quinta-feira, junho 30, 2022

Saab RBS 70NG

Zelensky: até 100 soldados ucranianos são mortos a cada dia no leste da Ucrânia

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

O presidente Volodymyr Zelensky da Ucrânia acredita que os homens em idade de alistamento têm o dever de permanecer na Ucrânia enquanto “entre 50 e 100 pessoas” são mortas no leste da Ucrânia a cada dia.

Fonte: Zelensky durante entrevista coletiva com o presidente polonês Andrzej Duda

Detalhes: Zelensky foi questionado sobre sua opinião sobre a petição online pedindo para que os homens deixem a Ucrânia, que já reuniu 25.000 assinaturas no site do presidente da Ucrânia.

Citação de Zelensky: “Eu não sei a quem a petição se dirige. Talvez, ela se dirija a mim. Por outro lado, talvez devesse se dirigir àqueles pais que perderam seus filhos, seus filhos que sacrificaram suas vidas para defender um oblast ou uma cidade do nosso país? E você sabe, na maioria das vezes eles nem estavam defendendo as cidades onde nasceram.

Hoje, entre 50 e 100 pessoas podem ser mortas na frente mais difícil, no Leste… Eles estão defendendo nosso país e nossa independência, que é tão amplamente discutida em todo o mundo.

Então, quando vejo uma petição como essa, uma petição que pede que nossos homens possam deixar o país durante a lei marcial, acredito que não sou a pessoa certa para abordar com tal petição.

Isso está falando em termos de humanidade. Quanto à lei, temos um certo tempo para considerar e responder às petições que recebemos.”

FONTE: www.pravda.com.ua

- Advertisement -

132 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
132 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Robo Norris
Robo Norris
1 mês atrás

O problema é que esses homens com pouco ou nenhuma experiência nas forças armadas, estão sendo mandados à frente no fronte de batalha, justamente para poupar os soldados regulares, popular “boi de piranha”.

Marcos10
Marcos10
Reply to  Robo Norris
1 mês atrás

Na verdade boa parte dos soldados ucranianos passou por três meses de treinamento. Já os russos, segundo os próprios soldados, deram seis tiros de fuzil e seis de pistola. Então foram enviados para combate.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Marcos10
1 mês atrás

Eu vi isto ai, mas n botei fé não…

só isto de instrução o comandante n consegue nem manobrar dentro do campo de batalha..

Nascimento
Nascimento
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 mês atrás

Esse ai fumou a mesma erva da MB quando falava em 3ª frota e a mesma do Medvedev quando falava em um império de Lisboa a Vladivostok.

Max
Max
Reply to  Robo Norris
1 mês atrás

A Ucrânia tem algum general? Quem comanda as forças?

Carlos Lins
Carlos Lins
Reply to  Max
1 mês atrás

Seja lá quem for esse General, está lá em Kiev vendo seus soldados serem cercados e mortos pela Ucrânia afora.
Só em Severodonestsk/Lisichiansk serão cerca de 15.000.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Carlos Lins
1 mês atrás

E os russos estão sendo mortos semanalmente..

Oráculo
Oráculo
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 mês atrás

Isso é uma verdade.

Pra um político midiático como ele admitir 100 mortes/dia, é porque os números são muito maiores e não dá mais pra esconder tanto “saco preto” chegando.

Por falar em saco preto, essa reportagem da Band sobre os corpos dos soldados russos deixados pra trás é a cara dessa guerra.

Cruel e assustadora.

https://www.band.uol.com.br/noticias/jornal-da-band/ultimas/corpos-de-soldados-da-russia-sao-mantidos-em-trem-da-morte-na-ucrania-16511979

Andre
Andre
Reply to  Carlos Lins
1 mês atrás

Se ele está em Kiev então está bem seguro e longe do conflito, prq de Kiev o invasor já foi chutado.

Eromaster
Eromaster
Reply to  Max
1 mês atrás

Tio Sam que Comanda, via Casa Branca/ Pentágono. Zelensky só recebe ordens.

Agnelo
Agnelo
Reply to  Robo Norris
1 mês atrás

A Ucrânia está sendo invadida.
Não é assunto de militares. É assunto de todo o povo. Quando eu digo de todo o povo, é do povo todo.
Quem tem preparo, atue monitorado q tem. Quem não tem, orientado, resista e apoie.
Agora, ser indiferente…. inerte?
Não são cidadãos? Não tem direitos? E a hora do dever. Proteger sua terra, seu povo.

Jefferson Ferreira
Jefferson Ferreira
Reply to  Agnelo
1 mês atrás

Cidadão tem direito de escolha, se quer ou não defender seu país e não ser obrigado…

Agnelo
Agnelo
Reply to  Jefferson Ferreira
1 mês atrás

Antes de tudo, é a obrigação moral, depois a legal.
Se não tem nem a primeira, ainda falta muito pra ser cidadão.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Agnelo
1 mês atrás

É simplesmente assombrosa a sua imbecilidade … fora da escala … Tem gente que tem horror a conflitos… não são como alguns daqui que curtem fórum militares e depois que vem um guerra.. ficam de mimimis… “eles foram os agressores… civis estão morrendo… estão com fome… etcetera .” Os mickes estavam falando bobagens até pouco tempo atrás … “Rússia está perdendo…” Torcida dá nisso… falta absurda da realidade. Vocês achavam mesmo que 40 bilhões de armas entraria pela fronteira?!? NUNCA! Só entra 10%… tá cheio de desvios, perdas, corrupção …é pinto no lixo uma guerra. Ucrânia JÁ perdeu! Pois vai… Read more »

Agnelo
Agnelo
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

Bilu teteia…..

Pega sua calcinha novamente….. toma aguinha com açúcar…..

Leia, interprete, se possível, entenda…….

O assunto NÃO É Ucrania perdendo ou não neste comentário….. É alguém lutar ou não pelo o que é seu.

Entendeu ai, Bilu Teteia.
Põe calcinha nova, arruma o coque samurai e vai estudar português.

Heinz Guderian
Heinz Guderian
Reply to  Jefferson Ferreira
1 mês atrás

Papo de covarde, pergunte para os soldados russos se eles tiveram alguma escolha ao invadir a ucrânia, a maioria nem sabia que esteva invadindo um país, já que seus comandantes falaram que era apenas um exercício.

Vitor
Vitor
Reply to  Jefferson Ferreira
1 mês atrás

Temos um coragem, o cão covarde. FROUXO!!!

Severiano Ostrisch
Severiano Ostrisch
Reply to  Jefferson Ferreira
1 mês atrás

Sério mesmo que vc acredita no que escreveu?

Carlos Lins
Carlos Lins
Reply to  Agnelo
1 mês atrás

Defesa estilo Volksturm só causa mais mortes entre esses civis mal preparados.
E não evita a derrota.

Agnelo
Agnelo
Reply to  Carlos Lins
1 mês atrás

Sim.
Por isso, orientados.

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
Reply to  Agnelo
1 mês atrás

Errado, é assunto dos militares, já que são pagos para isso, ou tu quer que eu, um grande produtor rural, vá para a guerra no teu lugar? Se bem que pelos teus comentários aqui é melhor eu ir mesmo, temos mais chances de ganhar do quê contigo.

Carlos Lins
Carlos Lins
Reply to  Inimigo do Estado
1 mês atrás

Essa foi ótima.

kkkkkkkk

100nick-Elã
100nick-Elã
Reply to  Agnelo
1 mês atrás

Agnelo, como militar e cidadão norte-americano, ops, quero dizer, americano, você tem obrigação moral de ir à Ucrânia lutar contra os russos. Para a defesa da Civilização Ocidental, da democracia e do nosso estilo de vida.

Carlos Lins
Carlos Lins
Reply to  Robo Norris
1 mês atrás

Evidentemente que a conta desse senhor não bate.
Só em Mariupol foram cerca de 15.000 baixas ucranianas.
E olha que a Rússia só tem cerca de 6 a 7.000 prisioneiros.
Então, o resto ‘se foi’.
Donde se imagina escala de perdas ucranianas.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Carlos Lins
1 mês atrás

A proporção de mortes mais favorável aos russos está em um ucraniano pra cada 5 russos..

Fabio Jeffer
Fabio Jeffer
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 mês atrás

Olha a erva torcedor, comentário delirante

Digo
Digo
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 mês atrás

fonte: Juro por deus.

Gabriel ferraz
Gabriel ferraz
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 mês atrás

Larga de ser pedante cara ,já deve ser um coroa e não larga de ser chato, primeiro por expor um comentário sem fonte nenhuma ,segundo que o assunto aqui e o post é sobre percas ucranianas ,é muito amor incubado pela Rússia ou tá ganhando quanto de tabloide ocidental pra tá falando isso toda hora

Marcelo
Marcelo
Reply to  Gabriel ferraz
1 mês atrás

Kkkkkk
Nem leu e se leu não entendeu!!
Pobre Brasil ….
Esse cara É MICKEY… admirador dos EUA…. Lê e entenda direito cara…

Slow
Slow
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 mês atrás

Um ucraniano pra cada 5 russos 😂😂😂😂😂😂😂😂 fonte por favor ?

Maurício.
Maurício.
Reply to  Slow
1 mês atrás

A fonte que o Rodrigo usou é essa…🤭

gua-fonte-da-lomba-510ml-com-gas1-da3e43c90ea49bb07a15892071578494-1024-1024.jpg
Reinaldo Deprera
Reinaldo Deprera
Reply to  Robo Norris
1 mês atrás

E tem que ser assim mesmo, absolutamente normal. O nome disso é multiplicação. O pai do exército de um país é o terreno, o clima, a biodiversidade, a fauna etc. A infantaria do exército.A infantaria de exército, em tempo de guerra, é sua população, sobretudo a população masculina. O exército regular tem que multiplicar o conhecimento entre essa população e absorver o conhecimento que vem de fora no esforça de guerra. Seria um belo de um desperdício usar todo o exército regular na frente de batalha e colocar a população reservista para treinar. Treinar com quem? O exército regular que… Read more »

Zorann
Zorann
Reply to  Robo Norris
1 mês atrás

São pessoas para as quais a guerra não faz sentido. Pessoas que desejam deixar o país com suas famílias. Pessoas desinteressadas em defender a Ucrania por diversos motivos e que são obrigadas a permanecer.

Vitor
Vitor
1 mês atrás

A sombra da verdade é um número que jamais virá a tona .

Robo Norris
Robo Norris
Reply to  Vitor
1 mês atrás

Infelizmente nas trincheiras ficam apenas os combatentes, já os soldados regulares ficam em posições estratégicas aguardando o inimigo atacar e “denunciar sua posição” para a partir daí, revidar.

Digo
Digo
Reply to  Vitor
1 mês atrás

Ele deu esses número sobre os mortos, porém, se juntar o numero de desaparecidos, as baixas são bem maiores, mas isso é normal, o verdadeiro número de baixas de uma guerra só é contabilizado de uma maneira mais eficaz após a guerra quando os arquivos se abrirem para historiadores.

Maurício.
Maurício.
1 mês atrás

Caso tenha uma guerra aqui no Brasil, o presidente pode obrigar todos os homens com idade de alistamento a entrar na guerra ou isso é contra as leis? Na minha opinião quem obriga um cidadão a entrar em guerra contra a própria vontade é um ditador.

Marcos10
Marcos10
Reply to  Maurício.
1 mês atrás

A Lei diz que em caso de guerra todos com mais de 18 podem ser convocados. Isso vale aqui, como em boa parte do Mundo.

Robo Norris
Robo Norris
Reply to  Maurício.
1 mês atrás

O que não pode é usar essas pessoas como “colete a prova de balas” para os soldados regulares.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Robo Norris
1 mês atrás

Os soldados russos nem isto tem.

Marlos
Marlos
Reply to  Maurício.
1 mês atrás

Poderia obrigar, no caso se a pessoa negar a ir pegaria pena de reclusão de 1 a 4 anos podendo ser maior dependendo do caso.

Last edited 1 mês atrás by Marlos
JOSE DE PADUA
Reply to  Maurício.
1 mês atrás

Poder até pode, se vai ter armas e munições pra todos ai já é outra historia…

obs. acredito que não há munição estocada para meses de guerra nem para as tropas regulares, imagina pra convocado…

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  JOSE DE PADUA
1 mês atrás

Não se estoca munição à revelia. Tem uma quantidade estocada e, em caso de guerra, fabrica-se mais. Os motivos são vários: elas tem prazo de validade, elas custam caro caso pense em utilizar as que estão a vencer em treinamentos e elas dão trabalho para estocar, entre outros.

JOSE DE PADUA VIEIRA
Reply to  Ten Murphy
1 mês atrás

Acha q em caso de guerra vai existir a fabrica de munição? No minimo será um dos primeiros alvos. Sobre custar caro, ate pode ser, mas a outra opção que é a rendição deve custar bem mais.

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  JOSE DE PADUA VIEIRA
1 mês atrás

Vai existir fábrica, mas não as que você conhece nem nos lugares onde qualquer um sabe o endereço.

JOSE DE PADUA VIEIRA
Reply to  Ten Murphy
1 mês atrás

Parabéns, o cargo de líder da resistência é seu

Heinz Guderian
Heinz Guderian
Reply to  JOSE DE PADUA VIEIRA
1 mês atrás

Pelo seu comentário, é notável que você não entende como funciona as Forças Armadas, nem como funciona uma indústria bélica.

JOSE DE PADUA
Reply to  Heinz Guderian
1 mês atrás

Notável é como tem uns usuários desse site que julgam saber tudo…
Já que eu não entendo, poderia ser mais útil e explicar?

JOSE DE PADUA
Reply to  Heinz Guderian
1 mês atrás

Aproveitando, li esse comentário seu…como vc a mais de 7000km da linha de frente e que obviamente não sabe falar russo, sabe com precisão que a MAIORIA nem sabia que estava invadindo um país? Vc ouviu isso de um russo ou da sua própria cabeça?

“a maioria nem sabia que esteva invadindo um país, já que seus comandantes falaram que era apenas um exercício.”

Guilherme Leite
Guilherme Leite
Reply to  JOSE DE PADUA
1 mês atrás

Putin disse isso para todo mundo, inclusive soldados russos capturados alegaram isso..

O único jeito para o plano de invasão não escapar

Agnelo
Agnelo
Reply to  JOSE DE PADUA
1 mês atrás

Fique tranquilíssimo com nossa capacidade de produzir e comprar munições.

O grande problema do Brasil é o inimigo interno.
É quem paga é apoia organismos estrangeiros q usam histórias de cobertura de bonzinhos, e uma massa de idiota útil os apoia.

JOSE DE PADUA VIEIRA
Reply to  Agnelo
1 mês atrás

“Fique tranquilíssimo com nossa capacidade de produzir e comprar munições.”
Poderia explicar? So conheço a imbel em jf e a CBC, fora essas, não conheço outra empresa q fabrique munições no Br. Depender de importação em caso de guerra é uma furada.

Zorann
Zorann
Reply to  Agnelo
1 mês atrás

Parei de ler no inimigo interno….

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
Reply to  JOSE DE PADUA
1 mês atrás

Acho que não tem munição para nada. Na verdade o Brasil numa guerra seria uma catástrofe humanitária, vide a crise do COVID.

Com a competência do nosso serviço público, mais preocupados com regalias do que com a serviço que prestam estaríamos fodidos, vide os dois policiais rodoviários mortos no Ceará, como dois PRFs que ganham 10 mil por mês são mortos por um mendigo? É uma tragédia esse país.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Maurício.
1 mês atrás

Fica tranquilo que isso não vai acontecer, o único país que pode nos invadir ja aparelhou as nossas intituições : judiciários e as força armadas !!!!
https://istoe.com.br/brasil-paga-para-ele-trabalhar-para-mim-diz-comandante-americano-sobre-brigadeiro/

Zabumba
Zabumba
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

É uma luta eterna contra essa casta política…infelizmente essa captura ocorreu dentro das F.A.

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  Zabumba
1 mês atrás

As forças armadas obedecem a Constituição e as leis pertinentes, que são decididas pelo povo através do Congresso Nacional. Não é como se os militares decidissem seguir esse ou aquele país por conta própria. Então, se há reclamação, que se faça sobre os políticos. Sobre o Judiciário, essa bagunça se deve ao fato de políticos e juízes terem conhecimento mútuo de pecados e virtudes entre si, sendo os pecados a corrupção, e as virtudes as ligações entre membros de sociedades discretas, entenda como entender. A trilogia já noticiou o caderno de teses do partido vermelho de número 13 de anos… Read more »

Zabumba
Zabumba
Reply to  Ten Murphy
1 mês atrás

Não Deixe se enganar…

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

“Na apresentação, Faller afirma que David é vice-diretor do J5, departamento que cuida de estratégia, diretriz política e planos. O salário do brigadeiro é pago pelo governo brasileiro.” “A reportagem da Folha não localizou David. Já Alcides, como é chamado no Exército, disse ao jornal que não há subordinação automática a ordens americanas. Se houver “decisão soberana dos EUA [que] não esteja de acordo com a posição política nacional, o Brasil pode determinar meu regresso, e eu, como militar, funcionário de Estado, retorno imediatamente”, disse Alcides à Folha.” “O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, designou oficialmente o Brasil como aliado militar preferencial do… Read more »

Agnelo
Agnelo
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

Graças a este trabalho, o narcoterrorismo q atua no Brasil tem sofrido como nunca antes.
Mas lacrar sana mais o comichão do q pensar…. Infelizmente….

Slow
Slow
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

Coisa que isso eles não consegue fazer em um país que não é democrático, o problema nunca foi o comunismo e sim o nacionalismo esse é o medo dos EUA ..

Last edited 1 mês atrás by Slow
Nilo
Nilo
Reply to  Maurício.
1 mês atrás

Existe lei no Brasil, que considera situação em que o cidadão possa em caso convocado não ser obrigado a pegar em armas para combate, a lei da mesma constituição que lhe garante seus direitos.

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  Maurício.
1 mês atrás

– Compromisso dos Reservistas (Artigo 217 do Decreto nº 57.654, de 20 de janeiro de 1966): “Dispensado da prestação do Serviço Militar inicial, por força de disposições legais e consciente dos deveres que a Constituição impõe a todos os brasileiros, para com a defesa nacional, prometo estar sempre pronto a cumprir com as minhas obrigações militares, inclusive a de atender a convocações de emergência e, na esfera das minhas atribuições, a dedicar-me inteiramente aos interesses da Pátria, cuja honra, integridade e instituições defenderei, com o sacrifício da própria vida.” É obrigatório por lei. O presidente nada tem a ver com… Read more »

Agnelo
Agnelo
Reply to  Maurício.
1 mês atrás

Chama-se mobilização. O Presidente decreta o Estado de Defesa e mobiliza os recursos nacionais. Homens e meios. O Art 5 da Constituição tem itens suprimidos. O Congresso aprova. O Supremo tem de fiscalizar tudo o q ocorreu durante e depois. Os primeiros a serem dispostos para o Combate são as Forças de Prontidão. Depois, o restante do Efetivo profissional, que tem seu adestramento intensificado para a Hipótese q está se concretizando. Enquanto isso, militares do serviço militar obrigatório tem sua formação intensificada. (Se for muito no início do ano, quem daria baixa, não dá. E se for mais pro final,… Read more »

Maurício.
Maurício.
Reply to  Agnelo
1 mês atrás

“procure outro canto.”

É justamente isso que vários ucrânianos estão tentando fazer, mas pelo visto não estão conseguindo…

Zorann
Zorann
Reply to  Maurício.
1 mês atrás

Exatamente… Não podem ir porque o governo não deixa.

Já são milhões, os pais separados de suas familias que fugiram para se salvar.

Heinz Guderian
Heinz Guderian
Reply to  Zorann
1 mês atrás

São milhares de famílias russas que choram nesse momento, porque seus pais, filhos, netos, sumiram a quase três meses, e o governo mente para seus cidadãos, dizendo que estão numa “operação especial”, poucos que dão a sorte de seus homens voltarem “inteiro” para pelo menos fazer um velório, porém, muitos não terão essa chance, pois não sobrou muito ou nada para velar. A pergunta é: Será que esses soldados russos tiveram a escolha, que vocês tanto defendem? De invadir um país, praticamente irmão, muitos dele tendo parentes e amigos do outro lado, e tendo que matar, por causa da ordem… Read more »

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
Reply to  Agnelo
1 mês atrás

Não lutar também é um direito, ainda mais por um país lascado, com políticos, empresários e funcionários públicos corruptos feito o Brasil. Eu mesmo deixaria tudo ser entregue ao inimigo.

Na verdade eu cairia fora ao qualquer rumor de guerra no Brasil, ficaria em algum lugar seguro comendo pipoca e vendo gente burra se ferrar.

Zorann
Zorann
Reply to  Agnelo
1 mês atrás

O último parágrafo é lindo…. mas não representa a verdade para a maioria.

A grande maioria dos brasileiros não tem este sentimento de pertencimento que você citou. Não vão gostar de ver o país ser atacado….. mas ir lutar para defende-lo, muito poucos irão voluntariamente.

gordo
gordo
Reply to  Maurício.
1 mês atrás

A questão ai vai muito além de uma lei. Não tenho duvidas que o Estado Finlândes ou Sueco consegue uma adesão muito maior ao sacrifício por parte da população que a Ucrânia, e os motivos são óbvios. Aqui será que alguém vai pegar em armas para manter um judiciário desses com todos esses privilégios (trabalham de terça a quinta e fora outros regalos)? A discrepância entre as classes mais baixas (que vão compor o grosso da mobilização) para as mais altas é muito grande,“Você pode ser macho na periferia, mas aqui é um b@st#. Aqui é Alphaville”, palavras de um… Read more »

Nilo
Nilo
Reply to  Maurício.
1 mês atrás

Para o brasileiro deveria ser um direito a ser cumprido prestar serviços militar, aprender o ofício de defesa a constituição e proteger o País, ou então quem vc acha que deve fazer?. Ficar tranquilo por já está aparelhado o sistema político e judiciário, essa é sua justificativa, vou chamar isso eufemisticamente de confusão mental.

Last edited 1 mês atrás by Nilo
Zorann
Zorann
Reply to  Maurício.
1 mês atrás

Aqui no Brasil você pode recusar-se a servir as forças armadas alegando inclusive questões religiosas.

Em caso de estado de guerra, não sei. Acredito que possa ser preso. Mas acho que isto é aceitável para quem não quer morrer defendendo algo que não acredita.

Gugs
Gugs
1 mês atrás

Você certamente seria um colaboracionista se os invasores fossem chineses ou russos. Mas não devemos temer. Os russos já estão passando vergonha em seu quintal, imagine aqui no atlântico sul.

Zabumba
Zabumba
Reply to  Gugs
1 mês atrás

Nossa…que texto confuso…vai entender.

Gugs
Gugs
Reply to  Zabumba
1 mês atrás

Eu acho… que você… tem… dificuldade com leitura… Mais claro… que isso… impossível… Escrever assim… ajudou? …

Last edited 1 mês atrás by Gugs
Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Gugs
1 mês atrás

obrigado…deu a resposta que eu ia dar.

Marcos10
Marcos10
1 mês atrás

Vários sites especializados dizem que para cada soldado ucraniano morto, entre cinco e sete soldados russos morrem.
Nessa toada, podemos presumir que aproximadamente 500 soldados russos morrem por dia, ou algo em torno de 40 mil soldados. Acho exagerado esse número. Os próprios ucranianos estimam em 30 mil soldados russos mortos em combate.

Zabumba
Zabumba
Reply to  Marcos10
1 mês atrás

Quem controla esses site ? Qual o propósito de impulsionar tal notícia? Faz uma pesquisa na internet para você encontrar a quantidade de mortos do exército ucraniano ?

Francisco
1 mês atrás

Certamente devem ser os adeptos do politicamente correto tentando fugir, aquele pessoal da lacração que adora criticar tudo e todos mas em momentos como esse são os primeiros a abandonar o navio, aliás do jeito que andam as coisas muitos países terão sérios problemas para manter as forças armadas e consequentemente sua soberania, pelo caminhar das coisas daqui alguns anos algumas nações não precisarão efetuar nenhum disparo para conquistar outros países graças a covardia dos lacradores que sequer tem coragem de defender seu país, aqui no Brasil temos visto grandes manifestações desses covardes que na primeira oportunidade tomam partido de… Read more »

JOSE DE PADUA
1 mês atrás

Se cada um defender a sua casa, já está valendo. Pensa no RJ, milhões de habitantes são milhões de inimigos em potencial.

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  JOSE DE PADUA
1 mês atrás

Como se o inimigo quisesse a sua casa. As vezes ele só quer derrubar o governo. A vida dos cidadãos continua a mesma e as vezes até melhora.

Pablo Maroka
Pablo Maroka
1 mês atrás

Únicas pessoas que gostam de guerras são os tolos ou políticos.

Digo
Digo
Reply to  Pablo Maroka
1 mês atrás

Ersnt Junger discorda.

Wellington jr
Wellington jr
1 mês atrás

Pela primeira vez concordamos com algo 100%. Quem vai a guerra (de defesa de território) não vai por amor e sim para proteger o que deixou em casa. Soldados não lutam por politicos ou ideais, soldados lutam pela sua família e amigos pois se ele não lutar quem ira lutar. Infelizmente é isso….

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  Wellington jr
1 mês atrás

Somente nos casos em que o inimigo quer prejudicar sua casa e família. Olha o caso da Ucrânia. Se o Zelensky cai e o Azov se entrega nada daquilo estaria ocorrendo. Ah, mas o governo seria fantoche. Provavelmente seria, mas não teria cidade alguma bombardeada.

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Ten Murphy
1 mês atrás

Leia sobre o período que Moscou governava a Ucrânia e depois edite seu comentário, não acredito que disse tamanha babaquice.

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  Wellington Jr
1 mês atrás

Seja mais humilde. Você não faz ideia sequer da minha formação acadêmica para mandar estudar história. Se soubesse veria que além de desnecessário, eu é que mandaria você estudar história e filosofia antes de escrever com tanta convicção sobre o que desconhece. Vamos analisar o que escrevi para comprovar que o babaca aqui foi você: “Somente nos casos em que o inimigo quer prejudicar sua casa e família.” A palavra “somente” pressupõe uma condicional, ou seja, há casos em que o inimigo quer prejudicar você e sua família, como o Daesh na Síria, os crimes de guerra na Bósniao genocídio… Read more »

Carlos Lins
Carlos Lins
Reply to  Wellington jr
1 mês atrás

‘Soldados não lutam por políticos ou ideais, soldados lutam pela sua família e amigos pois se ele não lutar quem ira lutar.’

Nem sempre.
Temos exemplos históricos (muitos) de soldados fanatizados que foram lutar por causas diferentes de proteger seus lares e famílias.
O exemplo clássico foi a Alemanha nazista.
Foram lutar em terras longínquas, a pretexto (político, ideológico) de limpar a Terra de elementos ‘nocivos’ e ‘inferiores’ e ainda assegurar o seu ‘espaço vital’.

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Carlos Lins
1 mês atrás

Leia o que coloquei no parênteses. O contexto é o mesmo.

Neural
Neural
1 mês atrás

100 daí múltipla por algo entre 3 a 5. A maioria das baixas da Ucrânia são devido a artilharia Russa, tem mais de 3 mil peças de artilharia só na frente leste, segundo o Southfront

Sergio Machado
Sergio Machado
1 mês atrás

Não pra entender esse cara. Nem parece ucraniano. Já é evidente que a OTAN está se lixando pra Ucrânia, usando ela como bucha de canhão. Assim como é evidente que é uma guerra perdida. Pq raios desde o início não se negaram a entrar numa aliança militar contra a Rússia na porta da Rússia? Será que as perdas geopolíticas seriam maiores que catástrofe atual? Era evidente que a Rússia nunca permitiria mísseis da OTAN a 15 min de Moscou, questão óbvia até mesmo de sobrevivência, ainda mais num ex-país da URSS. Qual seria o “gigantesco” impacto de ficar neutro nesse… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Sergio Machado
Marcos10
Marcos10
Reply to  Sergio Machado
1 mês atrás

1) Pq raios desde o início não se negaram a entrar numa aliança militar contra a Rússia na porta da Rússia?
R.: para evitar exatamente o que está acontecendo neste momento.

2) Qual seria o “gigantesco” impacto de ficar neutro nesse jogo?
R: até 2014 a Ucrânia era neutra, mas assim mesmo os russos tomaram a Criméia.

3) Era evidente que a Rússia nunca permitiria mísseis da OTAN a 15 min de Moscou.
R: A OTAN não fica colocando misseis por tudo quanto é canto por conta dos custos. A OTAN é antes de tudo um sistema de defesa coletiva.

Sergio Machado
Sergio Machado
Reply to  Marcos10
1 mês atrás

Cara, vc deixaria o Pentágono corado. Nem eles defenderiam os interesses dos EUA com tamanha desenvoltura. A Crimeia foi o passo russo à “ revolução “ financiada pela OTAN. Só fiquei em dúvida entre a OTAN ser de defesa ou que ela não instala mísseis. Não sei qual mais criativa. Ou ingênua. Em tempo: mundo quase deixou de ser mundo, por que os EUA instalaram mísseis Júpiter apontados pra Moscou nos anos 60, isso na Turquia. URSS reagiu pondo em Cuba, o resto se sabe. A história apenas é cíclica, motivos sempre os mesmos. Ainda assim tem cidadão que embarca… Read more »

Marcos10
Marcos10
Reply to  Sergio Machado
1 mês atrás

Você está 60 anos atrasado. A Guerra Fria já acabou e a União Soviética não existe mais. Ela ruim sob sua própria incompetência. A própria OTAN era gato morto até que…

Carlos Lins
Carlos Lins
Reply to  Marcos10
1 mês atrás

Até que a Rússia invadiu a Ucrânia, ela não fez nada e foi comprovado: É gato morto.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Sergio Machado
1 mês atrás

E ainda acredita que é por causa da OTAN?
Uma novidade, já tem países da OTAN mais próximos de Moscovo do que a Ucrânia.
E quais são os países da OTAN com esses misseis?
E qual seria a lógica de ter esses misseis ao alcance dos Russos?

Last edited 1 mês atrás by Hcosta
Slow
Slow
Reply to  Marcos10
1 mês atrás

Era melhor assinar um papel falando que não entraria pra OTAN …

Resumindo: Não vai entrar e ainda teve país invadido e destruído .. alem de perder território .

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  Sergio Machado
1 mês atrás

Nada disso é deliberado.

Zabumba
Zabumba
Reply to  Sergio Machado
1 mês atrás

Fato! Muito bom!

Faver
Faver
1 mês atrás

E os brasileiros que foram lutar lá, alguém tem notícias?

Pablo Maroka
Pablo Maroka
Reply to  Faver
1 mês atrás

Tem o Kings que lutar por aqui, mas sumiu há semanas.

Marcos10
Marcos10
Reply to  Faver
1 mês atrás

Teve um brasileiro que lutou juntamente com os separatistas pró Rússia. Pelo que sei está preso em SP por tráfico de drogas.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Marcos10
1 mês atrás

É o Rafael Lusvarghi.

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  Faver
1 mês atrás

Olha o podcast do Fala Glauber no YouTube. Foi um voluntário lá essa semana.

Carlos Lins
Carlos Lins
1 mês atrás

Se o Pravda ucraniano diz que são 100 por dia, então tenha certeza que é muito mais
Na verdade, as defesas ucranianas em Donbass colapsaram.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Carlos Lins
1 mês atrás

Escuta o que o tipo vai falar..

Não tomaram nem o Donbass todo..

Se os russos tomarem o Lugansk vão pedir para negociar.

A maneira com que os russos negociam é esta, eles tomam o que querem ou no caso o que deu e sentam para negociar a paz.

Eromaster
Eromaster
Reply to  Carlos Lins
1 mês atrás

Segundo Rubens Gonzalez, 1000 soldados ucranianos são mortos por dia.

Zelensky falou cem só pra minimizar .

Hcosta
Hcosta
Reply to  Carlos Lins
1 mês atrás

Até 100 mortes por dia onde se inclui os não combatentes.

Marcos10
Marcos10
1 mês atrás

Confirmada a morte de Sergei Tsarkov, o melhor sniper russo.

Mgtow
Mgtow
1 mês atrás

Sujeito desprezível. Levando o seu povo para a destruição para obedecer ordens de bandidos saqueadores do mundo.

Eromaster
Eromaster
Reply to  Mgtow
1 mês atrás

Ele deve tá sendo bem pago pra cumprir essas ordens da OTAN/EUA. È muitos bilhões rolando solto….

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Mgtow
1 mês atrás

E você grande revolucionário do proletariado oriental, acha que ele deveria fazer o q ?

Nilton L Junior
Nilton L Junior
1 mês atrás

A versão do mediastream é que só morre Russos.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Nilton L Junior
1 mês atrás

Se é mentira, pq os russos estão permitindo recrutamento de soldados com mais de 40 anos ?

Pablo Maroka
Pablo Maroka
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 mês atrás

Estão achando os jovis eficientes demais, então querem uma ofensiva mais lenta se não chegam a lisboa em 3 dias.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 mês atrás

Esta tomando cerveja da otan quente né, o quem haver a postagem sobre mortes de pessoas com recrutamento, depois reclama qdo leva alcunha de bot.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Nilton L Junior
1 mês atrás

Recrutamento serve para substituir os que morrem. Se um país tem muitas baixas em determinada faixa etária eles recrutam pessoas de outras faixas etárias para a demografia do país não ficar exageradamente desequilibrada.

sub urbano
sub urbano
1 mês atrás

Se tiver guerra no Brasil eu irei torcer por todos os valentes soldados enviados ao front para defender nossa pátria. Infelizmente tenho um probleminha no joelho e ficarei na retaguarda consolando as mães e irmãs dos nossos bravos heróis. Avante Brasil!

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  sub urbano
1 mês atrás

Durante a WWI, algumas mulheres começaram uma campanha chamada de “White Feather”, elas saiam pelas ruas entregando plumas brancas para os homens que, em idade militar e visivelmente sem problemas de saúde, recusavam-se a cumprir o seu dever. A pluma branca era usada para simbolizar a covardia desses homens. A campanha funcionou muito bem e os homens se alistaram em massa por puro medo de receber uma pluma branca e ter que viver com a vergonha de ter sido rotulado como covardes. Se houver guerra por aqui e você não for para o campo de batalha, talvez receba uma se… Read more »

Professor
Professor
1 mês atrás

A diferença é que o soldado russo teve de sair de sua base na Rússia para invadir um outro país contra o qual ele se identifica ou pelo menos nunca pensou em atacar… Por isso a moral deles é baixa e os gênios do FSB e do alto comando haviam dito que ia “ser um passeio” e não a dureza que estão enfrentando…Enquanto o soldado ucraniano viu seu país ser atacado sem declaração de guerra, tratado como uma colônia rebelde da toda poderosa Rússia, viu seus vizinhos e parentes terem de evacuar suas casas incendiadas, quando não foram mortos….Sente ódio… Read more »

Hcosta
Hcosta
1 mês atrás

Então essa lógica também funciona para os Russos…

E porquê inexplicavelmente? Acho normal não haver a divulgação das baixas, principalmente numa guerra como esta.

Leonid Brejnev
Leonid Brejnev
1 mês atrás

Não estou entendendo nada, até pouco tempo atrás só morriam soldados russos, o que aconteceu? Quando ele diz 100 pode contabilizar muito mais. Tem gente torcendo contra mas a Transnistria será ligada por terra a mãe Rússia. A vitória russa é certa e até o zé lensk sabe disso.

Leonid Brejnev
Leonid Brejnev
1 mês atrás

É engraçado que a mídia ocidental mostra que os civis ucranianos, muitos idosos, estão doidos para lutar, mas na verdade a maioria quer e se mandar, sambem que serão enviados para o matadouro igual a bois no confinamento.

Scudafax
Scudafax
1 mês atrás

Qualquer simulação de guerra de alta intensidade, com armamentos modernos, indica uma quantidade de baixas extremamente elevada. Pôde-se ilustrar com a seguinte simulação:

https://warontherocks.com/2019/04/how-does-the-next-great-power-conflict-play-out-lessons-from-a-wargame/

Nativo
Nativo
1 mês atrás

A Europa é considerada o canto mais civilizado do planeta, mas não consegue passar 50 anos sem uma guerra imbecil no seu solo.

Icarus
Icarus
Reply to  Nativo
1 mês atrás

Nós temos uma guerra urbana interna que pelo jeito numca vai acabar.

Heinz Guderian
Heinz Guderian
1 mês atrás

Segundo fontes russas, isso nem guerra é. E sim uma “operação especial”.
A credibilidade dessas fontes é igual a:

Zero!

Antunes 1980
Antunes 1980
1 mês atrás

Se fosse o exército brasileiro, o número seria menor ?

FN FAL, Leopard 1, IFV cascavel, urutu, M113, Caças A1 e Tucano….

Nascimento
Nascimento
Reply to  Antunes 1980
1 mês atrás

Seria maior.

Não atoa pra uns ai a única ameaça é o ”inimigu imternu”.

Eles sabem que não conseguiriam lutar uma guerra convencional com paridade crível contra qualquer membro do CS da ONU.

João Augusto
João Augusto
1 mês atrás

Impressionante ver como a irracionalidade causa e mantém esse conflito. Não tem um lado certo e, ainda assim, por interesses dos mais imbecis, prosseguirá a guerra moendo o povo em prol do inchaço do bolso de bilionários. É o fim da humanidade.

Elisandro
Elisandro
1 mês atrás

Então é razoável falarmos em pelo menos 50.000 baixas do lado ucraniano. Isso porque já tivemos mais fronts de combate e os russos fazem ataques no interior da Ucrânia ainda. E se Ucrânia espera tomar todos os territórios da Rússia novamente pela força, então podemos falar de pelo menos 100 mil baixas nos próximos meses…

Icarus
Icarus
1 mês atrás

Verme judeu.

Últimas Notícias

Apresentação sobre Estudos Estratégicos – Prof. Dr. Vitelio Brustolin

O Prof. Dr. Vitelio Brustolin, Professor de Direito Internacional, Organizações Internacionais e Estudos Estratégicos do INEST/UFF e pesquisador da...
- Advertisement -
- Advertisement -