quarta-feira, novembro 30, 2022

Saab RBS 70NG

Foco em Kiev obscurece sucesso russo no sul da Ucrânia

Destaques

Guilherme Poggio
Guilherme Poggiohttp://www.forte.jor.br
Editor da Revista Forças de Defesa

O avanço da máquina de guerra de Putin através das principais cidades do sul provavelmente terá grande impacto no resultado da guerra

De Mykolaiv ao longo da costa, passando pela cidade já capturada de Kherson até a cidade sitiada de Mariupol , os avanços russos no sul da Ucrânia contrastaram com as dificuldades que Moscou experimentou no norte e nordeste – em particular nos esforços para cercar a capital, Kiev.

Os contrastes entre as frentes sul e norte provavelmente terão consequências profundas, pesando muito em quaisquer futuras negociações de paz, com prováveis ​​efeitos econômicos, diplomáticos e políticos, bem como militares.

A natureza fortificou Mykolaiv. Construído em uma série de curvas do rio onde o Bug do Sul deságua em uma grande enseada do Mar Negro, o centro de construção naval forma o triângulo do ápice dos principais portos com Kherson a leste e Odesa a oeste.

Mais fácil de defender do que de atacar, nos dias desde que a invasão russa da Ucrânia atingiu seus arredores, houve batalhas campais à medida que o aeroporto da cidade mudou de mãos, e como os defensores da cidade montaram suas barricadas, fumaça subindo acima do rio por causa dos ataques russos.

Até agora, Mykolaiv resistiu sob a liderança de seu carismático governador, Vitaliy Kim, cujas atualizações nas mídias sociais rivalizaram com as do presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskiy, em sua alegre despreocupação.

Mas na terça-feira parecia que as forças russas estavam tentando contornar a cidade ao norte e encontrar outra maneira de atravessar o rio. A tentativa de contornar Mykolaiv e passar a conectar uma ponte terrestre com as forças russas de “manutenção da paz” na região separatista da Transnístria da Moldávia cortaria o porto mais importante da Ucrânia, Odesa, tanto por terra quanto por mar.

Uma atualização do Instituto para o Estudo da Guerra pinta o quadro mais recente das ambições da Rússia no sul. “As tropas russas provavelmente estão tentando contornar Mykolaiv e cruzar o rio acima dessa cidade para permitir um avanço em Odesa que se combinará com uma operação anfíbia iminente contra aquela cidade … e estão dirigindo para o norte da Crimeia em direção à cidade de Zaporizhzhia.”

A importância do que está acontecendo no sul foi descrita pelo recém-aposentado general australiano e autor Mick Ryan em um longo tópico no Twitter.

“O teatro sul da guerra é um elemento vital do projeto geral da campanha russa para a Ucrânia”, escreveu Ryan. “[Ele] contém os 13 portos marítimos da Ucrânia, que em 2021 exportaram mais de 150 milhões de toneladas de carga. Isso representa 60% das exportações e 50% das importações para a Ucrânia.

“E enquanto a guerra no norte e no leste se transformou em uma guerra de desgaste lenta e desgastante, a guerra no sul tem sido o local de maior sucesso operacional para as forças invasoras russas.”

Ryan identifica uma série de questões para explicar por que a campanha russa teve mais sucesso no sul. Eles incluem “uma superação significativa das forças terrestres russas no sul” em comparação com as forças ucranianas, defesas ucranianas sobrecarregadas em todo o país e o fato de ser logisticamente mais fácil reabastecer tropas de bases russas estabelecidas na região de Rostov-Krasnodar na fronteira.

“Por que os russos do sul geralmente tiveram mais sucesso do que os do nordeste e do norte?” escreveu Ryan. “A defesa de Kiev é o principal esforço estratégico para a Ucrânia. É a capital deles e tem um valor político, logístico e cultural significativo.”

“Finalmente”, acrescentou, “e isso é pura especulação, a liderança e o planejamento de campanha no sul parecem ser superiores ao norte. Embora muitas vezes avançando em eixos divergentes, o teatro do sul continuou em grande parte sem as longas pausas vistas no norte e nordeste.”

Embora a queda de Kiev – ou sua capitulação negociada – seja um objetivo chave da guerra russa, uma vitória russa limitada apenas no sul ainda teria enormes implicações para a Ucrânia. Além de criar um estrangulamento econômico devastador no país, também limitaria qualquer fluxo de ajuda ocidental para a Ucrânia, ao mesmo tempo em que ameaçaria a integridade do país a partir de três amplas direções geográficas, com a Rússia provavelmente reivindicando áreas do sul sobre as quais tem controle em futuras negociações de paz.

O mais preocupante de tudo para a Ucrânia, talvez, seja o que o controle do sul significaria para a guerra em outras partes do país, com temores de que as forças russas pudessem se conectar com os russos que operam ao sul de Kharkiv ou, finalmente, fugir para o norte em direção ao Dnipro, cidade estratégica no rio Dnieper.

No norte, a ofensiva russa permaneceu mais complexa na terça-feira. Embora alguns analistas e agências de inteligência ocidentais tenham descrito o avanço russo no norte como “paralisado”, também há evidências desde o fim de semana de preparativos para um novo ataque a Kiev e reagrupamento de forças russas ao redor da capital, incluindo tentativas – opostas por Forças ucranianas – para avançar para o oeste em direção a Kiev a partir da direção de Sumy.

As forças russas também atingiram vários centros logísticos importantes e um centro de defesa aérea que poderia apoiar a defesa de Kiev, incluindo a base aérea de Vinnytsia, que atingiu com oito mísseis de cruzeiro, bem como vários depósitos de combustível.

Em áreas periféricas de Kiev, como Bucha e Irpen, perto da maior concentração de forças russas reunidas, os moradores foram forçados a fugir sob uma chuva constante de bombas e foguetes.

“Não podemos nem recolher os corpos porque o bombardeio de armas pesadas não para nem de dia nem de noite”, disse o prefeito, Anatol Fedoruk. “Os cães estão separando os corpos nas ruas da cidade. É um pesadelo.”

Em meio a tudo isso, disse Zelenskiy, as forças ucranianas estavam mostrando uma coragem sem precedentes. entrevista que foi ao ar na noite de segunda-feira.

Mas ele observou que a lacuna de força estava diminuindo e que, mesmo que as forças russas “entrem em todas as nossas cidades”, elas serão recebidas com uma insurgência.

Um dos comentaristas mais pessimistas sobre a capacidade da Ucrânia de resistir ao ataque da Rússia contra ela foi Bill Roggio, editor do Long War Journal, que refletiu parte dessa mensagem. “O problema fundamental que os militares ucranianos enfrentaram desde o início”, escreveu ele esta semana, “é que não têm forças suficientes para defender tudo de uma vez.

“Os russos têm uma vantagem numérica e estão dispostos a trocar soldados e equipamentos para atingir seus objetivos.”

FONTE: The Guardian

- Advertisement -

80 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest

80 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Nilo
Nilo
8 meses atrás

Terceira roda de negociação sem resultado, tanto que o Presidente Frances, se deixa fotografar com cara de desolado, o fato do presidente ucraniano prometer a Câmara dos Comuns em Londres de lutar até o fim, significa que não há negociação. Para não sofrem com as salvas das baterias de canhões dos russos irão usar a população civil como refém ou isso ou serão dizimados.

Last edited 8 meses atrás by Nilo
Jester
Jester
Reply to  Nilo
8 meses atrás

Quem está atirando nós civis são os russos como bem mostrou aquele video da família sendo morta . Mais continue pode continuar a distorcer a realidade todos já sabem muito bem que e o verdadeiro vilão da história .

Hélio
Hélio
Reply to  Jester
8 meses atrás

Aquele vídeo da família sendo morta onde mostra claramente soldados usando civis como escudo, inclusive com um soldado em primeiro plano?

Nilson
Nilson
Reply to  Hélio
8 meses atrás

Cara, a família estava numa fila de pessoas fugindo por uma rua da cidade, não estavam estáticas como escudos, estavam meramente querendo fugir do inferno. O soldado em primeiro plano estava em seu posto, inclusive mostrando-se à imprensa, acho que você está vendo o que quer ver onde não existe. Lógico que todo militar, quando possível, tenta se misturar com os civis para se proteger. Mas naquele local não era o caso…

Agressor's
Agressor's
Reply to  Nilo
8 meses atrás

brazileru que defende esses “americanos” e seus cães de guerra só vão entender de geopolítica quando eles estiveram batendo na porta querendo a nossa Amazônia. Essas facções neonazistas da Ucrânia que aguardem os chechenos…

Last edited 8 meses atrás by Agressor's
Jacinto
Jacinto
Reply to  Agressor's
8 meses atrás

Estes nazistas são complicados mesmos..

imagem_2022-03-09_000739.png
SteelWing
Reply to  Jacinto
8 meses atrás

verdade, tem até o Sol Negro, e batalhão de Azov, “mas o presidente é descendente de Judeu”

ukranazi fdp.png
Nilo
Nilo
Reply to  Jacinto
8 meses atrás

Pois é um judeu ombro a ombro com nazistas, bandeiras

Hélio
Hélio
Reply to  Nilo
8 meses atrás

A colaboração entre sionistas e nazistas é fato histórico tão bem documentado que chega a ser engraçado ver alguém negar. George Soros mesmo saiu daí.

Nilo
Nilo
Reply to  Jacinto
8 meses atrás

Nada contra vc defender a causa judaica ou vc ser judaico, shalom Jacinto.

Zé zinho
Zé zinho
Reply to  Agressor's
8 meses atrás

Só a Amazônia? Ahh porque não tomam toda a banania?

Fabricio Lustosa
Fabricio Lustosa
Reply to  Zé zinho
8 meses atrás

Prestem atenção nesse comentário. É bem mais comum e enraizado em grande parte da sociedade brasileira do q alguns acham. É o tipo que ama USA, ou qualquer outro país ocidental, e cospe no próprio país. Que não acha q seja latino. Imaginem uma invasão ao Brasil, o q não sairia disso…meu deus

Nilo
Nilo
Reply to  Zé zinho
8 meses atrás

Entendeu agora Zé qual é lógico desse pessoal, vide resposta do Rogério.

Nilo
Nilo
Reply to  Agressor's
8 meses atrás

Vão receber os americanos no desfile da vitória com bandeirinha americana fantasiado de tio sam

Rogério
Rogério
Reply to  Nilo
8 meses atrás

Claro, na sua cabeça é melhor ser escravo da Rússia.

Nilo
Nilo
Reply to  Rogério
8 meses atrás

Zelenski estacionou sua armadura em um predio habitacional com parquinho infantil, toda ação tem uma reação, o desespero vai bater na cabeça dos soldados russos, vai dar M#4@&9, é o sangue de incocentos, Hitlher tambbém optou por resistir, não capitulou, se os russos querem o Rei bufão então peguem o Rei Bufão, se não houver soldados ucranianos que faça o serviço. Ele quer ser mártir, o preço sabemos qual é e quem vai pagar. e tem gente que aplaude.

Rogério
Rogério
Reply to  Nilo
8 meses atrás

Inglaterra tb optou por resistir, a URSS , Israel , a guerra sempre foi a opção do invadido, p/ o invasor sempre foi melhor “negociar”. Tá preocupado com sangue inocente?? Pede pro Putim parar. Pelo visto o Zelenski temo apoio da populção, sabem como é ficar sob o juldo dos russos, vai ver por isso todo o leste europeu é solidario a Ucrania, so os sábios brasileiros que veem vantagem na vitoria russa. Nem os russos acham isso.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Rogério
8 meses atrás

A Juventude Hitlerista e o Volksturm também escolheram morrer.

Fabio Jeffer
Fabio Jeffer
Reply to  Rogério
8 meses atrás

Acho que nesse caso não se trata de ser escravo da Rússia, uma palavra forte pra ocasião, se trata de olhar para o que está acontecendo com a população civil diante dia horrores da guerra.

Rogério
Rogério
Reply to  Fabio Jeffer
8 meses atrás

a população civil esta resistindo, então eles prefrem morrer do que serem anexados pelo NEO Hitler.

Rogerio
Rogerio
Reply to  Rogério
8 meses atrás

Vc fala bonito, n a hora H é o primeiro foja

Rogério
Rogério
Reply to  Rogerio
8 meses atrás

E vc é vidente.

Fabio Jeffer
Fabio Jeffer
Reply to  Rogerio
8 meses atrás

É que não vale a pena responder pra uma pessoa como vc que acha que uma pessoa que toca piano com o bil@u é um estadista, e depois, procure se informar, a população não tá resistindo, tá é fugindo

SteelWing
Reply to  Rogério
8 meses atrás

hummm e quem ostenta símbolos da SS e tem batalhão de Azov? postagem da propria Otan…

ukranazi fdp.png
Rogério
Rogério
Reply to  Rogério
8 meses atrás

Pra quem acredita que o motivo da invasão seja a independencia de Donbass, a desmilitarizacao da Ucrania, o avanço da Otan, etc.. O motivo é expansao e so. O louco quer pq quer a antiga URSS com direito a leste europeu de Novo Pacto de Varsovi e tudo. Acharam que seriam recebidos com bandeirinhas na estrada pelo ucranianos e ganharam um Vietinã.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Rogério
8 meses atrás

O que está acontecendo só mostra a intervenção da OTAN na Ucrânia.
Foi publicado que desde de dezembro, os EUA entregaram US$ 1 bilhão em armas aos ucranianos.
Não apenas armas defensivas.
E vc achava que os russos não estavam vendo?

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  Rogério
8 meses atrás

Temos um Tupã e um Zeus, mas parece que o único deus onisciente aqui é você. Sabe tudo sobre a intenção do Putin. Talvez não seja um deus, mas apenas um poderoso telepata. Pára de vender narrativa como se fossem fatos, desejos seus como se fossem realidade, interpretação subjetiva como se tivesse evidência para sustentá-la enquanto só faz ilações, pressuposições e acusações que não pode sustentar sem uma boa dose de achismo.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Rogério
8 meses atrás

A Rússia só existe porque os soviéticos pensaram nos exatos termos do Zelensky. Se pensassem como você, a Rússia seria hoje uma colônia alemã.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Jacinto
8 meses atrás

Só que aquela foi chamada de Grande Guerra Patriótica.
Se os soviéticos não resistissem, os nazistas (desse mesmo tipo que têm na Ucrânia) passavam fogo.
Sem piedade.
Agora, não.
Os russos evitam grandes ataques às cidades e ainda abrem corredores humanitários.
Muita diferença, prezado.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Antoniokings
8 meses atrás

E é diferente dos russos? Os russos estão usando MLRS, misseis balísticos e bombas burras em cidades, Antonio, armas de destruição em grande escala que são guiadas pelo mesmo princípio dos canhões medievais – a gravidade. Obviamente, não há uso militar nisso, é só a estratégia que os russos usaram na Chechênia, onde mataram centenas de milhares em uma população que não chegava a 2 milhões. Você não gosta de admitir, porque seu anti-americanismo o leva para um local intelectual em que você está disposto a justificar tudo, até o genocídio se isso for, na sua interpretação, prejudicial aos EUA.… Read more »

imagem_2022-03-09_000244.png
Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Jacinto
8 meses atrás

E vc acha que não existem judeus que se aliaram aos nazistas?
Basta ‘uma boa paga’ que muitos aceitarão.

https://www.dw.com/pt-br/os-soldados-judeus-de-hitler/a-982232

E olha, que milhares e milhares de judeus se uniram ao Exército nazista na 2ª G.M.

André Bueno
André Bueno
Reply to  Antoniokings
8 meses atrás

E Stalin calculadamente legou cidades e populações ao massacre nazista.

Rogerio
Rogerio
Reply to  Rogério
8 meses atrás

Tupa, não adianta explicar com esse cérebro de água de cocô, eles ‘ao estão na frente das batalhas, fácil comentar, difícil na vida real

Agressor's
Agressor's
Reply to  Nilo
8 meses atrás

Os eua irão lutar até o ultimo ucraniano…

Kornet
Kornet
Reply to  Nilo
8 meses atrás

E muitos aqui acham esse comediante irresponsável herói.

Nilo
Nilo
Reply to  Kornet
8 meses atrás

Esquecem que é uma guerra por procuração, é uma guerra entre EUA e Rússia, acharam um Bufão, um pregador de promessa que afagou o ego de um provo sofrido.
Inglaterra lutou na segunda guerra e fez resistencia por que era uma potencial mundial, tinha condições e preparo, não lutou para defender a não ser o seu poderio economico e militar.
Querer comprar com a Ucrânia, tem muito corajoso aqui com sangue derramado de inocentes do outro lado do mundo.

Jhenison Fernandez
Jhenison Fernandez
Reply to  Kornet
8 meses atrás

Irresponsável foi seu ditador de estimação invadir a Ucraniana, e agora está com lama até o pescoço para resolver a situação lá, deve ser triste ver a fantasia da super potência Rússia desmoronar pouco a pouco em sua frente =/

Kornet
Kornet
Reply to  Jhenison Fernandez
8 meses atrás

Deixa de ser ignorante,vcs ficam com essa cantilena de que o Putyn é o grande satã e esse comediante e celho imbecil caquetico são os libertadores do mundo livre e “democrático”.
Fica comprando história comovente dessa imprensa e não vai pesquisar para saber o quão encorajado ele foi nessecato insano de querer peitar a Rússia.
Não tenho ditador de estimação,sou não sou babaca e baba ovo de americanos e europeus que nos ameaçam na cara dura.

Nilo
Nilo
Reply to  Kornet
8 meses atrás

O Irã, lembra, foi cortado do SWIFT, e os ativos do Banco Central foram congelados. As primeiras sanções começaram em 1980. Sobreviveu, porque a Rússia iria quebrar e se dissolver.

Last edited 8 meses atrás by Nilo
Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  Nilo
8 meses atrás

Todos os corredores humanitários tem falhado por causa desse impedimento por parte do governo em deixar a população se evadir do país, principalmente forçando jovens, adultos e sexagenários a lutar mesmo sem nunca terem manuseado uma arma de fogo antes.

Nilo
Nilo
Reply to  Vinicius Momesso
8 meses atrás

Comediante-que-virou-herói-trágico diz todo dia que Putin quer destruir a Ucrânia e que depois vai em direção a Europa, injeta ódio para transformar a Rússia em um pária, algo que foi mais longe e mais rápido do que se esperava, e os ingleses e americanos atiçam e propagam no mundo inteiro a imagem do presidente russo e seus soldados assassinos , ou a Rússia se dobra ou quebra.
Mestre Carvalho já tinha dito, guerra fria 2.0.

Felipe Morais
Felipe Morais
Reply to  Nilo
8 meses atrás

Subversão total da ordem, da lógica e da moral. Famoso poste mijando no cachorro. Agredidos pintados como agressores. Estrangeiros defendendo a “trivial entrega de terras” para os agressores que estão afundando o país em bombas.

Antoniokings
Antoniokings
8 meses atrás

Excelente artigo!
Agora sim!

Welington S.
Welington S.
8 meses atrás

Uma coisa que estou observando durante essa guerra, é, investimentos em mísseis anticarro e principalmente drones, pode dar uma dor de cabeça imensa ao inimigo. A Rússia está perdendo veículos a rodo!

Kornet
Kornet
Reply to  Welington S.
8 meses atrás

Espero que a FAs estejam acompanhando essa guerra 24 pir dia,pois temos muito a aprender.
Pois ,espero que não,seremos nós defendendo nossa Ucrânia verde,sem apoio de mulheres nuas de caras pintadas,imprensa e cantadores de Imagine.
Agora americanos se aproximando de Irã e Venezuela,o que será quec os “experts”em geopolítica acham disso?

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  Welington S.
8 meses atrás

Vocês só analisam sob a ótica da Ucrânia. Parece que não tem a mínima graça contar suas baixas tanto de soldados quanto de veículos e aeronaves. Todos os dias colunas e e colunas de veículos e infantaria ucraniana são destruídos mas o que vale são perdas russas, não é?

Ze das Couve
Ze das Couve
Reply to  Vinicius Momesso
8 meses atrás

Ué? Mas não era obrigação da Rússia fazer isso? Não foram eles que invadiram um país muito menor que eles?

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  Ze das Couve
8 meses atrás

E ela está fazendo, mas parece que para a grande mídia não tem valor. Só pelo teor da matéria em discussão, mostra que para a própria Trilogia não há mérito em discutir baixas ucranianas.

Welington S.
Welington S.
Reply to  Vinicius Momesso
8 meses atrás

O fato deu ter citado as perdas russas, não significa que estou de torcida pra Ucrânia. Eu não torço pra nenhum lado, nenhum! Apenas disse com base no que mais estou vendo sendo divulgado e negar isso, é impossível. É ÓBVIO que existe também as baixas e perdas do lado ucraniano, é óbvio, mas o lado russo, é o que mais está perceptível. Como eu disse em algum dos blogs aqui, foi o seguinte. Putin, não contava com a resistência ucraniana, fato! Ele achou que seria algo muito rápido, tanto que sequer deve ter pensado em toda a logística para… Read more »

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  Welington S.
8 meses atrás

“mas o lado russo, é o que mais está perceptível.” Percepção tem a ver com exposição. Percebemos melhor o que está sendo mais exposto. Essa é a questão. Só há relatos de baixas dos russos, enquanto há maior quantidade de baixas dos ucranianos. Se não tem equivalência na exposição dos dois lados, alguém está escondendo isso. Desinformação é como chamam. Guerra psicológica. Propaganda. “Como eu disse em algum dos blogs aqui, foi o seguinte. Putin, não contava com a resistência ucraniana, fato! Ele achou que seria algo muito rápido, tanto que sequer deve ter pensado em toda a logística para… Read more »

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  Vinicius Momesso
8 meses atrás

Hoje, dois batalhões da 93 brigada de infantaria mecanizada ucraniana vinda de Dnepropetrovsk, tentou retomar parte da região sul de Kharkiv. Resultado: foram todos destruídos, mas como não pertencem ao exército russo, não vale a pena ser mencionado.

Jhenison Fernandez
Jhenison Fernandez
Reply to  Vinicius Momesso
8 meses atrás

A superioridade russa era esperado, a perca Constante de material bélico para um inimigo infinitamente inferior não

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Welington S.
8 meses atrás

Acabei de assistir um vídeo de um posto ucraniano destruído com dois Javelins jogados no chão ao lado do soldado morto.
Pareciam não disparados e bastante danificados.
Coloquei o vídeo em outro post.

César
Reply to  Antoniokings
8 meses atrás

Como é bom não ter que trabalhar e poder ficar o dia inteiro à toa procurando vídeos, né!?

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  César
8 meses atrás

Principalmente desdizendo minions desorientados.
Gosto muito.

César
Reply to  Antoniokings
8 meses atrás

E tomando uma chuva de deslikes. Continua falando com o vento, sujeito.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  César
8 meses atrás

Sabe aquele militar que leu uma crítica minha sobre sua aposentadoria?
Esse vai me dar dislike até se eu anunciar que ele vai ter reajuste no soldo.
Nem ligo.
Na verdade, me motiva.

Pedro
Pedro
Reply to  Antoniokings
8 meses atrás

Engano seu. Você não consegue desdizer ninguêm. Você não apresenta nenhum argumento coerente ou até mesmo condizente com a realidade. Você só demonstra uma torcida irracional.

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  Antoniokings
8 meses atrás

Eu sou o que você chama de minion e nem por isso sou desorientado. Pelo contrário, tento trazer equilíbrio nas discussões e pessoalmente penso como o embaixador chinês discursou na ONU na votação para sancionar a Rússia. Sou contra a invasão mas acho que a narrativa ocidental é ou falsa ou incompleta, que os interesses russos foram desprezados desde a queda da URSS. O diálogo deve sobrepujar, mas interesses obscuros impediram isso, portanto a invasão é indesejada mas compreensível. Então não misture quem defende o governo do presidente Bolsonaro com quem defende o lado da OTAN. Pelo contrário, foi o… Read more »

Last edited 8 meses atrás by Ten Murphy
Wilton Santos
Wilton Santos
8 meses atrás

A estratégia dos russos é fazer com que o exército ucraniano se concentre na defesa da capital Kiev. Enquanto isso, as tropas russas vão conquistando o leste e sul do país, que são as regiões que realmente importam. O leste concentra as regiões mais ricas em recursos minerais e gás natural e as cidades mais industrializadas. Já o Sul estão os portos mais importantes do país. Se a Ucrânia perder as saídas para o Mar e o Leste, o país terá sido derrotado de forma humilhante. A estratégia dos russos é perfeita, eles estão vencendo essa guerra.

Reis36
Reis36
Reply to  Wilton Santos
8 meses atrás

Isso esta bem claro , por isso não do mais audiência pra mídia tradicional tem muito profissional bom na internet para nos dar uma luz , a Russia ta tipo nos aqui de Minas comendo pelas beiradas

Agressor's
Agressor's
Reply to  Reis36
8 meses atrás

As mídias ocidentais não mostram o lado da Rússia. Todo ataque não é sem motivos. Não sejam enganados!

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  Reis36
8 meses atrás

Acredito que no fim, Kiev nem vai ser atacada. Um cessar fogo será assinado a Ucrânia perderá toda a parte do seu território que foi conquistado pelo exército russo.

Kornet
Kornet
Reply to  Vinicius Momesso
8 meses atrás

E no fim é capaz de existir 2 Ucrânias:a do Leste e a do Oeste.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Wilton Santos
8 meses atrás

E ainda criam um cinturão na fronteira que vai proteger mais seu território.
Isso se não ocuparem o resto do País ou derrubarem esse Zelenky e colocarem um sujeito neutro.
De qualquer maneira, já podemos afirmar que a Ucrânia não será mais ameaça para a Rússia.

Rayan
Rayan
Reply to  Wilton Santos
8 meses atrás

Excelente análise. Os dislikes são daqueles que negam a realidade e querem acreditar nas 12 mil mortes de russos , quase 1 mil veículos destruídos, etc.

Reitero que sou crítico desta invasão sob inúmeros aspectos. Porém defender fake news e falsificação descarada como verdade é até ajudar a manter essa guerra terrível.

Antoniokings
Antoniokings
8 meses atrás

Quem estudou História ou leu sobre a Segunda GM fica impressionado com os nomes envolvidos nesse conflito: Kharkov, Kiev, Rio Bug, Dniepr e etc.
Fazem logo lembrar as batalhas que ocorrem naquela época.

Nilson
Nilson
Reply to  Antoniokings
8 meses atrás

Realmente, é o tempo todo revivendo os nomes da segunda guerra mundial. Odessa atacada pelos romenos. Os Pântanos de Pripet separando os grupos de exército centro e sul. A fortaleza de Brest, que hoje é na Bielorrúsia. Kharkov mudando de mãos 4 vezes. 600.000 soldados se rendendo no bolsão de Kiev. E muito, muito mais…

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Nilson
8 meses atrás

É verdade!
Esqueci de Odessa e desses outros lugares que vc mencionou.
A heroica resistência soviética na Fortaleza de Brest..
Eu, como sou fascinado pelo estudo da 2ª G.M., fico imaginando como devem ter sido ofensivas que mobilizavam um milhão ou mais de soldados.
E não podemos esquecer que ali perto está a famosa Kursk, onde ocorreu a maior batalha de tanques da História e sepultou de vez as esperanças nazistas de ganhar a Guerra.

Marcos10
Marcos10
8 meses atrás

Não tenho dúvidas que os russos irão ganhar, mas o custo será alto, em vidas para os soldados russos e ucranianos, bem como para os civis ucranianos, e em valores monetários para todos os envolvidos. Os americanos talvez mantenham maior pressão sobre os russos, mas os europeus já estão cedendo, principalmente em relação ao gás e petróleo. Que os russos arcarão com um custo sem precedentes, isso é verdade. Já os europeus terão de enfrentar uma fuga gigantesca de pessoas da Ucrânia. Temo que a coisa possa chegar a 10 milhões de pessoas refugiadas. Como alguém ai disse: lideres fracos,… Read more »

Heinz Guderian
Heinz Guderian
8 meses atrás

Seria muito estranho se a Rússia não estivesse vencendo essa guerra, até porque existe uma desproporção de forças muito grande.
Entretanto, isso não quer dizer que os russos estão tendo vida fácil, vários já morreram e vão morrer ainda se a guerra continuar, a economia russa daqui um tempo vai está em frangalhos, e não existe China certa que sustente tudo isso.
Putin de fato vai ganhar a guerra no campo militar, mas a custos que talvez ele não tenha calculado economicamente.

Rogério
Rogério
Reply to  Heinz Guderian
8 meses atrás

Rublo caiu 40% e a bolsa de Moscou nem abriu.

Brazuca
Brazuca
Reply to  Heinz Guderian
8 meses atrás

Vitória de Pirro!

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  Heinz Guderian
8 meses atrás

Ou ele calculou mal ou o que ele espera ganhar vale muito mais que as penalizações. Uma parte do território ucraniano, evitar uma guerra com a OTAN no futuro, mudar a ordem mundial baseada na pax americana, o sistema financeiro internacional baseado no dólar, ter um laboratório de como seria uma guerra contra a OTAN, muitas possibilidades. Não consigo crer que um dia ele acordou e resolveu ter essa aventura. Ou ele calculou tudo sozinho como estrategista que já demonstrou ser, ou com a China, ou com a OTAN e os illuminati como pensam os conspiracionistas ou então, meu amigo,… Read more »

Rayan
Rayan
8 meses atrás

Diariamente o cerco russo se consolida no sul e em todo Donbass. Dezenas de assentamentos são ocupados e os cercos aos grandes centros populacionais de Sumy Mikolayev, Kharkiv e Kiev se consolidam com interrupção das rotas, estradas e canais de comunicação. Travaram as tropas ucranianas mais bem treinadas em Kharkiv, Kiev, Sumy e no caldeirão de Slavyansk em Donbass, impedindo que se comuniquem e recebam suprimentos adicionais. Mariupol está cercada e a pode cair a qualquer momento. Só ainda não cspitulou porque as unidades de defesa ucraniana estão baseadas em áreas residenciais que dificultam ataques precisos sem grande quantidade de… Read more »

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  Rayan
8 meses atrás

Excelente!

Antunes 1980
Antunes 1980
8 meses atrás

Inacreditável a Rússia não utilizar imagens de satélite, drones, e toda parte de tecnologia.

Na Síria a quantidade de vídeos mostrando esta interação era surpreendente (será que eram montagens?).

Porém na Ucrânia o que vemos são antigos T-72 indo diretamente para o moedor de ferro e carne!!!

Sorte dos ucranianos que tem essa chance de não ter bombas e misses lançados por drones caindo nas suas cabeças dia e noite.

Resumo: a Rússia é boa de propaganda, mas na hora H deixa a desejar.

Rayan
Rayan
Reply to  Antunes 1980
8 meses atrás

Uma das razões levantadas é o constrangimento em divulgar imagens de destruição de áreas localizadas em cidades, com péssima repercussão mundial e interna (principalmente).

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  Antunes 1980
8 meses atrás

O ministério da defesa russa solta videos diários das operações e tudo o que você disse que era mostrado na Síria é mostrado também na Ucrânia. Apenas analisando os seus comentários, dá para perceber o quanto você é volátil em seus raciocínios.

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  Antunes 1980
8 meses atrás

Isso nao foi um resumo, mas uma interpretação. O resumo seria: aparentemente os russos não estão utilizando drones, imagens de satélite e toda tecnologia como visto na Síria

Bem, não sabemos o motivo, vamos aguardar, assumir que não temos elementos suficientes para ter uma interpretação ou uma conclusão em vez de querer ter todas as respostas em todo o tempo.

Últimas Notícias

IMAGEM: Ataques russos à infraestrutura deixam a Ucrânia na escuridão

As imagens de satélite mostram o território da Ucrânia às escuras pela falta de energia elétrica provocada pelos ataques...
Parceiro

- Advertisement -
- Advertisement -