terça-feira, agosto 16, 2022

Saab RBS 70NG

França enviará VAB e mais CAESAR para a Ucrânia

Destaques

Guilherme Poggio
Guilherme Poggiohttp://www.forte.jor.br
Editor da Revista Forças de Defesa

Promessa mantida. A França enviará “quantidades significativas” de veículos blindados para a Ucrânia, anunciou o ministro francês das Forças Armadas, Sébastien Lecornu, em entrevista publicada na noite de segunda-feira, 27 de junho. “Para se mover rapidamente em áreas sob fogo inimigo, os exércitos precisam de veículos blindados “, disse o novo ministro em entrevista ao Parisien-Aujourd’hui en France e postado no site do diário.

Trata-se de um reforço adicional que havia sido anunciado por Emmanuel Macron em 16 de junho durante sua visita a Kiev, cuja data de entrega permanece desconhecida. O Chefe de Estado garantiu então que “a Ucrânia pode contar conosco” . Nesta segunda-feira, os líderes do G7 reafirmaram seu apoio a Kiev, prometendo “continuar a fornecer apoio financeiro, humanitário, militar e diplomático” à Ucrânia “pelo tempo que for necessário”.

A França vai, portanto, “entregar, em quantidades significativas, veículos de transporte de tropas sobre rodas deste tipo, VAB (Veículos Avançados Blindados)” , explica Sébastien Lecornu, que também confirma o envio para a Ucrânia de seis canhões César adicionais, carro-chefe da artilharia francesa, além dos doze já implantados contra os russos.

Quanto à entrega de mísseis anti-navio, solicitada por Kiev para “abrir brechas no bloqueio marítimo imposto pela Rússia e que priva muitos países de entregas de cereais e matérias-primas” , esta “faz parte dos processos examinados”, acrescentou o ministro, sem dar mais detalhes. Desde o início da ofensiva militar lançada por Moscou na Ucrânia em 24 de fevereiro, Paris já entregou a Kyiv, além de canhões César, mísseis antitanque Milan e até mísseis antiaéreos Mistral.

Em meados de abril, Florence Parly, então ministra das Forças Armadas, havia estimado em mais de cem milhões de euros o equipamento militar entregue pela França à Ucrânia.

FONTE: TF1 Info

- Advertisement -

10 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest

10 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
RPiletti
RPiletti
1 mês atrás

100 milhões de euros são troco de padaria se comparado aos custos que os EUA assumiram perante a Ucrânia…

Jean Jardino
Reply to  RPiletti
1 mês atrás

E o Kiko?

George
George
Reply to  Jean Jardino
1 mês atrás

Esse virou general e saiu da reserva para ajudar o Putin a ganhar a guerra. Eu era o seu Barriga?

Antunes 1980
Antunes 1980
1 mês atrás

A França tem feito a sua parte no apoio a Ucrânia.

São equipamentos excedentes, porém contra uma força pra lá de obsoleta, tem feito a diferença em alguns cenários.

RDX
RDX
Reply to  Antunes 1980
1 mês atrás

Estranhamente os franceses ainda não forneceram AMX10RC e ERC-90. Ambos estão sendo substituídos pelo Jaguar.

Paulo Brics
1 mês atrás

“quantidades significativas” já virou piada pronta.

Na verdade os governos dos países que estão enviando armamentos à Ucrânia não estão preocupados com o calote que receberão porque os prejuízos são dos contribuintes, enquanto que os lucros das indústrias de armas e seus lobistas estão garantidos.

E a maior parte daqueles 52 bilhões dos eua, aprovados a toque de caixa e sem quaisquer critérios de fiscalização, será empregado em lavagem de dinheiro que retornará aos bolsos de muitos políticos estadunidenses, e bem a tempo das eleições. Esta é a jogada.

Oráculo
Oráculo
1 mês atrás

O CAESAR vai vender feito água depois dessa guerra. Aliás até seus concorrentes vão faturar uma boa grana. Já os VAB são antigos mas ainda muito úteis. Alias esse pessoal que só critica o uso de veículos antigos pelos dois lados da guerra da Ucrânia deveria parar de “Super Trunfo” e analisar a realidade de uma batalha dura como essa do Donbass. Num front de mais de mil quilômetros pode saber que todo tipo de blindado, de canhão ou veículo militar tem muita utilidade. Os M113, T64, VAB, etc. podem ser antigos, mas ainda ajudam e muito o exército dos… Read more »

Ivan
Ivan
Reply to  Oráculo
1 mês atrás

“Na guerra cada um se vira como pode. Matando o inimigo, tá valendo.”
.
Tem toda a razão.
Há 4 (quatro) décadas passadas, um experiente 1° Sargento de Infantaria
me falou a mesma coisa, com outras palavras…
.
Forte abraço,
Ivan.

Régis
Régis
1 mês atrás

Por falar em veículos, alguém sabe algo sobre os carros LMV capturados pelos ucranianos? Eles tinham uma camuflagem similar a do EB.

Heinz
Heinz
Reply to  Régis
1 mês atrás

Eles elogiaram bastante o veículo, inclusive instalaram uma M2 .50 na torre.
Ficou muito irado, eles também capturaram veículos tigers russos, eles também elogiaram o veículo.

Últimas Notícias

Primeiro dia de atividades operacionais do Exercício Core 22

Louisiana (EUA) – Na madrugada de 12 para 13 de agosto, a Companhia CORE realizou os preparativos para o...
Parceiro

- Advertisement -
- Advertisement -