segunda-feira, novembro 28, 2022

Saab RBS 70NG

Guerra de números: quantos soldados foram perdidos na guerra na Ucrânia?

Destaques

Guilherme Poggio
Guilherme Poggiohttp://www.forte.jor.br
Editor da Revista Forças de Defesa

Um alto funcionário da inteligência dos EUA estimou na terça-feira cautelosamente que entre 2.000 e 4.000 soldados russos foram mortos desde que a Rússia invadiu a Ucrânia há quase duas semanas – um número que, mesmo no limite inferior, seria muito maior do que o que as autoridades russas publicaram, mas também muito menor. do que os ucranianos alegaram.

O tenente-general Scott Berrier, diretor da Agência de Inteligência de Defesa, deu essa informação enquanto testemunhava em frente ao Comitê de Inteligência da Câmara. Ele esclareceu que é uma estimativa de “baixa confiança”, de acordo com a Associated Press.

Outros altos funcionários do governo Biden, incluindo o diretor de inteligência nacional Avril Haines e o diretor da CIA William Burns, falaram mais amplamente sobre os “custos significativos” que o presidente russo Vladimir está incorrendo na Ucrânia – não apenas mortes, mas problemas de abastecimento para as tropas que ainda estão lutando.

O número de baixas de tropas russas na Ucrânia tem sido contestado desde que os ataques começaram em 24 de fevereiro. Autoridades ucranianas reivindicaram bem mais de 10.000 mortes. O Ministério da Defesa da Rússia, por outro lado, disse na semana passada que 498 de seus soldados foram mortos. Mas acredita-se que Putin tenha ativamente tomado medidas para esconder a extensão das baixas de guerra da Rússia no passado. Um alto funcionário da defesa dos EUA até ofereceu recentemente como conselho ser “extremamente cético em relação a qualquer informação que o Ministério da Defesa da Rússia divulgue”.

Mesmo as autoridades americanas estão sendo extremamente cuidadosas sobre como avaliam publicamente as perdas de tropas da Rússia. Um oficial sênior de defesa, falando com repórteres na terça-feira, não corroboraria a estimativa de Berrier “porque simplesmente não temos grande fidelidade nisso e muita confiança nos números”, observando que era uma ampla faixa de 2.000 . O funcionário também observou que a estimativa de Berrier foi dada “em resposta a uma pergunta legítima de um membro do Congresso em uma audiência aberta, e o general fez o melhor que pôde para respondê-la”.

Embora o número provavelmente continue sendo debatido entre os lados, avaliações recentes de autoridades americanas estão pintando um quadro da Rússia lutando em sua missão na Ucrânia. O oficial de defesa disse na terça-feira que as forças russas “ainda parecem ser atormentadas por desafios de logística e sustentação”, como escassez de alimentos e combustível. As tropas também estão “frustradas ao sair do norte” em direção a Kiev, onde o principal objetivo continua sendo forçar a rendição da capital em meio ao aumento do bombardeio aéreo. A Rússia, no entanto, está tentando fazer um novo avanço sobre Kiev a partir do nordeste, mas esse grupo ainda estava a cerca de 60 quilômetros do centro da cidade na terça-feira, segundo a autoridade.

Uma autoridade de alto escalão disse na segunda-feira que Putin já comprometeu quase todas as forças que acumulou nas fronteiras da Ucrânia no período que antecedeu a invasão da Rússia. Não houve “nenhuma diferença apreciável” nessa frente desde então, de acordo com o oficial de defesa que falou na terça-feira, que observou que Putin “ainda tem quase 95% do poder de combate com o qual começou”.

“Não estamos vendo indicações de que ele esteja vindo de outras partes do país para aumentar esse poder de combate”, acrescentou o funcionário. “Esse poder de combate está praticamente intacto, francamente.”

FONTE: US News

- Advertisement -

83 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest

83 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Nilo
Nilo
8 meses atrás

Isso é um mau sinal, esse elevado número de mortes signiffica que pode ter se tornado inviável o uso brando da máquina de guerra russa, é toda a propaganda que o Reino Unido e EUA precisa.
Mas não o suficente para entrarem no conflito a defender suas posições e interesses.

Last edited 8 meses atrás by Nilo
Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Nilo
8 meses atrás

A última frase do texto diz tudo:

“Esse poder de combate está praticamente intacto, francamente.”

Nilo
Nilo
Reply to  Guilherme Poggio
8 meses atrás

levando em consideração a linha do tempo, a perda dos russos é alta, as consequencias para quem esta em campo é reagir de forma desproporporcional, já que, quem tem o maior poder de fogo são os russos, isso é uma insanidade.

Last edited 8 meses atrás by Nilo
Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Nilo
8 meses atrás

Depende do tipo de guerra.
A Guerra do Iraque foi rápida, o terreno favorecia e o inimigo era muito fraco e foi desbaratado.
No Afeganistão foi uma guerra de baixa intensidade.
Já no Vietnã foram quase 60.000 americanos mortos e na Coreia outros cerca de 40.000.
Isso é muito relativo.

Nilo
Nilo
Reply to  Antoniokings
8 meses atrás

Faz a lição de casa completa divide por números de dias de duração de cada guerra já que o conflito Ucrânia Russia ainda conta em dias, aí da pra fazer comparativo

Jacinto
Jacinto
Reply to  Nilo
8 meses atrás

A guerra do Vietnam, para os EUA, foi de 1964 a 1972 – 8 anos = 400 semanas (para facilitar). Dá 150 mortes por semana.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Nilo
8 meses atrás

Prezado.
O impacto inicial da guerra moderna, normalmente, é que causa mais baixas.
Se ou quando a Rússia ocupar a Ucrânia e ficar 20 anos por lá, vc vai dividir 2.000 mortos por 20 anos e vai dizer que foi um passeio no parque.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Antoniokings
8 meses atrás

O impacto inicial da guerra moderna é maior no defensor, não no atacante. O atacante, nesta fase, deveria estar tendo uma vida mais tranquila, já que o defensor deveria estar desorganizado, sem comando e controle e sem comunicações, já que, em tese, estruturas de comando e controle e comunicações deveriam ser alvos prioritários.

Bruno Vinicius
Bruno Vinicius
Reply to  Antoniokings
8 meses atrás

Apenas para complementar o colega acima. Na Guerra da Coréia, em que os EUA tiveram – no seu pico – uma força de 326000 militares presentes no país, morreram, em 3 anos de conflito, 36914 americanos. Ou seja, aproximadamente 236 soldados por semana. Os russos estão perdendo de 4 a 10 vezes mais do que isso em uma guerra onde a assimetria de forças é muito maior do que era na Guerra da Coréia.

Last edited 8 meses atrás by Bruno Vinicius
Ed Sanches
Reply to  Bruno Vinicius
8 meses atrás

Mas quem brigava mesmo na linha de frente não eram os coreanos do sul ? É uma pergunta e não uma afirmação.

Bruno Vinícius
Bruno Vinícius
Reply to  Ed Sanches
8 meses atrás

Ed, lutavam lado a lado e, em várias batalhas, como – por exemplo – o ataque anfíbio a Incheon e a batalha de Taejon, eram a principal ou única força de combate.

Last edited 8 meses atrás by Bruno Vinícius
bruno
bruno
Reply to  Antoniokings
8 meses atrás

Rússia levando surra na Ucrânia. kkkkk Quem diria! kkkk.

paulof
paulof
Reply to  Guilherme Poggio
8 meses atrás

EUA está indo agora encima das reservas russas de ouro, a grande questão é o custo dessa guerra de 12 dias, deve ser mais que Iraque para EUA, ainda mais fazendo uma proporção do tamanho da economia russa.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  paulof
8 meses atrás

Prezado.

Os EUA estão ‘perdidinhos’.

Alecs
Alecs
Reply to  Antoniokings
8 meses atrás

Perdidinha é mente do Tonho da Lua! kkkkkkkkkkkkkkkkkk 1 Rublo russo igual a 0,038 Real brasileiro.

Henrique
Henrique
Reply to  Guilherme Poggio
8 meses atrás

Pois é Poggio, isso em números oficiais… calcula-se que em termos de feridos ou inabilitados somem 40.000 no Iraque e mais de 20.000 no Afeganistão só das forças americanas em ambas as frentes. Para esses a guerra nunca termina pois saem da linha de combate para entrarem em outra guerra que é a reabilitação e re-inclusão na sociedade..

Felipe
Reply to  Guilherme Poggio
8 meses atrás

E contra a Iugoslavia, não chegou nem a fazer intervenção terrestre…

Heinz Guderian
Heinz Guderian
Reply to  Guilherme Poggio
8 meses atrás

Ou seja, em poucos dias de guerra a Rússia já sofreu quase o mesmo número de baixas que os americanos tiveram em anos no Afeganistão, e esse número vai crescer muito mais caso o conflito continue e a Rússia entre em ciddes de grande porte como Kiev, Odessa, Kharkiv…
Vai ser um banho de sangue, imagine a cada esquina um grupo de combate com atirados e armas antitanque…
Espero que não chegue a isso.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Heinz Guderian
8 meses atrás

Pensa assim: entre o numero maior e o menor de mortos a media é 3mil em duas semanas. Isso e 10x mais do que a media dos EUA no Vietnam.

Heinz Guderian
Heinz Guderian
Reply to  Jacinto
8 meses atrás

De fato, obrigado por lembrar, caro Jacinto.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Guilherme Poggio
8 meses atrás

E na guerra do Afeganistão a entao URSS teve uns 15000 mortos em 10 anos…

Last edited 8 meses atrás by Jacinto
Rayan
Rayan
Reply to  Guilherme Poggio
8 meses atrás

Com todo respeito, a comparação não é factível. Na Guerra de 2003, o Iraque estava completamente sancionado e sem capacidade de guerra convencional. Sem suporte de qualquer potência, ao contrário da Ucrânia, abastecida e suprida em bilhões de dólares em armas com material avançado e treinamento constante provido por forças da OTAN . Sem contar que as guerras dos EUA contam com suporte logístico internacional e apoio de coalizões A Rússia não tem o poder econômico nem a capacidade logística até interplanetária dos EUA. Fora que os EUA não se inibem em empregar antes de qualquer combate Urbano seu gigabeeco… Read more »

sergio
sergio
Reply to  Guilherme Poggio
8 meses atrás

Pelos números Ucranianos os Russos já perderam o dobro disso!!!!, e tem gente que acredita, por mais desorganizado que esteja a frente norte, esse numero e irreal.

sergio
sergio
Reply to  sergio
8 meses atrás

isso faz pensar em como esses números foram obtidos, vi uma charge aqui da guerra do golfo, o repórter pergunta para o general americanos ” e ai general quantos foram as baixas hoje , o general responde , Há poe ai 2 duzias dos deles 1/2 duzia dos nossos , há e nada de civis viu ” so sendo piada.

paulotd
paulotd
8 meses atrás

Elevado numero de mortes? Se ele perdeu 2000 combatentes, isso é 1,33% da força estima em 150 mil que ele juntou.

Agressor's
Agressor's
Reply to  paulotd
8 meses atrás

Nas mídias ocidentais a Ucrânia está ganhando a guerra e expulsando os russos. Daqui umas 48 horas as tropas russas já devem estarem se rendendo…. 😀

Last edited 8 meses atrás by Agressor's
rui mendes
rui mendes
Reply to  Agressor's
8 meses atrás

Deve ser um canal novo, não li ou ouvi nenhum mídia ocidental informar que os Ucranianos estão a ganhar a guerra.

Red Pill - 红色药丸
Red Pill - 红色药丸
Reply to  rui mendes
8 meses atrás

CNN, vc não tem internet ?

Bruno Vinicius
Bruno Vinicius
Reply to  paulotd
8 meses atrás

É elevado se comparado a qualquer conflito recente. E vale lembrar que, normalmente, para cada morto, há pelo menos dois feridos, o que significa que a Rússia provavelmente teve algo entre 6 e 12 mil baixas, ou entre 4 e 8% da força inicial.

Last edited 8 meses atrás by Bruno Vinicius
Nilo
Nilo
8 meses atrás

Acabo de ver um vídeo monstruoso como toda a guerra é.
A M#@*&6%, deu inicio, não tem negociação, sem identificação ou bandeira russa no carro de combate, um carro com dois idosos foi brutalmente metralhado, a insanidade de um Bufão negacionista, que acredita até o último cidadão de Kiev que a cavalaria americana e inglesa irá salva-lo.

paulof
paulof
Reply to  Nilo
8 meses atrás

E por que o psicopata de Moscou, Putina, o Ken dos Urais, que joga o país no calote, não recua, afinal dá ré ele entende.

Nilo
Nilo
Reply to  paulof
8 meses atrás

Qual dos psicopatas vc fala escolhe um, o americano, o ingles, o ucraniano, o russo?

Last edited 8 meses atrás by Nilo
Marcos10
Marcos10
Reply to  Nilo
8 meses atrás

Psicopata por hora só tem um, o resto só são frouxos. E outro que você pode chamar do que quiser, não tem muita opção.

Agressor's
Agressor's
Reply to  Marcos10
8 meses atrás

Cara eu simplesmente não entendo como pode alguém ser a favor de facções neonazistas, que promovem atrocidades contra seus próprios compatriotas. Eu fico triste vendo comentários como esse…

Pedro
Pedro
Reply to  Agressor's
8 meses atrás

Pior ver seu comentário acreditando nisso. Como falei outro dia, o partido neonazista teve aproximadamente 2% de votos em toda Ucrânia. E acreditar que promovem atrocidades contra seus próprios compatriotas é pior ainda. É acreditar em um ditador que censura os meios de comunicação abertamente.

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  Pedro
8 meses atrás

Mas quem censura canais de notícia russos são os europeus. Quem boicota discurso russo na ONU são os europeus. E depois acusam a Rússia de não querer negociar. Mas é claro! Quando eles falam vocês saem da sala! Isso se fosse verdade. Você poderia alegar que os países que expulsaram a mídia russa fizeram-no apoiados por leis contra fake news, mas esse argumento vale para os dois lados. De toda forma censurar os meios de comunicação abertamente os dois lados fazem, mas você chama de ditador apenas um deles. Isso diz muito sobre você. Quanto ao partido neonazista 2% de… Read more »

MAB
MAB
Reply to  Agressor's
8 meses atrás

Não é possível, você só pode estar de brincadeira.

Procure por Dmitri Outkine. É o porquinho do Putin quando tem trabalho sujo envolvido.
Então você também acredita em coelho da páscoa, papai noel, saci pererê, etc.

Pela sua lógica, a Russia tem que ser invadida para ser desnazificada também ! Olha um bom argumento.

https://jamestown.org/program/russian-neo-nazis-celebrate-hitlers-birthday-part-one-background/

Last edited 8 meses atrás by MAB
Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  MAB
8 meses atrás

A alegação do Putin é que os neonazistas ucranianos estavam lutando em Donbass e aventaram fazer uma bomba suja. Agora descobriram laboratórios de pesquisa em guerra biológica. E a reiterada aproximação com a OTAN com uma retórica carregada de revanchismo. Essas são as alegações. Que se essas coisas continuassem ele partiria a Ucrânia em duas, e garantiria que a OTAN nunca entrasse lá. Todos os envolvidos trucaram sem acreditar um no outro, e deu nooç que deu, ou mesmo acreditando um no outro buscaram o conflito ativamente por algum motivo escuso que nunca saberemos.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Marcos10
8 meses atrás

Psicopata só tem um, mas chorões tem um monte.
Resigne-se.
O Mundo mudou e os EUA não vão te salvar.

Rogério Loureiro Dhiério
Rogério Loureiro Dhiério
Reply to  Marcos10
8 meses atrás

Por hora?
Sempre teve, tem e o pior, sempre terá.

Tem uns nos EUA, outros na Rússia, já já vc pode colocar na listinha ai um que mora láááááá nas montanhas de Wu Dan, um tal de Ping, e o outro vizinho dele o Pong tb, tudo psicopata.

Essas tal de psicopatia já vem a tempos, pra lá de Nero.

O que vemos hoje na Ucrânia é mais do mesmo.
Mudaram apenas o personagens más o enredo é o mesmo.

Só não acredita quem não quer.

Rogério Loureiro Dhiério
Rogério Loureiro Dhiério
Reply to  Nilo
8 meses atrás

Exatamente.

Maurício.
Maurício.
Reply to  Nilo
8 meses atrás

“que acredita até o último cidadão de Kiev que a cavalaria americana e inglesa irá salva-lo.”

Olha, no início da guerra, ou bem antes da guerra, o presidente ucraniano até poderia pensar que a tal cavalaria americana/inglesa fosse ajudá-lo, mas agora, já com vários dias de guerra, não creio que ele ainda tenha esse pensamento, ele sabe que ele está sozinho nessa guerra, e vamos ser sinceros, o cara ainda continua lá, se fosse outro presidente já tinha “deitado o cabelo”.

Agressor's
Agressor's
Reply to  Nilo
8 meses atrás

Essas facções neonazistas da Ucrânia atuam da mesma forma como os mercenários do Daesh. Usam os civis como escudo humano e depois gritam que bombardearam crianças. A guerra é suja…

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Agressor's
8 meses atrás

Cara tu deve dormir escutando ” Ucranianos são neonazistas, Putin está certo” a noite inteira para fica repetindo isso em todo comentário das publicações sobre a guerra.

Agressor's
Agressor's
Reply to  Wellington Jr
8 meses atrás

Repetir, repetir, repetir, repetir, repetir, repetir, repetir, repetir, repetir, repetir, repetir, repetir, repetir, repetir, repetir, repetir, repetir, repetir, repetir, repetir…

Até entender!

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Agressor's
8 meses atrás

Uma velha tática nazista de propaganda né. Repetir mil vezes para ver se torna verdade.

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  Agressor's
8 meses atrás

O entendimento não vem da repetição, mas das evidências. Aceitação por repetição é propaganda e lavagem cerebral, que tanto russos e chineses quanto americanos e europeus sempre fizeram, mais ou menos abertamente, com maior ou menor aceitação cultural.

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  Wellington Jr
8 meses atrás

Você fala isso porque não concorda com ele. A oitra versão é repetida igualmente e não te vi reclamar. E nem você nem ele podem provar que um dos lados está mentindo, tudo é propaganda de guerra. Só torcida. Ele exagera, junto com o kings, mas do outro lado tem o rui, o bosco, o flanker que também exageram. Então para de chorar porque se os argumentos de um lado se repetem a resposta do outro também se repetirá à exaustão. E os dois lados são de torcedores, alguns mais técnicos nos comentários, outros menos, mas ambos igualmente tendenciosos, com… Read more »

rui mendes
rui mendes
Reply to  Agressor's
8 meses atrás

És a voz do teu dono, já que pensar não faz parte.
Quem ouve todos os mídia credíveis a descrever o que passaram em Kiev e vários sítios da Ucrânia, mas prefere acreditar no que diz um tirano que proíbe os mídia Russos não estatais de existir e os estatais são censurados e ameaçados de prisão, se publicarem algo contra o Kremlin, está tudo dito.

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  rui mendes
8 meses atrás

Mídia credíveis? Está de piada? Toda mídia é comprada e tendenciosa para algum lado. Credível parq um lado não o é para o outro, a depender da torcida. Deve-se averiguar toda mídia credível ou não – pois é subjetivo – e peneirar o que é fato e o que é narrativa ou interpretação. A maioria sucumbe aqui, pois analisa só o que gosta, e confunde fato com interpretação quando esta concorsa com a opinião pessoal ou tendência emocional de quem a consome. E o que o Putin faz com a mídia na Rússia é feito no Ocidente igualmente, a diferença… Read more »

Henrique
Henrique
8 meses atrás

Creio que os russos acreditavam numa incursão ao estilo Georgia depois da demonstração intensa de força nos exercícios na fronteira da Ucrânia mas pelo visto isso serviu para a Ucrânia se preparar para um conflito assimétrico visto que não teria como suportar um confronto direto. Pelo visto queriam um confronto rápido e com poucas baixas, principalmente no lado Ucraniano e talvez isso tenha levado seus militares à exposição e abate prematuro. O número de baixas não deve estar baixo de nenhum lado se considerarmos todos os abates com Javelins, Nlaws etc em cima dos russos e a destruição mostrada nas… Read more »

paulof
paulof
Reply to  Henrique
8 meses atrás

Além disso, eles não acreditavam nas sanções que em 12 dias já fizeram a dívida deles virar lixo, o país está inadimplente e como medida agora proibiram qualquer troca de moeda estrangeira até setembro, no máximo o psicopata de moscou avisa que sanções são declarações de guerra e vem outra paulada, a de congelar as reservas de ouro, é bom eles aceitarem ser uma colônia economia chinesa, por que nem a Alemanha terá condições políticas depois de acabar essa guerra de tentar estreitar laços, Nord Stream 2 ao meu ver está morto.

Henrique
Henrique
Reply to  paulof
8 meses atrás

NS2 de fato será muito difícil de retomar mas mesmo tendo cometido o grave erro de cair na armadilha de invadir a Ucrânia Putin ainda é um grande jogador de xadrez e não podemos duvidar de nada que ele possa fazer pois, para a segurança do mundo, é melhor não ter um cara “com o arsenal nuclear que tem” entrando numa condição de “não ter nada a perder” .. pois pode colocar TODOS a perderem!
Torçamos para que o bom senso retorno à mesa da geopolítica…

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  Henrique
8 meses atrás

Ótimas considerações. Enobrecem o debate.

rui mendes
rui mendes
Reply to  paulof
8 meses atrás

Está mais que morto.

Rogério Loureiro Dhiério
Rogério Loureiro Dhiério
Reply to  Henrique
8 meses atrás

O amigo tocou num ponto sensível ai e que eu acredito ser a maior justificativa da incursão russa não estar sendo tão efetiva.

Guerra Assimétrica.

Eu já comentei minha opinião em outros posts sobre isso.
Os russos ainda estão adquirindo experiência nisso e a Ucrânia está comprovando esse fato.

Os americanos tiveram inúmeras guerras neste perfil, já os russos é a segunda após a Síria.

Hoje em guerra assimétrica os EUA estão muito a frente dos demais países.

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  Rogério Loureiro Dhiério
8 meses atrás

E na Síria não lutaram em terra, só o Wagner.

Agressor's
Agressor's
8 meses atrás

Não sei mais nem em quem acreditar….

Last edited 8 meses atrás by Agressor's
César
Reply to  Agressor's
8 meses atrás

Que tal vc deixar de acreditar no que tu acha que sabe.

MAB
MAB
Reply to  Agressor's
8 meses atrás

Simples, largue as drogas que a lucidez fará o resto!

Agressor's
Agressor's
Reply to  MAB
8 meses atrás

Nunca experimentei esse tipo de coisa, Pato Donald. Voto nulo!

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  Agressor's
8 meses atrás

Acredite nos fatos comprovados. E separe-os das interpretações. Aconteceu X. Isso é um fato. Tentar dizer o motivo, o por quê, a intenção já é partie para interpretação. É aí que fica tendencioso. Fato é fato. Aconteceu x em tal lugar e tal hora e tenho esse vídeo ou áudio ou documento para comprovar. O por quê aconteceu e a intenção dos envolvidos é interpretação. A saída é elencar possíveis motivos e depois possíveis resultados, na maior quantidade possível, e levando em consideração o ponto de vista de todos os envolvidos, gostemos deles ou não. Daí podemos dizer que se… Read more »

Nilo
Nilo
8 meses atrás

A porcaria esta ficando cada vez fora de controle.
Polônia concorda em entregar seus mais de duas dúzias MiG-29 aos EUA, após o qual eles podem seguir para a Ucrânia, saindo da base americana na Alemanha. 
Aproveitem Senhores o calor do sol na pele enquanto podem, saboreiem a cada copo de água, chamaram os cavalheiros do  Apocalipse, já da para ouvir os cascos dos seus cavalos.

Last edited 8 meses atrás by Nilo
Agressor's
Agressor's
Reply to  Nilo
8 meses atrás

A tática da Otan é bem sórdida. Querem forçar a Rússia a se colocar contra os outros países da região para isola-la ainda mais. Enquanto sustentam e munem o conflito por meio desses mesmos países. É o mesmo tipo de tática covarde que grupos terroristas costumam utilizar e que está sendo usada pelas facções neonazistas da Ucrânia, através do uso de civis como escudos humanos…

Last edited 8 meses atrás by Agressor's
Renato Carvalho
Reply to  Agressor's
8 meses atrás

Neo nazista…neo nazista…neo nazista…escudo humano…escudo humano…escudo humano…repetindo aqui pra ver se consigo acreditar, não funcionou.

Rogério
Rogério
Reply to  Nilo
8 meses atrás

Chamaram?? O Putim chamou!

Gobatchov acabou com a URSS e Putim com a Rússia, hilário ver os que pensam que a China vai ajudar a Rússia, vão é reconquistar os territórios perdidos p/ ela ao longo do tempo.

cerberosph
cerberosph
Reply to  Nilo
8 meses atrás

Os EUA deram rė no quibe, não aceitaram os aviões polonesses e disseram o óbvio, que voar com eles da base da Alemanha para a Ucrânia seria visto como uma agressão.

Rogério Loureiro Dhiério
Rogério Loureiro Dhiério
Reply to  Nilo
8 meses atrás

Verdade.

Tb acho que dias mais nebulosos estão por vir.

BrunoFN
BrunoFN
8 meses atrás

N da pra se ter números reais de ”baixas” em dias .. é impossível …e isso vai desde ”falhas” de comunicação .. a propaganda barata ..ate mesmo o ”MIA” serve pra encobrir baixa ”oficial” …vai demorar anos pra se ter a real ”escala” de fatalidades ..mas a coisa ta feia pros 2 lados … principalmente da Ucrania .. quando vc comprova q ”celebridades”’ estão morrendo na linha de frente .. imagina a situação do soldado comum

Last edited 8 meses atrás by BrunoFN
paulotd
paulotd
Reply to  BrunoFN
8 meses atrás

Putin pode perder 50 mil soldados que essa guerra vai continuar, vão por mim. Isso pra Rússia é uma perda baixa, eles tem mais de um milhão na força ativa. Lembrando que a Rússia é uma outra realidade comparada ao mundo ocidental. Eles estão muito mais adaptados a guerra.

Se o mundo ocidental quer acabar com essa guerra, porque tá ruim pra todo mundo, que tire esse imbecil chamado Zelensky.

BrunoFN
BrunoFN
Reply to  paulotd
8 meses atrás

Essa guerra pra Russia ja virou questão de ”sobrevivência”’vão ate o fim …quanto ao ”presidente fantoche” seria uma medida ”paliativa” q agradaria os russos .. e dai poderia surgir um ”caminho” ..Zelensky simplesmente n tem capacidade necessária de ”pensar’ e avaliar a situação da própria Ucrania .. pelo contraio , quer levar ao maximo pra ”cova” e ainda sim ser taxado de ”heroi” (se viver .. vai levar o nobel .. e virar filme ).a imprensa ta adorando o ”personagem” … Ele junto a EUA e RU ., enquanto a UE pede ”calma” os 2 patetas jogam gasolina no fogo… Read more »

rui mendes
rui mendes
Reply to  paulotd
8 meses atrás

Eles estão mais adaptados á guerra????? Puro mito, o que os diferencia, é serem uma ditadura, e é muito mais fácil para um ditador acumular baixas e perdas económicas, do que para o líder de uma democracia, onde a população pode sair para a rua, protestar e até fazendo distúrbios, que as autoridades não podem responder, usando de força excessiva, nas ditaduras é ao contrário e ainda por cima existe um ambiente de medo na população, inclusive de ameaça á sua vida e dos seus familiares. No respeito aos militares, diferencia de país para país é a experiência de combate… Read more »

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  rui mendes
8 meses atrás

Concordo que adestramento, experiência, moral e equipamento são o qie influencia os militares. Quanto a ditadura, é simplório e precipitado dizê-lo sem levar em consideração as leis locais. Aqui no Brasil parte da esquerda acusa a polícia militar de facista e ditatorial quando desbaratam um protesto. Essa narrativa aliada as fotos de policiais atacando a multidão com armas de efeito moral faz parecer aos outros países que a polícia militar é isso mesmo. O que ninguém fala é que no Brasil existem leis que regulamentam os protestos. Essas leis foram acordadas no Congresso Nacional por senadores e deputados de todo… Read more »

Heinz Guderian
Heinz Guderian
8 meses atrás

Eu acredito que o número esteja perto disso mesmo. Uns 2 mil russos, creio que o lado ucraniano tenha mais baixas, por conta dos bombardeios massivos da Rússia, ai nessa conta entra civis e militares.

Heinz Guderian
Heinz Guderian
8 meses atrás

Queria saber porque meus comentários demoram tanto para serem aprovados.
Estou infringindo alguma norma do blog? Na minha opinião, não.
mas caso esteja, tem algum e-mail para contatar o suporte ou alguém responsável por essa parte do blog?
Meus comentários demoram muito para serem liberados, ai fico sempre atrasado nos diálogos.

Rayan
Rayan
8 meses atrás

São ridículas e cada e mais patéticas e cada vez mais sem credibilidade as informações advindas da guerra de informação na Ucrânia. O SBU e as agências de notícias do Governo da Ucrânia , as quais inflam números absurdos de perdas (mais de 12 mil soldados russos mortos, quase 1000 blindados, mais de 90 aeronaves e helicópteros) estão ganhando a guerra de desinformação dentro de um esperado contexto de guerra psicológica para desmoralizar um oponente muito superior. Até para um regime político opressor, as pwrdas que a Ucrânia difunde e a imprensa ocidental propagandeia sem qualquer filtro crítico estão servindo… Read more »

Tutor
Tutor
8 meses atrás

Não se deve acreditar em números divulgados por agora, nem dos russos nem do ucranianos, todos irão mentir.
Após o fim disso disso tudo, a verdade aparecerá. (se ainda estivermos aqui kkkkk)

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
8 meses atrás

Duas perguntas:

Vamos supor que realmente tenham morrido 3.000 russos ( um n° intermediário entre 2.000 e 4.000 ), quantos % isso representa da força de invasão russa?

Alguem arrisca “chutar” qual o n° de militares ucranianos mortos, e qual a % deles em comparação ao n° de militares que a Ucrania tinha antes da guerra?

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
8 meses atrás

10.000 mortos hoje é coisa fácil de se evidenciar, principalmente em sites de gore. A Ucrânia mente por uma simples razão: propaganda para passar a imagem de que podem virar o jogo, e não estão errados. Informação é vital.

Antunes 1980
Antunes 1980
8 meses atrás

Por uma questão doutrinária, a Rússia não se importa com as perdas de equipamentos e dos seus soldados.

Mesmo sabendo da ampla supremacia alemã, a USSR enviou suas tropas diretamente para as linhas inimigas. Ao custo de milhões de soldados, eles saíram vitoriosos.

Hoje Putin age da mesma forma. Sabe que vai vencer, porém não se preocupa com o custo desta conquista.

A União Soviética deve ter produzido mais de 25.000 tanques T-72. Tenho certeza de que na Ucrânia pelo menos 300 já foram eliminados destes 11 dias de combate.

Salim
Salim
Reply to  Antunes 1980
8 meses atrás

Segunda guerra os alemães comeram metade Rússia, só restava isto pra náo acabar. O ruuso náo quer esta guerra, vai começar outra guerra interna russa, governo contra população. Rússia deu tiro no pe. Se tivessem negociado com Ucrânia estariam bem melhor. Agora e aguardar desdobramentos, Ucrânia vai pra guerra assimétrica, ocidente manter pressão. Um péssimo serviço a Russia e aos russos.

MAB
MAB
Reply to  Antunes 1980
8 meses atrás

É o lema dos russos, todos ficam para trás ( ao contrário da contra parte , Ninguém é deixado para trás).

Diversos vídeos de colunas russas destruídas e cheio de corpos a dias, a ponto de mães russas usarem o serviço telefônico do pais invadido para terem notícias dos filhos.

Últimas Notícias

Imagens de uma guerra: míssil anticarro erra o alvo por pouco

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra um ATGM russo passando sobre um carro de combate ucraniano. A...
Parceiro

- Advertisement -
- Advertisement -