quinta-feira, dezembro 1, 2022

Saab RBS 70NG

EUA vão atingir ainda mais a indústria de defesa da Rússia

Destaques

Redação Forças de Defesa
Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

Os Estados Unidos, depois de impor sanções à indústria de defesa da Rússia, estão considerando atingir outros setores envolvidos no esforço de guerra de Moscou na Ucrânia, disse uma autoridade do Departamento do Tesouro dos EUA na terça-feira.

“Estamos planejando atingir setores adicionais que são críticos para a capacidade do Kremlin de operar sua máquina de guerra”, disse o vice-secretário do Tesouro Wally Adeyemo, de acordo com o texto de um discurso que ele deverá fazer no think tank Chatham House em Londres.

O objetivo é “minar a capacidade da Rússia de construir e manter as ferramentas de guerra”, disse ele.

“Além de sancionar empresas em setores que permitem atividades malignas do Kremlin, também planejamos tomar medidas para interromper suas cadeias de suprimentos críticas”, disse Adeyemo.

Washington já tomou várias medidas contra Moscou em resposta à invasão da Ucrânia, incluindo sanções financeiras na semana passada visando a indústria de defesa russa.

Na época, o secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, disse que Washington continuaria a visar empresas que fornecem equipamentos de defesa da Rússia, bem como seus próprios fornecedores.

“Agora que nossas ações enfraqueceram a capacidade da Rússia de usar seus ativos do banco central para sustentar sua economia e financiar a guerra brutal de Putin, vamos concentrar cada vez mais nossos esforços em perseguir indústrias que são críticas para a capacidade da Rússia de projetar poder”, Adeyemo disse.

As sanções adicionais serão tomadas “em coordenação” com outros países também implementando medidas contra Moscou, disse ele.

FONTE: AFP, via Space War

- Advertisement -

152 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest

152 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Nilton L Junior
Nilton L Junior
8 meses atrás

Tem gente consumindo droga no governo americano.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Nilton L Junior
8 meses atrás

Pois é.
Os EUA descobriram como ganhar a 3ª Guerra Mundial.
Aplicar sanções à indústria militar russa.

César
Reply to  Antoniokings
8 meses atrás

Caramba! Vc não para de trolar nem pra ajudar sua mãe a lavar a louça? É muito tempo livre do desocupado.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  César
8 meses atrás

Só vou diminuir (um pouco) quando vc sair.
Combinado?

César
Reply to  Antoniokings
8 meses atrás

Que tal assim: Vc para de ficar o tempo todo à toa, procura um trabalho de verdade e não enche mais os espaços de perfis falsos e trolagens! Combinado?

Maurício.
Maurício.
Reply to  Nilton L Junior
8 meses atrás

E não é qualquer droga, é droga pesada…🤭

Abel
Abel
Reply to  Nilton L Junior
8 meses atrás

Boa noite jornaleiros do causa operária. O partido que não existe mas enche o saco.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Abel
8 meses atrás

Boa noite caro menchevique da causa perdida, nem o saco conseguiram encontrar depois de Outubro.

Abel
Abel
Reply to  Nilton L Junior
8 meses atrás

Nem sei onde é isto de …vique, conheço é ceviche de peixe.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Abel
8 meses atrás

Pois é.
Deveria estudar.

Maurício.
Maurício.
Reply to  Abel
8 meses atrás

Abel, você deve entender bem de partido que não existe…🤭

Abel
Abel
Reply to  Maurício.
8 meses atrás

Sim, Senhor! em pessoas confio. Tá difícil essa coisa de partido. Vejo como a rede de lobby de venda de enlatados pra merenda escolar. Mas vamos em frente. Viva o miojo.

Last edited 8 meses atrás by Abel
Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Maurício.
8 meses atrás

Interessante vídeo da tomada do quartel de Azov em Mariupol.
Muito material nazista, inclusive um exemplar de ‘Mein Kampf’.
Foi capturada uma bandeira com dedicatórias, até em português.

https://southfront.org/wp-content/uploads/2022/03/V4-1.mp4?_=4

MFB
MFB
Reply to  Nilton L Junior
8 meses atrás

Putin foi humilhado por um comediante.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  MFB
8 meses atrás

Humilhação é passar frio na Alemanha em pleno Séc. XXIE depois vem desemprego.

Alemanha avisa que consumidores podem ficar sem energia por não aceitar pagar a Rússia em rublosPaís governado por Olaf Scholz anunciou situação de emergência no fornecimento de gás e pediu redução de consumo

Cenário de emergência alemão prevê cortes de energia para a indústria e paralisação das cadeias produtivas
Fornecimento de gás dará prioridade a residências, hospitais e demais serviços de saúde.

Putin não é fácil.
Vai rachar a Europa ao meio.

Radagast, o Castanho
Radagast, o Castanho
Reply to  Antoniokings
8 meses atrás

Saruman, é vc?

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Radagast, o Castanho
8 meses atrás

Não.
Sauron!
Aquele que tudo olha.
Tudo vê.
Tudo sabe.

SDS

Atirador33
Atirador33
Reply to  Antoniokings
8 meses atrás

Bom dia amigo, na sua opinião quem terá o maior prejuízo, os europeus que passarão por uns 2 ou 3 anos de dificuldades, porém tenho certeza de que conseguiram suprir a fonte de gás da Rússia, compra de gás com entrega por navios próprios para esse tipo de transporte, e até mesmo investir em um gasoduto do oriente médio. Ou a Rússia que tem reservas gigantescas porém terão dificuldades de vende-las, países próximos da Rússia não tem demanda industrial forte para o gás. Para enviar para a China não seria tão fácil, barato e rápido, pela distancia, pela matriz chinesa… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Atirador33
8 meses atrás

Em 2 ou 3 anos a Rússia terá outros para quem fornecer.
Devemos lembrar que grande parte do mercado de combustíveis está em processo de substituição.
Desse modo, quem tiver melhores preços e condições de entrega, vai levar vantagem.
E é o caso da Rússia que tem o maior consumidor de energia do Mundo ao seu lado e tem preços atrativos e do Oriente Médio que tem os melhores preços e é relativamente próximo do Extremo Oriente.
No final, pode ser que eu me enganem mas a Europa será de longe a maior prejudicada.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Atirador33
8 meses atrás

Interessante artigo do SouthFront
Sanctions could hurt the West’s middle class more than Russia, warns german economist.
https://southfront.org/sanctions-could-hurt-the-wests-middle-class-more-so-than-russia-warns-german-economist/

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Antoniokings
8 meses atrás

Pois é o maior cego são os que usam chapéu de alumínio ou sera de nióbio.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  MFB
8 meses atrás

É foi mesmo, alias os Russos estão apanhando, as cidades Russas então arrasada, cercada sem comida, sem água, isso sim é humilhação, pagamento de venda de gás em rublo, uma boa parte da Russia ocupada, realmente baita humilhação.
Continue com seu chapeu de alumínio assim não vai perder a capacidade de ser criativo.

Daniel
Daniel
Reply to  MFB
8 meses atrás

Mas quem tá sendo bombardeada e destruída e obrigada a aceitar as condiações da Rússia não é a Ucrânia?

Teropode
Reply to  Nilton L Junior
8 meses atrás

Vc deveria respeitar mais quem impediu a aniquilação da Ucrânia ,

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Teropode
8 meses atrás

Impediu?

Realista
Realista
8 meses atrás

Tá precisando atingir eles mesmo até porque eles já tem hipersonicos e vocês não.

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  Realista
8 meses atrás

Qualquer ICBM e’ hypersonico, portanto os EUA tem missil hipersonico desde os anos 50.

O Space Shuttle era hypersonico, chegando a alcancar velocidades de quase 20 vezes a velocidade do som.

Last edited 8 meses atrás by Tadeu Mendes
Peter Nine Nine
Peter Nine Nine
Reply to  Tadeu Mendes
8 meses atrás

Deixa os estar, eles também acreditavam que a Ucrania nada faria com uns poucos misseis anti tanque, tamanha era a força russa e olha no que deu.

Slow
Slow
Reply to  Tadeu Mendes
8 meses atrás

Caramba até que enfim você falou algo de útil, mas tirando os ICBM …

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Tadeu Mendes
8 meses atrás

Prezado Tadeu.

Até a pedra que eu joguei no lago é hipersônica.
Quero ver é desviar das defesas inimigas e atingir o alvo a milhares de km de distância.

SDS

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Antoniokings
8 meses atrás

Exatamente algo que a Russia não tá conseguindo fazer e o AGM-158C LRASM consegue? legal

Antoniokings
Antoniokings
8 meses atrás

Sonho meu!
Sonho meu!

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
8 meses atrás

A Russia e’ muito dependente da tecnologia de ponta; projetada e fabricada no Ocidente, em especial as de proscedencia americana.

A necessidade dos russos de importarem microchips, softwares para design, softwares para manufatura e softwares para gerenciamento os coloca em uma situacao muito critica.

Ja comecaram a faltar pecas de reposicao para os avioes da Boeing e Airbus que operam dentro da Russia.

Essa “guerra”; melhor dizendo: esse genocidio contra a Ucrania, ha mostrado , e muito , o lado desconhecido das deficiencias russas em varios setores, incluindo os da Defesa.

Last edited 8 meses atrás by Tadeu Mendes
user86
user86
Reply to  Tadeu Mendes
8 meses atrás

Pode crer que boa parte dos chips de ponta são taiwan/TMSC, só um embargo aí há é problemático!

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  user86
8 meses atrás

Eu quero é um desses na minha garagem.

Acabou de ser lançado.
Elétrico com alcance de 1.000 km.
Genuinamente chinês.
Primeiras unidades distribuídas para os funcionários.
Ah! esses escravos chineses.

comment image

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Tadeu Mendes
8 meses atrás

Tadeu e seu prozac vencido, diz ai Tadeu quem não tem tecnologia de ponta manda foguete pro espaço e arma hipersônica?

Teropode
Reply to  Nilton L Junior
8 meses atrás

Manda , desde que tenham grana para comprar Chips e motores !

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Teropode
8 meses atrás

Então, a China está ‘de boas’.

China produz 29,9 bilhões de chips em maio de 2021 e bate recorde mundialNo total, país já fabricou 140 bilhões de chips apenas neste ano

Teropode
Reply to  Antoniokings
8 meses atrás

Ohhhhhhh , vc é jenio 😂

100nick-Elã
100nick-Elã
Reply to  Teropode
8 meses atrás

Vc faltou às aulas de português…é gênio, não jenio….não sabe português, mas acha que sabe geopolítica…kkkk

Mauro Cambuquira
Reply to  Teropode
8 meses atrás

Motores? Uai? Eu achava que eles fabricavam e mandavam para o EUA e não o contrário…

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Mauro Cambuquira
8 meses atrás

Pois é.
O foguete que eles mandaram a Marte deve ser um Ford retificado na oficina do Zezinho.

kkkkkkk

Teropode
Reply to  Mauro Cambuquira
8 meses atrás

A eletrônica dos motores são importadas , pesquise aí cara 👍

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Teropode
8 meses atrás

Ta bom amigo, os Russos são dependentes de motores para lançar suas Soyuz e não produzem nenhum componentes eletrônicos, não tem fábrica de semi condutores, eles usam carvão.

Teropode
Reply to  Nilton L Junior
8 meses atrás

Eu poderia te explicar mas vc não entenderia , então continue achando que motores são apenas as carcaças e tubos ….

Canarinho
Canarinho
Reply to  Tadeu Mendes
8 meses atrás

Com todo respeito Tadeu, mas talvez voce os desconheca por aqui. Software? Para cada cae, cfd,cad ou seja la ferramenta de engenharia que for usar, voce encontra uma analogo a um Russo ou open source referente as de origem de empresas ocidentais, iguais ou melhor em qualidade.

Filipe
Filipe
8 meses atrás

Como se a indústria de defesa Russa importasse muitos componentes ocidentais, plmds. A Rússia no âmbito militar fábrica de tudo, é referência em certas áreas.

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Filipe
8 meses atrás

importa o suficiente para que sanções sejam um grande problema

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Victor Filipe
8 meses atrás

Empresas chinesas veem na Rússia “uma terra de oportunidades” após o êxodo em massa de empresas ocidentais.

Alguns empresários na China dizem que encontraram “um mercado enorme” para suas marcas.

A China é o maior parceiro comercial da Rússia há 12 anos consecutivos, com comércio bilateral superior a 147 bilhões de dólares no ano passado, 35,9% a mais que em 2020, segundo dados oficiais de Pequim.

Vai por mim.
Quem vai sair perdendo nessa história é a Europa Ocidental.

Reinaldo Deprera
Reinaldo Deprera
Reply to  Filipe
8 meses atrás

Como se a indústria de defesa Russa importasse muitos componentes ocidentais Só para começar: todos os semicondutores russos são importados ou do EUA, ou da Europa, ou de empresas que fabricam tecnologia de empresas do EUA sob licença no sudeste asiático praticamente 95% dos softwares (por baixo) dos sistemas de armas russos utilizam tecnologia criada por norte-americanos. Independente de serem (muito gentilmente para o mundo) open-source ou não, por si só já criam um certo tipo de dependência visto que profissionais russos que trabalham com tais tecnologias não serão bem vindo no meio e ficarão muitas vezes resignados à forks… Read more »

Last edited 8 meses atrás by Reinaldo Deprera
Oráculo
Oráculo
Reply to  Reinaldo Deprera
8 meses atrás

Nunca li tanta bobagem sendo escrita como se fosse verdade absoluta. Entendam a nova realidade mundial. Acabou-se a dependência dos EUA e da Europa. E isso aconteceu bem antes da Guerra da Ucrânia. Tudo o que a Russia precisar de tecnologia que eles ainda não dominam para manter sua indústria militar funcionando, a China venderá para eles. A China é hoje a grande potência tecnológica do planeta. E com essa guerra “jogando no colo” deles a Rússia e todos os seus aliados, os Chineses vão crescer ainda mais nesse segmento. E o que dizer dessa parte do texto: “profissionais russos… Read more »

Canarinho
Canarinho
Reply to  Oráculo
8 meses atrás

Oráculo o negocio ta feio aqui se for ver as afirmações dos ”entendidos”. So nao ta pior que a seção de comentários de ”hoje no mundo militar”

Reinaldo Deprera
Reinaldo Deprera
Reply to  Oráculo
8 meses atrás

Quem desenvolve software e está lendo meu comentário entendeu muito bem o que eu disse e certamente irá concordar. Já você, está cego. Tudo o que a Russia precisar de tecnologia que eles ainda não dominam para manter sua indústria militar funcionando, a China venderá para eles. A China não cria, ela copia. Ela é uma fábrica do control+c + control+v. Ela não tem condições de fornecer tecnologia de ponta de software e de semicondutores. A China é hoje a grande potência tecnológica do planeta. A China não faz processadores melhores do que aqueles usados pelo IBM Aptiva de 1992!… Read more »

Reinaldo Deprera
Reinaldo Deprera
Reply to  Oráculo
8 meses atrás

Já ia esquecendo de responder essa aqui: Então os caras não vão contratar o melhor profissional existente se ele for russo? E quem é que disse isso? Quando disse? … profissionais russos que trabalham com tais tecnologias não serão bem vindos no meio … Estava me referindo à participação e colaboração no desenvolvimento de projetos de software, inclusive os open source. Infelizmente vai rolar uma descriminação contra os programadores russos ou não haverá convívio entre eles e os ucranianos. Vou ser mais específico. Por baixo, 98% dos softwares de sistemas de armas russos são criados usando as linguagens ADA, C… Read more »

Last edited 8 meses atrás by Reinaldo Deprera
Hcosta
Hcosta
Reply to  Filipe
8 meses atrás

A indústria automóvel mundial parou por causa de chips.

A cadeia de abastecimento certamente é muito grande e poderão não ter acesso direto a muitos componentes. E ainda tem outros fatores como a capacidade de produção, de stocks, mão de obra qualificada, financiamento, etc…

Abel
Abel
Reply to  Hcosta
8 meses atrás

Sugiro ver o futuro analógico!
https://youtu.be/qNtxODk_Lmk

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Hcosta
8 meses atrás

Sugiro que leia os artigos de novas tecnologias.
A RISC-V já é cansativo de explicar.
Hoje, foi anunciado que a Huawei está está utilizando a tecnologia de ‘empilhamento de chips.
O que seria isso?
Vc combina chips de mais nm com o mesmo efeito prático dos de menor tamanho.
Apenas com um pequeno aumento de consumo e aquecimento.
Com isso, não são necessárias as máquinas de ultra-violeta extremo.
Não é preciso dizer que os chineses vão detonar grande parte do mercado mundial de eletrônicos, né?

Huawei confirma tecnologia de empilhamento de chips pela primeira vez
https://www.tudocelular.com/tech/noticias/n188016/huawei-nova-tecnologia-empilhamento-chips.html

Reinaldo Deprera
Reinaldo Deprera
Reply to  Antoniokings
8 meses atrás

Você sabe como surgiu a Huawei?

Vou resumir a Huawei para você:
O exército chinês criou uma empresa para receber engenharia reversa de roteadores CISCO. Assim surgiu a Huawei.

Passados quase 30 anos e no código-fonte dos roteadores Huawei ainda vemos muito do original CISCO.

Bruno
Bruno
Reply to  Reinaldo Deprera
8 meses atrás

Parabéns ao chineses, então. Que sirva de exemplo aos que desejam se desenvolver.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Reinaldo Deprera
8 meses atrás

Tô nem aí.
Eu quero produto bom e barato.

Lucas
Lucas
Reply to  Reinaldo Deprera
8 meses atrás

A Huawei é a grande pedra no sapato tecnológico ocidental.
De uma empresa de engenharia reversa, se tornou uma potência global.

E não está sozinha, os Chineses avançam nessa área de uma forma nunca vista.

Em 10 anos marcas tradicionais serão substituídas por marcas Chinesas em grande parte desse planeta.

Reinaldo Deprera
Reinaldo Deprera
Reply to  Lucas
8 meses atrás

Sem dúvidas.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Antoniokings
8 meses atrás

Novas tecnologias são a solução para tudo mas é só para o ano e repetem a mesma história todos os anos.
Ter a teoria é uma coisa, outra coisa é a sua implementação e a produção numa escala industrial, principalmente se quiserem controlar toda a cadeia de fornecimento.
Duvido muito que tenham os recursos financeiros, humanos, tempo e até mesmo de matéria prima para ter uma produção de armas totalmente independente e viável.

E como a produção de chips pela Huawei tem alguma coisa a ver com a produção independente da Rússia?

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Hcosta
8 meses atrás

‘E como a produção de chips pela Huawei tem alguma coisa a ver com a produção independente da Rússia?’

Se vc não sabe sobre esse assunto, então é melhor nem começar a discutir.
Sem ofensas, ok?

Hcosta
Hcosta
Reply to  Antoniokings
8 meses atrás

Então a questão da produção e desenvolvimento interno já não tem relevância.
Se for uma simples troca de fornecedor continuarão a ter as mesmas limitações na sua economia.

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  Filipe
8 meses atrás

Chips?

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Carlos Gallani
8 meses atrás

Qual é o plural de Chip, não vai dizer que é xips né

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  Nilton L Junior
8 meses atrás

Em ingles é chips mesmos, te incomoda misturar os idiomas?

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Carlos Gallani
8 meses atrás

Não gosta de ironia né.

Teropode
Reply to  Nilton L Junior
8 meses atrás

Interessante , é só tomar uma invertida que passam falar que foi ironia e blá blá blá …….e

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  Nilton L Junior
8 meses atrás

Eu chamo de outra coisa mas cada um passa como pode, seja no credito ou no débito!

Palpiteiro
Palpiteiro
Reply to  Filipe
8 meses atrás

Você pode nos informar do que eles são referencia atualmente?

Palpiteiro
Palpiteiro
Reply to  Filipe
8 meses atrás

Ultimamente tem importado até ferramentais e máquinas para a montagem aeronáutica de empresas ocidentais. Acabou o suporte das empresas fornecedoras com as sansões.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Palpiteiro
8 meses atrás

Esqueça isso, camarada.
Provavelmente importava porque tinha alguma vantagem comparativa
Talvez preço.
A Rússia estava inserida na economia ocidental de uma maneira que não a favorecia.
Ontem eu li que a rede de supermercados francesa Auchan quer continuar na Rússia.
Não vejo sentido em russos darem lucros a comerciantes franceses.
Agora, a realidade será bem diferente.
Grandes empresas ocidentais perderão esse mercado.
E certamente a Rússia influenciará outros países periféricos seus.
Devo lembar do caso da asa de fibra de MC-21.
Os americanos boicotaram e em menos de seis meses os lançaram a deles.

EduardoSP
EduardoSP
Reply to  Antoniokings
8 meses atrás

Em 6 meses lançaram e levaram 3a 4 anos para certificarem.
Ainda estão tentando colocar em produção em escala comercial, 5/6 anos após lançarem.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Palpiteiro
8 meses atrás

E outros exemplos como postos Shell, carros da Ford, smartphones da Samsung.
Tudo tem substituto e até melhores.
Sujeito sair de casa para comprar da Ford no Século XXI é brincadeira.
E os russos, dando dinheiro para os americanos.
Agora isso acabou.

Teropode
Reply to  Antoniokings
8 meses atrás

Jenio !!!

Adriano Madureira
Adriano Madureira
8 meses atrás

“Além de sancionar empresas em setores que permitem atividades malignas do Kremlin, também planejamos tomar medidas para interromper suas cadeias de suprimentos críticas”, disse Adeyemo”.

“Atividades malignas”…

comment image

Comparado com os americanos e seus asseclas, as “atividades malígnas” dos russos são um Bullying perto do modus operandi da liga da justiça.

Rogério Loureiro Dhiério
Rogério Loureiro Dhiério
Reply to  Adriano Madureira
8 meses atrás

Vidas Ucranianas importam. Como disse o Biden, o Putin está acertando hospitais, privando os papais de viverem com seus filinhos, destruindo famaílias.

Más…..

Vidas árabes, os papais e os filinhos, os habibs não importam.
Afinal, Iraque, Síria, Líbia etc são apenas um mero detalhe que não vale a pena atrelar ás ações malignas dos EUA.

Marcos10
Marcos10
Reply to  Rogério Loureiro Dhiério
8 meses atrás

Pela lógica reversa você justifica os EUA.

Luiz Alberto Pollom
Luiz Alberto Pollom
Reply to  Rogério Loureiro Dhiério
8 meses atrás

Iêmen, Somália Iraque, Afeganistão e mais uma porção de países não importam.
Apenas os mercenários ucranianos matando ucranianos, isso é que eu acho que importa para esses hipócritas que promovem guerra e destruição na casa dos outros, e, posam de bonzinhos

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Adriano Madureira
8 meses atrás

É que a indústria de defesa da RF é maligna do mal o complexo industrial bélico dos EUA é maligno do bem.

Last edited 8 meses atrás by Nilton L Junior
Rayan
Rayan
8 meses atrás

Não quero polemizar, mas a Rússia desde 2014 empreendeu um programa de substituição de importações significativo, sendo bem sucedido em várias áreas e outras nem tanto. Os grandes gargalos da indústria de defesa russa residem na produção de motores para navios de superfície (tiveram que importar da China para continuidade de certos programas, com resultados decepcionantes, face a deplorável qualidade do material chinês) e microcircuitos para sensores e aviônicos. Um estudo de 2019 , em russo inclusive, frisou que a indústria de defesa russa é autosuficiente em apenas 43% de chips e microcircuitos para seus amplos sistemas de armas, dependendo… Read more »

Nilo
Nilo
Reply to  Rayan
8 meses atrás

Excelente. os 43 porcento de Chips importado os embargos é suficiente para parar a máquina de guerra russa no conflito da Ucrânia? Não. 150 mil homens e força bruta mas alguns pontos que ainda restao para ataque de precisão.

Rayan
Rayan
Reply to  Nilo
8 meses atrás

No caso a produção própria é de 43% de componentes relacionados à microeletrônica. O restante importado. Os embargos irão gerar enorme desafio tecnológico e industrial, é fato.

Nilo
Nilo
Reply to  Rayan
8 meses atrás

obrigado pela correção 57% importado.

Wellington jr
Wellington jr
Reply to  Nilo
8 meses atrás

No caso eles são dependentes de 57% dos Chips e microchips, componentes essenciais para misseis e armas de precisão. Esse bloqueio vai reduzir o uso de mísseis e forçar o uso continuo de armamento burro ( sem precisão) tornando a guerra mais violenta e forçando os caças e armamentos russos chegarem mais próximos a defesas Ucranianas. Imagine numa amplitude se cada 100 Chips e microchips 57 é importado e esse abastecimento é cessado. Então sobram 43, se cada míssel usar 1 chip ( hipótese otimizadora pois sabemos que vai pelo menos os 43 chips e microchips em 1 míssel, mas… Read more »

Nilo
Nilo
Reply to  Wellington jr
8 meses atrás

Muito bem senhor Jr., Para uma sociedade que está acostumada a conflitos, embargos, e tem noção clara de que é preciso para ter soberania, passa a ser os defeitos apontados, um objetivo a ser alcançado, uma luta pela busca de soluções, ruim é quando a sociedade se acostuma a passividade, a Rússia tem histórico de superação nas mas difíceis condições, a última, saiu de uma condição econômica terrível, essa é só mais uma entre várias a ser superada. Não temos, Nada de relevante a apresentar ao mundo na área de matemática física, química, literatura, ninguém com prêmio Nobel. Assim como… Read more »

Last edited 8 meses atrás by Nilo
Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Nilo
8 meses atrás

Já briguei uma vez na faculdade de ciências da computação com um petista devido a ele defender a dependência da China e da importação de tecnologia. Aleguei que se um país não quer ser escravo de outro tem de investir em seu auto suficiente em pelo menos 60% de tudo que é necessário para manter o país funcionando. Assim pode tomar decisões e ações independente da pressão externa. Depender da China não significa se libertar dos EUA, significa que só mudou o cara que segura a coleira. Eu tenho comigo hoje a plena convicção de que o povo que elegeu… Read more »

Nilo
Nilo
Reply to  Wellington Jr
8 meses atrás

Vai trocar a China pelo EUA rsrsrera isso que EUA não queria rsrrsrs para de comer milho JR.

Last edited 8 meses atrás by Nilo
Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Nilo
8 meses atrás

De tudo que foi falado você só focou em EUA e China, parabéns você só mostrou que o motivo do país ser uma merda é que o brasileiro tem a mente menor que a da galinha, não importa se vão te abater no final desde que seja o dono que você escolheu. Amigão acorda estou falando da dependência do Brasil do mercado externo, não somos jogadores, somos peões. Descartáveis!

Nilo
Nilo
Reply to  Wellington Jr
8 meses atrás

É Isso Aí Jr.

Heinz Guderian
Heinz Guderian
Reply to  Wellington Jr
8 meses atrás

Grande Enéias, era considerado uma chacota,
hoje vejo como o povo errou, até meu pai fala isso.
Tudo que ele falava, no fim, ele estava corretíssimo.

Nilo
Nilo
Reply to  Heinz Guderian
8 meses atrás

Se tivesse vivo ainda estariam fazendo chacota dele, a aparência para o brasileiro conta na hora de votar, a imprensa adorava ridiculariza-lo.

Last edited 8 meses atrás by Nilo
Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Heinz Guderian
8 meses atrás

Se lá atrás estivéssemos escolhido ele ao invés do socialista Fabiano hoje poderíamos estar colhendo frutos de um país moderno e soberano. Talvez fazendo frente ao modelo chinês, não porque teriamos um grande mercado, mas porque teriamos mão de obra qualificada e barata. Além de claro bombas Atômicas que resolveria qualquer ameaça de invasão ao território nosso para nos obrigar a seguir algum programa internacional que lesaria nosso país.

Rayan
Rayan
Reply to  Wellington Jr
8 meses atrás

Você disse algo fundamental para o desenvolvimento sustentável de qualquer Estado – Nação: soberania tecnologica em várias etapas manufatureiras.

Aqui no Brasil temos orgulho de sermos a “potência agro”, exportando 80% em produtos básicos de baixo valor agregado.

Até o Irã e a Bielorrússia têm mais investimento em pesquisa e desenvolvimento que o Brasil em termos proporcionais.

WSilva
WSilva
Reply to  Rayan
8 meses atrás

Seria interessante você divulgar a fonte, de preferência primária.

Rayan
Rayan
Reply to  WSilva
8 meses atrás

Relacionei acima vários estudos

Rayan
Rayan
Reply to  Rayan
8 meses atrás

Seguem links que expõem as necessidades industriais russas de componentes microeletrônicos e afins de importação do Ocidente:

https://www.eurekalert.org/news-releases/591637

https://www.internetgovernance.org/2021/10/19/made-in-russia-making-sense-of-the-kremlins-ict-import-substitution-program/

https://www.shephardmedia.com/privacy-policy/

https://nationalinterest.org/blog/buzz/russia%E2%80%99s-military-admits-it-needs-western-technology-70916

https://www.gisreportsonline.com/r/import-substitution/

Este último estudo revela os desafios estruturais da própria economia russa no desenvolvimento do programa de substituição de importações como um todo.

WSilva
WSilva
Reply to  Rayan
8 meses atrás

Fontes alimentadas pela elite anglo-saxã….embora seja sabido que a Rússia depende de algumas tecnologias ocidentais, porém essa dependência foi criada pelo mercado e não pela incapacidade russa de produzi-las. Com tempo e investimento tudo pode ser substituído e será, necessidade acelera progresso.

Os russos não estão nessa sozinhos.

Abel
Abel
Reply to  WSilva
8 meses atrás

Se a Leroy Merlin fechar acabou! rss mas os franceses não tão nem aí pra sanções antes das eleições.

Rayan
Rayan
Reply to  WSilva
8 meses atrás

Por favor… até autoridades russas reconhecem esse desafio!! Em outros debates fui atacado como “Putinete” ao trazer críticas à narrativa ucraniana e ocidental do cotidiano da guerra, agora por expor uma situação factual com vários estudos me tornei agente ocidental pró americano? Difícil essa polarização cega e totalmente emocional que domina o site dentre parte de seus participantes…

Nilo
Nilo
Reply to  Rayan
8 meses atrás

A turminha do miojo.

Oráculo
Oráculo
Reply to  Rayan
8 meses atrás

O primeiro passo russo será substituir toda a importação ocidental por material Chinês.

Como você escreveu abaixo, vão mudar o “dono da coleira” da qual dependem.
Mas não será um problema que vão enfrentar a curto prazo.
É certo que vão optar por um projeto a longo prazo para se tornarem autossuficientes.

E eu não canso de falar.
Acabando a Guerra, em 2 anos ninguém mais fala da Guerra da Ucrânia.
Muito das empresas que saíram da Russia vão voltar correndo, fingindo que nada aconteceu.

Last edited 8 meses atrás by Oráculo
pedro
pedro
8 meses atrás

Se forem sansões iguais as que fizeram com a economia a tendência será a indústria bélica russa………se fortalecer! Praticamente 100% dos componentes para seu uso proprio é construido internamente ou na China ou India. Logo, esse tipo de sansão é inócua.

Rayan
Rayan
Reply to  pedro
8 meses atrás

Para melhor contextualizar, recomendo meu comentário acima, pois estudo de 2019 expôs que a Rússia é autosuficiente em 43% de suas necessidades de chips e microcircuitos para seus sistemas de armas. Desde 2014 com os conflitos na Ucrânia, a Rússia ficou sem o fornecimento de motores e peças sobressalentes produzidos na Ucrânia (que entrou em colapso)

Abel
Abel
Reply to  Rayan
8 meses atrás

Talvez compram através da Índia, china não daria tanta coisas aos russos não.

Rayan
Rayan
Reply to  Abel
8 meses atrás

É uma possibilidade. Sançôes comerciais são passíveis de burla através de engrenagens financeiras similares a esquemas de lavagem de dinheiro, ainda que em custo aumentado e para interesses específicos de programas governamentais. Vide o Irã, Paquistão e a própria China nos anos 90 (quando sofreu pesadas sançôes pós massacre da Praça de Tiamanen).

Max
Max
Reply to  pedro
8 meses atrás

Más no curto prazo pode funcionar.

Zezão
Zezão
8 meses atrás

A anexação da Crimeia foi um grande golpe na indústria militar russa. Como admitiu o próprio ministro da indústria de Sverdlovsk Oblast, Sergey Perestorin, as fábricas de Ural, incluindo as produtoras de tanques, começaram a ter problemas com o fornecimento de componentes imediatamente após 2014. Tanto é verdade que o tanque Armata nunca foram produzidos em massa, isso é fato! A produção em massa deveria começar em 2015, mas estamos em 2022 e ainda não começou, foi por causa das sanções. Importação de componentes eletrônicos, importação de transmissões, tudo foi encharcado depois da Crimeia (pra quem duvida, leia a matéria:… Read more »

FOzaVfIUcAgA7D-.jpg
Marcos10
Marcos10
Reply to  Zezão
8 meses atrás

Fato!
O pessoal acha que é só fabricar a peça. Não! A máquina a que produz a peça também precisa de componentes que são trocados periodicamente.

Abel
Abel
Reply to  Zezão
8 meses atrás

Mas o lobby é reformar tanque velho e dar emprego pra analfabeto. Daí tiram a rachadinha em moscow

SteelWing
Reply to  Zezão
8 meses atrás

Como eu disse no outro post, eis as “maravilhas” de ter acreditado nas promessas do Ocidente no final dos anos 80. Gorbatchev achava que iria transformar o leste europeu, urss incluído, no Ocidente. Os ocidentais deram até um nobel à ele por isso…Mas estes nunca os aceitaram de fato, tanto que a própria Ucrânia nunca foi aceita na União Europeia, Turquia também. A Rússia Largou mão de uma economia independente para ter uma economia “integrada” com o ocidente, ” globalizada”. Resultado: economia sujeita à sanções e mercê do ocidente e que reduziu sua Indústria drasticamente e o padrão de vida… Read more »

Rayan
Rayan
Reply to  Zezão
8 meses atrás

Boa análise. Corrobora meu comentário acima, acerca da dependência da Rússia em importar componentes relacionados à microeletrônica e cibernetica para seus sistemas de armas.

Zezão
Zezão
Reply to  Rayan
8 meses atrás

Obrigado Rayan,
Fiz uma análise mais completa em outro comentário, mas parece que fui censurado…
Abs.

Rayan
Rayan
Reply to  Zezão
8 meses atrás

Ademais, tudo que você falou sobre o T-14 Armata é pertinente. Até agora produziram meros 100 exemplares, por ser muito custoso e ter muitos componentes importados em relação aos sensores e sistemas computadorizados embarcados. Preferiram focar em um amplo programa de construção/revitalização de T-72, versão B3 com blindagem reativa e melhoria da posição do tanque de combustível para assegurar sobrevivência em campo de batalha. Estranhamente, talvez por serem em torno de 2000 no total de inventário do Exército, empregaram poucos T-72B3 na Guerra da Ucrânia , focando no uso de blindados leves e versões mais antigas do T-72 e do… Read more »

Thiago A.
Thiago A.
Reply to  Zezão
8 meses atrás

Apreciei muito seu contributo( e do “Rayan” ) ao debate .
Zezão, você poderia compartilhar o link/s onde obteve essas informações? Gostaria de aprofundar o tema .
Abs

Last edited 8 meses atrás by Thiago A.
Jacinto
Jacinto
Reply to  Zezão
8 meses atrás

Sob certos aspectos, as coisas já eram assim na URSS. Os soviéticos, por exemplo, não detinham tecnologia siderúrgica para usinar as hélices dos submarinos com a precisão necessária para evitar cavitação. Eles obtiveram esta tecnologia e o o maquinário necessário do Japão (toshiba) e da Suecia (kongsberg).

Rayan
Rayan
Reply to  Jacinto
8 meses atrás

Obrigado pela contribuição. Não sabia disso. Os submarinos da classe Oscar eram bem ruidosos

Abel
Abel
8 meses atrás

Hora de dar emprego a russos e ucranianos. Mas Brasília não ajuda. Tá feio a coisa.

Victor Filipe
Victor Filipe
8 meses atrás

Pra quem acha que as sanções não são grande coisa, a maior fabrica de tanks na Russia (Uralvagonzavod) parou a produção de MBTs justamente por causa dela, ficou sem componentes sensíveis que a Russia não tem, para continuar a produção

https://fortune.com/2022/03/22/russian-tank-manufacturer-sanctions-ukraine-war/

Pablo Maroka
Pablo Maroka
8 meses atrás

Duvido nada daqui uma decada russia comprando caças chineses

Last edited 8 meses atrás by Pablo Maroka
Adriano Madureira
Adriano Madureira
Reply to  Pablo Maroka
8 meses atrás

E qual o demérito nisso?! Os chineses sempre compraram equipamentos russos, por quê seria algo humilhante os russos comprarem de Pequim?

Os chineses tem muitos produtos para oferecer a Moscou, e para um país que necessita de mais navios em sua marinha, seria uma parceria comercial oportuna.

comment image

comment image

comment image

Até aeronaves como o J-31 poderia ser negociado…

comment image

paulof
paulof
Reply to  Pablo Maroka
8 meses atrás

que eles (China) vão abocanhar parte do mercado de vendas militares dos EUA e Rússia me parece óbvio, mas eles devem ficar com partes e peças aumentando a dependência da Rùssia com eles, RUssos vendem commodities, e China produtos industrializados.

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  paulof
8 meses atrás

Produtos industrializados de baixa qualidade e confiabilidade.

Rogério Loureiro Dhiério
Rogério Loureiro Dhiério
8 meses atrás

Realmente os caras mandam no mundo.

user86
user86
Reply to  Abel
8 meses atrás

Eu não acredito em meio termo no uso de armas nucleares, talvez faça sentido!

L G
L G
8 meses atrás

Continua o jogo o ataque a Kiev foi um check no rei. Para dizer estamos com o seu rei na Mira. Enquanto isso a Rússia vai conquistar o que ela realmente quer nesse momento Dombas, mariopol e província acima da Criméia. Fazendo um corredor por terra entre a Rússia e a Criméia. Ano que vem os russos avançam mais um pouco. Vamos aguardar.

Vitor
Vitor
8 meses atrás

Falta crédito da fonte… Agência de notícias ” AFP” aciona o filtro aos desavisados para não ficar preso o que não existe.

Nemo
Nemo
Reply to  Vitor
8 meses atrás

AFP é a Agence France-Presse.

Mgtow
Mgtow
8 meses atrás

Bravateiros canalh@s
É única coisa que são capazes de fazer. .. bravatas e mais bravatas
No caso da Ucrânia não há mais o que fazer.
Perderam playboy

Abel
Abel
Reply to  Mgtow
8 meses atrás

Quem perdeu? O povo da Ucrânia sim. Tá.em abrigos lá e na Europa.

Last edited 8 meses atrás by Abel
Fabricio Lustosa
Fabricio Lustosa
8 meses atrás

Tudo isso sendo posto em prática o resultado a longo prazo vai ser uma Rússia totalmente independente em sua produção militar ou com parcerias com países da Ásia, principalmente China e Índia, que estão cagando para essas sanções.

Nilo
Nilo
Reply to  Fabricio Lustosa
8 meses atrás

Essa turma do miojo só consegue enxergam um a frente do nariz.

Last edited 8 meses atrás by Nilo
Nilo
Nilo
Reply to  Abel
8 meses atrás

Esse Brasil, parou no tempo,agora descobriram que a política econômica liberal aplicação deu resultado pretendido – Pres. Banco Central -afundou.🤪🤪

Mensageiro
Mensageiro
8 meses atrás

Ahhh os EUA ruim com eles, mas impossível sem eles. Nação top. Estão até oferecendo grana pra quem denunciar pra onde foi a grana de corrupção da Odebrecht e Braskem, querem o Brasil e outras nações livres da cleptocracia.

Jagdverband#44
Jagdverband#44
8 meses atrás

Putinetes piram

Teropode
8 meses atrás

Vc tá precisando se atualizar , desça da Gillette e venha para o século 21 , não se acanhe …..

Teropode
8 meses atrás

Aliás fizeram uma pergunta provocativa para o Bosco e ele não respondeu , vou repetir a pergunta : Cadê os Javelins Bosco ? 😂😂😂😂😂😂😂

Teropode
Reply to  Teropode
8 meses atrás

Resposta telepática : Tá fritando geral 😂

Wellington Jr
Wellington Jr
8 meses atrás

Trazendo essas experiências para a realidade Brasileira vemos que o Brasil é um país de 5° mundo, importamos tudo até o que precisamos pra produzir a própria comida, dependemos de tudo e se um dia quiserem realmente internacionalizar a Amazônia Brasileira não podemos fazer nada além de aceitar de cabeça baixa, isso porque não adianta termos AA de medio, longo e baixo alcance, caças de 5°, 6°,4°, 10° geração, mísseis cruize, hiper, mega, 3 frotas de navios , 6 subnucle e 3 Nae, Drones, tanques modernos e toda a caralhada que vemos outros países ter. Nada disso adianta se continuarmos… Read more »

seuzénétiuôrqui
seuzénétiuôrqui
8 meses atrás

E esses malignos do império do mal farão o quê? Como é dificil essa gangue aceitar e entender que perderam e que a Rússya não é nenhuma repúbliqueta bananeira latino americana (brazil, o principal incluso) onde essa turma faz o que quer e todo mundo aceita. Alguns aceitam em troca de missangas e o povão, esse nem sonha que está tomando na cabeça nas mais diversas formas, muitas das quais simplesmente insuspeitas pra ajudar no sustento economico e militar desse império maligno.

Mangano
Mangano
8 meses atrás

As vezes é melhor desenhar:

IMG_20220330_083541.jpg
Yuri Dogkove
Yuri Dogkove
8 meses atrás

Eh verdadi ese bilete…

Sincero Brasileiro da Silva
Sincero Brasileiro da Silva
8 meses atrás

Acredite nos seus sonhos! kkkkk

Thiago A.
Thiago A.
8 meses atrás

Matéria sobre : #Como as sanções enfraquecerão a Rússia?# ( Talvez um cenario muito catastro , mas ainda assim um contributo interessante sobre o tema) As sanções de 2014, nos últi freiaram o desenvolvimento de novos projetos militares. As novas sanções de 2022 estão minando os esforços militares russos, destruindo suas cadeias tecnológicas e linhas de comunicação, destruindo assim o país. Analistas ocidentais superestimam muito a solidez da Rússia. Os próprios russos estão agora falando sobre o fim iminente deste estado. …. Em um recente talk show de Solovyov, o principal propagandista de Putin fala sobre a situação atual da… Read more »

Antonio Palhares
Antonio Palhares
8 meses atrás

Atividades malignas.
Como americano é ridiculo em rotular inimigos.
Não terão uma base estratégica da Otan na Criméia.
Não colocaram a Ucrãnia na Otan para terem uma base estratégica no traseiro da Rússia. Quebraram seus aliados europeus. Deram condições de muitos países deixarem o dólar como referências de trocas. E ficam com esta papagaiada.
Resultado. O Trump vai voltar.

Joelson das Virgens de Almeida
Joelson das Virgens de Almeida
8 meses atrás

Realmente a humanidade está regredindo, esquerda, direita, comunismo, socialismo e agora nazismo.

Últimas Notícias

Medvedev da Rússia adverte a OTAN sobre o fornecimento de sistemas Patriot à Ucrânia

(Reuters) - O ex-presidente russo Dmitry Medvedev alertou a Otan nesta terça-feira (29) contra o fornecimento de sistemas de...
Parceiro