sábado, junho 25, 2022

Saab RBS 70NG

Parlamento alemão finalmente concordou com a transferência de tanques e outros equipamentos militares pesados ​​para a Ucrânia

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

O membro do Bundestag do Partido Democrático Livre (FDP) Marcus Faber disse que a coalizão governante do parlamento alemão concordou com o fornecimento de equipamento militar pesado para as Forças Armadas da Ucrânia (AFU). Trata-se de veículos blindados, tanques e outros equipamentos.

Faber escreveu sobre isso no Twitter hoje, 13 de abril.

“Caros amigos, agora a Alemanha fornecerá rapidamente equipamentos pesados ​​para a Ucrânia. Estou feliz que nós do FDP conseguimos convencer nossos parceiros de coalizão disso”, diz o comunicado.

Segundo ele, trata-se do fornecimento de tanques Leopard 1, veículos blindados de combate Marder e lançadores de ponte Biber para os militares ucranianos.

O deputado alemão enfatizou que os ucranianos precisam de assistência material para se protegerem da ditadura russa.

Como informou a Agência de Notícias Ucraniana, em 30 de março, a publicação alemã Suddeutsche Zeitung, citando suas próprias fontes, informou que o governo alemão estava preparando um grande suprimento de armas para a Ucrânia.

Segundo os interlocutores da publicação, tratava-se de um lote de armas e equipamento militar no valor de 300 milhões de euros.

Também foi informado que a Alemanha transferiu 2.500 lançadores de granadas antitanque Matador para as Forças Armadas da Ucrânia. O lado alemão prometeu fornecer aos militares ucranianos o mesmo número de lançadores de granadas, mas leva tempo para produzi-los.

Leopard 1

FONTE: Ukranian News

- Advertisement -

97 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
97 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Ze das couve
Ze das couve
2 meses atrás

Vietcrânia para a Rússia.

carcara_br
carcara_br
Reply to  Ze das couve
2 meses atrás

Como se o Vietnã fosse o México e a URSS estivesse enviando armamento a luz do dia, Agora continue o raciocínio onde isso vai parar…

juarez
juarez
Reply to  carcara_br
2 meses atrás

Eu entendi o comentário acima, na verdade a OTAN está fornecendo equipamentos para Ucrania, igual a URSS e a China fizeram com o Vietnã do Norte durante a Guerra onde os EUA foram derrotados

Trafaria
Trafaria
Reply to  juarez
2 meses atrás

A NATO, incluindo Portugal, que já enviou algumas toneladas de equipamento e, vai enviar mais outras toneladas, tem todo o direito de fornecer armas à Ucrânia da mesma forma que a Rússia e a China forneceram armas nos anos 60/70 aos grupos «terroristas» de Angola, Moçambique e da Guiné Bissau que combaterem as tropas portuguesas em África, as quais provocaram cerca de dez mil mortos e milhares de estropiados, nas tropas portuguesas.

Henrique de Freitas
Henrique de Freitas
2 meses atrás

Posso estar errado, mas nesse ritmo, essa batalha vai durar anos, com um final financeiro trágico para a Rússia, além de um reequipamento total, com itens novos e modernos dos países da OTAN.

Um enorme tiro pela culatra.

Elisandro
Elisandro
Reply to  Henrique de Freitas
2 meses atrás

E a Ucrânia será uma Síria…

Alexcg
Alexcg
Reply to  Elisandro
2 meses atrás

Mais ja virou o pais ta bem dizer 80% destruido mais como no Vietnã o povo naobse rende entao a questao e quanto dinheiro a russia tem pra banca a guerra

Henrique
Henrique
Reply to  Alexcg
2 meses atrás

Rússia não tem esse dinheiro ai não.. ja corre boatos que China ja ta querendo compras coisas da Rússia pelos valor abaixo do mercado
.
e levando em consideração que a Rússia foi jogada de lado e não tem como vender mais livremente as coisas pelo valor de mercado quem comprar vai pagar o que quiser pelo item… e se não quiser é problema da Rússia.
.
“Pagar X no barril de petróleo russo.. não, é 75% de X é um valor justo” kkkkk

Leonardo Cardeal
Leonardo Cardeal
Reply to  Henrique
2 meses atrás

E tem gente que acha que a Rússia vai se dar bem com a China nos bussines… coitados, vão é tomar na tarraqueta os Russsos…

Ze das couve
Ze das couve
Reply to  Henrique de Freitas
2 meses atrás

Ucrânia recebendo doação de armas do mundo todo (até da própria Rússia). Eu quero ver a Rússia arrumar dinheiro para repor tudo que estão perdendo.

Léo Neves
Léo Neves
Reply to  Ze das couve
2 meses atrás

Como se a Rússia estivesse falida né, maior parte do mundo está aberta ao comércio da Rússia. Sansões não impedem guerras e a Rússia não vai parar nem falir .

Ze das couve
Ze das couve
Reply to  Léo Neves
2 meses atrás

Então pra você a economia russa vai de vento em popa? Perdendo material militar e consumindo munição ao custo de mais de 500 milhões por dia?

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  Ze das couve
2 meses atrás

Tinha um maluco aqui que estava dizendo que a economia Russa era similar a da Alemanha quando na verdade ela é do tamanho do Brasil, como temos dito desde o começo do conflito, o relógio faz tic tac para Putin que enfiou os pés pelas mãos!

José Marinho
José Marinho
Reply to  Léo Neves
2 meses atrás

Tambem a União Sovietica não ia falir, mas. a realidade é que faliu…

Welington S.
Welington S.
Reply to  Léo Neves
2 meses atrás

Em que realidade você está vivendo, cara? Puts…

Gavião
Gavião
Reply to  Léo Neves
2 meses atrás

Sanções não impedem, mas são o castigo possível, sem entrar em guerra.

Gavião
Gavião
Reply to  Henrique de Freitas
2 meses atrás

Sem dúvida, um terrível erro estratégico de Putim, que apesar de arrebentar com a Ucrânia, ganha no curto, médio e longo prazo, o ódio eterno dos ucranianos e a união dos países ocidentais.

Casemiro
Casemiro
2 meses atrás

Como o General Petraeus acabou de dizer ao se referir à próxima ofensiva russa: Ore pelos ucranianos.
Estão mandando uma velaria para a Ucrânia, como se isso fosse resolver a situação crítica dela.
Esse Leopard 1 parece o Tiger 2 da 2ª G.M..
Coitados.

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Casemiro
2 meses atrás

Os russos também tão usando umas velharias que vou te fala, são da época que Stalingrado ainda era um campo de batalha kkkkkkkkk todo mundo sonhava em ver Aramatas e Su-57 fazendo estrago, mas no máximo tá vendo é os T72 e Su-25. Nem os mais modernos dão tanto as caras pra não serem abatidos. Além de que não dá pra enviar muita coisa nova de imediato já que precisa de adestramento e creio que os aliados estão trabalhando para que a guerra prolongue o suficiente para que esse treinamento seja feito e possam fornecer equipamentos mais modernos para sobrepujar… Read more »

rfeng
rfeng
Reply to  Wellington Jr
2 meses atrás

Quanta desinformação só existem 4 SU 57 de serie produzidos, Armata menos de 100, como colocar no campo de batalha.

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  rfeng
2 meses atrás

O que eu tô falando?? Que o que o russo tem de moderno são tanques antigos e as suas pérolas não possuem capacidade de combate. Oi que há de e mais moderno no Arsenal não podem expor para não perder.

Yuri Dogkove
Yuri Dogkove
Reply to  Wellington Jr
2 meses atrás

Velharia? Só teu cérebro! Kalibr, Oniks, Iskander, Kinzhal… Quer mais ou tá bom pra vc? Ainda falta o Zircon que não entrou nessa brincadeira, ainda… hehehe

Ze das couve
Ze das couve
Reply to  Casemiro
2 meses atrás

Do jeito que a Rússia perde equipamento, em breve terão que buscar as velharias nos estoques. Aí o risco para o soldado russo é de morrer de tétano.

Segio
Reply to  Casemiro
2 meses atrás

Não se preocupe com os Leopard 1, todos serão destruídos. Assim como os ultra mega blasters tanques russos, que estão levando javelins e explodindo igual pipoca…..rs

https://www.youtube.com/watch?v=A33ZVOdxxwI

Renato de Mello Machado
Renato de Mello Machado
Reply to  Casemiro
2 meses atrás

É como falei em outro comentário.Que a entrega desses materiais obsoletos só vai trazer mais sofrimento ao povo ucraniano.E ainda acabar na mão do inimigo o que não for destruido.

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  Renato de Mello Machado
2 meses atrás

Falou pouco mas falou M…

Lana Alves
Lana Alves
Reply to  Renato de Mello Machado
2 meses atrás

As cidades mais destruídas até o momento são os de maioria “russa”, até nesse ponto essa guerra não faz o menor sentido. Putin disse proteger os falantes russos, curiosamente até agora as cidades mais destruídas são justamente essas.

Casemiro
Casemiro
Reply to  Lana Alves
2 meses atrás

A cidade mais afetada foi Mariupol.
O único problema é que era a cidade mais importante para a Ucrânia pelo seu porto (principal ponto de exportações) e seu parque industrial.
Sem ela, e provavelmente a parte leste do País, a Ucrânia que sobrar será apenas um pequeno País de base agrícola.
Agora, não reclame com a gente e sim com o Zelensky.

Flanker
Flanker
Reply to  Casemiro
2 meses atrás

Xings, xings…..sai do armário! Por que mudou o nick? Te baniram? Por que se esconder atrás de outros nomes??

Guilherme Leite
Guilherme Leite
Reply to  Casemiro
2 meses atrás

Pra isso a Rússia já tinha Crimeia, era só bloquear o estreito.

Enfim, vão ficar com algo totalmente destruído e a conquista dessa cidade se tornou a derrota da 1ª fase da tal operação.

Parabéns aos envolvidos!

Agnelo
Agnelo
Reply to  Renato de Mello Machado
2 meses atrás

Ou não….

JUca
JUca
Reply to  Casemiro
2 meses atrás

Mas nem depois de quase 2 meses de conflito, os fãs do comunismo dão o braço a torcer, mesmo vendo a raposa “mãe russia” levar um cacete do ganso ucraniano.
É sempre a mesma conversinha… super poderes, super equipamentos, super soldados… e no fim das contas, o que diziam que seria um passeio pra pegar os ovos do tal ganso, se tornou uma verdadeira apresentação de péssimas estratégias e doutrina mais do que ultrapassada. Observadores do mundo todo estão tendo uma aula prática das boas do que não se deve ser feito em combate.

Alexcg
Alexcg
2 meses atrás

Quanto tempova Rússia consegue banca essa guerra.

Ze das couve
Ze das couve
Reply to  Alexcg
2 meses atrás

Nessa intensidade atual? Eu acho que não passa de um ano. E terão que trazer armas que estão nos outros distritos.

Léo Neves
Léo Neves
Reply to  Ze das couve
2 meses atrás

Um ano ? Essa guerra não dura mais dois meses , só se a Rússia decidir chegar a kiev aí vai demorar mais.

Ze das couve
Ze das couve
Reply to  Léo Neves
2 meses atrás

A Rússia tem dificuldade de avançar além der 100km de sua fronteira.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Ze das couve
2 meses atrás

Consegue, tem sempre superioridade em equipamento militar, populacional e estratégico.
Agora é tentar perceber quem cede primeiro. Se for pela via militar a Rússia aguenta anos, no campo económico e político isso aí já é outra questão…

Welington S.
Welington S.
Reply to  Hcosta
2 meses atrás

Aguenta anos, sim e a economia vai pra casa do carvalho.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Welington S.
2 meses atrás

Sim, uma economia muito fechada e baseada nas exportações dos recursos naturais. O problema é que se a Rússia tiver uma quebra, mesmo que seja muito significativa, no PIB isso é quase normal. Já aconteceu, a uma escala mais reduzida, algumas vezes neste últimos anos. Se for na UE já é um grande problema político e, em muitos países, um grave problema financeiro devido às dívidas. E mesmo em países com pouca dependência da Rússia a inflação tem vindo a aumentar, agora acelerada devido à guerra. E estamos a falar numa quebra de 1% do PIB. Imagine agora uma quebra… Read more »

Slow
Slow
Reply to  Alexcg
2 meses atrás

Segundo comentaristas aqui do site a Rússia não teria dinheiro para bancar 1 semana de guerra .

Heinz Guderian
Heinz Guderian
Reply to  Slow
2 meses atrás

Segundo alguns comentaristas daqui Kiev cairia em 48 horas e em 3 dias as forças ucranianas iriam colapsar.

Casemiro
Casemiro
Reply to  Heinz Guderian
2 meses atrás

Kiev foi apenas um meio para dividir as tropas ucranianas na primeira fase da guerra.
Assim a Rússia com poucos soldados se estabeleceu no leste e vai dar início à segunda fase.
E quanto mais a Ucrânia resiste, mais será dilapidada.
E provavelmente, dentro em breve, os russos vão ocupar o norte da Ucrânia de novo.

Flanker
Flanker
Reply to  Slow
2 meses atrás

Segundo tu e um bando de outros celerados putinzetes, a rússia acabaria com a Ucrânia em uma semana.

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
2 meses atrás

Após mais de 1 mês e meio de guerra? Quanta celeridadde…
Mas enfim, tô doido pra ver esses Leo1 em combate, pra ter uma idéia das capacidades do Leo1A5 do EB em um teatro de operações moderno.

Digo
Digo
Reply to  Willber Rodrigues
2 meses atrás

Se você tem altas expectativas sobre os Leo1A5 contra T-72B3, T-80B e T-90A, já vou lhe adiantando, você vai ficar decepcionado.

Last edited 2 meses atrás by Digo
Hcosta
Hcosta
Reply to  Digo
2 meses atrás

Se fosse só isso até não haveria grande dificuldade. O problema são os helis, artilharia, sistemas de deteção, etc… Não sei até que ponto a Ucrânia conseguirá proteger estes blindados.

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Digo
2 meses atrás

Não tenho.
Se um T-80 ou T-90 com blindagem composta, contramedidas e blindagem reativa está comendo o pão que o diabo amassou, imagine um Leo1, que não tem nada disso, e foi feito numa época em que nem existia ATGM.

Nelson Junior
Nelson Junior
Reply to  Willber Rodrigues
2 meses atrás

“teatro de operações modernos”… Nem tanto

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
Reply to  Willber Rodrigues
2 meses atrás

Isso se não forem destruídos nas fronteiras antes.

Last edited 2 meses atrás by Inimigo do Estado
Ze das couve
Ze das couve
2 meses atrás

Pessoal reclama que o material doado para a Ucrânia não é moderno. Mas vocês já pararam para ver a qualidade das bombas e foguetes russos? Metade não deve ter explodido. Nunca vi uma guerra moderna com tantas bombas, foguetes e mísseis que não explodiram. Qualidade ZERO!

Maurício.
Maurício.
Reply to  Ze das couve
2 meses atrás

Só mandam velharia para a Ucrânia porque os países tem medo de que algum equipamento mais moderno possa acabar caindo nas mãos dos russos, e vamos ser sinceros, moderno, moderno mesmo é só os Javelin e NLAW, e mesmo assim parece que os Javelin nem são os das versões mais modernas, de resto, só mandam velharia ou equipamentos sem muita tecnologia, como aqueles blindados da Austrália.

Nelson Junior
Nelson Junior
Reply to  Maurício.
2 meses atrás

No Afganistão foi a mesma coisa… Os EUA mandaram as sobras !!!
Tanto que “Rei” dos céus foi o A29

Casemiro
Casemiro
Reply to  Ze das couve
2 meses atrás

Devem ser boas, afinal já foram mais de 2.100 tanques e blindados ucranianos destruídos.
A posto dos EUA mandarem M113 para a Ucrânia.

Miguel Carvalho
Miguel Carvalho
2 meses atrás

Já lá devia estar há muito tempo. Com o teatro de operações agora concentrado em zonas despovoadas, a coisa para os ucranianos vai ficar feia mesmo.

Fábio
Fábio
2 meses atrás

Segundo o site infodefensa o Irã enviou astros II, proveniente do Iraque, para a Rússia.
https://www.infodefensa.com/texto-diario/mostrar/3549197/iran-envia-rusia-sistemas-astros-ii-diseno-brasileno-contrabandeados-desde-irak

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Fábio
2 meses atrás

Iiii o o BO pra diplomacia Brasileira.

Frederico Boumann
Frederico Boumann
Reply to  Fábio
2 meses atrás

Nesse caso, complicou a situação, se essa informação for confirmada. O Governo Brasileiro terá que opinar/barrar a transferência para a Rússia ou assumir um lado e autorizar/vista grossa para a transferência.

Bueno
Bueno
Reply to  Frederico Boumann
2 meses atrás

é o governo Brasileiro que esta transferindo os astros?
estes equipamentos foram vendidos para o Iraque há 2 décadas 

Last edited 2 meses atrás by Bueno
Romario Silveira
Romario Silveira
Reply to  Frederico Boumann
2 meses atrás

O governo brasileiro já está apoiando a Rússia. Bolsonaro disse para o repórter do R7 que apoia as ações da Rússia na Ucrânia, ou seja, ele disse apoiar a invasão. Depois essa fala foi confirmada pelo Itamaraty. Bolsonaro visitou Putin 5 dias antes da guerra, disse que gostava do Putin governar (praticamente uma ditadura, vários opositores mortos ou presos), depois foi no túmulo do soldado comunista. Bolsonaro sabia que havia mais de 100 mil russos na fronteira ucraniana, ele devia ter cancelado essa visita. De qualquer forma o centro da discussão naqueles dias era a invasão, ele devia ter expressado… Read more »

Last edited 2 meses atrás by Romario Silveira
Nascimento
Nascimento
Reply to  Frederico Boumann
2 meses atrás

Mandar ASTROS e Leo 1A5 pra Ucrânia pode, né? Rs. Ai dps a Rússia proíbe o fertilizante e o arroz e o feijão sobem pra 50 reais o kg ai é só gritar fora bozo (ou fora putin, pra alguns). OBS: Se os EUA ameaçar sanção contra nós, também devemos acatar pelo bem maior do nosso povo. Porém salvo engano o Iraque possuía não apenas a licença de produção como uma versão nacional do ASTROS chamada de Sajnil-60. Curioso é como países como o Irã e Iraque conseguiram desenvolver muita tecnologia e nós com o 10º maior orçamento militar do… Read more »

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
Reply to  Frederico Boumann
2 meses atrás

Barrar? O Brasil barrar uma potência nuclear? Kkkkkk

Welington S.
Welington S.
Reply to  Frederico Boumann
2 meses atrás

Meu amigo, vá ler a matéria. Por favor?

Alessandro
Alessandro
Reply to  Fábio
2 meses atrás

Então a coisa tá mais feia que a gente pensava para a Rússia, afinal são apenas 2 sistemas Astros, isso não irá fazer nenhuma diferença nessa guerra.

Flanker
Flanker
Reply to  Fábio
2 meses atrás

Ué, mas a rússia precisa de doações de armamento??? Eles nao tem zilhões de blindados e zilhões de sistemas de artilharia???

Renato de Mello Machado
Renato de Mello Machado
2 meses atrás

É só a Rússia limitar o T.O separando o que interessa a ela e militarizando a fronteira.O objetivo da Rússia já foi conseguido que é levar o caos as cidades ucranianas.

Flanker
Flanker
Reply to  Renato de Mello Machado
2 meses atrás

O objetivo da rússia não era acabar com todos os nazistas (para os russos, até os cachorros e gatos ucranianos são nazistas)? Agora, o objetivo deles é levar o caos às cidades ucranianas??

Kornet
Kornet
2 meses atrás

Já virou uma guerra aberta da OTAN contra a Rússia.
Quando a Ucrânia percebe que está sendo usada pode ser tarde de mais.
Que a mala preta do Putin continue fechada com cadeado.

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  Kornet
2 meses atrás

Usada o que me amigo, a Ucrânia foi invadida, estão sendo assassinados estupradas a sangue frio, se pararem de lutar somem, que raio de raciocínio seu é esse?

Casemiro
Casemiro
Reply to  Carlos Gallani
2 meses atrás

A Ucrânia está acabando.
Se vc gosta dela, melhor começar a rezar.

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  Casemiro
2 meses atrás

Com a Rússia avançando pra trás? hahahahahaha

Renato de Mello Machado
Renato de Mello Machado
Reply to  Kornet
2 meses atrás

Perfeito a observação.Zelensky na má fé dele selou o destino do povo ucraniano.Pois para ele se ficar pior a coisa mete o pé de carona para israel ou os EUA.

Maurício.
Maurício.
Reply to  Kornet
2 meses atrás

Apenas mais uma guerra por procuração entre potências que não tem culhões para se enfrentarem diretamente.

José Marinho
José Marinho
Reply to  Kornet
2 meses atrás

A Ucrania ja percebeu a muito, a questão é se os ucranianos querem viver de cabeça erguida ou se querem viver com coleira no pescoço.

Nelson Junior
Nelson Junior
Reply to  Kornet
2 meses atrás

Em uma guerra aberta a Russia não dura uma semana contra a OTAN

Pablo Maroka
Pablo Maroka
2 meses atrás

Agora a Russia não vai aguentar!

Nilton L Junior
Nilton L Junior
2 meses atrás

Ucrania nius kkkkkk, começaram apanhando e mentindo que estavam apanhando pouco.
Tchau querido achou que era o cara e pagou de loque, Putim não ganhou tudo mas levou mais do que precisava.

Nelson Junior
Nelson Junior
Reply to  Nilton L Junior
2 meses atrás

Deixando a hipocrisia de lado… o que o Putin sempre quis foi a exclusividade do mar de ASOV e acesso por terra a Criméia… O Mar de Asov é riquíssimo em petróleo e gás e forma uma base naval quase perfeita… Outro objetivo era manter a OTAN um pouco mais afastado da fronteira Russa (tornando Dombass uma zona tampão)… O resto sempre foi blá blá blá e “cortina de fumaça” Porém… E sempre tem um porém… Conseguir isso custou infinitamente mais caro do que o previsto (praticamente impagável)… E de Brinde vai tornar a Europa um HULK militarmente falando em… Read more »

Bueno
Bueno
2 meses atrás

Não sei se é verdade, mas segue ai,
Polonia coloca M577 e M109 155mm próximo a fronteira ou está preparando para transferi-los para Ucrânia,

https://twitter.com/theragex/status/1513969834693992459

Marcelo
Marcelo
Reply to  Bueno
2 meses atrás

Caro Bueno, este vídeo mostra equipamento do exército americano que se encontrava participando de manobras da OTAN. Foi filmado próximo da fronteira polonesa quando do retorno à sua base. Não é movimentação de equipamento polonês para transferência à Ucrania.

Bueno
Bueno
Reply to  Marcelo
2 meses atrás

Valeu!

Tem um jornalista confirmando a tranferencia dos M109 155

https://twitter.com/CavasShips/status/1514315688831242244

Last edited 2 meses atrás by Bueno
Marcelo
Marcelo
Reply to  Bueno
2 meses atrás

Esse 155mm a que ele se refere é artilharia rebocada. Quando for o M109 o termo será SPG.

XFF
XFF
2 meses atrás

Algumas pessoas acham que essas velharias doadas para Ucrânia vai mudar alguma coisa? Tem muita gente analisando as coisas como torcedor.
Ucrânia atualmente mal tem exército operacional, sem dinheiro e logística.

Nick
Nick
2 meses atrás

O que acho estranho é o silencio da Russia em relação à essas notícias. No começo da guerra, ameaçava lançar nukes para qualquer que se envolvesse nessa guerra mesmo que de forma indireta. Putin blefou? Jogou a carta dos nukes cedo demais?? Qual será a saída dessa guerra para a Russia? Quantos anos de guerra na Ucrânia eles vão aceitar???

Nelson Junior
Nelson Junior
Reply to  Nick
2 meses atrás

Nem o Putin achava que seu exército seria tão medíocre quanto se mostrou nessa guerra… Ele realmente acreditava que era a segunda maior potencia bélica do mundo, mas acabou mostrando ao mundo um exército mal treinado, muito mal organizado, com conceito velho de guerra e bem desmotivado… Então as “cartas” que ele achava que tinha na manga de ser uma potencia bélica, e ser o maior fornecedor de gás para Europa já não assusta mais o mundo… Só sobrou a carta das NUKES que não duvido que também sejam bem aquém do que parece… Mas acho que é a única… Read more »

Welington S.
Welington S.
Reply to  Nelson Junior
2 meses atrás

Foi um completo desastre. Se emocionou. O generalato dele, ficaram de ego nas alturas e vimos esses show de horrores. Se utilizando de táticas de guerra da era da união soviética. Péssima logística pra um país com um poder militar pessoal gigante. Tudo errado nisso. Tudo errado. Agora, o que me parece, é que algum General azucriou na orelha do Putin a fazer esse show de horrores, dando falsas garantias. Acharam que a Ucrânia iria cair ou simplesmente se entregar. É sério que eles não aprenderam na época de Maiden? Onde o povo lutou bravamente pelo seu país? Levando tiro… Read more »

Nelson Junior
Nelson Junior
2 meses atrás

Acredito que o Brasil poderia oferecer os cacarecos dos Leo1 para a Rheinmetall transferir para a Ucrânia em troca de alguns Leo 2A4 usados ou algo parecido…
Talvez uma oportunidade de ocasião !!!
Far uma oferta de 3 pra 1 já é vantagem

Marcelo
Marcelo
Reply to  Nelson Junior
2 meses atrás

O único problema Nelson é que essas transferências aventadas não são por caridade. Pais nenhum está sugerindo transferir material a 0800. A KMW nunca aceitaria uma troca dessa, já que ela está pensando no seu lucro.

Nelson Junior
Nelson Junior
Reply to  Marcelo
2 meses atrás

Mas a Rheinmetall não vai transferir nada de graça para a Ucrânia… Ela vai pagar com dinheiro enviado dos EUA e dos Europeus…
Se fosse o EB faria uma promoção 3×1
de brinde leva um Cascavél

Antunes 1980
Antunes 1980
2 meses atrás

E o medo que a Alemanha tinha do corte do gás.

Os orgulhosos alemães que fabricam carros praticamente perfeitos, não iriam sequer conseguir fritar um ovo sem o gás russo.

Alemanha a potência econômica com pés de barro.

Miguel Carvalho
Miguel Carvalho
Reply to  Antunes 1980
2 meses atrás

Isso também significaria menos dinheiro a entrar nos cofres russos.
Com o inverno a acabar a demanda por gás diminui, além disso a Europa já tem outras soluções.

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
Reply to  Antunes 1980
2 meses atrás

Brasileiro chamando a Alemanha de pés de barro é no mínimo engraçado kkkkkkk

Marcelo
Marcelo
2 meses atrás

E fico aqui pensando… Face às publicações de que o material sugerido pela Alemanha está parado e indisponível a muito tempo, qual seria a efetividade do mesmo, ainda que sofressem uma boa manutenção? Basta ver que a munição pra o Leopard não é mais fabricada por nenhum pais da Europa. Imagino a cena: – toma aqui Zelenski, esses Leopard que nós conseguimos pra vc se defender do bicho-papão. – Mas cadê a munição pra gente combater? – Ah… isso não é problema meu! E tem gente por aqui que apoia o Brasil mandar a munição que possui, para o Leopard.… Read more »

Nelson Junior
Nelson Junior
Reply to  Marcelo
2 meses atrás

Isso é bem fácil resolver… Manda os Leo1 junto com a munição
Pede uns Leo2A4 usados mesmo em troca 3×1…
nem precisa ser o Leo 2A7
Sairemos ganhando e muito

gari
gari
Reply to  Nelson Junior
2 meses atrás

Brasil poderia oferecer os M60 em condição de uso em troca de uns Abrams nessa proporção ai tb. Já que acho difícil ter leo2 encostado.

Nelson Junior
Nelson Junior
Reply to  gari
2 meses atrás

Podia mandar uns URUTU de graça também… Tá cheio dessa velharia aqui no Brasil ainda

Pgusmao
Pgusmao
2 meses atrás

Há muita desinformação do lado da Rússia e Ucrânia, as perdas russas são imensas, tanto de pessoal como equipamento, mas o tamanho do exército russo é imenso, a Ucrânia está sendo heróica de segurar essa quantidade de soldados, essa batalha pelo leste será uma carnificina para ambos os lados. Há grande transferência de equipamento para Ucrânia, no início só material de infantaria, contudo após o desempenho dos ucranianos, os europeus resolveram melhorar a oferta, o que está longe do ideal.

diogocld
diogocld
2 meses atrás

Aos colegas especialistas, em quanto tempo alguém pode ser treinado para operar essas máquinas como tanques e blindados, se com treinamento prévio em material russo/soviético? Esse tipo de entrega pode de fato modificar o destino da guerra? Refiro-me especificamente na entrega de diversos veículos de origens e fabricações distintas. Isso parece ser um caos logístico para administrar. Há notícias de entregas de produtos americanos, britânicos, alemães, noruegueses, australianos, eslovacos e poloneses! Entendo que em vários casos há o padrão OTAN, mas, imagino que, mesmo assim, só o fato de serem diferentes eles devem exigir algum tipo de treinamento. Saudações.

Últimas Notícias

Svatovo, primeiro alvo do HIMARS?

A mídia ucraniana tem divulgado vídeos e imagens de uma suposta explosão nas proximidades da cidade ucraniana de Svatovo,...
- Advertisement -
- Advertisement -