quinta-feira, junho 30, 2022

Saab RBS 70NG

Exército da Ucrânia: 100 militares morrem e 500 ficam feridos por dia

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

A situação na frente continua difícil, com a Ucrânia perdendo até cem militares e até 500 feridos todos os dias.

Isso é de acordo com o ministro da Defesa, Oleksiy Reznikov, que abordou a questão no Facebook, relata o Ukrinform.

Segundo o ministro, “o monstro russo ainda tem muitos meios para devorar vidas humanas para satisfazer seu ego imperial”.

É por isso que a Ucrânia enfatiza a necessidade de fornecimento de armas pesadas o mais rápido possível. “Nós provamos que não temos medo do Kremlin, ao contrário de muitos outros. Mas nós, como país, não podemos nos dar ao luxo de perder nossos melhores filhos e filhas”, disse Reznikov.

Ele nomeou os seguintes objetivos perseguidos pelo governo:

  • Obtenção de uma quantidade significativa de MLRS e munição ao estilo da OTAN;
    Garantir a substituição completa de certos calibres de estilo soviético (os canhões estão desgastados, os projéteis não são mais produzidos ou seus estoques são baixos) em plataformas comuns nos países da OTAN e equipadas com munição;
  • Acordar com os parceiros a transição para suprimentos na forma de unidades integradas que estejam imediatamente prontas para realizar missões de combate (unidade orgânica), e não na forma de plataformas separadas. Isso aumentará significativamente a eficiência no campo de batalha;
  • Implantação de centenas de unidades de veículos blindados pesados, sem os quais é impossível um contra-ataque efetivo. Deve-se ter em mente que o equipamento soviético é principalmente obsoleto e precisa ser colocado em prontidão de combate. Enquanto isso, a Ucrânia está até agora recebendo de parceiros veículos blindados bastante leves, nem sempre armados; e
  • Obtendo aeronaves de combate e equipamentos de defesa aérea/defesa antimísseis para proteger o céu.

O ministro da Defesa diz não estar satisfeito com o ritmo e os volumes de fornecimento de armas. “Mas, ao mesmo tempo, sou infinitamente grato às nações que nos apoiam. Em particular, Estados Unidos, Grã-Bretanha, Polônia e nossos amigos do Báltico, bem como todos os outros países que ajudam a conter o mal russo”, disse Reznikov.

Ele destacou o papel da sociedade ucraniana, voluntários que, graças à sua velocidade e flexibilidade, têm atendido com sucesso uma série de necessidades importantes. Isso se aplica a UAVs, comunicações e alguns outros componentes nos quais o governo ainda não está trabalhando totalmente.

O chefe do Ministério da Defesa também observou que “não vemos apenas conquistas, mas também erros. Recebemos todos os sinais e críticas também. Conhecemos nossas falhas e trabalhamos duro para corrigi-las”.

Reznikov chamou a preservação da sinergia de toda a liderança político-militar a principal conquista do governo. “Esta é a nossa vantagem como nação, e não vamos permitir que ela seja abalada por aqueles que já estão trabalhando com vistas a classificações e perspectivas políticas. Como já observei, todos aqueles que trabalham pela defesa pelo bem da Ucrânia e a vitória é um time. Nosso time principal é vencer a Rússia, por mais difícil que seja.”

Ao mesmo tempo, sublinhou o ministro, a situação na frente é difícil, “temos até uma centena dos nossos soldados mortos e até 500 feridos todos os dias. O Kremlin continua a pressionar com números, fica paralisado, vê resistência poderosa, e sofre grandes perdas. No entanto, eles ainda são capazes de avançar em certas seções da frente.”

Conforme relatado pelo Ukrinform, de acordo com o Estado-Maior Geral, as Forças Armadas da Ucrânia liquidaram cerca de 31.700 militares russos de 24 de fevereiro a 9 de junho.

FONTE: ukrinform.net

- Advertisement -

31 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
31 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Leonid Brejnev
Leonid Brejnev
20 dias atrás

Não estou entendendo nada, estavam próximos da vitória, era capitulação completa ou não tinha conversa, quando começam a surgir essas noticias é porque a coisa tá mesmo feia para os ucranianos. Aqueles que mataram soldados russos desarmados já rendidos e deitados no chão, podem ficar espertos, alguns estavam tão confiantes na vitória que esconderam os rostos, pensaram que estavam no Afeganistão matando camponeses. Quando o Wagner pegar não terá perdão. Eliminação total assim como era com o Grande Stalin.

Maurício.
Maurício.
Reply to  Leonid Brejnev
20 dias atrás

Mais fácil esses soldados serem eliminados mais cedo ou mais tarde por polônio do que serem pegos pelo Wagner.

Leonid Brejnev
Leonid Brejnev
Reply to  Maurício.
20 dias atrás

É uma boa opção.

Luis Carlos
Luis Carlos
Reply to  Leonid Brejnev
20 dias atrás

E essa estimativa é conservadora.
As mortes de ucros, segundo os russos, estão entre 250 e 300 por dia.

Nelson Junior
Nelson Junior
Reply to  Luis Carlos
20 dias atrás

Segundo os Russo o que afundou o MOSKVA foi um marujo fumando no paiol

Agressor's
Agressor's
Reply to  Leonid Brejnev
20 dias atrás

Nas mídias mainstream parece até que só tá morrendo Russo. A primeira vítima da guerra é a verdade, depois o povo….

Last edited 20 dias atrás by Agressor's
Wagner Figueiredo
Wagner Figueiredo
Reply to  Leonid Brejnev
20 dias atrás

Eu não tenho nada com isso!!!🤣🤣🤣

paulo lahr
paulo lahr
Reply to  Leonid Brejnev
20 dias atrás

Nunca estiveram perto da vitória.

Ronilson Nogueira costa
Ronilson Nogueira costa
20 dias atrás

A Rússia já está usando os portos ucranianos para exportação, e o governador do Dombas será um russo que esqueci o nome kkk e os coitados iludidos achando que a Ucrânia está ganhando, o poder de convencimento da mídia é impressionante.

Rodrigues
Rodrigues
20 dias atrás

Quando um ministro de defesa vem a público fazer um emocionado discurso apelando para um nacionalismo ufanicos, significa dizer que estão mais perdidos que cachorro quando cai de caminhão de mudança.

Rafael Gustavo de Oliveira
Rafael Gustavo de Oliveira
20 dias atrás

Nós vemos frequentemente doação e venda de equipamentos pela Otan, os ucranianos são treinados no exterior, mas são treinamentos de emprego do material (infantaria, cavalaria e artilharia), mas não se vê treinamento de suporte logístico para Ucrânia, ou se esse foi realizado, não tem sido eficaz, pois os informativos mostram pedidos ucranianos de muito material “ready-to-use”, pelo visto manutenções de 2 e 3 escalões são precárias ou inexistentes o que faz perder muito material importante, é evidente estão pecando nessa questão com imaturidade. …procurei, mas não achei missões de extração de pessoal (Medevac) para tratamento no exterior pela Otan ou… Read more »

Fabricio Lustosa
20 dias atrás

O ataque midiático contra a Rússia foi, desde o começo da invasão, tão devastador e grotesco que esses “dados” expõem principalmente um fator: A COISA TA RUSSA PARA UCRANIANOS E MERCENÁRIOS! 100 mortos por dia??? Pode multiplicar isso por pelo menos 5. E baixas totais diárias passam de 2000 fácil, já não tem como esconder.

Miguel Carvalho
Miguel Carvalho
20 dias atrás

Os russos tiveram que por a carne toda no assador, para poderem fazer avanços em SeveroDonetsk. Retiraram tropas no sul, empregaram as reservas. São pelo menos 10 batalhões de tropas russas, quase o triplo das forças ucranianas. Numa batalha feita a base do emprego de artilharia, em que as duas forças avançam e recuam de acordo com o uso da artilharia, os russos também estão a pagar caro pelo pouco avanço. Para os russos terem que empregar tantas forças é porque as perdas tb são grandes. É pena que o material ocidental chegue às pinguinhas, porque se não fosse assim,… Read more »

gordo
gordo
Reply to  Miguel Carvalho
20 dias atrás

“Numa batalha feita a base do emprego de artilharia”… Os Russos migraram para a doutrina que dominam, seja ela moderna ou não, e não cravo que eles estejam tendo grandes perdas como antes. O uso de artilharia é algo eficaz contra tropas que estão estáticas nas trincheiras e sem o apoio necessário da contra bateria ou aéreo, e na concentração que os Russos estão usando acredito que fique pouca resistência para segurar a infantaria que vai avançando. Um capitulo a parte é o uso dos helicópteros de ataque e dos Su-25 que mudaram de tática depois do numero significativo de… Read more »

Miguel Carvalho
Miguel Carvalho
Reply to  gordo
20 dias atrás

Então concorda cmg. Nem sequer mencionei a parte do apoio aéreo. E ainda afirmas que só tiveram perdas nos primeiros dias da guerra? Os russos perderam um batalhão inteiro ao tentar passar um rio esse feito foi imensamente difundido. Perderam uma divisão inteira, continuam a perder oficiais superiores. A tática do uso massivo de artilharia é o reflexo da incapacidade russa em avançar com outro tipo de estratégia. Há informação que a infantaria russa avança sobre as tropas ucranianas, quando a artilharia russa ainda está a bombardear, causando perdas por fogo amigo. É o tudo pra frente. Soldado russo serve… Read more »

Teropode
20 dias atrás

🤔🤔🤔🤔🤔🤔🤔 , passo !

Maurício.
Maurício.
Reply to  Teropode
20 dias atrás

Passa nada, se deu o trabalho até de comentar! 😂

Elisandro
Elisandro
20 dias atrás

50.000 baixas ucranianas ate agora. Por baixo… Embora países ocidentais queiram alongar a guerra, em dado momento isso ficara insustentável.

Luis Carlos
Luis Carlos
Reply to  Elisandro
20 dias atrás

Com a queda de Donbass, a Ucrânia perderá muito dos seus melhores equipamentos e soldados.
Depois a Rússia vai mandar e desmandar.
Mais do que agora.

Miguel Carvalho
Miguel Carvalho
Reply to  Elisandro
20 dias atrás

Quais são as fontes que corroboram as suas afirmações?

Elisandro
Elisandro
Reply to  Miguel Carvalho
20 dias atrás

Essa é uma estimativa derivada dos dados informados pelos ucranianos sobre baixas diárias. Yago Rodriguez, um espanhol especialista em temas militares fez uma semelhante em seu canal “Cosas Militares” no YouTube.

Jonas Brasil
20 dias atrás

Por mais que tentem esconder a verdade com toneladas de mentiras chega o ponto de exaustão em que as confissões começam a brotar.
À Ucrânia só resta uma saída: Rendição. Porém quem controla zelensky e está lucrando com a continuidade da guerra, eua e uk, não permitem que ele poupe seu povo de mais desgraças.
Se Putin, fechar Odessa e destruir o que resta de ligações ferroviárias, a Ucrânia cai de joelhos.

emblemR.jpeg
Luis Carlos
Luis Carlos
Reply to  Jonas Brasil
20 dias atrás

Foi o que eu li certa vez.
Contra as mentiras do Ocidente, a realidade dos fatos.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Jonas Brasil
20 dias atrás

E por que os ucranianos se renderiam? Na ª 2Guerra Mundial eles sofriam 1100 mortes por dias e não se renderam…

Caio
Caio
20 dias atrás

Se há algo de útil em mais uma guerra estúpida, como essa, é mostrar a obscuridade, humana. A Ucrânia estava servindo de base para uma potencial guerra biológica, com dezenas de laboratórios secretos financiados pelos EUA, e sabe lá Deus mais quem, como foi revelado pela imprensa mundial. A Rússia não tendo coragem de atacar os EUA pra não levar ao fim de tudo, partiu pra cima da Ucrânia, que aceitou servir de laboratório mas não soube cobrar uma proteção para que os russos não lhes atacassem; agora temos consequências universais de um conflito que não tem razão de ser… Read more »

Jacinto
Jacinto
20 dias atrás

Para comparar, na Guerra do Vietnam, o Vietnam teve oficialmente 850 mil mortos em 19 anos de conflito – o que dá 124 mortos por dia.

dfa
dfa
20 dias atrás

Incrível o nível baixo de comentários aqui… Os caras estão defendendo a terra deles e admitem suas baixas, e por algum motivo, segundo alguns alucinados que comentam aqui a culpa é deles e deviam render-se.. Realmente… Mas olhem se os Ucranianos estão a ter 100 baixas por dia e estão na defesa imagina quem está na ofensiva… É garantido que as baixas russas hão de ser iguais ou superiores. Os bárbaros russos que pilham, violam e destroem, não são soldados, os únicos que eu me lembro que são piores que essas criaturas sádicas, são os que comentam aqui em defesa… Read more »

Last edited 20 dias atrás by dfa
Antunes 1980
Antunes 1980
20 dias atrás

Desde a USSR, o exército russo começa perdendo de goleada as suas guerras.
E a medida que o tempo passa e o conflito se prolonga (ao custo de muitas baixas), a Rússia vai se recuperando e ganhando a guerra.
Ao meu ver a ajuda ocidental deveria ter chego antes. Agora já é tarde.

Last edited 20 dias atrás by Antunes 1980
Nilton L Junior
Nilton L Junior
20 dias atrás

Estou estranhando é não ter saído até agora no mediastream que começou o julgamento dos nazos capturados em naquela usina do chefe do zé lensqui, entre esses mercenários nato e segundo GCNT o veredito é comer grama pela raiz.

100nick-Elã
100nick-Elã
20 dias atrás

Mentira, a Ucrânia vai retomar o Donbass e a Crimeia, isso é mentira da Sputnik, esse site não tem credibilidade alguma. Se duvidar, além de recuperar tudo, a Ucrânia ainda toma um teco da Rússia. Essa Sputnik, vou te contar! ops…mas perai…de onde é essa matéria? não é da Sputnik? não? ué, não estou entendendo nada….

Heinz
Heinz
20 dias atrás

Era até esperado isso ai.
A superioridade russa é gritante, em vários termos.
No mais, quem viu o discurso de Putin ontem, sabe que ele é apenas mais um imperialista que está nesse mundo.
Crítica os Yankers, mas faz o mesmo, e dessa vez foi pior.
Espero que essa guerra que ele iniciou acabe logo.

Últimas Notícias

Apresentação sobre Estudos Estratégicos – Prof. Dr. Vitelio Brustolin

O Prof. Dr. Vitelio Brustolin, Professor de Direito Internacional, Organizações Internacionais e Estudos Estratégicos do INEST/UFF e pesquisador da...
- Advertisement -
- Advertisement -