domingo, dezembro 4, 2022

Saab RBS 70NG

Delegação brasileira assina memorando com estatal russa ROSATOM

Destaques

Redação Forças de Defesa
Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

Na 66ª CG da AIEA Delegação Brasileira assina memorando com ROSATOM e já colhe novos negócios ao Setor Nuclear do País

Como parte da comitiva liderada pelo Ministério de Relações Exteriores do Brasil na 66ª Conferência Geral AIEA, em Viena, na Áustria, a NUCLEP, representada pelo seu presidente, CA (RM1) Carlos Henrique Silva Seixas e seu diretor Comercial, Nicola Neto, mais uma vez impressionou pelos resultados das reuniões de negócios com outros países membros da Agência.

“Destaco, em especial, o encontro conduzido pelo presidente da ENBPar, VA (RM1) Ney Zanella dos Santos com o Diretor-Geral da ROSATOM, Kirill Komarov, e sua equipe, em que foi assinado um memorando de entendimentos para uma futura parceria da NUCLEP com a estatal russa em possíveis atendimentos à Angra 3”, disse o CA (RM1) Seixas.

Representando o Setor Nuclear do Brasil em Viena, autoridades das instituições:

Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República ; Diretoria-Geral de Desenvolvimento Nuclear e Tecnológico da MB; do Centro Tecnológico da MB em SP; Agência Naval de Segurança Nuclear e Qualidade; Área Nuclear do Departamento de Ciência, Tecnologia e Inovação do Ministério da Defesa; Empresa Brasileira de Participações em Energia Nuclear e Binacional – ENBPar ; Nuclebrás Equipamentos Pesados S/A – NUCLEP; do Centro da Tecnologia das Radiações do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN/CNEN); Indústrias Nucleares do Brasil S/A – INB ; Eletronuclear; Amazônia Azul Tecnologias de Defesa – AMAZUL; Associação Brasileira para o Desenvolvimento de Atividades Nucleares – ABDAN.

O MOU firmado em 26 de setembro, que busca a promoção de cooperação mútua em uma ampla gama de áreas e não gera obrigações financeiras, contribuirá para pavimentar pautas de interesse recíproco, entre as quais destacam-se:

  • esclarecimento da sociedade sobre os benefícios do uso da energia nuclear para fins pacíficos;
  • desenvolvimento/aprimoramento de combustíveis a partir do urânio;
  • construção, operação e descomissionamento de usinas nucleares de última geração e de alta capacidade;
  • construção, operação e descomissionamento de usinas nucleares de pequena capacidade (SMR – Small Modular Reactor), incluindo aquelas sobre plataformas flutuantes;
  • transferência de tecnologias para formação de cluster de empresas destinadas a serviços e suprimentos para o setor nuclear;
  • operação, reparo e modernização de hidroelétricas; e
  • demais áreas que forem identificadas como de interesse comum.

A Rosatom é uma das maiores empresas globais do setor nuclear, atuando em inúmerossegmentos, inclusive radiação de alimentos e produção de radioisótopos.

A ENBpar é uma Empresa de energia limpa, que atua na área nuclear a partir das Usinas Nucleares de Angra, por intermédio da Eletronuclear, e vai estender, em breve, suas atividades para a mineração e fabricação de combustível nuclear, a partir das Indústrias Nucleares do Brasil-INB. Atua igualmente na geração de energia hidroelétrica, a partir de sua Empresa subsidiária, a importante Itaipu Binacional.

Assim, o Memorando de Entendimentos firmado entre Rosatom e ENBPar descortina inúmeras possibilidades de fomento às áreas de atuação de ambas as empresas.

DIVULGAÇÃO: NUCLEP

- Advertisement -

72 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest

72 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Patrício
Patrício
2 meses atrás

Taí uma das poucas coisas boas desse Governo.
A manutenção da independência no relacionamento com relação à Rússia.
Ótima notícia.

Underground
Underground
Reply to  Patrício
2 meses atrás

Então não esqueça, no segundo coturno vote no pistolinha. O outro é servil ao Bidê.

Patrício
Patrício
Reply to  Underground
2 meses atrás

O problema é que nossa vida não se restringe à energia nuclear.
Tem outras coisas mais importantes.
Talvez para os europeus agora seja, mas não para o Brasil.

Guilherme Leite
Guilherme Leite
Reply to  Patrício
2 meses atrás

Entendi, então se for de esquerda, pode ser servo dos EUA ?

A sua mente comunista está cheia de falácias sobre independência, mas a verdade é que o futuro da nação pouco importa para pessoas como você, desde que seja com um ditador socialista no poder.

O que dizer de um baba ovo do Putin 🙂

Sobre o memorando, ótima notícia para o Brasil.

Valéria
Valéria
Reply to  Patrício
2 meses atrás

Sim, deixa pra depois que internacionalizarem a Amazônia.

Alan Santos
Alan Santos
Reply to  Patrício
2 meses atrás

Tipo um sub nuclear? Eu acho ótimo isso , Brasil sempre foi sugado pelas superpotências …que vá adiante esse acordo .

Alan Santos
Alan Santos
Reply to  Alan Santos
2 meses atrás

Ué , temos que ser pragmáticos …Barão Do Rio Branco que o diga .

Alan Santos
Alan Santos
Reply to  Alan Santos
2 meses atrás

Aliás era parecido com Bismarck .

Jefferson Ferreira
Jefferson Ferreira
Reply to  Patrício
2 meses atrás

Qualquer país que quer ser potência tem que ter uma matriz energética estável e barata e até o momento a única que preenche estes requisitos é a nuclear. Não é a atoa que é a base energética das potências dominantes, eua, frança, china, rússia….

horatio zhirinovsky
horatio zhirinovsky
Reply to  Patrício
2 meses atrás

em breve o lula vai acabar com toda essa palhaçada e ai a renda de todos será igualada e a total eliminação da direita,e nossas escolas vão mostrar q cada criança deve escolher o seu genero ou até mesmo deixar as identidades sem genero até escolherem, e bem com tbm uma implantação de leitura socialista na aman por exemplo…vamos vencer

Francisco
Francisco
Reply to  Patrício
2 meses atrás

Muito boa essa sua linha de raciocínio caro Patrício, o ideal é esperarmos os problemas surgirem para depois corrermos atrás, se antecipar pra que não é mesmo.

Matheus
Matheus
Reply to  Underground
2 meses atrás

Para com essa besteira de “ah ele gosta do X”.
O maior erro do bozo foi ser subserviente ao Trump, que claramente saiu pela culatra e prejudicou nosso país mais ainda com a imagem de “capacho” de americano. Nem no governo molusco foi tão vergonhoso nesse quesito.

Agora, independente de quem se eleger, a nossa politica internacional não vai mudar. Na questão Ucrania nós não iremos e nem devemos nos envolver nesse pepino europeu. Ambos candidatos sabem disso.

WSilva
WSilva
Reply to  Patrício
2 meses atrás

Não se engane, a tal independência atual do Brasil em relação a Russia e China se deu pela defenestração de Trump nos EUA.

Com Trump na lata de lixo, Bolsonaro se viu isolado internacionalmente e teve que apelar para a Russia e cessar ataques a China.

Não é algo orgânico, não é algo pensado, aconteceu pelo desespero e necessidade.

Patrício
Patrício
Reply to  WSilva
2 meses atrás

Concordo.
Mas, pelo menos, está gerando efeitos práticos interessantes.

WSilva
WSilva
Reply to  Patrício
2 meses atrás

”Mas, pelo menos, está gerando efeitos práticos interessantes.”

Sem duvidas, mas isso não deveria surpreender pois qualquer país com autonomia e agenda independente tem tudo pra sair ganhando dado o cenário atual, somente alienados trocam isso por ideologia política.

Porém, vejo esse governo como uma pessoa com tendências suicidas, é instável, não passa confiança, e no caso para se tornar ideológico novamente precisa apenas de uma fagulha…

pgusmao
pgusmao
Reply to  WSilva
2 meses atrás

Pelo menos o atual governo apresenta ganhos reais em várias áreas, já o anterior além de saquear o país, a título de exemplo mantinha um satélite em órbita gastando milhões de doláres por mês para usar 12 conexões de internet com escolas, o atual governo ampliou para 30.000.

Slow 🇧🇷
Slow 🇧🇷
Reply to  pgusmao
2 meses atrás

Ganhos reais em várias áreas 🤣🤣🤣😂😂😂

WSilva
WSilva
Reply to  pgusmao
2 meses atrás

Quando você inicia sua declaração com ”Pelo menos” eu já sei que estamos nivelando as coisas por baixo. rs

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  WSilva
2 meses atrás

tão isolado que foi nos últimos maior local onde se investiu dinheiro, e vão ser investido 900 bilhões em 10 anos tudo capital privado, imagina se Bozo tivesse boa reputação, íamos superar a china em 5 anos de tanto investimento

WSilva
WSilva
Reply to  Carlos Campos
1 mês atrás

”e vão ser investido 900 bilhões em 10 anos tudo capital privado”

10 anos? Bolsonaro dificilmente será o presidente ANO QUE VEM, você tá falando de 10 anos? rs

”imagina se Bozo tivesse boa reputação, íamos superar a china em 5 anos de tanto investimento”

De onde você tira suas informações? Investimento estrangeiro no Brasil é irrisório comparado a outros países, e nem tô falando de China porque aí seria covardia com o Brasil. rs

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  WSilva
1 mês atrás

pesquisa aí, Brasil é um dos maiores destinos de investimento no mundo, quanto aos 10 anos de investimento é dinheiro de obras que serão feitas no país, ferrovias, água, esgoto, gás natural, estradas, parques eólicos e etc. me espanta você não saber disso se quer falar da situação atual, tu pinta um cenário horrível e a realidade é outra, desemprego tá casa dos 8% menor de quanto o PR entrou, e com pandemia e guerra na ucrânia, em 2015 foi de 4 pra 10 em menos de um ano.

Carlos
Reply to  Patrício
2 meses atrás

Deixa-me que diga umas coisas sobre a matéria: já ninguém se lembra do pó amarelo de Goiánia, toda a gente sabe que em tecnologia os gringos são bons mas já ninguém se lembra de Three Miles Island, toda a gente sabe como os japoneses são peritos no planeamento contra os efeitos provocados pelos sismos, mas já ninguém se lembra de Fukushima, a manutenção da independência no relacionamento com a Rússia pode causar dois danos e o primeiro pode ser um acidente como o de Chernobyl e os russos são peritos a omitir problemas e que eles sempre têm razão e… Read more »

LUIZ
LUIZ
Reply to  Carlos
2 meses atrás

No momento a Rosatom constrói usinas na Turquia,Irã,Índia,China,França e no breve uma no Egito. Será que os russos são tão ruim em construção de usinas nucleares?

LUIZ
LUIZ
Reply to  Carlos
2 meses atrás

“A State Atomic Energy Corporation Rosatom é a única empresa no mundo que possui os recursos e competências para oferecer soluções de energia em toda a cadeia de fornecimento nuclear, incluindo ativos em projeto, construção e operação de usinas nucleares, mineração de urânio, conversão e enriquecimento, fornecimento de combustível nuclear, desmantelamento, armazenamento e transporte de combustível irradiado e eliminação segura de resíduos nucleares. A Rosatom também está envolvida na produção de equipamentos e produtos isotópicos para as necessidades de medicina nuclear, pesquisa científica e ciência dos materiais, a produção de produtos digitais e diversos produtos inovadores. A estratégia da empresa… Read more »

Carlos
Reply to  LUIZ
2 meses atrás

A Rússia faz parte do consórcio ITER que está a construir um reator de fusão nuclear em França, mas desconheço o estatuto atual, já que agora a Rússia è um pais pária. Mas não consegues negar que Goiánia, Three Miles Island, Chernobyl e Fukushima aconteceram, seja por ignorância, por economia, por falta de planejamento ou mesmo por acidente, estes casos aconteceram, mas o combustível de futuro será o hidrogénio, por isso usinas nucleares é um risco e uma estupidez e irão ser gastos muita grana

Carlos
Reply to  Carlos
2 meses atrás

Faltou mencionar a diplomacia, recomendo a leitura de um artigo interessante cujo o título é “Ao invadir Ucrânia, Putin foi contra todo conceito de direito internacional” da CNN Brasil e cada um tire as sua próprias conclusões.

LUIZ
LUIZ
Reply to  Carlos
2 meses atrás

“Faltou mencionar a diplomacia, recomendo a leitura de um artigo interessante cujo o título é “Ao invadir Ucrânia, Putin foi contra todo conceito de direito internacional” da CNN Brasil e cada um tire as sua próprias conclusões.”

EUA é o que mais fez nas últimas décadas. Ah so podia ser na CNN.

Carlos
Reply to  LUIZ
2 meses atrás

Em primeiro a CNN Brasil não é a CNN e em segundo claramente não leste o artigo ou se leste não soubeste interpretar, temos pena mas não sou professor

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Carlos
2 meses atrás

os EUA também invadiram o Iraque, tem operações ilegais na Siria e Somália, tem que cortar as relações com os EUA ou vc só é hipócrita mesmo.

Carlos
Reply to  Carlos Campos
2 meses atrás

Qual foi o território anexado pelos EUA nesses territórios por ti mencionados? Qual foi o pais que os EUA queriam apagar do mapa? E desde quando um crime é justificação para outro crime? Informa-te melhor sobre as invasões feitas pelos EUA. O melhor é estudares antes de andares por aí a escrever besteiras

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Carlos
1 mês atrás

não eu falei de invadir, eu não tenho 2 pesos e 2 medidas igual você, pra mim os dois lados fizeram m. mesmo assim defendo relacionamento com os 2, já você né.

Carlos
Reply to  Carlos Campos
1 mês atrás

“os EUA também invadiram o Iraque, tem operações ilegais na Siria e Somália” que eu saiba “invadiram” é a terceira pessoas do plural do pretérito perfeito do verbo invadir. O melhor é voltares à escola e aprenderes português e a conjugação dos verbos e não é necessário dois pesos nem duas medidas basta voltares à escolinha

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Patrício
2 meses atrás

Vota 9 fingers, vai acabar com o garimpo, vai trazer a frança para monitorar o desmatamento, principio da bagatela será lei, vai ser o paraíso no terra confia

naval762
naval762
2 meses atrás

Assinar qualquer coisa com os russos, depois de todos crimes cometidos por eles na Ucrânia, é vergonha para o Brasil.

Matheus
Matheus
Reply to  naval762
2 meses atrás

F*da-se a Ucrania, eu quero é ver o Brasil crescendo e se firmando como potencia nuclear.

europeu
europeu
Reply to  Matheus
2 meses atrás

Assim ninguém no mundo vai respeitar o Brasil…

europeu
europeu
Reply to  europeu
2 meses atrás

O Brasil tem de se afirmar primeiro como uma democracia forte, capaz de cuidar da educação, da saúde e da habitação de todos os brasileiros. Acabar com a pobreza e a fome de muitos milhões e, depois disso até pode pensar no resto!!

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  europeu
2 meses atrás

depois que os Europeus, consertarem m.. que fizeram no Iraque, ao dividir a África e etc vocês podem dar pitaco no que o Brasil pode ou não fazer

Carlos
Reply to  Carlos Campos
2 meses atrás

Gostas mesmo de ser ignorante. O que é que os europeus fizeram no Iraque? Quem é que dividiu a África? Quem é que dá pitaco ao Brasil no que pode ou não fazer? Cresce e estuda

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Carlos
1 mês atrás

operação Iraq Freedom teve participação de países Europeus acho que não tinha meios de comunicação na Europa nessa época então tu não devia saber.

Carlos
Reply to  Carlos Campos
1 mês atrás

Os principais países nessa operação foram os EUA e o Reino Unido e nenhum deles é membro da UE e só o segundo é europeu, posteriormente num acordo entre o governo iraquiano e OTAN, alguns países europeus participaram no treino do novo exercito iraquiano, mas não na invasão do Iraque, mas na invasão do Afeganistão participaram todos os países da OTAN, mas aconselho-te a leres a Cartas das Nações Unidas para entenderes quando é lícito ou ilícito uma país invadir outro

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Carlos
1 mês atrás

ONU foi contra a invasão, e a França e o UK estiveram ali sim lutando contra o talibã só procurar e verá, a não ser que esses países não sejam europeus.

Matheus
Matheus
Reply to  europeu
2 meses atrás

Ta achando que geopolitica é ensino médio?
Quanto mais negócios que desenvolvam nossa industria e tecnologia, melhor para a nossa população.
Se voce gosta quando americano/europeu bate palma porque agimos como colônia, então é só voce.

Machado
Machado
Reply to  Matheus
2 meses atrás

Ele não é brasileiro. É claro que vai ser parcial e defender o patrão (EUA). Então pra ele a OTAN é a última bolacha do pacote. Os nossos interesses são diferentes por exemplo queremos soberania e independência. Os europeus já perderam há muito tempo e não são donos dos seus próprios países. São meros vassalos de Washington. E vão pagar caro por isso agora no inverno e uma eventual guerra nuclear além de pagarem somas exorbitantes ao gás norte americano. A conta de luz e gás tá uma beleza por lá. Dizem que muitas empresas vão fechar TB e o… Read more »

Last edited 2 meses atrás by Machado
Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  europeu
2 meses atrás

quando a gente teve apagões no passado onde os Europeus estavam para nos ajudar?

suTERMINATOR
suTERMINATOR
Reply to  Carlos Campos
1 mês atrás

FMI e outros bancos com juros minimos rs

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  suTERMINATOR
1 mês atrás

kkkkkkkk FMI

André Luís
André Luís
Reply to  naval762
2 meses atrás

A cama tá quentinha… vai lá!

Parabéns Brasil e f*da-*e a SlaviaKatervina, terra colônia dos anglo-saxões…

Joelson
Joelson
Reply to  naval762
2 meses atrás

Ucrânia é bucha de canhão/marionete da UE e você quer que o Brasil seja o bom moço?! Poupe-nos!

europeu
europeu
Reply to  Joelson
2 meses atrás

Se não entende a invasão da Ucrânia e o perigo que ela representa nas relações internacionais para todo o mundo esqueça!!! Vá estudar a História do século XX. Atirar palpites desses é coisa de básico!
Não eram os franceses que queriam conquistar a Amazónia!?
Então eu apoio!!!

Ostrogodo
Ostrogodo
Reply to  europeu
2 meses atrás

Assim como o iraque, né?!

Vem junto com eles, vão virar adubo.

Thiago A.
Thiago A.
Reply to  europeu
2 meses atrás

È só tentar “europeu”, mas duvido que a França tenha interesse ou cacife para essa aposta, por enquanto é melhor se preocuparem com o leste europeu, com a África do norte, a Turquia, a postura mais egoísta da Alemanha, a Françafrique, a concorrência oriental… Muita areia e muito chão para os franceses. Não é uma depreciação da França, só constatação dos fatos e dos limites deles . O Brasil pode e deve cuidar de ambos os assuntos contemporaneamente. Prosperidade sem independência e uma defesa crível não se sustenta. O Brasil não depende de uma aliança capaz de fornecer um guarda-chuva… Read more »

MARCELO
MARCELO
Reply to  europeu
2 meses atrás

certeza absoluta que vc é bumbum guloso.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  naval762
2 meses atrás

os Franceses, USA, UK, China, Japão, Bélgica, Holanda, Alemanha e etc tudo ficha suja, que venham os marcianos então para nos ajudar a fazer usinas nucleares.

Carlos
Reply to  Carlos Campos
1 mês atrás

Os casos de Goiánia, Three Miles Island, Fukushima e Chernobyl, um no Brasil, outro nos EUA, outro no Japão e o último na Europa, na Ucrãnia quando ainda fazia parte da URSS e eram os soviéticos russos que mandavam e são todos os que mencionaste de ficha suja? Ou seja os principais responsáveis pelo pior acidente nuclear da história não fazem parte da turma da ficha suja? Vai-te tratar.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Carlos
1 mês atrás

ele já citou a Russia criatura, vai se tratar você, primeiro entendo o contexto da conversa.

Joanderson
Joanderson
2 meses atrás

Parabéns para os envolvidos.
Porém o atual presidente só mantém essa neutralidade em relação a guerra na Ucrânia porq o amor de sua vida trump perdeu a eleição, se não fosse isso ainda estariiam cego cego apoiando tudo que os EUA falassem até hj.

Ostrogodo
Ostrogodo
Reply to  Joanderson
2 meses atrás

Sobre isso não existem dúvidas

Gabriel
Gabriel
2 meses atrás

Se nem neste fórum, destinado basicamente a comentar assuntos militares, as pessoas conseguem ter o discernimento mínimo para não transformar uma notícia, relativamente interessante para o Brasil, em uma guerra de bandeiras/ideológica/política, o que esperar do “zé das cove”? lamentável.

Sagaz
Sagaz
Reply to  Gabriel
2 meses atrás

O “Zé das cove” coloca a comida na nossa mesa, menos preconceito, sem ele nos não vivemos. Melhorar a edução para que até os futuros “Zés das cove” tenham mais discernimento que aparentemente não interessa, somente bolsas, créditos etc.

Fagundes
Fagundes
2 meses atrás

Eu não entendi nada, já vi notícias de o Brasil negociar com os EUA parceria com o reator multipropósito, e agora usinas nucleares com a Rússia…Aparentemente somos amigos de todo mundo.Política internacional semelhante à adotada pela Índia.

Filipe Prestes
Filipe Prestes
Reply to  Fagundes
2 meses atrás

Leia as entrelinhas: Todos eles esperam ganhar o contrato de Angra III se e quando houver. Não tem amiguinho de ninguém aí não.

Fagundes
Fagundes
Reply to  Filipe Prestes
2 meses atrás

Uai…mas Angra 3 já está consumada, foi feito contrato com os Alemães e as peças já chegaram aqui faz tempo.Se não me engano será operado pela eletronuclear, no Brasil só o estado brasileiro pode operar essas usinas, iniciativa privada não é permitida.

Filipe Prestes
Filipe Prestes
Reply to  Fagundes
1 mês atrás

A construção da usina está consumada, o tipo de reator e qual será o fornecedor desse reator é que não está, nem qual será a empresa que fornecerá o yellow cake gaseificado. Quanto á Alemanha, vc está confundindo o tratado Brasil-Alemanha que diz respeito apenas á Angra I e II. Angra 3 de certo só tem o “esqueleto”.

Matheus
Matheus
Reply to  Fagundes
2 meses atrás

Os EUA sempre quiseram sabotar nosso programa nuclear, nunca quiseram que o Brasil fosse totalmente independente na extração e produção. Duvido muito que eles tambem venderiam reatores hoje em dia.

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
2 meses atrás

Vixe, vai bugar a mente dos gados do blog kkkkkk

naval762
naval762
2 meses atrás

Galera dos 50 cents russo/chinês ficou putinha, calma tovarich, Putin vai ganhar a guerra com seus novos convocados. Chorem não.

Filipe Prestes
Filipe Prestes
2 meses atrás

Era pra fazer um bem bolado e meter o reator do SNBR no meio também. Perdemos a chance.

Matheus
Matheus
Reply to  Filipe Prestes
2 meses atrás

Prototipo do RMB nem está pronto ainda.

Filipe Prestes
Filipe Prestes
Reply to  Matheus
1 mês atrás

Mas é exatamente por isso mesmo, era pra cooperação com eles fechar os buracos do reator do SNBR

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Filipe Prestes
1 mês atrás

mas aí tem os pequenos, o reator da MB vai ser dual,, então eles podem ajudar sim,

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
2 meses atrás

Memorando é algo longe de ser coisa concreta pessoal..

O nome já diz…

“memorando de entendimentos para uma futura parceria da NUCLEP com a estatal russa em possíveis atendimentos à Angra 3”

Pessoalmente se for para colocar as usinas para funcionarem direito que façam acordos com qualquer um.

Mas dai a sair algo concreto está muito longe…

O que não pode é isto ai ser um Cyclone 2

Last edited 2 meses atrás by Rodrigo Martins Ferreira

Últimas Notícias

Empresa alemã produzirá munição do Gepard na Espanha

A Rheinmetall, depois de adquirir o mundialmente famoso fabricante espanhol de munições Expal Systems SA, planeja estabelecer a produção...
Parceiro

- Advertisement -
- Advertisement -