segunda-feira, outubro 25, 2021

Saab RBS 70NG

Batalhão paraquedista realiza exercício de adestramento no Mato Grosso do Sul

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

Rio de Janeiro (RJ) – A Força-Tarefa Afonsos, liderada pelo 25º Batalhão de Infantaria Pára-quedista (25º BI Pqdt), realizou a Operação Bumerangue Pantanal no período de 6 a 14 de setembro. A atividade de adestramento foi realizada nos municípios de Bela Vista (MS) e Caracol (MS).

Seguindo a Diretriz de Planejamento da Operação, foi realizada a preparação inicial por meio de um plano de concentração e aprestamento estabelecido para todo o efetivo, ainda na Guarnição do Rio de Janeiro, durante todo o mês de agosto.

Nesse período, foram realizadas instruções práticas e teóricas sobre as operações aeroterrestres, treinamento de técnicas, táticas e procedimentos utilizando os simuladores da Área de Estágios do Centro de Instrução Pára-quedista General Penha Brasil, aprestamento do material individual e coletivo e emissão de ordens aos integrantes da força-tarefa.

Já na guarnição de Bela Vista (MS), no quartel do 10º Regimento de Cavalaria Mecanizado (10º RCMec), a Força-Tarefa realizou instruções de embarque e desembarque de aeronave HM-3 Cougar, ensaios das ações táticas impostas e deduzidas ao Comando da Força-Tarefa Afonsos, e treinamentos de técnicas táticas e procedimentos das frações.

No dia 11 setembro, foi realizado o assalto aeroterrestre, com apoio de uma aeronave militar C-105 Amazonas, na Zona de Lançamento Fazenda Moeda, localizada nas proximidades do município de Caracol (MS).

Após o assalto aeroterrestre, a Força-Tarefa Afonsos executou uma marcha de aproximação de 8 quilômetros até a posição de ataque. Logo após, foi desencadeada a conquista da localidade de Caracol para o estabelecimento de uma cabeça de ponte aérea, seguida de ações subsequentes como defesa da localidade, patrulhamentos ostensivos a pé e motorizado, ocupação de pontos fortes estratégicos, patrulhas de combate e reconhecimento com infiltração/exfiltração pela Anv HM-3 Cougar, evacuação de não combatentes, tudo com a finalidade de garantir a manutenção da localidade conquistada.

Por fim, no dia 14 de setembro, foi realizada a operação de junção, onde a força-tarefa da Bda Inf Pqdt foi substituída em posição pelo 10º RCMec.

FONTE: Agência Verde-Oliva/CCOMSEx

- Advertisement -

6 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
6 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Thiago
Thiago
1 mês atrás

A Brigada Paraquedista ainda tem intenção de se mudar para o centro oeste ou vai se manter no RJ?

Rafael Gustavo de Oliveira
Rafael Gustavo de Oliveira
Reply to  Thiago
1 mês atrás

Olá Thiago

Acho que isso dependerá mais da Fab do que do EB, como o esquadrão Zeus já foi remanejado para Anápolis e os KC-390 estão sendo entregues é só uma questão de tempo….pelo que tudo indica a fab ainda mantem o esquadrão gordo com todos Hercules ainda operacionais no Rio.

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Thiago
1 mês atrás

Acho que deve sair da intenção e vir para a prática da ação de se mudar para o centro oeste. Vai ser muito bom para a força e para a revgião.

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Antonio Palhares
1 mês atrás

Região. Quis dizer.

Jonathan Pôrto
Jonathan Pôrto
1 mês atrás

Ô lá em Pacaraima RR !!😍😍😍😍😍😍😍😍

Maurízio Souza e Souza
Maurízio Souza e Souza
21 dias atrás

Acredito que se fosse realocado para o estado do Tocantins, seria uma boa. Próximo à Brigada de Operações Especiais, Anápolis e sua base aérea, longe dos grandes centros, e no centro do país, para facilitar mobilidade.

Últimas Notícias

Recife (PE) sediará a nova Escola de Formação de Sargentos do Exército

O CENTRO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DO EXÉRCITO INFORMA: Na 339ª Reunião do Alto Comando do Exército, realizada de 18 a...
- Advertisement -
- Advertisement -