segunda-feira, novembro 28, 2022

Saab RBS 70NG

Casa Branca diz que Rússia pode lançar ataque à Ucrânia ‘a qualquer momento’

Destaques

Redação Forças de Defesa
Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

A secretária de imprensa da Casa Branca, Jen Psaki, disse a repórteres na terça-feira que os EUA acreditam que a Rússia pode realizar um ataque à Ucrânia “a qualquer momento”, ressaltando o imediatismo da ameaça.

“Nossa opinião é que esta é uma situação extremamente perigosa. Estamos agora em um estágio em que a Rússia pode, a qualquer momento, lançar um ataque na Ucrânia”, disse Psaki a repórteres em um briefing, acrescentando mais tarde que sua linguagem era “mais rígida do que temos sido”.

O secretário de Estado, Antony Blinken, planeja se reunir com o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergey Lavrov, na sexta-feira, enquanto os EUA tentam impedir uma invasão da Ucrânia pela Rússia, que reuniu 100.000 soldados na fronteira com a Ucrânia e recentemente transferiu forças para a Bielorrússia para exercícios militares conjuntos.

A reunião segue conversas diplomáticas de alto nível entre autoridades dos EUA e da Rússia e a Otan na Europa na semana passada. Blinken e Lavrov falaram por telefone na terça-feira e concordaram em se encontrar.

Blinken planeja instar os russos a desescalar a situação e seguir o caminho diplomático oferecido pelos EUA e seus aliados, disse Psaki, reiterando que haveria consequências econômicas significativas caso a Rússia optasse por invadir a Ucrânia.

“Cabe aos russos determinar qual caminho eles vão seguir, e as consequências serão severas se eles não seguirem o caminho diplomático”, disse Psaki.

O presidente Biden disse ao presidente russo Vladimir Putin em uma videochamada em dezembro que a Rússia enfrentaria sanções se invadisse a Ucrânia e que os EUA se moveriam para reforçar o flanco leste da OTAN e aumentar a ajuda militar à Ucrânia no caso de uma invasão.

Psaki na terça-feira contestou relatos de que cortar a Rússia do sistema bancário global SWIFT estava fora de questão.

“Nenhuma opção está fora da mesa, em nossa opinião”, disse ela.

Na semana passada, o conselheiro de segurança nacional da Casa Branca, Jake Sullivan, disse que a comunidade de inteligência dos EUA não avaliou se Putin decidiu invadir a Ucrânia, mas mesmo assim caracterizou a ameaça como alta.

Autoridades dos EUA disseram na semana passada que têm evidências de que a Rússia está preparando as bases para uma operação de bandeira falsa que pode servir de pretexto para invadir a Ucrânia.

FONTE: The Hill

- Advertisement -

503 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest

503 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Claudio Moreno
10 meses atrás

Boa tarde Senhores camaradas do Forte !

A sim, claro que pode…

Iraque com armas de destruição em massa também estava por eliminar Israel.

Ainda bem que o mundo livre tem os EUA para garantir a paz, prosperidade, ordem social e os recursos naturais das nações que a eles vão em busca de proteção e alívio!

CM

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Claudio Moreno
10 meses atrás

Os EUA, atualmente, não seguram as próprias calças.
Se a Rússia for para cima, o máximo que farão será uma nota de repúdio.
Esticaram a corda e não vão aguentar segurar.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

kkkkk

Prezado Zeus.
Os russos já até deram nome à invasão da Ucrânia
Será : ‘Passeio no parque em uma tarde de domingo’.

SDS

Plinio Jr
Plinio Jr
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

os russos ou vc ??

bruno
bruno
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

Essa apologia que você faz sobre a invasão de uma nação soberana, também faz para uma invasão da Venezuela, ou você é uma pessoa completamente contraditória em suas falas.

sergio
sergio
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

Na verdade vão ser duas notas de repudio, por que eu acho com muita convicção que no dia que o primeiro soldado Russo entrar na Ucrânia, no outro dia o primeiro soldado Chines entra em Taiwan.

Carvalho2008
Carvalho2008
Reply to  sergio
10 meses atrás

Isto eu Tb acho

Plinio Jr
Plinio Jr
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

Os americanos vão fazer o mesmo que os russos fizeram quando os americanos resolveram fazer as suas peripécias como Iraque, Sérvia, Afeganistão entre outros…. NADA… é assim o jogo das potências …elas se respeitam e sabem os riscos caso eles venham para um conflito aberto entre eles…

Só vc não enxerga isto …

Elias
Elias
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

Rs….

bruno
bruno
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

É verdade, igual a china faz quando diz que atacará com Taiwan, só fica no discurso não tem coragem.

Thom
Thom
Reply to  Claudio Moreno
10 meses atrás

É tão surreal que se a Europa quisesse ajudar, teria aceitado a Ucrânia na OTAN. Depois de Afeganistão. Ninguém confia neles. Vai acontecer nada. Imagina Rússia e seus países aliados na Ucrânia e OTAN não fazendo nada?! hahahahahaha

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Thom
10 meses atrás

A Ucrânia é uma verdadeira zona.
Um país praticamente falido.
Seu Exército seria derrotado pelos rebeldes russos se esses resolvessem declarar independência de seu território.
Em um confronto com a Rússia, seria esmagada em poucas horas.
Sem chances.

rui mendes
rui mendes
Reply to  Thom
10 meses atrás

Se a Europa???? Não é, se a Europa…, é se a NATO, incluí os EUA e Turquia. A NATO só tem obrigação de defender militarmente os sócios actuais, mas pelo menos garantem que em caso de invasão da Ucrânia, a Rússia sofrerá pesadas sanções económicas e políticas, bem como garantem que ajudarão a Ucrânia com melhor equipamento militar, para se defender, mas já que por aqui muito falam de outros países, que são potências, que são dos mais potentes do mundo e tal, porque não ajudam também essas pseudo potências??? Tá na hora de provarem isso, e não esperarem que… Read more »

Plinio Carvalho
Plinio Carvalho
Reply to  rui mendes
10 meses atrás

Única coisa que Estados Unidos garantem é que sabe abandonar um aliado na hora do aperto, o mais recente de uma longa lista de aliados abandonados é o Afeganistão. Estupida é a Ucrânia de apostar nesse cavalo.

Bosco
Bosco
Reply to  Plinio Carvalho
10 meses atrás

Afeganistão? Aliado?
Afeganistão era um país invadido.

Bosco
Bosco
Reply to  Bosco
10 meses atrás

A grande mídia antiocidental cria essas narrativas e vocês a engolem e repetem.

Gilson Moura
Gilson Moura
Reply to  Bosco
10 meses atrás

Somos zumbis.

Rogerio
Rogerio
Reply to  Claudio Moreno
10 meses atrás

Vc falou td, os americanos muito bom de maquete iro e mentirosa, adira fazer inimigos imaginário, ordem social se for escravos deles

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Rogerio
10 meses atrás

‘Os chefes da diplomacia dos Estados Unidos, Antony Blinken, e da Rússia, Serguei Lavrov, planejam uma reunião em Genebra, na Suíça, na sexta-feira (21). Sob anonimato, uma autoridade americana afirmou que o objetivo de Blinken é tentar “uma saída diplomática” e encontrar “pontos em comum” para convencer o governo russo a recuar na Ucrânia. ‘

Como sempre, na hora ‘H’ os americanos ‘cag.. pra dentro’.

horatio nelson
horatio nelson
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

isso lembra das negociações da guerra do vietnã…enquanto negociavam com o le duc tho o giap preparava a ofensiva do tet…a invasão acontecerá e os americanos vão fazer o q sempre fizeram com o afeganistão,vietnã do sul,fugencio em cuba,vão abandonar e deixar a russia(que não está errada)invadir…

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  horatio nelson
10 meses atrás

A Ofensiva do TET não tem nada a ver com as negociações em Paris. No caso da Ofensiva do TET, os Vietcongs e Norte-Vietnamitas sofreram uma derrota impressionante apesar da surpresa e intensidade de seus ataques. Você deve estar se confundindo.

horatio nelson
horatio nelson
Reply to  Leandro Costa
10 meses atrás

kkkkk a velha mania q algumas pessoas aqui tem, querer saber mais q os outros,e querer ser melhor q os outros,sem o minimo de interpretação de texto…desenhando: enquanto se negocia se prepara a invasão.

Last edited 10 meses atrás by horatio nelson
Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  horatio nelson
10 meses atrás

Não posso fazer nada se você confundiu a ofensiva do TET com a ofensiva da Páscoa.

Mgtow
Mgtow
Reply to  Claudio Moreno
10 meses atrás

parei no” mundo livre ”
Deixem suas risadas

Tiago Gimenes
Tiago Gimenes
Reply to  Mgtow
10 meses atrás

Ele esta sendo irônico =)

Luiz Trindade
Luiz Trindade
Reply to  Claudio Moreno
10 meses atrás

Claro que isso que vc escreveu tem um preço. Nada vem de graça! Dizer que os EUA garantem a paz, prosperidade, ordem social e (e ae você forçou) os recursos naturais das nações sem custo é mesmo que dizer que Papai Noel e Cinderela existem e os sete anões estão em volta de você!

Maurício.
Maurício.
10 meses atrás

“Cabe aos russos determinar qual caminho eles vão seguir, e as consequências serão severas se eles não seguirem o caminho diplomático”, disse Psaki.

Psaki, “consequências severas”? Sei…Conta outra! Eu vi as “consequências severas” no caso da invasão da Criméia, as reais consequências serão muita, mas muita ladainha no Twitter entre políticos e uns debates acalorados aqui na trilogia, fora isso, nada vai acontecer.

Varg
Varg
Reply to  Maurício.
10 meses atrás

Inclusive haverão mais debates na trilogia do que nos meios diplomáticos…

MGNVS
MGNVS
Reply to  Varg
10 meses atrás

Varg… kkkkkkkkk… o seu é o melhor comentario ate agora. Parafraseando Dragon Ball: “o miseravel é um genio”. kkkkkkkkk

Sveda
Sveda
Reply to  MGNVS
10 meses atrás

Não esquecer que se não for usada nenhuma arma nuclear, Paris, Londres e outras capitais européias terão desfiles militares…..russos! Ahahahah!

MGNVS
MGNVS
Reply to  Sveda
10 meses atrás

Sveda… nao acho que seria tao simples assim… acho que quem começar a perder uma guerra “convencional” em um T.O. europeu igual o da Ukranya logo partiria para um ataque nuclear.

Varg
Varg
Reply to  MGNVS
10 meses atrás

Já dizia o Senhorzinho Malta: tô certo, ou tô errado?

Só nessa notícia provavelmente já houveram mais interações do que entre os membros de alto escalão dos países da OTAN.

MGNVS
MGNVS
Reply to  Varg
10 meses atrás

Varg… é verdade. Com certeza ja tem mais comentarios aqui do que no Alto Comando Militar da OTAN em Bruxelas… kkkkkk

Ucrania.gif
Sveda
Sveda
Reply to  Varg
10 meses atrás

Ahahahahahahahahahahahah!

Slow
Slow
Reply to  Maurício.
10 meses atrás

Aquele aviso do Biden dizendo que Russia iria enfrentar sanções severas foi a pior que coisa que ele fez , agr eles ja sabem que se precisar invadir o máximo que vai acontecer é as sanções que inclusive Russia ja sofre e não mudo nada ..

Wellington
Wellington
Reply to  Slow
10 meses atrás

Basicamente os russos vão invadir, anexar a Ucrânia e sofrer as sanções, a China vai seguir comprando e investindo na Rússia ( usando o dinheiro dos juros recebidos pela dívida americana) e as Sancoes não vão trazer nenhum prejuízo aos russos, isso inclui os países do BRICs.

rui mendes
rui mendes
Reply to  Wellington
10 meses atrás

BRICS???
Isso é que só existe na cabeça de alguns.

Slow
Slow
Reply to  rui mendes
10 meses atrás

O provável próximo governo vai voltar de cabeça nos BRICS se ganhar e se der certo que é bem provável os EUA vai chorar no banheiro ..

Pablo
Pablo
Reply to  Slow
10 meses atrás

Tu, além do chinês postiço, são do data foia agora?

Slow
Slow
Reply to  Pablo
10 meses atrás

Não precisa ser a datafolha não tem várias diferentes ai que indicam a mesma coisa ..

horatio nelson
horatio nelson
Reply to  Wellington
10 meses atrás

concordo,vejamos o irã…o q as sanções adiantaram pro irã ? nada,esse negocio de sanções é balela.

Nelson Junior
Nelson Junior
Reply to  Maurício.
10 meses atrás

As consequências serão que: Suécia, Finlândia, Suíça, Áustria, Malta, Chipre, Georgia, etc… entrarão para OTAN…
https://www.youtube.com/watch?v=spaDJVmPv3Y
Talvez seja uma “oportunidade de ocasião” razoavelmente boa para OTAN

E poderão esquecer a venda de gás para Europa e receberão mais sansões econômicas, só que agora de toda Europa tbm

Antonio Palhares
Antonio Palhares
10 meses atrás

Se invadir. O Quê o arrogante comandante da OTAN vai fazer ? Fizeram a assinaram um acordo que não levariam a OTAN para os vizinhos da Russia. Não cumpriram porque não são habituados cumprirem tratados. O ocidente deve conversar e considerar os aspectos e condicionantes históricos dos países.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Antonio Palhares
10 meses atrás

Que acordo foi esse?
O que eu conheço é que essa foi uma das condições dos Russos para assinarem um acordo mas ficou de fora na redação final…

Nilo
Nilo
Reply to  Hcosta
10 meses atrás

Segundo o próprio Putin foi uma promessa do governo americano que não foi cumprida

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Hcosta
10 meses atrás

Teve acordo sim Hcosta.
Foi acordado que os Estados Unidos não levariam a OTAN até a cozinha da Russia. O Biden quando ganhou as eleições disse ia tornar a vida Russia um inferno. Porque os Russos ajudaram o Trump com informações sobre os “podres” da Hilary Clinton .
Agora quem pariu Mateus. Que o embale.

Mauro Cambuquira
Reply to  Hcosta
10 meses atrás

Brincou né? Uma promessa não cumprida. Na verdade, os homens esquecem os eu valores, e cada um quer escrever a história de um jeito e se sagrar em algo bem feito ou mal feito. Nesse caso, a Europa por influência de Washington, está seguindo o líder pelo caminho errado. Tão perdidos, pois nada disso era necessário, por que? Pois não cumpriram o acordo lá atrás com o que foi prometido ao Gorbachev, que tinha ao seu lado conselheiros da CIA, fazendo toda a sua orientação, tipo vai por aqui que o buraco é mais embaixo”.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Mauro Cambuquira
10 meses atrás

E as teorias da conspiração cada vez aumentam mais…

Hcosta
Hcosta
Reply to  Mauro Cambuquira
10 meses atrás

Então procure por esse acordo. Se existir certamente pode o encontrar facilmente.

Satyricon
Satyricon
Reply to  Antonio Palhares
10 meses atrás

De fato, esse tratado foi negociado, mas nunca chegou a ser ratificado, portanto, não vale de nada. É pura retórica.

O que vale é o tratado, de fato ratificado e assinado pela Ucrânia, Rússia vê EUA, onde a Rússia se comprometeu com a integridade territorial da Ucrânia, em troca das ogivas nucleares em seu território.

KD a palavra russa agora?

Vale tanto quanto uma nota de R$ 3,00

Slow
Slow
Reply to  Satyricon
10 meses atrás

Ucrânia abriu mão por causa de pressão do ocidente.. é mesma coisa que a China falar pra India abrir mão das armas nucleares que ela garantia a integridade territorial do país ..

francisco
francisco
Reply to  Antonio Palhares
10 meses atrás

A União Sovietica quebrou. Assinavam qualquer acordo.

Welington S.
Welington S.
10 meses atrás

E o Dragão Vermelho só sobrevoando, na calada.

Sveda
Sveda
Reply to  Welington S.
10 meses atrás

Outro assunto que a “reação” do ocidente ficará somente nas cartinhas de repúdio. …ahahahaha….. Ah! e também nas famosas “sanções econômicas”.

sergio
sergio
Reply to  Welington S.
10 meses atrás

Quer apostar que se a Russia invadir a Ucrânia, no outro dia a China toma taiwan ?

pedro
pedro
10 meses atrás

O maior beneficiado com td essa bagunça da situação da Ucrania e Russia são os politicos europeus e americanos que, diante de um quadro de caos economico acentuado, tem nessa uma imensa nuvem de fumaça para tapar esses problemas e ainda justificar perante congresso e publico, maiores orçamentos e ajudas a sistemas financeiros, empresas ou transferencias a grupos sociais visando sua permanencia no poder.
O pior cenario hoje é justamente isso td dar em nada, pois ai sera necessario olhar a dura realidade.

Hcosta
Hcosta
Reply to  pedro
10 meses atrás

Qualquer cenário é melhor do que uma guerra…

Nilo
Nilo
Reply to  Hcosta
10 meses atrás

A guerra está ficando cada vez mais inevitável, é não é uma guerra sobre Russos e Ucranianos, mais sobre a Rússia e Otan, a Otan dos americanos, aquela que se preciso for manda os europeus se Fu#@#$_,
E uma guerra por procuração. Quem ganhou a procuração, não está sabendo.

Last edited 10 meses atrás by Nilo
Hcosta
Hcosta
Reply to  Nilo
10 meses atrás

Inevitável?
Só há uma guerra em larga escala se a Rússia invadir.
Não sei de que forma a Rússia ganha alguma coisa.
A não ser a teoria de criarem conflitos para alguns se manterem no poder.

Slow
Slow
Reply to  Hcosta
10 meses atrás

O Biden ja falou que em caso se invasão a Russia vai sofrer sanções severas .. ou seja não entraram em guerra por causa da Ucrânia, coisa que não é novidade pra ngm .

Nilo
Nilo
Reply to  Hcosta
10 meses atrás

Inevitável. é uma situação drámatica, e não acredito ser essa atual situação, existe muito a ser negociado (por mais que digam que não), mas como disse a Otan por influencia americana esta buscando levar a Rússia a esta caminho, eles os americanos tem a ganhar. Putin em muitos momento de sua fala já demonstrou claramente não querer usar esta alternativa, sugestões inclusive interna com a proposta de provocar divisão da Ucrância em pequenos paises foram rechaçadas por ele. Sim a teoria do conflito para se manter no poder é sempre mencionada pelos analista, como no caso da Chechênia, foi uma… Read more »

Hcosta
Hcosta
Reply to  Nilo
10 meses atrás

Nem que seja uma situação semelhante à Coreia.
Ainda em estado de guerra mas permitiu que, pelo menos, uma parte seja uma democracia e uma economia liberal.

Nilo
Nilo
Reply to  Hcosta
10 meses atrás

A Ucrânia vive uma democracia e uma econômica liberal, mas o que ela faz com isso e que resultados ela tem tido para oferecer a seu povo até agora, pobreza, miséria. Está elite ucraniana o que quer são os EUROS e é está facilidade que estão a prometer a população, este é o objetivo crucial. Fazer parte da Otan sem Euros, sem uma grande base americana que injete dólares, pode não ter os resultados da Coréia do Sul, que atingiu o atual estágio de desenvolvimento pelos próprios méritos, veja o caso das Filipinas, a maior base americana no pacífico, uma… Read more »

Hcosta
Hcosta
Reply to  Nilo
10 meses atrás

A Ucrânia, acho que nunca foi uma democracia porque nunca foi um país soberano. Estes são os resultados de uma economia muito dependente de Moscovo e de uma herança da União Soviética de uma economia planeada e centralizada.
Antes de criar o seu caminho, tem de ser independente e escolher qual será melhor.
E neste caso não considero uma aliança com a OTAN inevitável. Pode fazer parte do espaço Schengen ou da UE se escolher este caminho.
Mas penso que Putin, com estas ameaças, queimou todas as pontes com a Ucrânia.

Nilo
Nilo
Reply to  Hcosta
10 meses atrás

Se até aqui não teve competência nem para criar uma bolsa de valores, o que falar do resto..
Foi o inverso, depois de maidan cuidaram bem dos cidadãos de origem russa, grupos de civis desarmados sendo contidos em prédio e depois incendiado, civil desarmados levando tiro de fuzil na canela a queima roupa por estar pedindo pra baixarem a arma, atos crescentes de afastamento, gente com interesse de quebrar pontes para não ter retorno, e são fatos não ponto de vista.
Retorno a um ponto de vista meu, não é um conflito Rússia Ucrânia, transbordou.

rui mendes
rui mendes
Reply to  Nilo
10 meses atrás

A Europa caga para o que tu e os teus ressabiados amigos anti-Europa dizem. A Europa e os Norte-Americanos também. A sede da NATO é em Bruxelas, capital da UE, mas a NATO é uma aliança de defesa, entre parceiros muito antigos, mas a Europa, não nega o evidente, que o seu sócio na NATO, os USA, são o seu principal guarda-chuva, ao contrário de certos cidadãos, de certos países, que ficam se iludindo do seu poder, a Europa sabe bem, que ter a maior potência do mundo, como seu sócio e aliado, é muito bom, e causa muita inveja,… Read more »

Nilo
Nilo
Reply to  rui mendes
10 meses atrás

Deixe de se apresentar de forma infantilizada e julgar de forma primata que ou se é anti europeia ou anti americano ou anti russo porque o selo também pode vir caber na sua testa.
….a Europa sabe bem, que ter a maior potência do mundo, como seu sócio e aliado…informe a França dessa aliança carnal e inquebrantável, quando entre outras, escondeu dos franceses o acordo que feito com a Austrália.

rui mendes
rui mendes
Reply to  pedro
10 meses atrás

Caos económico??!!!
Quem dera a 95 p/cento do mundo, ter esse caos económico.

Reinaldo Deprera
Reinaldo Deprera
10 meses atrás

Espero que o US Army, usando ou não o rótulo CIA, despeje alguns milhares de Javelin e Stinger na Ucrânia.

Red Pill - 红色药丸
Red Pill - 红色药丸
Reply to  Reinaldo Deprera
10 meses atrás

Já hasteou a bandeira americana e de Israel na sacada hoje ?

Bosco
Bosco
Reply to  Red Pill - 红色药丸
10 meses atrás

Falou o cara que tem a bandeira da Rússia e China hasteada na sala da casa dele rssss
É cada uma…

Red Pill - 红色药丸
Red Pill - 红色药丸
Reply to  Bosco
10 meses atrás

Pela sua resposta vc deve ter as duas mais a de Taiwan…

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Reinaldo Deprera
10 meses atrás

Só se para cair nas mãos dos russos, né?
A capacidade de defesa ucraniana frente ao Exército russo será pífia.

Adriano Madureira
Adriano Madureira
Reply to  Reinaldo Deprera
10 meses atrás

“Espero que o US Army, usando ou não o rótulo CIA, despeje alguns milhares de Javelin e Stinger na Ucrânia”.

Aí seria perfeito ! Seria o suficiente para Moscou armar os opositores em Lugansk, e Donetsk, Zaporizhia, Kherson e quem sabe com isso fazer os opositores proclamarem a federação da Novorossiya.

comment image?itok=KhbFNElT

Last edited 10 meses atrás by Adriano Madureira
Jacinto
Jacinto
Reply to  Adriano Madureira
10 meses atrás

Este mapa somente mostra como é mentirosa a alegação de que o problema seja militar, na medida em que ele deixa de fora da suposta ocupação russa o norte/nordeste da Ucrânia, justamente os pontos mais próximos de Moscou e de onde sairiam os misseis que poderiam atingiu Moscou em poucos minutos…

Mercenário
Mercenário
Reply to  Reinaldo Deprera
10 meses atrás

Reinaldo,

Os americanos há horas estão enviando os mísseis para os ucranianos.

Veja no link do Ministério da Defesa Ucraniano que hoje eles receberam mísseis NLAW do Reino Unido.

https://twitter.com/DefenceU/status/1483511225455681538?s=20

Jacinto
Jacinto
Reply to  Mercenário
10 meses atrás

Misseis com alcance 600m… agora vamos começar a acreditar que misseis com 600m de alcance são armas ofensivas?

francisco
francisco
Reply to  Jacinto
10 meses atrás

NLAW é antitanques. Alcance máximo de 1 KM.

Reinaldo Deprera
Reinaldo Deprera
Reply to  Mercenário
10 meses atrás

Show de bola. 1080 NLAW já deve ser o suficiente para enterrar o moral dos capitães russos.
Se entrar na Ucrânia o custo vai ser caro. Vão ter que apelar para a guerra total, como fizeram na segunda guerra da Chechênia.

Bosco
Bosco
Reply to  Reinaldo Deprera
10 meses atrás

Os russos não estão preparados para o Javelin. Vai ser uma carnificina.

100nickElã
100nickElã
Reply to  Bosco
10 meses atrás

Você disse o mesmo quando a Rússia defendeu a Síria. Errou na ocasião, espera acertar agora?

Bosco
Bosco
Reply to  100nickElã
10 meses atrás

Eu espero que não haja a invasão russa e tudo se resolva, mas se houver os russos com certeza podem conquistar seus objetivos mas podem sofrer grandes perdas e o custo financeiro e político será mais alto ainda. Quanto à Síria, não me lembro de ter me posicionado dessa forma, não costumo incorporar a Mãe Diná com tanta frequência, diferente de você, por exemplo. Sem falar que até agora os russos só utilizam de ataque aéreo. Sujar a bota na areia e se por como alvo , até agora, nada. Então não dá pra fazer esse tipo de previsão. Na… Read more »

Leonardo
Leonardo
Reply to  Bosco
10 meses atrás

A sim, só existe inteligência militar no ocidente, certo?

A Rússia não tem satélite, não tem misseis de cruzeiro, ninguém em Moscou está acompanhando onde estão pousando os C-17 britânicos com material bélico e suprimentos, e como e onde estão sendo armazenados e distribuídos para tropas ucranianas.

Bosco
Bosco
Reply to  Leonardo
10 meses atrás

O que tem a ver o que eu disse a respeito dos Javelin com essas suas observações?

Leonardo
Leonardo
Reply to  Bosco
10 meses atrás

Vc acha mesmo que os russos estão verificando através de satélites, onde estão chegando todo esse material enviado pelo ocidente?

Acha que os russos irão entrar em campo aberto sem primeiro bombardear não somente esses suprimentos militares, como outros locais que considerarem vitais para os ucranianos, tais como centros de comando e controle entre outros.

horatio nelson
horatio nelson
Reply to  Leonardo
10 meses atrás

faz sentido..

Gilson Moura
Gilson Moura
Reply to  Leonardo
10 meses atrás

Não espere muita coisa não. A maioria das afirmações e análises é tudo na base da conta da padaria e isso não é apenas vindo dele não.

Leonardo
Leonardo
Reply to  Bosco
10 meses atrás

A Rússia está monitorando através de suas rede de satélites, toda essas movimentações, de aviões chegando com suprimentos bélicos, vendo onde estão chegando e da forma que estão distribuindo esse material dentro das tropas ucranianas, eles não irão se lançar em uma eventual invasão, sem um ataque com mísseis de cruzeiro antes nos pontos prioritários as forças armadas ucranianas.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Leonardo
10 meses atrás

Toda a estrutura de comando ucraniana será destruída nas primeiras horas de conflito.
Isso é certo.
A Rússia vai dominar os céus com extrema facilidade e tudo o que se movimentar em terra será atacado por drones ou aviões.

Augusto L
Augusto L
Reply to  Leonardo
10 meses atrás

Leonardo não é tão fácil assim, equipamentos como esses são facilmente dispersáveis.

Os russos não tem uma força aérea como a USAF que tem capacidade de localizar e destruir foças moveis, até os americanos tem dificuldade em fazer imaginas os russos.

A solução russa é concentração de tropas e artilharia, por isso, vai ser um banho de sangue, mas sim os russos podem conquistas seus objetivos, so não será ala “Tempestade no Deserto” ou “Iraque Freedom”.

Se fosse em 2014 até seria!

Bosco
Bosco
Reply to  Leonardo
10 meses atrás

Rede de satélites. Sabe o nome de um satélite de reconhecimento fotográfico russo? Quantos têm? Como funcionam?
Os americanos também tem redes de satélites e como vocês dizem, perdeu dos pés de chinelo no Vietnã e no Afeganistão.

Gilson Moura
Gilson Moura
Reply to  100nickElã
10 meses atrás

Quando ele acertou?

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  Bosco
10 meses atrás

E quem disse que os ucranianos estão preparados para o Kornet? Você alegar o que quiser, menos negar o bom retrospecto em combate desse míssil.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Vinicius Momesso
10 meses atrás

Os israelenses com seus diversos Merkavas destruídos sabem muito bem disso.
Depois disso, nunca mais se aventuraram pelo Líbano.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Vinicius Momesso
10 meses atrás

Na verdade, até o Metis fez uma ‘festa’ nos Merkava àquela ocasião.
Vídeos na internet mostram tanques israelenses destruídos naquela desastrosa invasão.

Bosco
Bosco
Reply to  Vinicius Momesso
10 meses atrás

Sim, mas quem quer invadir o país é a Rússia. O fato dos russos não estarem preparados para o Javelin não significa que os ucranianos estão preparados para o Kornet. Isso que você propõe chama-se “falácia do espantalho”. O que quero dizer sobre os russos não estarem preparados para o Javelin é simples. Jamais mísseis antitanques de 3ª Geração foram utilizados em guerra convencional em larga escala e podemos presenciar isso acontecer. Todas as vezes que mísseis de 2ª G foram utilizados em guerra convencionais contra blindados eles se mostraram extremamente letais. Pode ser que os russos nos surpreendam ou… Read more »

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  Bosco
10 meses atrás

O que fez os russos adaptarem gaiolas sobre a torre de tiro de seus blindados, foi o quão desprotegidos estavam os tanques armênios frente a mísseis vindos do alto lançados por drones no conflito com o Cazaquistão. Soluções estão sendo pensadas quanto a isso e se ficarão prontas a tempo caso um conflito realmente aconteça dentro das próximas semanas, ninguém sabe.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Reinaldo Deprera
10 meses atrás

Prezado.

Para enfrentar a Ucrânia, a Rússia só precisaria armar os rebeldes.
Se bater de frente com o Exército russo, a Ucrânia será massacrada.
E em poucos horas.

horatio nelson
horatio nelson
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

não é bem assim,existem rumores q a ucrânia possui armas biologicas…entregaram as nucleares porém restaram as biologicas…os efeitos de um gas VX por exemplo não são legais…

Augusto L
Augusto L
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

O exercito Ucraniano ja foi reconstruído, tanto que umas das demandas russas é que a Ucrânia pare a mobilização perto de Lugansk e Donesk.

Nilo
Nilo
Reply to  Reinaldo Deprera
10 meses atrás

Milhares de jovens vão morrer, em nome de sua crença no Mickey, enquanto vc jovem jogas seu jogo de guerra no seu teclado.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Nilo
10 meses atrás

Se alguem morrer, não será por causa de crença de forista brasileiro, será porque a Rússia resolveu invadir um país. Esta decisão é 100% do Putin, assim como as conseqüências dela.

Nilo
Nilo
Reply to  Jacinto
10 meses atrás

A É.
Onde achou essa definição da Rússia de semi potência?
Uma parte ou metade é potência e a outra o que é mesmo? Não precisa explicar.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Nilo
10 meses atrás

Eu explico: a outra parte (a econômica) é um fracasso. A Rússia continua sendo um pais que depende economicamente da exportações de commodities concentrando mais de 50% delas em um bloco que a vê como agressora. De 2014 a 2019 (para não incluir o periodo da pandemia) seu PIB caiu uns 25% enquanto outros paises da URSS que aderiram a UE e à OTAN, no mesmo período cresceram. Sua população tem taxa de crescimento negativo, o que também significa que é envelhecida e tem (comparativamente) uma expectativa de vida mais baixa. Economicamente, a Rússia nao tem nada a oferecer aos… Read more »

Jorge
Jorge
Reply to  Jacinto
10 meses atrás

A situação macro econômica da Rússia não é, evidentemente, de uma potência econômica, ma é Boa! Veja, leia, procure saber sobre indicadores econômicos que permitem dizer se uma economia é, ou não, um fracasso. Se quiser, claro, parar de falar bobagens achando que está explicando alguma coisa…

Jacinto
Jacinto
Reply to  Jorge
10 meses atrás

De 2013 a 2019 (para excluir a pandemia) o PIB russo caiu 26%. Este é o fato objetivo. Se você acha que isso não é um fracasso, ok. Respeito a sua opinião.

Gilson Moura
Gilson Moura
Reply to  Jacinto
10 meses atrás

Comentário editado. Favor não ofender os demais comentaristas. Se persistir, será bloqueado.

Onde você está vendo -26% nesse período? Você deve estar confundido com o período de 2009, porque nesse ano o PIB russo caiu 7,8%.

gdp russia.JPG
Bosco
Bosco
Reply to  Gilson Moura
10 meses atrás

Defendendo sua pátria, Gilson?

Gilson Moura
Gilson Moura
Reply to  Bosco
10 meses atrás

Sabe a foto do personagem que você visualiza ai na sua telinha do PC ou celular, sabe o que ele representa? Então. A foto fala por si só.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Gilson Moura
10 meses atrás

Usar a sua escala é ainda mais grave. Cair 7,8% num ano?

Em 2016 voltaram quase ao nível de 2009, ou seja, foram 7 anos perdidos. E ainda não recuperaram…

Gilson Moura
Gilson Moura
Reply to  Hcosta
10 meses atrás

Eu acho que você está meio perdido.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Gilson Moura
10 meses atrás

Variação do PIB russo de 2013 a 2019 segundo o Banco Mundial.

imagem_2022-01-20_172615.png
Last edited 10 meses atrás by Jacinto
Gilson Moura
Gilson Moura
Reply to  Jacinto
10 meses atrás

Olha, como eu já fui chamado atenção devido ao meu palavreado sincero, embora posso admitir com uma conotação um pouco vulgar, vou me limitar nas palavras aqui. Eu vejo que a sua compreensão é bastante limitada do assunto. Como eu disse você não sabe nem como calcular o deflator do PIB, na realidade não deve saber nem o que é isso. Vou te dar um exemplo: O PIB brasileiro é medido em reais, não em dólares, depois que ele é convertido em dólares. Se no início do ano o PIB era de R$7 trilhões e o dólar estava a R$5,… Read more »

Nilo
Nilo
Reply to  Jacinto
10 meses atrás

Em termos econômicos a econômica russa nunca esteve tão sólida, em termos de índice populacional desde a segunda guerra que ela é baixa Mas, dramatiza, chora e depois toma um remédio a base de benzodiazepínico.

Last edited 10 meses atrás by Nilo
Bosco
Bosco
Reply to  Nilo
10 meses atrás

É tão sólida que só o Putin é dono de 40 bi de dólares.

Gilson Moura
Gilson Moura
Reply to  Bosco
10 meses atrás

É verdade. Não esqueça da mansão dele no Mar Negro. Um czar da era moderna.

Nilo
Nilo
Reply to  Bosco
10 meses atrás

Dizer que ele tem as mãos limpas é coisa de desarroazado, mas, falando em 40 bi de dólares, Saiu uma notícia no site Portal Bitcoin jan2021 segundo informam a Rússia gastou 40 bi de dólares construindo um baú de ouro nós últimos 5 anos, só de jun2019 a jun2020 foram comprados 4,3 bi, se desdolarizando, se livrando dos títulos do tesouro americano, diminuindo a exposição ao dólar.

Gilson Moura
Gilson Moura
Reply to  Nilo
10 meses atrás

Eu acho que o rapaz não sabe nem o que é um deflator do PIB.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Nilo
10 meses atrás

Olha, a idéia de que o crecimento populacional russo é baixa desde a 2ª Guerra é completamente errada. Dá uma olhada no gráfico abaixo. De 1960 a 1990, a população russo cresceu 25%; no mesmo prazo de 30 anos 1990 a 2020 houve decrescimento de 3%. A situação é tão grave que os russos criaram um feriado chamado “dia da reprodução” que é comemorado no dia 12 de setembro. Em termos econômicos, a economia russa, como toda economia dependente da exportação de commodities, vai de acordo com o que ocorre no mercado mundial. Não por acaso, outro país que depende… Read more »

imagem_2022-01-20_173755.png
Jacinto
Jacinto
Reply to  Jacinto
10 meses atrás

Comparação de crescimento Brasil x Russia

imagem_2022-01-20_173918.png
Nilo
Nilo
Reply to  Jacinto
10 meses atrás

a tua fama de deturpação na interpretação de dados e manipulção de indices esta ficando notório e conhecido

Jacinto
Jacinto
Reply to  Nilo
10 meses atrás

Neste caso, deve deve ser fácil demonstrar a (i) deturpação na interpretação de dados e (ii) manipulação de índices, pelo qual eu estaria ficando famoso.

Gilson Moura
Gilson Moura
Reply to  Nilo
10 meses atrás

kkkkkkkkkkk

Sério, já está famoso?

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Jacinto
10 meses atrás

Já passou da hora da Rússia parar com essa baboseira desse joguinho dos EUA e da OTAN.
Tem de passar a régua e fechar a conta.
E que se sirva de aviso para a Polônia e para os Países Bálticos.
Putin esta deixando isso bem claro.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

Putin está deixando claro que não tem nada a oferecer aos países que não seja sangue e violência.
De 2013 até 2019 (para excluir os problemas econômicos da pandemia), os países bálticos e a Polônia observaram um contínuo crescimento econômico, que pode não ser algo astronômico, mas é muito melhor do que os -26% que a Rússia obteve.

Augusto L
Augusto L
Reply to  Jacinto
10 meses atrás

Acrescentando Suécia e Finlândia na primeira vez da historia estão considerando entrar na Otan

horatio nelson
horatio nelson
Reply to  Reinaldo Deprera
10 meses atrás

ai 5 anos depois as milicias armadas pelos eua viram o novo talibã rsrs os eua só fazem M

Bardini
10 meses atrás

A situação política que se desenrola na Ucrânia, desde a última década, guarda certas semelhanças com a nossa, por mais “estranho” que possa parecer.
.
Vejam os resultados de 2014, onde um candidato venceu o outro com uma margem apertada de votos.
https://i.cdn.turner.com/cnn/interactive/2014/02/world/ukraine-divided/media/ukraine_map_region_vote.jpg
.
É muito fácil para um inimigo executar operações “false flag”, em um ambiente polarizado.
.
A Rússia atacou onde tem apoio:
https://i.cdn.turner.com/cnn/interactive/2014/02/world/ukraine-divided/media/ukraine_map_region_language.jpg
.
No meu entendimento, a Ucrânia será dividida em duas.
.
No mais: continuar sustentando narrativas que contribuem para que se solidifique uma extrema polarização, é algo muito perigoso para o Brasil.
https://static.publico.pt/imagens/BrasilPresidenciais2014W.jpg

Last edited 10 meses atrás by Bardini
Hcosta
Hcosta
Reply to  Bardini
10 meses atrás

Essa escala de entre 25% e 74% é muito ampla. E é estranho ser sempre esse mapa.
Não há um que tenha uma escala mais variada? Com 25, 50 ou mais de 50%.

Bardini
Reply to  Hcosta
10 meses atrás

Não pesquisei outros mapas.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Bardini
10 meses atrás

É estranho ser sempre o mesmo mapa e que tem um claro objetivo, insinuar que metade da Ucrânia pertence à Rússia.

E, mesmo assim, isso não significa que os Ucranianos de etnia Russa queiram juntar-se à Rússia.

RENAN
RENAN
Reply to  Bardini
10 meses atrás

No meu ver o Brasil devido as suas dimensões será dividido em 7 países menores e infelizmente estarei vivo para viver

André Luís
André Luís
Reply to  Bardini
10 meses atrás

Canal Arte da Guerra e Rogério Anitablian batem forte nesta tecla (união)… porém, ainda não sei qual espectro político eles se inclinarão nas eleições deste ano. Só espero que não seja “blábláblá, portanto, Lula presidente”. Veremos.

Bardini
Reply to  André Luís
10 meses atrás

Os youtubers da bomba atômica…
.
Precisamos de união, mas dentro daquilo que nosso grupinho pensa. Um clássico.

Last edited 10 meses atrás by Bardini
Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Bardini
10 meses atrás

União sim .
Todo radicalismo é burro.
Tenta conversar com um radical para ver.
Tem que conhecer a historia dos países, suas tradições. Seus contextos.
Se a Rússia tentar colocar mísseis nucleares em Cuba. Como reagirão os Estados Unidos ?

Bardini
Reply to  Antonio Palhares
10 meses atrás

Se a Ucrânia estiver desenvolvendo seus próprios mísseis, a Rússia pode atacar?
A OTAN deve impedir a Ucrânia de desenvolver suas capacidades defensivas?

Gilson Moura
Gilson Moura
Reply to  Bardini
10 meses atrás

Querido.

O problema nunca foi o desenvolvimento militar da Ucrânia, mas sim a OTAN.

Bardini
Reply to  Gilson Moura
10 meses atrás

O problema é exatamente esse: desenvolvimento militar da Ucrânia.

ROliveir78
ROliveir78
Reply to  Bardini
10 meses atrás

Ué, mas não foi por esse motivo que Israel atacou o Irã?

Bardini
Reply to  ROliveir78
10 meses atrás

A Ucrânia está desenvolvendo uma arma nuclear?

ROliveira78
ROliveira78
Reply to  Bardini
10 meses atrás

Então, se o Brasil desenvolver uma arma nuclear ou mísseis, dá o direito para qualquer país fazer um ataque preventivo?

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  ROliveira78
10 meses atrás

Se o Brasil tiver histórico de declarar que país X ou Y tem que sumir do mapa, ou se tem histórico de agressão, tem direito sim.

Bardini
Reply to  ROliveira78
10 meses atrás

Se o Brasil passa a desenvolver uma arma nuclear encima de um “blábláblá” qualquer, como o de defender sua soberania, todo mundo vai assistir isso sentado, achando lindo e aplaudindo?
.
Agora, imagina o desenvolvimento dessa arma, conectado com ameaças a outros países, como fazem Irã e Coreia no Norte…

Last edited 10 meses atrás by Bardini
Gilson Moura
Gilson Moura
Reply to  Bardini
10 meses atrás

Nisso eu concordo com você.

Diego Tarses Cardoso
Diego Tarses Cardoso
Reply to  André Luís
10 meses atrás

O triste é ver eles chamando Rui Costa do PCO, Aldo Rebelo e Nelson Jobim, que são os assessores para assuntos militares de Lula atualmente.

Slow
Slow
Reply to  Diego Tarses Cardoso
10 meses atrás

Ele ja chamou a direita toda e ninguém vai só querem saber de lacrar na internet então aceita ..

Ele também chamou Ernesto araujo , waintraub e Ricardo salles 3 cegos que só falam de comunismo e que os EUA são os amiguinhos bom .. aposto que se você pergunta pra esses 3 qual foi ultimo livro que leram eles nem vão lembrar ..

Agora pergunta pro Rui , Aldo e Nelson te garanto que vão fazer uma lista dos que leram e recomendam ..

Caio César
Caio César
Reply to  Slow
10 meses atrás

Rui costa, ernesto araujo, waintraub e ricardo sales. Me avisa por favor que canal é esse p eu passar longe

Slow
Slow
Reply to  Caio César
10 meses atrás

???

WSilva
WSilva
Reply to  Diego Tarses Cardoso
10 meses atrás

A direita hoje é a nova esquerda. Há uns 10 anos atrás era insuportável dialogar com a turma da esquerda, eram muito ideologizados, hoje um pouco menos, antigamente era tudo imperialismo, hoje inclusive já existe um racha na esquerda, uma da turma mais raiz e a outra dessa turminha moderna. Hoje na direita é tudo comunismo, distorcem qualquer assunto para alguma teoria da conspiração ou plano infalível de dominação comunista. A militância de direita é grande, pode parecer pequena porque ainda são juvenis, querem conquistar através da força/no grito ao invés de usar infiltração em organizações/entidades, assim como a esquerda… Read more »

Gilson Moura
Gilson Moura
Reply to  WSilva
10 meses atrás

Estão divididos.

Tem o lado dos olavetes e o lado dos bolsominions. Ambos estão em briga. O primeiro se diz “conservador” e o último se diz de “direita”. Os dois grupos rachados apoiam o presidente que se diz do “centrão”. kkkkkkkkk

Adriano madureira
Adriano madureira
Reply to  Diego Tarses Cardoso
10 meses atrás

Amigo,ele não cansa de chamar representantes da direita e da esquerda,mas somente os da esquerda comparecem,a culpa não é dele se os políticos não tem culhões ou são indiferentes a discussão sobre o tema defesa e geopolítica,os da esquerda se mostraram muito bem informados quanto ao tema…

ISSO só mostra o nível dos políticos defensores da nação.

Gilson Moura
Gilson Moura
Reply to  André Luís
10 meses atrás

Esse canal é totalmente incoerente. Quando Trump era o presidente dos EUA, todo dia era um elogio na política externa do republicano, quando ele perdeu, começou a depredar a política externa de Trump e hoje, deprecia totalmente a política externa de Biden. Ele fala que os EUA estão na vala, mas a China é a potência sem problema algum – parece que lá é o sonho americano só que na China. Por exemplo, mercado imobiliário da China? Imagina, os chineses jogam Go, xadrez e o escambau, não deixarão quebrar. Mas os americanos são idiotar e com certeza vão quebrar. Ele… Read more »

Slow
Slow
Reply to  Gilson Moura
10 meses atrás

Sempre que tem coisas boas independente do presidente Biden/Trump ou Lula/Bolsonaro ele sempre elogia qualquer um se for coisa boa e se for ruim ele critica os 2 o canal é bem neutro .. defende os interesses do Brasil e não tem político de estimação.

Gilson Moura
Gilson Moura
Reply to  Slow
10 meses atrás

É mesmo? Ele critica Biden por tudo, parece que Biden faz tudo errado, com certeza faz mais coisa errada do que certa, mas algumas críticas são infundadas.

Ele por acaso já analisou a estratégia de dissuasão integrada de Austin no Pacífico? Aposto que não. Igual ao americano boy aqui que afirma coisas sem estudar o assunto.

Quanto ao político de estimação. Discordo. O 7 de setembro prova claramente minha tese.

Nilo
Nilo
Reply to  Bardini
10 meses atrás

Correta leitura, só quem tem a perder é a Ucrânia. O jogo americano é esse jogar a Rússia em um atoleiro, já foi tentado na Síria não deu certo. Não adianta jogar Javelin e Stinger na mão dos ucranianos está Rússia não e a Rússia do tempo da invasão do Afeganistão. A Ucrânia dividida, será esse o destino e bom para americanos e europeos que coloca um ponto final neste grande país chamado Ucrânia e joga a Rússia como a grande vilan, a Rússia delimita uma nova fronteira para a Otan em uma Ucrânia menor, esse é o preço que… Read more »

Last edited 10 meses atrás by Nilo
Matheus
10 meses atrás

Dos mesmos autores de “Iraque tem armas de destruição em massa”.

Reinaldo Deprera
Reinaldo Deprera
Reply to  Matheus
10 meses atrás

Mas tinha. O fato de não terem achado não significa que não tinha, de maneira nenhuma.
O uso de armas químicas dez anos depois na guerra civil Síria mostra que provavelmente as armas químicas que haviam no Iraque foram enviadas para a Síria.

Saddam Husseim cansou de usar armas químicas contra os curdos.

Nilo
Nilo
Reply to  Reinaldo Deprera
10 meses atrás

Não propague mentira, armas químicas de Saddam na Síria.
Os Sírios não precisavam, o governo de Assad matava sem precisar de armas químicas e os rebeldes tiveram acesso com vistas grossa de americanos e europeos

Hcosta
Hcosta
Reply to  Nilo
10 meses atrás

Foram usadas armas químicas por parte de Assad.
Até porque a Rússia, depois de muita pressão internacional, fez alguma coisa contra isso.
Se estivessem nas mãos dos rebeldes, os ataques continuavam.

Assad estava a perder a guerra até o Irão e a Rússia colocarem as tropas no terreno.

Nilo
Nilo
Reply to  Hcosta
10 meses atrás

armas químicas de Saddam na Síria?:

Nilo
Nilo
Reply to  Nilo
10 meses atrás

Hcosta, bom dia, não irei fazer defesa de um lider como Assad, na época houve muita guerra mediatica de americanos e ingleses, se houve ou não, o que vale ressalta, familias sírias morreram, na travessia desesperada para Europa, para fugir do conflito, pagaram um custo muito alto, como disse Assad não precisa de armas quimicas para assinato. Nenhum dos lados medem consequencias humanitárias no jogo do poder.

Last edited 10 meses atrás by Nilo
Hcosta
Hcosta
Reply to  Nilo
10 meses atrás

Não menospreze a loucura destes ditadores.

E pelo que me recordo até a Rússia nem tentou desmentir esses ataques, pelo menos, o último.

Nilo
Nilo
Reply to  Hcosta
10 meses atrás

De forma alguma prezado menosprezo, mantenhamos a eterna vigilante crítica sobre ditadores e também as democracias esse é o preço da liberdade.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Nilo
10 meses atrás

Não disse que eram do Iraque, apenas que foram usadas por Assad.