sexta-feira, agosto 19, 2022

Saab RBS 70NG

EUA fornecerão NASAMS para defesa aérea da Ucrânia

Destaques

Guilherme Poggio
Guilherme Poggiohttp://www.forte.jor.br
Editor da Revista Forças de Defesa

ELMAU, Alemanha – O presidente dos EUA, Joe Biden, deve anunciar em breve que os EUA fornecerão um sistema avançado de mísseis terra-ar para a Ucrânia, bem como apoio adicional de artilharia, de acordo com uma pessoa familiarizada com o assunto, para ajudar o país a se defender contra a invasão de quatro meses da Rússia.

Os EUA estão comprando o NASAMS, um sistema antiaéreo desenvolvido pela Noruega, para fornecer defesa de médio a longo alcance, de acordo com a pessoa, que falou sob condição de anonimato. O NASAMS é o mesmo sistema usado pelos EUA para proteger o espaço aéreo sensível ao redor da Casa Branca e do Capitólio dos EUA em Washington.

A ajuda adicional inclui mais munição para a artilharia ucraniana, bem como radares de contra-bateria, para apoiar seus esforços contra o ataque russo em Donbas, disse a pessoa.

O anúncio veio enquanto Biden se reunia com aliados esta semana em apoio à Ucrânia em encontros mantidos durante a cúpula do Grupo das Sete Economias Avançadas (G7) na Alemanha e na reunião anual dos líderes da OTAN em Madri.

Em seu discurso diário no final do domingo, o presidente ucraniano Volodymyr Zelensky renovou seus apelos para que mais armas e sistemas de defesa aérea sejam entregues à Ucrânia e por novas sanções contra a Rússia pelas nações do G7, depois que uma barragem de mísseis russos atingiu alvos em toda a Ucrânia no início do dia.

NASAMS II

“Precisamos de uma defesa aérea poderosa – moderna, totalmente eficaz. O que pode garantir proteção completa contra esses mísseis. Falamos sobre isso todos os dias com nossos parceiros. Já existem alguns acordos. E os parceiros precisam se mover mais rápido se forem realmente parceiros, não observadores”, disse ele.

“Atrasos na transferência de armas para o nosso estado, quaisquer restrições são, na verdade, um convite para a Rússia atacar de novo e de novo.”

Os líderes das potências econômicas do G7 devem comprometer-se a longo prazo no apoio à Ucrânia enquanto se reúnem nos Alpes alemães e conferem novamente por videoconferência com Zelensky.

FONTE: Times of Israel

NOTA DO EDITOR: curiosamente o sistema NASAMS (Norwegian Advanced Surface-to-Air Missile System) aparece na imagem de topo da abertura do blog Forças de Defesa. O sistema foi desenvolvido em parceira pela Kongsberg e pela Raytheon e foi inicialmente baseado no famoso míssil ar-ar AIM-120 AMRAAM. A versão mais atual do NASAMS pode empregar diversos mísseis como o AIM-9X e o AMRAAM-ER.

VEJA TAMBÉM

- Advertisement -

95 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest

95 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Carvalho
Carvalho
1 mês atrás

Esse Biden é f£$% !!!

Last edited 1 mês atrás by Alexandre Galante
Paulo Brics
Reply to  Carvalho
1 mês atrás

Phodástico!

images (12).jpeg
Paulo Brics
Reply to  Paulo Brics
1 mês atrás

.

images (13).jpeg
Carvalho
Carvalho
Reply to  Paulo Brics
1 mês atrás

Roosevelt andava de cadeira de rodas….

Paulo Brics
Reply to  Carvalho
1 mês atrás

…mas era lúcido.

Alzheimer Joe demonstra clara e seguidamente que não apenas suas faculdades motoras mas também suas faculdades cognitivas estão em processo de deterioração….

Alan Santos
Alan Santos
Reply to  Paulo Brics
1 mês atrás

Se ele que é líder da única superpotência mundial está assim , imagina você um abobado com teorias da conspiração… Vai lá faz um curso de inglês te fale com ele

Luis
Luis
Reply to  Paulo Brics
1 mês atrás

O que importa é o que ele faz com a caneta.

binden.jpg
Paulo Brics
Reply to  Luis
1 mês atrás

Considerando o estado de deterioração cognitiva em que ele se encontra, você deveria temer e muito, o que ele pode fazer com a caneta…

Alan Santos
Alan Santos
Reply to  Paulo Brics
1 mês atrás

Mande o putino mafioso gangster voltar ao status quo..aí você e ele terão voz Kingo…

Bosco
Bosco
Reply to  Paulo Brics
1 mês atrás

Ele pode estar em avançado estado de deterioração cognitiva mas quem fez mexda com a caneta foi o Putin.

Slow 🇧🇷
Slow 🇧🇷
Reply to  Luis
1 mês atrás

Ultimamente essa caneta só atrapalha o Brasil … e você defende

Slow 🇧🇷
Slow 🇧🇷
Reply to  Paulo Brics
1 mês atrás

E o Putin que esta morrendo 🤣🤣🤣🤣 alguém arruma um andador pro Biden ..

Jadson S. Cabral
Jadson S. Cabral
Reply to  Slow 🇧🇷
1 mês atrás

Vai lá lamber ele. Como um sujeito perde tempo pra ficar de birrinha defendendo político na internet? E pior, político de outro país ainda.
Ninguém pode falar nada, que sempre tem uma comparação, uma crítica ou uma defesa. É Putin isso, Biden aquilo… pelo amor de deus, toma vergonha na cara.

Last edited 1 mês atrás by Jadson S. Cabral
Slow 🇧🇷
Slow 🇧🇷
Reply to  Jadson S. Cabral
1 mês atrás

Pegou no calo ? Ta se doendo por político ? 🤣🤣🤣 calma flor

Rodrigo
Rodrigo
1 mês atrás

Ih rapa mas e o papo de tudo bem, venda de petróleo e gás a mil, Rússia rica PIB crescendo????

PACRF
PACRF
Reply to  Rodrigo
1 mês atrás

A Rússia é um país que tem sua economia alicerçada no extrativismo e na produção de commodities. Se continuar assim, nunca será um país rico. Não há exemplo de país rico que não tenha passado por um forte processo de industrialização combinado com a produção de bens com alto valor agregado, que não é o caso russo, cujos produtos com alto valor agregado se restringem apenas à equipamentos bélicos.

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
Reply to  PACRF
1 mês atrás

Austrália manda lembranças.

Jefferson Ferreira
Jefferson Ferreira
Reply to  PACRF
1 mês atrás

Arábia Saudita, Catar, Emirados Arabes mandam um abraço…

Nelson Junior
Nelson Junior
Reply to  Jefferson Ferreira
1 mês atrás

Esses países que você citou, tem economia “pujante” em função de terem tanto o oriente quanto o ocidente inteiro como clientes de suas comódites, porém o IRAN por exemplo só tem como opção o Oriente comprando “ilegalmente”, e a economia do IRAN está em frangalhos, assim como a Venezuela que também possui petróleo…
Ou seja, você até pode se dar bem vendendo comódites, mas não se você brigar com a maioria dos “compradores”

Wilson França
Wilson França
Reply to  Jefferson Ferreira
1 mês atrás

Os sheiks podem ser ricos, mas a população não é.

MAURICIO SIQUEIRA
Reply to  Jefferson Ferreira
1 mês atrás

Vc está colocando o tamanho do país tb? o que o peso do que arrecada com o custo que o país enfrenta? Numero de cidades, habitantes, custos da guerra?? É… vc ta bem informado mesmo.

Z Renato Vilhena Z
Z Renato Vilhena Z
Reply to  PACRF
1 mês atrás
Z Renato Vilhena Z
Z Renato Vilhena Z
Reply to  Z Renato Vilhena Z
1 mês atrás

E, embora eu esteja cansado… não custa perguntar: quais são os bens de alto valor agregado que o seu mundo ideológico-politico, os EUA e a Europa, produzem hoje em dia? Há alguma coisa que os EUA ainda produzem? Alguma coisa que a Inglaterra produza? Tipo assim: eu posso citar produtos Gourmet que o ocidente produz, produtos de alto valor, mas que são produtos que realmente não fazem falta no meu dia e dia e nem fazem falta no dia a dia de 99% da humanidade. Por exemplo: eu não serei afetado se eu for proibido de comprar uma bicicleta de… Read more »

Hcosta
Hcosta
Reply to  Z Renato Vilhena Z
1 mês atrás

comment image

Pouca coisa…

Bosco
Bosco
Reply to  Z Renato Vilhena Z
1 mês atrás

Caças, navios, naves espaciais, satélites, mísseis, carros, caminhões, trens…
Os chineses só produzem as bugigangas que o Ocidente não quer produzir porque acha melhor pagar para outro fazer.

Slow 🇧🇷
Slow 🇧🇷
Reply to  Bosco
1 mês atrás

Não quer ou não consegue produzir sem fazer o preço ir lá na put… ? Até o IPhone que você compra é fabricado na China ..

Ai ela fecha e acontece isso por falta de semicondutores ou peças que vem de lá …

https://www.poder360.com.br/economia/volkswagen-da-ferias-coletivas-a-trabalhadores-em-sao-paulo/

Last edited 1 mês atrás by Slow 🇧🇷
Caio
Caio
Reply to  Bosco
1 mês atrás

Bosco esse caminho de fabricantes de itens de baixo valor agregado foi o mesmo do Japão, Coréia dos Sul e Taiwan e hoje eles são muito fortes em tecnologias de ponta.

Francisco
Reply to  PACRF
1 mês atrás

Noruega serve?

Cassini
Cassini
Reply to  PACRF
1 mês atrás

Falou pouco e falou besteira. Esqueceu que várias das tecnologias militares têm aplicações civis e vice-versa? Ou nunca aprendeu?

Mensageiro
Mensageiro
Reply to  Rodrigo
1 mês atrás

Fica só no papo mesmo. Pra nossa felicidade O ocidente tem valores inegociáveis e vai ajudar a Ucrânia a manter a soberania de seu território.

Slow 🇧🇷
Slow 🇧🇷
Reply to  Rodrigo
1 mês atrás

Oque isso tem a ver ?

Material arquivo
Material arquivo
Reply to  Slow 🇧🇷
1 mês atrás

Tudo! O povo russo morrendo na guerra ou voltando mutilado e o Estado russo com sua porcentagem de 0,001% ficando rico com commodities e venda de armas.

Cassini
Cassini
Reply to  Material arquivo
1 mês atrás

Teu comentário se enquadra na Ucrânia, não na Rússia.

Mafix
Mafix
Reply to  Rodrigo
1 mês atrás

Vendem a um valor menor que o de mercado
(me parece que entre 28 a 33 dolares o barril)

PACRF
PACRF
1 mês atrás

Com o contínuo fornecimento de armas para a Ucrânia, a guerra cada vez mais irá se alongar. No frigir dos ovos, quem tiver mais dinheiro ganhará a guerra, ou negociará um cessar-fogo em melhores condições.

Nelson Junior
Nelson Junior
Reply to  PACRF
1 mês atrás

Acredito que a OTAN queira isso mesmo, quanto mais alongar essa guerra, mais enfraquecida a Russia sairá dela… Mesmo antes de invadir, os EUA já avisaram que se houvesse invasão eles a tornariam longa e “desgastante”… E tudo ao meu ver joga contra a Russia, porque os Ucranianos que são os que estão levando a pior nessa história, não tem a opção de se render, pois ficaram sem seu pais e suas casas… Então a unica opção é fazer a Russia quebrar economicamente… E não se enganem, é quase impossível mesmo para Russia confrontar o Ocidente inteiro em uma guerra… Read more »

Slow 🇧🇷
Slow 🇧🇷
Reply to  Nelson Junior
1 mês atrás

“ Russia confrontar o Ocidente inteiro em uma guerra de desgaste caríssima de manter “

Boa assim que ela perder essa guerra de desgaste a Europa e os EUA some junto com a Rússia ..

Muito inteligente essa estratégia, você acha que se ela não tiver mais opções com 7 mil ogivas nucleares ela vai ficar quietinha ?

Jacinto
Jacinto
Reply to  Slow 🇧🇷
1 mês atrás

Não foi o que aconteceu quando a URSS acabou? Ficou quietinha e pronto.

Aladaf
Aladaf
Reply to  PACRF
1 mês atrás

Isso eh o obvio, como jah foi dito aqui inumeras vezes. Quem tem mais dinheiro ganha sempre que a guerra se alonga. A Russia vai “Cruzeirar”.

Bosco
Bosco
Reply to  PACRF
1 mês atrás

O mesmo acontece na Síria. Se a rússia não estivesse “ajudando” a guerra lá já teria acabado.

Slow 🇧🇷
Slow 🇧🇷
Reply to  Bosco
1 mês atrás

A diferença é que a Rússia foi chamada e os EUA tão fazendo oque lá ?

Bosco
Bosco
Reply to  Slow 🇧🇷
1 mês atrás

Mas quem chamou os russos para invadirem a Ucrânia?

Carvalho2008
Carvalho2008
1 mês atrás

Off topic

Quase 50% dos jovens têm interesse em ingressar nas Forças Armadas, revela pesquisa inédita

https://www.bbc.com/portuguese/brasil-61710533.amp

Thiago A.
Thiago A.
Reply to  Carvalho2008
1 mês atrás

Mestre, Não vejo nada particularmente relevante nessa notícia. Não é por vocação ou patriotismo. É mais por falta de opção, um atalho para conquistar benefícios e estabilidade que o setor privado não oferece, não a todos pelo menos, pois é necessário muito mais tempo preparação para conquistar os mesmos benefícios no setor privado. “estudo mostra que os jovens não procuram carreiras militares para serem felizes profissionalmente, mas por enxergarem nessa escolha um caminho para fugir da pobreza, garantir o próprio sustento e ter um emprego vitalício, diante de um cenário de poucas oportunidades.” Perguntem quantos jovens querem expatriar na ilusão… Read more »

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
Reply to  Carvalho2008
1 mês atrás

Claro, quem não quer ganhar bem, ter estabilidade, tomar Stella Artois, comer picanha e pudim sem trabalhar? Além do mais só o serviço público que tem emprego mesmo, o resto está estagnado faz tempos. Por isso vemos atitudes grotescas por parte da polícia, por exemplo, um bando de desocupados querendo mamata, não dão um prego numa barra de sabão e entram para ganhar bem sem trabalhar, acaba entrando qualquer um, sem disciplina e conhecimento, pois o esforço deles é só na hora da prova do concurso.

Bosco
Bosco
Reply to  Inimigo do Estado
1 mês atrás

A picanha deles não é com o seu dinheiro já que é um sonegador confesso.

Paulo Brics
Reply to  Bosco
1 mês atrás

É com o dinheiro dele e de todos pois tudo que se compra tem impostos embutidos, e na sua maioria em porcentagens exorbitantes.

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
Reply to  Paulo Brics
1 mês atrás

Valeu Paulo, botou o especialista de baladeira no lugar dele.

Bosco
Bosco
Reply to  Inimigo do Estado
1 mês atrás

Mas não tirou vc da fossa onde se encontra em sendo sonegador confesso e socialista de araque?

Francisco
Reply to  Bosco
1 mês atrás

Caro Bosco a fossa tem uma “função nobre” não a nivele por baixo.

Bosco
Bosco
Reply to  Inimigo do Estado
1 mês atrás

Mas não tirou vc da fossa onde se encontra em sendo sonegador confesso e socialista de araque?

Last edited 1 mês atrás by Bosco Jr
Francisco
Reply to  Inimigo do Estado
1 mês atrás

Só se for para você que está estagnado, estou precisando de funcionários e não está fácil contratar, para quem realmente quer trabalhar não está faltando não, já para aqueles que só desejam receber vão ter que continuar nos bolsas da vida mesmo.

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
Reply to  Francisco
1 mês atrás

Falar até papagaio fala, quero ver números. Palavras não tem valor, números sim.

Last edited 1 mês atrás by Inimigo do Estado
Francisco
Reply to  Inimigo do Estado
1 mês atrás

Fica reclamando e invejando aí aqueles que produzem quem sabe melhora para você, tanto eu quanto boa parte de amigos e conhecidos que possuem negócios estamos caminhando razoavelmente bem sim, dificuldades é óbvio que existem mas graças a dedicação e emprenho as coisas estão seguindo bem sim, principalmente se for levar em conta o atual contexto mundial, agora aqueles que só sabem reclamar geralmente é porque querem tudo de mão beijada, aí como já falei fica esperando os bolsas da vida quem sabe melhora, mas lhe adianto vai ser difícil.

Nilo
Nilo
Reply to  Carvalho2008
1 mês atrás

O jovem soldado: “A minha questão principal foi a financeira. Embora um soldado ou cabo não ganhe muito bem, é um dinheiro certinho. Se eu tiver que financiar um carro ou casa, os bancos me dão essa facilidade por eu ter um trabalho vitalício”, …
Congratulações mestre Carvalho2008

Mensageiro
Mensageiro
1 mês atrás

Ucrânia pode se tornar numa nova Israel. Rússia criou um inimigo que vai ter toda a sua economia voltada para armas na Europa. Em alguns anos a Ucrânia será um dos maiores polo da indústria de defesa, principalmente antiaérea do mundo. A dificuldade molda a nação. Alguém duvida??
Eles já tem armas avançadas de todos os tipos, vão meter uma engenharia reversa e fabricar semelhantes e melhores.

Last edited 1 mês atrás by Mensageiro
Sagaz
Sagaz
Reply to  Mensageiro
1 mês atrás

Um conhecido fala que o impulso para o desenvolvimento de uma nação são: Guerra e frio.

T.H
T.H
Reply to  Mensageiro
1 mês atrás

“vão meter uma engenharia reversa e fabricar semelhantes e melhores”, de fato há aqueles que acham, em sua ilusão infundada, que tudo nesta seara tecnológica se resume a simples “engenharia reversa”, caso assim fosse, o mundo inteiro produziria microchips/semicondutores, bastando apenas, “engenharia reversa”…

Last edited 1 mês atrás by T.H
O Chato
O Chato
Reply to  T.H
1 mês atrás

A Ucrânia já tinha uma indústria militar forte, herdada dos tempos de União Soviética. Independentemente das perdas de território, se conseguirem investir e não sofrerem restrições a suprimentos ocidentais, podem sim virar uma nova “Israel” no sentido utilizado pelo usuário “Mensageiro”. Só não concordo muito com a parte que fala em fabricação de material “melhor”, pois não é possível ter certezas sobre isso. Também não creio que engenharia reversa venha a ter algum papel relevante, pois certamente não irão querer conflitos com países do ocidente enquanto dependentes de ajuda e candidatos à entrada na UE (e potencialmente na OTAN, uma… Read more »

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Mensageiro
1 mês atrás

“Em alguns anos” kkkkk

Cara, o país está completamente destruído, precisará de dezenas de bilhões de dólares para reconstruir sua infraestrutura e você está achando que eles vão investir em armas?

Cassini
Cassini
Reply to  Mensageiro
1 mês atrás

Se a Ucrânia existir até lá. Perderam o parque industrial, estão perdendo terras cultiváveis e talvez percam saída para o mar, êxodo populacional (15% já emigraram do país) e os homens jovens estão morrendo aos montes nos combates.

A Ucrânia será jogada num buraco do qual não conseguirá sair.

Mafix
Mafix
1 mês atrás

O sistema nem foi entregue e logo chegam os bots falando que ja foi capturado e destruido ao mesmo tempo…

No ExAto MOmeNtO quE eNTRar na UcraNeiA….

Wellington Jr
Wellington Jr
1 mês atrás

Um belíssimo sistema de defesa, se confirmado a entrega de sistemas suficientes para proporcionar uma defesa de medio e longo alcance substancial, ou seja, mais que 4 ou 6 sistemas, pode fornecer ao menos uma defesa AA para áreas civis e importantes para os Ucranianos. Não digo que é uma arma que muda guerras, pois tudo é a soma de quantidade, qualidade e operador, mas pode sim ajudar a aumentar a proteção do espaço aéreo Ucraniano.

Paulo Brics
1 mês atrás

Noticia da agência francesa AFP:

“No sábado, os militares ucranianos  relataram um “ataque russo maciço com mais de 50 mísseis de vários tipos lançados do ar, mar e terra” na noite anterior vindos de Belarus. O corpo armado enfatizou que o X-22, Onyx e Iskander eram “extremamente difíceis” de interceptar com dispositivos  ucranianos.”

Estes NASAMs vão dar um caldinho mas não se empolguem otanbots, será por curto tempo até serem convertidos em esculturas de arte abstrata retorcida. É tendência do momento…

Carvalho
Carvalho
Reply to  Paulo Brics
1 mês atrás

Acertaram um shopping e um jardim de infância….

Paulo Brics
Reply to  Carvalho
1 mês atrás

Ambos usados para estocar armamentos, como a própria população da Ucrânia vem denunciando a tempos. Há vídeos mostrando isto.

Quando Israel bombardeia Gaza e matar civis palestinos, vocês dizem que a culpa é do hamas que os usa como escudos.
O que você acha do exército ucraniano usando seu povo como escudo ?

Rodrigo
Rodrigo
Reply to  Paulo Brics
1 mês atrás

Iguais os carros de combates russos destruídos que estão sendo exibidos nas praças em Kiev? kkk

Paulo Brics
Reply to  Rodrigo
1 mês atrás

Igual não otanbot, os carros russos destruidos são velharias que eles decidiram gastar. Os T-90 e a maior parte dos T-80 ainda estão no back up.
E estas coisas que os russos estão destroçando são o melhor da tecnologia ocidental. kkk

O phodastico M777 transformado em arte pós moderna por um drone russo:

m777_howi_1652962420.jpg
Nelson Junior
Nelson Junior
Reply to  Paulo Brics
1 mês atrás

Ixxx

faustao-mostrou-que-nem-sempre-quem-sabe-faz-ao-vivo-1515582826765_300x200.jpg
RDX
RDX
1 mês atrás

A dupla NASAMS e IRIS-T SLM é perfeita para substituir porcarias soviéticas/russas Osa, Kub, Buk, Neva/Pechora e Tor.

A miscelânea de manpads ocidentais já substituiu os Strela e Igla.

Agora só falta um SAM de longo alcance para substituir o S300.

Plinio Jr
Plinio Jr
Reply to  RDX
1 mês atrás

Estão rolando rumores em torno do Patriot….

bjj
bjj
1 mês atrás

O interessante sobre esse sistema é a possibilidade de usar mísseis guiados passivamente (infravermelho) em conjunto com o sistema óptico da bateria, também passivo. Teoricamente, pelo menos em tempo bom, deve permitir engajamentos totalmente passivos, sem nenhum alerta ao avião engajado. Se tiver um MAWS, ainda pode detectar o míssil se aproximando na fase terminal, mas se não tiver, vai ser pego totalmente de surpresa.

Neural
Neural
Reply to  bjj
1 mês atrás

Mickeyboys chorando em 3,2,1

100nick-Elã
100nick-Elã
1 mês atrás

Agora vai! Força Ucrânia! Por que se preocupam tanto com a Rússia se ela já se mostrou tão fraquinha? não entendo isso…

Aladaf
Aladaf
1 mês atrás

Ai ai…Quem vai anunciar a capitulacao da Russia eh o Marcio Braga (essa eh pra quem tem referencia): “Acabou o dinheiro!”

Nemo
Nemo
1 mês atrás

O NASAMS é um bom sistema oriundo de una parceria Noruega/EUA. Minha dúvida é: o que será entregue para a Ucrânia já está pronto? É um sistema usado? Ou ainda será montado? Alguém viu alguma coisa coisa respeito?

Satyricon
Satyricon
1 mês atrás

Ea lista de equipamentos em doação só aumenta, dia após dia. Só lembrando que a maioria dos negócios em uma guerra são secretos. Então, se estão divulgando isso, é porque a realidade é bem maior.
Não demora e veremos caças ocidentais batendo de frente com os russos. Vai ser um espetáculo.
E assim o aparato bélico militar da Rússia vai sendo desmontado, parafuso por parafuso, rublo por rublo. Não há a menor chance de escaparem da arapuca que criaram para si mesmos.
Patético.

Bosco
Bosco
1 mês atrás

Só uma pequena correção, aliás, duas:
O NASAMS quanto comercializado para outros países recebe o nome de National Advanced Surface-to-Air Missile System, trocando o Norweguian pelo National.
Também um adendo, além dos mísseis citados: AIM-120C, AIM-120D, AIM-9X e SLAMRAAM-ER , o sistema é compatível também com o ESSM com 50 km de alcance , mas aí ele tem que adotar o radar de iluminação MPQ-57. comment image

Jadson S. Cabral
Jadson S. Cabral
1 mês atrás

Curioso que os EUA são o pais que não compra um parafuso estrangeiro se esse puder ser fabricado nacionalmente. Mas em alguns raros casos, eles comprar sim e esse sistema, que faz inclusive a segurança da Casa Branca é ainda mais curioso. O sistema que defende a estrutura mais importante do país é norueguês e não americano??? Curioso.

George
George
Reply to  Jadson S. Cabral
1 mês atrás

Curiosamente o sistema é da… Raytheon! Que curiosamente é… americana!

Bosco
Bosco
Reply to  Jadson S. Cabral
1 mês atrás

Jadson
Esse sistema foi feito por encomenda da Noruega para os EUA dentro de uma parceria e tem alguns componentes locais, mas o grosso é americano, como radar, lançadores, mísseis, posto de comando, etc.

diogocld
diogocld
1 mês atrás

Esse sistema é muito móvel? Do contrário corre o risco de se tornar um alvo fácil para os russos. As imagens da matéria dão a entender que não tanto, já que não parecem estar montados em veículos. Pelo ou menos é a minha impressão de leigo. Além disso, qual o seu alcance? De todo modo, sendo ele móvel, será uma briga de gato e rato.

Saudações.

Bosco
Bosco
Reply to  diogocld
1 mês atrás

Na guerra de alta intensidade atual não adianta ser móvel. No passado, uma bateria de mísseis sup-ar dentro do território inimigo só poderia ser descoberta por aviões de reconhecimento tripulados e por satélites de reconhecimento fotográfico primitivos. De posse dessas informações se planejava uma missão de neutralização dessa bateria com aeronaves dotadas de mísseis antirradar e bombas burras. A resposta a isso foi fazer as baterias móveis, montadas sobre caminhões e facilmente relocáveis já que o atacante não tinha certeza da posição da bateria e isso complicava o planejamento da missão. Hoje, a aquisição das baterias por aeronaves é feita… Read more »

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
Reply to  Bosco
1 mês atrás

“não adianta ele ser móvel”

Adianta sim, menor probabilidade de ser destruído com facilidade, ou isto não consta no teu catálogo de baladeiras? Desligou o radar da bateria menor a probabilidade de ser localizado.

Bosco
Bosco
Reply to  Inimigo do Estado
1 mês atrás

Eu realmente entrei na sua cabeça de camarão, né “40 países” Rsss
Claramente a coisa ficou pessoal. Eu estou adorando…

diogocld
diogocld
Reply to  Bosco
1 mês atrás

Interessante, não imaginava que fosse assim. Pensava que a mobilidade ainda era um fator relevante. Diante do que vc expôs, como você acha que esse sistema deveria ser usado, Bosco? Francamente, com meu conhecimento limitado, não consigo imaginar um equipamento desses ser usado estaticamente, protegendo Kiyv, por ex., ainda mais em uma guerra em que seu usuário está claramente em desvantagens em vários aspectos. Talvez fique próximo à fronteira ocidental cobrindo as rotas de entrega dos equipamentos ocidentais ou bases aéreas ainda operantes.
Saudações!

Bosco
Bosco
Reply to  diogocld
1 mês atrás

Vá reclamar com o fabricante do NASAMS ou do Iron Dome, não comigo.

Bosco
Bosco
Reply to  Bosco
1 mês atrás

Diogocid,
Perdão! Não enderecei esse comentário a você e sim ao Slow.

Bosco
Bosco
Reply to  diogocld
1 mês atrás

Diogocid, O Pantsir é sobre rodas e vive sendo explodido por aí. O BUK , idem. A melhor opção dos russos contra esse sistemas é utilizar a aviação, coisa que os russos não parecem estar fazendo. Estão atacando com mísseis de longo alcance. E eu sinceramente tenho dúvidas se os caças russos têm radar com capacidade SAR Outra opção seria utilizar drones, mas eles entrariam no raio de ação do sistema já que utilizam sistemas eletroópticos de alcance menor que um radar SAR. Os satélites de reconhecimento fotográfico russos são cronometrados e o lançador pode ser relocado facilmente de tempos… Read more »

diogocld
diogocld
Reply to  Bosco
1 mês atrás

Caro Bosco,
Obrigado pela resposta. Em resumo, a eficiência da mobilidade dependeria das capacidades do seu inimigo de neutralizá-la e dos meios empregados por este. Então, a depender da real situação russa na guerra e disposição para tanto, há um sério risco desse sistema ser facilmente neutralizado. Se, por exemplo, os estoques russos de mísseis de cruzeiro, supersônicos, hipersônicos etc não estiverem se esgotando como parece crer o ocidente, esse sistema de defesa poderá ser rapidamente destruído por um ataque de saturação.
Saudações.

Slow 🇧🇷
Slow 🇧🇷
Reply to  Bosco
1 mês atrás

“ Na guerra de alta intensidade atual não adianta ser móvel “

Eu não li isso ..

bjj
bjj
Reply to  Bosco
1 mês atrás

Bosco Discordo quanto a mobilidade não ser mais tão relevante. Como você disse, hoje os caças podem detectar e rastrear de forma independente os sistemas de defesa antiaérea, mas isso não significa que eles estarão automaticamente aptos a neutralizá-los. Para que isso seja feito, é necessário que eles estejam equipados com armas adequadas e em quantidades adequadas para as missões SEAD, o que obviamente não ocorre 100% do tempo. Nós bem sabemos que a defesa AA evoluiu muito. Antigamente um ou dois mísseis antirradiação eram suficientes para destruir sistemas AA legados, cuja principal limitação era a impossibilidade de engajar múltiplos… Read more »

Bosco
Bosco
Reply to  bjj
1 mês atrás

Bjj, Tem que ver o contexto. Eu me refiro a guerra de alta intensidade entre países avançados tecnologicamente. Não sei se é esse o caso da rússia. Os americanos possuem hoje mais de 1000 caças com radares AESA com capacidade SAR (abertura sintética). Dentro desse contexto não adianta muito se o lançador ou o radar é relocável ou mesmo se está em movimento. Na década de 60 as informações de posição advindas de satélites de reconhecimento fotográfico levavam mais de 3 dias. Os aviões de reconhecimento levavam filmes fotográficos que tinham que ser revelados e analisados. Hoje, tudo é em… Read more »

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
1 mês atrás

Oxe, oxe, por que não mandam o Patota, ops, Patriot? Ah sim, se até o Irã consegue vazar o Patriot, com seus buscapés como dizia o especialista de baladeira, imagine os mísseis russos.

Últimas Notícias

Brasil e Coreia do Sul fecham acordo para produção de semicondutores da Samsung no país

O Brasil e a Coreia do Sul estão fechando acordos para a construção de uma fábrica de chips semicondutores...
Parceiro

- Advertisement -
- Advertisement -