

Filipe
Filipe
Reply to  Emmanuel
2 meses atrás

Eu não diria Acabou, eu diria Começou… A China nunca esteve tão confiante numa vitoria como agora, o Covid19 deu muito mais arrogância e força militar a China… O Covid19 fez o Mundo ver a Força da China, tudo começou com os protesto em Hong Kong, acabou com milhões de mortos por covid19, não vão mexer agora com Taiwan, todos mundo sabe como começa, mas ninguém sabe como acaba…

Bosco
Bosco
2 meses atrás

Esse termo “Patriot III” é incomum. Provavelmente o que Taiwan estará testando é o Míssil PAC-3 que ela possui. Além dele Taiwan possui o PAC-2 e comprou o PAC-3 MSE que ainda não foi entregue.
Essa foto é mais fidedigna dos fatos: comment image?resize=1024%2C785&ssl=1

Last edited 2 meses atrás by Bosco
M.@.K
M.@.K
2 meses atrás

Não sei a quantos anda, mas acho que Taiwan está um pouco atrasada no quesito de defesa. Faz um tempo que a China vem se armado para a possível invasão da “Formosa” e só agora é que vejo os nativos daquela ilha se preocuparem ao ponto de correm atrás da modernização de suas defesas… me corrijam se estiver errado. Contudo, acho que o PCC não irá autorizar a invasão de Taiwan tão cedo… pelo menos não nesta década. 

Hcosta
Hcosta
Reply to  M.@.K
2 meses atrás

Pode parecer mas normalmente há sempre a questão qualidade/quantidade.
O que será mais útil: poucos sistemas mas muito avançados de AA, ou muitos manpads, por exemplo?
Mas Taiwan sempre teve as forças armadas bem equipadas.

M.@.K
M.@.K
Reply to  Hcosta
2 meses atrás

Legal!

Pablo Maroka
Pablo Maroka
2 meses atrás

Cavalaria chegando para botar ordem na região.

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
Reply to  Pablo Maroka
2 meses atrás

Os Houthis e o Irã vazaram o Patriot no início do ano passado, imagine o que a China é capaz de fazer, com o triplo da capacidade destes.

Nonato
Nonato
2 meses atrás

Os paises da deveriam se unir. Taiwan é pequena e fácil de ser invadida. O ideal seria eles terem armas nucleares, inclusive em submarinos, e terem mísseis balísticos em outros países da região tipo Filipinas, Japão, Coreia do Sul, Vietnam para evitar que suas defesas fossem destruídas com facilidade. Melhor espalhar suas defesas e contra ataques. Seria importante uma boa rede de vigilância e proteção submarina tanto para evitar a aproximação de submarinos quanto para ter submarinos próximos ao seu litoral para atacar a China e navios de desembarque. Seria uma boa terem muitos drones para atacar navios invasores e… Read more »

Hcosta
Hcosta
Reply to  Nonato
2 meses atrás

Assim é que a China invadia. Mais vale assim como está.
Nunca Taiwan poderá ter uma capacidade para se contrapor a China. Façam o que fizerem a China fará 100 vezes pior. Será sempre uma ataque suicida.
A China e os EUA entendem-se entre si.

Last edited 2 meses atrás by Hcosta
nonato
nonato
Reply to  Hcosta
2 meses atrás

Por isso tem de dificultar e ter misseis balísticos para impor severas perdas à China.
Inclusive capacidade nuclear.
Se quiserem a ilha perderiam o continente também…

Hcosta
Hcosta
Reply to  nonato
2 meses atrás

China: 1.4 biliões e 10 x 6 Km2
Taiwan: 24 milhões e 36 000 Km2
Estão bem assim, não mexer para não dar razões para a China atacar.
Assim que começarem a centrifugar, aí começa a guerra. Muito antes de terem uma bomba nuclear.
Se o poderio militar fosse a única forma de relações internacionais muita coisa seria diferente, provavelmente para pior.

Last edited 2 meses atrás by Hcosta
Caio
Caio
Reply to  Hcosta
2 meses atrás

Essa comparação de tamanho populacional e de território, não é um bom indicador para poder em especial o bélico.
Vide Israel e o mundo Árabe.
Taiwan tem uma boa defesa militar em todas as áreas. Se a China tentar a invasão pode vencer pelos números de equipamentos, mas será bem amarga e não esse passeio, como escrevem por aqui.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Caio
2 meses atrás

Sim, pode não ser um bom indicador mas neste caso acho que é. Têm números, e qualidade, avassaladores.
Claro que isso depende do preço que estão dispostos a pagar.
E fica mais fácil e barato subornar do que começar uma guerra.

Caio
Caio
Reply to  Hcosta
2 meses atrás

Aí eu concordo com você.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Caio
2 meses atrás

vdd Taiwan é tão fácil de tomar que até hj a China não tomou, na cabeça do pessoal armas modernas e em grande quantidade ganham guerras, vai perguntar dos Talibã como eles “perderam” para os EUA.

Nonato
Nonato
Reply to  Hcosta
1 mês atrás

Os EUnidos deveriam “emprestar” mísseis e ogivas nucleares. A China é o maior perigo para o mundo atualmente. O mundo tem que se unir contra o dragao. Trump tentou começar mas a China usou seus sócios nos Estados Unidos para tirarem Trump. Inclusive na imprensa. A China gosta de ver a esquerda e o globalismo destruindo a civilização ocidental. Na China, o governo bloqueia redes sociais. No ocidente, redes sociais a serviço da China, mesmo que não intencionalmente, tentam bloquear pessoas de bem que não segue a agenda radical de extrema esquerda como por exemplo, vândalos fanáticos queimando ou derrubando… Read more »

Hcosta
Hcosta
Reply to  Nonato
1 mês atrás

Há outros países a fazerem o mesmo e com mais armas nucleares…
Por enquanto não relaciono a China com o que descreve, exceto na repressão interna.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  nonato
2 meses atrás

eles tem mísseis de cruzeiro e pó de usinas nucleares, eu não teria pena de fazer um ataque radioativo em Shenzen ou Xangai caso meu país estivesse perdendo a guerra.

Teropode
2 meses atrás

Os EUA ,Rússia , China , Austrália e Canadá podem se dar ao luxo de testarem seus equipamentos em enormes áreas “vazias”, parece que Israel também utiliza algumas regiões americanas para testar seus sistemas de médio e longo alcance .

Antunes 1980
Antunes 1980
2 meses atrás

Estes sistema é superior ao S-300/400, correto?

100nick-Elã
100nick-Elã
Reply to  Antunes 1980
1 mês atrás

Muuuuuuuuuuuuuuuuuuito superior. Pode confiar.

fabio
fabio
Reply to  100nick-Elã
1 mês atrás

imagina, o poderoso sistema nunca testado s300 e 400 ja derrubaram varios F35 kkk

Bosco
Bosco
Reply to  Antunes 1980
1 mês atrás

Antunes, Cada sistema foi projetado tendo em vista os requisitos do cliente (país). Tenho certeza que os EUA não iriam querer o S300/400 e nem a Rússia iria querer o Patriot. Em termos gerais é divulgado um desempenho superior do sistema russo que conta com 3 a 5 radares e com mísseis de quase 5 toneladas (9M82M). O desempenho divulgado é mais ou menos assim: Altitude de 0 a 45 km Alcance contra alvos aerodinâmicos: 350 a 400 km Alcance contra alvos balísticos até 4 km/s: 45 km Velocidade: Mach 7 – No caso do Patriot conta com apenas um… Read more »

Últimas Notícias

Paraquedistas russos começam exercícios em grande escala na Crimeia

SIMFEROPOL, 27 de setembro. /TASS/. Os exercícios em grande escala de um assalto aéreo com um regimento de artilharia...
- Advertisement -
- Advertisement -