quarta-feira, outubro 5, 2022

Saab RBS 70NG

WW – Edição especial | A Ucrânia consegue virar a guerra?

Destaques

Redação Forças de Defesa
Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

Assista ao programa WW de domingo, 18 de setembro de 2022, apresentado por William Waack, na CNN Brasil.

O tema deste programa é: “A Ucrânia consegue virar a guerra?”.

O programa conta com a participação de Vitelio Brustolin – professor de Relações Internacionais da UFF, Gunther Rudzit – professor colaborador da Universidade da Força Aérea (UNIFA) e o especialista em assuntos militares, coronel do Exército Brasileiro  Alessandro Visacro.

 

- Advertisement -

270 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest

270 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
GFC_RJ
15 dias atrás

Achei que ia ter a participação do “irmão do Poggio”.

Guilherme Poggio
Reply to  GFC_RJ
15 dias atrás

GFC_RJ, ele anda bem ocupado no momento. E por esse motivo diminuiu as participações na TV/rádio.

mac
mac
Reply to  GFC_RJ
13 dias atrás

Desculpem a ignorância, mas a quem vocês se referem?

Victor Filipe
Victor Filipe
15 dias atrás

Alias, A Ucrânia capturou um T-90M zero km.

Heinz
Heinz
Reply to  Victor Filipe
15 dias atrás

E um veículo de comando e observação 1v1003, sistema automatizado de controle de fogo e artilharia, muito moderno.
Já passou do tempo o argumento de que os russos só estavam usando velharia na frente de combate, estão usando todas as suas armas modernas.

LUIZ
LUIZ
Reply to  Heinz
15 dias atrás

A Rússia tem um estoque enorme da herança soviética. So que pra guerra moderna das armas antitanques se transformaram em panelas de pressão e caixão de ferro. Vi um video de um tanque russo ainda inteiro e funcionando depois de ser atingido pelo disparo de uma arma antitanques.

Agressor's
Agressor's
15 dias atrás

A Ucrânia(Assim como o nosso país) nunca, será um país independente, uma coisa é a Polônia conseguir tal feito, outro é a Ucrânia reclamar tal glória, sem nunca se quer ter uma identidade própria.

A ofensiva russa contra a “Ucrânia” não é uma postura agressiva e sim defensiva, assim como a estratégia de defesa de Israel é atacar preventivamente, a estratégia da Rússia é a manutenção de um vasto espaço de seus centros vitais uma vez que não há barreiras físicas para garantir a segurança da Rússia…

Last edited 15 dias atrás by Agressor's
Monarquista
Monarquista
Reply to  Agressor's
15 dias atrás

Essa me derrubou os butiá dos bolsos kkkkkkkkkk.

Daí toma a Ucrânia, e fica mais perto ainda da Otan, e agora com Finlândia do ladinho mais perto ainda que a própria Ucrânia.

Nem vocês acreditam nessa lorota que vocês contam.

Felipe Morais
Felipe Morais
Reply to  Agressor's
15 dias atrás

Um forte fenômeno a contribuir para a criação da identidade de um povo é a convergência de forças para combater um poderoso inimigo externo.
Mesmo que sua hipótese fosse verdadeira antes do início dos conflitos, estes, com certeza, terão papel fundamental no sentimento de pertencimento da sociedade ucraniana.

Mas um resultado negativo dessa agressão desastrosa ao povo ucraniano.

rui mendes
rui mendes
Reply to  Agressor's
15 dias atrás

Sem mais comentários, não vale a pena, explicar algo a fanáticos de ditadores, é chover no molhado.
Só dizer, a Rússia que respeite as fronteiras dos seus vizinhos, que ninguém incomodará a Rússia.
Agora invadir os vizinhos, e inventar loucas razões, só os loucos os podem defender.

LUIZ
LUIZ
Reply to  rui mendes
14 dias atrás

Democracia so existe nesse seu mundinho da Disney,Hollywood,007 e da Torre Eifel. Até os EUA é uma ditadura quando impõe seus interesses políticos,econômicos e militares. Porquê patrocina golpes de estado se eles se intitulam bastiões da liberdade e democracia? Kd a liberdade econômica tão pregada por eles? Estão na Síria ilegalmente roubando petróleo e financiando grupos extremistas pra derrubar governos. Muitos deles foram enviados pra Ucrânia. Democracia é um engodo propagado pelo ocidente. Não conseguiram emplacar o Navalyn na Rússia e nem o Guiadó na Venezuela. Não conseguiram na Síria por interferência russa como fizeram no Iraque e na Líbia.… Read more »

Red Pill - 红色药丸
Red Pill - 红色药丸
Reply to  rui mendes
14 dias atrás

Umm, deixa eu ver… a Europa já invadiu a Rússia duas vezes, mas mesmo assim a Rússia deve acreditar que a Europa nunca mais a incomodará…

leonidas
leonidas
Reply to  Agressor's
15 dias atrás

Eu fico estarrecido com a incapacidade das pessoas de analisar fatos sem paixões pessoais. É óbvio que em um mundo ideal uma nação jamais poderia usar a força militar para invadir outra, mas não estamos e jamais estaremos ou houve algum dia na face da terra este tal mundo ideal. A realidade na qual TODOS os adultos deveriam se pautar quando o assunto é relações internacionais é bem simples, chora menos quem pode mais e ponto final. Dentro deste jogo perverso é simplesmente uma questão estratégica para o Brasil que a Rússia não seja derrotada nesta guerra. As razões deveriam… Read more »

Red Pill - 红色药丸
Red Pill - 红色药丸
Reply to  leonidas
14 dias atrás

Perfeito.

Sulamericano
Sulamericano
Reply to  leonidas
14 dias atrás

Sigo o relator.

Henrique
Henrique
Reply to  leonidas
14 dias atrás

Bem colocado Leonidas, não há santos no tabuleiro geopolítico. A Rússia tentou dar um recado direto à provocação articulada pelos EUA e Otan tentando aplicar uma “vitória relâmpago”, ao estilo Georgia, na Ucrânia com o mínimo de baixas possíveis nos primeiros dias de conflito, porém mostrou que a incompetência e “desleixo” do comando de suas FAs e agências de inteligência levassem aquele país a uma humilhação histórica, mesmo com toda a destruição que infringiram até o momento à Ucrânia. Mesmo que uma parte significante dos ucranianos não gostassem do seu presidente.. agora é uma questão de honra defenderem seu país… Read more »

Bosco
Bosco
Reply to  leonidas
14 dias atrás

Leonidas, Tenha dó! Pare com esses arroubos de virtuosismo tentando ganhar no grito. Claramente sua visão e enviesada e pró-Rússia. Você vê como natural a Rússia mafiosa anexar um país soberano mas parece suplicar que compremos a narrativa russa por conta do perigo da Amazônia ser … anexada. Ora! Afinal, você é a favor ou não que países sejam invadiso e anexados e que após se façam referendos como forma de legitimar tal anexação? E você de forma completamente atabalhoada vê apenas virtudes nos russos e vê os americanos como os manipuladores e perversos oprimindo a pacata , desinteressada e… Read more »

leonidas
leonidas
Reply to  Bosco
13 dias atrás

Serio que vc ainda acha que nesta questão estou escondendo o fato de ser pró Rússia? rsrsrsr Caso não tenha notado eu mesmo disse isso no mesmo texto que aparentemente você leu com o mesmo discernimento que esta usando para reduzir um assunto sério a super trunfo bosco…rs Caso (parte II) vc não tenha lido o texto ou tenha feito do jeito tosco que as pessoas analisam estes fatos, vou desenhar para você que NÃO EXISTE LOGICA quando o assunto seja geopolítica no sentido de vc procurar agir de forma igual para assuntos em situações aparentemente idênticas (SQN rs) A… Read more »

Leo Rezende
Leo Rezende
Reply to  leonidas
11 dias atrás

Me lembrou Chamberlain. Acredito que ele concordaria com quase tudo que vc escreveu. Ele negociou com um tirano o que deveria ser inegociável,na esperança de que isso teria um fim e seu amado império seria deixado em paz. Deu no que deu. E lembremos que logo antes da queda da França em ’40,o poderio militar combinado de ingleses,franceses e demais aliados na europa ocidental era beeeem superior,ao menos em números,aos da Wehrmacht. Mas Ardenas e a blitzkrieg,surpresa e choque,decidiram a guerra da França. Se Chamberlain não tivesse abaixado as calças pro cabo,exibindo um papel que não serviria nem pra aproveitar… Read more »

Marcelo
Marcelo
Reply to  Agressor's
15 dias atrás

Só falta combinar com a Ucrânia.

Agressor's
Agressor's
Reply to  Marcelo
15 dias atrás

“Militarmente a Rússia não pode ser derrotada, se tentarmos levaremos o mundo a terceira guerra mundial”, Gregory Gisy(Politico Alemão). E eu concordo plenamente! Se a própria Ucrânia se libertasse da corrupção profunda quem sabe deixava de ser o país mais pobre da Europa e assim tiraria um grande fardo do mundo, principalmente da Europa. Sem condições de Ucrânia se comparar a Rússia, nem merece qualquer tentativa lógica de comparação…

Last edited 15 dias atrás by Agressor's
mac
mac
Reply to  Agressor's
14 dias atrás

O país mais corrupto da Europa é a Rússia, fato conhecido por todos, exceto os “putinzetes”…
Herança do “socialismo real”.

Last edited 14 dias atrás by mac
Jack
Jack
Reply to  Marcelo
14 dias atrás

Lembrando que não é Rússia x Ucrânia! E sim Rússia x OTAN…concordo com você, essa guerra vai custar caro para a Rússia.

Henrique
Henrique
Reply to  Agressor's
15 dias atrás

A ofensiva russa contra a “Ucrânia” não é uma postura agressiva e sim defensiva,

KKKKKKKKKKKKK ahhhtábom que é kkkkk
.
Tem vídeo do Putin falando que quer retomar todos os territórios da época de império e cara me mete essa de “defensiva”

Leo Rezende
Leo Rezende
Reply to  Agressor's
15 dias atrás

Vc aparenta desconhecer totalmente a História,deveria se informar melhor p não passar (mais) vergonha.
Até pra falar mal,tem que saber do que se fala,pra não escrever besteiras como vc fez.
Kiev é SETECENTOS ANOS mais antiga que Moscou,que aliás, foi vassala do Rus Kiev por séculos!
Aí, vc vem aqui e escreve que a Ucrânia não foi e não será independente,que não tem identidade própria? Vai dormir…

leonidas
leonidas
Reply to  Leo Rezende
14 dias atrás

Ué, rs Ser mais antiga como povo não significa ser estado ou ter condições geopoliticas de se impor e muito menos ter sua condição como estado estabelecida. Vc também deveria estudar mais história par anão ficar passando vergonha colega…rs Os curdos são um povo bem mais antigo que o assim denominado RUS de Kiev e nem por isso são reconhecidos como estado. Ser um povo não é a mesma coisa que ser um estado, a Ucrânia como estado jamais existiu antes de 1991, recebeu a Crimeia para ser administrada por Krushev no âmbito da URSS onde não havia ucranianos ou… Read more »

Bosco
Bosco
Reply to  leonidas
14 dias atrás

Se a geopolítica lida com ESTADOS a Ucrânia é considerada um Estado pela ONU, pela comunidade internacional e inclusive pela Rússia , portanto, essa sua “aula” de história é inócua.

Last edited 14 dias atrás by Bosco Jr
leonidas
leonidas
Reply to  Bosco
13 dias atrás

Serio que a ONU reconhece a Ucrânia como estado?
kkkkkkkkk
Valew pela lembrança Bosco, não tinha conhecimento disso… rsrsrsrsrsr
Obs:Não é minha aula, é só os fatos históricos…rs

Leo Rezende
Leo Rezende
Reply to  leonidas
11 dias atrás

Vc desconhece ou mesmo propositalmente ignora a História dos povos Rus. Rus Kyiv foi simplesmente o PRIMEIRO Estado eslavo oriental da História. E mesmo após inúmeras idas e vindas,desde ’91 a Ucrânia é um Estado soberano reconhecido pela ONU. Entenda,nada do que diga poderá justificar moral ou legamente a invasão russa da Ucrânia. Ah,não misture alhos e bugalhos,curdos NUNCA formaram um Estado,são um grupo étnico beeeem diversificado,que em comum tem a sua origem no Curdistão,que é somente o nome de uma região. E outra,o registro de ocupação humana cujos descendentes são os atuais UCRANIANOS na região da ATUAL Ucrânia,remonta há… Read more »

Pedro
Pedro
Reply to  Agressor's
15 dias atrás

Ofensiva defensiva…kkkkk..essa é nova

Jose
Jose
Reply to  Agressor's
15 dias atrás

Sem querer polemizar muito, respeito a sua opinião. A visão de que a Russia assume uma postura ofensiva contra a NATO para evitar sua expansão poderia ser válida, há entretanto neste momento uma força de invasão russa em territórios soberanos ucranianos a executar uma ofensiva contra a infraestrutura civil e militar de cidades ucranianas acompanhada de um esforço para anexar ou entregar territórios a grupos marionete, há desde 2014 a ocupação da Criméia, e isso não é um ataque preventivo, é uma invasão. Afirmo respeitosamente que no contexto das suas afirmações, o oposto de agressiva é passiva e o antônimo… Read more »

Rui Chapéu
Rui Chapéu
15 dias atrás

Como assim virar a guerra???

A Russia nunca entrou muito pra dentro do território ucraniano, não consegue dominar esse país que é do tamanho de Minas Gerais.

Era pra ter o segundo maior exército do mundo, segunda melhor e maior aviação….

E tão lá levando um pau lascado.

Eles só tomaram um pequeno território que logo mais vai ser recuperado.

Só causaram desgraça pros civis ucranianos esses bandidos.

Slow
Slow
Reply to  Rui Chapéu
15 dias atrás

“ não consegue dominar esse país que é do tamanho de Minas Gerais. “

5CEDE57D-21EF-42C1-8D8E-475B2C056002.jpeg
Monarquista
Monarquista
Reply to  Slow
15 dias atrás

Por isso quem tem mojo é os States. Fora 2 ou paisescos ditatoriais, quem pode se alia aos americanos e foge da falida Rússia.

Monarquista
Monarquista
Reply to  Monarquista
15 dias atrás

2 ou 3 paisecos*

Slow
Slow
Reply to  Monarquista
15 dias atrás

“ Se alia “

Nada que uma pressão diplomática não resolva ..

Rússia falida está bancando uma “guerra” na Ucrânia, Síria e sanções de vários países ..

E a Europa “ rica “ vai ser obrigada a racionar energia kkkkkkkkkkk ..

Oque é ser falido pra você ?

Felipe Morais
Felipe Morais
Reply to  Slow
15 dias atrás

Parece que os armênios estão favoráveis a essa “pressão diplomática” hein?

rui mendes
rui mendes
Reply to  Slow
15 dias atrás

Tanta ignorância?? A ”Europa rica vai racionar energia” e??????? Tens gás e petróleo para vender???? Traz que a Europa compra. Cada um, ainda não percebeste que a Europa não tem gás ou petróleo, importa toda a sua energia. Sabes o preço que as empresas Europeias estão a pagar pelo gás???? As contas passaram de 50.000 euros para 500.000 euros, esta é a percentagem da subida em empresas que têm fornos ligados 24h sobre 24h, fornos esses a gás natural, tendo essas empresas já perdido clientes para a Turquia, que parece que jogando nos dois lados, consegue comprar energia ao preço… Read more »

Agressor's
Agressor's
Reply to  Slow
15 dias atrás

A Europa sem gás e esse pessoal achando que a Rússia já perdeu a guerra. Stalingrado manda lembranças…

mac
mac
Reply to  Slow
14 dias atrás

Falando sobre possíveis falências:
PIB da Europa: US$17 Trilhões
PIB da Rússia : US$ 1,7 Tri. (Dados 2021)

Já, já, você vai ver se a Rússia vai quebrar ou não.

Quando o Dia D terminou com a consolidação das cabeças de ponte aliadas, contam que o Marechal alemão Erwin Rommel, olhando com um binóculo todo aquele desembarque e com uma esquadrilha numerosa a sobrevoá-los disse a seu ajudante de ordens:
“Os pobres nunca deveriam fazer guerras. É um erro”.

Felipe Morais
Felipe Morais
Reply to  Slow
15 dias atrás

e daí? gira o disco. Quem errou foi quem não calculou o apoio externo aos ucranianos.

Vai continuar até quando tentando atribuir essa responsabilidade aos outros, se não aos agressores?

Caio Cipriano
Caio Cipriano
Reply to  Slow
15 dias atrás

Ué, mas eu pensei q os Ucranianos estavam vendendo tudo isso no mercado negro… como assim?

Slow
Slow
Reply to  Caio Cipriano
14 dias atrás

Mas tem coisas que estão mesmo zz ..

Agressor's
Agressor's
Reply to  Rui Chapéu
15 dias atrás

A Rússia vai ganhar de uma forma ou de outra!

Last edited 15 dias atrás by Agressor's
Pedro
Pedro
Reply to  Agressor's
15 dias atrás

Na verdade já perdeu. Se o motivo inicial era deter a expansão da OTAN, dois outros países já aderiram. Inúmeras perdas humanas e materiais. Sem falar nas sanções que sofreram e na imagem de potência militar que veio a baixo.

Agressor's
Agressor's
Reply to  Pedro
15 dias atrás

Calma, perder uma batalha ou outra não significa perder a guerra, vamos com calma que essa guerra ainda está longe do fim. As vezes mostrar fraqueza é uma estratégia. Os ucranianos avançam e os russos fazem um cerco. Mas, só sabe quem tá na luta…

Last edited 15 dias atrás by Agressor's
Jose Marinho
Jose Marinho
Reply to  Agressor's
15 dias atrás

Na realidade quem esta a ganhar a Guerra são os Americanos e chineses.
Os EUA a vender gas e petroleo com fartura a preço de mercado, a fornecer armas com força a Ucrania e Europa e a receber por elas.

A China ter gas e petroleo barato da Russia e ainda a exportar bens comerciais para eles que se nao estou em erro é superior ao valor pago pelo que recebe da Russia.
Mais uns aninhos e a Russia não passa de um país satelite da China

Kaziranga
Kaziranga
Reply to  Jose Marinho
15 dias atrás

E será que a Rússia se importará em ser um satélite chinês? A verdade é que tanto os americanos quanto os chineses são muito maiores que qualquer outro. Em um futuro próximo (8-10 anos), a Índia pode entrar nessa disputa. Você acha que os europeus se sentem envergonhados de serem totalmente submissos aos EUA? Para mim é algo sem sentido eles terem Ministérios do Exterior, já que tudo de importância um pouco maior é decidido por Washington. Acredito ,sim , que os russos se tornarão satélites dos chinas, mas também acredito que eles ficarão até orgulhosos disso.

Agressor's
Agressor's
Reply to  Jose Marinho
15 dias atrás

Para alguns milionários e bilionários de materiais de construção estão só esperando a guerra acabar para aumentar suas fortunas na reconstrução da Ucrânia , e fábricas e indústria de material bélico, também faturando, prejuízo mesmo foi para as famílias que perderam seus familiares, militares ou civis, o povo comum estes sim tiveram prejuízos irreparáveis…

E Ucrânia nada. isso é guerra fria EUA vs Rússia. Nunca acabou a guerra fria…

Bosco
Bosco
Reply to  Agressor's
14 dias atrás

Você tem que se decidir. Quem é que vai ganhar a guerra, a Ucrânia ou a Rússia.
De que lado estarão esses bilionários da construção civil?

Bosco
Bosco
Reply to  Agressor's
14 dias atrás

E sim, alguém vai ter que construir o que o Putin destruiu. Agora, culpar os porcos capitalistas da construção civil por isso e poupar o Putin aí chega a ser um contorcionismo intelectual grotesco de sua parte.

LUIZ
LUIZ
Reply to  Jose Marinho
14 dias atrás

A Rússia fechou um acordo com o Irã na venda de 9 milhões de metros de gás por dia.

Bruno
Bruno
Reply to  LUIZ
14 dias atrás

Agora a Rússia vende gás a metro? É cada uma desse povo…

mac
mac
Reply to  LUIZ
13 dias atrás

O Irã precisa de gás? Taí uma novidade…

mac
mac
Reply to  Agressor's
14 dias atrás

“As vezes mostrar fraqueza é uma estratégia.”
Bem, ISW, Oryx, DefensePost e outros discordam da sua análise, eles consideram que o exército russo na Ucrânia está à beira do colapso.

Reinaldo Pereira
Reinaldo Pereira
Reply to  Pedro
15 dias atrás

Suécia e Finlândia ainda não entraram mas já vão entrar. É logo ali a entrada. Mês que vem ocorre com certeza.

Red Pill - 红色药丸
Red Pill - 红色药丸
Reply to  Pedro
14 dias atrás

Errado, ela JÁ atingiu seu objetivo político.

Alecs
Alecs
Reply to  Agressor's
15 dias atrás

Vai levar uma surra dos Ucranianos com armas e equipamentos da OTAN.

Leo Rezende
Leo Rezende
Reply to  Alecs
10 dias atrás

Com armas russas tb. Aquelas que foram abandonadas durante a fuga…

PACRF
PACRF
Reply to  Rui Chapéu
15 dias atrás

Nunca é demais lembrar outro fiasco russo que foi a tal coluna de 50 km de blindados, equipamentos, suprimentos e tropas que foram deslocados para tomar Kiev. Não saíram do lugar e voltaram com o “rabo entre as pernas” para a Bielorússia.

Agressor's
Agressor's
Reply to  Rui Chapéu
15 dias atrás

Os estadunidenses são os bam, bam, bam e perderam a guerra do Vietnam….

Last edited 15 dias atrás by Agressor's
Felipe Morais
Felipe Morais
Reply to  Agressor's
15 dias atrás

e o que tem a ver com o assunto da matéria? Vai ficar até quando usando essa bengala argumentativa?

Vamos lá campeão, encare a argumentação de frente. Se atenha ao assunto em tela sem ter que ficar invocando casos diversos ao discutido.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Agressor's
15 dias atrás

Mas aprenderam a lição. Lembra da Guerra do Golfo.

LUIZ
LUIZ
Reply to  Marcelo
15 dias atrás

O Iraque tinha um efetivo grande so que desorganizado. Nem tinha defesa aérea. Era um grande exército amador. E também seus equipamentos não tinham o mesmo nível tecnológico dos EUA. EUA ficou 20 anos no Afeganistão e não conseguiu vencer os pés de chinelo das cavernas afegãs. Hj nem participam de guerras. Atuam com os mercenários como tão fazendo na Ucrânia.

Gustavo Eberhardt Vieira
Gustavo Eberhardt Vieira
Reply to  LUIZ
15 dias atrás

Luiz, você está esquecendo que o Iraque e o Afeganistão estão quase do outro lado do mundo e ainda assim os EUA invadiram e tomaram o controle de ambos os países.
É claro que os EUA falharam em “democratizar” a população, mas é mais falha dos políticos americanos do que dos militares.
Já a Rússia falhou em tomar o controle de um país com o qual faz fronteira terrestre.

LUIZ
LUIZ
Reply to  Gustavo Eberhardt Vieira
14 dias atrás

EUA tem 800 bases em todo o mundo. Maior força área e naval do planeta.

Bosco
Bosco
Reply to  LUIZ
14 dias atrás

A tática de vocês mudou??? rsss
Como não adianta mais inventar que a Rússia tá utilizando só 3% do seu potencial e não chega a Lisboa em uma semana porque não quer o jeito agora é dizer que a Rússia luta contra a OTAN.

Leo Rezende
Leo Rezende
Reply to  Agressor's
15 dias atrás

E russos apanharam feio e foram derrotados no Afeganistão…

Leo Rezende
Leo Rezende
Reply to  Agressor's
15 dias atrás

Vietcongues tinham apoio militar,politico e financeiro explícito e ininterrupto da China e da URSS,mas os EUA perderam essa guerra foi para a sua opinião pública,e não militarmente! Mas ainda assim paralisaram o “dominó”.
A URSS perdeu militarmente,politicamente e saiu quebrada depois de 10 anos sendo feita de trouxas por mujahidin’s,cujo maior apoio militar americano eram os Stinger.
Sem contar que essa guerra,também iniciada com a invasão soviética,foi uma das causas da queda do próprio comunismo soviético!

Agressor's
Agressor's
Reply to  Leo Rezende
15 dias atrás

Pois é, e se hoje mesmo com a Otan prestando todo esse apoio militar, político, midiático e financeiro explícito a Ucrânia ainda assim não consegue dar conta da Rússia sozinha, imagina contra uma coalizão formada com a China. Não é mesmo…

Last edited 15 dias atrás by Agressor's
mac
mac
Reply to  Agressor's
14 dias atrás

Nossa, que argumentação; a Ucrânia não está querendo “dar conta da Rússia”, ela quer apenas expulsá-la dos seus territórios. A Rússia está quase à beira do colapso, e a última coisa que a China quer é se envolver mais fundo nessa roubada.

Joe
Joe
Reply to  Rui Chapéu
15 dias atrás

A “não vitória” da Rússia já é uma vitória esmagadora para a Ucrânia, tendo em vista o tamanho dos envolvidos. Basta resistir para aumentar a humilhação russa. Quem aqui não achou que o Governo e Kiev cairia em poucos dias ou semanas? Os fatores mais importantes na mudança de rumo foram a incompetência, equipamento de baixo nível e falta de logística dos russos, tudo isso somado ao apoio ocidental. A Ucrânia possui uma profundidade estratégica enorme perto de uma Georgia da vida, parece que não levaram isso em consideração. Patético. E a força aérea russa? Outra piada de péssimo gosto.

LUIZ
LUIZ
Reply to  Joe
15 dias atrás

“A Ucrânia possui uma profundidade estratégica enorme perto de uma Georgia da vida, parece que não levaram isso em consideração.”

E porquê não retomaram a Crimeia? Ja que que tinham ou tem capacidade pra isso.

Nessa última contraofensiva em Karkiv muitos eram estrangeiros.
A forte resistência da Ucrânia até agora se chama OTAN.

No primeiro momento eles tiveram facilidade nessas contraofensivas principalmente no Norte. Em Kerson tiveram pesadas baixas. No norte agora eles tão sendo bombardeado pelos russos. Não sei se vão suportar manter a área retomada por muito tempo.

Joe
Joe
Reply to  LUIZ
15 dias atrás

Você não leu direito o que escrevi ou é simplesmente torcedor demais para entender algo.

Wellington jr
Wellington jr
Reply to  LUIZ
15 dias atrás

Acabaram de tomar mais uma cidade ocupada pelos russos. Ou seja suas informações são ruins de mais.

Magaren
Magaren
Reply to  Rui Chapéu
15 dias atrás

Grande chapeu, dizendo umas verdades incovenientes!

Henrique
Henrique
15 dias atrás

que papo é esse virar… todo mundo sabe que guerra ta indo muito bem pra Rússia kkkkkkk

FcTt1nrXEAEs7Cp.jpg
Agressor's
Agressor's
Reply to  Henrique
15 dias atrás

Acho que se um país como a Inglaterra de hoje, sofresse 10% do que a Ucrânia sofreu nessa guerra, eles pediam arrego. Existem muitos mísseis apontados para Londres, e são nucleares, e se eu fosse inglês saia de lá o mais rápido que puder….

Last edited 15 dias atrás by Agressor's
Pedro
Pedro
Reply to  Agressor's
15 dias atrás

Para Moscou há um monte de mísseis apontados e tb são nucleares.
Durante a Segunda Guerra, Londres sofreu inúmeros bombardeios e a vontade da população de ganhar a guerra nunca diminuiu.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Agressor's
15 dias atrás

A Inglaterra também tem uns brinquedinhos com alguns megatons apontados para a Rússia. Não precisa de muitas ogivas nucleares para retalhar o atacante. Só não sei se a Rússia é de fato capaz de lançar um ataque atômico em grande escala.

Henrique
Henrique
Reply to  Agressor's
15 dias atrás

eu acho que vc deveria pegar teu soldinho de russeti que moscou te paga e torra teu tempo em outra coisa velho kkkkk
.
tu é muito ruim em defender a Rússia…. caras não tanka a Ucrânia e vai se meter com Londres kkkkkk

Fabricio Lustosa
15 dias atrás

Em poucas palavras:
Ofensiva em Kharkiv – vitória tática.
Ofensiva em Kherson – fracasso total.

Henrique
Henrique
Reply to  Fabricio Lustosa
15 dias atrás

onde que Kherson foi fracasso total… ta sonhando muitokkk

Fabricio Lustosa
Reply to  Henrique
15 dias atrás

Se vc frequenta aq é pq no mínimo deve dar alguma credibilidade para o blog. Dito isso perceba essa matéria de poucos dias atrás: “(…) o Estado-Maior das Forças Armadas da Ucrânia iniciou o processo de transferência de reservas da direção de Kherson, onde a ofensiva ucraniana teve ganhos territoriais modestos e com pesadas perdas em soldados e equipamentos. (…)” https://www.forte.jor.br/2022/09/13/algumas-consideracoes-estrategicas-sobre-a-ofensiva-ucraniana-em-kharkiv-izium/ E a propósito, Kherson está com os russos. Izium passou para os ucranianos o q evidencia uma vitória tática tão somente até porque o avanço parou. Aguardemos cenas dos próximos capítulos alguns analisando e ponderando fatos de diversas fontes… Read more »

Henrique
Henrique
Reply to  Fabricio Lustosa
14 dias atrás

de novo: onde que a ofensiva em Kherson foi fracasso total?
.
Objetivo daquilo lá e chamar tropas russas pra dentro de um território e prender elas la dentro e impedir a saída o máximo que der (até pq Ucrânia ta anunciado a operação ja tem 2 meses). A Rússia mandou “melhores tropas” pra la e os caras explodiram as pontes impedindo a saída… explique onde ta o fracasso ai?

7da.png
Last edited 14 dias atrás by Henrique
Fabricio Lustosa
Reply to  Henrique
14 dias atrás

Se o objetivo era/é retomar Kherson e isso não foi alcançado, eu chamo de fracasso. Se o objetivo russo foi depor o Zélascado e tomar Kiev foi um fracasso igualmente. Se o objetivo americano foi impedir o domínio do norte sobre o sul no Vietnã, foi um fracasso. Se o objetivo soviético foi instalar um puppet no Afeganistão e mantê-lo lá nos anos70/80 foi um fracasso. Se o objetivo americano era eliminar o talibã, foi um fracasso. Outro nome para fracasso pode ser derrota também.

Henrique
Henrique
Reply to  Fabricio Lustosa
13 dias atrás

Se o objetivo era/é retomar Kherson e isso não foi alcançado, eu chamo de fracasso. 

que parte do Objetivo daquilo lá e chamar tropas russas pra dentro de um território e prender elas la dentro e impedir a saída o máximo que dervc não entendeu?

Slow
Slow
15 dias atrás

Assim vai confundir a galerinha kkk .. Virar oque ? A Ucrânia não tem está ganhando ?

Agressor's
Agressor's
Reply to  Slow
15 dias atrás

Todo território da Rússia está intacto enquanto a Ucrânia só o pó e ai a Rússia perdeu a guerra porque, “recuou”… 😀

Last edited 15 dias atrás by Agressor's
Hcosta
Hcosta
Reply to  Agressor's
15 dias atrás

Finalmente, alguém que sabe o que é uma vitória Russa na Ucrânia.
A desnazificação, desmilitarização, as sanções, etc… já não contam para nada.
Basta a Rússia manter o seu território…

A realidade começa a assentar… Talvez Putin use isso.

Felipe Morais
Felipe Morais
Reply to  Hcosta
15 dias atrás

kkkkkkkkkkkkkk
eles sempre caem na incoerência.

Seguindo essa lógica distorcida deles, jamais irão poder continuar falando de derrota dos EUA no Vietnam ou no Afeganistão, visto que o território americano permaneceu incólume.

É melhor o colega Agressors apagar seu comentário. Vai perder a bengala argumentativa que sempre usam quando não conseguem contra argumentar dentro do tema de discussão.

Minsc
Minsc
Reply to  Hcosta
15 dias atrás

Boa…hehehe..mais de 50 mil russos mortos até agora..perda enorme de equipamentos militares..desmoralização frente as outras nações..sanções…outros países aderindo a OTAN..mas a Rússia não perdeu territórios internos…tudo bem que a guerra nem é lá..o Putin é um gênio…kkkkkk

Marcelo
Marcelo
Reply to  Agressor's
15 dias atrás

A capacidade convencional de batalha das forças armadas russas vai sendo desgastada. A economia da Rússia vai sendo corroída. E nenhuma vitória importante em 207 dias de conflito militar. Enquanto isso a Ucrânia vai recebendo equipamentos, munições, suprimentos e, principalmente, treinamento militar dos países do ocidente.

Marcelo
Marcelo
15 dias atrás

A Rússia, em sua catastrófica “Operação Militar Especial” na Ucrania, que já dura 207 dias, explicitou que está muito longe de ser uma superpotência militar. Putin está destruindo as forças militares na Ucrânia e mandando seus soldados para o abatedouro. Tenho certeza de que as tropas russas não estarão aptas a lutar nas condições de frio extremo. Por outro lado, os EUA e a OTAN já devem estar provendo suprimentos, vestimentas e equipamentos adequados para o combate na neve. O General Inverno está a caminho no Norte …
https://www.19fortyfive.com/2022/09/putin-is-destroying-the-russian-military-in-ukraine/

PACRF
PACRF
15 dias atrás

Em fevereiro desse ano o mundo acreditava que a Rússia faria uma verdadeira “blitzkrieg” sobre a Ucrânia. Havia a promessa que Kiev seria tomada e o governo da Ucrânia derrubado em apenas duas semanas. Já se passaram quase sete meses e o cenário parece não ser nada animador para os russos. Até material bélico do Irã e da Coreia do Norte estão comprando.

Marcelo
Marcelo
15 dias atrás

Pela primeira vez alguém mencionou a percepção do campo de batalha, que foi levada ao estado da arte pelos sistemas de satélites, de radares e de drones dos EUA e da OTAN. As forças ucranianas sabem exatamente onde estão e para onde se deslocam as forças russas. Aí os alvos são marcados e destruídos pelos ermamentos inteligentes fornecidos à Ucrânia. Por outro lado, o mísseis AGM 88 Harm estão colocando fora de combate os sistemas de radar russos. E as tropas russas também vem perdendo seus drones e tendo que recorrer ao Irã para tentar repor esses equipamentos.

Last edited 15 dias atrás by Marcelo
Slow
Slow
Reply to  Marcelo
15 dias atrás

Só lembrando que se a Rússia quiser ela derruba os satélites ..

Pedro
Pedro
Reply to  Slow
15 dias atrás

E pq não derruba?

Slow
Slow
Reply to  Pedro
15 dias atrás

Pq não quer

Mauro Henrique
Mauro Henrique
Reply to  Slow
15 dias atrás

A barata diz que tem…

Bosco
Bosco
Reply to  Slow
15 dias atrás

Vários países já demonstraram capacidade ASAT. Demonstrar essa capacidade num ambiente controlado é uma coisa, e ter capacidade ASAT operacional é outra coisa. Mesmo porque, apesar da retórica russa e chinesa cujo fanzocas invariavelmente se gabam de tê-lo feito , militarmente falando a destruição física de satélites é algo próximo do inútil. A rigor apenas satélites em altitudes de não mais que 1500 km estão ao alcance dos sistemas ASAT de ascensão direta. Os outros, em altitudes mais altas, só são acessíveis a satélites antissatélites, o que é altamente complexo, demorado e custoso. Para se atingir satélites em órbitas baixas… Read more »

Marcelo
Marcelo
Reply to  Slow
15 dias atrás

Porque sabe que se atacar um satélite dos EUA, verá todos os seus satélites ser destruídos. Guerra espacial não e para amadores. Os EUA vem trabalhando em tecnologias de guerra espacial desde os anos 80.

Caio Cipriano
Caio Cipriano
Reply to  Slow
15 dias atrás

Ela quer jogar no “hard”, só pelo desafio rsrsrs

Henrique
Henrique
Reply to  Pedro
15 dias atrás

pq não consegue

Bosco
Bosco
Reply to  Slow
15 dias atrás

Todos os 2800?

Capa Preta
Capa Preta
Reply to  Slow
15 dias atrás

A Rússia não está derrubando nem os teco tecos Ucrânianos quanto mais satélites.

Mauro Henrique
Mauro Henrique
Reply to  Capa Preta
15 dias atrás

Material russo é lixo, tirando o Kalashnikov. Superpotência militar no papel, muita corrupção e despreparo.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Mauro Henrique
15 dias atrás

O Kalashnikov foi concebido durante a vigência da URSS, que era uma superpotência militar naquela época.

LUIZ
LUIZ
Reply to  Capa Preta
15 dias atrás

Hj mesmo foi abatido um SU-25 da Ucrânia.

Agressor's
Agressor's
Reply to  Capa Preta
15 dias atrás

Todos estão esquecendo que o mundo se comunica via cabo digital e não por satélites. E a Rússia anda só mapeando os cabos de internet nas profundezas do mar. Pra ficar mais fácil rompê-los caso precise, Pensa! Vamos estudar pessoal…

Slow
Slow
Reply to  Capa Preta
14 dias atrás

E pq a Ucrânia está implorando por caças ?

Felipe Morais
Felipe Morais
Reply to  Slow
15 dias atrás

“Aí galera, se eu quisesse eu seria um bilionário”
“E por que você não é?”
“Porque eu não quero”

kkkkkkkkkkkkkk que loucura

Marcelo
Marcelo
Reply to  Slow
15 dias atrás

A Rússia mal consegue derrubar os Mig 29 da Ucrânia. Dúvido que tenha real capacidade para guerra espacial.

Agressor's
Agressor's
Reply to  Marcelo
15 dias atrás

Maldito fantasma de Kiev, mal posso ver seus movimentos…

Patrício
Patrício
15 dias atrás

Claro que consegue.
Sugiro que comecem por Backmuth.
Os russos entraram na cidade e a estão conquistando.
Cada coisa ..

Agressor's
Agressor's
Reply to  Patrício
15 dias atrás

Antes do Zélascado, soube da Rússia recuando em dois outros casos. Da mesma forma, ela recuou na proximidade do inverno, destruindo a infraestrutura. Sendo esses outros casos nas guerras contra Napoleão e Hitler…

Mercenario
Mercenario
Reply to  Agressor's
14 dias atrás

Na era napoleônica a Rússia e aliadas enfrentaram Napoleão e aliados, e foram financiados especialmente pelos britânicos.

Na segunda guerra, estamos falando da URSS que é muito mais do que a Rússia. E houve muita ajuda material dos americanos contra os alemães.

Os soviéticos já recuaram em outros casos, como, por exemplo, o Afeganistão.

Os russos também têm seus recuos/derrotas, a exemplo da Guerra da Crimeia.

Mas a sua memória seletiva não permite lembrar.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Patrício
15 dias atrás

Quantas vezes já tentaram?
Vai ser agora com duas ofensivas simultâneas e talvez uma terceira, e com graves problemas de recrutamento/pessoal que vão conseguir?

E se conquistarem? Como vão conquistar a próxima? O seu rolo compressor passou há algum tempo para uma bicicleta compressora…

E não comenta sobre Lyman?

Mateus Gonçalo
Mateus Gonçalo
15 dias atrás

Só espero que esta postagem não sirva para partilhar mais infantilismo.
A Rússia está mais próxima da Novarússia do que a Ucrânia de recuperar o que quer que seja, basta comparar o mapa (1)

Ofensiva-Ucraniana-8-1.jpg
Velho Alfredo
Velho Alfredo
Reply to  Mateus Gonçalo
15 dias atrás

Mateus….
Em 7 (SETE) meses, a Rússia tem pouco mais do que a região rebelde desde 2014…..

Hcosta
Hcosta
Reply to  Velho Alfredo
15 dias atrás

Não seja infantil ao argumentar com factos…

Mateus Gonçalo
Mateus Gonçalo
Reply to  Velho Alfredo
15 dias atrás

Essa é a sua versão dos factos, tendo como base a sua biblioteca de faxineiro: a comunicação social Ocidental que acredita que as conquistas russas devem ser subvalorizadas.
Continue assim que eu tou vendo a Novarussia nascer …

Henrique
Henrique
Reply to  Mateus Gonçalo
15 dias atrás

“A Rússia está mais próxima da Novarússia
.
infantilidade é acreditar que vai existir esse bagulho ai mesmo nunca vitória improvável da Rússia

Mateus Gonçalo
Mateus Gonçalo
Reply to  Henrique
15 dias atrás

Continue assim pois eu entendo a síndrome de negação dos faxineiros da OTAN.
Como sei contar, tou vendo a Ucrânia perder Kms2 e a Rússia ganhar.
De resto é conversa com comediante em horário de serviço.

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Mateus Gonçalo
15 dias atrás

A sua síndrome é russo tupiniquim, nasceu em terras brasileiras mas se acha um russo só porque tem problemas de identidade.
Já te desmenti abaixo, a tal Novarrussia que você afirma ainda precisa de mais uns 70 a 90 mil kms² para serem conquistados pelos russos que hoje tirando a Crimeia e a zona separatista possuem ocupados desde fevereiro 69 mil kms² aproximadamente e vem perdendo posições antes tidas como “impossível da Ucrânia reaver”.

Mateus Gonçalo
Mateus Gonçalo
Reply to  Wellington Jr
14 dias atrás

Você está brincando em vez de falar sério? Se sim, a sua brincadeira não tem piada.
Hora de estudar, garoto.
Se falta, e vamos arredondar, 100 mil kms2 para a Novarussia e a Moscovo controlar 110 mil kms2, quem está em vantagem?
É lógico que Putin tem menos kms2 a ganhar do que ZEROLensky Nazi tem a recuperar.
Vai estudar e leva essa Turma da Mônica, consigo.

Henrique
Henrique
Reply to  Mateus Gonçalo
14 dias atrás

 tou vendo a Ucrânia perder Kms2 e a Rússia ganhar.

passa o nome essa droga que vc ta usado ai pra gente ver se é da boa mesmo

Mateus Gonçalo
Mateus Gonçalo
Reply to  Henrique
14 dias atrás

A droga é não ser energúmeno como você e rezar para que a sua “zebrice” simulada de “cavalo” não seja contagiosa.
A Rússia já tomou mais de 110 mil kms2. E faltam menos de 100 mil kms2 para que exista a Novarussia.
Pode chorar aí, dizendo piadas que a sua geração sofre de bovinice aguda.

Henrique
Henrique
Reply to  Mateus Gonçalo
13 dias atrás

A droga é não ser energúmeno como você e rezar para que a sua “zebrice” simulada de “cavalo” não seja contagiosa.

AUSHuAHSuAHSuAHS
-Galvão
-fala tino
-Sentiu kkkkk

Bosco
Bosco
Reply to  Henrique
14 dias atrás

A putinete conhecida no cabaré como Tonhão tá aloprada. Cuidado! Uma dentada pode ser fatal.

Mateus Gonçalo
Mateus Gonçalo
Reply to  Bosco
14 dias atrás

Você vai continuar sendo o “mestre de cerimónias” das piadas, eu vou continuar vendo a Rússia comer a Ucrânia.
Mas 4 oblasts para Putin.
Se não sabe fazer contas, pelo menos procure aprender, adulto com síndrome de infantilismo.

Mateus Gonçalo
Mateus Gonçalo
15 dias atrás

E depois verificar o mapa partilhado hoje pela CNN, nesta matéria: Ukraine: Here’s what comes next for the conflict | CNN
É importante que os faxineiros deixem de partilhar infantilidades.
O Tio Sam não anda a procura de faxineiros.

WhatsApp Image 2022-09-19 at 06.47.04.jpeg
Mateus Gonçalo
Mateus Gonçalo
15 dias atrás

A única coisa que vai virar nessa guerra é a Ucrânia que passará a ser mini Ucrânia.
O resto é conversa para boi dormir e macaco dançar.

Guilherme Leite
Guilherme Leite
Reply to  Mateus Gonçalo
15 dias atrás

Se a Rússia conseguir unificar essa NovoRússia, muito provavelmente ela terá que manter a região com T-34. Porque eu nunca vi tanto material bélico perdido como nessa guerra. Do desastre em Kharkiv ao afundamento do Moskva, são bilhões de dólares perdidos em equipamentos. Quanto custa cada Sukhoi abatido ? Ainda temos as sanções, um país que não importa ou exporta nada para o ocidente, outrora seu maior cliente. Até o gás os próprios russos cortaram e estão deixando de vender, tendo que vender para China e Índia a 1/5 do preço, com um custo muito maior pela falta de estrutura.… Read more »

Mateus Gonçalo
Mateus Gonçalo
Reply to  Guilherme Leite
15 dias atrás

Continue assim que eu tou adorando ver a Novarussia nascer à custado seu irmão gémeo, a mini Ucrânia.
Toda essa tergiversação tem como fundamento a ideia de esgotabilidadade russa, nascida das catacumbas preconceituosas daqueles que em vez de lerem livros, passam a vida a ver TV ocidental.
Por último, até o petróleo estar nos 20 dólares, a Rússia vai continuar aglomerando território de Kiev.

Bosco
Bosco
15 dias atrás

Um dos participantes citou o Kinzhal como um diferencial nessa guerra?
Que guerra ele está vendo????

Agressor's
Agressor's
Reply to  Bosco
15 dias atrás

O povo não tem noção do tamanho do exército da Rússia, Putin não acionou nem 50% do exército dele. Essa “recuada” que a Russia deu na minha opinião foi uma estratégia, creio que algo maior estar por vir. O que pode ser um presságio de chuva de mísseis na Ucrânia. Aguardem em breve os hipersônicos por aí. Os eua nunca ganharam uma guerra sozinhos e não será diferente agora, vamos estudar pessoal…

Last edited 15 dias atrás by Agressor's
Bosco
Bosco
Reply to  Agressor's
15 dias atrás

Mas vc não pode nos culpar, simples mortais , do gnomo só ter convidado vc para mostrar o quão vasto e poderoso é o exército dele.
A gente , como não foi nessa “excursão”, tendemos a duvidar ante o que ele apresentou até agora.
Mas se você diz a gente acredita.

Last edited 15 dias atrás by Bosco Jr
Mateus Gonçalo
Mateus Gonçalo
Reply to  Bosco
15 dias atrás

Esse gnomo tá conquistando território e irritando pigmeus na intelectualidade como você, cujo raciocínio confunde piadas de mau gosto com inteligência.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Agressor's
15 dias atrás

A Rússia está ficando sem mísseis hipersônicos.

Realista
Realista
Reply to  Marcelo
15 dias atrás

Achamos o infiltrado da CIA aqui !!!!!!

Mateus Gonçalo
Mateus Gonçalo
Reply to  Marcelo
15 dias atrás

Se você tivesse vergonha na cara, constataria que tá dizendo isso há 7 meses.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Mateus Gonçalo
14 dias atrás

A Rússia está ficando cega no campo de batalha.

Mateus Gonçalo
Mateus Gonçalo
Reply to  Marcelo
14 dias atrás

E você está se tornando ridículo perante tanta postagem cheia de baboseira.

mac
mac
Reply to  Agressor's
14 dias atrás

Já estou vendo a Estrela da Morte e os caças TIE do Império devastando o Ocidente… A galera dos russetes toma chá de cipó para vir escrever aqui?

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  Bosco
15 dias atrás

Eu ia clicar para assistir o vídeo, mas depois dessa acho que nem vou perder meu tempo.

Bosco
Bosco
Reply to  Luís Henrique
15 dias atrás

Luís,
A entrevista é boa e o analista fala direitinho. Assiste!
Acho que ele escorregou. Não estava esperando a pergunta do Waack e deixou escapar “Kinzhal”.
Depois tentou corrigir lembrando que o Kinzhal é na verdade um Iskander da década de 80 lançado por avião, que os russos chamam de míssil hipersônico.
Por falar em Kinzhal , dos dois lançados um destruiu o galinheiro do Seu Ruslan e outro caiu na … Rússia.

Mbart
Mbart
Reply to  Bosco
15 dias atrás

Eu assisti e ele claramente destacou o aspecto hipersônico. É claro que estava pensando no significado disso para a Otan. Veja como os EUA reagiram. Foi o próprio Biden que avisou: “A Rússia usou mísseis hipersônicos em sua invasão da Ucrânia, afirmou o presidente dos EUA, Joe Biden, na segunda-feira. “E se você notar, acabou de lançar o míssil hipersônico, porque é a única coisa que eles podem passar com absoluta certeza”, disse Biden. “É uma arma quase impossível de ser anulada, há uma razão para eles a estarem usando.”” O pessoal aqui se apressa pra criticar. Entender mesmo deve… Read more »

Bosco
Bosco
Reply to  Mbart
15 dias atrás

Mbart,
A pergunta do Waack foi especificamente relacionada à Ucrânia.
Palavra por palavra do Waack: Tecnologicamente falando, há algum tipo de armamento , sistema ou equipamento que você identifique hoje como decisivo, na questão da Ucrânia, especificamente?
O entrevistado respondeu: Kinzhal.
Ele tem o direito de falar o que bem quiser mas eu tenho o direito de descordar. No contexto dessa guerra o Kinzhal é um zero à esquerda independente da opinião do Biden.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Bosco
14 dias atrás

O missil hipersônico Kinzhal é uma variante do míssil Skander projetada para ser lançada do ar, tendo como vetor principal o Mig-31. Não é um waverider e nem possui motor scranjet. Sua principal função é a de transportar uma ogiva atômica e ser lançado a grande distância do alvo. Os Russos estão armando o míssil Kinzhal com uma ogiva de explosivo convencional e disparando contra alvos no solo da Ucrânia. O Khinzal apresenta três problemas básicos: 1) é caro para ser produzido; 2) há um estoque limitado dele; 3) demonstrou pouca precisão, errando o alvo por muitos metros. O Kinzhal… Read more »

Last edited 14 dias atrás by Marcelo
Bosco
Bosco
Reply to  Mbart
15 dias atrás

um comentário meu ficou retido.

Bosco
Bosco
Reply to  Bosco
15 dias atrás

Quando liberarem meu comentário a guerra vai ter acabado.

Felipe Morais
Felipe Morais
Reply to  Luís Henrique
15 dias atrás

Eu acho que ele não entendeu totalmente a pergunta. Acho que a intenção da pergunta era sobre qual equipamento seria o diferencial nessa guerra, dos dois lados. E ele entendeu que seria para a Rússia, pois, no momento, estavam falando das dificuldades que os russos estavam enfrentando. Enfim, achei a entrevista boa, considerando ser uma entrevista em mídia não especializada. Acho que os entrevistados foram ponderados no sentido de apontar o que estava acontecendo e as dificuldades dos russos, mas alertar quanto à necessidade de haver ponderação quanto aos resultados, uma vez que os próximos meses, especialmente considerando as questões… Read more »

Mateus Gonçalo
Mateus Gonçalo
15 dias atrás

Quem quiser fazer o papel de faxineiro da NATO, vai ter que discutir com o mapa da CNN.
Vou repetir, basta saber olhar e deixar de ser infantil, ou como se vê: adulto fazendo o papel de Cascão da turma da Mônica com Maurício e tudo.
O mapa é claríssimo: Rússia muito mais próxima de conquistar a Novarussia do que o ZEROlensky é capaz de recuperar chocolate num garoto do jardim de infância.
Até lá, vão debatendo a propaganda de Kharkiv sem qualquer fundamento geoestratégico.

Last edited 15 dias atrás by Mateus Gonçalo
Reinaldo Pereira
Reinaldo Pereira
Reply to  Mateus Gonçalo
15 dias atrás

Sou militar da Reserva e digo: Sou faxineiro ou tudo o que me chamar da OTAN com muito orgulho. Nós somos ocidentais.

Rebert Gonçalves
Rebert Gonçalves
Reply to  Reinaldo Pereira
15 dias atrás

Espero que vc seja português, caso contrário, tenho pena de ti haha

Bosco
Bosco
Reply to  Rebert Gonçalves
15 dias atrás

E você deve ser de alguma tribo de índio dessas que a esquerda quer manter vivendo como se fossem da pré-história, né?

Bosco
Bosco
Reply to  Rebert Gonçalves
15 dias atrás

Espero que você seja um índio.

Mateus Gonçalo
Mateus Gonçalo
Reply to  Bosco
15 dias atrás

Espero que você um dia cresça.

Cesar
Cesar
Reply to  Rebert Gonçalves
14 dias atrás

Não adianta, esse pessoal aqui não sabe diferenciar “ocidental” numa acepção geográfica de “ocidental” numa acepção gopolítica. E esse é o tipo de gente q se diz intelectualmente superior por ser conservador de direita.

Mateus Gonçalo
Mateus Gonçalo
Reply to  Reinaldo Pereira
15 dias atrás

“Nós somos ocidentais”. Hilário por demais.
Você é só mais um faxineiro que de certeza arruma quartos de hotel para o sistema económico ocidental e que vai ter que lutar pela reforma ou pensão.
Quem disse que você conta como ocidental? Só quando é necessária carne para canhão.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Mateus Gonçalo
15 dias atrás

Fonte: Twilight Zone

Mateus Gonçalo
Mateus Gonçalo
Reply to  Marcelo
15 dias atrás

Fonte: CNN.
Canal de eleição para faxineiros como você. Coloquei o link, porque sei que míopes como você rejeitam a TASS, RT, Southfront e outros… tudo numa estratégia política de modo a continuarem a vender fantasias onde omitem o nascimento da Novarussia com o gémeo Miniucrania

Marcelo
Marcelo
Reply to  Mateus Gonçalo
14 dias atrás

No início do conflito militar na Ucrânia, diziam que opoio militar e financeiro dos países ocidentais à Ucrânia só serviria para postergar o inevitável, ou seja, a vitória do poder imbatível da Rússia. Então a ajuda passou a ser liberada aos poucos. Porém, com o sucesso recente e rápido da Ucrânia no campo de batalha, a noção de que os ucranianos não podem vencer caiu por terra. Agora está claro que a liderança ucraniana, o compromisso nacional e a determinação tática estão superando os russos. Isso vai fazer jorrar ajuda militar e financeira para a Ucrânia. E o inverno está… Read more »

Mateus Gonçalo
Mateus Gonçalo
Reply to  Marcelo
14 dias atrás

Que você seja trouxa, a gente entende. Que você queira que outros sejam trouxas, aí temos um problema.
Faça a conta por Kms2 e vai verificar que existe um país ficando pequeno e outro ficando cada vez maior.
O resto é o vosso mimimi de costume.
Marmanjos lamentando e vendo forma de dizer que estão ganhando, quando estão perdendo.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Mateus Gonçalo
14 dias atrás

Fonte: Twilight Zone

Mateus Gonçalo
Mateus Gonçalo
Reply to  Marcelo
14 dias atrás

É preferível em vez da sua fonte: faxinas.com.
Está gostando dos referendos em 4 oblasts ucranianos?
Vai se acostumando.

mac
mac
Reply to  Mateus Gonçalo
14 dias atrás

“…míopes como você rejeitam a TASS, RT, Southfront e outros…”

Porque jornalismo que precisa de autorização do governo para informar o que ele faz tem outro nome: desinformação.

Nossa, parece que estamos em “1984” de Orwell: “Guerra é paz. Liberdade é escravidão. Ignorância é força”.

Last edited 14 dias atrás by mac
Mateus Gonçalo
Mateus Gonçalo