segunda-feira, novembro 28, 2022

Saab RBS 70NG

US DoD: ofensiva russa no leste da Ucrânia é ‘mínima na melhor das hipóteses’ e ‘anêmica’

Destaques

Guilherme Poggio
Guilherme Poggiohttp://www.forte.jor.br
Editor da Revista Forças de Defesa

As forças russas na região de Donbass, no leste da Ucrânia – onde a maior parte dos combates está ocorrendo – estão sofrendo de comando e controle fracos, moral baixo e logística abaixo do ideal, disse hoje um alto funcionário do Departamento de Defesa.

“Continuamos a ver um progresso mínimo, na melhor das hipóteses, dos russos no Donbas”, disse o funcionário. “Eles não estão fazendo o progresso que haviam programado para fazer e esse progresso é desigual e incremental.”

Os russos tiveram alguns ganhos menores a leste das cidades ucranianas de Izyum e Popasna, disse a autoridade, acrescentando que esse progresso tem sido anêmico.

“O que vimos lá em Popasna não é diferente do que vimos em outros vilarejos de Donbas. houve muitas idas e vindas nos últimos dias”, disse o funcionário.

Além disso, o Pentágono observou que as forças russas parecem ter uma aversão ao risco e a baixas tanto na guerra aérea quanto na terrestre, disse o funcionário.

As forças ucranianas continuam a manter Kharkiv contra as forças russas próximas. A cidade continua a sofrer ataques aéreos russos, disse a autoridade.

“Mas os ucranianos têm feito um trabalho hábil nas últimas 24 a 48 horas empurrando os russos para mais longe. E eles conseguiram empurrar os russos para cerca de 40 quilômetros a leste de Kharkiv”, disse a autoridade.

Esse é um bom exemplo da resistência dura e formidável que as forças ucranianas estão exibindo, disse o funcionário.

Mariupol continua a ser atingida por ataques aéreos russos. “Continuamos a vê-los usando bombas burras em Mariupol”, disse o funcionário, referindo-se a munições que não são guiadas com precisão.

Em relação à assistência de segurança à Ucrânia, mais de 70 dos 90 obuses M-777 que os EUA planejavam enviar estão agora em mãos ucranianas, juntamente com mais de 140.000 cartuchos de 155 mm que esses canhões usam, o que representa cerca de metade dos projéteis planejados para entrega, o disse oficial.

O treinamento sobre essas armas continua fora da Ucrânia, acrescentou o funcionário.

Desde o início da invasão, há 68 dias, os russos lançaram 2.125 mísseis na Ucrânia, mencionou o funcionário.

FONTE: US DoD

- Advertisement -

96 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest

96 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Zorann
6 meses atrás

E os americanos diriam algo diferente disso?

Erick Barros
Erick Barros
Reply to  Zorann
6 meses atrás

Os americanos estão na fase: Vamos lá Ucrânia! Vcs conseguem!

Bosco
Bosco
Reply to  Erick Barros
6 meses atrás

Interessante que em 15 anos na Trilogia nunca vi ninguém pedir para os afegãos ou iraquianos se renderem aos americanos.
Nenhum lado ideológico nunca sequer cogitou disso. Esse “fenômeno” é específico dessa guerra.
Nunca pensei na minha vida que veria isso.

Junior Souza
Junior Souza
Reply to  Bosco
6 meses atrás

Mestre Bosco, eu aposto meu saldo bancario que o que vemos aqui são bots ou militancia paga. Nota-se um elevado nivel de persistencia, um discurso muito bem alinhado e a defesa de “ideias” completamente absurdas mesmo para os militantes mais fanaticos.

Brazuca
Brazuca
Reply to  Junior Souza
6 meses atrás

Pra mim isto esta claro há muito tempo. Nem perco tempo com esse pessoal. E ainda me admiro que sejam levados a sério!

Andre
Andre
Reply to  Junior Souza
6 meses atrás

A dúvida é quem banca esses bots? Seriam os editores apenas para aumentar as atividades do fórum?

Munhoz
Munhoz
Reply to  Bosco
6 meses atrás

Essa guerra é um erro, um país soberano como a Ucrânia tem o direito de integrar a OTAN, porém o que ocorre é semelhante a vc dizer para um enxame de abelhas que vc só estava querendo pega uma fruta quando cutucou a colmeia na árvore com a vara curta !

Bueno
Bueno
Reply to  Munhoz
6 meses atrás

Complicado meu caro. Qual a guerra que não é um erro?
 
Qual destas guerras não é um erro?
Iraque, Líbia, Afeganistão ,Síria, Dentre outras
A moralidade ocidental se foi.
 
O Ocidente se perdeu, querem impor uma regra moral que todos os países poderosos quebram.
 
 
Complicado. 

Lucas
Reply to  Bosco
6 meses atrás

Comentário impecável.
Gosto muito das suas ideias meu amigo.
Abraço!

Maurício.
Maurício.
Reply to  Erick Barros
6 meses atrás

Renato, mas em uma guerra não existe o “se”, se os russos não pensaram que a Ucrânia poderia receber ajuda em termos de equipamentos, os russos cometeram um erro e problema é deles.

Hank Voight
Reply to  Maurício.
6 meses atrás

Você e um cara sensato Mauricio! parabéns!

Maurício.
Maurício.
Reply to  Hank Voight
6 meses atrás

Tireless, você está me chamando de sensato, logo eu que falo mal dos americanos também? Ué, só pode ser um fake, o Tireless original nunca diria isso! 🤔😂

Andre
Andre
Reply to  Erick Barros
6 meses atrás

Já as putinzetes diriam:

da lua.JPG
Hank Voight
Reply to  Andre
6 meses atrás

Acho que foi por esse motivo que o Xings, como a ameba que ele e, se dividiu em dois (Casemiro e Erick Barros)

pangloss
pangloss
Reply to  Hank Voight
6 meses atrás

Acho que a metástase é mais ampla. Tem muito mais nome que esses dois.

Andre
Andre
Reply to  pangloss
6 meses atrás

sempre teve…a pergunta é: qual o objetivo?

simplesmente aumentar a interação do forum ou passar uma ideia de que esse forum é aberto para todos?

Hank Voight
Reply to  Erick Barros
6 meses atrás

Chora na cama que e lugar quente Xings!

Joe
Joe
Reply to  Zorann
6 meses atrás

Os robozinhos estão desesperados.

Maurício.
Maurício.
Reply to  Joe
6 meses atrás

Joe, mas o Zorann mentiu? Ele só disse o óbvio, nunca que americanos falariam bem dos russos, ainda mais em caso de guerra, ele falou um fato, e fatos são fatos, simples assim.

EduardoSP
EduardoSP
Reply to  Maurício.
6 meses atrás

Dizer que os americanos nunca falariam bem dos russos é um pressuposto, não é um fato.
É importante ter o raciocínio organizado, senão chega-se a conclusões erradas.

Maurício.
Maurício.
Reply to  EduardoSP
6 meses atrás

Quanta lenga-lenga, tu acha mesmo que os EUA falariam bem da Rússia ainda mais nessa guerra contra a Ucrânia? E o Zorann mentiu no comentário dele? O resto é mimimi e blá blá blá.

Felipe Morais
Felipe Morais
Reply to  Maurício.
6 meses atrás

Sim, concordo. Do curto texto, cuja fonte é o departamento de defesa dos EUA, tem que separar duas partes: 1) A parte da análise do cenário: Nessa parte, há uma forte tendência de os americanos apresentarem um texto desfavorável aos russos. E aqui é necessário ser coerente. Se o departamento de defesa russo não é fonte, o americano tbm não deve ser. 2) A parte em que apresentam fatos: Por exemplo, no texto, quando falam da quantidade de M777 que enviaram/pretendem enviar, com a correspondente munição. Aqui, como o texto de qualquer órgão governamental de um sistema democrático/Estado de Direito,… Read more »

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Maurício.
6 meses atrás

No começo da guerra foram feitos vários elogios sobre o desempenho dos russos..

Só que agora a coisa estagnou e aí tem que ser muito fanático para ignorar isto e continuar falando que o desempenho dos russos é o esperado.

Maurício.
Maurício.
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
6 meses atrás

1- O que o colega Zorann disse é verdade, por esse motivo magoou o coração dos fanáticos americanetes, trumpetes, bidenzetes, olavetes, otanzetes e natozetes.
2- Os EUA e Rússia são eternos rivais, é um fato, ficaram quase meio século em uma ladainha onde ninguém atacava ninguém diretamente, só usavam e ainda usam países buchas de canhão para se atacarem.
3- Eu acho que o desempenho da Rússia nessa guerra está péssimo, e quem discorda disso são só os fanáticos pró Rússia.

Marcos
Marcos
Reply to  Maurício.
6 meses atrás

Sobre o seu 3 ponto, uma pergunta: comparado com quem a Rússia está indo péssima? Qual outra potência militar enfrentou um exército capaz como o ucraniano e se saiu melhor ou apresentou um desempenho muito superior para dar fundamentação a sua afirmação?

Obs: é apenas uma dúvida mesmo, não estou querendo fazer qualquer provocação, só não consigo ver paralelo com outros conflitos pós Segunda Guerra que possam dar sustentação para defender a ideia que a Rússia está indo péssima. Ou esta sua visão é baseada apenas na sua opinião e não tem relação com ações militares de outras potências?

Henrique
Henrique
Reply to  Zorann
6 meses atrás

Interessante é que não dá pra confiar em nenhum lado da propaganda. Os EUA, no Vietnã, lançavam seus informes mencionando diariamente milhares de baixas dos Vietcongs até que Ho Chi Minh teria informado Johnson para maneirar pois se fosse contar já teria matado pelo menos dois Vietnã’s inteiros nos dois primeiros anos da guerra … Essa guerra se tornou “encarniçada” à medida que os russos não foram efetivos em suas áreas de inteligência, tática e logística, sabendo que a Ucrânia estava sendo suportada pela Otan e EUA e estão a levando praticamente no corpo a corpo em algumas cidades. Se… Read more »

Lucas
Reply to  Zorann
6 meses atrás

E o Zorann faria um comentário pertinente?

ORIVALDO
ORIVALDO
6 meses atrás

Falso. Segundo informações detalhadas do Casimiro,vulgo Antonio KINGS, perto de 345,760,90 mil tropas Ucranianas estão prestes a ser cercadas no Donbas. Pasmem, fontes dizem que junto a esses soldados também tem 50 mil tropas da Otan presas em Mariupol, com 300 generais americanos juntos e pouco mais de 2 legiões Romanas e Auxiliares

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  ORIVALDO
6 meses atrás

Do jeito que os russos estão lutando, se tivesse 2 Legioes Romanas completas + auxiliares em Mariupol eu acho que o cerco teria sido rompido kkkkkkkkkkkkkk

Augusto
Augusto
Reply to  ORIVALDO
6 meses atrás

Segundo o Antonio, os Russos já estavam cercando Kharviv também.

Boitatá
Boitatá
Reply to  ORIVALDO
6 meses atrás

Impossível. Os russos nunca conseguiriam cercar 2 legiões romanas.

Erick Barros
Erick Barros
6 meses atrás

Ainda nem começou.
Bateu o desespero com as perdas?
Só vai piorar

Joe
Joe
Reply to  Erick Barros
6 meses atrás

Calma militante…

PACRF
PACRF
6 meses atrás

Esse é o retrato fiel de uma guerra provocada, única e exclusivamente, pela vontade de apenas uma pessoa: Vladimir Putin.

Augusto
Augusto
Reply to  PACRF
6 meses atrás

Não só dele, ele só fez o que Biden queria que ele fizesse. De toda essa historia, o Putin foi o mais tolo de todos em dar de bandeja o que seu inimigo queria.

Wilton Santos
Wilton Santos
6 meses atrás

Tenho acompanhado tanto a mídia ocidental, quanto a russa. O que chama a atenção é a forma como as versões da mídia ocidental e russa divergem completamente sobre a situação real da guerra. Ambos os lados estão fazendo propaganda e não dá para ter uma visão clara do que está acontecendo. Este artigo é mais uma peça de propaganda ocidental.

Erick Barros
Erick Barros
Reply to  Wilton Santos
6 meses atrás

Pode ter certeza.
Quando começa a falar muito, algo está dando errado.
Cada semana é uma coisa diferente.
Massacre, novas armas, visita de dirigentes e etc
Não param
Parece gato em telhado de zinco quente
E os russos só na deles.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Wilton Santos
6 meses atrás

Suponha uma situação em que há um arqueiro com uma flecha e um cavaleiro. A flecha acerta o cavaleiro. Pode-se dizer que o arqueiro acertou o cavaleiro – e isso é correto. Mas também é certo dizer que o cavaleiro desarmou o arqueiro, já que este não tem mais flechas, e isso também é correto.

PACRF
PACRF
Reply to  Wilton Santos
6 meses atrás

A mídia russa é “chapa-branca”, ou seja, completamente controlada pelo governo.

Carvalho
Carvalho
6 meses atrás

Russia se perdeu em seus diversos e mal explicados objetivos estratégicos.
Se enredou em uma briga de rua.
Os chechenos estão adorando…podem roubar tratores e pilhar.

Marcos10
Marcos10
Reply to  Carvalho
6 meses atrás

E matar russos.

Marcos10
Marcos10
6 meses atrás

Nas última semanas os russos fizeram alguns avanços em algumas áreas, perderam outras, mas nas áreas que avançaram tiveram baixas significativas.
No ataque recente onde morreu mais um General, houve perda de outros 40 oficiais e mais 160 soldados. A Rússia, diante do fracasso e fiasco, está pelo jeito tentando congelar a guerra como está, até por conta das sanções que lhe foram impostas. De outro lado todo o aparato de armamentos ocidentais e soldados voluntários ainda estão em preparação.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Marcos10
6 meses atrás

Mas ai você percebe o tamanho do fracasso russo. O terreno naquela região é propício para ofensivas blindadas e o forte da Rússia sempre foram as forças blindadas. Nem tanto pela qualidade, mas pela quantidade de blindados. Mas veja: há semanas espera-se uma ofensiva blindada russa e ela… não acontece. E se a Ucrânia começar a usar com competência a artilharia que está recebendo, os russos não vão conseguir montar as concentrações blindadas necessárias para uma ofensiva por lá. Ou seja, vai virar uma guerra de atrito artilhada.

Nelson Junior
Nelson Junior
Reply to  Jacinto
6 meses atrás

Meu palpite, mais é só um palpite, é que apenas uns 10% da frota de blindados Russos seja operacional

Aladaf
Aladaf
Reply to  Nelson Junior
6 meses atrás

Isos deveria ser evidente. Como um pais que tem uma economia pequena sustentaria uma guerra convencional por muito tempo? A chance disso ocorrer eh ZERO. A Russia jah CRUZEIROU e faz tempo.

Alecs
Alecs
Reply to  Aladaf
6 meses atrás

ahahahaahahahhahaha Amei o “CRUZEIROU”! Quando essa guerra terminar a rússia vai ser uma nação pária de segunda categoria que em alguns momentos corre o risco de cair para terceira divisão de nações kkkkkk E ainda vai levar outros paisecos como Venezuela e Cuba junto para o buraco se esses países continuarem alinhados ideologicamente aos russos. Adorei kkkk rússia = timinho de segunda divisão! Gaaaaaloooooo!

Rodes
Rodes
6 meses atrás

Artilharia americana começou a fazer estrago.

Jacinto
Jacinto
6 meses atrás

Em geral, considera-se que o atacante precisa ter uma vantagem de 3:1 sobre o defensor. Isso porque o ataque é mais desgastante do que a defesa, inclusive no aspecto logístico. Os russos não conseguem ter este tipo de vantagem sobre os ucranianos, especialmente porque a sua linha de ataque é extensa demais.

Maurício.
Maurício.
6 meses atrás

O Brasil é um fiasco em se tratando de fiscalizar as fronteiras, mas a Rússia também não fica para trás, eles não conseguem ver mais de 70 M-777 e 140.000 munições de 155 mm passando pela fronteira?

Bosco
Bosco
Reply to  Maurício.
6 meses atrás

Ué! A fronteira oeste fica a 1000 km da linha de frente.

Maurício.
Maurício.
Reply to  Bosco
6 meses atrás

Ué, mas não tem nem que seja um olheiro russo confirindo movimentações suspeitas? E agora está passando pela fronteira equipamentos grandes e pesados que não dá para esconder em carros por exemplo, na minha opinião é incompetência russa.

PACRF
PACRF
Reply to  Bosco
6 meses atrás

Satélites e aviões russos parecem cegos, também.

Alecs
Alecs
Reply to  PACRF
6 meses atrás

Não conseguiram câmeras ocidentais para adaptar no satélites!

Bruno Vinícius
Bruno Vinícius
Reply to  Maurício.
6 meses atrás

Isso prova que os russos não tem superioridade aérea completa na Ucrânia. Se tivessem, jamais que trens e caminhões carregando centenas de tanques, peças de artilharia e outros equipamentos pesados seriam capazes de entrar mais do que algumas dezenas de quilômetros na Ucrânia.

Last edited 6 meses atrás by Bruno Vinícius
Maurício.
Maurício.
Reply to  Bruno Vinícius
6 meses atrás

Mostra também a incompetência russa em ainda não ter mandado pelos ares as ferrovias ucrânianas, a Rússia entrou em uma guerra e guerra é guerra, você tem que entrar para destruir todas as infraestruturas do inimigo, e nesse ponto a Rússia está falhando.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Maurício.
6 meses atrás

Impossível de controlar. Pela distância da Rússia, pelo comprimento das fronteiras, pelo terreno, pela quantidade de carga que passa nesses pontos para além da militar, etc…
A única solução é com pessoal no terreno e mesmo assim deverá ser impossível controlar.
Mesmo algo parecido como o que aconteceu no trilho de Ho Chi Minh e, com ataques constantes e numa área mais limitada, não conseguiram bloquear o fornecimento.

Last edited 6 meses atrás by Hcosta
Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Maurício.
6 meses atrás

Só da USAF dos EUA a Polônia são perto de 100 vôos de material por dia…

Boitatá
Boitatá
Reply to  Maurício.
6 meses atrás

Os oficiais da linha de frente já estão ligando pra casa pra perguntar o que vai ter na janta…

Erick Barros
Erick Barros
6 meses atrás

Pois é.
Lembro do General Westmoreland falando aos americanos que a situação no Vietnã estava sob controle e que a guerra logo acabaria.
Alguns dias depois, guerrilheiros vietcongues estavam invadindo a embaixada americana em Saigon.
O resultado final da guerra, todos sabemos.

Portanto, é o que eu digo.
Melhor nos atermos aos fatos
Se os russos estão avançando e cercando os ucranianos em Donbas, vamos nos debruçar e comentar a situação.

Pedro
Pedro
Reply to  Erick Barros
6 meses atrás

“Lembro do General Westmoreland falando aos americanos que a situação no Vietnã estava sob controle e que a guerra logo acabaria.” Engraçado..os russos estão falando a mesma coisa. E agora?

Erick Barros
Erick Barros
Reply to  Pedro
6 meses atrás

Os russos estão quietos.
Calados.
Trabalhando.

Ze das Couve
Ze das Couve
Reply to  Erick Barros
6 meses atrás

Antes estivessem quietos. O Lavrov hoje soltou que o Hitler tinha sangue judeu, que os maiores antissemitas são judeus. Vixe, festival de bobagens. Tomou um pito de Israel para variar.

Satyricon
Satyricon
Reply to  Ze das Couve
6 meses atrás

Pinoquiorov inventou agora que Israel fomenta e apoia grupos neonazistas na Ucrânia!
Tem cabimento isso?

Algum ser humano acha isso crível?

Os russos estão completamente descontrolados.

Há quem diga que estão quietos…

Oráculo
Oráculo
6 meses atrás

Ninguém pode acusar os editores de parcialidade.

Um dia publicam texto do Southfront.
No outro uma “notícia” do Departamento de Estado Americano.

Uma vela pra cada santo. Como tem que ser.

Maurício.
Maurício.
Reply to  Oráculo
6 meses atrás

Verdade, com diferentes fontes podemos acompanhar diferentes choros e chiliques…😂

GFC_RJ
GFC_RJ
Reply to  Oráculo
6 meses atrás

Quando se consegue irritar as torcidas organizadas dos dois lados, é porque o trabalho tende a estar sendo feito direitinho.

Alecs
Alecs
Reply to  GFC_RJ
6 meses atrás

Só vejo o lado esquerdo dando piti. As putinetes são as rainhas do mimimi!

Zabumba
Zabumba
6 meses atrás

Blá blá blá blá….o que se vê são soldados ucranianos em valas….mais uma peça de propaganda .

Anderson Graça
Anderson Graça
6 meses atrás

O fluxo de armas fornecidas pela OTAN para a Ucrânia aumentou enormemente na última semana. Por exemplo, descobriu-se que a Polônia entregou um complemento completo para duas brigadas blindadas – mais de 230 – de T-72Ms para a Ucrânia. Além disso, os ucranianos receberam “várias dezenas” de veículos de combate de infantaria BMP-1 (obsoletos), obuses autopropulsados ​​2S1 Gvozdika calibre 122 mm e lançadores de foguetes múltiplos BM-21. Sem surpresa, algumas unidades já foram retiradas da linha de frente, com o objetivo de serem reconstruídas e reequipadas com novo armamento. Além disso, em 27 de abril, o Exército ucraniano implantou seu… Read more »

Luciano
Luciano
6 meses atrás

Enquanto isso se inicia a integração das áreas ocupadas. O fim da guerra já se sabe como será

https://youtu.be/Y7k8WfJ028I

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Luciano
6 meses atrás

Esta deve ser a única tomada dos russos, pq tem uma semana que o AK coloca este link todo dia aqui.

Alecs
Alecs
Reply to  Luciano
6 meses atrás

A fila de senhoras com cara de estarem putas da vida com o Putin.

Elisandro
Elisandro
6 meses atrás

Lenta e metódica. Com extenso uso de artilharia para por abaixo tudo pelo caminho. Lembra bastante a segunda fase da Primeira Guerra da Chechênia quando os russos obliteraram Grozny após sofrerem pesadas baixas com suas colunas blindadas. Mas isso não significa que a situação está melhor para os ucranianos na linha de frente.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Elisandro
6 meses atrás

Mas os chechenos não tinham como responder ao fogo de artilharia russa. É fácil usar artilharia de forma metódica quando ela não é contratacada. Quando o inimigo tem radares para localizar a origem dos projéteis e artilharia autopropulsada para atacar e fugir as baterias, a coisa muda de figura.

Carvalho
Carvalho
6 meses atrás

Boa aula sobre como se perder em seus objetivos estratégicos e se exaurir em lutas menores.
Os EUA pegaram o avião e foram para casa.
Os russos vão ficar para roubar máquinas de lavar e tratores.
Bussines são bussines.

Zé lesqui
Zé lesqui
6 meses atrás

Tá virando guerra de atrito como iran x Irak. Quer o que? Só as putinas pra achar que a Rússia teria capacidade de comando e logística para empreender uma “tempestade no deserto” contra as forças Ukranianas!

Last edited 6 meses atrás by Zé lesqui
Bruno Vinícius
Bruno Vinícius
Reply to  Zé lesqui
6 meses atrás

Também precisariam de uma força aérea no nível da USAF para conseguir replicar os sucessos americanos de 91 e 2003, coisa que a Rússia simplesmente não tem.

Last edited 6 meses atrás by Bruno Vinícius
Caerthal
Caerthal
6 meses atrás

Temos que pensar nos desdobramentos de uma possível guerra prolongada. Isso significaria que as pontes sobre o Dnieper provavelmente deixarão de existir.

Eu não gostaria de estar isolado da força principal do meu exército.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Caerthal
6 meses atrás

Só forças militares incompetentes têm grandes problema para atravessar rios. Júlio Cesar, por exemplo, construiu uma ponte de mais de 140 metros sobre o Rio Reno em 10 dias. E isso foi há mais de 2 mil anos.

Augusto
Augusto
Reply to  Jacinto
6 meses atrás

Mas Cesar era um gênio militar, nenhum dos comandantes evolvidos tem uma fração do nível de genialidade de Cesar.

Caerthal
Caerthal
Reply to  Jacinto
6 meses atrás

Felizmente as armas evoluíram pouco nesses dois mil anos…

O Dnieper é um rio considerável boa parte com largura bem acima de 500 metros. Se a Federação Russa achar que as pontes são desvantajosas no dia seguinte a brincadeira se acabou.

Fabio Jeffer
Fabio Jeffer
6 meses atrás

Acho que o pessoal aqui da trilogia decidiu acreditar em tudo o que os EUA dizem, seguindo essa narrativa mentirosa e mascarando muitas vezes a verdade. Que decepção!
Já foram melhores…

Last edited 6 meses atrás by Fabio Jeffer
MadMax666
MadMax666
6 meses atrás

O que eu sei eh que comprei um monte de rojao esperando a conquista russa da ucrania… Ia demorar 24 horas, depois 72, depois 7 dias… A ultima previsao era Dia da Vitoria 09 de maio. Sinto que sera mais facil guardar estes rojoes para quando o SPFC ganhar a Libertadores de novo

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  MadMax666
6 meses atrás

Faz o seguinte…

Vai acumulando fogos de artifício esperando a conquista, que no fim você vai ter poder de fogo para invadir sozinho a Coréia do Norte.

Maurício.
Maurício.
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
6 meses atrás

A Coreia do Norte tem armamento nuclear, nem os EUA ou a OTAN teriam coragem de se aventurar por lá.

Monarquista
Monarquista
Reply to  MadMax666
6 meses atrás

Tu se enganou. 72 horas é pra chegar em Berlim, mas mudar de rota pra Kiev é que confundiu os russos kkkkkkkkkkkkkk

Alecs
Alecs
Reply to  Monarquista
6 meses atrás

Culpa dos americanos que desligaram o sinal do GPS que eles estavam usando! kkkkkkkkkkkkkkkkkk

Zé lesqui
Zé lesqui
Reply to  Monarquista
6 meses atrás

Em uma semana em Lisboa!

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Monarquista
6 meses atrás

O Glonass, não tá funcionando bem…

Alecs
Alecs
Reply to  MadMax666
6 meses atrás

Está mais fácil o Cruzeirinho subir para a série A que a Rússia vencer essa guerra! E olha que essa ano o Cruzeiro não sobe! kkkkkkkkkkkkk

Dude
Dude
6 meses atrás

O problema da Ucrânia é a localização. Ela está situada entre duas grandes potências, OTAN e Rússia. É sabido que a Ucrânia tem o direito de fazer o que quiser, inclusive entrar para uma aliança militar, entretanto a Rússia tem o direito de não gostar. O mesmo caso de Cuba com os EUA (que não gostou). Conclusão: o direito dos pequenos países acaba quando começa interfere no interesse de uma grande potência militar. A América Latina que se cuide, pois se a Europa ou os EUA começarem passar dificuldades, é aqui que eles virão buscar recursos. Não duvidem disso!!

Alecs
Alecs
Reply to  Dude
6 meses atrás

“O problema da Ucrânia é a localização. Ela está situada entre duas grandes potências, OTAN e Rússia” Antigamente eu pensava assim, hoje meu pensamento mudou. A sorte de Ucrânia é estar ao lado de um grande número de países da OTAN, pois a rússia já não assusta ninguém. E quando esta guerra acabar ai que não vai assustar mesmo!

Satyricon
Satyricon
Reply to  Dude
6 meses atrás

Dude, o país com a maior extensão de terra do planeta está em guerra por MAIS… território
Isso não tem lógica
É puramente geopolítica.
Os Arsenais nucleares russos (os maiores do mundo, diga-se) sempre foram dissuasão mais que suficiente, contra todos
Ninguém se atreveria.
Mas aí veio Adolf Putin…

Guilherme S.
Guilherme S.
6 meses atrás

Estão ocupando a parte leste de Popasna fazem umas 4 semanas, falta o resto da cidade… Pra completar, chegar em Dnipro são mais 200km e uma cacetada de cidades no meio do caminho.

Rogério Loureiro Dhiério
Rogério Loureiro Dhiério
6 meses atrás

O jeito é o Putin pedir desculpas para todo mundo e pedir que a galera retorne para casa.

Rogério Loureiro Dhiério
Rogério Loureiro Dhiério
6 meses atrás

“Continuamos a vê-los usando bombas burras em Mariupol” A Rússia não queria aviões da classe do Super Tucano para o cenário da Síria? Os EUA bobearam nessa hein. Poderiam ter feito uma gigantesca venda de uns 120 Super Tucanos para os Russos economizarem seus SU-34. Eu não sei que fim deu a BRITANITE más poderiam ter entrado na jogada com os kits para bombas burras ou mesmo agora a Mac Jee com aquele kit de guiagem inteligente para bombas burras. O único lado negativo seria os Tucanos começarem a ser abatidos pelos MANPDS fornecidos pelos EUA, iria denegrir a imagem… Read more »

Últimas Notícias

Imagens de uma guerra: míssil anticarro erra o alvo por pouco

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra um ATGM russo passando sobre um carro de combate ucraniano. A...
Parceiro

- Advertisement -
- Advertisement -