sábado, junho 25, 2022

Saab RBS 70NG

Fogo de contrabateria: vai começar uma nova fase na Guerra da Ucrânia

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.forte.jor.br
Editor da Revista Forças de Defesa

Autoridades dos EUA e analistas militares preveem que a artilharia ocidental que está a ser enviada para a Ucrânia alterará a guerra com a Rússia, desencadeando uma sangrenta batalha de inteligência apoiada por armas de longo alcance e forçando ambos os lados a se tornarem mais ágeis se quiserem evitar mortes significativas à medida que os combates se intensificam no leste.

A batalha de artilharia expandida segue o esforço fracassado da Rússia de capturar rapidamente os principais centros populacionais da Ucrânia, incluindo a capital, Kiev, e ocorre quando o governo do presidente Volodymyr Zelenskyy e seus benfeitores ocidentais se preparam para o que se espera ser uma campanha esmagadora na região de Donbas . Espera-se que o conflito mostre os canhões de longo alcance que são uma peça central do arsenal da Rússia, armamento já usado com efeitos devastadores em lugares como Mariupol, uma cidade portuária do sul que foi pulverizada por bombardeios implacáveis.

O secretário de Defesa Lloyd Austin, falando ao lado de seu colega canadense no Pentágono na quinta-feira, disse que os combates de longo alcance serão “decisivos” na próxima fase da guerra. O governo Biden, que junto com o Canadá está treinando um pequeno número de tropas ucranianas para operar as dezenas de obuses de 155 mm que ambos os países se comprometeram a fornecer, deve aprovar a transferência de ainda mais artilharia para a Ucrânia nos próximos dias, disse Austin.

Os obuses dos EUA e do Canadá com destino à Ucrânia são rebocados, enquanto aqueles prometidos pela França – sistemas conhecidos como obuses CAESAR autopropulsados ​​- disparam os mesmos projéteis explosivos de 155 mm, mas da traseira de um chassi de caminhão.

Só os Estados Unidos já prometeram a Zelenskyy quase 190.000 tiros de artilharia, além de 90 obuses para dispará-los. Na quinta-feira, mais da metade havia chegado à Ucrânia, disse um alto funcionário da defesa dos EUA que, como alguns outros, falou sob condição de anonimato sob as regras básicas estabelecidas pelo governo.

Um novo pedido de US$ 33 bilhões ao Congresso para ajuda adicional à Ucrânia inclui financiamento proposto para “artilharia de longo alcance de calibre mais pesado”, disse o secretário de Estado Antony Blinken a parlamentares no Capitólio, embora não tenha identificado quais sistemas específicos estão sendo considerados. Outros aliados, como Grã-Bretanha ou Suécia, também podem enviar artilharia, disseram analistas.

Até o momento, a Rússia e a Ucrânia trocaram tiros usando alguns dos mesmos sistemas, incluindo o poderoso sistema de foguetes de lançamento múltiplo Smerch de 300 mm, que pode acertar alvos a cerca de 55 milhas, e obuses de 122 mm antigos colocados em campo pela primeira vez na década de 1960. Espera-se que a introdução de várias peças de artilharia ocidentais acelere uma mudança tática de ambos os lados para empregar o que é conhecido como fogo de contrabateria, no qual as forças militares procuram a artilharia do inimigo, determinam sua localização e atacam, disseram analistas.

“Você está tentando encontrar, consertar e terminar”, disse George Flynn, um almirante aposentado da Marinha de três estrelas e ex-oficial de artilharia. “Você quer encontrar os obuses inimigos. Você quer corrigir sua posição. E então você quer acabar com eles. Essa é a essência da segmentação.”

Depois que uma unidade de artilharia ataca um adversário, ela precisa continuar se movendo, disse Flynn. “Uma vez que você entra em uma luta de contrabateria, é atirar e fugir”, acrescentou. “Você não fica por perto e se deixa ser alvo.”

A capacidade da Ucrânia de atacar unidades de artilharia russas é especialmente importante, dizem os analistas, por causa da vontade demonstrada do Kremlin de atacar cidades e vilarejos, destruindo casas e infraestrutura de civis. “Apenas a existência” de mais unidades de artilharia ucranianas realizando fogo de contrabateria degradará a capacidade da Rússia de “sentar lá, empilhar munição e ir para a cidade”, disse Scott Boston, ex-oficial de artilharia de campo do Exército dos EUA que estuda os militares russos por a Rand Corporation.

“O problema” que a Ucrânia e seus aliados ocidentais “gostariam de impor aos russos”, disse ele, “é que eles nunca tenham confiança de que um quartel-general, ou um depósito de munições chave, ou um importante conjunto de plataformas de tiro, possa ficar parado por muito tempo.”

O Pentágono avaliou na sexta-feira que a Rússia não foi tão eficaz quanto gostaria no uso de fogos de longo alcance, com um alto funcionário da defesa observando que, como o Ocidente continua enviando tanta artilharia para a Ucrânia, “isso pode se tornar um pouco um tiroteio”.

As unidades de artilharia geralmente se disfarçam com camuflagem ou outras formas de cobertura, e pode exigir uma mistura de inteligência, aeronaves não tripuladas e radar para detectá-las. O Ocidente está fornecendo à Ucrânia drones e radares de contrabateria para fazer exatamente isso.

Zelenskyy também solicitou artilharia de múltiplos foguetes, como o altamente preciso M142 High Mobility Artillery Rocket System, conhecido como HIMARS, que é usado pelo Exército e Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA. Essas armas lançam tiros rapidamente, o que é útil para disparar contra forças de artilharia inimigas antes de se reposicionarem, disse Mark Cancian, coronel aposentado do Corpo de Fuzileiros Navais que estuda a guerra para o Centro de Estudos Estratégicos e Internacionais em Washington.

Cancian, um ex-oficial de artilharia, disse que “haverá muita pressão para fornecer” o HIMARS nos próximos dias, e que ele não ficaria surpreso ao ver os Estados Unidos começarem a fornecê-lo em breve. Outro tipo de sistema de lançamento de foguetes múltiplos, como o M270 operado pelo Exército dos EUA, também poderia ser enviado, supôs. O HIMARS é mais novo e se move mais livremente pelo campo de batalha, enquanto o M270 carrega mais foguetes.

“Acho que haverá muita pressão para fornecer isso e, como parece que estamos anunciando um pacote de ajuda por semana, não ficaria surpreso em ver a HIMARS na próxima semana ou na semana seguinte”, disse Cancian.

Autoridades ucranianas também buscaram mais obuses autopropulsados ​​do que armas rebocadas, como o M777. Um funcionário ucraniano, falando sob condição de anonimato porque a questão é sensível, disse que, embora pareça mais fácil realizar manutenção e encontrar peças para o obus M777, eles são mais vulneráveis ​​ao fogo de contrabateria russo do que os obuses autopropulsados. como o M109 Paladin do Exército.

Cancian disse que estaria observando para ver se as munições Excalibur avançadas e altamente precisas de 155 mm chegam à Ucrânia. As armas são guiadas por GPS e projetadas para voar até 25 milhas, de acordo com a Raytheon, seu fabricante. O Pentágono se recusou a especificar que tipos de rodadas de artilharia estão sendo enviadas.

O envio de artilharia ocidental para a Ucrânia é importante em parte porque há poucos lugares onde a Ucrânia pode encontrar munições substitutas para seus sistemas da era soviética, disse Sam Cranny-Evans, analista do Royal United Services Institute em Londres. Polônia, Bulgária e alguns outros aliados da OTAN os produzem, mas muitos outros países produzem munição para armas ocidentais.

Embora o Ocidente tenha prometido dezenas de milhares de rodadas de artilharia para a Ucrânia, elas podem se esgotar rapidamente, disse Cranny-Evans, exigindo que os empreiteiros de defesa aumentem a produção. A Rússia também tem uma vantagem significativa no número de peças de artilharia que possui, e não está claro quantos sistemas legados da Ucrânia ainda estão operacionais ou quanta munição eles têm para eles, acrescentou.

As forças russas estão usando artilharia para se livrar de emboscadas ucranianas e infligir fatalidades, bem como para evitar ter que ir “aos dentes dessas armas ocidentais de ponta”, incluindo Javelin e mísseis antiblindagem NLAW, que já destruíram alguns Unidades russas, disse Cranny-Evans.

“Eles vão ficar parados e deixar que seus ativos de longo alcance façam o trabalho porque não têm mão de obra para desperdiçar”, disse ele.

A ministra da Defesa do Canadá, Anita Anand, disse em uma entrevista que existe um papel para a colaboração entre os países ocidentais no fornecimento de armas à Ucrânia que sejam “consistentes e intercambiáveis”, permitindo que a Ucrânia aprenda os sistemas e os mantenha quando estiverem danificados.

“Os M777 são um exemplo perfeito de como os países aliados com essa capacidade podem se unir e responder a uma necessidade desesperada que a Ucrânia tem”, disse ela. “E esse é um modelo que continuaremos a utilizar daqui para frente.”

O uso de artilharia e outras armas foi complementar na Ucrânia e continuará sendo, disse Boston.

“Se você fizer um bom trabalho em prender alguém, então eles ficarão muito mais vulneráveis ​​à artilharia do que se estivessem dispersos e protegidos”, disse ele. “Se os russos não têm confiança de que podem se dispersar porque serão apanhados por equipes de dardos, então eles podem estar se unindo em busca de segurança contra isso – e então serem mais vulneráveis ​​​​à artilharia.”

Karen DeYoung, do Washington Post, em Washington, David Stern, em Mukachevo, na Ucrânia, e Alex Horton, em Kiev, contribuíram para este relatório.

FONTE: The Washington Post, via Stars and Stripes

- Advertisement -

176 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
176 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Pablo Maroka
Pablo Maroka
1 mês atrás

EUA e Otan começarem a enviar equipamentos de grande porte é o fim da infame invasão.

Só com Javelins e drones a ucrania já colocou pra correr.

Ze das Couve
Ze das Couve
Reply to  Pablo Maroka
1 mês atrás

Semblante do Pudim diz tudo.

putim.jpg
Casemiro
Casemiro
Reply to  Pablo Maroka
1 mês atrás

Essa material vai para o rolo como grande parte do arsenal ucraniano já foi.
Hoje, uma coluna inteira de MLRS ucranianos foi destruída na cidade de Kransnogorovka pela artilharia da DPR.
Parece que já tem vídeo.
Está no Telegram, em russo.
Vou tentar achar pelo celular e postar.

Canarinho
Canarinho
Reply to  Pablo Maroka
1 mês atrás

Assim que cruzarem as fronteiras viram alvo de misseis de cruzeiros. quem tem a a superioridade area ajuda a definir os rumos em terra. Para te ajudar a ter um entendimento do que ta rolando joga no telegram ”Intel Salva Z”

Munhoz
Munhoz
1 mês atrás

O problema vai ser o treinamento a tempo, e os mísseis balístico e de cruzeiro Russos, agora o que ninguém está prevendo é até onde essa intervenção ocidental vai parar !

Ze das Couve
Ze das Couve
Reply to  Munhoz
1 mês atrás

Americanos aprovaram pacote de ajuda militar de 33 bi para a Ucrânia (está aí no texto). Isso dá mais ou menos 20% do PIB ucraniano. Ou seja, serão abastecidos por armas este ano todo. Se depender do Ocidente a Ucrânia não cai.

Last edited 1 mês atrás by Ze das Couve
Casemiro
Casemiro
Reply to  Ze das Couve
1 mês atrás

Os EUA deixaram muito mais que isso com os Exércitos do Vietnã do Sul e Afeganistão e não adiantou nada.
Idem no Iraque que com armas americanas estava sendo derrotado pelo ISIS.
A ideia americana é apenas tentar prolongar um pouco mais a guerra para tentar ‘debilitar’ os russos.
Só que podemos imaginar o tamanho do arsenal deles.
Só de mísseis de longo alcance, já foram disparados cerca de 1.900 (segundo os americanos);
Não vai adiantar.
Só vai sacrificar mais os ucranianos

José Luiz
José Luiz
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

Não lembre disso, serás reprovado aqui, vamos ver quem vai pagar a conta desses armamentos e até quando a opinião pública européia vai apoiar, quando a inflação bater a porta, porque nada é de graça, nada; sempre alguém tem que estar lucrando, lógico que os EUA são os grandes vencedores, vão deixar toda a Europa endividada, e todos dependente deles, gás, armamento, etc…jogada de mestre. Porém deixo claro que não apoio esta guerra é desnecessária como muitas outras, Iraque, Afeganistão, Vietnã, Coréia etc etc etc

LUIZ
LUIZ
Reply to  José Luiz
1 mês atrás

Está contra a Rússia é ser contra os Brics. Uma possível vitória da Ucrânia/OTAN é uma derrota nossa. Nos o Brasil,China, Índia e África do Sul seremos os próximos alvos dos EUA/OTAN. Torço para a Rússia destronar essa corja da OTAN.

Astolfo
Astolfo
Reply to  LUIZ
1 mês atrás

Olha o nível do comentário… BRICS não existem, não são um grupo de nada. A pessoa acima age como se fôssemos um “time”, mas não se lembra (ou não sabe) que a China é uma grande inimiga da Índia a ponto de ambos quase terem travado uma guerra recentemente. Não existe BRICS, existe o Brasil e os nossos interesses.

Casemiro
Casemiro
Reply to  Munhoz
1 mês atrás

Confia!
A Ucrânia já perdeu quase 1.200 obuseiros e 600 MLRS.
Meia duzia de obuseiros americanos vão mudar a situação.
A situação está tão feia para a Ucrânia que os russos estão colocando dezenas de tanques, obuses, lança-foguetes no meio do descampado e estão atirando impunemente.

Guess Hu
Guess Hu
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

Eu queria ver teu putino tentar invadir ‘1″ centímetro de qualquer país da OTAN.

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

Tu tem alguma fonte que não seja o ministério de defesa Russo dizendo isso? Porque isso é quase 2x mais perdas do que todos os itens militares que a Ucrânia já perdeu e foram registrados por fotos https://www.oryxspioenkop.com/2022/02/attack-on-europe-documenting-ukrainian.html Tô usando o Oryxs já que eles usam fontes Russas também pra contabilizar as perdas Ucranianas, inclusive imagens do telegram. No site só tem registrado 69 (no momento em que estou escrevendo) peças de artilharia Ucrâniana (de todos os tipos) perdidas existe uma discrepância beeeem grande entre 2mil peças de artilharia que a Rússia alega ter destruído e 69 peças de artilharia… Read more »

Andre
Andre
Reply to  Victor Filipe
1 mês atrás

A fonte dele fica ali no centro de Lindóia.

Casemiro
Casemiro
Reply to  Andre
1 mês atrás

Fica em uma trincheira no meio do nada em Adviika.
Os ucranianos estão instalados em trincheiras, sendo bombardeados dia e noite.
Tal qual na 1² G.M.
É evidente que isso não vai dar certo (para eles).

https://t.me/intelslava/27454

Ontem, o dia foi particularmente ruim para a Ucrânia.
Muitas perdas.
E para piorar, começam a aparecer dissidências no Exército, até com oficiais fazendo vídeos.
Problemas, também, com recrutamento, com reclamações de familiares de que seus filhos estão indo para guerra sem o mínimo preparo.

Andre
Andre
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

E com todas essas perdas ucranianas, como a Rússia não sai do lugar?

Canarinho
Canarinho
Reply to  Victor Filipe
1 mês atrás

O problema de usar o Oryx e que muito material e contestado por ambos os lados, dai fica dificil ter uma balanco fiel das perdas de cada lado. No youtube ao acompanhar canais pro-ucrania e no telegram canais pro russia fica claro, que de 3 semanas para ca, a curva de aprendizado Russa foi excelente. As perdas Ucranianas estao sendo catastroficas, rendicoes em massa e tudo que a OTAN esta fazendo e abastecendo os separatistas e o mercado negro de armamentos. Agora um ponto que ta todo mundo quietinho, e em relacao aos estrangeiros mortos (principalemente da europa ocidental e… Read more »

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Munhoz
1 mês atrás

problema é os SU25 e 24 mesmo.

Nemo
Nemo
Reply to  Carlos Campos
1 mês atrás

O stinger discorda!

Jorene
Jorene
1 mês atrás

Atualmente já se verifica esse tipo de guerra. Bombardeio pesado por artilharia de campanha e lança-foguetes feito pelos orcs contra os ucranianos. E ataques localizados e cirúrgicos dos ucranianos contra as baterias dos orcs utilizando drones e informação de satélites.

Last edited 1 mês atrás by Jorene
Casemiro
Casemiro
1 mês atrás

A Ucrânia já perdeu milhares desses equipamentos.
Com o domínio dos céus, serão apenas mais equipamentos alvejados pelos russos.

Oseias
Oseias
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

Engraçado que a Ucrania perdeu todas as forças, mas no ultimo mes os russos não fizeram nenhum avanço significativo.
Todo território tomado o foi nas primeiras tres semanas de guerra.
Como é que os russos não conseguem avançar contra uma força que foi alegadamente toda destruída?

Casemiro
Casemiro
Reply to  Oseias
1 mês atrás

Exemplo.
Os russos descobriram que os ucranianos estavam guardando blindados em um galpão de uma fazenda.
Foi destruído.
Se for para campo aberto, será alvo fácil para os russos.

https://t.me/partizan1941/19521

Alois
Alois
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

Ué, a Ucrânia perdeu, mas quem recuou foi a Rússia? E se olhar bem nos mapas mesmo dos Russos, fazem 3 semanas que o progresso russo esta estagnado.
Os russos a 2 meses vem dizendo que Mariupol foi totalmente tomada, então as perdas deles e os bombardeios são o quê?, Não se duvida que milhares de ucranianos morreram na guerra, mas lembro que um povo que luta por sua terra é muito mais corajoso, e que Putin no começo da guerra enganou seus próprios soldados, que pensavam estar em manobras, e seu povo quanto a finalidade da guerra.

Marcos10
Marcos10
1 mês atrás

Houve redução dos combates entre ambos, mas é apenas um prelúdio, uma calmaria antes da grande tempestade. Os mais ferrenhos combates estão por vir. A vantagem da Ucrânia é tanto pelo armamento que tem recebido, soldados voluntários que já operaram esses equipamentos em outras guerras, além de, e talvez mais importante, recursos de informação do inimigo. As informações passadas por EUA e Inglaterra aos ucranianos foi decisivo na vitória da batalha por Kiev. Por outro lado os russos tem a vantagem de já terem se posicionado no campo de batalha, terem ainda grande quantidade de soldados e equipamentos. De ambos… Read more »

Casemiro
Casemiro
1 mês atrás

‘Autoridades dos EUA e analistas militares preveem que a artilharia ocidental que está a ser enviada para a Ucrânia alterará a guerra com a Rússia…..’

Antes eram os Javelins, NLAWs e etc.
Os russos mudaram as táticas e o que vemos agora é que milhares desses equipamentos estão sendo capturados.
Intactos, sem uso.
O problema para os ucranianos é que qualquer concentração de tropas, artilharia e lança-foguetes é atacado pelos russos quase que impunemente.
Mas, isso era previsto quando a luta fosse para um campo mais aberto.
As perdas ucranianas estão muito grandes.

Plinio Jr
Plinio Jr
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

As perdas russas em veículos dos russos é grande e deve aumentar ainda mais , com a chegada de mais armamento ATGM e artilharia ….

Casemiro
Casemiro
Reply to  Plinio Jr
1 mês atrás

Não creio.
Está sendo mais do mesmo.
Não vejo em que pode alterar as perspectivas ucranianas a substituição de centenas de D-30 perdidos por alguns obuseiros ocidentais.
Os russos continuam atacando as instalações ucranianas.
Hoje, o Aeroporto de Shkolny em Odessa teve a pista e as instalações destruídas.
A ponte ferroviária também já foi.
Será a preparação para o ataque russo?
Devemos lembrar que os ucros estão tentando desestabilizar a situação na Transnístria e Moldávia, ali ao lado, mas parece que não estão conseguindo.

Casemiro
Casemiro
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

Tanques (inclusive um T-64 capturado), obuses, mísseis e etc.
Os russos simplesmente param os tanques e atiram contra as posições inimigas
Estão em campo aberto, impunemente, disparando.

https://www.youtube.com/watch?v=Oak4T28Zww8

Vai ser muito difícil, quiçá impossível, os ucranianos alterarem essa situação.

Caio Cipriano
Caio Cipriano
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

“Impunemente”
Ataque a veículos blidados russos
https://twitter.com/BabakTaghvaee/status/1520316743813681153

Casemiro
Casemiro
Reply to  Caio Cipriano
1 mês atrás

Vou tentar confirmar para vc.
Os ucranianos estão construindo pontões sobre o Rio Donets para fugir do cerco que está sendo armado em Sieverodonets.
Acho melhor eles correrem, caso contrário serão cercados e poderemos ter uma outra Mariupol.

Caio Cipriano
Caio Cipriano
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

N muda de assunto. N tem essa de impunemente, pra ambos os lados.
Vai falar agora q esse daqui são ucranianos atacados pelos russos?
https://www.youtube.com/watch?v=ATFXcpUBfOA

Casemiro
Casemiro
Reply to  Caio Cipriano
1 mês atrás

Esse vídeo é replay do início da guerra.
Já vi há um tempão.
Mexe e remexe e os ucros continuam com seus choros e lamúrias.
Tiveram tempo para pensar e fizeram escolhas erradas.
Agora aguentem.

Caio Cipriano
Caio Cipriano
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

Posta ele aí então, com a data do início da guerra só p ver uma coisa.

Casemiro
Casemiro
Reply to  Caio Cipriano
1 mês atrás

Fotos ou vídeos incontestáveis são desse tipo.
As cores russas na cidade de Rubezhnoe, ex-Rubizhne.
Não há como contestar, porque ali deveriam estar as cores ucranianas.
O fato inconteste é que os russos estão avançando e ocupando território inimigo todos os dias.
O resto é reclamação sua e notícias pinçadas de um tanque destruído, um helicóptero abatido e etc., que é o que se espera em uma guerra.

comment image

Caio Cipriano
Caio Cipriano
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

N enrola. Cade o vídeo datado do início da guerra?

Reinaldo Deprera
Reinaldo Deprera
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

Eles entram, picham, daí saem correndo.
Pensei que eram Hunos, mas são Vândalos.

Last edited 1 mês atrás by Reinaldo Deprera
Casemiro
Casemiro
Reply to  Caio Cipriano
1 mês atrás

O interessante é que vi esse mesmo vídeo sendo um ataque russo.
Vai saber.

Caio Cipriano
Caio Cipriano
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

Alguns lançadores de foguete russo sendo destruídos
https://twitter.com/Blue_Sauron/status/1520031823249788928

Casemiro
Casemiro
Reply to  Caio Cipriano
1 mês atrás

Prezado.
Não adianta muito mostrar vídeos de ‘equipamentos’ sendo destruídos, porque não sabemos de quem é nem de quando foi.
Tem muito vídeo de equipamento ucraniano destruído que ele pintaram um ‘Z’ depois.
Eu quero é saber do andamento da situação.
Onde há avanços e onde os russos estão atacando e ocupando.
Não leio notícias de contra-ataque ucranianos desde o início da operação especial.
Os únicos foram em Kherson no início das batalhas e outro em Izyum semana passada, ambos desbaratados.
O resto é noticia do The Sun para elevar moral dos ucros..

Caio Cipriano
Caio Cipriano
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

Ah prezado, você começa e não aguenta? Postou um vídeo de propaganda para falar q os russos agem impunemente, e quando eu posto de volta do lado ucraniano pede arrego? Ok…. “Eu quero é saber do andamento da situação.” Pois não: A Russia não conseguiu tomar Kiev em 72h como muitos afirmavam, tiveram que abandonar todo o norte do país p focar só na região do Donbas. Estão tomando alguns pequenos contra ataques como em kharkiv, Mykolaiv e Kherson. Já perderam 3,3mil equipamentos. Perderam um cruzador. Morre general quase todo dia… São tantas humilhações q ficaria muito mais tempo expondo… Read more »

Caio Cipriano
Caio Cipriano
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

Meu comentário ficou retido, mas em resumo: vc q começou postando vídeo e agora chora pq eu postei os meus… rsrsrs

Casemiro
Casemiro
Reply to  Caio Cipriano
1 mês atrás

Eu estou dando exemplos de como os russos estão destruindo as fortificações ucranianas atirando a céu aberto e como essas armas ocidentais não vão ajudar muito a mudar o que está acontecendo.
Aí vem vc com vídeos (não se sabe de quem e quando) querer mostrar o contrário.
Ah!
Um tanque foi destruído ali, um helicóptero acolá e etc.
Se isso funcionasse, os russos não estariam avançando e destruindo tudo no seu caminho.
E não há como me contestar, porque são os russos que estão atacando e conquistando territórios.
Não o contrário.
Falou?

Caio Cipriano
Caio Cipriano
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

Ahhh quanto choro hahaha. Postei exatamente o mesmo tipo de video q vc. Aquipamento russo sendo destruido diariamente, mais de 3.300. 580 só de tanques (MBT).
Cade Kiev q iria cair em 72h? Não capturaram kharkiv que fica pertinho da fronteira ainda? Q coisa… como é? Mariupol em ruinas e ainda não está 100% tomada?
60 dias de guerra, 1 cidade importante tomada, 3mil veículos perdidos, mais de 15mil baixas…

“avançando e destruindo tudo no seu caminho”

kkkkkkkkk

Caio Cipriano
Caio Cipriano
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

Tem muito vídeo de equipamento ucraniano destruído que ele pintaram um ‘Z’ depois.”

Isso chega a ser ridiculo de tão mentiroso. Daria muito na cara o tanque lá destruído e incinerado q com um “Z” pintado branquinho branquinho…
Além do mais eu gostaria de saber quantos T-72B3 obr 2016 a ucrania opera? Fora os capturados, nenhum. Idem com vários outros equipamentos encontrados destruídos no campo de batalha como o BMP-3, BTR 82A, T-80BVM, etc…
E todos eles tem várias imagens comprovando a destruíção ou captura.

Casemiro
Casemiro
Reply to  Caio Cipriano
1 mês atrás

Deixa de mimimi e vai para o Donbass ver se ajuda os ucranianos.
Vídeos fake, repetidos ou até tirados de video-game não enganam mais ninguém.

George
George
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

Mentira. Esse vídeo aí foi em Irmino. Da para geolocalizar de forma bem fácil.

Casemiro
Casemiro
Reply to  George
1 mês atrás

Tudo muito ‘orquestradinho’.
Eu vi esse site que falava que era um Irmino.
Se vc continuasse lendo as outras postagens, acharia que os ucranianos estavam a caminho de Moscou.

Tem de ser de fontes uma pouco menos ‘tendenciosa’, digamos assim.

rui mendes
rui mendes
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

Não sabes dizer nada.

Casemiro
Casemiro
Reply to  Caio Cipriano
1 mês atrás

E para vc não reclamar, já vou adiantando.
É melhor os ucros se apressarem e sair logo do leste de Donbass.
Está sendo fechado um grande cerco às tropas lá.
Parece que alguns já estão se retirando, mas vão bater de frente com os russos que estão chegando.
Vai ser um massacre.

César
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

Vc tem muito tempo livre pra inventar dúzias de perfis falsos e escrever todas essas trolagens mas não tem tempo pra mostrar o tal vídeo? Mostra aí, seu mentiroso!

Casemiro
Casemiro
Reply to  César
1 mês atrás

Putz!
O vídeo é do início da guerra.
Eu sei lá onde está!
Só sei que o de vcs é repetido.

César
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

Sujeito, isso não é desculpa! Tu não trabalha, não faz nada na vida e tem o maior tempo livre pra achar!

Felipe Morais
Felipe Morais
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

Vocês dão muito palco pra esse inútil (Casemiro, ex kings, tbm conhecido como Professor, Amon Rá, Canarinho, Renato alguma coisa etc etc).

Last edited 1 mês atrás by Felipe Morais
Satyricon
Satyricon
Reply to  Felipe Morais
1 mês atrás

CaseKings

George
George
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

Não enrola. Apresenta o vídeo que cara pediu.

Andre
Andre
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

Realmente, os russos perderam as batalhas de Kiev e Sumy e tiveram suas quilométricas colunas de blindados destruídos graças a paus e pedras. Os javellins e nlaws não tiveram qualquer influência nas derrotas russas.

Oseias
Oseias
1 mês atrás
NashArrow
NashArrow
Reply to  Oseias
1 mês atrás

Boatos que o Putin acabou com o estoque de copium soviético e tá usando o da época imperial

CopiumPutin.jpg
Greyjoy
Greyjoy
Reply to  NashArrow
1 mês atrás

Esse meme do Putin macaco é muito bom. Hahahahahahahahaha

NashArrow
NashArrow
1 mês atrás

OFF- Parece que o Stugna-P acaba de vitimar outro Ka-52

https://twitter.com/UAWeapons/status/1520533369230086155?s=20&t=tgnDgE-upYf6A5u-C9ustQ

Casemiro
Casemiro
Reply to  NashArrow
1 mês atrás

Esses vídeos de tela de computador são meio ‘mandrakes’, né?
Mas, mesmo que seja verdade, qual o problema?
Os russos tem outros milhares deles.
Os ucranianos é que não podem perder, visto que já não têm quase nenhum.

Jagdverband#44
Jagdverband#44
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

Milhares? Achei que foram fabricados apenas 125 Kamov K-52.

Caio Cipriano
Caio Cipriano
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

Milhares não, milhões. São 500 milhões de Ka-52… só na ucrânia. Fora os 10 bilhoes do mesmo modelo em território russo.

Caio Cipriano
Caio Cipriano
Reply to  Caio Cipriano
1 mês atrás

Ops, falha minha, com os abates são agora 499.987 Ka-52 lutando na Ucrânia…

Caio Cipriano
Caio Cipriano
Reply to  Caio Cipriano
1 mês atrás

*em milhares hehehe, os russos tem em tão grande número q até confunde…

Bruno Vinícius
Bruno Vinícius
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

Os russos tem milhares de Ka-52? Tem fonte para isso?

Marcos
Marcos
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

1- dezenas de analistas no mundo inteiro analisando , verificando cores, padrões, tempo de lançamento, questionando a prova do vídeo e chegando a conclusão de que ê verídico. Chega a dar gosto ler os detalhes de gente que sabe o que fala. Mas o nosso analista sênior, Kings/Casemiro com seu PS-4 mágico diz que não, sem apresentar nada além de “wishful thinking”. 2- os russos não tem “milhares”. A produção foi de 129. Fato. 13 já foram abatidos com fotos, vídeos, etc. provando o abate. Do lote de produção, alguns já haviam caído, o que é natural em qualquer FA.… Read more »

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

Milhares?

IMG_20220501_033445.jpg
George
George
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

Mentira. Não existem muitos desses Os russos já perderam 20% dos Ka-52 deles.

Andre
Andre
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

Está difícil defender seu amado Putin né?

Cada dia suas mentiras ficam mais absurdas. “Milhares de ka-52”.

Só pode ser um personagem criado pelos editores para gerar interações….

Casemiro
Casemiro
Reply to  Andre
1 mês atrás

Hasteamento da Bandeira da vitória soviética em Melitopol.
E ornamentada com as fitas de São Jorge.
Vcs ainda não se convenceram.
A Ucrânia está perdendo e quanto mais tempo passa sem se render, mais territórios serão anexados pelos russos.

https://t.me/intelslava/27484

Bosco
Bosco
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

Você é o tipo de gente que os ucranianos preferem morrer que ter que conviver. rsssss
Você faz um desserviço à causa de quem lhe paga. Quem já tinha o Putin como um traste agora o vê como um câncer graças à tua militância.
Esse é o tipo de erro que a inteligência russa cometeu na Ucrânia e que pode custar o poder do mafioso do Kremlin. Fez as apostas erradas.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Bosco
1 mês atrás

Exato…

E sempre bom relembrar que esta gente não pode voltar ao poder no Brasil.

Bosco
Bosco
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 mês atrás

Pois é! É esse tipo que de 3 anos pra cá posa de patrulheiro da moral, da lisura no trato da coisa pública e na defesa da democracia.

Bosco
Bosco
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 mês atrás

Na verdade o que vemos o Tonho festejar é o mesmo que desejam para o Brasil. Política de terra arrasada. Se não concordam com eles que a população se ferre. Eles não estão nem aí. Querem reinar mesmo que seja sobre as cinzas.
Quantas vezes vimos esse povo festejar cada vítima do covid, cada vítima de feminicídio, cada vítima de desabamento por chuva, cada aumento no preço dos combustíveis, cada aumento no preço do feijão, cada queda no PIB…

Sequim
Sequim
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 mês atrás

Quem decide isso é a vontade soberana do povo brasileiro. Em razão do que os bolsominions estão tão preocupados? Não dizem que este desgoverno está salvando o Brasil? Então é só disputar as eleições e se reelegerem. Tá certo que agora tá mais difícil sem juiz parcial pra ajudar, né?

Last edited 1 mês atrás by Sequim
Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Sequim
1 mês atrás

Senão for na mão grande é impossível o PT voltar.

Você foi lá hj prestigiar o Lulla ou ficou em casa escondido ?

Tenho percebido uma certa vergonha das pessoas em mostrar a cara dando apoio, por isto os poucos que dão escondem o rosto na internet.

Bosco
Bosco
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 mês atrás

Na mão grande não vai não. Do povo a gang do pinguço gagá não tem medo não, mas dos hominho de verde cheio de penduricalhos dourados eles se borram.

Bosco
Bosco
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 mês atrás

Tem quem ache que os governos comunistas apesar de serem altamente corruptos e claramente ineficazes no trato da coisa pública levam um país ao caos econômico e social por incompetência mas na verdade é um objetivo em si. No caso da volta ao governo da orcrim a coisa vai ser pior por conta do ressentimento. Logo a miséria se instalaria e começaria a sua distribuição igualitária entre a população. Vai ser vingança pura e simples. A quebradeira , a fome, a perda das liberdades e a instalação de um regime policialesco serão impostas rapidamente, mesmo porque, como vimos, o tal… Read more »

Satyricon
Satyricon
Reply to  Bosco
1 mês atrás

Bosco, concordo.
Típico exemplo de lixo humano.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

Eu vi este video…

O legal é a “popularidade” dos russos..

A hora que virarem as costas esta bandeira descerá.

Andre
Andre
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

Milhares de ka-52…..vc é uma piada.

Rocha
Rocha
Reply to  Andre
1 mês atrás

Cheguei a mesma conclusão.

Palpiteiro
Palpiteiro
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

A disponibilidade deles é bem baixa então

George
George
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

Aceita que dói menos.

Agressor's
Agressor's
1 mês atrás

Avante Rússia, recupere o que sempre lhe pertenceu….

Heinz Guderian
Heinz Guderian
Reply to  Agressor's
1 mês atrás

Imperialismo do Bem.

Leo Rezende
Leo Rezende
Reply to  Agressor's
1 mês atrás

Na verdade,historicamente o contrário seria mais verdadeiro,pois a existência da Ucrânia precede a dos russos. Moscou era vassala de Kiev.
Kiev é 700 anos mais antiga que Moscou.

Kornet
Kornet
1 mês atrás

OTAN,UE e EUA para o Zé Lensquisse:- não se preocupe a Rússia pode destruir e deixar a Ucrânia em escombros, mas por falta de armas e munições vc não cai. Se tivessem líderes sérios na Europa e nos EUA essa guerra não tinha começado quanto ao da Ucrânia nem falo nada,se não o fa clube dele fica irritado. Quanto ao Putin vão dizer é um mafioso,desposta,ditador,eu sei que é, mas é o lider lutando,se está certo ou errado só o tempo dirá, pelo país dele,assim como o Zé Lensquisse que se fosse um grande e independente lider,aos primeiros tanques e… Read more »

Greyjoy
Greyjoy
Reply to  Kornet
1 mês atrás

Houve uma verdadeira romaria de líderes (inclusive nosso Bonoro) para a Rússia, na tentativa de acalmar os ânimos e evitar uma possível guerra. Putin não deu ouvido a ninguém.

Aí os ucranianos quererem reagir e, para isso, receberem equipamento de quem estiver disposto a doar é que é errado?

Kornet
Kornet
Reply to  Greyjoy
1 mês atrás

Bolsonaro não foi lá para isso,ele foi pelos problemas e interesses do Brasil,de outros só lembro o da França.
A intenção não é defender a Ucrânia é desgastar a Rússia,fizeram isso no Afeganistão na década de 80 e o resto da história vc sabe como ficou.

Satyricon
Satyricon
Reply to  Kornet
1 mês atrás

Certo, a culpa é de quem defende sua própria pátria de uma invasão injusta, não do invasor Adolf Putin.

willhorv
willhorv
1 mês atrás

Muitos me criticaram, mas do ponto de vista Russo e seus objetivos, a duração postergada, consequências econômicas, perdas gigantescas para ambos os lados, uma ou duas armas táticas teriam encurtado tudo isso. Logo na primeira semana…seria um fato ímpar e vexatório…mas teria acabado com isso logo.

Bruno Vinícius
Bruno Vinícius
Reply to  willhorv
1 mês atrás

Se os russos tivessem usado armas nucleares, teriam sido mais isolados da comunidade e mercado internacionais do que já estão. Países como a Índia e China dificilmente conseguiriam permanecer neutros/do lado russo num cenário destes. Além disso, a Rússia correria até mesmo o risco de perder seu assento na ONU. E o Putin sabe disso, por isso não usou armas nucleares até agora.

Casemiro
Casemiro
Reply to  willhorv
1 mês atrás

Não há a mínima necessidade.
Aliás, quanto mais os ucranianos aparecem, mais armas têm sido destruídas.
Deixe assim que os russos estão fazendo seu trabalho de desmilitarização.

George
George
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

O Putin não tem como repor as perdas dele. Já os ucranianos estão recebendo material do Ocidente dia e noite.

Heinz Guderian
Heinz Guderian
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

Se tem um dos objetivos que a Rússia não vai alcançar na Ucrânia é a desmilitarização.

Satyricon
Satyricon
Reply to  Heinz Guderian
1 mês atrás

A cada minuto que passa, reforça mais e mais a necessidade de uma OTAN.
O enxadrista é um gênio

Veiga 104
Veiga 104
1 mês atrás

A indústria bélica americana agradece.

sub urbano
sub urbano
1 mês atrás

Com quase 3 mil peças de artilharia (sem incluir morteiros e AA) o exercito ucraniano tinha um dos maiores estoques do planeta. Se formos pensar que após 2 meses de guerra o front de Donbass dos ucranianos já se encontra esgotado em termos de artilharia e dependente de “doações” do ocidente, é um feito notavel dos russos.

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  sub urbano
1 mês atrás

No começo dos conflitos os Bayraktars TB1 e 2 se saíram muito bem atacado posições dispersas se sem cobertura anti aérea adequada. Depois que as tropas russas foram remobilizadas para formar um unica linha de frente(o que possibilitou uma melhor proteção contra ataques aéreos), fotos e mais fotos desses UCAVs derrubados começaram a aparecer.

IMG_20220501_092040_914.jpg
Casemiro
Casemiro
Reply to  Vinicius Momesso
1 mês atrás

E eu acabei de ler um artigo sobre a ‘queda de prestígio’ desses Bayraktars e no que isso pode afetar suas vendas.
Estava escrito que a fábrica dele pertence a um genro do Erdogan (a conferir).

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

Onde o artigo ? No Southfront ?

Casemiro
Casemiro
Reply to  sub urbano
1 mês atrás

Esse ucranianos são loucos.
Estão morrendo aos montes, dentro de trincheiras, como na 1ª G.M.
Só que agora, os drones estão de olho em tudo e facilitam muito a tarefa dos atacantes.
No vídeo abaixo, vc vê um ucraniano calmamente ‘reforçando’ sua trincheira com uma pá e de repente ele some alvejado por um disparo de obus.
Triste fim.
Mas, a guerra é assim.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

Não confunda loucura com patriotismo..

sub urbano
sub urbano
1 mês atrás

É como se a cada semana a ucrania perdesse uma quantidade similar a todas a peças de artilharia que o brasil possui.

carcara_br
carcara_br
1 mês atrás

Será que a Rússia cai sem usar suas armas espaciais antissatélites que os EUA cansavam de denunciar?

Nacionalista brasileiro
1 mês atrás

Pois é caros confrades: Há uma velha máxima militar que ensina que “o valor do vencido, dá o valor do vencedor.” A marinha e os marines adquiriram a sua “maioridade militar” ao enfrentar por longos 4 anos a coragem suicida da Marinha Imperial japonesa. Interessante que na 2º guerra, os soldados do Exército norte-americano que retornava de um ou mais turnos na Europa, tinham apenas alguns cabelos brancos… Já os fuzileiros que retornavam mesmo que apenas um turno, apesar de terem 20 anos, voltavam completamente grisalhos… A Marinha norte-americana saiu imensa da Guerra do Pacífico, e não foi apenas em… Read more »

MBK
MBK
Reply to  Nacionalista brasileiro
1 mês atrás

Excelente comentário.

Mercenário
Mercenário
Reply to  Nacionalista brasileiro
1 mês atrás

Nacionalista, Curiosamente você “pulou” na sua narrativa a guerra do Afeganistão, que limou a URSS, e a guerra da crimeia, que foi vencida por britânicos, franceses e otomanos em plena Crimeia. Esqueceu também da guerra de inverno que perderam para a Finlandia. Na II GM os soviéticos (muito mais do que a rússia, portanto) tiveram amplo apoio material americano e britânico. Você deve saber que o custo material de um navio é muitas vezes maior do que de um carro de combate, não é? E os aliados ocidentais não combateram apenas na Normandia, você sabe não é.. Os soviéticos tiveram… Read more »

Felipe Morais
Felipe Morais
Reply to  Mercenário
1 mês atrás

E, convenientemente, ele tbm pulou a derrota russa para os japoneses, mesmo tendo falado, um pouco antes, do conflito da Marinha Americana com a Marinha japonesa, na segunda guerra Mundial.

_RR_
_RR_
Reply to  Nacionalista brasileiro
1 mês atrás

Em uma entrevista aberta, o General Hindenburg fora questionado sobre qual fator havia sido o decisivo para a derrota da Alemanha em campo, ao que ele respondeu: “A infantaria americana…” 500000 soldados do US Army viraram o fronte ocidental, durante a Primeira Guerra Mundial; um fronte que estava empacado a quatro anos… Em 1944, o exército alemão possuía 200 divisões, das quais 59 (salvo melhor juízo…) estavam deslocadas no oeste. As demais estavam distribuídas entre os Balcãs, países do extremo leste e a própria Alemanha… Por tanto, já não pode ser interpretado como verdade que os soviéticos enfrentaram tudo ao… Read more »

_RR_
_RR_
Reply to  _RR_
1 mês atrás

“…operando full no leste…”

Machado
Machado
1 mês atrás

Essa é uma guerra perdida para a Ucrânia, quero dizer OTAN. Estão perdendo o Donbas mais rápido do que se imaginava. Quase todo dia uma cidade/vilarejo em mãos russas. Parece que aprenderam com os erros iniciais e agora estão combatendo ao modo Russo de verdade.

George
George
Reply to  Machado
1 mês atrás

Ao contrário. Os ucranianos retomaram duas cidades ao norte de Kharkiv ontem.

Casemiro
Casemiro
Reply to  George
1 mês atrás

Os russos tomaram uma cidade ao norte e outra a leste, nos subúrbios de Kharkov.
Movimentos preparatórios para a grande ofensiva que vai se iniciar dentro em breve.
Os ucranianos ainda têm tempo de se renderem para poderem negociar termos mais vantajosos para eles.
Caso contrário, como Putin disse, temo pelo existência dela como nação independente.

Andre
Andre
Reply to  Machado
1 mês atrás

Você acha 8 anos rápido?

Zorann
Zorann
1 mês atrás

E a possibilidade de uso de armas nucleares, só aumenta….. Até parece que a Rússia vai ser derrotada sem fazer nada. Interessante ver o ocidente fazendo de tudo para impedir a derrota ucraniana. Ajuda militar na medida certa para que a Rússia não vença, para que a Ucrânia também nao vença, para que a guerra se arraste. Soldados lutando por uma Ucrânia livre….. se é que vai sobrar algo para ser livre. O país sairá desta arrasado, completamente destruído. Gerações futuras perdidas em um país de escombros e para que? Seja lá quem vencer o conflitono campo de bata,o grande… Read more »

Henrique
Henrique
Reply to  Zorann
1 mês atrás

Pois é Zorann, mas a turma da torcida vibra e acredita que a Ucrânia irá vencer e os russos vão sair correndo de lá sem fazer alguma grande M.. antes. Deixo claro que não apoio essa guerra em nenhuma hipótese mas avalio aqui seu contexto e movimentações. Os EUA conseguiram arrastar a Rússia e Europa para essa bagunça e percebe-se nitidamente que ninguém quer uma solução pacifica e sim a todo o custo enfraquecer ou debilitar a Rússia, o que é uma temeridade considerando essa questão nuclear. EUA não estão nem aí pra Ucrânia e já repararam que toda a… Read more »

George
George
Reply to  Zorann
1 mês atrás

O país sairá desta arrasado, completamente destruído.

Falaram isso da Alemanha e do Japão em 1945. Quarenta anos depois Cansei de ver gente fugindo daqui para ir morar nesses países.

Andre
Andre
Reply to  George
1 mês atrás

Aaaahhh, mas esses países viraram capacho dos EUA. De que estar entre os melhores países do mundo para se morar, com ótimos sistemas educacionais, de saúde, com segurança, sistema previdenciário….o importante é ser contra os malvadões anglo-saxoes.

Casemiro
Casemiro
Reply to  Andre
1 mês atrás

Deixa de ser reclamão.
A Ucrânia teve oito anos para pensar e fazer boas escolhas.
Vai sobrar para ela a metade de um País, destruído, sem saída para o mar, de base agrícola e empobrecido.
Basicamente uma Bulgária um pouco maior, que é o que Putin quer.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

Boa escolha é ser capacho de ditador…

Pq você insiste tanto em morar em liberdade, se você gosta mesmo é de uma boa ditadura ?

Andre
Andre
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

“vai sobrar”….sempre no futuro.

“Kiev vai ser terraplanada”

Suas previsões seguem sem se realizar.

Casemiro
Casemiro
Reply to  George
1 mês atrás

kkkkkkk

Vai ter um Plano Marshal para a metade da Ucrânia que ficar pró-Ocidente.
Com dinheiro?
Os EUA vão emitir títulos da dívida para financiar isso.
Quem vai comprar?
Desista cidadão.
Vc e a Ucrânia perderam.

Zorann
Zorann
Reply to  George
1 mês atrás

Quarenta anos no seu exemplo, são quatro décadas, não é? Quantas gerações? De duas a quatro (dependendo de quem defina geração, este período compreende de 10 a 20 anos. Hoje o mais comum é,considerar geração, o período de 10 anos.)

Exatamente o que comentei….

Last edited 1 mês atrás by Zorann
Casemiro
Casemiro
Reply to  Zorann
1 mês atrás

Essa história da Ucrânia vencer é como técnico de time pequeno quando vai jogar contra um grande: Vamos lá! Força” A gente consegue!.
Só que em guerras é diferente.
Não existe zebra.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

Você ainda n entendeu a intenção da Ucrânia e da OTAN.. Não é vencer a Rússia. A Ucrãnia, sozinha não tem esta condição. A intenção é sangrar a Rússia, até o ponto que a razão custo benefício seja desfavorável. Os russos não tem como repor a altura os equipamentos de ponta que estão perdendo e vão ter que revitalizar com o que tiver aquele monte de lixos que tem na sua reserva ao contrário da Ucrânia, que está cada vez mais recebendo equipamento de ponta do ocidente. Até pessoal os russos já foram pedir a países aliados. Antes de você… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Rodrigo Martins Ferreira
Antunes 1980
Antunes 1980
1 mês atrás

Atualmente a Ucrânia tem inflingido pesadas baixas através dos obuseiros de 122mm da era soviética.

Hoje são ações muito bem condenadas com drones e imagens de satélite fornecido pelos Estados Unidos.

Assim que os equipamentos modernos de 155mm estiverem disponíveis, o alcance maior e também o nível de precisão destes armas, deixará a situação ainda mais complicada para os invasores comunistas.

Victor Filipe
Victor Filipe
1 mês atrás

Já foram enviados 72 M777 pra Ucrânia apenas dos EUA, tem fotos também da Austrália enviando outros 6. Os Cesar também. O Senado alemão aprovou o envio de equipamento pesado para a Ucrânia então o PzH 2000 e os M109 Paladin estão na mesa… Isso é uma tremenda evolução para a Ucrânia A artilharia da Ucrânia era extremamente precisa A sua letalidade só tem a multiplicar com o uso desses equipamentos ocidentais já que: 1° São mais precisos, eles podem usar projéteis Guiados e tem GPS integrado 2° São mais móveis, disparar e se mover fica mais fácil. Mesmo com… Read more »

Casemiro
Casemiro
Reply to  Victor Filipe
1 mês atrás

Os ucranianos perderam centenas e centenas desses obuseiros.
Aí vc acha que 72 americanos e 6 australianos vão fazer diferença?
Isso será espalhado em uma área de quantos mil km2 ?
Confia!

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

Você não tem fonte nenhuma que defende a sua posição. Assim como questionei acima, de destruídos comprovadamente foram 69.

Você só tá seguindo o MoD Russo. Mas fora isso nada que diz apresenta provas concretas.

Vídeos isolados no telegram não são provas.

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  Victor Filipe
1 mês atrás

Tudo isso que foi proposto a Ucrânia, os russos já detém. Ou seja, esse suposto aumento de letalidade a favor dos Ucranianos, o exército russo já infringe ao inimigo.

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Vinicius Momesso
1 mês atrás

Ela tem isso no papel, na realidade quando a gente vê vídeos e fotos da artilharia Russa ela se mostra muito espalhada e pouco precisa. Agindo mais pela quantidade do que qualidade.

Machado
Machado
Reply to  Victor Filipe
1 mês atrás

Cara esses equipamentos não vão nem chegar na frente de batalha porque são equipamentos pesados. Só em cima de ferrovias que, estão sendo devidamente destruídas pela Força Aérea Russa ou por caminhões de transporte facilmente detectaveis ou por seus próprios meios. A Força Aérea Russa tem a supremacia aérea e vai destruir tudo que se move no campo de batalha. Mísseis anti carros, fuzis e outros equipamentos leves são fáceis de esconder mas esses equipamentos pesados são facilmente descobertos. A Rússia tem a tecnologia e os meios para isso.

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Machado
1 mês atrás

Fala isso prós 300 T-72 que a Ucrânia recebeu e já tão começando a ser empregados na linha de frente. Se a Rússia não conseguiu destruir eles. Imagina Artilharia…

Andre
Andre
1 mês atrás

Os que estão há 8 anos lutando com total apoio russo?

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Andre
1 mês atrás

Pois é…

Quem sabe com armas mais modernas eles possam vencer.

Bosco
Bosco
1 mês atrás

Mais uma falácia russa será exposta??? O grande alcance da sua artilharia que se gabava de ser o dobro da americana se provará mais um “equívoco”. Se não for outra mentira se provará incompetente tendo em vista que a adoção de munição burra lançada por tubo gera erros de mais de 500 m para distância de 50 km ou mais, podendo chegar a 1000 metros a 70 km. O CEP de foguetes burros sup-sup é ainda pior. *O fogo de contrabateria utilizando canhões e radares de CB é importante mas hoje tem uma forte concorrência dos U-CAVs que podem tanto… Read more »

Casemiro
Casemiro
Reply to  Bosco
1 mês atrás

Cara!
Vc falou quer o Javelin ia mudar a guerra.
O que estamos vendo é que a Ucrânia está ‘colhada’ de tanques russos e esses Javelins estão caindo aos montes nas mãos dos russos.

Bosco
Bosco
Reply to  Casemiro
1 mês atrás

“Vc falou quer o Javelin ia mudar a guerra.” Eu nunca disse isso. Não coloque palavras nos meus dedos. O que eu disse antes da guerra começar (portanto, não tinha como ser mudada) foi que a adoção em larga escala do Javelin contra os tanques russos seria uma “CARNIFICINA” pelo simples motivo que os russos não têm defesa contra esse tipo de arma e ela é facilmente utilizável sem que se possa fazer muita coisa para impedir ser lançada. Isso se comprova tendo em vista que o todo poderoso exército russo com tanques cobertos de blindagem reativa e sistemas de… Read more »

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  Bosco
1 mês atrás

Não para isso que serve as munições guiadas por laser “Krasnopol” e o uso de Drones para correção de coordenas e diminuição do CEP das peças de artilharia? Aliás Bosco, os ucranianos descobriram que os russos estão usando minas inteligentes que detectam(sismógrafo) a aproximação de tanques num raio de 50 metros, atingindo-os por cima(como os Javelins e NLAWs). Eu achei bem interessante.

Last edited 1 mês atrás by Vinicius Momesso
Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Vinicius Momesso
1 mês atrás

Os russos cheios de armas inteligentes e robôs exterminadores, não largam o bombardeio picado com foguetes e bombas no guiadas.

tem algo errado com a sua declaração.

Bosco
Bosco
Reply to  Vinicius Momesso
1 mês atrás

Vinícius,
Os dois lados devem estar utilizando esse tipo de mina. Os americanos têm a M93 Hornet que funciona pelo mesmo princípio.
Quanto à Krasnopol, sem dúvida, mas não deve existir em grande quantidade.

Bosco
Bosco
Reply to  Vinicius Momesso
1 mês atrás

O que me referi diz respeito à adoção de artilharia burra de grande alcance. Para fogo de contra bateria mesmo a artilharia russa de longo alcance precisa trabalhar no médio alcance para ter agrupamento minimamente eficaz. Ou seja, na hora do “vamo vê”, não serve pra muita coisa ter 70 km de alcance como propagado aos 4 cantos. Os russófilos por várias vezes se vangloriavam do alcance maior da artilharia russa e eu por várias vezes me referia a isso dizendo que os americanos privilegiavam a mobilidade estratégica e um melhor agrupamento. Só em 2024 os americanos irão adotar artilharia… Read more »

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
1 mês atrás

É e quem vai proteger esses obuseiros e lançadores dos ataques aéreos da Rússia? Oração? Os Kalibrs já devem estar afiados para caçar cada equipamento pesado que a OTAN colocar na Ucrânia.

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  Inimigo do Estado
1 mês atrás

Eu pensava que Odessa estava muito bem protegida da invasão russa, já que foi mobilizada uma grande quantidade de material bélico, defesas anti aéreas e soldados para a cidade, mas agora o exército russo está atacando com mísseis infra estrutura crítica e depósitos de armas. Vai ter o mesmo destino de Mariupol e Berdyansk.

Bosco
Bosco
Reply to  Inimigo do Estado
1 mês atrás

Kalibrs contra obuseiros?
Obuseiros se posicionam em geral a uns 20 km da linha de frente. Não há razão de se utilizar (ainda que fosse possível) um míssil com 2000 km de alcance e uma ogiva de 500 kg e custando dois milhões de dólares para neutraliza-los.
O que se utiliza são helicópteros de ataque, caças com mísseis ar-sup táticos ou armas burras, fogo de contrabateria, drones kamikases, C-UAVs, comandos dotados de fuzil antimaterial ou míssil antitanque ou designadores laser, etc.

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
Reply to  Bosco
1 mês atrás

Especialista de araque, não é só destruir um obuseiro, mas todo o batalhão, veículos de logística, munição etc.

Usa a cabeça, não é enfeite de pescoço. Quer discutir comigo mesmo, tu nunca administrou nem tua própria vida.

Bosco
Bosco
Reply to  Inimigo do Estado
1 mês atrás

rsss

Bosco
Bosco
Reply to  Inimigo do Estado
1 mês atrás

Você viu no Globo Rural que submarinos podem implementar fogo de contrabateria, foi?
Tem que combinar antes com os ucranianos pra eles ficarem bem juntinhos que é para economizar Kalibrs , que tá raleando.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Inimigo do Estado
1 mês atrás

Haja Kalibr para destruir peça de artilharia..

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 mês atrás

Nem precisa de tantos assim, principalmente se a logística deles for destruída. Israel vive fazendo isso na Síria e vocês só faltam gozar, mas com a Rússia é impossível? Ah vá encher o saco na pqp.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Inimigo do Estado
1 mês atrás

Você quer comparar o valor e a complexidade de um Kalibr com de uma peça de artilharia ?

Velho.. fica lá bancando o milionário do Kadett conversível, que cola mais que comentarista de sistemas de armas.

Bosco
Bosco
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 mês atrás

O sujeito é alérgico a frutas cítricas mas inventa de plantar mexericas e aí fica assim.

JagdVerband#44
JagdVerband#44
Reply to  Inimigo do Estado
1 mês atrás

Kalibr? Huahauahauahau

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  JagdVerband#44
1 mês atrás

Ele tá comparando a complexidade de um Kalibr, com a complexidade e valor das armas que os israelenses usam para para destruir peças de artilharia do hamas e do hezbollah.

Isto pq paga de gênio dos negócios..

Marcelo
Marcelo
1 mês atrás

Como foi dito e AVISADO, amplamente, na época das eleições ROUBADAS/FRAUDADAS dos EUA…
OS DEMOCRATAS QUEREM COMEÇAR GUERRAS…apoiados pela industria de defesa .
tai o resultado!
Ucrania um mero peão no tabuleiro dos EUA sendo massacrada para PROVER muito dinheiro e emprego nos EUA.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

uééé??!! E não esta sendo DESTRUIDA??!!
M A S S A C R A D A

Boitatá
Boitatá
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

Amigão, quem começou a guerra foi a Rússia.

naval762
naval762
1 mês atrás

Os russos terão uma grande dor de cabeça nos meses que virão. Vamos ver quanto tempo Putin aguenta antes de ser removido da cadeira por uma visita da unidade 29155 da FSB. Aceita que dói menos nick do kings.

Grifon Eagle
Grifon Eagle
1 mês atrás

Estão cutucando o urso…

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Grifon Eagle
1 mês atrás

Ainda com isto ? Acabou isto da grande infálivel rússia

Como disse outro dia..

o Urso rugiu..

E o mundo sorriu

Bosco
Bosco
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 mês atrás

“O Urso rugiu…
E o fraldão poluiu…”

casemiro 2
casemiro 2
1 mês atrás

Grande mestre Casemiro já explicous, esses equipamentos vão ser destrfuídos automaticamente ao entrarem na Ucrânia, vamos usar as armas phaser, depois vamos destruir esses porcos imperialistas capitalistas com nossas tropas de orcs. A limpeza só vai parar quando chegarmos no Brasil, tem muito captialista e burguês aqui. Temos que fazer esse povo (o que sobrar dele) falar russo. E agora que o Casemiro está aconselhando o Putin sobre as manobras de guerra é que vamos varrer a Otan do mapa. Viva a revolução. Viva Putin. Viva o Casemiro, futuro grande timoneiro do Brasil, luz da revolução!

Last edited 1 mês atrás by casemiro 2
Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  casemiro 2
1 mês atrás

Agora eu fiquei com medo, vou me matricular amanhã em um curso de russo.

Bosco
Bosco
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 mês atrás

Eu já estou me adaptando à dominação soviética há muito tempo. Meu prato preferido é russo:”roscovo”
https://pbs.twimg.com/media/DfqinNUW4AAa20Z?format=jpg&name=small

Heinz Guderian
Heinz Guderian