domingo, dezembro 4, 2022

Saab RBS 70NG

Tropas russas e americanas na Síria compartilham ‘momento raro’ de simpatia

Destaques

Redação Forças de Defesa
Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

Tropas dos EUA e da Rússia trocaram cumprimentos amigáveis ​​e posaram para fotos juntos no fim de semana em uma estrada no nordeste da Síria, em uma rara demonstração de simpatia entre as forças rivais.

Tanto Washington quanto Moscou têm tropas no terreno na Síria apoiando lados opostos da guerra que devastou o país do Oriente Médio desde 2011.

A guerra da Rússia na Ucrânia desde fevereiro exacerbou as tensões geopolíticas com os Estados Unidos.

Mas na manhã de sábado, as rotas de patrulha dos EUA e da Rússia se cruzaram em um campo de petróleo perto da cidade de Qahtaniyah, na província de Hassakeh, no Nordeste, segundo correspondentes da AFP.

Não foi a primeira vez que eles se cruzaram na região controlada pelos curdos, mas, em vez de simplesmente passarem um pelo outro, os comboios pararam e os soldados ficaram lado a lado enquanto falavam e posavam para fotos.

Vários soldados até trocaram pequenos patches usados ​​em seus uniformes como momentos da interação, disseram os correspondentes.

Foi um “momento muito raro”, disse o especialista em Síria Samuel Ramani, e um sinal “de que a Rússia e os EUA ainda querem evitar um conflito na Síria”.

Opositor ferrenho do regime sírio, Washington mobilizou tropas pela primeira vez no nordeste da Síria em 2014 como parte de uma coalizão para combater o grupo Estado Islâmico.

Os militares russos, por sua vez, apoiam o governo do presidente Bashar al-Assad desde 2015, mas não mobilizaram forças no Nordeste até 2019, após uma invasão turca contra combatentes curdos.

Canais de desconflito estão em vigor desde 2015 para evitar qualquer confronto entre os russos e os americanos.

A presença de tropas russas também ajudou as forças dos EUA a evitar um confronto com as forças do regime sírio.

FONTE/FOTOS: AFP

- Advertisement -

70 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest

70 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Pedro Fullback
Pedro Fullback
1 mês atrás

Os americanos não tem permissão para estarem na Síria. Logo fica a pergunta, por quê não são considerados invasores?

Sérgio Rocha
Sérgio Rocha
Reply to  Pedro Fullback
1 mês atrás

Pelas mesmas razões que os russos não o são.

A Síria virou terra de ninguém!

Fica a dica para os revolucionários e reacionários do Brasil.

Professor
Professor
Reply to  Sérgio Rocha
1 mês atrás

a Síria já era uma colonia russa onde papai Assad brincava de atacar Israel e sonhava em ocupar o Líbano para sempre desde os anos 1960…O regime brutal fuzilava inclusive seus oficiais, imaginem o povo não sunita….Até deve estar melhor hoje, se vc não é sunita….Piorou para os sunitas obviamente…

Fábio CDC
Fábio CDC
Reply to  Pedro Fullback
1 mês atrás

Os americanos não tem permissão para estarem na Síria. Logo fica a pergunta, por quê não são considerados invasores?”

Quando cheguei haviam 21 dislikes nesse comentário. Eu gostaria que pelo menos 1 dessas 21 pessoas que deram dislike respondesse a pergunta feita pelo Sr. Pedro Fullback, mas…

Digo
Digo
Reply to  Pedro Fullback
1 mês atrás

Não sei por que o pessoal está te negativando, mas já que ninguém está rebatendo seu argumento já é um bom indicativo que o pessoal aqui é minion de americanos, já que claramente os EUA estão violando os direitos territoriais de uma nação soberana.

Já que ninguém fala, eu vou te dizer por que os EUA estão na Síria, é para combater a influência do Irã e Rússia na região e tentar deslegitimar o governo do Assad.

Mas ta tudo bem, já que os EUA são os guardiões da ordem internacional baseada em regras /s

Last edited 1 mês atrás by Digo
Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Digo
1 mês atrás

A pergunta é outra..

Por que os russos não expulsam os americanos do território sírio, já que são invasores ?

Resposta simples..

Os americanos caçam o ISIS que é útil para todos e os russos mantém o Assad no poder.

Alessandro Almeida
Alessandro Almeida
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 mês atrás

Porque não precisa.
Já estão ocorrendo diversos ataques de rebeldes da região apoiados pelo Irã.
Ontem mesmo, Al Tanf foi bombardeada mais uma vez.
Dentro em breve, os americanos levam uma corrida.
Mais uma.

Digo
Digo
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 mês atrás

O ISIS foi exterminado em 2017, agora resta pouca cedulas de guerrilhas, todo mundo se junto para derrotar o IS na época, Turquia, Rússia, Curdos e os EUA(além de seus proxies), já era para os EUA terem retirado suas forças de território sírio faz tempo.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Digo
1 mês atrás

Poucas “cédulas”…

Se existem poucas células ainda não foi exterminado.

A função da Rússia na Síria é únicamente garantir a permanência da família Assad no poder..

Do jeito que vai na Ucrânia..

Se alguém apertar muito os russos afinam ali tb.

MBK
MBK
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 mês atrás

Talvez esse vídeo o ajude a entender melhor a questão.
https://www.youtube.com/watch?v=QhBApZa6Ms4

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  MBK
1 mês atrás

ahahahaha

viu o título do vídeo e jogou aqui..

É um Hind no vídeo, panguão

ahahahahahahahahahahahahah

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 mês atrás

Só para avisar, o Black é um conhecido motivo de piada. E para os incautos que acreditam que é um militar recém aposentado ou algo assim, o cara saiu da ativa no início dos anos 1990, então ele realmente não tem muito conhecimento de causa. Nem os republicanos o levam à sério.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Leandro Costa
1 mês atrás

Me poupou a resposta…

André Souza
André Souza
Reply to  Digo
1 mês atrás

E estão errados ?
Aonde Irã, Síria ou Rússia são exemplos claros de democracia e liberdade ? Recentemente mesmo mataram uma mulher no Irã por não usar um véu corretamente. “Ah mas é cultura” mentira! Irã nem sempre foi um país ultra radical, regimes assim não podem ser romantizados, colocando as democracias do mundo como vilões por combater esses caras.

Digo
Digo
Reply to  André Souza
1 mês atrás

Então se não for uma democracia o governo tem que sofrer um golpe? Por isso muitas pessoas estão cansada das democracias ocidentais, Putin estava certo quando disse que a regras não valem para eles.

rui mendes
rui mendes
Reply to  Digo
1 mês atrás

Democracias Ocidentais, que tu adoras, senão já tinhas ido para um desses países.

André Souza
André Souza
Reply to  Digo
1 mês atrás

Óbvio que não vale para eles, se as regras significam tirar o direito e a liberdade de um povo então que seja derrubada, em um país de regime autoritário não estaríamos tendo essa conversa que estamos tendo agora.

Rogerio
Rogerio
Reply to  Digo
1 mês atrás

Assad é um ditador e como todo ditador, ilegitimo!

Zorann
Zorann
Reply to  Rogerio
1 mês atrás

Os EUA devem morrer de saudades do Saddan Hussein.

Olha a bagunça que virou o Iraque, Síria…. Tudo começou com a derrubada do Saddan Hussein. Ditador sim, mas que mantinha o Iraque sob controle. E lá se vão 21 anos de bagunça, de Isis….

Não estou defendendo ditaduras, mas inocente você de achar que ditaduras não são defendidas e apoiadas por todo o ocidente (democrático) quando convém

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Zorann
1 mês atrás

mais do que isso, olha a vida das pessoas lá, se vai um americano na periferia do Iraque ele é morto, ain livramos voces do Saddan, vocês tem que ser gratos, país ta uma zona, cheio de milicias, terroristas, pessoas desempregadas, mutiladas e sem liderança de verdade, qualidade de vida caiu, tem lugar que democracia não funciona, OM é assim, própria Síria tinha judeu, muçulmano e cristão nos mesmos bairros e não se matavam, tentaram tirar o Assad e começaram a se matar.

André Souza
André Souza
Reply to  Zorann
1 mês atrás

Não está defendendo ditadura não, imagina, digo e repito todo regime que tira a liberdade do outro tem que ser derrubado, se o Iraque está o caos que está hoje é efeito colateral não do EUA e sim por anos de repressão que aquele país viveu, foi um erro do Ocidente não ter dado ajuda para estabelecer um governo digno aquele país ? Sim! Porém é a derrubada de Sadam é algo que não deveria nem ser discutido como algo bom ou ruim.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Zorann
1 mês atrás

Nesta eu concordo com você..

Se teve cag… que os americanos fizeram foi a invasão do Iraque e pior sem um plano consistente depois da queda do Saddam..

Foi um pior que o outro…

Digo
Digo
Reply to  Rogerio
1 mês atrás

Fala isso para um chinês em relação ao partido comunista Chinês ser ilegítimo e veja o que ele vai falar para você kkkk

Last edited 1 mês atrás by Digo
Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Digo
1 mês atrás

Agora quem deu poder para o EUA deslegitimar o Assad e frear Russia e Irã, a Ucrania decide o que ela quiser e a Síria não? kkkkkkk ainda tem gente que defende essas coisas, deixei um até com raiva outro dia, joguei na cara que as potências são cobertas de sangue.

H.Saito
H.Saito
Reply to  Digo
1 mês atrás

Bastava pesquisar no próprio site sobre a historia da intervenção na Síria.

Last edited 1 mês atrás by H.Saito
Adriano Madureira
Adriano Madureira
Reply to  Digo
1 mês atrás

“Já que ninguém fala, eu vou te dizer por que os EUA estão na Síria, é para combater a influência do Irã e Rússia na região e tentar deslegitimar o governo do Assad”.

É não caro Digo, estão lá para defender a paz, a democracia e a liberdade do povo, um sentimento bastante altruísta da parte deles

comment image

comment image

comment image

comment image

comment image

comment image

comment image:large

Last edited 1 mês atrás by Adriano Madureira
Velho Alfredo
Velho Alfredo
Reply to  Pedro Fullback
1 mês atrás

Quem daria a autorização?

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Pedro Fullback
1 mês atrás

Os EUA não tinham nada o que fazer lá. Tivessem atacado o ISIS pelo ar e ficava menos pior, mas ainda ruim. Querem apoiar os Curdos? Beleza, mas devem existir outras formas. Mais uma trapalhada do Obama, dentre as muitas, que ainda perduram e precisa acabar, por mais sanguinário que seja o Assad. Poderia até ser um bom osso para o Putin. Você se retira da Ucrânia que eu saio da Síria. Os Curdos ficariam P da vida (com razão), mas seria uma proposta interessante, mesmo que eu duvide que o Putin aceite. Ele gosta de quebrar a cara. Também… Read more »

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Leandro Costa
1 mês atrás

os curdos voltaram para o Assad, Assad disse voces estão fazendo um erro, esses estrangeiros não ligam para vocês, a Síria é o seu país, confie no seu governo, confiaram nos EUA, e quando não foram mais úteis foram abandonados, tem vídeo no Youtube das pessoas jogando pedras nos carros dos EUA, veio a Turquia e atacou eles dizendo que eles eram do PKK e YPG, genocidio, ta acha que os EUA fez alguma coisa? só não foi pior pq o exercito sírio rápido atacou os Turcos, e a tomada de terra pelos turcos o que EUA fez ? nada,… Read more »

rui mendes
rui mendes
Reply to  Leandro Costa
1 mês atrás

Ninguém vai deixar de apoiar a Ucrânia, pois ao contrário dos Russos e Chineses, honra e defesa da democracia e de países soberanos, que são invadidos, não se negoceia e depois os EUA não são os Únicos que apoiam a Ucrânia, muito pelo contrário, a Europa está pagando um dos maiores preços, pois ajuda a nível militar, económico e social, basta dizer que têm 7.5 milhões de refugiados Ucranianos.

Francisco
Francisco
Reply to  rui mendes
1 mês atrás

Caro Rui e quem disse que esses 7,5 milhões são custo, pode muito bem ser receita, não esqueça estamos falando de um continente que a população está diminuindo drasticamente, um continente com uma taxa de natalidade pífia, um continente que por conta de narrativas ideológicas as quais claramente não valorizam, não estimulam a continuidade da espécie principalmente no que tange a reprodução humana corre sim sérios riscos de existência e soberania, alguns países como Bélgica e Suécia já possuem áreas com quase 30% de estrangeiros, estrangeiros acolhidos por conta do politicamente correto, mas que não são os estrangeiros “desejados” por… Read more »

Alessandro Almeida
Alessandro Almeida
Reply to  rui mendes
1 mês atrás

Então dê seu apoio a esse soldado ucraniano do vídeo.
O drone russo capturou o exato momento em que, sob ataque inimigo, ele se benze.
Singelo e incrível.

youtube.com/watch?v=w0YvMfWdTO8

Teropode
Reply to  Pedro Fullback
1 mês atrás

Já a Rússia tem permissão para estar na Ucrânia né!

Alessandro Almeida
Alessandro Almeida
Reply to  Teropode
1 mês atrás

Claro.
Basta ver o ‘grau de parentesco’ entre russos e ucranianos e americanos e sírios.
Historiadores argumentam que russos e ucranianos são o mesmo povo.
Logo, podem estar sob o mesmo teto.

Ramon
Ramon
Reply to  Alessandro Almeida
1 mês atrás

Nossa que ótima comparação essa sua vemos o fino da intelectualidade, queria ver se seu tio chato entrasse na sua casa sem sua permissão e matasse seu cachorro pq ele latiu, e matasse seu filho uma semana depois pq o menino não queria desligar o vídeo game para o seu tio assistir o jogo, e que desse um tapa na bunda da sua esposa pq ela é bonita é cada coisa que as pessoas falam para justificar o que não tem justificativa.

Alessandro Almeida
Alessandro Almeida
Reply to  Ramon
1 mês atrás

Quer outra?
Olha o grau de amizade entre Israel e Palestina.
Melhorou?

Salim
Salim
Reply to  Alessandro Almeida
1 mês atrás

Tem mais sírio rodando mundo do que vc imagina, até aqui tem bastante, se bobear comunidade Síria na Europa e EUA já dá parentesco rsss

Zorann
Zorann
Reply to  Teropode
1 mês atrás

O que uma coisa tem a ver com a outra. O cara que comenta algo assim, não sei nem o que dizer.

Um erro não justifica o outro. Aliás, o erro americano na Síria é muito anterior ao erro Russo na Ucrânia

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Teropode
1 mês atrás

não, mas você vai torcer para os soldados dos eua serem mortos na síria, onde os EUA fez a mesma coisa que a russia na ucrania?

Aéreo
Aéreo
Reply to  Pedro Fullback
1 mês atrás

Eles tem a permissão suprema para; Ocupar territórios e depor governos exportando a “democracia” pra o mundo  Criar base legal para invasões como “armas de destruição em massa” Realizar ataques com drones matando terroristas e civis sem distinção. Deter pessoas por décadas sem o devido processo legal em locais como Guantánamo ou uma dúzia de prisões secretas pelo mundo. Torturar de acordo com “manuais humanitários” qualquer pessoa que julguem serem ameaças à segurança governamental. Ouvir comunicações de qualquer individuo ao redor do mundo. E também possuem a prerrogativa suprema, de que quando outras nações fazem a mesma coisa chamar estes… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Aéreo
horatio zhirinovsky
horatio zhirinovsky
Reply to  Pedro Fullback
1 mês atrás

são considerados invasores pelo assad q ainda é presidente da siria

Heinz
Heinz
Reply to  Pedro Fullback
1 mês atrás

Claro que são, espero que os americanos sejam enxotados, expulsos da Síria, da mesma forma que espero que os russos sejam enxotados da Ucrânia.

HLopes
HLopes
Reply to  Pedro Fullback
1 mês atrás

Simplesmente porque não invadiram a Síria. Os americanos simplesmente dão apoio ao YPG que são aliados no combate ao ISIS e não permitem ao regime do assad e aos russos que incomodem o aliado YPG, estão no terreno a pedido do YPG. Menos de dois mil soldados no terreno nunca serão uma força de invasão.

A situação da síria é complicada, onde os Americanos apoiam o YPG, os Turcos apoiam o FSA e or russos apoiam o assad. É um autêntico saco de gatos.

mago
mago
Reply to  Pedro Fullback
1 mês atrás

Pois é! E todo mundo faz cara de paisagem!

Omg
Omg
1 mês atrás

Algo me diz que algum oficial americano vai perder o cargo.

Rui Chapéu
Rui Chapéu
1 mês atrás

Os russos estão felizes ali pq não estão na Ucrania!

Olha o olhar de felicidade do cara não ter virado carne-moida ainda!

Henrique
Henrique
Reply to  Rui Chapéu
1 mês atrás

é muito bom vc não ta morrendo de graça kkkkk

Sagaz
Sagaz
Reply to  Rui Chapéu
1 mês atrás

Viu tanques de verdade e armamentos de verdade sob uso de um país de verdade e não um medíocre igual a Rússia.

Joanderson
Joanderson
Reply to  Sagaz
1 mês atrás

Rússia um pais medíocre com armas medíocre, falou um brasileiro que mora no Brasil um pais em varios aspectos pior qui a Rússia e qui nem armas tem.

mac
mac
Reply to  Joanderson
1 mês atrás

Falou o cara que queria ter nascido russo…

Rodrigo
Rodrigo
1 mês atrás

Deram o brinquedo do MC lanche feli e os russo ficaram faceiros…

NEMO revoltado
NEMO revoltado
1 mês atrás

Quem dera tudo fosse resolvido de maneiras tão simples como esta!

Como diz o Doctor Who…

“Quanto sangue será derramado até fazerem o que deviam ter feito desde o inicio…”

SENTAR E CONVERSAR!

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
1 mês atrás

Os russos usam o Z na Síria tb por q ?

Deve ser de Zíria..rs

DOUGLAS TARGINO
DOUGLAS TARGINO
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 mês atrás

Os sírios usam mesmos veículos, então deve ser para evitar algum fogo inimigo.

Hcosta
Hcosta
Reply to  DOUGLAS TARGINO
1 mês atrás

Se for um Kamaz Typhoon, duvido muito que os rebeldes ou outras forças tenha algum…

Alessandro Almeida
Alessandro Almeida
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 mês atrás

Tendo em vista o baixo padrão educacional do soldado médio americano, é possível.
Assim como dizem que a Capital do Brasil é Buenos Aires.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Alessandro Almeida
1 mês atrás

E você acredita que a China e Rússia vão dominar o mundo e o nove dedos é honesto

Cada qual com a sua ignorância

Last edited 1 mês atrás by Rodrigo Martins Ferreira
João Adaime
João Adaime
1 mês atrás

Isso explica a atitude amistosa entre ambos os lados.

guerra 3.png
Satyricon
Satyricon
1 mês atrás

Dificilmente não veremos alterações neste cenário Sírio no médio prazo, porque os principais atores envolvidos estão em sérios apuros: seja a Rússia (precisa falar?), o Iran, com seus problemas internos, e a Turquia idem.
Torço para que um dia esse martírio da população Síria acabe.

Alessandro Almeida
Alessandro Almeida
Reply to  Satyricon
1 mês atrás

A questão é muito complexa na região.
Os americanos estão escorados, em grande parte, nos curdos.
Ocorre que os curdos estão sendo atacados pelos turcos e agora pelos iranianos.
E a grande base de apoio americano na região, que é o Iraque, está a ponto de explodir com uma oposição apoiada pelo Irã.
E mesmo nesse caos, devemos considerar o avanço russo e chinês nos acordos comerciais e petrolíferos com o Iraque.

Alessandro
Alessandro
1 mês atrás

A gente discute aqui nos comentários, mas a realidade é essa aí na foto.

EUA e Rússia estão caga#$% para o mundo com suas guerras.

Last edited 1 mês atrás by Alessandro
ChinEs
ChinEs
1 mês atrás

Por isso nessa Guerra quem vai se ferrar vai ser o inocente povo ucraniano…

Alberto
Alberto
1 mês atrás

O Pentágono está se sentindo incomodado com a política do Biden, que acham que está sendo irresponsável e pode levar os EUA a um confronto militar direto com a Rússia e a China. Talvez esse encontro tenha sido intencional…

Heinz
Heinz
1 mês atrás

Muito interessante o profissionalismo dos dois lados.
São homens e mulheres que não se conhecem, mas que por decisões de velhos !mbec!s iriam se matar num conflito.

Carlos Campos
Carlos Campos
1 mês atrás

Lembrando que a presença dos EUA ali é ilegal.

Teropode
Reply to  Carlos Campos
1 mês atrás

A presença da Rússia na Ucrânia também !

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Teropode
1 mês atrás

concordo, mas você concorda comigo que os EUA na síria é ilegal?

Professor
Professor
1 mês atrás

A Síria, como outros países daquela região, possuem fronteiras artificialmente desenhadas pelos ingleses e são caldeirões de etnias que gostam de se estripar umas às outras…A Rússia, ainda no tempo da URSS, tinha papai Assad como seu ditador protegido e presença militar lá…Assad era um ditador assassino cujo desejo era destruir Israel e ocupar o Líbano…E bem que ele tentou… na batalha do vale de bekaa ele perdeu 76 aviões de combate (fabricação russa) contra um ou dois israelenses. Ele mandou fuzilar os oficiais que comandavam a Força Aérea, sendo que a tecnologia superior americana, destruindo os radares com os… Read more »

Alberto
Alberto
Reply to  Professor
1 mês atrás

Sim, as fronteiras do Oriente Médio em grande parte foram definidas pelos vencedores da I Guerra Mundial, Inglaterra e França, quando o Império Otomano, aliado da Alemanha, foi derrotado e desfragmentado em diversos pequenos países que compõem hoje o Oriente Médio. Este é o mesmo plano hj do Ocidente para a Rússia, derrota-la e dividi-la em diversos países menores. A questão é que estes povos do Oriente tem um senso de identidade muito grande, já dominaram a própria Europa por muito tempo, vide Império Árabe e Império Otomano, é diferente por exemplo da situação do Brasil e América Latina, que… Read more »

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Professor
1 mês atrás

Os bondosos americanos deixaram os curdos para serem feitos o que quer que seja pelos turcos, e voce sabe que não é coisa boa, além de que o Assad tava ganhando a guerra, e os EUA por meio do Obama e CIA deram armas para os moderados”, esses mesmo moderados para acampanhou a guerra estavam matando prisioneiros, estuprand@ cristãs, e torturando os outros, muito bonito o seu comentário, mas quando ele esbarra na realidade vai por água abaixo a Siria foi destruída em jogo muito grande para acabar a dependência de Petroleo Russo da Europa, esse plano continua em prática,… Read more »

Últimas Notícias

Empresa alemã produzirá munição do Gepard na Espanha

A Rheinmetall, depois de adquirir o mundialmente famoso fabricante espanhol de munições Expal Systems SA, planeja estabelecer a produção...
Parceiro

- Advertisement -
- Advertisement -