quarta-feira, novembro 30, 2022

Saab RBS 70NG

ANÁLISE: 63º Dia da Guerra na Ucrânia

Destaques

Redação Forças de Defesa
Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

Prof. Dr. Ricardo Cabral*

  • Principais ações russas são no sentido de controlar a região do Donbass (oblast/cidades de Kharkiv, Luhansk e Donetsk), praticamente cercaram Slovyansk avançam em direção Kramatorsk (capital de Donbass e dos oblasts de Zaporizhia e Kherson;
  • As tropas russas interromperam o avanço em direção à Mikolayiv, para ajuste do dispositivo. A manobra russa leva a crer que o objetivo seguinte é Odessa, fechando o acesso ao mar da Ucrânia.
  • Concentração de forças para atacar Odessa, atravessando Mikolayiv;
  • Ativação de um novo grupo de batalha “O” na região de Donbass para se juntar aos grupos “Z” e “v” reforçando o ataque, atuando na região de Kharkiv, movimento de pinça para partindo de Izyum e Donenesk a fim de cercar a maior parte das forças ucranianas no Donbass;
https://twitter.com/JominiW/status/1517660500733136898/photo/1
  • O mapa acima nos mostra as unidades russas e ucranianas desdobradas no teatro de operações;
  • Uma esquadra russa, com pelo menos 10 navios de guerra, bloqueia o porto de Odessa, que continua sendo bombardeada por mísseis. Existe a possibilidade da realização de um assalto anfíbio contra a cidade acompanhado por um avanço de forças blindadas por terra a partir de Mikolayiv;
  • Continuidade da destruição da infraestrutura militar e civil ucraniana depósitos de combustível e munição, emprego de drones, helicópteros e da aviação dificultando a movimentação de tropas ucranianas;
  • Destruição de trechos ferroviários, entroncamentos e estações e pontes ferroviárias que trazem equipamentos e suprimentos do oeste para leste;
  • É provável que os russos destruam as pontes que atravessam o rio Dniper e o ucranianos destruam as pontes que ligam a Crimeia ao continente e de Kherson para Odessa;
  • As melhores forças russas e ucranianas estão no sudeste na região de Donbass. O avanço russo tem sido contínuo, mas lento devido as posições defensivas preparadas (trincheiras, fossos anti-blindados, campos minados etc) desde 2014 pelo ucranianos e que estava sujeita a avanços e recuos de ambas as partes;
  • Lembro que o exército ucraniano e a guarda nacional ucraniana são treinadas por oficiais da Otan, das forças armadas dos EUA e pela guarda nacional da Califórnia;
  • A superioridade aérea russa está sendo contestada pela implantação de baterias de mísseis S-300 e por mísseis portáteis (Stinger, RBS 70, Igla S). Os ucranianos buscam criar uma zona de exclusão aérea na Ucrânia;
  • Secretário de estado Anthony Blinken e de defesa Lloyd Austin afirmaram em Kiev que querem degradar ao máximo as capacidades militares russas enviando mais dinheiro para compra de equipamentos pesados, suprimentos e pagamento de mercenários (em torno de 10 mil e aumentando);
  • O Ocidente está desdobrando forças especiais (SAS, SBS, Delta Force, paraquedistas franceses entre outras não confirmadas), juntamente com mercenários dos EUA, UK, suecos, israelenses, e de vários países europeus para compensar o grande número de perdas decorrente dos combates e do baixo efetivo das unidades ucranianas;
  • A pergunta que não quer calar: são mercenários mesmo? Ou operadores de forças especiais e membros de unidades de elite de países do ocidente disfarçados?
  • Começam a chegar na Ucrânia equipamento pesado tanques como os 40 T-72 poloneses (menos que um batalhão), sistemas de artilharia de longo alcance, autopropulsados, S-300 e vários outros equipamentos. A chegada desses equipamento podem mudar o panorama estratégico em favor dos ucranianos;
  • Muito se fala sobre a Rasputitsa, ou seja, a lama da primavera, quando o tráfego através campo e pelas estradas de chão se tornam mais difíceis, na Rússia e na Ucrânia, mas o terreno na região de Donbass é mais consistente e permite a passagem de blindados sem atolarem. Além disso, os blindados russos estão adaptados para o combate nesse tipo de terreno, caso houvesse necessidade;

O mapa acima nos mostra o grau de acessibilidade para blindados de mais de 30 toneladas, nos diferentes tipos de solo na ucrânia durante a primavera.

  • Intransitável – Vermelho
  • Pouco transitável – Amarelo
  • Caminhável – Verde

Como vemos nas planícies de donbass, em geral, o movimento com esses veículos é relativamente fácil, mas não nas áreas que o exército russo abandonou durante essas semanas no norte do país.

  • Os russos estão incrementando suas capacidades C6ISR (comando, controle, comunicações, computadores, ciberdefesa e sistemas de combate e inteligência, vigilância e reconhecimento), sistema Glonass (armas de precisão), a fim de adquirir uma maior consciência situacional do teatro de operações, pois os ucranianos estão recebendo informações da Otan;
  • Se armas pesadas, fornecidas pelo Ccidente, chegarem à linha de frente, em grandes quantidades, os russos ficarão em apuros e podem até serem derrotados e se verem diante da possibilidade de uma invasão de seu território. O problema de uma derrota é que a resposta russa, pode ser nuclear, como já ameaçaram Putin e Lavrov;
  • Mudança tática russa: em vez de avanços baseados em pequenos grupos de batalha de infantaria blindada e mecanizada, valor companhia e batalhão, apoiados por blindados e autopropulsados, os russos estão empregando intensas barragens de artilharia, grupos de batalha valor brigada e divisão, de infantaria blindada e mecanizada apoiados por artilharia rebocada, baterias de mísseis, blindados, autopropulsados, drones, helicópteros e caças;
  • Importante: Nikolai Patrushev, secretário do conselho de segurança nacional da Rússia, prevê divisão da Ucrânia em vários estados por causa da política pró-Ocidente de Kiev;
  • Major-general Rustam Minnekayev, comandante do distrito militar central de Moscou, afirmou que os russos querem negar aos ucranianos acesso ao Mar Negro e tomar cidades como Odessa e Mykolaiv, no sudoeste, para estabelecer um corredor terrestre saindo do Donbass até a península da Crimeia e criar um ponto de acesso à região separatista da Transnístria, na Moldávia;
https://twitter.com/TheStudyofWar/status/1519093455040905216/photo/1
  • Nos últimos dias tem ocorrido uma série de incidentes contra os russos na Transnístria. Moscou afirma que são provocados pelos ucranianos e que as populações russas da região correm perigo;
  • Antônio Guterres, negocia um cessar fogo, algumas perguntas: os russos mantêm os territórios ocupados? Isso parece inaceitável para os ucranianos e mais os EUA e seus aliados aceitarão o congelamento do conflito? E como ficarão as sanções? Não parece que esse conflito vai terminar sem que um dos lados tenha uma vitória, que leve o outro a aceitar uma negociação para evitar um desastre maior;
  • Rússia em busca de novos aliados. Lavrov reitera o apoio à entrada do Brasil, da Índia e de um representante da África no Conselho de Segurança;
  • Este conflito é uma guerra por procuração com o objetivo de degradar ao máximo as capacidades russas. Nesse sentido, os norte-americanos e britânicos estão dispostos a lutar até o último ucraniano vivo.

  • O maior impacto da possível entrada da Suécia e da Finlândia não será no Báltico, até porque a Dinamarca fechará os estreitos (Grande Belt, Pequeno Belt e Oresund) assim como a Turquia fez nos estreitos de Bósforo e de Dardanelos, isolando a esquadra russa, nem pela nuclearização, já que os EUA tem armas nucleares posicionadas na Alemanha, Bélgica, Holanda e no Reino Unido que defendem todo o Báltico. O impacto maior será no Oceano Ártico, pois com as mudanças climáticas e o degelo se abre a possibilidade da abertura da rota noroeste que ligaria o Atlântico Norte ao Pacífico Norte e tem as possibilidade de exploração econômica da região. Em termos geopolíticos, colocaria a posição de Murmansk em cheque. Lembro que a Rússia tem se dedicado nos últimos anos a ocupar a região e apresentou reivindicações sobre a delimitação do mar territorial.

Mestre e Doutor em História Comparada pelo Programa de Pós-Graduação em História Comparada (PPGHC) da UFRJ, professor-colaborador e do Programa de Pós-Graduação em História Militar Brasileira (PPGHMB – lato sensu), da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro/UNIRIO e Editor-chefe do site História Militar em Debate e da Revista Brasileira de História Militar. Website: https://historiamilitaremdebate.com.br

- Advertisement -

168 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest

168 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
7 meses atrás

63º dia ?!?

Como assim ??

Dois meses de margem de erro..

PACRF
PACRF
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
7 meses atrás

Concordo com Oleg Tinkov: ele chamou esse guerra de “absurda” e de que “não traz nenhum benefício”. “Ao acordarem de ressaca, os generais perceberam que têm um Exército de merda”, publicou. “E como o Exército pode ser bom, se tudo mais no país é uma merda imensa no nepotismo e no servilismo?” E apelou: “Por favor, sejam mais racionais e humanitários”, pedindo que “dê ao senhor Putin uma saída para ele livrar a cara e parar esse massacre”.

Last edited 7 meses atrás by PACRF
Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  PACRF
7 meses atrás

Eu n fico entrando em link…fala ai o que tem lá..

Leonardo
Leonardo
7 meses atrás

A Rússia mudou de estratégia. Na primeira fase foi um grande erro , percas enormes. Avançou muito rápido com grandes colunas blindadas sem se preocupar e foram sofrendo muitas baixas por emboscadas e artilharia. Um massacre . Na segunda a fase a Rússia está utilizando massivamente artilharia nas posições ucranianas , está usando os spetsnaz para durante operação a noite fazendo emboscadas contra os Ucranianos. Nessa segunda fase as perdas russas diminuíram muito e as ucranianas aumentaram . A primeira fase no telegram aparecia 10 vídeos de russos mortos ou sendo emboscadas para aparecer um de Ucranianos mortos ,agora o… Read more »

Marlos
Marlos
Reply to  Leonardo
7 meses atrás

Verdade, tenho visto vários vídeos de muitos equipamentos ucraniano destruído e muitos soldados mortos algo bem triste da para ver que essa segunda fase está sendo bem brutal.

Casemiro
Casemiro
Reply to  Marlos
7 meses atrás

E os russos estão derrubando até loitering munitions ucranianas.
Vou tentar pesquisar como eles estão fazendo isso.
https://southfront.org/russian-forces-shot-down-polish-made-loitering-munitions-near-ukrainian-nuclear-plant-photos/

comment image?x41789

Made in Polonia

Reinaldo Deprera
Reinaldo Deprera
Reply to  Casemiro
7 meses atrás

Você não cansa de republicar FakeNews desses satélites do Kremlin.
Quando a autonomia desses drones acaba eles caem. Não há nenhum sinal de impacto por munição direta ou fragmentada nesse drone que caiu.

Jagdverband#44
Jagdverband#44
Reply to  Leonardo
7 meses atrás

“percas”?

Joe
Joe
Reply to  Jagdverband#44
7 meses atrás

Percas, aquele peixe entendeu?

Agressor's
Agressor's
Reply to  Leonardo
7 meses atrás

Putin é um estrategista, pois a cada passo dado rumo a Ucrânia ganhará ponto no jogo de xadrez.

Augusto
Augusto
Reply to  Leonardo
7 meses atrás

Não e por nada não Leonardo, mas os russos estão demorando muito em seu avanço. Já tem uma semana e a frente de combate parece que se estabilizou. Não está me parecendo uma guerra de manobra e sim uma de atrito, onde os russos só tem a perder com isso. Os russos precisam de avanços mais consistentes se pretendem vencer essa guerra. A cada dia que passa, a ucrânia fica cada vez mais fortalecida na região. Tanto pelo reposicionamento de suas forças quanto pela chegada da ajuda do ocidente. Lembrando que em uma guerra de atrito, só tende a favorecer… Read more »

Casemiro
Casemiro
Reply to  Augusto
7 meses atrás

Os russos só estão avançando após bombardear muito as defesas ucranianas.
Assim, causam muitas perdas ao inimigo e evitam as suas.
as pilhas de cadpaveres ucraniano mostram isso.
Tem muito soldado da Ucrânia morrendo dentro de trincheiras.
Espere para qualquer momento a retirada ucraniana de Severodonetsk para uma linha mais atrás em Kramatorsk.
O problema é que os russos também estão se aproximando de Kramatorsk para outro cerco.

Leonardo
Leonardo
Reply to  Augusto
7 meses atrás

A Rússia está avançando todo dia , lentamente mas está , ontem várias aldeias foram capturadas . Não há como fazer um avanço rápido de forma segura . O avanço será lento mas constante e neste momento a as baixas ucranianas estão bem elevadas comparadas as russas. A Rússia não precisa vencer rápido já que ela sempre terá mais reservas que a Ucrânia. Fora que os depósitos de munições e ferrovias e pontes estão sendo destruídas impedindo a chegada de parte dos suprimentos da Ucrânia. Drones russos estão vigiando qualquer movimento das tropas no solo , e a artilharia da… Read more »

Casemiro
Casemiro
7 meses atrás

Percebe-se claramente que os russos estão se aproximando de Kharkov.
Várias cidades e lugarejos ao norte da cidade estão sendo ocupados.
Ao sul, também avançam e, por conseguinte, ganham terreno em direção a Dnipro (ou Kremenchuck também?).
Em Donbass, as perdas ucranianas em mortos, feridos e prisioneiro é muito grande.

Joe
Joe
Reply to  Casemiro
7 meses atrás

É tonho, você já está falando há dois meses que os avanços russos são magníficos. Fala há tanto tempo que até já mudou de nome. Kiev já caiu?

Canarinho
Canarinho
Reply to  Joe
7 meses atrás

Quantas cidades e vilarejos voce acha que tem na Ucrania?? Maluco isso e uma guerra, estamos falando de milhares de km2. Voce tem nocao do que e isso? Voce tem nocao o que e lutar praticamente sozinho contra um eixo do mal, composto pelas maiores potencias do mundo?? O deep state ocidental esta em polvorosa. Como ousam aqueles eslavos desafiar seus ultimatos e planos de poder??? Eles vao pro tudo ou nada. Se voce esta acompanhando mesmo essa guerra, via ver que os Russos na verdade, pelo que se tem registrado estao dando uma tratorizada nas forcas ocidentais e ucranianas.

Putin
Putin
Reply to  Canarinho
7 meses atrás

Antôniovsk, eu não tinha te demitido? O que está fazendo aqui?

Alecs
Alecs
Reply to  Putin
7 meses atrás

Ótimo! kkkkkkkkkkkkkkk

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Canarinho
7 meses atrás

Eixo do mal

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK até parece que é a Europa que ta invadindo a ucrania e bombardeando civis

Z Renato Vilhena Z
Z Renato Vilhena Z
Reply to  Casemiro
7 meses atrás

Excelente!

Carvalho
Carvalho
Reply to  Casemiro
7 meses atrás

Falou a Voz de Moscou !
Mais 6 meses e tomarão as cabeças de ponte no Dnipre !! Fantástico!

Andre
Andre
Reply to  Casemiro
7 meses atrás

Esse avanço para trás russo está mesmo impressionante. Com a debandada das forças russas ao redor de Kiev e Sumy vemos pelo mapa que a Rússia já capturou
á distância metade da Ucrânia.

Canarinho
Canarinho
Reply to  Andre
7 meses atrás

Nota-se que vc nao esta sabendo de fato o que esta acontencendo. ate o The Sun (tabloide repugnante), ja admitiu as derrotas em massa da Ucrania na frente leste.

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Canarinho
7 meses atrás

se isso é verdade, porque a linha de frente não colapsou?

Diogo de Araujo
Reply to  Casemiro
7 meses atrás

É antônio reis, não tá fácil pro czar

Plínio Jr
Plínio Jr
Reply to  Casemiro
7 meses atrás

Veremos uma repetição da estratégia russa adotada em Kiev… Um grande avanço de e ré…

Augusto
Augusto
Reply to  Casemiro
7 meses atrás

Casemiro, analisando o mapa não me parece que os russos avançaram muito em Kharviv. Eles parecem que estão se aproximando pelo sul, mas se querem tomar Donbass primeiro, eles deveriam focar seus esforços na manobra de fechamento do bolsão. Lembrando que os russos não tem contingentes suficientes para dois cercos, tanto em Kharviv como em Donbass. No sul se querem avançar em direção a a Odessa, terão que cercar Mikolayiv, grande questão e que com esse movimento, os russos teram quatro grandes centros urbanos para cercar ao mesmo tempo. A conta não fecha, serão preciso centenas de milhares para poderem… Read more »

Leonardo
Leonardo
7 meses atrás

Agora os russos vão avançar lentamente para dar tempo de reforçar a área ocupada e garantir a segurança dos flancos .
Parece que as trincheiras que os soldados Ucranianos não estão funcionando bem , a artilharia russa com apoio de drones está dizimando muitos soldados.
Está guerra vai durar muito ainda , uma guerra lenta mas brutal.
A melhor chance dos russos é atacar os depósitos e carregamentos de armas ocidentais e a maior chance para os Ucranianos é conseguir chegar com estas armas na frente de batalha.

gordo
gordo
Reply to  Leonardo
7 meses atrás

Defesas estáticas perdem em muito a eficácia sem apoio, acabam se tornando alvos para a artilharia. No momento não vejo como a Ucrânia pode conter o avanço no curto prazo. Uma guerra longa não interessa a UE e já passou da hora de intervirem diplomaticamente a partir dos interesses dela ao invés de embarcarem nessa política de sanções e isolamento da Rússia que só favorece os EUA e Inglaterra.

Bosco
Bosco
Reply to  Leonardo
7 meses atrás

Leonardo,
Em guerra moderna não existe isso de “avanço lento”. Se for lento dá tempo da defesa se organizar e há um fluxo constante de pessoal e material vindo do oeste. Se tá lento é porque quis ir rápido e não deu conta.

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  Bosco
7 meses atrás

Convenhamos, este conceito de avanço lento ja foi revisto na segunda guerra mundial, o tempo joga contra Putin ferozmente!

Augusto
Augusto
Reply to  Bosco
7 meses atrás

Concordo com sua analise Bosco, a cada demora de se concretizar um avanço consistente, mais tempo a defesa tem para se reagrupar.

Parece que a comparação com Kursk não foi tão injustificada.

Rogério Loureiro Dhiério
Rogério Loureiro Dhiério
Reply to  Bosco
7 meses atrás

É porque não se trata de uma guerra más sim uma ação especial russa. Então não precisa ter pressa.

Né?

Ironic Mode ON….So much.!!!!

Erick Barros
Erick Barros
Reply to  Rogério Loureiro Dhiério
7 meses atrás

Os ucranianos estão dispostos a lutar até morrer.
Os russos estão dispostos a matar.
Deu match!

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Erick Barros
7 meses atrás

As baixas russas mostram que os Ucranianos estão ficando muito bons em matar soldados Russos…

E os Russos muito bons em matar civis ucranianos.

Leonardo
Leonardo
Reply to  Bosco
7 meses atrás

Logicamente. Mas no início da guerra a Rússia avançou rapidamente não por que no início estavam lutando muito melhor e sim por que avançaram sem fortalecer suas posições e sem cuidado , por isso as grandes perdas , ataques as linhas de suprimentos. Agora o avanço é lento mas constante , só há avanço quando todas as tropas inimigas foram derrotadas e não há mais perigo em esticar as linhas de suprimentos. No início o avanço era as cegas e colocava as tropas no meio das tropas inimigas para serem atacadas de todos os lados. Mas é óbvio que o… Read more »

Varg
Varg
7 meses atrás

Ué, não iam tomar Kiev em 5 dias?

Z Renato Vilhena Z
Z Renato Vilhena Z
Reply to  Varg
7 meses atrás

“A Russia termina em algum lugar no meio da Ucrânia.” Você não entende nada de Russia, da mentalidade russa e de História. Os objetivos estão todos sendo cumpridos. Em breve a Russia dominará todas as terras mais férteis da Ucrânia, todas as reservas de hidrocarbonetos da costa do Mar Negro ucraniano, fechara a saída para o Mar para a Ucrânia. E o tal país fake chamado Ucrânia ainda será invadido em breve pela Polônia e pela Hungria, perdendo a sua parte Oeste. O objetivo é Kiev? É mesmo?

Casemiro
Casemiro
Reply to  Z Renato Vilhena Z
7 meses atrás

E como dizem.
A Guerra Fria voltou.
Só falta decidir em que parte da Ucrânia vai passar a linha divisória.

Carvalho
Carvalho
Reply to  Casemiro
7 meses atrás

Perdeu a 1a Guerra Fria.
Vai perder de novo

Aladaf
Aladaf
Reply to  Casemiro
7 meses atrás

Com que PIB? Cade o PIB Russo? Eh um pais de economia pequena. Vai ficar pelo caminho e nao demora..

Z Renato Vilhena Z
Z Renato Vilhena Z
Reply to  Aladaf
7 meses atrás

Neste momento há uma super oferta de alimentos na Russia. A Russia produz hoje 80% de todos os seus alimentos, antes da libertação da Crimeia das mãos da Ucrânia eram 60%. Quanto a oferta de combustíveis para o mercado interno russo… nem há como falar sobre isto; acho que os russos devem estar respirando gasolina neste momento. Quanto você está pagando na comida? Quanto está pagando na gasolina? Os russos estão pagando bem pouco nestas coisas hoje. E você ainda está pagando pouco em relação ao que os Europeus e a Americanos irão pagar em breve, principalmente os Europeus. Para… Read more »

Last edited 7 meses atrás by Z Renato Vilhena Z
Augusto
Augusto
Reply to  Z Renato Vilhena Z
7 meses atrás

“E quanto a PIB. PIB? E isto é tão importante assim? Isto é conversa de liberal, que só pensa em números da economia.”

Fala isso para os chineses então. Eles estão traindo os ideais do “grande” Mao.

“Sabe? A pobreza é na verdade uma defesa.” Pede pros chineses jogarem todo desenvolvimento dos últimos 20 anos no lixo. Os russos já estão fazendo isso agora.

Erick Barros
Erick Barros
Reply to  Z Renato Vilhena Z
7 meses atrás

Além do mais, a Rússia vai incorporar muita terra ucraniana e os terminais marítimos de exportação.

Ze das Couve
Ze das Couve
Reply to  Erick Barros
7 meses atrás

Mas então é uma guerra de conquista? Aquele papo de desmilitarização, etc. era estória para boi dormir? Explica pra mim. Fiquei confuso.

Rogério
Rogério
Reply to  Z Renato Vilhena Z
7 meses atrás

Como dizem a Russia começou a guerra com o PIB igual ao da Florida e vai acabar com o PiB igual ao do Piauí

Guilherme Leite
Guilherme Leite
Reply to  Z Renato Vilhena Z
7 meses atrás

Meu Caro, que texto, a internet realmente aceita qualquer coisa, rs. Cheguei a ler até o final rindo, mas a parte do fast food de longe foi a melhor kkkkkkkkkk

Em face dos seus delírios, eu nem vou argumentar (rs), bora pra Rússia ! Tomara que lá não tenha muros que nem no EUA kkkkkkkkkk

Fale um pouco sobre a Coréia do Norte, nos elucide com as suas pérolas parte 2!

Rogério
Rogério
Reply to  Z Renato Vilhena Z
7 meses atrás

Como dizem a Russia começou a guerra com o PIB igual ao da Florida e vai acabar com o PiB igual ao do Piauí

paulotd
paulotd
Reply to  Z Renato Vilhena Z
7 meses atrás

Belo post, retrata bem a realidade.

Impossível a Rússia passar fome, olha o tamanho do território deles. Eles são um país abençoado pela natureza, como o nosso também é.

Pro Brasil, compensa fica na nossa aqui e não se envolver na posição nem de A e nem de B. Além da questão dos fertilizantes, nosso maior parceiro comercial é a China que está apoiando a Rússia.

Pro povo Ucraniano, dá pena, mas esse é o resultado da guerra híbrida queno ocidente anda promovendo por aí.

Capa Preta
Capa Preta
Reply to  Z Renato Vilhena Z
7 meses atrás

Fazia muito tempo que eu não lia tanta besteira…

Renato de Mello Machado
Renato de Mello Machado
Reply to  Casemiro
7 meses atrás

Precisa se decidido logo meu caro onde passa essa linha divisória.Mas antes tem de acabar com Odessa.

Plínio Jr
Plínio Jr
Reply to  Casemiro
7 meses atrás

Ela voltou , só que a Rússia se tornará um mero coadjuvante e não mais o protagonista…os chineses agradecem..

Reinaldo Deprera
Reinaldo Deprera
Reply to  Casemiro
7 meses atrás

Estava escrevendo um comentário sobre o Japão pós guerra mas resolvi não perder esse tempo. Faz uma reflexão:
Como você acha que ficará a economia da Ucrânia e da Rússia nos próximos anos? Quem serão a próxima Coreia do Norte e o próximo Japão na sua opinião?

Volta Tonho. Volta pra Terra.

Andre
Andre
Reply to  Z Renato Vilhena Z
7 meses atrás

A cada semana as putinzetes inventam um novo motivo, uma nova justificativa e um novo objetivo.

Se não era objetivo tomar Kiev qual o motivo de mandarem a gigantesca coluna de blindados? Apenas passar vergonha? Enriquecer os fazendeiros ucranianos com a reciclagem do metal dos veículos perdidos?

Alexandre Cardoso
Alexandre Cardoso
Reply to  Andre
7 meses atrás

Eita guerrinha estranha, os russos iniciaram essa guerra com objetivos para lá de flexiveis. Até parece que compraram algo e estão até agora negociando o pagamento.

Augusto
Augusto
Reply to  Andre
7 meses atrás

Até hoje estou tentando entender o diabo dessa mega coluna de 64km. Essa dai os russos se superaram.

MadMax666
MadMax666
Reply to  Z Renato Vilhena Z
7 meses atrás

Vixe…

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Varg
7 meses atrás

Não não era pra ser em 1 dia a NATO errou, olha o mapa ai em cima e leia o que o articulista escreveu e compare com o que a NATO diz para vocês.

Casemiro
Casemiro
Reply to  Nilton L Junior
7 meses atrás

E as boas notícias do dia:

Economia dos EUA encolhe 1,4% no primeiro trimestre de 2022
EUA devem ter inflação alta até 2024

Espero que continuem enterrando rios de dinheiro na Ucrânia.
Não vai dar resultado e vai afundando mais a economia e a situação de Crazy Joe.

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Casemiro
7 meses atrás

Melhor que a da Russia, que todos os economistas do mundo, (inclusive russos, sim amiguinho, tem até vídeo de um economista Russo brindando a morte da economia Russa em plena rede estatal, só ver o video que mandei o link) estipulam que vai ter uma queda de PELO MENOS 8,5 a 10% somente esse ano.

Go Russia.

https://www.reuters.com/article/ukraine-crisis-russia-s-p-idUSKCN2LP21T

Casemiro
Casemiro
Reply to  Victor Filipe
7 meses atrás

Mas, a Rússia está em guerra, não?
E só como curiosidade, enquanto a isso, a China teve crescimento de 4,8% neste trimestre

Pedro
Pedro
Reply to  Casemiro
7 meses atrás

Que é bem menos do que vinha crescendo nós anos anteriores.

Casemiro
Casemiro
Reply to  Pedro
7 meses atrás

Só que ele vende muito para o exterior, inclusive para países ocidentais que estão entrando em recessão.
Por outro lado, ontem foram divulgados os dados de comércio da aliança RCEP, capitaneada pela China.está chegando a 450 bi de doláres, aumento de cerca de 7%.
Está muito bom.

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Casemiro
7 meses atrás

Isso também mostra uma regressão da china que era acostumada a crescer pelo menos 7%…

Casemiro
Casemiro
Reply to  Victor Filipe
7 meses atrás

Muito difícil manter um crescimento de 7% com o resto do Mundo em recessão.

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Casemiro
7 meses atrás

Exato, o mundo todo ta retraindo, por isso que a queda da economia Americana nesse momento é normal, assim como a retração Chinesa.

Os dois países, dado os seus potenciais podem se recuperar se tudo, no futuro próximo der certo (incluindo o fim da quarentena na China)

Já a economia Russa…

Felipe
Felipe
Reply to  Victor Filipe
7 meses atrás

A China não visa mais alto crescimento. Objetiva agora crescer menos estimulando o consumo interno.

Ze das Couve
Ze das Couve
Reply to  Casemiro
7 meses atrás

Está? Não era Operação Especial? Esse pessoal só me confunde.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Victor Filipe
7 meses atrás

Ele fala da inflação no mundo todo, esquece que a previsão este ano na Rússia é de no mínimo 23%.

Andre
Andre
Reply to  Casemiro
7 meses atrás

2024???..vc segue vivendo de ilusões e previsões que nunca se realizam.

Erick Barros
Erick Barros
Reply to  Andre
7 meses atrás

Essa reportagem está no Valor Econômico.

Bosco
Bosco
Reply to  Varg
7 meses atrás

Cê aumentou 2 dias por quê? Tá duvidando da capacidade militar russa?

Varg
Varg
Reply to  Bosco
7 meses atrás

Lembrei agora que nos anos 70, o Bloco Oriental tinha um planejamento de alcançar o Rio Reno em 7 dias de conflito com o Ocidente. Mas hoje mostram que não conseguem sequer contrapor um único exército agindo em campanha irregular.

Augusto
Augusto
Reply to  Varg
7 meses atrás

Nos anos 70 a URSS tinha condições de conseguir isso. Felizmente a realidade e totalmente diferente hoje. Não conseguem nem chegar no Dnieper. A Rússia de hoje militarmente falando e apenas uma sobra do que foi a URSS.

Erick Barros
Erick Barros
Reply to  Varg
7 meses atrás

Os russos têm 1,5 milhão de soldados
Estão usando 150 mil.
Para a Ucrânia está de bom tamanho.
Estão acabando com ela só com isso.

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  Erick Barros
7 meses atrás

1.5m??? Tu acredito menos nesse numero, acredita no que escreve?
Só pensa se faz sentido!

Guilherme Leite
Guilherme Leite
Reply to  Erick Barros
7 meses atrás

Estão usando conscritos alistados a menos de 2 anos, que exercito em 🙂

MadMax666
MadMax666
Reply to  Varg
7 meses atrás

Comprei uns rojoes para estourar quando a Ucrania caisse… Tinham falado 72 horas… Ataque aerotransportado em Hostomel… Depois 5 dias… Depois 30 dias… vamos ver agora eh 09/05!

Casemiro
Casemiro
7 meses atrás

Fila de prisioneiros ucranianos em Izyum – Kharkov.

https://t.me/intelslava/27144

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Casemiro
7 meses atrás

Não faz sentido perder a vida quando pode ser evitada, a rendição quando esta diante de um massacre é sensato agora sempre tem estúpido pra provar o contrário.

Jagdverband#44
Jagdverband#44
Reply to  Nilton L Junior
7 meses atrás

Não faz sentido por que tu não é e NUNCA FOI militar.
Sorry.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Jagdverband#44
7 meses atrás

É pelo seu comentário percebe-se que ainda na fase cabelo na mão, 4 anos de BINFA com elogio individual e coletivo, mané e vem com essa conversa de achar que sabe algo sobre vida militar, joaozinho passo certo, só idiota e estúpido jogador de COD acha que a rendição não esta prevista nas regras da guerra.

RodrigoW
RodrigoW
Reply to  Jagdverband#44
7 meses atrás

E você, já foi ou é militar ?  Se já foi, deve saber que não existe desonra nem demérito algum na rendição frente à iminente destruição; a vida de todo combatente sempre deve ser resguardada quando possível, não existe nada de heroico morrer em uma situação onde à vida obviamente pode ser poupada, principalmente em uma situação como essa, é dever do mais antigo poupar e buscar por tratamento digno para com os seus subordinados. Assim como todo combatente preso ou rendido deve ser tratado com respeito e dignidade. Isso é ensinando exaustivamente em instruções em qualquer ramo das Forças… Read more »

Ze das Couve
Ze das Couve
Reply to  Nilton L Junior
7 meses atrás

Não faz sentido invadir a Urânia.

Renato de Mello Machado
Renato de Mello Machado
Reply to  Casemiro
7 meses atrás

Muito bom.

Plinio Carvalho
Plinio Carvalho
7 meses atrás

30 dias da batalha em mariupol.
https://www.youtube.com/watch?v=P3W_Uwoo6rs

Last edited 7 meses atrás by Plinio Carvalho
Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Plinio Carvalho
7 meses atrás

Alguns irão afirmar com a convicção da NATO que isso ai não corresponde a realidade.

Casemiro
Casemiro
Reply to  Nilton L Junior
7 meses atrás

E correm notícias de que tem um General canadense aposentado junto com os nazis em Azovstal.

Luciano
Reply to  Casemiro
7 meses atrás

E notícia dos 7 generais Russos mortos, algum comentário?

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Luciano
7 meses atrás

Ah isso é mentira os generais Russo são imortais igual ao fantasma de Kiev.

Casemiro
Casemiro
Reply to  Luciano
7 meses atrás

Não é muito legal comentar fake news.
Só no Twitter.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Casemiro
7 meses atrás

O Pepe estava comentando sobre isso, que podem ter entre 40 a 50 desses representantes da NAZO, imagina a cena.

Last edited 7 meses atrás by Nilton L Junior
Ze das Couve
Ze das Couve
Reply to  Nilton L Junior
7 meses atrás

Quem? O Pepe Legal? E no, no, no se esqueça disso!

GFC_RJ
GFC_RJ
7 meses atrás

Essa é melhor parte do texto:
“Este conflito é uma guerra por procuração com o objetivo de degradar ao máximo as capacidades russas. Nesse sentido, os norte-americanos e britânicos estão dispostos a lutar até o último ucraniano vivo“.

Reinaldo Deprera
Reinaldo Deprera
7 meses atrás

Este conflito é uma guerra por procuração com o objetivo de degradar ao máximo as capacidades russas. Nesse sentido, os norte-americanos e britânicos estão dispostos a lutar até o último ucraniano vivo. A ironia pos em cheque a credibilidade de todo o artigo. A imparcialidade foi para as cucuias. — Vamos debater essa coisa de Guerra por procuração para ver se isso procede mesmo. Quando a rússia invadiu a Crimeia, muito se falou que o ocidente não ia fazer nada e quer deixaria a Ucrânia na mão, e foi isso o que aconteceu. Então, o EUA se tornou para algumas… Read more »

Nascimento
Nascimento
Reply to  Reinaldo Deprera
7 meses atrás

”Todas as guerras lutadas pelo EUA desde a Segunda Guerra foram contra adversários que recebiam apoio irrestrito da URSS e da China, e nem por isso se dizia que era guerra por procuração.” https://www.pbs.org/opb/thesixties/topics/war/newsmakers_1.html#:~:text=Vietnam%20is%20a%20classic%20proxy,freedom%20from%20French%20colonial%20rule. Vietnam is a classic proxy war, with the Viet Cong substituting for the Soviet bloc, and the U.S. providing aid and air support (bombing) to a puppet regime. Vietnam’s internal conflict begins in 1954, when the nation wins freedom from French colonial rule. https://www.ducksters.com/history/cold_war/vietnam_war.php The Vietnam War can be considered a “proxy” war in the Cold War. https://www.history.com/news/vietnam-war-combatants The Vietnam War was described as a civil war within South Vietnam, although it became… Read more »

Maurício.
Maurício.
Reply to  Reinaldo Deprera
7 meses atrás

“Agora que houve envolvimento dos países ocidentais”

Esse “envolvimento” é com entrega de armamentos, não é um envolvimento direto na guerra, a OTAN/EUA não teve coragem de se envolver militarmente enviando tropas para o TO, portanto, essa guerra é uma guerra por procuração como tantas outras, onde ambos OTAN/EUA e Rússia não tem coragem/culhão de se enfrentarem diretamente.

Oráculo
Oráculo
Reply to  Reinaldo Deprera
7 meses atrás

O “Kings americano” quando usa seu nick verdadeiro não deixa nada a desejar pro Tonico.

Dois iguais, de lados opostos.
Creio que os 2 são responsáveis por mais de 30% dos comentários na Trilogia.

Que sobra de tempo…

Plinio Carvalho
Plinio Carvalho
Reply to  Oráculo
7 meses atrás

hahahahaha… acabei de comentar isso, tivesse visto seu comentário nem tinha falado nada hahahaha.. mas é isso ai, o kings é o dodói pró Rússia e esse aqui é o dodói pro EUA, os dois podem darem as mãos.

Zabumba
Zabumba
Reply to  Reinaldo Deprera
7 meses atrás

Blá blá blá blá quanta bobagem, enquanto os meninos ficam no teclado, o pobre soldado ucranianos vão tombando aos montes nas trincheiras prepara pela patota da OTAN em Donbas.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Reinaldo Deprera
7 meses atrás

aquele caso, ficaram com o c* na mão e fingiram que nem conheciam os Talibãs o Saddam…… situação do mundo era outra, a Rússia tava vendendo o almoço pra comprar a janta, a Chian crescia super rápido, mas nem queria saber do resto do mundo na estratégia deles o que importava era crescer para depois se impor, atualmente o momento é que Rússia recuperou sua capacidade de intervenção interncacional, impediu o fim do Lukashenko, do Assad, do cara do Cazaquistão eu acho, não deixou a ONU fazer basicamente nada contra o Irã, tomou a Crimeia, tá atuando na Líbia até… Read more »

Plinio Carvalho
Plinio Carvalho
Reply to  Reinaldo Deprera
7 meses atrás

Kings é o doido pró Rússia e esse aqui o doido pro EUA.

Antunes 1980
Antunes 1980
7 meses atrás

Haja tropas, equipamentos e logística para conseguir cumprir todos os objetivos antes dos próximos 60 dias.

Pelo que vi em recortes de programas russos, o desespero dos apresentadores e analistas militares é evidente.

A cada dia a pressão sobre as tropas russas aumenta em proporção aos equipamentos ocidentais que chegam a todo instante na ucrânia.

Eu só queria muito entender o que leva aparentemente tantos brasileiros no Twitter a defenderem a posição Russa nessa guerra. Mesmo com muita ginástica mental eu não consigo ver como seria defensável a invasão de um país soberano.

Last edited 7 meses atrás by Antunes 1980
Rafael Oliveira
Rafael Oliveira
Reply to  Antunes 1980
7 meses atrás

É a índole totalitária desses brasileiros de extrema-esquerda ou de extrema-direita que faz com que simpatizem com a Rússia do Putin.

Mafix
Mafix
Reply to  Antunes 1980
7 meses atrás

Nunca viu os brasileiros que defendem o Paraguai na questão da guerra do Paraguai ?

É tipo defender o bigode(o austriaco) ou napoleão , esse pessoal não entende nada e repete o exercito brasileiro na época ‘matou varias ‘crianças’, na época não existia esse conceito de ‘criança’ fora o fato que as supostas crianças estavam armadas e atiravam contra brasileiros ….

Fabricio Lustosa
Fabricio Lustosa
Reply to  Mafix
7 meses atrás

Olha só. Mas é claro q para manter um mínimo de coerência vc vai dizer q os russos estão e estavam certos em matar civis armados ucranianos. SQN né?

paulotd
paulotd
Reply to  Antunes 1980
7 meses atrás

É simples: esses Brasileiros sabem que a postura Russa é anti imperialista, e que pro Brasil, exportador de commodities , é bom estar tudo caro, pois vem mais dinheiro pra cá.

São mais inteligentes que os manipulados que acham que estão do lado do capitão América em defesa da liberdade

Victor Filipe
Victor Filipe
7 meses atrás

Eu acho que todos aqui no site deveriam ver esse vídeo. https://youtu.be/nmA14mRdjL4 Nele mostra o Igor Ivanovich Strelkov (antigo membro da FSB e um dos líderes militares da “República de Donetsk” Ele atua na Ucrânia a anos e foi um dos responsáveis pela tomada a Criméia. Ou seja, ele é mais pro Russia do que qualquer comentarista desse site. No vídeo ele aponta diversos problemas que ocorrem com as forças Russas em uma análise crítica e diz duvidar seriamente se realmente seria possível realizar o objetivo de tomar Odessa. O vídeo é mais detalhado, mostra os momentos em que ele… Read more »

Casemiro
Casemiro
Reply to  Victor Filipe
7 meses atrás

Esqueça isso.
Os russos ainda estão usando cerca de 150 a 190 mil soldados.
Muito pouco em relação a sua força profissional total e menos ainda em relação à capacidade de mobilização nacional.
Lembre que a Rússia ainda está em fase de ‘operação especial’, ou seja, nem decretou mobilização.
Eduard Basurin, representante da DPR, acabou de relatar que os avanços em Yampol não estão muito rápidos porque os ucranianos têm superioridade numérica.

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Casemiro
7 meses atrás

Entre a sua opinião e a do Igor Ivanovich Strelkov eu fico com a do Igor.

e a Russia empregou cerca de 120 BTG nessa “operação especial” é cerca de 65/70% da força deles…

Casemiro
Casemiro
Reply to  Victor Filipe
7 meses atrás

Eu prefiro ficar com o relato de quem está na linha de frente, como Basurin.

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Casemiro
7 meses atrás

E você acha que o líder militar da “Republica de Donetsk” não tem? porque se for o caso… a situação da inteligencia das forças Russas e suas aliadas é patética.

Erick Barros
Erick Barros
Reply to  Victor Filipe
7 meses atrás

Os russos estão com aproximadamente 25 mil soldados nessa região de Izyum.

Luciano
Reply to  Casemiro
7 meses atrás

Mas eles tão mandando até recrutas sem nenhuma experiência, daqui pra frente só piora, eles não tem mais nada de melhor pra mandar.

Victor Filipe
Victor Filipe
7 meses atrás

“O Ocidente está desdobrando forças especiais (SAS, SBS, Delta Force, paraquedistas franceses entre outras não confirmadas), juntamente com mercenários dos EUA, UK, suecos, israelenses, e de vários países europeus para compensar o grande número de perdas decorrente dos combates e do baixo efetivo das unidades ucranianas” Queria saber a fonte disso. parece ser groselha… o envio dessas forças é envolvimento direto e se for realmente realizado eu não imagino que seja do conhecimento do publico civil dado o secretismo que acompanha as operações dessas forças até mesmo de décadas atrás Uma coisa é o Delta ou SAS treinando ucranianos na… Read more »

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Casemiro
7 meses atrás

“southfront” vulgo: Sputnik maquiado.

pangloss
pangloss
Reply to  Victor Filipe
7 meses atrás

Southfront está para o Sputnik assim como o Casemiro está para o Kings.

Eromaster
Eromaster
Reply to  Victor Filipe
7 meses atrás

Felipe, vc tá muito nervosinho….

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Eromaster
7 meses atrás

Amigo, eu só não to mais tranquilo porque ainda não tenho a mesma grana que o Musk, fora isso eu durmo todo dia com um sorriso no rosto.

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Victor Filipe
7 meses atrás

Concordo, parece groselha principalmente com aquele sarcasmo digno do Kings.

Canarinho
Canarinho
Reply to  Victor Filipe
7 meses atrás

Victor a fonte disso se encontra em infindaveis videos que sao massivamente expostos diariamente em redes sociais como o telegram, por soldados Russos que estao na linha de frente. Esqueça encontrar numeros oficiais por parte de governos Russos e Ucranianos (esse entao nem pensar) de baixas. Em muitos videos e possivel notar dezenas de perdas Ucranianas de uma so vez. Em um epsodio nessa semana, perto de Lyman, foram tantas baixas Ucranianas que os Russos simplesmente nao tiveram tempo habil de enterrar os Ucranianos e tiveram que fazer varias covas coletivas. Foi um dos videos que mais me senzibilizei desde… Read more »

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Canarinho
7 meses atrás

Meu comentário não se refere a perdas ucranianas, se refere a uso de SOFs ocidentais atrás das linhas Russas.

Elisandro
Elisandro
Reply to  Canarinho
7 meses atrás

Notei isso também. Muitos dos soldados ucranianos capturados ou abatidos não parecem serem soldados. Mal vestidos, mal equipados e com uma péssima aparência. Muitos também já tinham certa idade. Vi também mulheres fardadas capturadas. Se a Ucrânia tinha tropas mais profissionais que estas, não tem mais ou estão bem longe da atual linha de frente.

Miguel Carvalho
Miguel Carvalho
7 meses atrás

Infelizmente, com a mudança de estratégia por parte da Rússia, e com a concentração das suas forças no este e no sul da Ucrânia, onde o terreno é mais favorável ao uso de blindados e aviação de ataque, as forças russas parecem imparáveis. Se a isto juntarmos, linhas de abastecimento ininterruptas, os ucranianos vão passar um mau bocado. Os ucranianos, na sua retirada destroem diques e barragens de forma a inundar estradas com o intuito de atrasar o avanço russo. Mas já era de esperar, com 82 batalhões com tanques, artilharia, infantaria mecanizada, defesa aérea e apoio aéreo, a coisa… Read more »

Andre
Andre
Reply to  Miguel Carvalho
7 meses atrás

a coluna de blindados que se dirigia para Kiev também parecia imparável. Só parecia…

Miguel Carvalho
Miguel Carvalho
Reply to  Andre
7 meses atrás

Eu entendo o que queres dizer. Mas naquela parte da Ucrânia os blindados russos tinham de se manter em solo firme para não atascarem, logo não podiam dispersar p9r uma área muito grande, sendo forçados a “afunilar” e a operar em areas muito estreitas, onde facilita o trabalho defensivo.

Isso não acontece no Dombass, são áreas agriculas abertas sem grandes obstáculos, onde os russos podem tirar partido da sua superioridade técnica e material.

Não sou pro-russo, mas a realidade é assim mesmo.

Canarinho
Canarinho
Reply to  Andre
7 meses atrás

Acho que vc vai ainda nao entendeu o que aconteceu

Casemiro
Casemiro
Reply to  Canarinho
7 meses atrás

Hoje ocorreram alguns fatos interessantes.
O Min da Defesa ucraniano disse que os dias à frente serão particularmente difíceis para eles com o lançamento da ofensiva russa.
Ou seja, eles consideram que a ofensiva ainda nem começou.
Por outro lado, várias localidades na região de Kharkov caíram para os russos.
Se continuarem assim , vão chegar no Dniepr.

Nicolas_SS
Nicolas_SS
7 meses atrás

Cômico, e pensar que os russos abandonaram roupas de desfile perto de Kiev, realmente acharam que capturariam em 2 ou 3 dias com ajuda de espiões em campo e políticos de outros países como o de Israel e blefe.

Mais cômico ainda é ver esse monte de zumbi que defende que a Ucrânia deveria se render.

Um criminoso invade sua residência, o que você faz!? Na cabeça desses zumbis, você passa a escritura para o nome do criminoso, de brinde leva um carro, etc.

José Luiz
José Luiz
7 meses atrás

É irônico que nem o curriculum da pessoa que fez a matéria e o nível de conhecimento dele não tem serventia, se ele fizer algum tipo de critica ao EUA ou outro país interessado nessa guerra, infelizmente é um grande jogo de interesses para ambas as partes, Rússia e Eua, agora quem não quiser acreditar, aí é outra história, mas os fatos estão aí “os norte-americanos e britânicos estão dispostos a lutar até o último ucraniano vivo”, muitas potências estão lucrando com essa tragédia, podem ter certeza, todos perdem e poucos ganham, e o bravo povo Ucraniano, guerreiro e valoroso,… Read more »

Renato de Mello Machado
Renato de Mello Machado
Reply to  José Luiz
7 meses atrás

Já chegou a hora dos russos não negociarem mais com a Ucrânia e sim com a Otan.

pangloss
pangloss
Reply to  José Luiz
7 meses atrás

Eu gosto muito dos artigos do autor. Mas acho que ele fez uma opção questionável pela ironia, ao escrever que “(…) os norte-americanos e britânicos estão dispostos a lutar até o último ucraniano vivo.”

A frase é muito engraçada, e bem ilustrativa da opinião que se quis transmitir. Mas seu uso, no meio do texto, arruinou a credibilidade de todo o artigo. Isso é postura de comentarista, não de um analista.

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  pangloss
7 meses atrás

Exato.

Uma analise imparcial não deve ter piadinhas nem nada nesse sentido.

seja a favor dos EUA ou a favor da Russia.

Last edited 7 meses atrás by Victor Filipe
Maurício.
Maurício.
Reply to  Victor Filipe
7 meses atrás

Mas esse trecho: “os norte-americanos e britânicos estão dispostos a lutar até o último ucraniano vivo” até pode ser uma piada, e de fato é, mas também é um fato, e fatos são fatos, simples assim.

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Maurício.
7 meses atrás

Não discordo. mas se um analista é imparcial, ele diz isso com dados e informações. Não piada

Maurício.
Maurício.
Reply to  Victor Filipe
7 meses atrás

É que esse negócio de análises de guerra é complicado, tudo vai depender da fonte e do gosto do “freguês” tem várias matérias que é redigida por americanos e britânicos, que começam com “segundos os americanos” ou “segundo os britânicos” aí complica, já que não é uma análise “imparcial” justamente isso que vocês estão questionando, na verdade, eu acho muito difícil ter uma análise “imparcial” quando envolve russos, americanos e inglês.

Salim
Salim
Reply to  Maurício.
7 meses atrás

Fato, sem Otan a Ucrania estaria bem pior e seria um masacre russo a população. Ruim com Otan, bem pior sem. Se naquele cantinho cometeram, masacres, estupros e roubaram e destruiram que tinha pela frente, so idiota pode soltar uma frase como esta, a nao ser que ele apoie este massacre a populacao civil.

Maurício.
Maurício.
Reply to  Salim
7 meses atrás

“Salim”, você pode viver em uma realidade paralela, tudo bem, é uma escolha sua, mas a realidade dos fatos está mostrando que a OTAN não está envolvida diretamente na guerra, se está, onde estão as tropas? Onde?
Volto a repetir, você gostando ou não, a OTAN/EUA não tem coragem/culhão de enfrentar os russos diretamente, isso é um fato, e o mesmo vale para a Rússia contra OTAN/EUA.
Portanto, a frase “os norte-americanos e britânicos estão dispostos a lutar até o último ucraniano vivo” faz total sentido, já que não tem tropas americanas, britânicas ou da OTAN defendendo a Ucrânia.

Last edited 7 meses atrás by Maurício.
Salim
Salim
Reply to  Maurício.
6 meses atrás

Caro Mauricio, OTAN por definição e um pacto de defesa de seus participantes, portanto teria que mudar seus estatutos para atacar/defender paises nao membros. Lembro que na queda URSS, varios países tiveram visao e coragem de entrar para otam e mercado europeu. Os outros, incluindo ucrania, estao pagando erro de nao aproveitar este periodo para entrar otan. Saliento que o apoio dos paises da OTAN posibilitou a manutenção da ucrania e de seu povo ate momento. Utilizando mesma metrica, porque Russia náo atacou diretamente Otan nos paises membros Otam mais ao norte?!?!

Maurício.
Maurício.
Reply to  Salim
6 meses atrás

“OTAN por definição e um pacto de defesa de seus participantes”

Sabemos que não é bem assim, Sérvia e Líbia que o digam, sem contar que foram a favor da guerra na Síria, embora não participaram.

“Utilizando mesma metrica, porque Russia náo atacou diretamente Otan nos paises membros Otam mais ao norte?!?!”

Mas eu disse que a Rússia também não tem coragem/culhão de atacar diretamente a OTAN, vocês tem que parar com esse pensamento de que se alguém falar mal da OTAN naturalmente a pessoa é a favor da Rússia, o que é um erro.

Mercenário
Mercenário
Reply to  pangloss
7 meses atrás

O articulista é da UFRJ, assim, possivelmente pró “lado vermelho da força”.

GFC_RJ
GFC_RJ
Reply to  pangloss
7 meses atrás

Amigão, discordo muito. 1 – Análise imparcial é UTOPIA. Quando do meu mestrado, uma das primeiras lições é que o acadêmico nunca é imparcial. Todos somos humanos, nossas trajetórias são feitas de opções e escolhas. Escolhas do que lemos, do que fazemos e até do que decidimos estudar e escrever. Tudo é imparcial. O que não se confunde com futebolismos ou panfletarismos baratos como se vê por aí. 2 – Expressar análises com ironias é uma mera questão de estilo. O texto não é de formalismo acadêmico. É simplesmente algo para as redes e público mais geral. A ironia em… Read more »

pangloss
pangloss
Reply to  GFC_RJ
7 meses atrás

GFC_RJ, eu apoio incondicionalmente o uso da ironia, como meio de cativar a atenção do público. O problema, no caso, é que a nota de ironia é algo isolado em todo o texto. Ficou como uma peça dissonante do corpo do artigo.
Concordo plenamente contigo sobre a impossibilidade de imparcialidade objetiva. Todos nós expressamos nossas opiniões de algum modo, por mais que tentemos buscar esse ideal inalcançável de objetividade.

GFC_RJ
GFC_RJ
Reply to  José Luiz
7 meses atrás

Isso. 
Se tornou uma proxy war como outra qualquer. Coisa mais velha que andar pra frente. Uma parte entra com crédito e armas e uma outra com corpos e dívidas. Vimos isso até na Guerra do Paraguai. Não vejo o menor interesse hoje de americanos e britânicos em um cessar fogo tão cedo.  
Agora tem gente que confunde ter essa consciência com ser “parceiro” do Putin na invasão… ou culpar os ucranianos por terem sido criminalmente invadidos. Enfim…

Bruno Vinícius
Bruno Vinícius
7 meses atrás

A Casa Branca quer enviar 33 bilhões de dólares em ajuda militar e humanitária para a Ucrânia

https://www.politico.com/news/2022/04/28/ukraine-funding-request-congress-biden-00028552

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Bruno Vinícius
7 meses atrás

Acho que agora chega o caldo grosso.

Erick Barros
Erick Barros
Reply to  Bruno Vinícius
7 meses atrás

Exércitos de DPR e LPR agradecem
Estão apreendendo muito armamento ocidental.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Bruno Vinícius
7 meses atrás

é assustador esse número, mas não resolve nada, só impede a tomada do Oeste da Ucrânia, acredito que vai frear os Russos onde estão.

André Luís
André Luís
7 meses atrás

Slavia Catervina! rs…

Z

Oráculo
Oráculo
7 meses atrás

A análise é boa.

Tem um pouco de torcida pró Rússia, mas sendo o autor professor da Federal do RJ, é o mínimo que se espera.

Mas mesmo no viés pró russo, o autor acerta numa coisa. O conflito virou uma “Guerra de Procuração”.

A OTAN não pensa em fim da guerra. Não deseja. E vai fazer de tudo pra tentar derrotar a Rússia. Mesmo que isso seja praticamente impossível e que custe a destruição total da Ucrânia.

Os russos são os culpados por começar essa guerra. E a OTAN por não deixar ela terminar.

Last edited 7 meses atrás by Oráculo
Bruno Vinicius
Bruno Vinicius
Reply to  Oráculo
7 meses atrás

Por não deixar ela terminar com uma vitória russa*

Carvalho
Carvalho
Reply to  Oráculo
7 meses atrás

Tem um fator nesta equação que precisa ser considerado. A vontade da Ucrânia em continuar lutando.
Zelenski só apoia a continuação pq tem todo um staff militar que lhe dá apoio.
Reparou que ainda não ouvimos manifestação para deposição do Zelenski e início de armistício?
Nem mesmo .partido pro-russo tentando sabotar Zelenski…

paulotd
paulotd
Reply to  Carvalho
7 meses atrás

Zelensky tá cercado de puxa saco, num bunker blindado, e com bilhões de dólares do ocidente pra gastar. Nessa situação está tudo tranquilo pra ele e pro staff

MBK
MBK
Reply to  Carvalho
7 meses atrás

A Ucrânia vai lutar contra a Polônia também?

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Oráculo
7 meses atrás

Foi o Ocidente que começou a guerra quando articulou o golpe de 2014.

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Allan Lemos
7 meses atrás

Se você acredita nisso…

Ze das Couve
Ze das Couve
Reply to  Allan Lemos
7 meses atrás

Num viaja.

Zezão
Zezão
7 meses atrás

[OFF] O comandante do Estado Maior das FFAA da Rússia, Valeri Gerasimov, está sendo enviado pra salvar a situação na linha de frente, segundo informações extraoficiais. Alega-se que o próprio Gerasimov irá pra Izium pra supervisionar pessoalmente a ofensiva. Agora ele “quer” comandar as tropas nessa direção. Deve ser um castigo pra Gerasimov pelo “sucesso”… Não é à toa que o camarada Gerasimov estava sumido em março, o general Rudskov apareceu, anunciou uma ofensiva em Donbas mas quando ficou claro que não haveria vitória, o general Aleksandr Dvornikov foi convocado. Se isso for verdade, a situação na linha de frente… Read more »

FRW9JBQXMAELVzQ.png
sub urbano
sub urbano
7 meses atrás

Não acredito em um assalto à Odessa. A frente de batalha com isso seria grandemente ampliada. Odessa ainda é um reduto russófilo que teria mais utilidade como oposição política na futura Ucrania Ocidental. Um ataque cinematografico (como á Kiev que teve menos de 300 baixas de ambos os lados) com tropas aeromóveis e algumas formações de tanques até Mikolayv para desviar a atenção de um assalto real à leste do rio Dnipro seria mais plausível. Ocorre que os ucranianos não caíram da primeira vez, cairiam agora? Os generais dos dois lados estudaram juntos nas academias soviéticas. Os ucranianos estão lutando… Read more »

RodrigoW
RodrigoW
7 meses atrás

Eu acompanho a Trilogia há anos, aprecio principalmente a sessão de comentários, mesmo com os excessos de algum lado ou outro sempre foi de um ótimo aprendizado, varias figuras sempre agregando e compartilhando conhecimento, mas este é somente o meu segundo comentário aqui.  E não posso deixar de relatar que após o inicio da invasão russa, alguns comentários beiram a INSANIDADE, com o conflito sendo resumido – com uma visão limitada – em uma guerra entre o bem e o mal, ou entre mocinho e vilão, ideias enviesadas, misturada com devaneios de uma torcida organizada em um clássico entre dois… Read more »

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  RodrigoW
7 meses atrás

realmente, eu desde o incio torço para o fim desse guerra o quanto antes,

Miguel Carvalho
Miguel Carvalho
Reply to  RodrigoW
7 meses atrás

Se nos formos guiar por esse ponto de vista, uma vez que a Rússia é uma potencia nuclear, faz o que quer e os outros tem que aceitar.

Inventa uma justificação qualquer e entra pelo país dos outros destruindo tudo.

Quem trouxe a guerra ao mundo foi a Rússia, depois das ameaças terem sido ignoradas.

Jose
Jose
Reply to  RodrigoW
7 meses atrás

Caro RodrigoW desejo boa sorte nessa tentativa de ser compreendido por muitos neste espaço, já que fazer analises de forma imparcial e realista como a que você fez acima parece que se tornou “crime” agora.

Elisandro
Elisandro
7 meses atrás

Particularmente, acredito que caso o Ocidente envie armamento que possa reverter a invasão para um ataque ao território russo, esta será compelida a usar armamento nuclear tático sobre a Ucrânia. E embora se possa esperar condenação internacional, sou cético em pensar que os países da Europa o mesmo os EUA escalem para proteger a Ucrânia. Aliás, não desejam escalar com um envolvimento direto nem mesmo no campo convencional.

Neste ponto, concordo com a afirmação de que “lutarão até o último ucraniano vivo”.

Carlos Campos
Carlos Campos
7 meses atrás

os EUA vão dar para Ucrânia 33bi em armas, se o congresso aprovar, já deram muito, acredito que com o fato de descobrirmos que as armas que foram usadas lá não eram somente as esquecidas em galpões do USARMY, USNAVY, USMC, e sim sim armas que fazem falta para os EUA temos uma dimensão da ajuda dos EUA e do pq a Ucrânia estar durando tanto, o que eu vi anteontem foi esposas de soldados que estavam nos tuneis de Mariupol pedindo ajuda para eles serem salvos, pois tinha muita gente ferida, pouca comida e não iam durar muito mais… Read more »

Lyw
Lyw