sábado, junho 25, 2022

Saab RBS 70NG

Inteligência dos EUA auxilia ucranianos no campo de batalha

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.forte.jor.br
Editor da Revista Forças de Defesa

Quando a Rússia lançou sua invasão, os EUA deram às forças ucranianas informações detalhadas sobre quando e onde os mísseis e bombas dos russos atacariam, levando a Ucrânia a retirar as defesas aéreas e as aeronaves do perigo imediato, disseram à NBC News.

Esse compartilhamento de inteligência quase em tempo real também abriu caminho para a Ucrânia derrubar um avião de transporte russo que transportava centenas de soldados nos primeiros dias da guerra, dizem as autoridades, ajudando a repelir um ataque russo a um importante aeroporto perto de Kiev.

Foi parte do que as autoridades americanas chamam de uma operação maciça e sem precedentes de compartilhamento de inteligência com um parceiro não-OTAN que, segundo eles, desempenhou um papel crucial no sucesso da Ucrânia até o momento contra os militares russos maiores e mais bem equipados.

Os detalhes sobre as defesas aéreas e o avião de transporte, que não foram relatados anteriormente, ressaltam por que, dois meses após o início da guerra, as autoridades avaliam que a inteligência das agências de espionagem dos EUA e do Pentágono foi um fator importante para ajudar a Ucrânia a frustrar o esforço da Rússia para apoderar-se da maior parte do país.

“Desde o início, nos inclinamos bastante para compartilhar inteligência estratégica e acionável com a Ucrânia”, disse um funcionário dos EUA informado sobre o assunto à NBC News. “Tem sido impactante tanto em nível tático quanto estratégico. Há exemplos em que você pode contar uma história bem clara de que isso fez uma grande diferença.”

Em um comunicado, um porta-voz do Conselho de Segurança Nacional da Casa Branca disse: “Estamos fornecendo regularmente informações detalhadas e oportunas aos ucranianos no campo de batalha para ajudá-los a defender seu país contra a agressão russa e continuaremos a fazê-lo”.

A NBC News está retendo alguns detalhes específicos que a rede confirmou sobre o compartilhamento de inteligência a pedido de militares e oficiais de inteligência dos EUA, que dizem que reportar sobre isso poderia ajudar os russos a fechar fontes importantes de informação.

“Houve muita inteligência em tempo real compartilhada em termos de coisas que poderiam ser usadas para direcionar especificamente as forças russas”, disse um ex-alto funcionário de inteligência familiarizado com a situação. As informações incluem imagens comerciais de satélite “mas também muitas outras informações sobre, por exemplo, onde certos tipos de unidades russas estão ativas”.

A Ucrânia continua a mover defesas aéreas e aeronaves quase todos os dias com a ajuda da inteligência americana, que é uma das razões pelas quais a Rússia não conseguiu estabelecer o domínio aéreo. Em alguns casos, a Ucrânia moveu os sistemas ou aviões de defesa aérea bem a tempo, disseram as autoridades.

“Os militares russos estão literalmente cavando campos vazios onde as defesas aéreas já foram montadas”, disse um funcionário dos EUA. “Isso teve um enorme impacto na capacidade dos militares russos no terreno.”

Embora a cooperação EUA-Ucrânia tenha se desenvolvido desde que a Rússia tomou a Crimeia em 2014, o governo Biden acelerou o processo nas semanas anteriores à invasão russa, quando uma equipe militar dos EUA visitou para avaliar o estado das defesas aéreas da Ucrânia. Os americanos forneceram à Ucrânia conselhos detalhados sobre como dispersar seus sistemas de defesa aérea, uma medida que, segundo autoridades americanas, ajudou a Ucrânia a impedir que a Rússia assumisse o controle dos céus.

Assim que a invasão começou, advogados da burocracia de defesa e inteligência dos EUA impuseram orientações que, em alguns casos, limitavam o compartilhamento de informações sobre alvos que poderiam permitir ataques ucranianos letais contra russos. Mas à medida que a agressão da Rússia se aprofundou e sob pressão do Congresso, todos esses impedimentos foram removidos, dizem as autoridades.

No início deste mês, por exemplo, o diretor da Inteligência Nacional retirou-se e substituiu um memorando que proibia o compartilhamento de inteligência com o objetivo de recuperar território capturado ou ajudar ataques ucranianos na Crimeia ou no Donbas, disseram autoridades. A NBC News foi a primeira a relatar o compartilhamento expandido.

A Intel ajudou a Ucrânia a defender e também a atacar
Mesmo antes da mudança, os EUA forneceram à Ucrânia informações oportunas que lhe permitiram atingir melhor as forças russas.

As forças ucranianas usaram coordenadas específicas compartilhadas pelos EUA para direcionar fogo contra posições e aeronaves russas, disseram funcionários atuais e antigos à NBC News.

Esses primeiros abates ajudaram a frustrar a operação de assalto aéreo russo projetada para levar o Aeroporto Hostomel perto de Kiev, o que teria permitido que os russos inundassem tropas e equipamentos na região ao redor da capital. Os russos eventualmente tomaram o aeroporto por um tempo, mas nunca tiveram controle suficiente para voar em grandes quantidades de equipamentos. Esse fracasso teve um impacto significativo na batalha por Kiev, dizem autoridades americanas.

A CIA também está dedicando recursos significativos, dizem funcionários atuais e antigos, para coletar informações com o objetivo de proteger o presidente ucraniano Volodymyr Zelenskyy, a quem os russos querem matar. A agência está consultando os ucranianos sobre “a melhor forma de movê-lo, certificando-se de que ele não seja co-localizado com toda a sua cadeia de comando, coisas assim”, disse um funcionário dos EUA.

“Eu diria que onde estamos é revolucionário em termos do que conseguimos fazer”, disse o general do Exército Scott Berrier, diretor da Agência de Inteligência de Defesa, ao Congresso no mês passado ao descrever o compartilhamento de informações e inteligência entre os EUA e a Ucrânia.

O diretor da CIA, William Burns, disse ao Congresso no mês passado que, quando se encontrou com Zelenskyy em Kiev em janeiro, “compartilhamos com ele informações que tínhamos na época sobre alguns dos detalhes mais gráficos e preocupantes do planejamento russo sobre Kiev e também continuou a fazer isso todos os dias desde então.”

A secretária de imprensa da Casa Branca, Jen Psaki, disse no mês passado que os EUA compartilharam “uma quantidade significativa de informações detalhadas e oportunas sobre os planos e atividades da Rússia com o governo ucraniano para ajudar os ucranianos a se defenderem”, acrescentando que o material “inclui informações que devem ajudá-los a informar e desenvolver sua resposta militar à invasão da Rússia, é isso que está acontecendo – ou tem acontecido.”

Os militares dos EUA e a CIA começaram a aprofundar suas relações com seus colegas ucranianos depois que a Rússia tomou a Crimeia em 2014. A CIA primeiro ajudou os serviços ucranianos a erradicar espiões russos, disse o ex-alto funcionário, e depois forneceu treinamento e orientação. Os militares dos EUA também treinaram soldados ucranianos.

“Houve uma relação muito robusta entre as agências de inteligência dos EUA e os ucranianos nos últimos oito anos”, disse o funcionário, acrescentando que, quando a Rússia invadiu, há dois meses, os EUA confiavam na Ucrânia o suficiente para fornecer detalhes sobre o envio de tropas russas, rotas de ataque e informações de segmentação em tempo real.

“O conhecimento prévio que tínhamos dos planos e intenções russos mostra que nossa inteligência era muito sólida sobre a situação geral”, disse John McLaughlin, ex-diretor interino da CIA que agora leciona na Johns Hopkins School of Advanced International Studies. “Então, logicamente, se queremos tão seriamente que eles ganhem como dissemos publicamente, segue-se apenas que estaríamos dando a eles os resultados da inteligência. Seria ao longo das linhas de, ‘Aqui está o que sabemos – não importa como sabemos.’”

Um oficial de inteligência ocidental observou que não é apenas a inteligência que se mostrou decisiva – é o desempenho dos ucranianos em usá-la. A fonte disse que os ucranianos lutaram contra os russos com agilidade e coragem e, quando receberam inteligência acionável, se moveram com velocidade surpreendente.

McLaughlin disse que os ucranianos fizeram uso inteligente da chamada inteligência de código aberto – imagens de satélite comerciais e interceptações de russos falando abertamente em rádios não criptografados.

“O fato de haver tanta [inteligência] de código aberto disponível significa que aqueles que coletam inteligência classificada podem se concentrar nas coisas que são realmente difíceis e não estão disponíveis publicamente.”

Do ponto de vista do governo ucraniano, o compartilhamento de inteligência melhorou, disse uma fonte familiarizada com a visão do governo à NBC News. Isso é até onde ele iria.

“Está ficando melhor”, disse ele.

FONTE: NBC News

- Advertisement -

105 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
105 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Casemiro
Casemiro
1 mês atrás

A Ucrânia não tem muita opção.
Cavaram trincheiras e estão esperando para enfrentar os russos.
Em Mariinka tem uma brigada inteira nessa situação.
Certamente serão alvos de termo-báricas e Meteorites russos.
O sistema de trincheiras abaixo, defendida pela 25ª Brigada Aeromóvel das Forças Armadas da Ucrânia foi destruída em Novotroitsky

https://t.me/intelslava/26914

Ze das Couve
Ze das Couve
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

Kings, para um pouco de comentar aqui no site e vai jantar. Vai comer alguma coisa. Muito tempo de tela faz mal à saúde.

Denis
Denis
Reply to  Ze das Couve
1 mês atrás

Kkkkkkkkkkk!

Munhoz
Munhoz
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

Muitos aqui não sabem avaliar as informações, vêem somente as novidades dos meios ocidentais que por regra vão dizer que os Russos mataram civis Quando atacam, e a Ucrânia heroicamente se defende e ataca os incompetentes e genocidas do exército russo.

Wellington jr
Wellington jr
Reply to  Munhoz
1 mês atrás

Quando o gato come o rato ninguém se interessa, mas quando o rato come o gato é motivo de divulgar. Onde vocês não entenderam que os russos estão errados nessa historia? Quer que batemos palmas pelos russos matarem soldados que defendem sua liberdade e não querem viver sob julgo de Moscou? não somos tão sociopatas ao ponto de apoiar essas insanidades, mas se isso amacia seu ego, sugiro que procure um psiquiatra imediatamente. O próprio MD admitiu que sua única razão para iniciar a guerra é expansionista, invasão e anexar territorio. Algo digno de hitler diga-se de passagem. Talvez falte… Read more »

Ramon
Ramon
Reply to  Wellington jr
1 mês atrás

Não adianta tentar falar nada com esses caras, são verdadeiros capachos dos russos, e quem é contra é lambe botas dos EUA Otan, e tudo que é postado contra a Rússia é propaganda ocidental. Se fosse os EUA invadindo a Ucrânia esse indivíduo acima que vive de perfis fakes estaria falando para os EUA saírem da Ucrânia que era uma violação, que os americanos estavam cometendo um crime, mas como é a Rússia passam o pano mesmo, não ligam se matarem 40 milhões de pessoas vão falar que a Rússia é uma potência, que os ucranianos eram nazistas por isso… Read more »

Wellington jr
Wellington jr
Reply to  Ramon
1 mês atrás

na verdade minha fala não é para eles e sim para quem visita o Forte e lê os comentários, para que vejam que nem todos são iguais.

Alecs
Alecs
Reply to  Ramon
1 mês atrás

São verdadeiras Putinetes!

Curiango
Curiango
Reply to  Ramon
1 mês atrás

A Rússia tem q investir numa
Base aero naval em Cuba ai quero ver q vcs lambe saco dos estadunidenses vão falar.

Bosco
Reply to  Curiango
1 mês atrás

Se depender de vc os EUA podem arrasar Cuba, né?

George
George
Reply to  Curiango
1 mês atrás

A Rússia não consegue protejer suas bases dentro do seu próprio território vai querer instalar e defender base em outro continente? Faça o favor

Casemiro
Casemiro
Reply to  Wellington jr
1 mês atrás

Prezado.
Que mané rato bater em gato
Os ‘feitos’ da Ucrânia são destruir um tanque, derrubar um helicóptero e por aí vai.
Isso é uma guerra.
Certamente terá perdas.
Os EUA tiveram quase 3.700 aviões abatidos no Vietnã.
Isso mesmo que vc leu.
3.700 aviões
E ainda mais de 4.800 helicópteros.
E perderam a guerra.
E vc me vem com os feitos ucranianos
Um helicóptero em um dia, um avião em outro e outras baboseiras.
E a Ucrânia ainda está perdendo milhares de soldados e km2 de território.
Desista, que o melhor já está chegando.

Heinz Guderian
Heinz Guderian
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

No fim com todas as perdas, de vidas, e materiais, os Vietcongs venceram né?

Palpiteiro
Palpiteiro
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

O maior feito da Ucrânia foi te deixar frustrado.

Heinz Guderian
Heinz Guderian
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

Kings, ops Casemiro, tu sabe me dizer se o Moskva ainda está no mar negro?

Curiango
Curiango
Reply to  Heinz Guderian
1 mês atrás

Ta no seu inderevi

Leonardo Cardeal
Leonardo Cardeal
Reply to  Heinz Guderian
1 mês atrás

Heinz, deixa eu responder por ele….

Tá sim! Claro, no fundo!!! kkkkk

Hank Voight
Reply to  Heinz Guderian
1 mês atrás

Na verdade o Moskva foi promovido a submarino com a missão de desnazificar as profundezas do Mar Negro…kkk

Wellington jr
Wellington jr
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

Esqueceu de citar o afundamento do cruzador que era orgulho da frota russa;
destruir a capacidade russa de invadir Kiev forçando o recuo.
Ja passa de 3k as perdas de equipamentos russos. Outra coisa o Vitenã durou 20 anos e não 2 meses. Se formos colocar na contas certas os russos estão de pau a pau com as perdas americanas. Chora na cama que é lugar quentinho.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Wellington jr
1 mês atrás

Na verdade, proporcionalmente falando em relação ao tempo decorrido, as perdas Russas são bem maiores. Ele citou um péssimo exemplo para corroborar o que é indefensável.

Bruno Vinícius
Bruno Vinícius
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

Já que você quer comparar com a Guerra do Vietnã, vamos comparar: se os americanos tivessem perdido soldados na Guerra do Vietnã na mesma proporção que os russos estão perdendo, o total de americanos mortos teria sido de 7500 soldados/mês*12 meses*09 anos (para pegar o período em que os americanos tiveram o maior envolvimento) = 810 mil, ou seja, 14 vezes mais do que eles tiveram nos 20 anos de conflito.

Last edited 1 mês atrás by Bruno Vinícius
Casemiro
Casemiro
Reply to  Bruno Vinícius
1 mês atrás

Não estou interessado em proporções, visto que no Vietnã era uma guerra de guerrilhas.
E lá se foram mais de 60.000 americanos.

Bruno Vinícius
Bruno Vinícius
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

Quem começou a comparação com a Guerra do Vietnã foi você. E 60 mil em 20 anos comparado com 15 mil em dois meses não é nada.

Hank Voight
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

melhor você tomar uma maracugina Xings, vai precisar..kkkk

Andre
Andre
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

Um tanque não, 10 MBTs por dia. Uma avião não já foram quase 10 “modernos” su34.

Foram 10 anos de guerra no Vietnam e 60 mil americanos mortos. Em 2 meses dessa covarde invasão, já foram 15 mil russos.

Os comunistas vietnamitas guanharam a guerra dois anos após assinarem o acordo de paz. Aprenderam com os russos a assinarem acordos e depois rasgarem.

Reinaldo Deprera
Reinaldo Deprera
Reply to  Andre
1 mês atrás

25 mil mortes russas “confirmadas” (não desmentidas). Mas o número real já deve passar dos 40 mil.

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  Reinaldo Deprera
1 mês atrás

Certamente já ultrapassou trinta mil.

Rogerio Loureiro Dhierio
Rogerio Loureiro Dhierio
Reply to  Wellington jr
1 mês atrás

“….se formos usar erros pra justificar nossos erros iremos viver num mundo de desgraça.”

Em sua última frase vc mesmo resumiu o mundo tal qual como ele o é.
Eu sinto em lhe dizer que só tem um pequeno tropeço.
Vc deveria ter dito “…usamos erros …” e nao se formos usá-los.

Isso corrobora tanta desgraça nesse mundo.

Munhoz
Munhoz
Reply to  Wellington jr
1 mês atrás

Em nenhum momento eu disse que os Russos estão certos! Aí é que se nota como são superficiais os comentários, o que eu quero dizer é que devemos fazer uma análise técnica, os meios ocidentais estão trazendo informações corrompidas, não adianta falar nada com vcs, pois não entendem sobre como analisar as informações, vc tem que analisar olhando para todos os lados e não somente para frente como se estivesse preso a um cabresto! Análise outros meios, o tempo que a informação leva para ser divulgado, o que realmente ocorreu sob todas as perspectivas, o ocidente se auto denuncia pela… Read more »

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  Wellington jr
1 mês atrás

Upvote não é o suficiente, eu preciso te dar os parabéns pelo comentário por escrito, caráter tem faltado aos Russófilos, parabéns!

Joe
Joe
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

Como você é desocupado tonho. Isso não é normal.

Wellington jr
Wellington jr
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

Assim como Kiev ia ser nivelada neh kings?
no video contei 3 corpos, dentro das trincheiras estavam vazias, possivelmente um ataque de patrulha pois o solo da trincheira não foi queimado pelo mesmo ataque que queimou as arvores.

Canarinho
Canarinho
Reply to  Wellington jr
1 mês atrás

Veja Intel Slava Z, canal no instagram.

George
George
Reply to  Canarinho
1 mês atrás

Ver, qualquer um pode ver. A pergunta é: você acredita?

Elisandro
Elisandro
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

Com as pilhas de corpos de soldados ucranianos que vejo nestes canais do Telegram, o pessoal que acredita que eles vencerão me parece estar um pouco distante da realidade… Muitos foram enterrados vivos pela artilharia russa em suas trincheiras. Cenas cruéis até para se ver…

Plinio Jr
Plinio Jr
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

Mas não era um passeio que seria resolvido em 01 semana ??

Já são mais de 60 dias ,,,,

Canarinho
Canarinho
Reply to  Plinio Jr
1 mês atrás

Quem disse isso? veio do ato comando Russo essa afirmação?

Hcosta
Hcosta
Reply to  Canarinho
1 mês atrás

Putin disse isso ao presidente da comissão Europeia. Acho que eram duas semanas…

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
1 mês atrás

Eu já havia cantado esta pedra deste o primeiro dia da invasão..

Não só os americanos, a OTAN toda..

Maurício.
Maurício.
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 mês atrás

O problema é achar que as vitórias ou até mesmo a resistência ucrâniana são só por causa das informações de inteligência fornecidas pelos americanos ou pela OTAN, não podemos tirar os méritos dos ucrânianos, até porque quem entra com a própria carne e sangue são eles.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Maurício.
1 mês atrás

Os ucranianos não tem inteligência e ISR em tempo real e isto é o que está sendo decisivo.

Heinz Guderian
Heinz Guderian
Reply to  Maurício.
1 mês atrás

Exatamente, quem está dando a cara a tapa é os ucranianos, vi uns vídeos no telegram, eles estão tendo pesadas baixas, entretanto eles estão defedendo sua terra, os russos por outro lado só querem mais território, mas tbm estão tendo baixas elevadíssimas

Curiango
Curiango
Reply to  Maurício.
1 mês atrás

Tobos a Ucrânia está cheio de saldos e oficias Amis e mais todo o aparato de inteligência do império decadente

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Curiango
1 mês atrás

O aparato de inteligência do império decadente tá fazendo os russos tomarem na tarraqueta… imagina se os EUA mandassem os marines como força expedicionaria + uns airbornes e o suporte pra eles? moscou em 2 semanas seria realidade.

George
George
Reply to  Curiango
1 mês atrás

Tem tecla SAP aí? Não entendi nada do seu comentário.

Marcos10
Marcos10
1 mês atrás

É bem possível que sistemas mais avançados de combate estejam sendo operados por “voluntários” estrangeiros com bastante expertise, ou seja, nem guerra por procuração é mais.
Com Z espalhado por todos os lados, podemos chamar isso de Guerra Mundial Z, com milhares de “voluntários” de vários países aparecendo cada vez mais.

Rogerio Loureiro Dhierio
Rogerio Loureiro Dhierio
Reply to  Marcos10
1 mês atrás

Vc tem alguma dúvida disso?
A Ucrânia nada mais é do que a Síria capítulo dois.

Bruno Vinícius
Bruno Vinícius
Reply to  Marcos10
1 mês atrás

Na Guerra do Vietnã haviam “consultores” soviéticos operando SAMs e pilotando caças em nome do Vietnã, nem por isso deixou de ser uma guerra por procuração.

George
George
Reply to  Bruno Vinícius
1 mês atrás

No Egito havia uma divisão inteira de defesa aérea soviética ajudando os egípcios contra Israel. Tínham até esquadrões de MiG-21 pilotados pelos soviéticos (mas pintados com a cor dos egípcios) contra os Phantom israelenses.

Tinha MiG-25 soviético sobrevoando dia e noite Israel para fazer reconhecimento. Não Os americanos não fizeram nada.

Curiango
Curiango
Reply to  Marcos10
1 mês atrás

Concordo tem q Calígula esses medonhas dos infernos e guardos para posterior uso.

Curiango
Curiango
Reply to  Curiango
1 mês atrás

Capturar

Marcos10
Marcos10
1 mês atrás

“… é uma das razões pelas quais a Rússia não conseguiu estabelecer o domínio aéreo…”
Tá cheio de especialista que descorda, inclusive fardado.

Segio
1 mês atrás

вільна україна!
Ucrânia livre!

istockphoto-1089425282-612x612.jpg
Canarinho
Canarinho
Reply to  Segio
1 mês atrás

Livre aham… livre para ser uma capacho dos EUA.

Andre
Andre
Reply to  Canarinho
1 mês atrás

Não tenha dúvida que todos os ucranianos que estudaram história ou que ouviram as histórias de seus antepassados que viveram sob o domínio russo, preferem ser capachos dos marcianos do que dos russos.

Eles já tiveram a experiência de ser usados, abusados e mortos aos milhões sob dominio russo.

Jefferson Ferreira
Jefferson Ferreira
1 mês atrás

Se isso não é de fato entrar na guerra não sei o que é… a sorte é que a rússia não tem cacife pra revidar e vai só levar por parte dos eua… Mas de fato há uma coalizão eua-ucrania x russia

Agressor's
Agressor's
Reply to  Jefferson Ferreira
1 mês atrás

Se a Rússia que é uma potência militar esta sofrendo contra a Ucrânia. Tu imagina então a replubica federativa do braziu contra algum país invasor, né!

Nunca antes nas estória desse paif…. rs

Last edited 1 mês atrás by Agressor's
Palpiteiro
Palpiteiro
Reply to  Jefferson Ferreira
1 mês atrás

Que guerra? E só uma operação especial. Tem comentários falando de terceira guerra, mas os russos nem estão em guerra.

Pablo Maroka
Pablo Maroka
Reply to  Jefferson Ferreira
1 mês atrás

O bem contra o mal

Maurício.
Maurício.
Reply to  Jefferson Ferreira
1 mês atrás

“coalizão eua-ucrania x russia”

Onde estão as tropas americanas que até agora eu ainda não vi? Onde estão os Abrams, Bradleys, Clanfs, Apaches, Vipers, F-18, F-16, onde estão os Tomahawks, onde está a US Navy? Tem um pessoal que quer por que quer acreditar que os americanos estão combatendo os russos diretamente nessa guerra, mesmo a realidade dos fatos mostrando o contrário…

Marcos10
Marcos10
1 mês atrás

Que cada oficial russo se prepare, pois cada movimento seu está sendo rastreado pelo EUA.

Bruno Vinícius
Bruno Vinícius
1 mês atrás

Isso certamente ajuda a explicar a dificuldade russa em destruir SAMs e Aeronaves Ucranianas. Ter aeronaves AEW, ELINT e ISR impossíveis de serem abatidas é provavelmente o sonho de consumo de todos os generais do mundo, e os Ucranianos ganharam exatamente isso (para ficar melhor só se os equipamentos Ucranianos tivessem DataLinks no padrão OTAN).

Wellington jr
Wellington jr
Reply to  Bruno Vinícius
1 mês atrás

vão ter, é isso que vai deixar a guerra interessante. Com a Ocidentalização das forças ucranianas, eles vão ter mais acesso ao que os aliados da OTAN possuem em inteligência em campo.

Wellington jr
Wellington jr
1 mês atrás

Outrora publicado aqui no Forte a semelhança da batalha de Donbass com a batalha de Kursk, venho aqui trazer uma curiosidade, os sovieticos deveriam perder a batalha de Kursk, isso porque a força soviética era insuficiente para combater os nazistas e Stalin queria atacar os alemães primeiro. Devido a Alan Turing ter decifrado a Enigma os britânicos conseguiram se antecipar em relação aos planos alemães, com uma rede de agentes duplos que forneciam a conta gotas informações obtidas pela inteligência britânica os sovieticos foram informados dos planos nazistas e tiveram tempo para se preparar. Churchill era irredutível em compartilhar inteligência… Read more »

Gilson Elano
Gilson Elano
Reply to  Wellington jr
1 mês atrás

Nada pode tá tão ruim que não possa piorar. A Intel da OTAN com acesso a vários equipamentos de uso exclusivo dos russos, sendo estudado detalhadamente, nesse momento.
Essa situação talvez explique a ausência do SU-57, mesmo que de forma limitada no cenário de guerra. Imagina a estrela da aviação russa sendo derrubada.

Andre
Andre
Reply to  Gilson Elano
1 mês atrás

O su57 e o t14 estão ausentes porque não estão operacionais. Não tem nenhum esquadrão formado, não tem doutrina de uso…

Hoje, as “estrelas” da força aérea russa são o su35 e o su34e ambos já foram derrubados.

Casemiro
Casemiro
Reply to  Wellington jr
1 mês atrás

Ah tá!
Os soviéticos tinham milhares de tanques e aviões e ainda milhões de soldados, mas a vitória foi alcançada por causa de um ocidental.
Isso é a história que querem te passar.
Como o que acabou com a guerra foi o Dia D.
Vai acreditando.

Wellington jr
Wellington jr
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

kings o que falei está nos livros de historia é fato historico que foi escondido do resto do mundo durante anos, que você pode querer negar para achar que os sovieticos venceram a batalha de Kursk bravura, isso é um direito seu, mas não é a verdade. Eles só venceram porque obtiveram informações dos agentes duplos. O tanto que você é um apedeuta Alan turing era gay, foi condenado por promiscuidade, seus feitos na guerra só foram a publico muito tempo após sua morte e só na década recente que a coroa Britanica perdoou Alan. Sem ele, você dificilmente estaria… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Wellington jr
Agnelo
Agnelo
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

Foi
E vc sabe disso. Mas prefere espernear.
E mais…. Mesmo com os dados passados aos soviéticos, os alemães quase reverteram Kursk, e não o fizeram, pq os aliados atacaram e maior esforço na Europa Ocidental, ficando as reservas alemães comandadas por Maisten.

Essa ladainha de milhões de tanques e homens serviu só pros alemães matarem mais gente. Com mais competência, teriam feito muito mais com menos. Como os EUA, por exemplo.

Casemiro
Casemiro
Reply to  Agnelo
1 mês atrás

‘E mais…. Mesmo com os dados passados aos soviéticos, os alemães quase reverteram Kursk.

O ‘bolsão’ tinha 250 km por 180 km e os alemães avançaram 30 ao sul e apenas 10 km ao norte.
A profundidade das defesas em algumas áreas chegava a 300 km.
Os alemães nunca estiverem perto da vitória e ainda levaram um grande contra-ataque com enormes perdas.
Essa ladainha de que os ocidentais sempre ajudaram a Rússia não cola mais.

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
Reply to  Agnelo
1 mês atrás

EUA fez mais com menos? É piada isso? Chegaram nos 45 do segundo tempo, queria ver só os EUA enfrentando a Wermatch de 1940, com mais de 4 milhões de tropas, o fumo iria ser grande para os americanos. Aliás já foi mesmo a Wermatch não sendo mais o que era antes, basta ver as grandes baixas sofridas na Sicília, Ardenas, Itália, etc.

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Inimigo do Estado
1 mês atrás

Dia D foi em 44 mas os EUA já estavam em outros teatros.

Os EUA entraram na Guerra em 41.

Quem lutou contra a Alemanha em 39 e 40 foram os Britânicos e Franceses.

Alemanha invadiu a URSS em 41 após violar o acordo entre os dois.

Quer fazer sua torcida? faça, mas usa os dados corretos.

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Inimigo do Estado
1 mês atrás

Ao menos os americanos tinha armas e munição para todos os soldados…

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Wellington Jr
1 mês atrás

Os soviéticos tbm, graças aos americanos.

Andre
Andre
Reply to  Wellington jr
1 mês atrás

Além disso, a invasão americana da Itália, cumprindo o acordo de Teerã, quando Stalin ameaçou abandonar a guerra e fazer paz com seu antigo aliadoaso os EUA não abrissem uma nova frente na Europa, fez com que Hitler retirasse muitos tanques da pinça sul do ataque, acabando com a batalha.

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Andre
1 mês atrás

Negada não lê história e ficam repetindo asneiras, obrigado André por adicionar mais informações e desmentir o King.

Agressor's
Agressor's
1 mês atrás

E o povo ucraniano segue no sacrifício…

Andre
Andre
Reply to  Agressor's
1 mês atrás

Basta o covarde invasor se retirar que o sofrimento acaba.

Henrique
Henrique
1 mês atrás

Quando disse que a Rússia estava lutando contra o “mundo” recebi uma tonelada de “deslikes” mas é fato que essa “procuração” dada pelos EUA à Ucrânia está prolongando uma guerra que pode ainda ter consequências desastrosas. A diplomacia perdeu a discrição e com esse tipo de mensagem escancarada só aumenta a “justificativa” do Putin para “combater os EUA” e o mundo junto a seu país. Aquela teoria que alguns P8 iluminaram o Moskva como um alvo se torna então completamente plausível…. e também perigoso. Daqui a pouco não fiquem espantados se começarem a cair satélites sem aviso-prévio pois o escalonamento… Read more »

Gilson Elano
Gilson Elano
Reply to  Henrique
1 mês atrás

Vendida para o ocidente, simples assim!

Alecs
Alecs
Reply to  Henrique
1 mês atrás

Prezado Henrique,
Não acredito os russos usem armas nucleares contra a Ucrânia e muito menos contra algum país da OTAN. Se usarem contra a Ucrânia acredito que até os chineses vão condena-los. Contra um país da OTAN está garantido a mútua destruição e sempre existe a possibilidade de algum general mais sensato se recusar a cumprir tal ordem. Já o ataque a algum satélite americano acredito ser possível, mas ao fazerem isso terão os seus satélites também destruídos. Enfim é possível, mas pouco provável.

Henrique
Henrique
Reply to  Alecs
1 mês atrás

Também quero acreditar nisso Alecs, mas se deixarem o “Czar” sem saída ou “sem nada a perder” são possibilidades que não podemos descartar.
Antes dessa guerra poucos acreditavam que a Rússia iria de fato invadir a Ucrânia com todas as possíveis sanções e riscos…. certas coisas ultimamente são imprevisíveis com a quantidade de figuras desprovidas de caráter e bom senso que estamos vendo no comando de grandes potências.

Wellington jr
Wellington jr
Reply to  Henrique
1 mês atrás

você Henrique parece mais razoavel e logico.
Sim a inteligencia russa possivelmente deve ter rodado algum relatorio contra a invasão, mas Putin se cercou de malucos igual Stalin. Esse relatorio foi pro lixo antes de ser apreciado. Agora a M. ta feita.

Pablo Maroka
Pablo Maroka
Reply to  Henrique
1 mês atrás

A rússia revidará com uma marcha para trás em massa alvejando sair da europa.

Agnelo
Agnelo
Reply to  Henrique
1 mês atrás

A Rússia está experimentando o q fez com os EUA no Vietnã. Só q a OTAN está sendo mais profissional, pra dizer o mínimo.

Henrique
Henrique
Reply to  Agnelo
1 mês atrás

Agnelo, a história do Vietnã é mais complexa, começou com os franceses que foram expulsos de lá e depois com os americanos que criaram uma situação no Golfo de Tonkin para intervir militarmente naquele país para ter uma zona de influência mais perto da China (esta sim principal protagonista no apoio ao V. do Norte) …. e mais, o Vietnã está a + de 13.000km dos EUA e não em suas fronteiras como é o caso da Ucrânia com a Russia … e novamente os EUA do outro lado do mundo fomentando confusão…rs
Abraço,

Elisandro
Elisandro
1 mês atrás

E mesmo assim a Ucrânia está perdendo…

Ze das Couve
Ze das Couve
Reply to  Elisandro
1 mês atrás

“For decades Russia has been the second most powerful military, Now Russia is the second most powerful military in Ukraine”

Rogerio Loureiro Dhierio
Rogerio Loureiro Dhierio
1 mês atrás

Se podemos sintetizar tudo isso e dar um ponto de vista, seria justo dizer que na Síria os EUA jogaram xadrez com a Rússia, fez um movimento que atraiu os russos de tal modo que fosse possível fazer uma análise primária más muito bem detalhada das capacidades russas.

Agora na Ucrânia os EUA movimentaram suas peças em mais uma jogada de mestre onde a Rússia novamente acusou o golpe.
Estão enfraquecendo.

Em resumo, EUA e Rússia ja estão em guerra direta más de forma não oficial.

seuzénétiuôrqui
seuzénétiuôrqui
1 mês atrás

E já começam a ser liberadas as primeiras fotos de soldados da otan que foram mortos pelas tropas russas. Muitas bases da otan (eua) com equipamentos e dezenas de “instrutores” foram totalmente destruídas.

2222-4-768x577.jpg
Reinaldo Deprera
Reinaldo Deprera
Reply to  seuzénétiuôrqui
1 mês atrás

Sim, milhões.
Essa foto, alias, é apenas uma degustação. Não é isso?

Existe uma diferença entre as fontes russas e as ucranianas.
Os ucranianos preferem vídeos e publicam no Twitter na sequência da gravação.
Os russos preferem fotos que retratam parte da história, deixando a interpretação para o leitor. Como no fim de um Conto do Anton Tchekhov.

Last edited 1 mês atrás by Reinaldo Deprera
Henrique
Henrique
1 mês atrás

Amigo, muito triste postar qualquer foto deste tipo de qualquer lado que seja.
Políticos aliciados, corruptos ou autocratas criam confusões e situações geopolíticas mas são pessoas como nós e nossos filhos que vão pra frente de batalha morrer por isso.
Há pais de família e jovens matando e morrendo dos dois lados sem saber exatamente o porque dessa guerra…
Obs: não me refiro aos mercenários.

Last edited 1 mês atrás by Henrique
Elisandro
Elisandro
Reply to  Henrique
1 mês atrás

Concordo plenamente. Estas fotos são cruéis e tristes para as pessoas comuns…

seuzénétiuôrqui
seuzénétiuôrqui
Reply to  Henrique
1 mês atrás

Você só está dizendo isso porque são cenas de carcaças de seus donos que estão estraçalhadas. E tem mais, muito mais. Só não são publicadas. Se fossem de russos vc estaria vibrando seu s…….o. É isso aí que irá até Moscou? Quiseram guerra pois agora que aguentem.

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  seuzénétiuôrqui
1 mês atrás

A OTAN não entrou na guerra. não de verdade. só vai entrar quando uma unidade de calavaria blindada americana for usada na ucrania. fora isso é tudo apoio a nivel militado.

e a Russia continua a operação especial. senta e assiste os seus donos serem mortos tentando tomar um pais soberano.

Henrique
Henrique
Reply to  seuzénétiuôrqui
1 mês atrás

Não meu caro, não estaria vibrando em nenhuma hipótese! Muitos jovens russos estão morrendo nessa mesma guerra e se lesse de fato o que escrevi não estaria escrevendo esse tipo de bobagem.
Americanos, Otan etc.. não são santos, nem os líderes russos e não tenho lado nessa guerra, apenas avalio fatos que é o que todos nós deveríamos fazer aqui num debate saudável e sem torcidas.
E por falar nisso ..”seus donos”.. é a vovozinha !! Sou BRASILEIRO, NÃO SOU AMERICANO, RUSSO OU EUROPEU e não uso Nickname zuado também.

Antunes 1980
Antunes 1980
1 mês atrás

A Ucrânia está deixando o urso desesperado, praticamente em uma
sinuca de bico; com vitórias grandiosas em todos os fronts.
E mesmo assim alguns comentaristas se dão ao trabalho de criticar os ucranianos e deturpar totalmente os eventos desta invasão covarde.

Haja grana que a KGB paga para seus apoiadores mundo afora.

Heinz Guderian
Heinz Guderian
1 mês atrás

Nossa, estão morrendo soldados ucranianos na guerra, que novidade….. Prezado Kings, caso você não saiba, a Ucrânia está lutando contra a segunda maior potência militar, é meio chover no molhado dizer que a Ucrânia está tendo pesadas baixas né? ainda mais quando não se tem superioridade aérea. A questão é, eles estão lutando pela sua terra, pelo seu país. Pelo que os russos lutam? Resposta= Imperialismo russo, assim como foi na CHechenia, Georgia, e agora Ucrânia, jaja eles arrumam um argumento e invadem a Moldávia também. Mortos por mortos, tem várias fotos assim de russos também. Triste para os dois… Read more »

Zabumba
Zabumba
1 mês atrás

Quanta inteligência ?…a usina de carne moída em pleno andamento no front de batalha…cuidado com o chapéu de alumínio vem aço na cabeça.

Andre
Andre
Reply to  Zabumba
1 mês atrás

Cade a coluna com 60km que iria terraplanar Kiev?

Todos vestiram seus chapéus de aluminio e voltaram para Netuno.

Reinaldo Deprera
Reinaldo Deprera
1 mês atrás

A NBC News está confirmando o que já tinha sido noticiado pela CNN. A CNN, que alias, foi muito além quando a Christiane Amanpour disse ter fontes no Pentágono e na OTAN que confirmavam que havia um entendimento no sentido de ajudar a Ucrânia até que alguns objetivos fossem alcançados, dentre os quais: expulsar a rússia do leste da Ucrânia e da Criméia, remover Vladmir Putin do governo da rússia. Todas as notícias desde que ela disse isso (a 2 meses atrás) só servem para corroborar com o que ela diz ter ouvido de fontes importantíssimas. NBC é maior dentro… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Reinaldo Deprera
Max
Max
1 mês atrás

“McLaughlin disse que os ucranianos fizeram uso inteligente da chamada inteligência de código aberto – imagens de satélite comerciais”

Last edited 1 mês atrás by Max
Max
Max
1 mês atrás

Interessante

Nilton L Junior
Nilton L Junior
1 mês atrás

E verdade o força aérea da Ucrânia esta bombando, todos os dias eles fazem missões de reconhecimento e apoio ao solo e alem de superioridade aérea hahahahahaha as notozetes e suas criatividade.

Denis
Denis
1 mês atrás

Queria saber por que a inteligência americana não foi tão eficiente assim no Afeganistão e na Síria…

Últimas Notícias

Svatovo, primeiro alvo do HIMARS?

A mídia ucraniana tem divulgado vídeos e imagens de uma suposta explosão nas proximidades da cidade ucraniana de Svatovo,...
- Advertisement -
- Advertisement -