sexta-feira, agosto 19, 2022

Saab RBS 70NG

Stoltenberg: Diálogo amplo entre Rússia e OTAN não é mais possível

Destaques

Guilherme Poggio
Guilherme Poggiohttp://www.forte.jor.br
Editor da Revista Forças de Defesa

BRUXELAS, 27 de junho. /TASS/. A Otan e a Rússia devem preservar as linhas de comunicação, mas um amplo diálogo entre eles não é mais possível, já que Moscou será considerada a ameaça mais significativa à aliança quando seus membros se reunirem na cúpula em Madri, disse o secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg, nesta segunda-feira.

“Nosso novo conceito nos guiará em uma era de competição estratégica”, disse ele em entrevista coletiva antes da cúpula que acontecerá nos dias 28 e 30 de junho. “Espero que fique claro que os aliados consideram a Rússia como a ameaça mais significativa e direta à nossa segurança.”

O funcionário disse que a parceria e o diálogo entre a Rússia e a Otan não são mais possíveis.

“A Rússia abandonou a parceria e o diálogo que a Otan tentou estabelecer com a Rússia por muitos anos”, disse ele. “O diálogo significativo para o qual trabalhamos por tantos anos – isso não está na mesa.”

Mas o funcionário disse que as linhas de comunicação devem permanecer.

“Há uma necessidade de ter linhas de comunicação para prevenir incidentes e acidentes e também, em algum momento, espero, poder engajar em algum tipo de esforço de controle de armas”, disse ele.

Em relação a Kaliningrado, Stoltenberg disse ter certeza de que a Rússia está ciente de que a aliança está pronta para defender a Lituânia.

“Estou confiante de que em Moscou, o presidente [da Rússia Vladimir] Putin entende nossas garantias de segurança coletiva, entende que a consequência de atacar um país aliado da Otan provocará uma resposta de toda a aliança”, disse ele. “Essa é a mensagem principal: defenderemos e, ao enviar essa mensagem claramente, estamos impedindo um ataque.”

Stoltenberg disse que a Otan está preocupada com a presença militar da Rússia em Kaliningrado. O funcionário disse que a Lituânia está seguindo as sanções da UE que a Otan apoia.

Uma cúpula da OTAN está marcada para os dias 28 e 30 de junho na capital espanhola. Ela adotará um novo conceito estratégico, considerará o fortalecimento da aliança e as consequências das mudanças climáticas globais para a segurança.

FONTE: TASS

- Advertisement -

109 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest

109 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Maurício.
Maurício.
1 mês atrás

“mas um amplo diálogo entre eles não é mais possível, já que Moscou será considerada a ameaça mais significativa à aliança”

Ué! Mas Moscou sempre foi considerada a ameaça mais significativa à aliança, é o motivo da OTAN existir, desde quando isso é novidade?
Só um detalhe, não seria mais possível e não impossível no título?

Last edited 1 mês atrás by Maurício.
Caio
Caio
Reply to  Maurício.
1 mês atrás

Meu nobre o diálogo amplo ( com muita conversa, no popular mesmo) não é mais possível, ou seja o diálogo será curto e grosso.

Carvalho
Carvalho
1 mês atrás

Acho que tem erro na transcrição do título da matéria:
Diálogo amplo não é mais (im)possivel

Nilson
Nilson
Reply to  Carvalho
1 mês atrás

Até antes da guerra da Ucrânia, havia diálogo entre Otan e Rússia, que foi construído depois da queda do muro. Agora não é mais possível.

Adriano
Adriano
1 mês atrás

O título da matéria esta errado… o correto é “não é mais possível”

Carvalho
Carvalho
1 mês atrás

Putin bebeu e foi brigar com o cara errado….

Manoel
Manoel
Reply to  Carvalho
1 mês atrás

Estultenberg, digo, Stoltenberg apostou errado e perdeu.
Lembro dele afirmando que a OTAN não tinha que ficar perguntando para outros se alguém poderia entrar para a Organização.
Enganou-se redondamente.

Teropode
Reply to  Manoel
1 mês atrás

Por que se enganou ? Discorra sobre seu entendimento , não precisa incluir Suécia e Finlândia !

Nilo
Nilo
Reply to  Manoel
1 mês atrás

papagaio “noruegues” de pirata

Americano
Reply to  Carvalho
1 mês atrás

Por mais que essas Putinetes tentem argumentar e procurar um detalhe aqui e ali para justificar que a Rússia está sendo vitóriosa e diga-se de passagem que é claro que está não estamos aqui para negar o óbvio porém dada as proporções das forças envolvidas e a dificuldade e o preço que a Rússia está pagando por cada metro conquistado fica claro e evidente que ela não teve e não está tendo competência para atingir seus objetivos.A meu ver o tempo levará um desgaste muito profundo na Ucrânia e devastador para Rússia.

Arthur
Arthur
Reply to  Americano
1 mês atrás

Realmente não adianta negar o óbvio, mesmo porque seria atestado de burrice. Só que por conta deste preço a ser pago é que a Ucrânia perderá seu território.

Adunlucas
Adunlucas
1 mês atrás

A OTAN precisa de fortes adversários para vender suas armas. Rússia, Irã, China, Coreia do Norte. Eles tiveram chance de evitar o conflito, mas estavam felizes recebendo encomendas de armas no fim do ano passado e início deste ano, mostrando que a Rússia estava descontente.

Albuquerque
Albuquerque
1 mês atrás

Agora não interessa mais à Rússia o diálogo.
Está ganhando a guerra e avançando.
Só resta à Ucrânia e OTAN aceitarem os termos que a Rússia vai impor.
Passou o tempo.

Mgtow
Mgtow
Reply to  Albuquerque
1 mês atrás

Exatamente
Quem não quer mais conversa com essa gente é a Rússia.
Eles estão desesperados e apelando para a psicologia reversa.

Slow 🇧🇷
Slow 🇧🇷
1 mês atrás

O exército russo é um fracasso e mesmo assim é uma ameaça a um bloco militar com 30 países ? 🤣🤣

Ai vcs tem que decidir galerinha 🤔🤔🤣

Albuquerque
Albuquerque
Reply to  Slow 🇧🇷
1 mês atrás

Pela reação da OTAN na Ucrânia, quando a Rússia for acertar as contas com a Lituânia teremos as seguintes reações:
França – Precisamos negociar.
Alemanha – Vamos mandar capacetes e coletes.
EUA – Vamos reforçar nossas tropas em Portugal para proteger o oeste.

A OTAN tem medo de enfrentar a Russia.
Não adianta negar.

Maurício.
Maurício.
Reply to  Albuquerque
1 mês atrás

Ambos tem medo de se enfrentarem, potências só chutam cachorro morto, e isso vale tanto para a Rússia como para a OTAN/EUA e isso é um fato, o resto é mimimi e blá blá blá.

Guilherme Leite
Guilherme Leite
Reply to  Maurício.
1 mês atrás

A Rússia quis enfrentar a Ucrânia que não é só um cachorro morto, por isso, após a guerra, quando as informações forem mais certeiras, veremos baixas surpreendentes para ambos os lados. Só de pensar que uma belo nave como o Moskva foi afundada é surreal! No mais, acredito que o domínio russo é certo. Contudo, o preço está saindo mais caro do que o planejado, pode inclusive ultrapassar o limite. O que sobrar da Ucrânia terá tanto apoio do EUA quanto Israel teve em suas guerras. Em algumas décadas é provável que os ucranianos se tornem um país referência em… Read more »

Maurício.
Maurício.
Reply to  Guilherme Leite
1 mês atrás

A Ucrânia comparada com a Rússia é sim um cachorro morto, compare o que a Rússia tinha com o que a Ucrânia tinha antes da invasão, a Ucrânia está conseguindo resistir mais pela força de vontade de seus militares e dos equipamentos doados do que qualquer outra coisa, basta ver que o Zelensky está sempre pedindo ajuda em equipamentos. Se a Ucrânia fosse combater os Russos só com os equipamentos que eles tinham, provavelmente já não teriam quase nada, não teriam destruído tantos tanques com NLAW e Javelin, já que não possuíam, a única coisa que a Ucrânia tinha era… Read more »

Albuquerque
Albuquerque
Reply to  Guilherme Leite
1 mês atrás

Eu queria apostar no futuro da Ucrânia, mas não tenho um tostão que esteja furado.
Sinto muito.

Carvalho
Carvalho
Reply to  Albuquerque
1 mês atrás

Ninguém está interessado na sua aposta.

Mr.BlackWhite
Mr.BlackWhite
Reply to  Guilherme Leite
1 mês atrás

A Ucrania possuia um IDH menor que o Brasil.

Last edited 1 mês atrás by Mr.BlackWhite
Hcosta
Hcosta
Reply to  Albuquerque
1 mês atrás

E a Rússia não terá medo de enfrentar a OTAN?

Donald
Reply to  Hcosta
1 mês atrás

Olha a lógica desses malucos. A OTAN vai evitar um confronto com Rússia para evitar a 3 war, mais a Rússia não. Esse mesmo pessoal avisava que a OTAN não ia pegar briga com os russos por causa da Ucrânia. E veja estão fazendo muito mais… imagina um membro da OTAN.

Slow 🇧🇷
Slow 🇧🇷
Reply to  Donald
1 mês atrás

Estão fazendo muito mais? Tipo oque?

Monarquista
Monarquista
Reply to  Slow 🇧🇷
1 mês atrás

A Otan está fornecendo armas e dinheiro abertamente.

Mas o melhor é:

“Quem apoiar a Ucrânia sofrerá enormes consequências”.

Algo assim foi dito pelo ditadorzinho com complexo de altura filho da putin.

Os países da Otan passaram a enviar ainda mais armas e mais dinheiro. O que o russinho nanico fez?

Slow 🇧🇷
Slow 🇧🇷
Reply to  Monarquista
1 mês atrás

Armas básicas só pra Ucrânia não ficar sem nada, mas porque não forneceram armas pesadas e caças ? E a no fly zone ? Ou melhor já que estão tão empenhado assim porque não mandou tropas também ? Aiai ..

https://www.google.com/amp/s/br.noticias.yahoo.com/amphtml/tentar-intervir-consequencias-nunca-vistas-putin-russia-invasao-ucrania-114024355.html

“ Intervir “

Last edited 1 mês atrás by Slow 🇧🇷
Manoel
Manoel
Reply to  Hcosta
1 mês atrás

Em tempo de festas juninas:

Putin:
Vem cá balão, cai aqui na minha mão.
OTAN:
Não vou lá, tenho medo de apanhar.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Albuquerque
1 mês atrás

Desde sábado a Lituânia está recebendo ataques de Hackers, disseram que ataques cibernéticos seria causa de guerra também e até agora nada, a OTAN apostou que a Rússia ia se encolher e que a ajuda à Ucrania ia destruir economicamente e militarmente, agora nem falam nisso, Lituânia devia tomar cuidado. https://olhardigital.com.br/2022/06/27/seguranca/hackers-pro-kremlin-arrasam-lituania-com-ataques-ddos/

Bosco
Bosco
Reply to  Slow 🇧🇷
1 mês atrás

A russia é um fracasso mas tem um líder psicopata que comanda um sistema cleptocrático com 7000 armas nucleares. Entendeu ou precisa desenhar?

Sulamericano
Sulamericano
Reply to  Bosco
1 mês atrás

Tem um outro país que se enquadra perfeitamente na sua descrição. É só trocar “Rússia” pelo nome do país e subtrair da frase: “com 7000 armas nucleares”.

Ganha um passeio de moto quem adivinhar o nome do país.

Slow 🇧🇷
Slow 🇧🇷
Reply to  Bosco
1 mês atrás

Se for pensar em armas nucleares não adianta existir OTAN afinal ela vai fazer oque ? Se a guerra for nuclear a Europa e os EUA somem, assim como a Rússia também ..

Kornet
Kornet
1 mês atrás

Mudanças climáticas,adivinhem de qual país eles irão falar.
O Brasil que só joga 2.9% de metano na atmosfera é o grande vilão,agora quem joga 30 e 15 %(este último o grão lider da Otan) por serem potências nucleares ninguém dirá nada.
Defensores da Otan no Brasil,abram seus olhos,não é paranóia é a realidade do mundo woke batendo à nossa porta.

Mafix
Mafix
Reply to  Kornet
1 mês atrás

Ninguem defende a OTAN no Brasil a diferença e o pessoal que é analfabeto funcional pensa que quem condena a Russia por invadir a Ucrania defende a OTAN…

SteelWing
SteelWing
Reply to  Mafix
1 mês atrás

Claro que tem vários defensores da OTAN aqui achando que eles são heróis da Marvel

Maurício.
Maurício.
Reply to  Mafix
1 mês atrás

Concordo! Analfabeto funcional é o que mais tem no Brasil, se você afirmar que a Rússia tem mais poder militar que a Ucrânia, se você afirmar que a OTAN só chuta cachorro morto e se você afirmar que as potências são tudo farinha do mesmo saco, o pessoal da terra plana vai dizer que você é um torcedor da Rússia…

Kornet
Kornet
Reply to  Mafix
1 mês atrás

Analfabeto funcional é quem defende de forma implícita e tem o cinismo de dizer que não faz defesa pró-OTAN,mas ataque em defesa da Ucrânia e contra a Rússia.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Kornet
1 mês atrás

chama a Greta, que a Alemanha tá queimando carvão,

Kornet
Kornet
Reply to  Carlos Campos
1 mês atrás

Só a Alemanha?
Falar em Greta,vj como os hipócritas que se dizem ambientalistas e defensores da Amazônia deixaram o show em que estavam.

Monarquista
Monarquista
Reply to  Kornet
1 mês atrás

E a Otan, aliança de defesa, faria exatamente o quê contra o Brasil? Por qual motivo? O Brasil atacou um país da Otan para eles evocarem o art. 5º?
Democracias não entram em guerra com outras democracias. O Brasil vai virar uma ditadura? Ou os 30 países da Otan?

Otan atacando o Brasil não faz sentido algum.

Last edited 1 mês atrás by Monarquista
Slow 🇧🇷
Slow 🇧🇷
Reply to  Monarquista
1 mês atrás

Você vive no mundo da Alice ?

Kornet
Kornet
Reply to  Monarquista
1 mês atrás

Tira o chapéu de alumínio e o óculos de realidade virtual que vc terá sua resposta.

Nemo
Nemo
1 mês atrás

Não é o Jens que decide isso, quem manda na bagaça são os EUA. Se os EUA quiserem diálogo, haverá diálogo. Se os EUA não quiserem diálogo, não haverá diálogo. O Hens é apenas um porta-voz elefante e bem remunerado. Simples assim.

Claudio
Claudio
1 mês atrás

Não tem que ter diálogo com membros da OTAN , a OTAN hoje é o eixo do mal , não sei como os russos perdem tempo dialogando com OTAN

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Claudio
1 mês atrás

kkkkkkk eixo do Mal, o Eixo do Mal é a OTAN, Russia e China, tudo farinha do mesmo saco.

Pedro Fullback
Pedro Fullback
1 mês atrás

Uma coisas é fato, os russos tentaram aproximação com o ocidente, mas o ocidente não teve essa vontade para não deixar os seus lucros de suas indústrias bélicas e não queriam mais um concorrente no campo econômico. Para vocês terem uma ideia, a Rússia já comprou até MISTRAL da França.

Thiago A.
Thiago A.
Reply to  Pedro Fullback
1 mês atrás

Para você ter ideia a França vendeu até Mistral para a Rússia, a Itália os LMV, a Alemanha até turbinas e motores, sem contar a infinidade de equipamentos e componentes para manter de pé a indústria russa.

A Rússia ingressou no G7 ( G8) com apóio dos europeus… Mas adivinha só a Rússia anexou a Criméia no obstante tudo isso e forçou a interrupção desses processos em andamento…
Depois da anexação da Criméia e interferências no Dombas a França teve que suspender a venda devido a pressão dos parceiros e as sanções.

SteelWing
SteelWing
Reply to  Thiago A.
1 mês atrás

Que parceiros? Os EUA ? Os mesmos que atacam vários países? Falta coerência.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  SteelWing
1 mês atrás

claro, quem pode invadir é eles, os outros não.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Thiago A.
1 mês atrás

Acho que foi antes disso. Começou com a Geórgia.
Penso que foi aí o cancelamento dos PHelis.

Thiago A.
Thiago A.
Reply to  Hcosta
1 mês atrás

Agora você me confundiu.

Mas a venda das Mistral aconteceu em 2010 , a Guerra de Georgia foi em 2008. A venda foi definitivamente interrompida em 2014 ( Anexação da Criméia.

Enfim, as relações começaram azedar depois de todos essas invasões( Georgia/ Criméia) e anexação de territórios através da força bruta.

LUIZ
LUIZ
Reply to  Thiago A.
1 mês atrás

No documentário :Ucrânia Máscaras da Revolução mostra a raiz de todo esse conflito tendo os EUA como o principal financiador. Espero muito que a Rússia vença e limpe a Ucrânia do perigo do neonazismo.

Cidadão das Sombras
Cidadão das Sombras
Reply to  Thiago A.
1 mês atrás

Será que a anexação da Criméia se deveu a um golpe de estado na Ucrânia que os EUA em particular nem se deram ao trabalho de esconder que financiaram e dirigiram?

Heitor
Heitor
Reply to  Pedro Fullback
1 mês atrás

Está bem atualizado… A Rússia comprou o Mistral e a França permitiu vender o navio… E nós últimos anos tivemos muitos eventos ocidentais em território russo: copa do mundo, olimpíadas, formula 1 etc.. acorda! A economia russa teve resultados pífios e agora tomou de assalto o moderno pátio industrial ucraniano. Não é nazismo, nem OTAN e nem os alienígenas do Pentágono.. é dinheiro mesmo

Luís Henrique
Reply to  Heitor
1 mês atrás

Moderno pátio industrial??

Thiago A.
Thiago A.
Reply to  Luís Henrique
1 mês atrás

Tão moderno quanto o Russo… Se alguém considera a indústria russa moderna è obrigado a fazer o mesmo com a ucraniana. È necessario lembrar que antes disso tudo acontecer (anexação da Criméia) a indústria russa e a ucraniana eram muito dependentes uma da outra. Não por nada o primeiro projeto de fragatas modernas ( GORSHKOV) após o colapso a URSS utilizavam turbinas ucranianas. O rompimento entre as duas partes provocou severos atrasos e repercussões na indústria bélica russa, essa última teve que procurar desenvolver do zero soluções indígenas, em vários casos importou até componentes ocidentais como paliativo. É necessário lembrar… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Thiago A.
Heitor
Heitor
Reply to  Luís Henrique
1 mês atrás

A Ucrânia é um dos seletos países que fábrica motor para foguetes espaciais, lembre-se do acordo quase assinado com O Brasil. Isso é apenas um exemplo.

Bosco
Bosco
Reply to  Pedro Fullback
1 mês atrás

Os EUA comprou mísseis russos após o fim da URSS.

Heitor
Heitor
1 mês atrás

O que está errado? O título ou o corpo do texto?

Heitor
Heitor
1 mês atrás

Vão acabar levando-nos a uma guerra nuclear… Não é melhor negociar logo com o cabeça de botox? Muito fácil pra esse bando de tiozinho aumentar as tensões, se der mer**, são os primeiros a se esconder.

Renato de Mello Machado
Renato de Mello Machado
1 mês atrás

Se não tiver diálogo nós todos estamos ferrados hahahahahaha

Alessandro
Alessandro
1 mês atrás

“A Rússia abandonou a parceria e o diálogo que a Otan tentou estabelecer com a Rússia por muitos anos”, disse ele. “O diálogo significativo para o qual trabalhamos por tantos anos – isso não está na mesa.” Agora vou dar uma de advogado do “diabo” aqui O Putin fez Me#$# ao invadir a Ucrânia isso é um fato, é um ato INDEFENSÁVEL. Mas afirmar que o Putin não tentou estabelecer um diálogo com o ocidente antes dessa guerra acontecer é MENTIRA. O problema dessa aristocracia americana/europeia é que querer enfiar goela abaixo suas diretrizes ambientais, econômicas e humanistas sem compreender… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Alessandro
Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Alessandro
1 mês atrás

fato, pega os discursos de 2018 e 19 do Putin, toda vez pedindo paz e menos avanços da UE OTAN, para Leste e na Síria… exemplo esse vídeo de 2019… não sei o que a inteligencia russa via, nem nunca vou saber, mas que ele queria paz e deixava claro que estavam indo para uma guerra ele falava desde 2018, pediu pediu pediu e no final teve que invadir a ucrnaia
https://www.youtube.com/watch?v=r60WwSIeaVc

Oliveira
Oliveira
1 mês atrás

O problema em enfrentar a Rússia não está necessariamente em a guerra convencional, claramente a OTAN leva larga vantagem nestes termos. O grande impedimento está no arsenal químico, biológico e nuclear que os russos possuem, uma guerra nesse nível é bye bye europa e o estilo de vida bon-vivant se esvai em um estalar de dedos.

Last edited 1 mês atrás by Oliveira
Manoel
Manoel
Reply to  Oliveira
1 mês atrás

A OTAN armou e trenou a Ucrânia por oito anos e está levando uma surra de um contingente russo muito pequeno.
Não houve nem mobilização na Rússia.

Paulo Brics
1 mês atrás

Foi ventilado que tem um grupo de loucos psicopatas nos círculos de poder dos eua que estão tentando convencer sleep joe e seus assessores de que a Rússia pode ser derrotada numa guerra nuclear de baixa intensidade. Alegam eles embasados no mais completo achismo para sustentar seus impetos psicopatas que “pode ser” que o arsenal nuclear russo esteja bem abaixo do nível de prontidão que se acredita e que a Rússia não teria como retaliar. Mas a lógica e a racionalidade nos leva justamente a suspeitar do oposto disto. Que antes de entrar na Ucrânia os russos trataram de se… Read more »

L G
L G
Reply to  Paulo Brics
1 mês atrás

O ideal seria testar essa estratégia. E só lançar 1 000 bombas atômicas na Rússia e aguardar que não terá resposta. Aí sim o Brasil seria o quinto império de Daniel. Professias do padre Antônio Vieira. E receberá os refugiados da Rússia, EUA, Europa e china,etc. O Brasil abastecera o restante do hemisfério norte. E só assim para o Brasil virá a maior superpotência da terra. Vamos estudar e aguardar pessoal.

L G
L G
Reply to  L G
1 mês atrás

Boa ideia. Os EUA e Europa lançam um ataque nuclear contra a Rússia e china. O Paquistão também lança um ataque nuclear contra a Índia que responde. Israel lança um ataque nuclear contra o Iran. A Coreia do Norte lança um ataque nuclear contra a Coreia do Sul. O Brasil fica quieto. Depois o Brasil será o quinto império de Daniel. E receberá os refugiados e abastecera o restante do mundo. E irá se transformar na nova superpotência sem dá um tiro. Professias do padre Antônio Vieira. Ótima ideia para o Brasil. Vamos estudar e aguardar pessoal.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  L G
1 mês atrás

kkkkk eu comentei isso no passado, nem sabia dessa profecia kkkkk. eu até falei pra um gringo que queria que eles se matassem que todo hemisferio norte fosse arrasado e o Brasil mandaria no novo mundo emergido da guerra nuclear. ele ficou put@

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Paulo Brics
1 mês atrás

o problema é os sub da Rússia, que os EUA poderiam sobreviver após uma guerra nuclear eu acredito, mas e aí, se o méxico não for atacado e quiser de volta as terras? se o Brasil quiser anexar a Flórida? segundo a RAND até com a China os EUA vence na guerra nuclear, o problema é que os EUA ficariam arrasados, USNAVY nem existiria mais no pacífico, infraesturutura varrida do mapa, estaleiros destruídos, radiação por toda parte, sistemas eletronicos fritos desde o canadá e por aí vai.

AMBAR
AMBAR
1 mês atrás

Acho bonitinho o “pronunciamento” do secretário geral da OTANtã quando diz que a Rússia será considerada uma “ameaça à alinça.” Ora, os cabras cutucam a mãe ursa furiosa com os dedos e querem que ela sorria. Esse Putin tem uma paciência! Fosse americano já teria explodido essa canalhada com uma ogiva.

Bruno Vinícius
Bruno Vinícius
1 mês atrás

Ele também falou que a OTAN vai aumentar o número de soldados da força de resposta rápida de 40 mil para 300 mil homens.

Para colocar isso em perspectiva, o exército russo tem um efetivo de 280 mil.

https://www.reuters.com/world/europe/nato-massively-increase-high-readiness-forces-300000-stoltenberg-2022-06-27/

P.S. antes que alguém venha “corrigir”, são as Forças Armadas Russas somadas que tem um efetivo de 900 mil homens, não apenas o exército.

Last edited 1 mês atrás by Bruno Vinícius
Manoel
Manoel
Reply to  Bruno Vinícius
1 mês atrás

Força de resposta rápida contra milhares e milhares de canhões russos.
Será que a OTAN não está vendo a Ucrânia ser massacrada a tiros de canhão?

Slow 🇧🇷
Slow 🇧🇷
1 mês atrás

Off

https://www.nato.int/cps/en/natohq/official_texts_185174.htm

Agenda pra 2030 é mudança climática ou seja é bom os BR torcer pra Rússia e China deixar a OTAN ocupada .

Last edited 1 mês atrás by Slow 🇧🇷
Sulamericano
Sulamericano
Reply to  Slow 🇧🇷
1 mês atrás

O Brasil tem uma quinta e uma sexta coluna (evento raro e único) bem atuantes. Essa agenda 2030 vai acontecer no Brasil e será feita de dentro pra fora, pelos próprios traidores da pátria.

dfa
dfa
1 mês atrás

Complicado isso tudo… Diálogo é tudo para evitar incidentes entre potências nucleares, que acarretam consequências a uma escala planetária. A intervenção de Putin na Ucrânia foi completamente desnecessária. O Cara nunca ia cair nas graças do EUA,UK ou Polónia. Mas tinha França Alemanha e Itália que queriam uma muito maior integração económica e política com a Rússia. A seu devido tempo a Rússia poderia ter sido a líder natural da Europa Continental. Mas não, falta de visão a longo prazo, e ação bélica obrigou os países europeus a irem para os braços do “Uncle Sam”. Mas vá quem sou eu… Read more »

Last edited 1 mês atrás by dfa
Thiago A.
Thiago A.
Reply to  dfa
1 mês atrás

Pois é. Graças aos seus recursos naturais, a demografia ( no obstante o declínio) ,a extensão territorial, a complementaridade econômica e arsenal nuclear poderia almejar e planejar um destino de liderança na Europa, oferecendo segurança, paz, estabilidade. Provavelmente era necessario um percurso ( talvez longo) de transformação das instituições políticas e do modelo econômico…mas era possível. Faltou visão, astúcia, tato e diplomacia… Agora é um pária relegado no rol de “parceiro” minoritário da RPC, parceria muito escorregadiça. Eu acreditava que o Putin fosse sorrateiro, hábil, visionário…enfim se revelou por aquilo que sempre foi e a propaganda habilmente encobria: um Huguito… Read more »

Bruno Vinícius
Bruno Vinícius
Reply to  dfa
1 mês atrás

A Rússia nunca seria a “líder natural da Europa” por duas razões principais:

1) a cultura do país não é condizente com os valores da Europa Ocidental;

2) A Europa Ocidental sempre viu a Rússia como um país “inferior” a eles.

Dito isso, eu concordo com você que – para os russos – um alinhamento com o restante da Europa provavelmente seria algo positivo, especialmente para o desenvolvimento socioeconômico do país.

Neural
Neural
1 mês atrás

Foram mexer com o urso, Z bateu forte em U. Resultado é esse daí. Inflação detonando as Democracias, risco de desabastecimento de produtos agrícolas, Diesel. Graças aqui no Brasil ninguém comprou briga de europeu falastrao

Fabrício Lustosa
Fabrício Lustosa
1 mês atrás

“Nosso novo conceito nos guiará em uma era de competição estratégica” ; “Espero que fique claro que os aliados consideram a Rússia como a ameaça mais significativa e direta à nossa segurança.” – Duas frases umbilicais, complementares que até dispensam a leitura do resto do que esse senhor diz. A competição estratégica levou a agressividade contra a Rússia (e vários outros países) através de vários artifícios sendo o mais comum a guerra híbrida. E sendo a competição estratégica o objetivo principal o inimigo número 1 é a dobradinha Rússia/China que fora do tabuleiro não tem mais ninguém para competir, só… Read more »

Luiz Trindade
Luiz Trindade
1 mês atrás

Era o que sempre a OTAN sempre quis para justificar sua existência.

Antunes 1980
Antunes 1980
1 mês atrás

Sinceramente vejo como a coisa mais improvável do mundo a OTAN entrar em uma terceira guerra mundial por causa da Lituânia. E a própria Lituânia sabe disso.
Esse discurso me parece mais para tirar o foco do que realmente importa.
A falta de gás e a hiperinflação europeia e norte-americana.

E enquanto a Europa e USA só pensam em formas de liberar o “amor” de todas as formas, gêneros e idades.
A Rússia e China elevam seu nível econômico e estratégico .

Last edited 1 mês atrás by Antunes 1980
Vinicius 023
Vinicius 023
Reply to  Antunes 1980
1 mês atrás

Qual a elevação do nível economico russo? Um país que a economia é baseada simplesmente em commodities e produtos de baixo valor agregado. Fora o IDH baixo e a população com baixo poder de consumo. Nunca compare a China com a Russia. Enquanto a China cresce e pode ser a maior potencia a Russia é simplesmente um país decadente. Desculpem a falta de pontuacao to no celular.

Bruno Vinícius
Bruno Vinícius
Reply to  Antunes 1980
1 mês atrás

Os países da OTAN tem três mil soldados na Lituânia e esse número pode aumentar para sete mil até o final do ano. Você acha mesmo que se os russos matassem ou ferissem sete mil soldados dos EUA, França, Alemanha, Espanha, etc. (algo que eles seriam forçados a fazer na hipótese de uma invasão) esses países iriam deixar quieto (especialmente quando tem capacidade mais do que suficiente para humilhar a Rússia num conflito convencional)?

Last edited 1 mês atrás by Bruno Vinícius
Cidadão das Sombras
Cidadão das Sombras
Reply to  Bruno Vinícius
1 mês atrás

Não digo que a Russia não seja derrotada numa guerra convencional. Mas antes disso acontecer, muita muita gente dos dois lados vai morrer e no minimo o leste europeu vai virar ruinas enfumaçadas.

Donald
Reply to  Antunes 1980
1 mês atrás

Da mesma forma que a OTAN não ia fornecer armas para Ucrânia para não arriscar um confronto com russos né. Imagina um membro da OTAN. Confia putinete que a OTAN não vai reagir se um membro for atacado. Os russos têm que tá com o cão nas costas para arriscar um confronto com OTAN.

George
George
Reply to  Antunes 1980
1 mês atrás

Tinha um cidadão de bigodinho que também achou que a Inglaterra e a França não entrariam em guerra com ele se ele invadisse a Polônia. Deu no que deu. Essa história a gente já está cansado de saber.

Gustavo
Gustavo
1 mês atrás

Depois de fumar um grosso e honesto charuto de diamba, entre umas e outras baforadas, entre reflexões deveras assentadas o cidadão chega a essa decisão mui racional.

Material arquivo
Material arquivo
1 mês atrás

Nos twitters fora do Brasil só falam do BRICS…principalmente os chineses falando do Bolsonaro e a adesão da Argentina e Irã no Brics.
O FORTE deveria fazer matérias a respeito disso, forte aliança do Brasil com China Rússia para apoiar a entrada do Irã e Argentina no Brics.

André de Souza
André de Souza
1 mês atrás

Parece até que eu estou no site do “Globo Espoerte”.

L G
L G
1 mês atrás

O Brasil no Acre fez a mesma estratégia que os EUA fizeram no Texas. E que hoje os russos estão fazendo no Dombas. Vamos estudar pessoal.

L G
L G
Reply to  L G
1 mês atrás

Os EUA tomaram o Texas do México com essa estratégia, depois a Califórnia. O Brasil tomou o Acre da Bolívia com a mesma estratégia dos EUA. E hoje os russos estão usando a mesma estratégia na Ucrânia. Daqui a 20 anos se não houver uma terceira G mundial nuclear. Ninguém se lembrará mais que a Rússia tomou metade da Ucrânia. vamos estudar pessoal.

George
George
Reply to  L G
1 mês atrás

Rapaz. Passar vergonha uma vez tudo bem. Duas num dá não.

George
George
Reply to  L G
1 mês atrás

Rapaz. Não me venha falar uma bobagem dessas. Só porque vergonha é de graça, não precisa passar na frente de todo mundo.

Sergio Machado
Sergio Machado
1 mês atrás

Mas porque um único país fala com um conjunto de países? 🤔

Wellington Góes
Wellington Góes
1 mês atrás

Esse senhor é de uma hipocrisia, demagogia e falsidade… Por óbvio que não é mais possível qualquer dialogo com a Rússia, vocês mesmos criaram essa situação…

Paulo Brics
1 mês atrás

Dando sequência ao meu bem intencionado esforço de despertar os disneyboys de suas ilusões:

https://www.istoedinheiro.com.br/o-futuro-sombrio-dos-eua/

Avai2022
Avai2022
Reply to  Paulo Brics
1 mês atrás

E você acha que o EUA entrando em recessão não poe em cheque a China ??? Detalhe: procure se informar sobre o que está ocorrendo com bancos regionais chineses neste momento. Voces anti americanos são da turma do quanto pior melhor ..,, ao invés de desejar o sucesso dos países todos… vocês torcem para a derrocada de alguns em favorecimento de poucos (em geral países não democráticos). Não se iluda EUA e Europa caindo, você acha que a China e Rússia irão vender aonde? Sera crise global e possivelmente teras de pedir aumento junto ao xings ao PCC ou Kremlin.… Read more »

Dilbert_SC
Dilbert_SC
Reply to  Avai2022
1 mês atrás

Caro Avaiano, Não se trata de uma questão de torcer pelo pior ou pelo melhor. Infelizmente os Bancos Centrais, tanto dos EUA quanto da UE imprimiram dinheiro de forma indiscriminada para estimular a economia que vinha cambaleante antes da pandemia e que foi fortemente agravada por ela. A inflação já rondava esses países, mas não estava refletida nos produtos e bens de consumo e sim nos aluguéis e nos preços dos imóveis, que vinham em uma escalada de preços vertiginosa nos últimos 5 anos. Agora a conta chegou e quem vai ter que pagar vai ser o mundo. Infelizmente os… Read more »

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Dilbert_SC
1 mês atrás

É que tem gente que reproduz os conteúdos dos think tanks da BlackRock que esconde o fracasso das medidas contra Russia.

Avai2022
Avai2022
Reply to  Nilton L Junior
1 mês atrás

Acho que não precisa desta ginástica toda não. A coisa eh mais simples. China sozinha não carrega o mundo. Pelo contrário. Ela depende do mundo estar forte para continuar a crescer. Rússia então nem se fala. Mas vocês com o antiamericanismo/antiocidente torcedores do quanto pior melhor não conseguem entender a dinâmica econômica global.

Avai2022
Avai2022
Reply to  Dilbert_SC
1 mês atrás

Obrigado pela resposta. A impressão de moeda e estímulos ocorreu em todas as economias relevantes durante a pandemia. A escassez de produtos impacta a todos os países.
Então eh errado imaginar que a crise terá impacto específico em um único país. Eu estive várias vezes na China durante a crise de 2008 americana. O chinês sofreu muito. As economias estão interligadas demais e não tem como imaginar crise na Europa e EUA e não impactar profundamente o resto do globo.

Avai2022
Avai2022
Reply to  Dilbert_SC
1 mês atrás

Obrigado pela resposta. A impressão de moeda e estímulos ocorreu em todas as economias relevantes durante a pandemia. A escassez de produtos impacta a todos os países.
Então eh errado imaginar que a crise terá impacto específico em um único país. Eu estive várias vezes na China durante a crise de 2008 americana. O chinês sofreu muito. As economias estão interligadas demais e não tem como imaginar crise na Europa e EUA e não impactar profundamente o resto do globo.

Avai2022
Avai2022
Reply to  Dilbert_SC
1 mês atrás

Dilbert : respondi mas está para liberação meu comentario

Luis
Luis
Reply to  Paulo Brics
1 mês atrás

Sombrio é o futuro da “Isto É”

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Paulo Brics
1 mês atrás

Os bots não tem capacidade para lêr e quando tem é igual ao gravador de voz do win só consegue ler mas não sabe o que significa.

Arthur
Arthur
1 mês atrás

Putz. Agora fedeu! O Jens está ‘babu’! Mas se o relacionamento não ia bem, não adianta continuar. Quem sabe o casal tenta uma DR ou dá um tempo, afinal foi uma relação muito bonita enquanto durou. Nada que o tempo não cure… Quem sabe o Tinder…

Últimas Notícias

Brasil e Coreia do Sul fecham acordo para produção de semicondutores da Samsung no país

O Brasil e a Coreia do Sul estão fechando acordos para a construção de uma fábrica de chips semicondutores...
Parceiro

- Advertisement -
- Advertisement -