domingo, dezembro 4, 2022

Saab RBS 70NG

Rússia ou Ucrânia? Quem vai ficar sem armas primeiro?

Destaques

Guilherme Poggio
Guilherme Poggiohttp://www.forte.jor.br
Editor da Revista Forças de Defesa

O ministro da Defesa do Reino Unido disse que a Rússia ficará sem armas antes da Ucrânia, porque a Rússia está isolada e cortada da cadeia de suprimentos global.

Ben Wallace foi questionado pela Sky News em uma entrevista compartilhada na quinta-feira se “existe o risco de que os aliados ocidentais fiquem sem armas para apoiar a Ucrânia primeiro”, em comparação com a Rússia.

Wallace disse em resposta que não havia.

“Não há risco”, disse ele.

Ele disse isso porque os aliados ocidentais da Ucrânia não correm o risco ter os equipamentos esgotados “ao contrário da Rússia, que já se isolou”.

A capacidade da Rússia de fabricar e consertar armas e munições está ligada a uma cadeia de suprimentos global à qual tem pouco acesso atual, disse ele.

“Eles precisam de uma cadeia de suprimentos, e grande parte de sua cadeia de suprimentos não estava na Rússia, eles vieram de todo o mundo, inclusive da Europa e inclusive, de fato, até da Ucrânia“, disse ele.

Os aliados da Ucrânia impuseram várias ondas de sanções à Rússia, cortando-a de suprimentos essenciais, desde o início da guerra.

Mas houve relatos de que o Ocidente está atingindo os limites de sua capacidade de fornecer munição à Ucrânia, como noticiaram o Wall Street Journal e a CNBC.

Uma avaliação feita em setembro pelo Centro de Estudos Estratégicos e Internacionais listou o status do estoque de cinco armas principais – incluindo o famoso HIMARS – como “limitado”.

Abordando esses tipos de preocupações, Wallace disse: “Temos a capacidade de reformar e, de fato, fabricar uma nova cadeia de suprimentos, que é o que estamos fazendo agora”.

Mas o CSIS observou que o aumento das reservas dos EUA pode ser um processo lento, graças a fatores como longos prazos de produção.

E o presidente francês, Emmanuel Macron , disse na quarta-feira que a França “não pode entregar tanto quanto os ucranianos pedem”, pois precisa manter algumas armas.

Wallace disse que o IFU , um novo fundo internacional para fornecer equipamentos e apoio à Ucrânia anunciado em agosto, é uma ilustração de como o Ocidente pode continuar fornecendo armas à Ucrânia.

Os pedidos de fabricação feitos por meio disso “garantirão que possamos continuar em 2023 e 2024”, disse ele.

A própria Rússia também acabou sendo um grande fornecedor de armas para a Ucrânia, além das contribuições do Ocidente, segundo o The Wall Street Journal .

À medida que as forças ucranianas avançaram e retomaram grandes extensões de território no norte e no leste, soldados russos em fuga abandonaram grandes estoques de armas e munição.

Wallace disse que o isolamento da Rússia da maior parte do mundo foi claramente ilustrado em uma votação da ONU na quarta-feira, quando 143 países apoiaram uma moção para condenar a invasão da Ucrânia.

Os únicos quatro países que votaram contra a moção além da própria Rússia – Coreia do Norte, Bielorrússia, Síria e Nicarágua – são todos países com regimes altamente repressivos.

A Rússia recorreu a esses estados párias para fornecimento de armas, com a inteligência dos EUA alegando que a Coréia do Norte havia fornecido armas. A Coreia do Norte negou a medida, que violaria as sanções da ONU.

A Rússia também recebeu drones fabricados pelo Irã, que autoridades ucranianas relataram estar em uso durante todo o outono, inclusive durante o mais recente bombardeio do presidente Vladimir Putin à Ucrânia.

FONTE: Business Insider

- Advertisement -

183 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest

183 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Atirador 33
Atirador 33
1 mês atrás

Só falou verdades, agora se esse conflito se espalhar para o campo das ogivas nuclear, essa logística não vai beneficiar nenhum dos lados.

Atirador 33
Atirador 33
Reply to  Atirador 33
1 mês atrás

Hoje ao assistir um vídeo dos combates na Ucrânia, reparei uma semelhança da topografia o campo de batalha ucraniano, com a maior parte do território das regiões sudestes e centro oeste, e as semelhanças são surpreendentes, como: Campo aberto com áreas de extensas plantações, grandes quantidades de matas ciliares. Recentemente aqui em SP foi determinado por lei a conservação/criação de um percentual de matas ciliares nas propriedades rurais. Se ocorresse uma invasão ao Brasil por uma potência cuja a ignorância e arrogância pudesse ser semelhante a russa, essas vegetações ajudaria muito na defesa dessas regiões sudeste e centro oeste onde… Read more »

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
Reply to  Atirador 33
1 mês atrás

Mano quem é que vai atacar isso? Para derrotar o Brasil é mais fácil do que você imagina: é só deixar o brasileiro ser brasileiro. Esse país é fodido, o brasileiro mesmo se derrota sem precisar de invasão alheia.

Jose Marinho
Jose Marinho
Reply to  Inimigo do Estado
1 mês atrás

Todo o país tem os seus problemas, mas quando algo de profundamente errado acontece ele sabe-se unir.

A C
A C
Reply to  Jose Marinho
1 mês atrás

Algo profundamente errado estah para acontecer no proximo dia 30.

Marcelo
Marcelo
Reply to  A C
1 mês atrás

O Brasil vai ser invadido no dia 30?

Marcelo
Marcelo
Reply to  A C
1 mês atrás

O Brasil vai ser invadido no dia 30? Preciso preparar meu estilingue e minha cuica.

A C
A C
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

Pior, meu nobre Marcelo. O pais jah estah dividido e parece nao haver causas para a (re-)uniao do povo.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  A C
1 mês atrás

Caro AC. O país sempre esteve dividido nas eleiçõe presidenciais desde a redemocratização. Apenas países fechados em torno de ditaduras exibem consenso (quem diverge é preso ou assassinado).

William Duarte
William Duarte
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

Eu tenho duas espingarda de pressão, vendo uma.

George
George
Reply to  A C
1 mês atrás

Tem algo profundamente errado que não está certo. Fugir do tema do texto acima. O que o Brasil tem com isso?

LUIZ
LUIZ
Reply to  Jose Marinho
1 mês atrás

Se vimos a União dos Senhores de Engenho vestidos de amarelo moradores dos bairros nobres preocupados com a corrupção no Brasil. Aqui em Recife essa gente mora em Boa Viagem.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  LUIZ
1 mês atrás

ahahaha O Brasil é o país que tem mais gente rica no mundo…

Hoje aqui em Natal eu vi uma carreata do PT e não tinha carro velho e popular não…

Só gente interessada em manter a boquinha no Governo da Fátima do Gópi.

Lúcio Sátiro
Lúcio Sátiro
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 mês atrás

Esse povo usa os pobres como discurso mas eles próprios são mais loucos por dinheiro que qualquer capitalista que eles criticam.

Marcos Silva
Marcos Silva
Reply to  Jose Marinho
1 mês atrás

Acorde! Brasileiro só se une na copa do mundo! Porquê futebol é coisa séria.

Sagaz
Sagaz
Reply to  Inimigo do Estado
1 mês atrás

Viralata. Não é brasileiro !? Gosta de cuspir para cima

LeoRezende
LeoRezende
Reply to  Inimigo do Estado
1 mês atrás

Vc ignora até o tamanho da sua ignorância.

Tutor
Tutor
Reply to  Inimigo do Estado
1 mês atrás

Verdade inimigo do Estado. Por que alguma potência seria tola de gastar trilhões e perder milhares de soldados, se eles podem apenas gastar alguns poucos bilhões, comprar meia dúzia de nossos líderes e atingir o mesmo objetivo ?

Salim
Salim
Reply to  Inimigo do Estado
1 mês atrás

Invadir pra que?! Eles levam o que quiser por quase nada. Do jeito que são estes patriotas vamos virar uma republiqueta qualquer, cheia de corrupto e gente mendigando. Explica como tem miséria num país rico como o nosso. Somos os maiores produtores e exportadores do mundo de vários itens, minérios levam aos borbotões por baixo do pano. Não é de hoje, vem de décadas. Se vc olhar composição governo/congresso últimas décadas tem a explicação.

Marcos Silva
Marcos Silva
Reply to  Inimigo do Estado
1 mês atrás

Boa! O brasil não precisa de inimigos pra se destruir. Já tem a pior praga que existe: o brasileiro!

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Atirador 33
1 mês atrás

A topografia de Goiás favorece o defensor, colinas, serras e morros que dão visão de longas distâncias. Além de formação naturais de pontos de emboscada. O problema do Brasil como você bem diz é a quantidade de equipamentos muito abaixo do mínimo para um país de dimensões continentais como o Brasil.

Alan Santos
Alan Santos
Reply to  Wellington Jr
1 mês atrás

Aqui no Paraná ninguém chegaria no primeiro planalto .

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Atirador 33
1 mês atrás

É bom lembrar que na Ucrânia, nenhum dos dois lados tem predominância aérea sobre o outro, ou seja, para que nesse cenário altamente hipotético que você criou, precisaríamos ter defesas aéreas/anti-aéreas muito boas e com grande estoque de munições. Ainda precisamos avançar muito nesse quesito.

Jesus Baccaro
Jesus Baccaro
Reply to  Leandro Costa
1 mês atrás

Não tem? Tem avião ucraniano voando?

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Jesus Baccaro
1 mês atrás

Tem avião Russo atacando as linhas de frente e providenciando CAS para as tropas Russas? Concentrações inteiras de tropas Ucranianas não foram molestadas à ponto de conseguirem empreender uma contraofensiva bem sucedida. Não há aeronaves Russas empreendendo interdição do campo de batalha, e nem mesmo assinalando alvos de tempo crítico de reação para mísseis de cruzeiro ou drones suicidas (estes atacando apenas instalações fixas) e não há aeronaves Russas ‘on station’ para atacá-los mesmo se houvesse como assinalá-los. O espaço aéreo ainda é contestado por ambos os lados, com ambos os lados tendo uma taxa de surtidas baixíssima e recorrendo… Read more »

LUIZ
LUIZ
Reply to  Leandro Costa
1 mês atrás

Vi vários videos dos helicópteros russos bombardeando as posições ucranianas. Mi-28,KA 52 fazendo a festa. E tem 1 que ta cegando os radares ucranianos.

RPiletti
RPiletti
Reply to  Jesus Baccaro
1 mês atrás

Sim, há aviões ucranianos voando e atacando.

Jesus Baccaro
Jesus Baccaro
Reply to  Atirador 33
1 mês atrás

Pra que atacar o Brasil se nossos militares estendem tapete vermelho pra receber os inimigos, como os Estados Unidos, que é o ÚNICO país que pode nos invadir.
São bem vindo e tem as botas engraxadas com a lingue.

Paulo Montezuma
Paulo Montezuma
Reply to  Jesus Baccaro
1 mês atrás

Complexo de vira lata. Nossos militares, os que estão na caserna, no dia a dia, merecem nosso respeito

Rodrigo
Rodrigo
Reply to  Paulo Montezuma
1 mês atrás

Os que estão capinando, ou passando cal em árvores…ou esbanjando em medalha para o veio da Havan ou os que estão brincando de especialista em urna.

Lúcio Sátiro
Lúcio Sátiro
Reply to  Rodrigo
1 mês atrás

Petista tem uma raiva quando militar chega perto da urna para verificar sua segurança. Por que será heim ?

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Lúcio Sátiro
1 mês atrás

Caro Lucio. Qualquer pessoa deveria ficar incomodada quanto militares (no Brasil ou em qualquer país do muo) tomam para si a função de auditar eleições ou como avalistas do processo político. São duas situações possíveis. 1. os militares confirmam os resultados (isso torna as eleições mais legítimas ou significam que o processo político é tão frágil que precisa do aval militar?). 2 os resultados oficiais divergem da verificação militar. Neste caso, quem está certo? O sistema civil auditado pela justiça eleitoral, pelos partidos políticos e pela sociedade civil ou o resultado dos militares? O que os militares fariam neste caso,… Read more »

Pablo
Pablo
Reply to  Jesus Baccaro
1 mês atrás

O mundo inteiro vem aqui, mas so o EUA e nosso inimigo hahaha. Viralatismo da nisso, falar bobagem.

William Duarte
William Duarte
Reply to  Jesus Baccaro
1 mês atrás

Vou desenhar para você entender. Você convida os americanos, franceses, ingleses e outros para um curso na selva na Amazônia. Recebe eles muito bem, são todos bem vindos, somos amigos e aliados de longas datas, muitos equipamentos que usamos são de origem deles, nossa doutrina militar e padrão a deles (OTAN), como você disse até engraxa as botas deles. Explica para eles que o tamanho da selva, quase o tamanho da Europa Ocidental, as doenças existentes etc… Depois você leva eles para o curso básico de selva e mostra o inferno que será para eles. Termina o curso engraxa as… Read more »

MFB
MFB
1 mês atrás

Incrível a situação ruim que Putin arrumou. Vinha conseguindo bons resultados no seu tempo de governo, mas essa invasão… Eu não acredito que eles tenham imaginado um cenário com a Ucrânia resistindo e sendo apoiada pela OTAN. Se imaginou isso, enlouqueceu de vez em dar seguimento a uma invasão… Ninguém me convence de que os generais bajuladores não venderam um exército imaginário para Putin.

Last edited 1 mês atrás by MFB
Plinio Jr
Plinio Jr
Reply to  MFB
1 mês atrás

Ele acreditou que seria algo parecido com a Criméia em 2014, que seria rápido, sem oposição, conseguindo colocar um governo fantoche pró-Rússia … quebrou a cara ….

Agressor's
Agressor's
Reply to  MFB
1 mês atrás

A Rússia está do lado mais forte(Lado Chinês) tanto economicamente como belicamente! Não longe também está próximo Índia, e agora até Arábia Saudita! Economia estadunidense é a velha ordem! China é a nova ordem mundial! Se engana quem acha que a Rússia está quebrada…

Last edited 1 mês atrás by Agressor's
Jose Marinho
Jose Marinho
Reply to  Agressor's
1 mês atrás

Concordo consigo a Russia esta do lado da China, ou melhor debaixo da asa do Dragão como um bom eunuco deve estar

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  Agressor's
1 mês atrás

A China esta tão do lado da Russia quanto um crocodilo no fosso olhando o equilibrista passar na corda logo acima, vai é dar um “vapo” nas sobras da URSS!

Taso
Taso
Reply to  Carlos Gallani
1 mês atrás

Também acho que a china tá só vendo a Russia se definhar, pra depois oferecer o dindin em troca da vassalagem. Vai tirar um concorrente no bloco, pra ganhar um subordinado, sem fazer muito esforço. Vai dar uma migalhas depois pra se fazer de amigo.

Salim
Salim
Reply to  Agressor's
1 mês atrás

O milhao que fugiu este mês tava indo pro lado da China. Pais comuna e isto, se abrir a porteira foge todo mundo. Agora até as fronteiras estão fechando pros russos.

leonidas
leonidas
Reply to  MFB
1 mês atrás

Putin arrumou?
kkkk
Essa galera dos Escoteiros mirins e suas visões “macro” sobre a geopolítica…

MFB
MFB
Reply to  leonidas
1 mês atrás

“Não tenho argumentos, não gostei do que ele escreveu, então irei tentar desqualificar o forista de maneira infantil”

Parabéns 🙂

leonidas
leonidas
Reply to  MFB
1 mês atrás

Velho, vc não expos argumentos… rs

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  leonidas
1 mês atrás

Não. ele esclareceu o tipo de atitude infantil que você tentou tomar para desacreditar quem tem opinião contraria a sua.

Nei
Nei
Reply to  leonidas
1 mês atrás

E tome deslike leonidas

leonidas
leonidas
Reply to  Nei
1 mês atrás

Mano! kkk
Tô falando que tem muito escoteiro postando… rsrsrs
Olha a preocupação do maluco kkkk

Minsc
Minsc
Reply to  leonidas
1 mês atrás

Nem vc

Rogério
Rogério
Reply to  leonidas
1 mês atrás

O Putin deve estar cercado de ixpeçializta que nem vc!

Minsc
Minsc
Reply to  leonidas
1 mês atrás

não..ele é vítima..foi obrigado a invadir..cada um

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
Reply to  Minsc
1 mês atrás

Igual os EUA em 2003?

Rodrigo
Rodrigo
Reply to  leonidas
1 mês atrás

Sim putin arrumou na lei internacional quem é o agressor Rússia, quem é ditador putin..
Zelenkys foi democraticamente eleito…

leonidas
leonidas
Reply to  Rodrigo
1 mês atrás

Ta zerto!!!!, as leis internacionais realmente pautam a geopolítica das potências… rs

Nei
Nei
Reply to  leonidas
1 mês atrás

Vive num mundinho só seu, achando que geopolítica é como era antigamente. Acorda.

leonidas
leonidas
Reply to  Nei
1 mês atrás

” … achando que geopolítica é como era antigamente … “
Ass: Nei

Jesusmariajose !!!!!!!
Não há geopolítica que não se baseie no passado!!!!!!
Só crianças julgam fatos envolvendo nações desconsiderando a razão pregressa que tenha levado uma das partes a algum tipo de ação ou reação!
A coisa fica cada vez pior… kkkks

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  MFB
1 mês atrás

Olá MFB. Acho que vocẽ tem razão. Primeiro, é preciso lembrar que a crise entre os dois países é muito mais antiga que este conflito. Creio que Putin fez uma análise correta do ambiente antes da invasão. 1. A economia da Russia é maior que da Ucrânia portanto com maior capacidade de absorver o custo do conflito. 2. A Russia tinha acumulado reservas internacionais para absorver o impacto econômico. 3. A Europa dependia do fornecimento de gás russo. 4. O poder militar convencional da Russia era superior ao da Ucrânia. 4. Zelensky era um político sem influência geopolítica. 5. Biden… Read more »

MFB
MFB
Reply to  Camargoer.
1 mês atrás

Pois é, eu nem cheguei a falar sobre sanções ou demais assuntos em meu curto comentário. Você complementou muito bem a situação. Mas eu acredito que a Rússia já “perdeu” em alguns pontos. Como a “ressuscitação/ampliação da OTAN. Fora a demonstração de incompetência e atraso tecnológico de suas forças armadas

Gostei muito do seu texto 🙂

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  MFB
1 mês atrás

Olá MFB. Obrigado. Acho fundamental preservamos a capacidade crítica de entender que esta crise envolvem interesses de diversos países e que as condições são dinâmicas, mudando de configuração muito rapidamente. A maioria dos comentários parece partir de uma perspectiva putinista ou zelenquista, resultando em conclusões incompletas.

Augusto
Augusto
Reply to  Camargoer.
1 mês atrás

Concordo com seu comentário Camargoer. As vezes chega ser infantil essa torcida de alguns aqui.

Sua analise no texto acima foi muito boa, parabéns!

Nei
Nei
Reply to  Camargoer.
1 mês atrás

Caro colega, boa análise. A UE, precisa do gás, mas está se virando. Vão sofrer? Vão, mas com os Nord stream danificados, Russo não irá vender nada mesmo agora.
Isso impacta muito no PIB, poder financeiro da Rússia. As sanções, estão dando resultado a longo prazo, cada dia estão mais perdidos por lá.
E quem não venha os lambi Putin, dizer que está uma maravilha por lá, porque é óbvio que não.
Com um PIB igual ao do BRASIL, com todo este gasto até agora, já está cavando o buraco, motivo pelo qual fica ameaçando com armas nucleares.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Nei
1 mês atrás

Olá Nei. A situação na Europa é bastante delicada. Vários países como a Suiça e Suécia, estão avaliando uma estratégica de racionamento de energia a partir de janeiro. Portanto, serão dois problemas: uma queda na atividade econômica e uma redução direta sobre o bem estar da população em função das limitações em torno do aquecimento residencial. Acredito que a população europeia começará a cobrar seus governos que passem a pressionar pelo fim da guerra, ou ao menos pelo imediato cessar fogo. A Ucrânia depende deste apoio europeu.

Jodreski
Jodreski
Reply to  Camargoer.
1 mês atrás

Eu acho que se a China estivesse mesmo disposta a fornecer algo a Rússia, os russos não teriam comprado drones iranianos e sim chineses. Algo me diz que os Chineses estão evitando se envolver diretamente nesse conflito e/ou fornecer qualquer sistema de armas aos Russos. Já disse e vou repetir: quem mais tem a ganhar com uma Rússia isolada e em crise econômica são os Chineses, poderiam a partir daí fechar grandes contratos de commodities com um país que terá zero poder de barganha. Fora que se a indústria bélica russa estagnar novamente essa mão de obra altamente qualificada seria… Read more »

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Jodreski
1 mês atrás

Olá Jod. Discordo. A Russia serve como um território tampão entre a OTAN e a fronteira chinesa. O colapso da Russia poderia, a médio prazo, trazer a OTAN para a fronteira da China. Acho improvável que a Russia se torne uma potencia industrial para competir com a China, mas a Russia de Putin desempenha um papel de contenção da OTAN. Uma derrota de Putin poderá ser a chance da ascensão de um governo pró-EUA na Russia, o que seria ruim para a China. Acho que será muito difícil para Putin recuperar o papel de liderança global que um dia já… Read more »

Salim
Salim
Reply to  Camargoer.
1 mês atrás

Caro Camargoer, a China está na Moita, não vai entrar nesta roubada, pois o movimento de substituição de fornecedores começou a algum tempo para outros países Oriente e se tomar partido, além das posiveis sanções, Vera acelerar este movimento de troca de fornecedores. Embora a China produza muita coisa ela tem uma população enorme ( hj cerca 50% esta razoavelmente assistida) e caso exista embargo e saída de empresas corre o risco de entrar em convulsão. A China vai ver russia afundar e automaticamente virar líder destes países meia boca que se aliam a estes dois sanguessugas globais como irá,… Read more »

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Salim
1 mês atrás

Olá Salim. Vocẽ tem razão. A China tem interesses contraditórios na Russia mas também possui uma diplomacia soberana e uma relativa independência comercial. Ao mesmo tempo que ela provavelmente evitará entrar em embate com os EUA e com a Europa pela Russia, também acho improvável que os EUA e a Europa entrem em embate com a China por causa da Russia. Outro ponto importante é lembrar que a Russia serve como contenção da expansão da OTAN. O colapso da Russoa levaria a OTAN até a fronteira da China, algo que todo estrategista deve concluir que seria contrário ao interesse geopolítico… Read more »

Andre
Andre
Reply to  MFB
1 mês atrás

Lembre que ele disse “Se quiser, tomo Kiev em duas semanas”.

Mas o Passador de Pano acha que o Putin fez uma análise correta do ambiente. Vai ser desconectado da realidade assim lá na Sibéria…

HLopes
HLopes
Reply to  Andre
1 mês atrás

O Camargoer tem razão relativamente à análise do Putin pré invasão. Antes da invasão era essa a análise de praticamente todos, incluindo eu. No entanto a vida tem imponderáveis e o Putin não estava preparado para a resposta da Ucrânia. A capacidade de luta dos militares Ucranianos, a união dos políticos Ucranianos, algo nunca visto antes, e um presidente que, mais do que um excelente comunicador, é um Homem com eles no sítio, que nunca abandonou o seu posto (como era a expectativa do putin). Foram os Ucranianos no seu conjunto que provocaram o apoio incondicional e unido da EU… Read more »

Andre
Andre
Reply to  HLopes
1 mês atrás

Todos nós, eu, você, o Passador de Pano, o Putin erramos nossas análises.

Nós acreditamos que a Ucrânia não resistiria tempo suficiente e que a Otan não enviaria ajuda suficiente e erramos.Não podemos dobrar os fatos para que eles se encaixem em nossos erros. O fato de todos termos errado não faz com que todos tenhamos acertado.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  HLopes
1 mês atrás

Olá H. Todo estrategista monta cenários futuros de maior e de menor probabilidade para a tomada de decisões. Contudo, estes cenários precisam ser revisados continuamente. Acho que o primeiro cenário era favorável à vitória russa, algo que foi radicalmente modificado pelo apoio dados pelos EUA e europeu á Ucrânia. Eu tenho a impressão que este cenário também está mudando devido a crise energética na Europa. Acho muito difícil que a população europeia concorde que seus governos continuem apoiando militarmente e financeiramente a Ucrânia em meio a uma crise de racionamento de energia durante os meses de inverno.

Plinio Jr
Plinio Jr
1 mês atrás

Por tudo que a guerra deixou evidente fica claro que os russos terão imensas dificuldades, começou no momento em que os aviões de ataque russos tiveram que recorrer a bombas burras e se expor as defesas anti-aéreas ucranianas e vários deles sendo derrubados …. agora a FA russa faz uso de mísseis de cruzeiro pela ausência de armamentos inteligentes e mais baratos .

Com o país em sérias dificuldades econômicas devido a embargos, já devem estar tendo problemas em ativar a produção local dos mais variados equipamentos e munições….

Neural
Neural
Reply to  Plinio Jr
1 mês atrás

Míssil de cruzeiro armamento medíocre onde? Aqui no Brasil nem um míssil meia boca terminamos. TU não sabe nem o que fala, Kalibr é excepcional e a Rússia ainda tem muitos

Plínio Jr
Plínio Jr
Reply to  Neural
1 mês atrás

Aprende a ler , o dia que tiver esta capacidade eu explico…

Nei
Nei
Reply to  Neural
1 mês atrás

Está guardando para a Otan?

Nei
Nei
Reply to  Neural
1 mês atrás

O Urso está indo hibernar. Acorda e para de ser torcedor.

Salim
Salim
Reply to  Neural
1 mês atrás

O que o Brasil tem a ver com isto??.!,, vai pra la tão precisando de bucha de canhao, não teve cara que foi Ucrânia, começa dando exemplo, faz um canal youtube e prova/mostra pra nós as táticas de recuo russos e os maravilhosos meios bélicos deles.

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
Reply to  Plinio Jr
1 mês atrás

Essa eu juro que eu não entendi. Você está achando ruim a Rússia usar mísseis mais inteligentes do que bombas burras de queda livre, sabendo que mísseis inteligentes são mais letais por serem mais precisos?

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
Reply to  Victor Filipe
1 mês atrás

Os EUA mataram 30 civis para matar um único terrorista no Afeganistão no ano passado, não me lembro da sua comoção ou reclamar na fiabilidade do Tomahawk, ou sei lá a merd@ que eles usaram lá.

Plínio Jr
Plínio Jr
Reply to  Inimigo do Estado
1 mês atrás

Já ouviu falar em PGMs?

Pois é, os russos não tem esta capacidade, não é a toa que perderam muitos avioes abatidos como Su-34 que efetuam ataques com bombas burras se expondo as defesas SAMs.

Ou tendo que disparar mísseis de cruzeiro a esmo em alvos não tão valiosos quanto estes mísseis….

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
Reply to  Plínio Jr
1 mês atrás

A Esmo? Usina termoelétrica e bases ucranianas é a esmo?

Nei
Nei
Reply to  Inimigo do Estado
1 mês atrás

Primeiro, não tem armas inteligentes suficientemente, dai usa bombas burras, agora mais ao final usa míssil cruzeiro, qual a lógica disso?

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
Reply to  Nei
1 mês atrás

Era para atacar alvos na capital com bombas burras?

Jefferson Ferreira
Jefferson Ferreira
1 mês atrás

Isso é fato! A russia não tem a capacidade de reposição que a ucrania tem, visto que, eua e europa estão suprindo esta demanda. A chance que a russia tinha de vencer a guerra era no inicio, com maior estoque agora que o estoque que possuia se exauriu a ucrania tem maior estoque que eles e tem chances significativas de fazer ataques

Neural
Neural
Reply to  Jefferson Ferreira
1 mês atrás

Rússia tem muita bala na agulha. E engana quem acha que não tem uma cadeia de fornecimento apoiando ela, China, Coreia do Norte, Irã, até alguns países africanos andaram vendendo armamento, em algumas situações a preço de custo ou menos. Eu até sei como essa guerra vai acabar: quando o ocidente ceder e apoiar o acordo. Já tem magnata ai pedindo acordo, petróleo nas alturas, wal street em baixa. Ninguém quer perder dinheiro para apoiar um Zelensky ou uma Ucrania em territóriso de maioria russa.. Dizem que uma grande crise mundial está vindo. Europa passando frio, governos globalistas vão perder… Read more »

Jefferson Ferreira
Jefferson Ferreira
Reply to  Neural
1 mês atrás

Problema que Coreia do Norte, Irã, Síria, Bielorússia etc… não tem parque fabril a ponto de se contrapor a Eua e Europa… A capacidade que Eua e Europa tem de repor/acrescentar equipamento é dezenas de vezes superior a um custo menor, visto que, essa cadeia é compartilhada entre vários países! A China vai se comprometer até o limite do seu interesse! A Rússia está trocando commodities por equipamento e a China só vai aceitar até o limite da sua necessidade! A partir do momento que a Rússia perder mais equipamento que consegue repor e a Ucrânia começar a receber mais… Read more »

Neural
Neural
Reply to  Jefferson Ferreira
1 mês atrás

Hoje em dia é tudo made in china, até algumas dos F-35 são feitas lá.

Henrique
Henrique
1 mês atrás

com certeza não é a Ucrânia UAHSuAHSuHASuHAs

The-Largest-Suppliers-of-Weapons-to-Ukraine.jpg
Salim
Salim
Reply to  Henrique
1 mês atrás

O contribuinte russo tem que reclamar, a indústria russa ta Armando os dois lados com dinheiro russo.

Régis
Régis
1 mês atrás

Meu Deus do Céu, além de todas as vidas perdidas, vejam quantas sucatas jogadas ao vento.

Agressor's
Agressor's
1 mês atrás

Um fato muito importante que não vejo abordagem é a dependência da indústria dos semicondutores do paládio e xenônio. A Ucrânia tem 50% do mercado de gases nobres e a Rússia 20%, sem esses gases não tem semicondutores e chips. Agora a Rússia domina 70% deste mercado!

O mundo é o tabuleiro de xadrez, os recursos naturais são as peças, os países são os jogadores, e a Rússia é o Karpov. Quem vai se dar bem no final disso será a Rússia. Asiáticos, russos e mundo islâmico vão dominar tudo…

Last edited 1 mês atrás by Agressor's
Rodrigo
Rodrigo
Reply to  Agressor's
1 mês atrás

Essa erva é das boas hein..islâmico dominar o mundo…a viagem foi forte

Nei
Nei
Reply to  Agressor's
1 mês atrás

E esse é o seu desejo, que você seja o primeiro a enfrentar as consequências.
Pois se um mundo democrático, já é dificil, imagina com esses regimes.

Henrique
Henrique
Reply to  Agressor's
1 mês atrás

O mundo é o tabuleiro de xadrez, os recursos naturais são as peças, os países são os jogadores, e a Rússia é o Karpov. 

Karpov e tão lixo assim no xadrez? kkkk

Carlos Gallani
Carlos Gallani
1 mês atrás

Lembrando, a economia russa é similar a do Brasil e seu único possível fornecedor de peso, a China, quer mais ver a Rússia se lascar por interesses geopolíticos óbvios!

Hcosta
Hcosta
1 mês atrás

Não teria tanta certeza disso. Aparentemente a produção de armas da Rússia não acompanha o gasto e isso talvez possa ser comprovado pelas ondas de bombardeamentos onde há algumas pausas de semanas ou mais para repor munições. Mas dizer que a Rússia está isolada me parece um exagero. Temos a Coreia do Norte, o Irão, Bielorrússia, etc… que possuem grandes indústrias e reservas de armamento. E, como aconteceu no passado, podemos ter países terceiros que usam estes como forma de fornecer armamento à Rússia sem se exporem. Poderá ser o caso da China via Coreia do Norte ou outros. E… Read more »

Marcelo
Marcelo
Reply to  Hcosta
1 mês atrás

A Ucrânia, em algum momento, terá que desacelerar a ofensiva para consolidar posições, repor suprimentos, descansar os combatentes exaustos e reorganizar as tropas. Pode ser que isso ocorra durante o inverno. Então a Rússia terá uma curta oportunidade para tentar se reorganizar. Passado o inverno, a Ucrânia voltará com a ofensiva melhor equipada e mais organizada.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

Acho que não pode se dar ao luxo de fazer isso.
A Ucrânia já faz essas pausas ofensivas mas tem de explorar esta desorganização nas Forças Russas.
Quanto mais tempo esperar mais difícil será e, provavelmente, será essa a estratégia da Rússia e não a da Ucrânia. Aguentar até ao inverno, organizar as tropas e contra atacar.

E tendo a Ucrânia alguma vantagem na logística, na motivação, no conhecimento do terreno, na recolha de informações, etc… deverá poder continuar a ofensiva no Inverno embora num ritmo muito mais lento.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Hcosta
1 mês atrás

Eu acredito que, no inverno, a Ucrania vai se valer de ataques com foguetes guiados do Himars sobre alvos russos, tais como depósitos de munições, estruturas de logística, sistemas antiaéreos, etc, para aprofundar a desorganização das tropas russas. Nas áreas de contato, o fogo de artilharia deve permanecer constante. É preciso lembrar que a neve é branca, dificultando esconder peças de artilharia dos olhos eletrônicos dos drones. A ação de comandos pode se tornar maior nesse período, desde estejam disponíveis vestimentas e equipamentos adequados para o combate no gelo e na neve.

Salim
Salim
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

Pelo visto a Ucrânia tem mais de um milhão homens treinados e me parece que já estão fazendo rodízio pessoal front desde agosto, acredito que a quantidade de armamentos seja um limite, bem como infra estrutura. Se Ucrânia parar pelo inverno, acredito que russia teria uma chance de se rearmar, porém o inverno será extremamente duro pra força russa, que hj já tem falta suprimentos e pessoal.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Salim
1 mês atrás

Olá Salim. A população ucraniana é de 44 milhões (a russa são 144 milhões). Aproximadamente 20% da população dos países têm idade entre 18 e 29 anos, ou cerca de 9 milhões de jovens ucranianos. Considerando que cerca de 10% da população ucraniana abandonou o país como refugiados, então fica claro que a Ucrânia tem um limite bastante restrito de pessoal para servir na guerra. Pelo que apurei, os ucranianos tiveram até agora 9 mil soldados mortos. Adotando uma taxa de letalidade de 5%, isso sugere uma tropa de 200~250 mil soldados ucraniano, mais ou menos o valor que aparece… Read more »

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Hcosta
1 mês atrás

Olá Hcosta. Acredito que a China tenha condições industriais e econômicas para se tornar um fornecedor de componentes para a Russia. Os dois países continuam tendo boas relações.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Camargoer.
1 mês atrás

Sim mas tem aí muitas questões geo políticas que impedem ou limitam uma cooperação mais abrangente. Até mesmo as políticas internas Russas.

Mas acredito que vai chegar a um ponto em que a China vai dominar esta relação e ditar os seus termos.

A Rússia dificilmente voltará à sua posição de potência mundial que tinha antes da invasão…

HLopes
HLopes
Reply to  Camargoer.
1 mês atrás

Olá Camargoer: A China não vai arriscar um mercado de mais de 50% das suas exportações por causa da rússia. Vai continuar pragmaticamente “neutral” com palavras de apoio à rússia, mas sem reconhecer os territórios anexados e a afirmar que a integridade territorial deve ser mantida. Continuará a ajudar comprando o petróleo e o gás a desconto. Uma rússia enfraquecida é conveniente para a China. Enquanto segue a guerra a China vai solidificando a sua posição em países como o Cazaquistão, paulatinamente retirando os mesmos da área de influência da rússia e os Chineses também esperam que, mais cedo ou… Read more »

Neural
Neural
Reply to  Camargoer.
1 mês atrás

Os caras não entendem que a China e a Índia também precisam da Rússia assim como Rússia deles. Até o Brasil precisa da Rússia na questão dos fertilizantes..

Até parece que a China vai abandonar a Rússia, eles querem fortalecer seu aliado assim como os USA mandam armas pra OTAN.

Salim
Salim
Reply to  Neural
1 mês atrás

Brasil não precisa russia, fertilizantes tem em vai os outros países, Esta falácia começou com presidenta, tínhamos superávit enorme comercial em relação russia, ai engolimos os mi35 e quase os pantsir, dai passaram a comprar russia fertilizantes. O que tivemos aqui foi preguica/incopetencia de mudar de fornecedor. Ministra agricultura ate foi Canadá, porém já estava decidido ceder a Rússia e prejudicar Brasil cenário internacional.

JuggerBR
JuggerBR
1 mês atrás

Sucateiro olha uma foto dessa e fica ansioso pra ir lá buscar….

Slowz
Slowz
1 mês atrás

A Rússia já não estava sem ?

Oráculo
Oráculo
1 mês atrás

A China já está abastecendo a Rússia com munições e talvez até com armamentos.
E já faz algum tempo.

Inclusive os ucranianos já encontraram munições chinesas e norte coreanas deixadas pra trás na ofensiva em Kharkiv.
Muitos vídeos circularam no Telegram provando.

E a OTAN sabe disso.
Mas estão fazendo vistas grossas.

Não é hora de aproximar ainda mais russos e chineses.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Oráculo
1 mês atrás

Fonte, por favor. Não acreditamos em muitos videos circularam no Telegram.

Zorann
Zorann
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

É só você dar um Google aí que acha. Mania de desacreditar em qualquer notícia que possa, de alguma forma, ser favorável à Rússia.

E veja bem, as fontes, se você procurar, são ocidentais: os EUA afirmam…. ucranianos afirmam…. a China nega.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Zorann
1 mês atrás

Quem tem que apresentar a fonte é quem faz a alegação. Eu tenho minhas próprias fontes “ocidentais”. Duvidar de tudo não é opção … é necessidade.

Carlos Alceu Gonzaga
Carlos Alceu Gonzaga
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

Por favor, vc poderia indicar a fonte das suas afirmações. Não há relato de tais informações nem na imprensa russa ou chinesa.

Oráculo
Oráculo
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

Entra nos canais de Telegram dos Ucranianos.
É aonde a guerra é acompanhada quase ao vivo.

Lá você encontra suas fontes: Soldados ucranianos no front de batalha

Marcelo
Marcelo
Reply to  Oráculo
1 mês atrás

Tenho várias fontes ucranianas, com atualização quase em tempo real. Mas prefiro postar as grandes mídias ocidentais. Compilam informações e fazem comentários bem interessantes.

Underground
Underground
Reply to  Oráculo
1 mês atrás

Munição chinesa comprada pelos ucranianos antes da guerra e que devido a invasão russa, ficou do lado invasor, sendo agora retomada.

WSilva
WSilva
Reply to  Oráculo
1 mês atrás

Isso não quer dizer que a China tenha transferido armas diretamente para a Rússia, significa apenas que armas/munições chinesas ou forjadas com tag made in China foram usadas na Ucrânia, se é que isso é verdade mesmo. Onde está a nota fiscal, qual empresa chinesa fez a transferência? Eu particularmente não acho que Xi Jiping esteja transferindo armas diretamente para o Putin, isso não pegaria bem para a China e também não pegaria bem para Putin, ter que depender de outros países para sustentar sua guerra e assim pôr em xeque as FAs russas. Se o ocidente tivesse provas concretas,… Read more »

Oráculo
Oráculo
Reply to  WSilva
1 mês atrás

Dei um Google rapidinho e achei fácil uma matéria falando sobre.

https://en.defence-ua.com/weapon_and_tech/chinese_made_mines_were_found_on_russian_troops_positions_captured_by_ukraines_military_video-4254.html

E no Telegram tem vídeos dos Ucranianos até com pequenos Drones chineses que eles encontraram nas posições russas recapturadas em Kharkiv.

Pelo que os canais ucranianos falavam, as munições e armas chinesas vão via Coreia do Norte para os russos.

E o interessante é que algumas das munições encontradas são de armamentos não utilizados pelo Exército Russo.
Ou seja, obviamente são do Wagner Group, que frequentemente recorre aos traficantes de armas para se abastecer.

Ou seja, você não vai encontrar a nota fiscal chinesa…

Last edited 1 mês atrás by Oráculo
HLopes
HLopes
Reply to  Oráculo
1 mês atrás

A Ucrânia recebeu e está a utilizar morteiros de origem Iraniana, isso significa que o Irão está a fornecer a Ucrânia?

O que acontece é que ambos os lados estão a comprar munição, granadas de obus, minas onde há disponibilidade e alguns países vendem o que têm em stock.

Muito provavelmente esse material veio da Coreia do Norte.

WSilva
WSilva
Reply to  Oráculo
1 mês atrás

E quem garante que as armas e munições chinesas supostamente usadas pela Russia não faziam parte do estoque estratégico norte coreano?

Marcelo
Marcelo
Reply to  Oráculo
1 mês atrás

Gostei. Tem um link. Muito obrigado. É assim que podemos ampliar nossos horizontes e melhorar as discussões.

Rogério
Rogério
Reply to  Oráculo
1 mês atrás

A munição chinesa era daoção da Albania, que já era deles e foi recuperada.

Oráculo
Oráculo
Reply to  Rogério
1 mês atrás

Isso eu não soube.
Só vi os vídeos da munição chinesa.

Andre
Andre
Reply to  Oráculo
1 mês atrás

E a antiga colônia passou ao papel de salvador.

Há 20 anos você conseguiria imaginar a então poderosa Rússia dependendo da munições chinesas e norte coreanas para enfrentar a Ucrânia?

Oráculo
Oráculo
Reply to  Andre
1 mês atrás

O mundo as vezes gira mais rápido do que a gente pode imaginar.
No caso dos russos, girou ao contrário.

Andre
Andre
Reply to  Oráculo
1 mês atrás

É o Avanço Putin funcionando em todos os níveis. Que gênio!

Marcelo
Marcelo
1 mês atrás

Todo conflito militar custa caro. Isso é fato. Outro grave erro do Putin foi imaginar que a Operação Militar Especial na seria rápida. Esse erro decorreu de outros três erros: 1) superestimou as capacidades militares russas; 2) substimou as capacidades de combate ucranianas; e, principalmente, 3) desconsiderou o apoio econômico e militar da OTAN e dos EUA à Ucrânia. O resultado desses erros foi um conflito militar que está se alongando e desgastando os arsenais dos dois lados. Nesse contexto, a melhor cadeia de suprimentos e a maior capacidade industrial militar farão toda a diferença. E esses quesitos favorecem largamente… Read more »

Antunes 1980
Antunes 1980
1 mês atrás

O ocidente tem vantagem por ter uma rede de reposição intacta, sem embargos.
A Rússia já demonstrou limitações quando teve que reativar velhos T-62, buscar munições de artilharia na Bielorrússia e adquirir as pressas drones iranianos.
Além de disso, o envio de tropas chechenas evidencia que a falta de soldados também são um problema sério.
Em resumo, a Ucrânia até o início do ano era uma incógnita, e hoje mostra-se um osso duríssimo de roer. Com equipamentos atualizados e tropas altamente motivadas.

Last edited 1 mês atrás by Antunes 1980
Marcelo
Marcelo
Reply to  Antunes 1980
1 mês atrás

Vou complementar o comentário. A Ucrânia está se tornando um osso duríssimo de roer porque está tendo acesso a uma quantidade cada vez maior de equipamentos bélicos atualizados e com um número cada vez maior de militares treinados pelas forças da OTAN e altamente motivados para entrar em combate.

LUIZ
LUIZ
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

Altamente motivados com dólares ne? O Bidê ja anunciou mais 700 milhões de dólares pra Ucrânia. O Zelenski ja pediu 37 bilhões de dólares pra o Ucrânia não quebrar em 2023. Deixa a torneira do dólar secar pra ver se os corajosos continuam no frio de 35 a 40 graus abaixo de zero no inverno.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
1 mês atrás

Off Topic..

Para os pregos que diziam que os russos nunca venderiam armas no Brasil, pq o EB n permitiria..

E senão fossem os iluministros do STF, teríamos em 762x39mm tb

Está ai…

Kalashinikov USA

via Taurus…

WhatsApp Image 2022-10-14 at 10.19.37.jpeg
Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 mês atrás

Eu teria um desses, mas de preferência o modelo clássico com madeira, etc. Assim como um SKS e um Nagant para finalizar com as armas Russas que eu gostaria de ter. Mas sonhos… por enquanto apenas sonhos… hehehehe

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Leandro Costa
1 mês atrás

Vamos ver… se o coisa ruim voltar n vale nem a pena pedir este ai, que ele certamente vai bloquear…Se continuar o atual, certamente neu faço o pedido no dia seguinte a eleição

Mas eu sempre quis uma Vityaz e esta aí não é clone barato é Kalashinikov mesmo..

Valem os 15K..

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 mês atrás

Com certeza vale, só realmente não é muito do meu gosto. Tenho alma de velho hehehehe

Heinz
Heinz
Reply to  Leandro Costa
1 mês atrás

Meu sonho é a AK 12, que é muito linda, e um dragunov…. Espero um dia poder comprar

Maurício.
Maurício.
1 mês atrás

Quem vai ficar sem armas primeiro? Todo mundo sabe que quem ficou sem armas primeiro foi a Ucrânia, isso é óbvio, a Ucrânia só está combatendo ainda porque está recebendo armas da OTAN, portanto, a pergunta deveria ser, quem vai ficar sem armas primeiro? A OTAN ou a Rússia? E até nesse caso é complicado afirmar alguma coisa, pois a China também pode fornecer armas para a Rússia, até o Irã tem essa capacidade, já que até drones iranianos os russos estão usando.

NEMO revoltado
NEMO revoltado
Reply to  Maurício.
1 mês atrás

É verdade, a china pode suprir a russia, mas isto traria retaliações ocidentais. Por outro lado a otan já esta abastecendo a ucrânia quase que empunimente.
Neste momento a ucrânia esta em vantagem.

Last edited 1 mês atrás by NEMO revoltado
Marcelo
Marcelo
Reply to  NEMO revoltado
1 mês atrás

A China não vai abastecer a Rússia com armamentos ou munições por dois motivos: 1) a China precisa manter boas relações econômicas com o ocidente para manter o crescimento de seu PIB, ou seja, China wants money, baby; 2) uma Rússia fraca e dependente do fornecimento de energia para o mercado chinês é um ótimo negócio para a China, ou seja, business first. Os EUA e a China parecem antagônicos mas são mais parecidos do que se pode imaginar.

Maurício.
Maurício.
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

“A China não vai abastecer a Rússia com armamentos ou munições.”

Tem um pessoal que afirma que já tem munições chinesas usadas pelos russos, se foi a China que forneceu ou se é verdade, eu não sei, mas a China é mais “aliada” da Rússia do que da Ucrânia/OTAN/EUA.
Quanto a China e EUA serem parecidos, eu concordo, eles podem e tem condições financeiras de manterem essa guerra por anos, fornecendo armamento e munições oficialmente ou por baixo dos panos.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Maurício.
1 mês atrás

Não entendeu nada do que eu escrevi. A China e os EUA se tornaram economicamente dependentes, por mais que ambos neguem. A China se tornou tão ou mais capitalista que os EUA, só que batizou seu regime econômico com o nome de capitalismo de estado. A China, como todo bom capitalista, não quer ter seu nome envolvido em confusões geopolíticas que atrapalhem os negócios e derrubem os mercados. Money first.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Maurício.
1 mês atrás

Podemos concordar que a Rússia já atingiu um limite na sua capacidade de produção. A OTAN ainda não. Ainda não declarou, como a Rússia fez, uma produção em tempos de guerra. Por enquanto vai equilibrando o material enviado com o nível de ameaça da Russa. Um dos problemas da Rússia não é a falta de material, mas sim o pessoal qualificado para o operar. Mesmo tendo em conta que sejam blindados com 60 anos. Outra questão é a qualidade de armamento, ou seja, equipamento mais moderno como bombas guiadas, rádios, etc… e aí a China e o Irão poderão ajudar… Read more »

Maurício.
Maurício.
Reply to  Hcosta
1 mês atrás

“Mas a Ucrânia parece estar estar numa situação muito melhor do que a Rússia, basta ver quem é o maior fornecedor de armamento…”

Muito melhor eu já acho um baita exagero, visto que a Rússia ainda está ocupando território ucrâniano, apesar de estar sofrendo muito, o que eu posso concordar é que a OTAN/EUA está muito mais disposta a ajudar a Ucrânia do que a China estaria a ajudar a Rússia.

Rafael
Rafael
1 mês atrás

Essa situação me faz dar credibilidade a uma teoria bem heterodoxa: a URSS, em meio a sua crise nos anos 80 vendeu o que tinha e o que não tinha durante a Guerra Irã/Iraque. Os norte-americanos se surpreenderam com a quantidade de artilharia que encontraram pós 2003. E fizeram uma campanha de anos para desmontar/destruir centenas de milhares de foguetes e projéteis.

O mito da superpotência industrial e independente também já virou pó. Sem o maquinário e o software ocidental, japonês ou até coreano, vira um Brasil da vida.

rfeng
rfeng
1 mês atrás

Chega a ser engraçado a Rússia esta sofrendo com a destruição no campo de batalha mas a OTAN já entregou todos os anéis, esta começando a entregar os dedos o único fornecedor de peso que pode sustentar e gerar uma diferença e os EUA, mas existem complicações politicas se der F16 pra Ucrânia acredito que a Rússia vai engrossar e usar armas táticas e pronto, o generalato americano Democrata esta esticando a corda mas já existe uma oposição bem clara(diversos artigos rodando na internet) de que não e interessante para os EUA arrumar uma guerra nuclear por causa de um… Read more »

Hcosta
Hcosta
Reply to  rfeng
1 mês atrás

Os países Europeus entregaram em grandes quantidades material soviético.
Ainda tem muito material, mais moderno, que pode ser enviado para além dos MANPADS e AT…

Marcelo
Marcelo
Reply to  rfeng
1 mês atrás

O Putin já mostrou que não tem culhões para usar qualquer tipo de armamento atômico. E agora liberou o gás para a Europa, quer conversar com o Biden e disse que vai parar de lançar mísseis de longo alcance contra alvos civis na Ucrânia. Serão sinais indicadores que Putin começou a afinar? Quem tem Kruschev tem medo …

Renato Lessa
Renato Lessa
1 mês atrás

A Ucrânia já não tem armas há tempos.
Agora estão se esgotando as da OTAN.
A Rússia atira, atira e não acaba nunca.

Bruno
Bruno
Reply to  Renato Lessa
1 mês atrás

É uma das comédias pastelão mais engraçadas dos últimos tempos esse rapaz…e vamos a mais um apelido !

Marcelo
Marcelo
Reply to  Renato Lessa
1 mês atrás

A OTAN e os EUA só mandaram uns brinquedinhos tecnógicos para a Ucrânia e treinaram os ucranianos como usar. Resultado: U está literalmente detonando Z. Mas o jogo mais pesado ainda vai começar. Sistemas antiaéreos modernos da OTAN e dos EUA já começaram a ser instalados na Ucrânia. Os ATACMS, os drones de ataque Gray Eagle, os F-16 e os tanques de guerra Leopard 2 e M1 Abrans permanecem sobre a mesa. Em algum momento eles chegarão ao front …

George
George
Reply to  Renato Lessa
1 mês atrás

A Rússia atira, atira, Atira e não acerta nada. No máximo acerta a quitanda do seu Joseph. Vai ganhar a guerra como?

Lucena
Lucena
Reply to  Renato Lessa
1 mês atrás

Bicho, uma pergunta sincera:

Os EUA gastam em um ano em defesa o que a Rússia gasta em 30. França, Alemanha e Inglaterra tem orçamentos anuais semelhantes aos da Rússia – isso desprezando a corrupção.

Por que você acredita que a munição da OTAN vai acabar antes que a da Rússia?

Marcelo
Marcelo
1 mês atrás

Saiu no The Guardian – 14/10/2022 – Putin disse (…) que um total de 222.000 reservistas seriam convocados. Isso é menos do que os 300.000 inicialmente divulgados. Disse também que 33.000 convocados já estavam em unidades militares e que 16.000 estão envolvidos na operação militar na Ucrânia. Na mesma matéria consta que Putin acredita que a “mobilização parcial” de reservistas do Exército ordenada no mês passado será concluída em duas semanas. Quer dizer que os novos recrutas estarão prontos para entrar em combate com menos de dois meses de treinamento militar? Perguntas que não querem calar …
https://www.theguardian.com/world/live/2022/oct/14/russia-ukraine-war-live-kherson-evacuees-to-start-arriving-in-russia-ukraine-says-600-settlements-liberated-this-month

Last edited 1 mês atrás by Marcelo
Renato Lessa
Renato Lessa
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

Isso demonstra que a Rússia ainda não encara esse conflito como uma guerra e nem todos são obrigados a ir.
Segundo que a Ucrânia já está no gargalo com convocações forçadas de toda a população.
E cada vez mais para repor as pesadas perdas.
E a notícia de agora é que Putin determinou a suspensão dos ataques à Ucrânia, porque o objetivo da Rússia não é destruir seu desafeto.
Putin e seu coração mole.

Bruno
Bruno
Reply to  Renato Lessa
1 mês atrás

É uma das comédias pastelão mais engraçadas dos últimos tempos esse rapaz…e vamos a mais um apelido !

Marcelo
Marcelo
Reply to  Renato Lessa
1 mês atrás

É a prova que acabaram os mísseis de longo alcance!!!🤣🤣🤣

George
George
Reply to  Renato Lessa
1 mês atrás

A Ucrânia tem brigadas de reserva e faz rodízio de forças no fronte. Os russos vão para o fronte e só saem de lá mortos. Quem vai ficar sem homens primeiro?

Aladaf
Aladaf
1 mês atrás

Acabou o dinheiro! Ass: Marcio Bragovski (Dirigente Russo).

Renato Lessa
Renato Lessa
Reply to  Aladaf
1 mês atrás

Acabou o gás!
E o dinheiro para pagá-lo
Ass. Povo europeu.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Renato Lessa
1 mês atrás

Exatamente, acabou-se o dinheiro para pagar o gás Russo…
Agora vai para os EUA, Nigéria, Noruega, etc…

Jagdv#44
Jagdv#44
1 mês atrás

Putin assinou o atestado de submisso politica e econômica à China com essa invasão que deu errado.
Pode vencer a “guerra”? Pode.
Pode ficar “dono” de uma parcela importante do território ucraniano? Pode.
Mesmo que ganhe território e partes industriais ucranianas, ficará por décadas sendo tachada como uma nação belicosa e pária, além de, economicamente, capacho da China.
Pobre Rússia, de player mundial (URSS) à potência regional.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Jagdv#44
1 mês atrás

Olá Jag. Acho equivocado comparar a Russia de Putin com a ex-URSS. Há bem poucas coisas da ex-URSS na Russia depois dos governos de Yeltsin e dos sucessivos períodos comandados por Putin (seja como presidente ou primeiro ministro). O sistemas políticos e as matrizes econômicas são completamente diferentes. A própria Ucrãncia era parte da URSS e hoje combate uma guerra contra a Rússia. A URSS foi criada a partir da liderança de Lenin. Sem esta distinção, toda análise é equivocada.

Marcelo
Marcelo
1 mês atrás

Mais argumentos que explicam uma desaceleração da ofensiva ucraniana durante o inverno. O atacante fica muito vulneravel na neve. Olha só esse T-90 verde da foto. Alvo muito fácil de ser localizado e destruído.
https://www.19fortyfive.com/2022/10/a-winter-war-in-ukraine-favors-russia-and-will-be-bloody/

Russia-Ukraine-T-90-Tank-768x432.jpg
Last edited 1 mês atrás by Marcelo
Heitor
Heitor
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

Se presta eu não sei, mas que o bicho é bonito, sem dúvidas kkkk

Mateus Demarchi
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

Obviamente eles vão mudar a camuflagem para inverno né gênio.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Mateus Demarchi
1 mês atrás

No meio da guerra não dá para levar um tanque de guerra para a oficina de pintura. Quero ver a Rússia mudar a camuflagem dos tanques de guerra. Mostra um camuflado de branco na Ucrânia. E esse T-90 estava em um exercício militar. Né, gênio?

George
George
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

No meio da guerra você precisa levar o canhão para retificar o cano ou ele explode. Então… acaba pintando o tanque também.