quarta-feira, novembro 30, 2022

Saab RBS 70NG

A tática do ‘caldeirão’ da Rússia pode estar inclinando a batalha de Donbas a seu favor

Destaques

Redação Forças de Defesa
Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

Análise: cercos menores que são golpeados com artilharia estão forçando forças ucranianas exaustas a ceder

Após várias semanas de impasse, os militares da Rússia parecem ter encontrado uma maneira de avançar no Donbas – atacando-o com uma artilharia tão intensa e não sofisticada que os exaustos defensores da Ucrânia estão tendo que ceder.

Volodymyr Zelenskiy raramente dá números de baixas, mas o presidente da Ucrânia disse no domingo passado que “50 a 100 soldados ucranianos morrem nas linhas de frente de Donbas a cada dia”, o que significa talvez 3.000 por mês na terrível guerra de desgaste.

Os feridos normalmente serão três ou talvez quatro vezes mais, uma perda séria para uma força de defesa de Donbas estimada em 30.000 antes do início da guerra, embora os números tenham aumentado após a mobilização em massa da Ucrânia.

“As forças russas garantiram mais terreno na semana passada do que os esforços no início de maio”, informou o Instituto para o Estudo da Guerra na terça-feira (24/5), principalmente se aproximando da cidade de Sievierodonetsk e em vilarejos próximos.

“O bombardeio de Sievierodonetsk está crescendo exponencialmente”, disse Serhiy Haidai, governador da região de Luhansk, na Ucrânia, que agora é 95% controlada pelos russos. Ele estimou que 10.000 soldados russos e 2.500 equipamentos extras foram comprometidos com o ataque.

Os avanços russos não são dramáticos, mas refletem uma nova estratégia. Acabaram-se as tentativas de cercos mais amplos das forças ucranianas no Donbas, que incluíram uma travessia do rio fracassada no início de maio. Em vez disso, as unidades estão focadas em cercos menores – ou “caldeirões” – e uma concentração absoluta em Sievierodonetsk.

Isso foi confirmado pelo chefe da milícia da autoproclamada república pró-Rússia em Donetsk, Eduard Basurin, que disse que as forças russas adotaram uma abordagem de criar cercos menores para privar as tropas ucranianas de logística e reforços, em vez de perseguir um único grande.

Os esforços russos no Donbas também foram auxiliados por linhas de abastecimento mais curtas na fronteira com a Rússia, bem como uma densa rede de linhas ferroviárias nas partes de Luhansk ocupadas por forças pró-russas desde 2014. E forças anteriormente lançadas na tentativa fracassada de tomar Kyiv continuar a chegar.

Segue-se a nomeação pelo presidente russo, Vladimir Putin, do general Aleksandr Dvornikov para liderar a luta. Conhecido como o “Açougueiro da Síria”, ele também comandou uma divisão de fuzis que devastou Grozny no final dos anos 1990. Dvornikov trouxe as mesmas táticas para a Ucrânia.

Nick Reynolds, especialista em guerra terrestre do thinktank Royal United Services Institute, disse que os russos se envolveram em “reorientação progressiva de suas operações para objetivos cada vez mais modestos”, permitindo-lhes tomar aldeias como Popasna e Rubizhne, embora argumentasse que “suas forças terrestres ainda estão tendo um desempenho ruim”, como demonstrado pela dependência da artilharia.

Outros não têm tanta certeza. Uma Kyiv ansiosa continua a implorar ao ocidente por armas mais poderosas. A demanda mais recente é por lançadores de foguetes múltiplos de longo alcance M270. Na sexta-feira, depois de um vai e vem que durou várias semanas, parece que os EUA agora parecem estar dispostos a fornecer alguns, depois de se recusarem anteriormente.

O M270 vem em muitas versões, mas pode usar mísseis com alcance de mais de 165 km, enquanto a versão britânica tem um limite de 52 milhas. Ambos estão muito além de qualquer coisa que a Ucrânia tenha e seriam uma adição significativa ao arsenal de Kyiv em um momento em que o país continua a ter uma necessidade premente de armas ocidentais.

Quando perguntada sobre o que a Ucrânia precisava no momento, Kira Rudik, uma parlamentar ucraniana que visita o Reino Unido, disse que “o primeiro e o mais importante são sempre as armas”, argumentando que seu país e o Ocidente “não devem subestimar a Rússia agora” só porque as forças de Moscou, até o início desta semana, pelo menos, fez progressos limitados no Donbas.

Rudik disse que falava com soldados ucranianos na linha de frente todos os dias. Mas um problema contínuo, ela reconheceu, é que pode levar dois meses ou mais para que o armamento ocidental prometido chegue, outra razão pela qual a Rússia pode estar desfrutando de uma vantagem tática.

O problema fundamental da Ucrânia é que, embora possa ter combatido os ataques a Kyiv e Kharkiv na primeira fase da guerra de três meses, não conseguiu reverter os ganhos territoriais da Rússia no sul e no leste.

Isso significa que sofreu perdas humanas e econômicas muito maiores do que a Rússia. Quase 13 milhões de pessoas foram deslocadas pelos combates, estima a ONU. Sua economia deve cair 45% este ano, segundo o Banco Mundial, e o país não consegue equilibrar suas contas. Suas exportações estratégicas de grãos – 99% dos quais costumavam viajar por portos bloqueados ou mantidos pela Rússia – estão em silos onde 22 milhões de toneladas correm o risco de apodrecer.

Enquanto isso, pode ter levado três meses para a Rússia tomar o porto de Mariupol, arruinando e despovoando a cidade no processo, mas esta semana os caça-minas estavam limpando as praias e o porto, que Moscou espera reabrir para criar uma nova linha de abastecimento da Rússia para o sul ocupado.

Uma ameaça para a Ucrânia continua sendo a fadiga ocidental, ou uma perda de unidade, principalmente se uma guerra em grande parte estagnada se arrastar para o próximo ano. Países tradicionalmente menos hostis à Rússia podem seguir a sugestão do veterano diplomata Henry Kissinger na cúpula de Davos nesta semana, para considerar pressionar a Ucrânia a concordar a fazer uma partição.

Há sinais de que a Rússia está feliz com o ritmo atual. O ministro da Defesa, Sergei Shoigu, afirmou na terça-feira que a ofensiva estava sendo retardada “deliberadamente para evitar baixas civis” – e embora haja muitas evidências em contrário sobre danos a ucranianos comuns causados ​​​​pelos bombardeios russos, também sugere que um país está sendo preparado para uma guerra mais longa.

Phil Osborn, ex-chefe da inteligência de defesa do Reino Unido, disse que a situação militar era tal que a Ucrânia precisava de toda a ajuda possível.

“O Ocidente deve se concentrar incansavelmente na Ucrânia e estar preparado para a dor. Putin calcula que estaremos cada vez mais distraídos (basta olhar para o ciclo de notícias em andamento e as vozes ‘razoáveis’ cutucando Zelenskiy para fazer um acordo) e que ele tem mais paciência do que o Ocidente.”

FONTE: The Guardian

NOTA DA REDAÇÃO – O gráfico abaixo mostra como a tática do caldeirão da Rússia no Donbas evoluiu para círculos mais fechados.

- Advertisement -

139 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest

139 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Fábio De Souza
Fábio De Souza
6 meses atrás

A Ucrânia esta perdendo território a cada dia mais para os Russos . Acredito que esteja na hora de o Presidente da Ucrânia , aceitar os termos Russos na negociação , para por um fim a essa guerra .

Luis Carlos
Luis Carlos
Reply to  Fábio De Souza
6 meses atrás

E agora pela manhã foi anunciada a queda de Velikaya Kamyshevakha.
Desenvolvimento do avanço russo na direção de Dnipro.

Rayan
Rayan
Reply to  Luis Carlos
6 meses atrás

Teria a fonte da tomada de Velikaya Kamyshevakha? Obrigado

Luis Carlos
Luis Carlos
Reply to  Rayan
6 meses atrás

Eu li no YouTube do Yuri Podolyaka agora pela manhã.
É uma das melhores fontes para notícias e análises.
Só que é em russo e a tradução simultânea muitas vezes não ajuda.

Djalma
Djalma
Reply to  Fábio De Souza
6 meses atrás

Entenda uma coisa, não existem termos russos; Donbass e só uma desculpa; ele quer a Ucrânia inteira. Ele acha que a Ucrânia nem deveria existir, deveria fazer parte da Rússia ou no minimo ser um protetorado. Se você observar como começou a Segunda Guerra; Hitler usou a desculpa de proteger alemães em países vizinhos aí invadiu, Austria Tchecoslovaquia, etc.
Putin não vai parar na Ucrânia.

Arthur
Arthur
Reply to  Djalma
6 meses atrás

Então a UE, OTAN e Biden devem declarar guerra à Rússia e escancarar de vez esta farsa. Em nome da liberdade, do povo ucraniano e pelos neonazistas, Biden e Boris Johnson deveriam atacar diretamente os russos, ao invés de usar os ucranianos como bucha de canhão. Sei, sei, esta é uma visão simplória, mas bem que Putin podia ferrar esses F.D.P.!

Guilherme Leite
Guilherme Leite
Reply to  Arthur
6 meses atrás

Parece uma criança falando: Eu quero que meu adversário perca a linha igual eu to perdendo. Só que a OTAN pensa com a cabeça e não com os nervos aflorados de um garoto mimado ! Enquanto a Rússia invade a Ucrânia atrás de seus recursos naturais (e tão somente). A OTAN fornece apoio para o defensor que sem este, já teria sido completamente dominado. E foi feito assim no Vietnam e nas Coréias pelos soviéticos também. No mais, seu choro se da pela falta de competência da suposta potencia militar em dominar um país que se estimou ser tomado em… Read more »

Arthur
Arthur
Reply to  Guilherme Leite
6 meses atrás

Para aqueles que dizem que a OTAN pensa, uma pérola do Lt. Gen Hodges à Fox News em 14 de março de 2022: “Russians are about ten days away from ‘culminating point’ of exhausting ammo, manpower.” (https://www.foxnews.com/media/russians-are-about-ten-days-away-from-culminating-point-lt-gen-hodges)

Rogério
Rogério
Reply to  Arthur
6 meses atrás

Ué quem alegou problemas com a Otan foi a rússia, pq ela não atacou a Otan e foi descontar em um país que sequer foi admitido por ela.

Maurício.
Maurício.
Reply to  Rogério
6 meses atrás

Da mesma maneira que os EUA, França, UK ou OTAN não foram ajudar os ucrânianos, sendo que estes já se meteram em outras guerras por muito menos, as potências são c@gonas, só chutam cachorro morto.

Andre
Andre
Reply to  Maurício.
6 meses atrás

Da mesma maneira? A Rússia e seus putinzetes não cansm de repetir que a culpa é da possibilidade da Ucrânia entrar na Otan. A Finlândia enviou seu pedido de entrada. Oq a Rússia está esperando?

Maurício.
Maurício.
Reply to  Andre
6 meses atrás

Sim, da mesma maneira! A Rússia atacou algum país da OTAN? Não atacou, e não atacou por medo, esse mesmo medo que EUA, França, UK e OTAN tem de enviarem soldados para ajudar a Ucrânia, simples assim.

Andre
Andre
Reply to  Maurício.
6 meses atrás

Basta a Rússia atacar qualquer país da Otan que veremos se eles têm medo mesmo.

Maurício.
Maurício.
Reply to  Andre
5 meses atrás

O medo já está mais que provado! Se meteram em guerras por muito menos, já na Ucrânia contra os russo…🤷🏻‍♂️
Só um detalhe, quando que Servia e Líbia atacaram a OTAN para serem invadidas?🤔

Last edited 5 meses atrás by Maurício.
Andre
Andre
Reply to  Maurício.
5 meses atrás

Ai está o problema, ao invés de se manter nos fatos, vocês, putinzetes, precisam fazer “pequenos” ajustes na realidade para que ela se encaixa em suas fantasias. A Sérvia, e seu ditador, estava acatando uma minoria que não tinha condições de se defender, mesmo que com o envio de armas, como acontece agora com a Ucrânia. Muito parecido com o que ocorreu com o Iraque em 1991. A Líbia teve um lado da guerra civil ajudado por países membros da Otan, não foi atacada pela Otan. Nem a Servia nem a Líbia foram invadidas pela Otan. Mas a realidade é… Read more »

Rogério
Rogério
Reply to  Maurício.
6 meses atrás

A invasão da Ucrânia so tem um motivo Mauricio, expansão territorial, igualzinho a Alemanha de Hitler. Otan, zona do Euro, nazistas kkkkk( tem descendencias interias de nazistas na Argentina), tudo mentiras. a Finladia e Suécia com o pé na Otan. e não vão fazer nada.

Maurício.
Maurício.
Reply to  Rogério
6 meses atrás

Rogério, você entendeu o que eu disse, a Rússia não ataca a OTAN por medo, o mesmo medo que a OTAN/EUA tem de enviarem soldados para ajudar a Ucrânia, na verdade é bem simples de entender.

Erick Barros
Erick Barros
Reply to  Rogério
6 meses atrás

Calma!
A Rússia só está iniciando os trabalhos na Europa.
Se eu fosse vc ficaria de olho na Moldávia, Países Bálticos e Polônia.
O jogo apenas começou.

Jaime
Jaime
Reply to  Arthur
6 meses atrás

Calma amigo, ninguem quer uma guerra nuclear, o planeta inteiro seria afetado, melhor armar a Ucrania com armas que detenham os rusos seria uma boa soluçao pra voltar a mesa de negociaçoes.

Joao
Joao
Reply to  Jaime
6 meses atrás

Burro a guerra e o mundo ocidental contra a Rússia . Quando Iraque foi invadido alguém falou alguma coisa ou tomou alguma iniciativa ocidente, acorda eh dinheiro EUA e Eu roupa estão vendendo muito armamento a Ucrânia dívida pra sempre

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
Reply to  Djalma
6 meses atrás

Áustria e Thecoslovaquia receberam os alemães com flores e abraços, não houve invasão, inclusive estes países fizeram referendos com ampla maioria querendo ser alemães. Forças anti germânicas tentaram melar estes referendos, por isso o envio de tropas pelos alemães, para garantir o pleno direito à autodeterminação dos povos.

A Polônia como todos sabem roubou terras que não eram suas e se recusaram a devolver, por isso levaram fumo dos alemães, merecidamente. Vai estudar história doidão.

Luis Carlos
Luis Carlos
6 meses atrás

Teve um analista militar que deu um nome interessante à tática que os russos sempre utilizam.
Chamou de ‘tática do percevejo’ pela semelhança da configuração do mapa com o inseto.
Ou seja, os russos estão cercando por três lados, em pinça, dando uma única saída para os ucranianos.
Assim, tentam evitar uma luta dentro das cidades ou posições fortificadas e direcionam os ucranianos para áreas onde serão massacrados pela sua artilharia
Foi assim em Liman e está sendo assim em Zolote e Avdviika.
E será em Lisichiansk.
Simples e brilhante.

Luis Carlos
Luis Carlos
Reply to  Luis Carlos
6 meses atrás

Aliás, foi parecido com que os russos fizeram com os franceses de Napoleão em Berezina.

César
Reply to  Luis Carlos
6 meses atrás

Vc tem tanto perfil falso que tu se confunde e responde pro mesmo nome ao invez de responder pra outro como lá em cima, xings. ¨Eta¨ tempo livre sem fazer nada na vida, né!?

Luis Carlos
Luis Carlos
Reply to  César
6 meses atrás

Vc percebeu que o mesmo tempo que eu uso para comentar vc usa para responder?
Vai trabalhar ou pelo menos postar algo que preste.

César
Reply to  Luis Carlos
6 meses atrás

Por falar em ¨pelo menos postar algo que preste¨ porque vc não para com esses trocentos perfis? E olha que nem estou falando das ¨informações¨ sem procedência que tu posta aqui todo santo dia, heim!?

Luis Carlos
Luis Carlos
Reply to  César
6 meses atrás

Pelo ‘tu posta’, está parecendo o tal do Flanker.
Será?

César
Reply to  Luis Carlos
6 meses atrás

¨Chame os outros do que vc é e do que vc faz¨, né perfil do xings?

Jagdverband#44
Jagdverband#44
Reply to  Luis Carlos
6 meses atrás

Essa é ótima, um barnabé do serviço público “mandando” alguém trabalhar kkkk.

Luis Carlos
Luis Carlos
Reply to  Jagdverband#44
6 meses atrás

Cheirinho de inveja…..
É só estudar que vc consegue também.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Luis Carlos
6 meses atrás

Eu me surpreendo vc ainda dar importância para quem não comenta com o contraditório e sim comentário mimimimi dos bot nano transistor de alumínio.

Last edited 6 meses atrás by Nilton L Junior
César
Reply to  Nilton L Junior
6 meses atrás

Opa. Chegou o crianção desocupado com macacão do PCO.

Luis Carlos
Luis Carlos
Reply to  César
6 meses atrás

Vc tem todo o jeito de ser aquele sujeito do interior que planta batata e diz que trabalha e leva o País nas costas.
E isso assistindo a um show do Gustavo Lima.
Vai à luta, camarada!

P.S. Longe de mim desmerecer os plantadores de batatas, mas têm coisas tão ou mais importantes no País.
Ok?

César
Reply to  Luis Carlos
6 meses atrás

E vc tem todo o jeito de ser outro perfil falso do parasita desocupado que não faz nada na vida do xings.

Erick Barros
Erick Barros
Reply to  Luis Carlos
6 meses atrás

Só corrigindo.
O inseto mencionado é ‘carrapato’ pela semelhança com as duas garras que parecem um movimento de pinças de cerco militar.

César
Reply to  Erick Barros
6 meses atrás

¨Conversando¨ de novo com outro perfil que é seu mesmo, xings?

gordo
gordo
6 meses atrás

A Ucrânia nem aviação efetiva tem mais, deve ter muito pouca artilharia e também poucos MBTs e blindados, some a isso recrutas a granel. Sinceramente, até agora a Ucrânia teve mais sorte que juízo já que as vitórias que teve foram mais por demérito Russo que necessariamente mérito deles. Numa guerra moderna, mais do que nunca se precisa que todos seus elementos estejam efetivos e ela só conta com trincheiras cheias de recrutas que estão servindo de ferrolho para as tropas mais preparadas equipadas com os mísseis portáteis. A tempos comentam sobre a readequação que a Rússia fez e os… Read more »

Robo Norris
Robo Norris
Reply to  gordo
6 meses atrás

Talvez esse envio cada vez mais lento e escasso de material bélico para a Ucrânia seja proposital justamente para facilitar o avanço russo. Não seria nada incomum pensar que uma linha demarcatória já tenha sido traçada e tudo isso acordado entre a Rússia e a UE/OTAN.

Luis Carlos
Luis Carlos
Reply to  gordo
6 meses atrás

Bateria de artilharia ucraniana sendo destruída pelos russos.
A publicação dizia que eram FH-70 italianos
O impacto foi direto.

https://t.me/intelslava/30281

Robo Norris
Robo Norris
6 meses atrás

Alguém com um conhecimento em economia e geopolítica poderia explicar, por que mesmo sob sanções pesadíssimas, Moscou ainda continua honrando suas dividas externas e pagando credores em moeda estrangeira?
Não seria melhor “dar o calote” já que suas reservas estrangeiras foram quase todas confiscadas?

Luis Carlos
Luis Carlos
Reply to  Robo Norris
6 meses atrás

Não foram quase todas ‘confiscadas’.
Foi apenas a metade.
E estão sendo repostas esse ano que se espera ser de recorde de superavit comercial (na casa de US$ 250 bi).
Ademais, Putin determinou que as dívidas com países inimigos sejam quitadas com rublos, bem como o pagamento por seus produtos
Também admitiu que países amigos façam pagamentos em outras moedas.
Com a obrigação de pagar em rublos, a moeda russa vem tendo um excelente desempenho frente a outras moedas pelo evidente aumento da procura .
Sem contar que o embargo americano e europeu está se mostrando um enorme fracasso.

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Robo Norris
6 meses atrás

O confisco das reservas estrangeiras tem mais efeito no longo prazo do que no curto. Eles estão pagando, mas não da forma estipulada nos contratos, o que pode lhes render processos nas cortes ocidentais. Se um default acontecer, não será agora e nem nos próximos meses.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Robo Norris
6 meses atrás

A Russia ainda tem contratos de fornecimento de gás e petróleo e deixar de pagar suas obrigações também deixaria de receber por esses contratos, a triste história é que a estratégia do imperialismo atlanticista deu certo por um lado, colocar a Rússia no conflito e o que deu errado nem todos deixaram de pagar pelo gás e petróleo da Rússia.

Xvantebrasil
Xvantebrasil
Reply to  Robo Norris
6 meses atrás

É exatamente isso! Aliás o histórico dos Russos, NUNCA deram um calote, sempre honraram empréstimos e qd NÃO puderam honrrar, pagaram vendendo territórios, ex: Alaska USA.

Slava
Slava
Reply to  Xvantebrasil
6 meses atrás

Rusos = caloteiros

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Robo Norris
6 meses atrás

se der calote na Russia fica sem gás e petroleo, aí fica com a industria parada, e vivendo de racionamento entendeu?

André Luís
André Luís
6 meses atrás

#SlaviaCatervina!

Estão vendo? A mídia anglo-saxã não mente: A Ucrânia está arrebentando com os Russos! Pois são 4.000 T-72 destruídos, 342 caças Su-57 abatidos, 750 caças MiG-31 destruídos, 9.574 helicópteros Ka-52, 4 Cruzadores Classe SlaviaCatervina, 7 novíssimas fragatas Gorshkov, 26 submarinos nucleares e o melhor: 477.548 soldados altamente profissionais massacrados e destruídos pelos combatentes ucranianos!

Chora Rússia, chora Putin…rs!

#SlaviaCatervina!

Luis Carlos
Luis Carlos
Reply to  André Luís
6 meses atrás

Não foi por falta de aviso .
Nem adianta tentar se enganar com, torres que voam, peças de geladeira e outras baboseiras.
O bicho vai pegar para a Ucrânia.
E isso é só o começo.

seuzénétiuôrqui
seuzénétiuôrqui
Reply to  André Luís
6 meses atrás

????…..agora lascou.. não entendi nada!

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  seuzénétiuôrqui
6 meses atrás

Ele esta se referindo sobre a versão por vários meios de notícias dos canais oficiais da otan, band, cnn br, sbt, globo etc etc que nas matérias publicadas a Russia estava perdendo no campo militar e na economia.

Erick Barros
Erick Barros
Reply to  André Luís
6 meses atrás

A informação que recebi AGORA é MUITO BOA. Assustadora, mas é boa.

Ainda preciso verificar os detalhes e checar algumas informações, mas o resumo é esse: Os russos estão perdendo e não estão avançando no território há algumas semanas, mas Zelensky quer provar essa fraude da mídia russa e dos analistas. E para provar, precisou “deixar” o inimigo “agir” e tomar partes do Donbass.

Luis Carlos
Luis Carlos
Reply to  Erick Barros
6 meses atrás

kkkkkkkk

É o metaverso!

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Erick Barros
6 meses atrás
Andre
Andre
Reply to  Erick Barros
5 meses atrás

Mais ou menos como os russos “deixaram” a Ucrânia vencer as batalhas de Kiev, Sumy e Kharkiv?

Leonid Brejnev
Leonid Brejnev
6 meses atrás

Alguém poderia me dizer se os veículos destruídos no video também são russos, pois parece que só veículos russos são destruídos na guerra, os ucranianos são todos Highlander . kkkkkkkkkkkkkk. Avante grande urso, se a Russia esta do nosso lado não podemos duvidar da vitória: https://www.youtube.com/watch?v=O5Mlr0yrN08&ab_channel=TribunTimur

seuzénétiuôrqui
seuzénétiuôrqui
Reply to  Leonid Brejnev
6 meses atrás

Ahahah…..essas porcarias são australianas. Fizeram a maior propaganda e essas porcarias já foram todas destruídas pelos russos.

Henrique
Henrique
Reply to  seuzénétiuôrqui
6 meses atrás

“Ele”.. comentando com “ele” mesmo… muito hilário não é mesmo camarada “popovsky”.
Qualquer coisa que ande, se locomova seja sob rodas ou lagartas nessa guerra vai pelos ares com os modernos sistemas ATMs de ambos os lados.
“Coisas” russas explodem assim como “coisas” americanas, australianas, alemãs etc… também… a diferença no final é quem se expõem menos para “perder menos”.

H.Kulchetscki
Reply to  Leonid Brejnev
6 meses atrás

Russia do “nosso lado”? do qual? do terrorismo, satanismo, comuismo e outros “ismos” de atrocidades contra pessoas vulnerais e inocentes/? Eu prefiro perder lutando com dignidade mesmo sabendo que é melhor sofrer uma injustiça que causar uma tragédia humana perpetrada pelos barbaros das estepes soviéticas.O lado negro das trevas e de Satanas pode ganhar a curto prazo mas no final sra derrotado pelas forças do bem, da liberdade e das virtudes seculares do bravo povo ucraniano

Rayan
Rayan
6 meses atrás

O artigo publicado no Forte sobre as batalhas de fortificações em Donbass previu e antecipou bem este cenário.

Essa estratégia compensa o sério gargalo do baixo efetivo empregado pela Rússia neste conflito militar.

Estão confrontando 700.000 ucranianos mobilizados.

Henrique
Henrique
Reply to  Rayan
6 meses atrás

A mudança estratégica russa era a que eu temia pois no inicio do conflito era evidente que estavam tentando manter a infraestrutura e por isso tiveram as maiores perdas por exposição de tropas e meios de forma absurda.
Com a chegada desse novo comando centralizado estão voltando às raízes doutrinárias onde se “destrói” e se conquista, arrasando tudo pelo caminho.
Ambos perdem, a Ucrânia sendo totalmente destruída e os russos conquistando escombros… já passou da hora para um armistício ou acordo mediado para o encerramento desta catástrofe.

Rayan
Rayan
Reply to  Henrique
6 meses atrás

Exatamente, quem conhece e estuda os conflitos armados da Segunda Guerra da Chechnya e da Siria entende a característica d estratégia russa de cerco, aniquilação pela superioridade de fogo e formação de cadeiras pequenas que são gradativamente destruídas. A Segunda Guerra da Chechnya demorou 9 anos. A consolidação dos objetivos russos na Síria levou 5 anos. A estratégia inicial – abertura de 5 frentes, ocupação de 40% do território com mínimo efetivo (nos primeiros dias 50 mil soldados para um ápice de 150 mil semanas depois) e tomada rápida sem danos à infraestrutura crítica ucraniana tinha por foco uma rendição… Read more »

Fabricio Lustosa
Fabricio Lustosa
Reply to  Rayan
6 meses atrás

As baixas (mortos e feridos) dos militares ucranianos se não já chegou e passou dos 100 mil deve estar próximo disso. Só de olhar a cara do Zélascado dá para ver que o negócio ta russo para os militares ucranianos. Coitados, que ao menos os prisioneiros sejam tratados dignamente, como, ironicamente, os AZOV estão sendo porém com julgamentos próximo de acontecer.

Heinz Guderian
Heinz Guderian
6 meses atrás

“Não acertam alvos civis”
“Só usam armamentos de precisão”
Acho que essa piada já caiu por terra.
No fim, obviamente Donbass cairá para os russos, é uma luta muito desproporcional.

Rayan
Rayan
Reply to  Heinz Guderian
6 meses atrás

A desproporcionalidade é justamente em contexto favorável à Ucrânia, não à Rússia. Não estou aqui analisando com viés para qualquer lado (acho perda de tempo considerando o propósito desse site), apenas analisando os fatores pelo âmbito militar, ressalto. Pelos seguintes fatores: – a Ucrânia durante 8 anos estabeleceu grandiosas e sequenciais linhas de fortificações de Marynka a Liman, composta em três linhagens. Fixaram postos avançados de comando, redes de defesa aérea, armadilhas antitanque, estrutura maciça de apoio de drones, tudo isso com amplo apoio técnico da Otan – a Ucrânia só em Donbass mobilizou 150 mil soldados, ao passo que… Read more »

Heinz Guderian
Heinz Guderian
Reply to  Rayan
6 meses atrás

Tudo isso que você falou, sem apoio aéreo, é reduzido a nada.
Como a Rússia tem isso de sobra vai avançar, sem contar nas armas de longo alcance que a Ucrânia não possui, os ucranianos podem até cortar algumas linhas de suprimento russas, mas tem uma perna mais curta que os russos, que podem por exemplo atacar Lviv que é do outro lado do país.

Rayan
Rayan
Reply to  Heinz Guderian
6 meses atrás

Boa analise. Adicionou detalhes importantes. Obrigado

Fabricio Lustosa
Fabricio Lustosa
Reply to  Rayan
6 meses atrás

Perfeito. Venho salientando isso a tempos. A Ucrânia foi equipada e treinada pela OTAN desde 2014, sendo isso, inclusive, um dos motivos da fúria do Kremlin. Todos os satélites e inteligência da OTAN estão atuando para a Ucrânia. Para ser sincero acho é estranho tão poucas forças russas estarem sendo empregadas e com êxito.

dfa
dfa
6 meses atrás

Infelizmente a superioridade Russa em artilharia está a fazer valer seu avanço. A Rússia está completamente desatualizada e faz-se valer de táticas da WW1. Fosse a linha de abastecimentos mais longe nem sequer isso conseguiriam fazer. Ainda está longe de haver uma vitória russa no donbass, mas caminham para lá. Existe ainda uma esperança, que são as forças Ucranianas a ser treinadas e equipadas em países Ocidentais, mas que ainda vão demorar a entrar no conflito. O Ocidente que equipe e treine os Ucranianos com meios modernos (Leopardos 2A6, Marders, Eurofighter, MQ-9, MLRS). Coragem e competência não faltam aos Ucranianos,… Read more »

Last edited 6 meses atrás by dfa
seuzénétiuôrqui
seuzénétiuôrqui
Reply to  dfa
6 meses atrás

Chupa que é de uva.

Luis Carlos
Luis Carlos
Reply to  dfa
6 meses atrás

Esquece isso.
Equipamento ocidental é bom no papel ou quando tem de se deslocar pelas Autobahns na Alemanha.
Na poeira do deserto ou na lama da Ucrânia, deixam a desejar.

Luis Carlos
Luis Carlos
Reply to  dfa
6 meses atrás

Artilharia é isso.
203 mm de puro aço caindo nos ucranianos.

download (1).jpg
Heinz Guderian
Heinz Guderian
Reply to  Luis Carlos
6 meses atrás

Se não me engano os ucranianos também possui esse tipo de obus.
Acho que os russos chama de “malka” e o ucranianos de “pion”, ou é o contrário.

Erick Barros
Erick Barros
Reply to  dfa
6 meses atrás

Não adiantaria nada ter isso tudo e perder toda sua DAAe de médio-longo alcance e a maioria dos seus aviões no chão nas primeiras semanas… Só veríamos esses meios ai sendo destruídos a longo prazo…

Leonid Brejnev
Leonid Brejnev
6 meses atrás

Waner invadindo trincheira dos ucranianos, a ucrania esta precisando urgente de voluntários, quem se dispõe? Isso é que é combate: https://www.youtube.com/watch?v=HHR3v5mVtDE

Luis Carlos
Luis Carlos
Reply to  Leonid Brejnev
6 meses atrás

E os ucranianos estão sendo bombardeados dia e noite.
Nem os mercenários estão aguentando.
Para o pessoal ter ideia do que seria isso, segue vídeo de uma explosão perto do cinegrafista.
É devastador.

https://t.me/partizan1941/23647

H.Kulchetscki
Reply to  Luis Carlos
6 meses atrás

Ucrânia não permite mercenarios —( soldados que lutam por $$$$$$ ) ,o pais nem tem mesmo recursos se fosse para pagar guerreiros de fortuna..Mas eles tem milhares de voluntarios, de outros paises e gente simpatica a causa de liberdade do povo invadido pelos cães de caça do Putin, alguns ja cairam lutando bravamente,em contrapartida com exercito russo que nem sequer sabe porque foram invadir a nação vizinha

Ravengar
Ravengar
Reply to  Leonid Brejnev
6 meses atrás

Esta cheio de presidiários e imigrantes com idade militar na Europa ,bucha de canhão é que não vai faltar.

Henrique
Henrique
Reply to  Leonid Brejnev
6 meses atrás

Voltamos à guerra de trincheiras, metro a metro…
Assisti esse vídeo em outro site, completo, e é impressionante…. os soldados ucranianos só viam os russos chegando em cima da hora…. tem um deles que, igual aos filmes, jogou duas ou três granadas russas de volta até ser atingido.
Muito triste que em pleno século XXI estejamos vendo cenas como essas com jovens morrendo de ambos os lados por conta de políticos delirantes..

Leonid Brejnev
Leonid Brejnev
6 meses atrás

Os ucranianos já estão no arredores de Moscou, vejam só como avançam rápido. kkkkkkk: https://www.youtube.com/watch?v=uG0A4wu41UE

seuzénétiuôrqui
seuzénétiuôrqui
Reply to  Leonid Brejnev
6 meses atrás

Ahahahahahahah!

Henrique
Henrique
Reply to  seuzénétiuôrqui
6 meses atrás

“ele” rindo do post “dele” mesmo… muito bem camarada “popovsky”..

Monarquista
Monarquista
Reply to  Leonid Brejnev
6 meses atrás

Você não sente nenhum remorso, nenhuma pontada moral por apoiar um país imperialista invasor que está massacrando pessoas inocentes apenas para erguer o ego de um proto-ditador?

Leonid Brejnev
Leonid Brejnev
Reply to  Monarquista
6 meses atrás

Não vi ninguém falar em remorso quando soldados russos foram executados mesmo já rendidos e deitados no chão, execuções filmadas pelos próprios ucranianos que executavam e riam, aí é diferente, é combate corpo a corpo. Agora o negocio está virando, ai vai começar o papo de direito dos manos, papo de perdedor. kkkkkkkkkkkk. Avante grande urso, não tenha pena do inimigo.

Luis
Luis
Reply to  Leonid Brejnev
6 meses atrás

Avante grande urso

urso russia.jpg
Erick Barros
Erick Barros
Reply to  Leonid Brejnev
6 meses atrás

Esses ai só tem remorso pra um lado. Os russos 10 mil russos étnicos mortos pela Ucrânia não tem importância pra eles.

H.Kulchetscki
Reply to  Erick Barros
6 meses atrás

A Russia desde a era soviética assassinou mais de 20 milhões de civis, boa parte ucranianos ( no infame Holodomor estimados 8 milhões de civis ) mas outra parte foram de russos dissidentes mesmo.

Erick Barros
Erick Barros
Reply to  H.Kulchetscki
6 meses atrás

Ainda bem que eu gosto de matemática. A matemática prova que 8 milhões é 40% de 20 milhões e logo não é a maioria.

H.Kulchetscki
Reply to  Leonid Brejnev
6 meses atrás

Quem esta errado é sempre quem invade a casa, o território alheio ou alguem que então tem o legitimo direito de defesa pessoal.Depois do massacre de civis mortos perto de iev, matar russos é uma limpeza, e não crime de guerra.

Zabumba
Zabumba
Reply to  Monarquista
6 meses atrás

Pergunta ao Biden e sua patota?

Erick Barros
Erick Barros
Reply to  Monarquista
6 meses atrás

Você teve essa mesma pena dos iraquianos ou dos sírios? Ou esta só fazendo a demagogia temporária mesmo?

Indignação seletiva.

Esse “Monarquista” NUNCA fez um comentário técnico aqui. Só torcida e lambeção de ovo pra OTAN/EUA. Muito triste.

Pelas notícias e pelos seus comentários, pensei que os ucranianos já teriam tomado Moscou, Belgorod, Rostov On Don e Volvograd…

Last edited 6 meses atrás by Erick Barros
Monarquista
Monarquista
Reply to  Erick Barros
6 meses atrás

Ué? E que comentário técnico que você faz?

Tudo que você faz aqui é defender ditador, comemorar mortes de pessoas inocentes e passar pano pra fiasqueira russa.

Pelos seus comentários a Rússia conseguiria tomar Kiev em 12 minutos, Berlim em 4 dias e Lisboa em 2 semanas.

suTerminator
suTerminator
Reply to  Monarquista
6 meses atrás

Eu ouvi EUA

H.Kulchetscki
Reply to  Leonid Brejnev
6 meses atrás

Eles não fariam isso mesmo que pudessem ( ou talvez possam mas este tipo de invasão ou atrocidades contra civis é algo que só os infames barbaros russos tem feito na Ucr^nia), , algo em torno de 20 mil civis mortos mesmo em abrigos nas cidades bombardeadas.

Carvalho
Carvalho
6 meses atrás

Talvez o último canto do Cisne.
Putin precisa de uma “vitoria” pra chamar de sua.

maurizio
maurizio
6 meses atrás

Parece que os russos descobriram como se comportar no teatro de operações. Usando unidades menores, contra volume menor de tropas, dando sempre uma saída direcionada. Creio que os objetivos da Rússia também estão mais explícitos e mais realistas. Todo o sul da Ucrânia, toda região que margeia o báltico e todo o oeste.

Leonid Brejnev
Leonid Brejnev
Reply to  maurizio
6 meses atrás

Muito sensato, não é de agora que o Putin diz isso, há um tempo atrás ele disse que alguns países que se dizem independentes deveriam voltar para suas fronteiras antes da URSS, e devolver as terras russas que foram dadas pelos secretários do partido comunista da época. Se procurar bem em sites não ocidentais verá quais são essas fronteiras, tem outros países que também receberam generosidades, por exemplo o Cazaquistão. O recado está sendo dado. como o Putin disse, “Se não nos ouviam ouçam-nos agora”. Só uma correção acredito que quis dizer mar negro e não báltico. já que o… Read more »

H.Kulchetscki
Reply to  Leonid Brejnev
6 meses atrás

Nosssa, Russia é umpais tão pequenino, o Urso precisa de terras ucranianas para saciar sua fome cada vez mais voraz…..

Antunes 1980
Antunes 1980
6 meses atrás

A questão da estratégia russa é simples, a medida que as derrotas são maiores, os ataques indiscriminados de cidades e centros populacionais aumenta.
A Rússia tem a seu favor força área, grandes peças de artilharia, mísseis de cruzeiro, milhares de MBT, satélites e mesmo assim avança a passos lentos e com perdas gigantescas.

Mas a cereja do bolo são canais de ex militares brasileiros melancia, se alterando e até xingando quando alguém em suas lives, evidencia as vitórias ucranianas.
Essa turma lunática e pró invasão deve receber algum jabá da “mãe Rússia” ou da China.

Last edited 6 meses atrás by Antunes 1980
Gabriel ferraz
Gabriel ferraz
Reply to  Antunes 1980
6 meses atrás

É mesmo? Não parece até pq quando é um comentário a favor da Rússia aqui falo no exemplo de alguma vitória tática na guerra ,mesmo a pessoa falando um comentário técnico a respeito disso é massacrada de dislikes e de inúmeros comentários sem respeito algum. Aparentemente é esse pessoal que tá ganhando grana pra defender o lado ocidental visto que a própria moderação do blog vem dando avisos pra se ter uma discussão mais respeitosa a maioria dos perfis que ficam com ofensas muitos deselegantes é justamente o pessoal pro ucrania.

Erick Barros
Erick Barros
Reply to  Antunes 1980
6 meses atrás

É só o militar não concordar 100% com a narrativa americana ou olavista que vira melancia. Bolsonaro é melancia? Gen Etchegoyen tb? E o Mourão que antes era o traidor e melancia agora virou direita por falar contra a invasão russa? Cada ser humano tem uma opinião, formados em ciências militares não são obrigados a ter a sua opinião não. Eu eim.

Leonid Brejnev
Leonid Brejnev
Reply to  Antunes 1980
6 meses atrás

Com certeza os militares brasileiros são especialistas em combate, a ultima guerra em que estiveram envolvidos foi a mais de 150 anos, contra um cachorro morto, sabem tudo de combate. São mestres da guerra, ou você esta falando da historia sobre os bebês da paz no Haiti. Pesquisem sobre o assunto e verão do que se trata.

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Leonid Brejnev
6 meses atrás

O Paraguai era um cachorro morto?

Erick Barros
Erick Barros
Reply to  Leonid Brejnev
6 meses atrás

É. Gostaria de ver todo esse profissionalismo todo quando o Yantar veio pra cá e fez a MB de trouxa, mais ainda quando fomos espionados e a ABIN e o SIE do EB dormiam. O Haiti voltou a ser o lixão que era antes da intervenção, logo o que mudou? Nas favelas cariocas a segurança também é temporária. O que eu vejo os milicos fazerem é modernizar velharia e arrotar conhecimento, igual ao General Pauzuello. Ou pra esses “programas estratéticos” super contingenciados devido a falta de verba. Muita picanha, leite condensado e MENTIRA pra população. Não atoa ficam nessa mentira… Read more »

Last edited 6 meses atrás by Erick Barros
Rayan
Rayan
Reply to  Antunes 1980
6 meses atrás

Ainda mais grave são os xingamentos, ofensas e molecagem diárias vistas nesse site para quem, mesmo criticando a operação militar russa, faz uma análise objetiva do conflito.

A polarização é histérica e com péssimas atitudes de ambos lados torcedores.

Quanto a sua análise , as perdas são altas para ambos países, porém nesse teatro de operações de Donbass as mortes de ucranianos são crônicas e gigantescas, conforme o próprio Zelenski (em geral buscando resistir pela guerra de propaganda) reconheceu.

Não é cenário para torcedor virtual. É conflito com dezenas de milhares de mortes.

H.Kulchetscki
Reply to  Antunes 1980
6 meses atrás

Se a Ucrânia nunca tivesse aberto mão, voluntariamente, de todo seu arsenal atônico em 1991,na era o terceiro maior do planeta, a covarde mamãe Russia ( que prometeu respeitar a soberania e independencia ucraniana na época ) agora estaria bem quietinha do lado asiatico a qual pertence e nunca ousaria se aproveitar da burrice que ucranianos fizeram.Esta na hora de voltar ao club atomico, a unica forma do iniigo mais poderoso te respeitar é sabendo que a retaliação de uma detente parecida com a que ocorreu durante a era da guerra fria. E os ucrnianos, povo altamente tecnico e capacitado,… Read more »

LUIZ
LUIZ
Reply to  Antunes 1980
6 meses atrás

Que bost@ de comentário. A pessoa que entende de guerra(militares)não vai ficar do lado de assassinos psicopatas neonazi3. Vai ficar do lado de soldados que respeitam leis de guerra como manter preservados os prisioneiros. Agora se vc acha certo soldados neonaz1s ou mercenários que matam e filmam prisioneiros? Vc viu os russos fazendo isso?

Nilton L Junior
Nilton L Junior
6 meses atrás

É camarada R Mello quando os poucos aqui manifestava que Z iria bater e U apanhar e UE assistir isso era impossível, que Z que mesmo com perdas humanas e de material tem mais reserva que U, que embora U tenha recebido ajuda e treinamento por 8 anos da nazotan não teria como evitar tomar aço de Z e a maior hipocrisia dessa guerra o imperialismo atlanticista chamou o urso pra briga mas que não seria com eles e sim com U para enfraquecer a Z porém Z continua a vender seu principal ativo energético para UE e U que… Read more »

Luppos Furius
Luppos Furius
Reply to  Nilton L Junior
6 meses atrás

Kiev e Karkiv fora mera distracao, para o avanco Russo no Dombas

(a Ukroboronprom), elevando o total de militares no serviço ativo para 255 000 homens em 2019, sendo este o terceiro maior exército da Europa, atrás de Rússia e França. [ 4]

Russia com numero inferior preciso distrair os UkraNzis nestes locais para poder avancar no real objetivo

O povo Ucraniano nao merecia o que ta passando e triste e tragico

mais colocar palhaco no comando de um pais e isso que da

Puppet da Otan & US



Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Luppos Furius
6 meses atrás

Rapaz ainda é cedo para vaticinar sobre os planos Russos sobre essa ocupação mas uma coisa é certa o Urso não esta fazendo uso de todas as suas capacidades pois sabe que a ameaça maior esta no atlântico mas o recado esta sendo dado.

Jaime
Jaime
Reply to  Nilton L Junior
6 meses atrás

Caro amigo, memo que a R´´ussia ganhe um pedaço da Ucrania, ficou evidente que nao ´´e parea para os EUA. Fraca, incompetente, Seu Material militar e obsoleto e ruim. e isso ficou evidente para todo o mundo. daqui pra frente vai ter mais dificuldade pra vender armas. Sem falar que perdeu quase tudo de moderno que tinha. Perante ao mundo a Russia e uma porcaria militar

Sergio
Sergio
Reply to  Jaime
6 meses atrás

Não e páreo ?????tem certeza ???

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Sergio
6 meses atrás

Use melhor seu tempo não desperdice com comentário bot babozeiro.

Fabrício
Fabrício
Reply to  Sergio
5 meses atrás

Pois é. Os EUA passaram vinte anos no Afeganistão lutando contra sujeitos calçados com sandálias e portando Ak-47 e bateram em retirada. E estão a dizer que são páreos para enfrentar um exército regular como o Russo. Maluquice.

Erick Barros
Erick Barros
Reply to  Jaime
6 meses atrás

O Afeganistão mostrou que os EUA não são páreo para ninguém.

LUIZ
LUIZ
Reply to  Jaime
6 meses atrás

EUA saiu correndo do Vietnã e do Afeganistão. Uma guerra EUA x Rússia não seria dessa maneira como na Ucrânia.

Severiano Ostrisch
Severiano Ostrisch
Reply to  Nilton L Junior
5 meses atrás

Eles se tratam como “camaradas”, que ridículo.

Djalma
Djalma
6 meses atrás

Estão morrendo 50 a 100 ucranianos no Donbass mas estima-se 150 a 200 separatistas e russos. Essa semana houve um verdadeiro massacre de separatistas e chechenos. A imagens mostrando dezenas de soldados ao lado de blindados calcinados. Os M777 maos os Caesar e os FH 70 estão fazendo verdadeiramente estragos. Uma pena que a Alemanha e a França tremem de medo do Putin e não querem fornecer armas pesadas. Boris Johnson e Polônia estão encarando a Rússia sozinhos na Europa. Sobre a Ucrânia ceder e entregar territórios, aqui não funciona aquela lógica de entregar os anéis para não perder os… Read more »

Zabumba
Zabumba
Reply to  Djalma
6 meses atrás

Posta suas fontes para o bem da verdade …ser for subjetivas ou duvidosa não vai agregar.

Leonid Brejnev
Leonid Brejnev
Reply to  Djalma
6 meses atrás

Se o zé lensk falou em 100 com certeza o número é bem maior, acredito que pelo zé lensk ele já tinha pedido arrego, mas ele não manda, então fica mentindo para o povo ucraniano, falando que estão vencendo a guerra, vai levar a Ucrânia totalmente para a cova. Quando reconhecer a derrota não sobrará mais Ucrânia. Então ele irá para o ocidente junto com seus comandantes e o povo ucraniano ficará em desgraça.(só uma hipótese).

Rayan
Rayan
Reply to  Djalma
6 meses atrás

Quais suas fontes, por favor? O Zelenski citou esse duvidoso número, mas em relação às forças russas e separatistas? Não li em nenhum lugar ou relatório analítico, mesmo de fontes Ucranianas que já declaram 30.000 russos mortos, mais de 200 aviões derrubados, milhares de tanques e blindados destruídos, assim como o MD Russo traz números espetaculares. Acredita quem quer para satisfazer sua torcida, como se ambos fossem exemplo de credibilidade e verdade plenas.

Allan Lemos
Allan Lemos
6 meses atrás

Já venho dizendo isso há tempos, o jogo só acaba quando termina. O pessoal aqui se deixa levar por simpatias ideológicas ao invés de fazer uma análise fria da situação.

O mais provável é que a Ucrânia perderá o leste. A Rússia recuando com o rabo entre as pernas é um cenário altamente fantasioso, embora não mude o fato de que terá uma vitória de Pirro.

Nilo
Nilo
6 meses atrás

Fechado o caldeirão serão milhares de prisioneiros, mais do que em Mariupol, os danos material e moral de uma tropa em fuga, repercutirão assim como a teimosia do Zelensky, que continua a mentir a população, quando os próprios russos deram o recado para tirarem os soldados enquanto era possivel. Incitado pelo Ministro Britanico a ressistir, agora diz: “Há coisas para discutir com o líder russo. Não estou dizendo que o nosso povo e eu estamos ansiosos para falar com ele, mas temos que enfrentar a realidade do que estamos vivendo” Depois de ter se negado a negociar e jogado o… Read more »

Xvantebrasil
Xvantebrasil
6 meses atrás

Zelenski ” Proposta: Neutralidade total, com relação ,otan, UE, USA, soberania total sobre todos territórios, exclusão de forças armadas, deposição de armas para civis e militares, Honrrar carta dos direitos humanos da ONO, # energia russa ,por 10 ANOS, para compensacao.
Instalação da ONU, no país para todos representantes do mundo,
Neutrlidade total, única ( Suíça) , proteção se todos se somente se ,tornar se Neutra.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
6 meses atrás

Quando eu disse na no tempo do Kings que Z se reuniu e planejou como bater e Z para apanhar e a UE/NATO/EUA para ver o bode na sala apanhar não era por torcida era porque em comparativo Z tem a seu favor a superioridade assegurada. O conflito deixou de ser Russia contra Ucrânia quando Z surpreendeu a todos invadindo a Ucrânia além do Donbass e se tornando uma guerra híbrida com a nazotan. Eu fico com a ideia do Cel. do exército de Portugal Arnaut Moreira que seria a Ucrânia ceder definitivamente a Criméia aos Russos e sobre a… Read more »

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Nilton L Junior
6 meses atrás

Neural eu não lembro onde eu ouvi mas fora do Donbass a Russia possui reservas espalhada ao longo da fronteira e depois 3 meses de combates creio que a Ucrânia tem perda mas significativas que os Russos, agora uma coisa é certa a curva de aprendizado e aprimoramento de doutrinas para os Russos será grande relevância, e para Ucrânia também se ainda sobrar alguma capacidade de combate.

Luis Carlos
Luis Carlos
Reply to  Nilton L Junior
6 meses atrás

Neural.

Tem também o Malka de 203 mm que joga cem quilos de explosivos a mais de 50 km de distância.
Um monstro.

LUIZ
LUIZ
Reply to  Nilton L Junior
6 meses atrás

Gosto de comentário assim como informação técnica que eu não tenho.
Obrigado. São comentários assim que engrandece o site.

Leonid Brejnev
Leonid Brejnev
6 meses atrás

Tem 1 video legal do Wagner desentocando alguns ucranianos, esse a CNN não mostra, serve para motivar os que estão dispostos a ir lutar pela Ucrânia:
https://www.youtube.com/watch?v=j2-JDczd2ws&ab_channel=%D0%9D%D0%B0%D1%86%D0%B8%D0%BE%D0%BD%D0%B0%D0%BB%D1%8C%D0%BD%D1%8B%D0%B9%D0%9A%D1%83%D1%80%D1%81Z

Luciano
Luciano
6 meses atrás

Os que usam chapéu de alumínio afirmam que é mentira a analise acima.

Joao
Joao
6 meses atrás

Russia luta contra o ocidente porém está preparada pra guerra eles atrasam a vitória propositadamente , Ucrânia deve ter cuidado com falsos amigos.

Maurício.
Maurício.
6 meses atrás

Alguém sabe quais são as peças da artilharia russa? Tipo, tem alguma moderna tipo o m777?
Eu nunca dei muita importância para a artilharia, gosto mais da parte aérea das guerras, mas pelo visto é algo que está fazendo estrago, tanto do lado russo quanto do lado ucrâniano.

sub urbano
sub urbano
Reply to  Maurício.
6 meses atrás

O contraponto russo do M777 seria o MstaB rebocado. Essa propaganda com o M777 é peixe podre da CIA pra vender armas, é um obuseiro como qualquer outro, só é 30% mais leve que os da concorrencia. Ambos lançam projeteis guiados o M777 o excalibur e o MstaB o krasnopol.

Carlos Campos
Carlos Campos
6 meses atrás

Ou seja quase 500 soldados ucranianos mortos todos os dias, ainda tem gente que acredita na expulsão dos russos, deviam desde o incio ter concordo em nao entrar na OTAN, agora tá aí a conta, quem manda na Ucrania, não são os Ucranianos terrível ver isso, do lado ocidental Noruega e EUA nadam em dinheiro.

H.Kulchetscki
Reply to  Carlos Campos
6 meses atrás

Os mortos ucranianos são quase todos civis, poucos militares morreram no campo de batalha.. mas o russos e seu exercito ja pagam um alto preço em vidas por essa temporaria vitória de Pirro.. no final, vão perder tambem essa guerra,, foi assim que foram humilhados na primeira guerra mundial contra Alemanha, perderam 6 milhões de soldados antes de se renderem incondicionalmente en 1917, ou durante a guerra contra o Japão, em 1904, ou durante a guerra da Criméia, em 1850, ou durante a guerra do Afganistão ( antes dos americanos ).Só ganharam a segunda guerra contra Alemanha porqueo Stalin foi… Read more »

LUIZ
LUIZ
Reply to  Carlos Campos
6 meses atrás

E o país completo com todos os seus territórios. A merd@ toda começou com o EuroMaidan patrocinada pelos EUA.

Rodolfo Machado
Rodolfo Machado
6 meses atrás

Prezados comentaristas, neste link: https://www.defesanet.com.br/us_ru_otan/noticia/44590/GUERRA-NA-EUROPA–UCRANIA-2022-O-Grande-Mito-Russo-posto-a-prova–Carro-de-Combate-T-90M-%E2%80%9CProryv-3%E2%80%9D-destruido/ a uma analise da destruição pelos ucranianos de um tanque russo T-90M “Proryv 3” que, segundo o texto, é a versão mais avançada do T-90, gostaria de fazer algumas perguntas, como leigo, sobre o acontecido e, novamente, como leigo e entusiasta de tecnologia militar, esta muito difícil compreender os fatos desta guerra devido ao aguerrido clima de torcida, poucas são as analises técnicas, objetivas e imparciais. O autor do texto se apresenta como pesquisador de assuntos militares, achei o texto muito instrutivo , apesar de uma certa ironia com o que o autor afirma ser… Read more »

Last edited 6 meses atrás by Rodolfo Machado
Xvantbrasil
Xvantbrasil
5 meses atrás

Essa guerra é bem estranha? Lá na Ucrânia tem 16 usinas nucleares de geração de energia, ? Pergunto: pq a Rússia não deixou faltar energia elétrica no país? Se num ataque inicial a regra básica é destruir todas subestações? Parece que USA, UE, Rússia estão apenas enganando a todos para que o mundo engane numa guerra para diminuirdiminuir a população de zumbis que não sabem sequer apertar um parafuso e estão autosugestionados com jogos de videogames, e acham que o que vêem e6uma realidade virtual, mas sempre qd usam coca, fazem besteiras, como ataques a escolas e cinemas como já… Read more »

Fabio Noronha
Fabio Noronha
5 meses atrás

Segue o link de um excelente site agregador de notícias russo sobre a guerra: https://t.me/s/intelslava

Últimas Notícias

Adepol do Brasil faz palestra na 7ª Mostra BID sobre cenário legislativo

Associação dos Delegados de Polícia do Brasil é uma das apoiadoras do evento realizado pela ABIMDE em parceria com a...
Parceiro