domingo, dezembro 4, 2022

Saab RBS 70NG

Saab assina contrato com a Lituânia para mísseis RBS 70

Destaques

Redação Forças de Defesa
Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

A Saab assinou um contrato de quatro anos com a Agência de Material de Defesa da Lituânia, que permitirá ao cliente fazer pedidos de mísseis RBS 70 até 2026. Uma primeira compra dentro do novo contrato também foi feita, com um valor de pedido de 350 milhões de coroas suecas. As entregas ocorrerão 2023-2024

O pedido inclui mísseis para o sistema de defesa aérea terrestre RBS 70 da Saab, do qual a Lituânia é usuário desde 2004.

“Nossos melhores mísseis de defesa aérea de curto alcance oferecem uma vantagem tática. O recente contrato fortalecerá ainda mais a capacidade de defesa aérea da Lituânia por meio do sistema RBS 70 e seus mísseis de alto desempenho”, diz Görgen Johansson, chefe da área de negócios Dynamics da Saab.

O portfólio da Saab de sistemas de mísseis de defesa aérea terrestre de curto alcance inclui o RBS 70 e a versão mais recente, RBS 70 NG. O sistema RBS 70 tem um histórico impressionante no mercado com mais de 1.600 lançadores e mais de 18.000 mísseis entregues a 19 países.

Sobre a Saab

A Saab é uma empresa líder em defesa e segurança com uma missão duradoura de ajudar as nações a manter seus povos e a sociedade seguros. Capacitada por seus 18.000 funcionários talentosos, a Saab constantemente ultrapassa os limites da tecnologia para criar um mundo mais seguro, sustentável e equitativo. A Saab projeta, fabrica e mantém sistemas avançados em aeronáutica, armas, comando e controle, sensores e sistemas subaquáticos. A Saab está sediada na Suécia. Possui grandes operações em todo o mundo e faz parte da capacidade de defesa doméstica de várias nações.

DIVULGAÇÃO: Saab

- Advertisement -

8 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest

8 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Jagdv#44
Jagdv#44
1 mês atrás

Vendedor do Ano: Putin

Nelson Junior
Nelson Junior
Reply to  Jagdv#44
1 mês atrás

Se ele cobrasse comissão de todas as vendas que aconteceram por causa dele, tirava a Russia da crise

PACRF
PACRF
Reply to  Jagdv#44
1 mês atrás

Exatamente! Quanto mais o Putin faz ameaças, mais os países em torno da Rússia se armam. Creio que o planejamento do Putin em relação à invasão da Ucrânia virou do avesso. Primeiro, considerou que a invasão seria uma blitzkrieg, não foi, virou uma “carne-de-pescoço”. Segundo, a Rússia achou que a UE, a ONU e o resto do mundo ficariam de “braços cruzados”, não ficaram, pois despejaram sobre a Rússia uma coleção enorme de sanções diplomáticas e econômicas.

Last edited 1 mês atrás by PACRF
Nelson Junior
Nelson Junior
Reply to  PACRF
1 mês atrás

Imagina a dor de cabeça que esses países que faziam parte do pacto de Varsóvia teriam para “trocar” os equipamentos que possuíam, por modelos ocidentais… fora o fato de ficarem sempre dependentes da Russia para manutenção e munição… Agora eles tem oportunidade de se “desfazer de tudo” para trocar por modelos Ocidentais mais modernos e alinhados com a OTAN, por preços melhores, financiamentos mais longos e ainda saem de bonzinho por mandar equipamento para Ucrânia

PACRF
PACRF
Reply to  Nelson Junior
1 mês atrás

Realmente, enviar para Ucrânia equipamentos de origem soviética também se transformou em um bom negócio, porque as FAs ucranianas estão mais familiarizadas com os mesmos, ao mesmo tempo que se modernizam e se alinham com a OTAN.

Heinz
Heinz
1 mês atrás

Esse sistema é muito interessante, se fosse empregado pela Ucrânia ia colecionar abates de Helis e SU25 russos

Sequim
Sequim
1 mês atrás

Ao final desta guerra, a Rússia será um Estado-cliente da China.

Rafael Gustavo de Oliveira
Rafael Gustavo de Oliveira
1 mês atrás

Achei relativamente rápido o cronograma de entrega já para 2023/2024, considerando que já estamos no final do ano.
Parece não ser um sistema tão complexo de ser industrializado ou a saab esta a todo vapor

Últimas Notícias

Empresa alemã produzirá munição do Gepard na Espanha

A Rheinmetall, depois de adquirir o mundialmente famoso fabricante espanhol de munições Expal Systems SA, planeja estabelecer a produção...
Parceiro

- Advertisement -
- Advertisement -