Discurso de representante russo no CS da ONU apresenta novas justificativas para a invasão

O Kremlin continua a alegar falsamente que a Ucrânia representa uma ameaça existencial à Rússia para rejeitar as ofertas ucranianas de uma cúpula de paz e manter os objetivos maximalistas originais de Putin. O Representante Permanente da Rússia no Conselho de Segurança das Nações Unidas, Vassily Nebenzya, respondeu às propostas ucranianas para uma cúpula de paz em 13 de janeiro com uma série de falsas alegações enquadrando a Ucrânia como um agressor que estava, ridiculamente, “prestes a atacar Moscou”. que a guerra da Rússia na Ucrânia só terminará “quando a ameaça à Rússia não vier mais do território da Ucrânia” e quando “a discriminação [contra] a população de língua russa” na Ucrânia terminar.

As alegações do Kremlin de discriminação contra falantes de russo na Ucrânia são uma operação de informação de longa data que busca justificar a invasão da Ucrânia pela Rússia. Nebenzya reiterou a narrativa do Kremlin de que a recusa da Ucrânia em reconhecer a anexação ilegal de territórios ucranianos ocupados pela Rússia e as relações com o Ocidente ameaçam a Rússia e afirmou que os laços ucranianos com o Ocidente (em vez da invasão e ocupação da Ucrânia pela Rússia) minaram a soberania e cultura da Ucrânia.

Nebenzya alegou que a Ucrânia não está interessada em negociações e não é mais do que uma empresa paramilitar da OTAN – ambas alegações de longa data de que o Kremlin pretende deslegitimar a Ucrânia como ator independente e transferir a responsabilidade pelas negociações para autoridades ocidentais, que o Kremlin provavelmente acredita que a Rússia pode pressionar em concessões preferenciais. Nebenzya afirmou que, se o Kremlin não puder atingir seus objetivos maximalistas por meio de negociações, os alcançará por meios militares.

O Kremlin continua a usar falsas narrativas de longa data de que o governo ucraniano está oprimindo as liberdades religiosas como justificativa moral para sua recusa em negociar com a Ucrânia, provavelmente na esperança de virar a opinião pública internacional contra a Ucrânia. Nebenzya afirmou em seu discurso que o “regime de Zelensky” é uma “ditadura autoritária” que deseja “destruir a igreja canônica na Ucrânia – a Igreja Ortodoxa Ucraniana” —uma instituição afiliada ao Kremlin—como a Igreja Ortodoxa Ucraniana oficial, que é uma entidade separada do UOC MP.

Nebenzya argumentou que tal “ditadura autoritária” representa um grande obstáculo para as negociações de paz e solicitou uma reunião especial do Conselho de Segurança das Nações Unidas para discutir a alegada perseguição estatal à “Igreja Ortodoxa Ucraniana”. ou a Igreja Ortodoxa Ucraniana, no entanto.

As autoridades russas estão deturpando intencionalmente os esforços ucranianos para processar elementos do MP da UOC ligados ao Kremlin como perseguição à Igreja Ortodoxa Ucraniana. A Igreja Ortodoxa Ucraniana é uma entidade independente que continua a operar na Ucrânia, enquanto o UOC MP é um ramo subordinado não independente da Igreja Ortodoxa Russa controlada pelo Kremlin, que apoiou fiscal e retoricamente a guerra da Rússia na Ucrânia.

FONTE: ISW

Subscribe
Notify of
guest

161 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
DOUGLAS
DOUGLAS
15 dias atrás

Sempre vou dizer, estão usando a Ucrânia para afetar a Rússia e a Ucrânia parece que ainda não se tocou disso! Enquanto EUA e OTAN ficando dando pólvora para Ucrânia fazer seu serviço, é apenas o povo ucraniano que morre! E digo mais, essa guerra está acontecendo mais uma vez pelo ocidente, pois não vemos a Rússia por mísseis e tropas na fronteira dos EUA e sim o contrário! Embora eu ache que a Rússia tenha dado um tiro no pé, mas ainda prefiro que ela ganhe, para o bem e equilíbrio mundial, pois se a Rússia perder, veremos o… Read more »

Underground
Underground
Reply to  DOUGLAS
15 dias atrás

É preferível abandonar os ucranianos a própria sorte, deixando a Rússia estender seus domínios até a fronteira da Polônia?
A cada dia que passa os russos inventam todo tipo de lorota. Invadiram porque se sentiram no direito de invadir.

PRAEFECTUS
PRAEFECTUS
Reply to  Underground
14 dias atrás

“Nebenzya alegou que a Ucrânia não está interessada em negociações e não é mais do que uma empresa paramilitar da OTAN”….e, ele está mentindo?? NÃO!!!

Muitos não entendem que é necessário que a Rússia vença este conflito. A Rússia, de uma forma ou de outra, tem sido o contrapeso frente as loucuras do Ocidente a séculos. Se você entender isso, parabéns, sinal que não é marionete das trevas e sua grande parceira às mídias globalistas.

Last edited 14 dias atrás by PRAEFECTUS
PRAEFECTUS
PRAEFECTUS
Reply to  PRAEFECTUS
14 dias atrás

Pois é….

Last edited 14 dias atrás by PRAEFECTUS
Jose silva
Jose silva
Reply to  PRAEFECTUS
14 dias atrás

Mas não estava bom ter a Criméia ?
A conquista da Criméia não estava a altura do propósito Russo ?
Sem falar no espolio de guerra de kaliningrado que ganhou…

JUJU BERTULINA
JUJU BERTULINA
Reply to  Jose silva
13 dias atrás

Te imagino falando russo, sendo etnicamente russo nos últimos 8 anos morando na região do Donbass. Estaria bom pra você?

Underground
Underground
Reply to  PRAEFECTUS
14 dias atrás

Você está aqui livre por conta de sermos um país Ocidental.

Alexandre
Alexandre
Reply to  Underground
14 dias atrás

Então somos agora W.A.S.P?!!!! Então já não somos o quê somos?
Viva!!!!!!!!!!!!!
Somos OCIDENTAIS!!!!
Já podemos dizer que somos a quinta essência da HUMANIDADE!

Underground
Underground
Reply to  Alexandre
14 dias atrás

Você enfia a carapuça que quiser. A opção é totalmente sua.

Rogério Loureiro Dhiério
Rogério Loureiro Dhiério
Reply to  Underground
13 dias atrás

Cada um compra a sua versão Under….infelizmente é assim. Eu tenho a minha, vc comprou a sua, o The Great tem a dele, o Rinaldo a dele, o Bosco a dele, o Kings a dele…e por ai vai.

Relaxa. Somos todos lunáticos por uma mesma causa travestida de cores diferentes.

Daniel
Reply to  Alexandre
14 dias atrás

Só o fato de podermos expressar amor ou ódio a Rússia livremente já é um avanço….vá fazer isso lá na Rússia pra ver se vc não vai parar em algum gulag

Alexandre
Alexandre
Reply to  Daniel
13 dias atrás

Pra começar , sou brasileiro, deixo para os russos na Russia declarar amor ou ódio ao país deles. Aqui no Brasil eu amo a brasilidade! Não sou mais “ocidental ” do que brasileiro! Não temos Gulags, temos favelas que nada mais são do quê senzalas! Há muito tempo que os ventos do norte não movem moinhos! Não há liberdade nem democracia na miséria! A tal ocidentalidade nada mais é do que uma estrutura de poder hierarquizada .

PRAEFECTUS
PRAEFECTUS
Reply to  Underground
14 dias atrás

Underground meu caro,

PRAEFECTUS
PRAEFECTUS
Reply to  PRAEFECTUS
14 dias atrás

Meu caro Underground, quem disse que estamos livres hoje!!?? O @lexandre de M0r@es??? O looola??? Se hoje fossemos totalmente livres eu não precisaria escrever o nome deles dessa forma. Não haveria esse tipo de censura. O xis da questão é que você olha o quadro do ponto de vista bairrista/ ideológico. Se quer ver realmente o que o quadro está retratando saia disso e olhe com olhos embasado de verdade e justiça. Se colocar como alicerce esses dois itens nas suas análises mudará totalmente a forma como enxerga a realidade que vivemos hoje. A Rússia, se olhar para a história… Read more »

Last edited 14 dias atrás by PRAEFECTUS
PRAEFECTUS
PRAEFECTUS
Reply to  PRAEFECTUS
14 dias atrás

A Rússia forte meu caros,

hoje serve como um instrumento para frear a sandice dos globalistas ocidentais e o ímpeto hegemônico chinês. Por isso a necessidade de vitória da Rússia na campanha ucraniana. Olhem o quadro como um todo e não apenas uma pequena parte dele.

Daniel
Reply to  PRAEFECTUS
14 dias atrás

rapaz,,,,vá casar com um russo…haja paixão pelo putin

100nick-Elã
100nick-Elã
Reply to  Daniel
12 dias atrás

rapaz, vá casar com um americano. Haja paixão pelo Biden.

marcos
marcos
Reply to  PRAEFECTUS
12 dias atrás

Agora é hora dos russos sofrerem o contrapeso.

Jose
Jose
Reply to  Underground
14 dias atrás

Livres???

Underground
Underground
Reply to  Jose
14 dias atrás

Livres. O extremo oposto encontraremos a Coreia do Norte, onde você não pode mudar de cidade, não poder escolher a forma de cortar o cabelo, onde vai trabalhar.

Nilo
Nilo
Reply to  Underground
14 dias atrás

O quanto ocidentais somos, o quanto europeu somos ou o quanto estadunidense somos. Rsrsrsrs

Nemo
Nemo
Reply to  Underground
14 dias atrás

Underground meu caro, o Ocidente é a soma dos EUA + Canadá + UK + União Europeia + G7 + Austrália. Nós não estamos na lista, somos ocidente só no mapa mundi.

Mgtow
Mgtow
Reply to  Underground
14 dias atrás

Somos considerado “ocidente ” sim amiguinho podi confiá

100nick-Elã
100nick-Elã
Reply to  Mgtow
12 dias atrás

Mgtow, vamos fazer um bom acordo com o Ocidente. Eles entram o pepino e nós com o traseiro.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Underground
14 dias atrás

Caro Under. Não é verdade. A América Latina sofreu por anos com ditaduras de direita bancadas pelos EUA. A invasão de Granada e do Panamá pelos EUA é relativamente recente, sem falar no apoio dos EUA aos “contras” dado pela CIA que favoreu o narcotráfico e ainda sustentou o Iran com contrabando de armas. As duas mais recentes interferências dos EUA na região foi o apoio dado ao golpe contra Chavez, que fracassou, e o apoio à Guaidó, contra Maduro, que também gorou. A região da América Latina desfruta de alguma liberdade a despeito dos EUA, não graças á eles.

Velho Alfredo
Velho Alfredo
Reply to  Camargoer.
14 dias atrás

Ou seja, os EUA livrou a AL de uma vida mais m… ainda….

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Velho Alfredo
14 dias atrás

Não. Os problemas da AL são graves e tem múltiplos fatores. A imensa desigualdade social tem origens no modelo de colonização européia e também no longo período de escravidão. Contudo, no pós-guerra, os EUA promoveram uma série de golpes de estado que redundaram em ditaduras. Estas ditaduras causaram imenso sofrimento na população e serviram para consolidar os privilégios de uma classe privilegiada. Eu não analiso a história baseada no “SE”. È um erro infantil que aprendi a evitar. Por outro lado, é fácil identificar os problemas causados pelas ditaduras na AL que tiveram apoio dos EUA.

Pedro
Pedro
Reply to  Camargoer.
14 dias atrás

Bem isso que ocorre na Venezuela..sqn

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Pedro
14 dias atrás

Olá Pedro. Não entendo o seu comentário. Consegue explicar?

Pedro
Pedro
Reply to  Camargoer.
14 dias atrás

Hj sofre com uma de esquerda.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Pedro
13 dias atrás

Do que você está falando? Vocẽ precisa explicar o seu argumento. Quem sofre o que de esquerda? Tem que desenvolver o argumento senão cada um entende o que quiser do seu comentário.

Realista
Realista
Reply to  Underground
14 dias atrás

Só pra te avisar vc não faz parte do ocidente viu .

Underground
Underground
Reply to  Realista
14 dias atrás

Já comprei o Durex e puxei o olho. Agora sou Oriental.

Daniel
Reply to  Realista
14 dias atrás

quem acredita em liberdade tem pensamento ocidental

Rogério Loureiro Dhiério
Rogério Loureiro Dhiério
Reply to  Underground
13 dias atrás

Venefavela mandou um abraço apertado com bafo no rosto.

M4l4v1t4
M4l4v1t4
Reply to  PRAEFECTUS
14 dias atrás

Os países do ocidente vivem um facismo progressista disfarçado de democracia. Achar que a Rússia ou a China serão um contraponto ao facismo de esquerda dentro das democracias do ocidente é de uma inocência que só não me da dó porque é perigosa. Pode colocar meu país em risco.

Repense seus conceitos …

PRAEFECTUS
PRAEFECTUS
Reply to  M4l4v1t4
14 dias atrás

M414 meu caro, você está fazendo o que eu falei para não fazer, se quiser de fato entender a realidade do quadro…. Entendi perfeitamente o que quer dizer… Agora me diga de verdade, quem hoje é a muralha que faz frente aos planos dos esquerdistas globalistas progressistas fascistas disfarçado de “democracia”??? QUEM????? Apenas a RÚSSIA!!! Porque o Brasil caiu… Sim, a Rússia, que já foi comunista, que teve o déspota do Stalin, que massacrou milhões de pessoas. Que é um país com toda má sorte de erros. Mas, por incrível que pareça é o país que está ferrando com os… Read more »

Last edited 14 dias atrás by PRAEFECTUS
Daniel
Reply to  PRAEFECTUS
14 dias atrás

Só esqueceu de dizer que o partido comunista da russia apóia o Putin

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  M4l4v1t4
14 dias atrás

Caro M. Vocẽ está equivocado. A democracia é um processo imperfeito e baseado no conflito de ideias, o que é muito diferente de um conflito de pessoas. A democracia tem sido atacada sistematicamente por movimentos extremistas, entre os quais os de inspiração fascista. Uma das estratégias mais conhecidas do fascismo é chegar ao poder por vias democrática para então destruir a democracia. Achar alguma equivalencia entre democriacia e fascismo é um grande erro. Recomendo o livro clássico do Leandro Konder “Introdução ao fascismo”

Velho Alfredo
Velho Alfredo
Reply to  Camargoer.
14 dias atrás

Oooxxxaaaaa acho q tu tá invertendo…. beeeemmmm
Puxou um Gramc/sm@ bom aí da tomada do poder.
Ainda bem q tu posta os livros de onde tirou as insanidades q devemos ver pra entender quem quer destruir o q é bom.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Velho Alfredo
14 dias atrás

Olá. Você então acha que é a democracia que ascende ao poder dentro de um regime fascista empregando meios fascista para, uma vez no poder, implementar a democracia? Explica ai este conceito e de onde você tirou esta ideia..

Pedro
Pedro
Reply to  Camargoer.
14 dias atrás

Por isso a censura para defender a democracia, certo?
Engraçado que em 4 anos de “fascismo” a democracia foi respeitada…no entanto,agora..

Last edited 14 dias atrás by Pedro
Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Pedro
13 dias atrás

Caro Pedro. Ainda não estou entendo o que vocẽ está escrevendo. Imagino que vocẽ se refira ao governo de Bolsonaro. A CF88 proibe a censura prévia mas também coloca limites ao direito de expressão. Isso significa que qualquer um pode falar o que quiser, mas será responsabilizado por isso. Como comparação, durante o regime militar e durante o Estado Novo, havia um departamento do executivo responsável por analisar as publicações jornalisticas e peças artísticas antes de sua publicação ou apresentação. Era preciso obter uma assinatura de um censor. Dentro das redações havia um militar censor. O país não viveu nenhum… Read more »

Felipe Morais
Felipe Morais
Reply to  PRAEFECTUS
14 dias atrás

Ué, mas soa um tanto incoerente julgar a Rússia atual como um “contrapeso” às loucuras do ocidente, ao passo que tanto se enaltece o papel que a China vem exercendo no mundo atual. Sinceramente, não passa de mais um contorcionismo argumentativo daqueles que insistem em tratar a Rússia como agente passivo dessa agressão. A URSS foi, de fato, um contrapeso ao “ocidente”. Não para “proteger o mundo de loucuras”, mas com seu próprio projeto de loucuras. Mas, de fato, foi um contrapeso. Pensou-se, por muito tempo, que esse papel ainda cabia à Rússia, dado sua relativa melhoria econômica na última… Read more »

PRAEFECTUS
PRAEFECTUS
Reply to  Felipe Morais
14 dias atrás

Felipe Morais, com todo respeito, mas você representa claramente o cidadão de hoje que não consegue compreender a realidade que está a sua frente. Pois com sua própria fala você se contradiz, e não percebe a incongruência. A Rússia HOJE é o contrapeso sim, porque é contra as IDEOLOGIAS que a esquerda globalista progressista fascista quer implantar no mundo todo. A China ao contrário, lhes é apenas um oponente econômico, não ideológico!!! Na verdade a esquerda globalista progressista fascista almeja dispor das mesmas ferramentas de controle do poder que a China detém. Portanto, são APANIGUADOS ideológicos!!! É como 2+2= a… Read more »

Last edited 14 dias atrás by PRAEFECTUS
Daniel
Reply to  PRAEFECTUS
14 dias atrás

tu é louco, fascismo e esquerda no mesmo pote….daqui a pouco vai dizer que Hitler era de esquerda….não sabe diferenciar nem esquerda da direita…haja paciência

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Felipe Morais
14 dias atrás

Olá Felipe. Ao fim da II Guerra, a URSS serviu como contraponto ao poder nuclear dos EUA. Isso é um fato. Após a derrota do Japão, o governo dos EUA flertou como uso de armas nucleares contra a China durante a Guerra da Coréia e contra o Vietnan. Há um depoimento de um ex-diplomata francês afirmando que os EUA ofereceram duas bombas atômicas para serem lançadas contra o Norte do Vietnan antes da derrota francesa em Dien Bien Phu. Também é verdade que os EUA serviram de contraponto à expansão nuclear da URSS. O erro é achar que a Russia… Read more »

Felipe Morais
Felipe Morais
Reply to  Camargoer.
14 dias atrás

“URSS serviu como contraponto ao poder nuclear dos EUA” Sim. Conforme o que escrevi. E conforme o que ressaltei. Não porque desejavam um mundo de paz e amor. Mas sim com seus próprios propósitos geopolíticos. Para o bem e para o mal, um foi contraponto ao outro. “O erro é achar que a Russia de Putin tem qualquer similaridade com a URSS” Também, conforme ressaltei. Cometeu-se, por muito tempo, esse equívoco. Me parece que, a partir do ano passado, ficou claro, que a contraposição fática ao “ocidente” é a China. Russos serão linha acessória dessa disputa. Valiosos, claro, afinal possuem… Read more »

Last edited 14 dias atrás by Felipe Morais
Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Felipe Morais
14 dias atrás

Olá Felipe. De fato. Tem muito gente, inclusive alguns analistas meia-boca, que fazem uma tremenda confusão entre a Russia de Putin e a URSS. Ainda não sei se é um erro porque falta compreensão histórica das coisas ou se é um erro intencional para gerar confusão, visto que o discurso anticomunista ainda é usado pela extrema-direta. A questão da China é também complexa. Temo que a ideia de uma Guerra Fria 2.0 contra a China interessa só aos EUA. Eu ainda tenho muita dificuldade para entender o movimento geopolítico da China. Até agora, a prioridade chinesa foi pela política doméstica,… Read more »

Chado
Chado
Reply to  Camargoer.
14 dias atrás

Acredito que a China utiliza bem o capitalismo para seus fins de expansão do que é chamado atualmente por alguns estudiosos do país de Socialismo com Características Chinesas. É uma discussão complexa. Mas entendo que a China não trabalha nos moldes imperialistas ocidentais de minar os países diferentes, mas trata-se, sim, de compromissos econômicos de benefício mútuo, ou, no extremo, armadilhas de débito (o que também é muito discutível).

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Chado
13 dias atrás

Ola’Chado. Pois é. A China é um novo desafio. O governo chinẽs compreendeu o risco de colapso que o país corria após a queda do muro de Berlin, o que de certa forma contextualiza a repressão na Praça da Páz Celestial. Eu ainda tenho dificuldade para entender tudo o que acontece na China, mas com certeza muita gente erra na análise ao misturar o regime político com o regime econômico. O partido comunista ainda detém o poder e toda a organização social ocorre em torno dele. Você tem total razão ao mencionar que é um grande erro tentar compreeder a… Read more »

Velho Alfredo
Velho Alfredo
Reply to  Camargoer.
14 dias atrás

OPA!!!!

Aí q vc errou feio!!!

Rússia usava a bandeira de URSS pra fazer o q ela queria, Império.

Lenin e a troop dele usaram a bandeira vermelha pra tomada do poder, pq globo q lhes coube melhor.

Toda a faina ali é quem está no poder, e quem vai conduzir o império Russo.

A Rússia não é a URSS, mas a URSS sempre foi Rússia.

O inimigo de muitos e muitos ainda é o mesmo, mas com bandeira de outra cor.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Velho Alfredo
14 dias atrás

Caro Velho.A história da Russia é longa. Não faz sentido comparar a Russia de Putin com a Russia soviética, assim como não faz sentido comparar as duas com a Russia czarista. São regimes diferentes completamente diferentes. Há um enorme equívoco de compreensão política sobre o significado sobre a política de expansão soviética. Havia uma luta ideológica entre o capitalismo e o comunismo. Ao contrário do imperialismo fascista que buscava substituir as populações locais por sua própria população, ou do imperialismo liberal de caráter nacionalista, no qual se baseou o Império britânico e é adotado pelos EUA, que prevê o ganho… Read more »

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  PRAEFECTUS
14 dias atrás

Olá P. Acho um erro misturar os períodos históricos da URSS com o da Russia de Putin.

leonidas
leonidas
Reply to  PRAEFECTUS
14 dias atrás

A vitória russa é interesse geoestratégico brasileiro.
Mas os moleques do supertrunfo reduzem tudo a uma questão de ser ou não ser parte do clubinho da casa na arvore onde tudo russo é ruim e tudo americano e o máximo… rs

PRAEFECTUS
PRAEFECTUS
Reply to  leonidas
14 dias atrás

Leônidas,

hoje a vitória russa é sim, em muitas partes do nosso interesse. Digo isso, porque a questão do apoio russo a ditadura na Venezuela é o senão na questão! Evidentemente isso não é do nosso interesse.

Daniel
Reply to  PRAEFECTUS
14 dias atrás

opinião vergonhosa, defender morte de civis inocentes em nome de uma loucura, sua Rússia que vc tanto adora apóia uma das maiores ditaduras do mundo, a coreia do norte

PRAEFECTUS
PRAEFECTUS
Reply to  Daniel
14 dias atrás

Daniel,

o problema é que o cidadão comum como você, em sua esmagadora maioria tem a visão simplista da realidade. São prato cheio para os globalista e suas narrativas. Verdadeiros incautos, pela dura cerviz que possuem. São obstinados em não querer enxergar a realidade.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Daniel
14 dias atrás

Caro Daniel. Este argumento de um país apoiar ou não uma ditadura é insuficiente para avaliar qualquer coisa. Os EUA apoiaram o Iran do Xá Palev, assim como apoio o Pinochet no Chile e a ditadura brasileira. Os EUA apoiam a Arábia Saudita e apoiaram Saddan na guerra contra Iran. Os EUA apoiavam Fulgêncio Batista em Cuba antes da revolução de Fidel. Atualmente, os EUA apoiam a ditadura militar no Egito. Estes exemplos mostram a complexidade da geopolítica internacional. Gostaria de fato que as ditaduras migrassem para regimes democráticos, mas coloco como exemplo como a diplomacia brasileira errou nos últimos… Read more »

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  leonidas
14 dias atrás

Caro Leo. Não vejo nem vantagem nem desvantagem geopolítica para o Brasil em qualquer resultado. A prioridade geopolítica é a África (principalmente a costa atlântica) e a América Latina. O próprio Golbery escreveu um livro neste sentido. Portanto, a posição brasileira deve ser em direção ao cessar fogo e preservação da segurança e bem estar da população civil residente na Ucrância como população refugiada. Considerando que o Brasil mantém relação diplomáticas com os dois países, o foco da diplomacia brasileira deve pelo fim do conflito. Quando mais demorar o conflito, mas prejudicado é o comércio brasileiro com estes países.

rui mendes
rui mendes
Reply to  PRAEFECTUS
14 dias atrás

Nojo, só nojo.

PRAEFECTUS
PRAEFECTUS
Reply to  rui mendes
14 dias atrás

Imagino que não compreende a realidade do que vivemos hoje meu caro Rui. Você é uma vítima da lavagem cerebral da grande mídia esquerdista globalista!

Daniel
Reply to  PRAEFECTUS
14 dias atrás

mídia esquerdista??? a mídia em países capitalistas é e sempre será de direita

Pedro
Pedro
Reply to  Daniel
14 dias atrás

bom..então aqui é comunismo mesmo..

Daniel
Reply to  PRAEFECTUS
14 dias atrás

Usare a Rússia como contra peso…um país que vive numa ditadura….daqui a pouco você vai nos dizer que devemos adorar o doidinho da coréia do norte….

PRAEFECTUS
PRAEFECTUS
Reply to  Daniel
14 dias atrás

Menos Daniel…menos!

Alan Santos
Alan Santos
Reply to  PRAEFECTUS
14 dias atrás

Menos porque ? Você acha justo ?

Velho Alfredo
Velho Alfredo
Reply to  PRAEFECTUS
14 dias atrás

Se a esperança do mundo for a Rússia, melhor torcer mais ainda pra Jesus voltar logo.

João Luiz Armelin
João Luiz Armelin
Reply to  PRAEFECTUS
12 dias atrás

É exatamente isso..

Alexandre
Alexandre
Reply to  Underground
14 dias atrás

Pergunta: Quem estendeu o quê em direção de quem nos ultimos 20 anos? Qual a distância da Crimeia até a Polônia? Qual a distancia da Polônia até o Irã?

Felipe Morais
Felipe Morais
Reply to  Alexandre
14 dias atrás

Pergunta: A extensão foi imposta ao países mais a leste ou estes imploraram por esta extensão??

ê brasileiro. Você não viveu sob o julgo de outro povo, ou teve familiares que viveram, para chegar a conclusões sobre o que devia ou não ser feito.

Nilo
Nilo
Reply to  Felipe Morais
14 dias atrás

Pergunta que Zelensky deveria responder ao produzir a inversão de promessas feitas ao eleitorado Ucraniano ao qual prometia, negociações e não hostilização da Rússia.

Last edited 14 dias atrás by Nilo
Felipe Morais
Felipe Morais
Reply to  Nilo
14 dias atrás

Mais uma vez. Você está longe demais pra concluir como um governo devia agir ou não. Foi eleito, na seara de um movimento nacional que queria aproximação com a Europa. Ponto. Cabe a ele e seu povo decidir com quem se aproximar ou não. E isso, num contexto, em que a Crimeia havia sido tomada e parte do leste estava sob controle de um grupo dissidente sob apoio direto de um governo estrangeiro. A distância e a falta de vínculo com o povo proíbe o seu diagnóstico de como deveriam agir ou não. O seu, o meu e o de… Read more »

Nilo
Nilo
Reply to  Felipe Morais
14 dias atrás

Em nenhum momento o povo nas eleições assumiu uma política de hostilização ao Ucranianos de origem russa, hostilização a lingua e a cultura russa, ao comércio ou sua indústria pesada que fazia parte do suprimento do mercado russo, contudo, após eleições, Zelensky adorou a cartilha de Washington, com apoio dos radicais da extrema direita, os Bandeira. A aproximação da Ucrânia a Europa é um objetivo a ser alcançado não só pela Ucrânia, mas TB pela Rússia, mas um dedo não quer, tanto que explodiu as tubulações de gás colocando em prática um discursos beligerante ante mesmo do conflito Ucraniano/russo. Sua… Read more »

Alan Santos
Alan Santos
Reply to  Nilo
14 dias atrás

Qual parte do tratado de Brest -Litoviski que deveria ser cumprindo mesmo ? Aí acabaria com essas briguinhas ” inúteis entre os eslavos ….já que o putinho quer acabar com “status quo” deixa ele … Afinal a Rússia também vai ser DERRETIDA.

Alan Santos
Alan Santos
Reply to  Nilo
14 dias atrás

E olha que só falta o vacilo do teu “projetinho de ditador “. Pode ter Poseidon ,Submarinos nucleares etc ..o castigo vai vir Quente ….muito Queeente duvido que sobre alguma coisa da Rússia pra contar história .

Alan Santos
Alan Santos
Reply to  Nilo
14 dias atrás

No mais deveria o Putin e o Zelensky pegar uma espada cada um e ver quem e o melhor , igual o Sadan Hussein íntimou o George Bush ……
Pelo menos foi homem no final da vida depois de matar um monte de Curdos .

Hcosta
Hcosta
Reply to  Nilo
14 dias atrás

Zelenskyy é o 2º presidente apôs a revolução do Euromaidan e da anexação da Crimeia e da ocupação, muito mal disfarçada, de partes da Ucrânia. E ainda estou para perceber qual foi o ato, tão infame, que levou à 2ª invasão. O conflito estava limitado a uma parte do país e nada de relevante aconteceu. O que mudou? Talvez não aceitar que as regiões ocupadas, parcialmente, fossem comandadas por Moscovo, uma anexação, de facto, e, ao mesmo tempo, limitavam o governo Ucraniano. E não venham com os nazis, a língua Russa, a OTAN, etc… isso só resulta em aqueles que… Read more »

Nilo
Nilo
Reply to  Hcosta
14 dias atrás

Meu caro, vc deu os parabéns aos americanos quando soube que a Otan através da Colômbia estava para extender sua fronteira, tornando-se vizinha do Brasil.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Nilo
14 dias atrás

A Colômbia é membro da OTAN? Não me lembro de a ver nas reuniões e se vai aprovar a entrada da Finlândia e da Suécia… Não sei se sabe mas até a Rússia, em tempos, tinha uma parceria com a OTAN. Mas se um país quiser fazer parte de uma aliança qualquer, que seja. Qual é o problema? Ou acha que vão invadir o Brasil? Da mesma forma que a Ucrânia ia “invadir” a Rússia, a Colômbia/OTAN vai invadir o Brasil? Não perca tempo e faça como a Rússia e invada a Colômbia antes que seja tarde demais… E a… Read more »

Last edited 14 dias atrás by Hcosta
PRAEFECTUS
PRAEFECTUS
Reply to  Hcosta
14 dias atrás

Hcosta,

te digo uma coisa, esse tipo de discurso seu, é verdade, tem capacidade de pegar os ingênuos e incautos de plantão. Conversa mais mole do que macarrão 🍜 cozido! Chega dar náuseas!

Last edited 14 dias atrás by PRAEFECTUS
Hcosta
Hcosta
Reply to  PRAEFECTUS
14 dias atrás

Pode ser mas mesmo macarrão cozido é melhor do que ter a barriga vazia ou estar preso só por criticar um governo…

Mas deixe lá. Vai ser desta que a Rússia se vai transformar num pólo de desenvolvimento humano e exportar prosperidade para todo o mundo…

Alan Santos
Alan Santos
Reply to  Nilo
14 dias atrás

Lembrando que os Anglos Saxoes vão para resolver , e não ficar nesse mimimi .

Alexandre
Alexandre
Reply to  Felipe Morais
13 dias atrás

Eu vivi o suficiente para ver o povo ucraniano implorar por tropas polonesas!

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Underground
14 dias atrás

Olá Under. Como já escrevi há meses, é preciso um cessar fogo imediato e início das negociações de paz. O problema é que se perderam janelas de oportunidade. Agora, há um impasse diplomático. Acredito que este impasse só será rompido a partir do momento que os governos dos EUA e da Europa cessarem o apoio, algo que deve acontecer a médio e longo prazo. È impossível para os EUA e países europeus sustentar esta guerra permanentemente. A história mostra que em algum momento, os EUA cessam o apoio.

Carlos Gonzaga
Carlos Gonzaga
Reply to  Camargoer.
14 dias atrás

Camargoer e o mesmo papo. Acompanho-o há muito tempo e nunca entendi vc. Hora concordamos, hora não. Ok! isso faz parte, mas não consigo entender como uma pessoa lúcida pode defender um cessar fogo e negociações agora. Isso só iria consolidar a vantagem injusta do agressor. Ou você acredita que a Rússia vai devolver alguma coisa? Vai indenizar alguém?

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Carlos Gonzaga
14 dias atrás

Olá Carlos. Eu defendo o cessar fogo desde o inicio do conflito. Sempre defendi isso. A cada dia de conflito resulta em mais morte da população civil e maior destruição da infraestrutura civil. Como será feita a recuperação de toda a destruição, retirada de tropas, etc, será o resultado da negociação. Há bastante tempo tenho escrito que a solução deste conflito será o resultado de um acordo diplomático. Não há razão para acreditar que um dos lados conseguirá uma vitória definitiva. Então, a partir desta constatação, é melhor que a negociação comece agora. Quanto mais cedo, menor o sofrimento da… Read more »

Nilo
Nilo
Reply to  Camargoer.
13 dias atrás

A Rússia ter que indenizar a Ucrânia, devolver território, como EUA fez na Síria? Rsrsrs
Ou em Cuba? ….Rsrsrsrs

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Nilo
13 dias atrás

Olá Nilo. Eu não sei o que vai acontecer no futuro. Tudo depende do que os negociadores concordarem, isso quando forem iniciadas as negociações de paz. Para mim, o foco agora é o cessar fogo. Qualquer negociação só será viável após o cessar fogo.

leonidas
leonidas
Reply to  Underground
14 dias atrás

Ta fumando orégano? Quem primeiro invadiu pais soberano ao arrepio do direito internacional foi os EUA em 2003 no Iraque com fake news reconhecidas pelos próprios, e a Otan na Líbia em 2011 e no Kosovo em 98. Quem se expandiu e quase dobrou de tamanho quando sua razão de existir (pacto de Varsóvia e URSS viraram passado) foi a Otan e não satisfeita queria ainda se expandir (e ainda quer) ate literalmente os portões de Moscou. A Ucrânia tem sua sina geopolítica estabelecida a pelo menos 80 anos, e errou feio em não reconhecer seu status quo neste tabuleiro.… Read more »

Daniel
Reply to  leonidas
14 dias atrás

Só um detalhe que vossa inteligência esquece….no ataque ao Iraque nenhum território iraquiano virou parte dos Estados Unidos, o Iraque não teve seu território dividido…já o que a Rússia faz na Ucrânia é roubar território, bem assim, coisa de ladrão

Alan Santosputin
Alan Santosputin
Reply to  leonidas
13 dias atrás

Tá e quem invadiu o Kwait e o Iran ?

Charles
Charles
Reply to  Underground
12 dias atrás

Só posso imaginar os EUA enfrentando o mesmo problema, o México, por exemplo.
Pobre Cuba, que ainda não saiu do embargo. Não sou a favor de invasão, mas os EUA não tem moral. Eles não poderiam se importar menos com o povo ucraniano, qualquer uma das partes.

Fabricio Lustosa
Fabricio Lustosa
Reply to  DOUGLAS
14 dias atrás

Excelente ponderação. Quem se dá ao trabalho de pelo menos tentar analisar de forma neutra esse cenário percebe facilmente que o país cercado é a Rússia. E isso cada vez mais, a OTAN nunca deixou de existir e avança cada vez mais, tentou a Geórgia e coaduna a Ucrânia desde 2013. Nisso vem aqueles célebres comentários “mas os países tem o direito de se aliar com quem quiser”; “mas esses países foram agredidos pela Rússia no passado”; e etc… sendo que quem apresenta esse tipo de comentário jamais iria argumentar da mesma forma se Rússia ou China instalassem bases militares… Read more »

Eromaster
Eromaster
Reply to  Fabricio Lustosa
14 dias atrás

Excelente comentário, Fabricio Lutosa!

Felipe Morais
Felipe Morais
Reply to  Fabricio Lustosa
13 dias atrás

Qual o último registro de algum tipo de ameaça dos EUA à soberania do México ou do Canadá?

Se possível, coloque aqui para que possamos ver tbm.

M4l4v1t4
M4l4v1t4
Reply to  DOUGLAS
14 dias atrás

Então quem está “usando a Ucrânia para afetar a Rússia” é a Rússia. Deixa eu te falar como vivem os estados satélites da ex-URSS desde 1991: Sob terror, sob a ameaça de interferência russa. É por isso que todos eles sempre possuem um fantoche de Moscou. Enquanto a interferência que você cita é conspiratória e nada palpável, a interferência russa nesses estados é real e duradoura. Assassinatos, envenenamentos e guerras acontecem a torto e a direito naqueles países que ousarem desviarem daquilo que Moscou quer. É tudo uma grande URSS disfarçada de estados que “concordam” com Moscou e “discordam” do… Read more »

Nilo
Nilo
Reply to  M4l4v1t4
14 dias atrás

Esses países satélites, lutaram ao lado dos russos para se livrarem dos nazista, esses países aferiram produtos, matéria prima, faziam parte da cadeia de produção russa. O muro de Berlim caiu com com leniência dos Russo.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Nilo
14 dias atrás

O muro de Berlim caiu de podre. Da podridão e da pobreza, que foram os maiores produtos de exportação da União Soviética.

Mas esses países devem ser todos idiotas. Nenhum quer voltar ao que era…

m4l4v1t4
m4l4v1t4
Reply to  Nilo
14 dias atrás

Nossa, você realmente ainda acredita nisso? Documentos oficiais, vídeos, testemunhos … nada disso foi suficiente para de ensinar como foi a Segunda Guerra Mundial? Será necessário que a gente use campos de texto de comentário para te ensinar a história? A Rússia era aliada da Alemanha e arregaçou com vários países desde o início da guerra até o final. Começando por Finlândia e Polônia Stalin usou a física da massa corporal humana a oeste de Moscou, o que hoje é Letônia, Lituânia, Ucrânia e outros paises, para segurar os alemães o máximo possível, em um imenso moedor de carne, enquanto… Read more »

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  m4l4v1t4
13 dias atrás

Ola M E lá vamos nós…. Em 1914, a Russia Czarista tinha uma aliança com a França e Inglaterra. A Russia declara guerra ao Império Alemão no mesmo dia em que ele invade a Bélgica. A Russia tinha um exército enorme, mas era mal preparado e mal equipado. As perdas russas foram enormes, resultando na queda de Nicolau II. Lenin, que estava na Suiça, é autorizado a cruzar a Alemanha em um trem, levando recursos doados pelo governo alemão para financiar uma revolução, o que de fato aconteceu. Lenin fundou a URSS e assinou um tratado de paz com a… Read more »

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Nilo
14 dias atrás

Olá Nilo. Gostaria apenas de lembrar que o exército vermelho era constituído de soldados oriundos de todas as repúblicas soviéticas. A invasão nazista foi feita em três frentes. Ao sul e pelo centro invadindo a Ucrânia, no pelo norte através da Bielorussía. Apesar de ser comum dizer que foram os russos que lutaram contra a Alemanha Nazista, isso leva a um equívoco histórico. Sabemos que parte substancial da população ucraniana apoiou a invasão nazista, esta situação mudou rapidamente a partir das operações de genocídio executadas pelos alemães. No total, o exército vermelho mobilizou 34 milhões de soldados durante a II… Read more »

Nilo
Nilo
Reply to  Camargoer.
13 dias atrás

Verdade seja dita. Rsrs

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Nilo
13 dias atrás

Pois é. O mais engraçado é que muitos documentários sobre a II Guerra mencionam que o “exército russo” tomou Berlin, ao invés de dizer “exército soviético”. Outro ponto interessante é lembrar que Lenin era russo, mas Stalin nasceu na Geórgia, Krushov era russo e Brejnev era ucraniano.

João Moita Jr
João Moita Jr
Reply to  DOUGLAS
14 dias atrás

Verdade seja dita.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  DOUGLAS
14 dias atrás

Olá Douglas. Talvez, no início do conflito, quando a Russia tinha uma estratégia de guerra relâmpago, fazia sentido sustentar uma defesa usando recursos fornecidos pelos EUA e Europa. Contudo, a Russia parece ter mudado sua estratégia para uma guerra de atrito. Neste novo cenário, quando mais longa a guerra, maior é a destruição da Ucrânia. Contudo, a Ucrância está presa a uma estratégia de defesa baseada em ajuda externa. A pergunta é saber quanto tempo a Russia conseguirá sustentar esta guerra. Talvez, neste contexto, ela seja capaz de sustentar uma guerra de atrito por longos períodos.

Silveira
Silveira
Reply to  DOUGLAS
14 dias atrás

Concordo, bastava uma frase do comediante Zelensky para evitar esta mortandade de ambos os lados “Não vamos entrar para OTAN”, mas a soberba falou mais alto. Zelensky é o maior culpado pelas mortes e destruição do seu país, ele não soube cuidar do seu povo.

Felipe Morais
Felipe Morais
Reply to  Silveira
13 dias atrás

Ele deveria falar isso antes ou depois de a Rússia tomar a Criméia e fomentar a guerra no leste?

Silveira
Silveira
Reply to  Felipe Morais
13 dias atrás

“Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa”.

rui mendes
rui mendes
Reply to  DOUGLAS
14 dias atrás

O que vemos é simples, Rússia invadiu, um país soberano e independente, ataca população civíl, faz de presos civís, soldados e quer pela força, ganhar terra de outro país e ainda têm quem os defenda e critique quem apoia a Ucrânia.
Se fosse outro país, a invadir o teu, a atacar os teus familiares, a ocupar e reclamar parte do teu país, gostarias muito de ter, uns EUA, UE, UK e OTAN a apoiar os teus, mas como é longe e não é com os teus … viva a Rússia e a China.

Daniel
Reply to  DOUGLAS
14 dias atrás

A Rússia invade um país soberano e independente e a culpa é do ocidente??? Cada louco que vejo….

Velho Alfredo
Velho Alfredo
Reply to  DOUGLAS
14 dias atrás

Bom….
Deve ser pq quem está do lado da Rússia precisa de proteção e quem está ao lado dos EUA não…
É interessante que uma enorme massa de países que fazia parte do bloco soviético partiu pra OTAN.
Talvez seja pq sabem q a Rússia é imperialista sempre. Seja qual for o nome q adote.

Pedro
Pedro
Reply to  DOUGLAS
14 dias atrás

Verdade..a Ucrânia prefere ser capacho da Rússia. Nenhum ucraniano tem vontade própria e são comandados pela OTAN. A Rússia é vítima, foi obrigada a invadir um país soberano.

Trintro123
Trintro123
15 dias atrás

É óbvio que a Ucrânia está sendo e será totalmente desabilitada.
Ontem foi um dia particularmente negro para os ucranianos.
Depois de um novo ataque de mísseis e drones, os russos começaram a avançar em Donetsk e Zaporizhizhia.
O ataque aéreo maciço evidenciou que as defesas anti-aéreas ucranianas são praticamente inexistentes.
Nem foi reportada reação.
Apenas após as primeiras explosões é que soaram as sirenes.
É grave a situação da Ucrânia.
Se eu fosse eles, sentaria para negociar com os russos para salvar alguma coisa.

Underground
Underground
Reply to  Trintro123
14 dias atrás

Os reportes são de que utilizaram mísseis S300 e S400, mísseis destinados a atacar outros mísseis. Desconhece-se defesa aérea para esse tipo de armamento dada a velocidade. Entretanto a carga de explosivos é pequena. Mas causa danos.

NEMOrevoltado
NEMOrevoltado
14 dias atrás

A ameaça a russia vem da própia russia; de um lugar chamado kremlin!

Mgtow
Mgtow
Reply to  NEMOrevoltado
14 dias atrás

A Rússia tava quietinha no seu canto foram provocar agora aguenta a patada.
Até parece que a Rússia vai assistir a OTANazi ir pra cima do território russo e ficar parada.

Carlos E.
Carlos E.
Reply to  Mgtow
13 dias atrás

Ainda essa ladainha ? Muda o disco…

Mgtow
Mgtow
Reply to  NEMOrevoltado
14 dias atrás

A Rússia tava quietinha no seu canto foram provocar agora aguenta a patada.
Até parece que a Rússia vai assistir a OTANz ir pra cima do território russo e ficar parada.

Nilo
Nilo
Reply to  NEMOrevoltado
14 dias atrás

O mesmo pode ser dito de Brasília, Washington, Pequim…. rsrsrs

Last edited 14 dias atrás by Nilo
NEMOrevoltado
NEMOrevoltado
Reply to  Nilo
14 dias atrás

Principalmente de brasilia!

sub urbano
sub urbano
14 dias atrás

Acabei de ver um video chocante. Um soldado Wagner rende uma dupla de soldados ucranianos numa trincheira (um deles idoso) isso tudo no meio do combate. Ele percebe que nao vai conseguir escoltar os dois e fuzila ambos no full auto. Da pra ver a cara de medo do idoso.

PRAEFECTUS
PRAEFECTUS
Reply to  sub urbano
14 dias atrás

Vi esse vídeo.

Em tempo, alguém sabe algo sobre um suposto grande carregamento de armas com destino aos chamados Voluntários da Pátria no Brasil??????

Last edited 14 dias atrás by PRAEFECTUS
Boitatá
Boitatá
Reply to  PRAEFECTUS
14 dias atrás

É um carregamento que vai chegar em 72h. Vi no zap, de fonte confiável.

Alexandre
Alexandre
Reply to  PRAEFECTUS
14 dias atrás

Com todo respeito- o unico carregamento que os tais voluntários da patria merecem já chegou: quentinhas na Papuda!

Leo Machado
Leo Machado
Reply to  Alexandre
14 dias atrás

Ou então algum carregamento que chegará na RUA Voluntários da Pátria, Botafogo -RJ.
Pertinho do São João Batista.

Carlos E.
Carlos E.
Reply to  PRAEFECTUS
13 dias atrás

Com esse pensamento explica-se sua preferência russa.

Leo Machado
Leo Machado
Reply to  sub urbano
14 dias atrás

Eu assisti a esse vídeo.
O soldado russo, no meio do tiroteio tentou desarmar os ucranianos.
Um deles deles se agarrou ao fuzil, talvez desnorteado, e não largou apesar do russo estar puxando.
Quando o outro ucraniano se virou, assustado, pareceu um movimento de empunhar a arma.
Aí o russo atirou.
Pode até ser que as reações dos ucranianos fossem desesperadas e instintivas, mas não restou ao russo outra atitude no meio do intenso tiroteio.

Fabricio Lustosa
Fabricio Lustosa
Reply to  sub urbano
14 dias atrás

O mundo segue dando voltas né? Lembra do vídeo dos ucranianos fuzilando algo em torno de 8 ou 10 soldados russos rendidos e no chão? Depois mostraram que um outro soldado russo apareceu reagindo e isso justifica a execução de todos os outros (não vou entrar nesse mérito). Pois bem, nesse vídeo o russo grita para eles se renderem, tenta pegar a fuzil do ucraniano à direita, ele resiste, então o russo abre fogo. Com razão. Imagens fortes https://southfront.org/chilling-footage-of-close-fire-fight-in-ukraine-video-21/

Leo Machado
Leo Machado
Reply to  sub urbano
14 dias atrás

Outro vídeo interessante que assisti foi de ataques com o sistema TOS.
Inclusive um sobre uma trincheira ucraniana.
É difícil imaginar como se pode sobreviver àquilo.
É realmente cruel.

Alexandre
Alexandre
Reply to  Leo Machado
14 dias atrás

Mais cruel são aqueles que podem e devem tomar decisões para impedir tais eventos e optam por sacrificar vidas !
Lembro que alguem me disse que o culpado é aquele escolhido para que possamos sermos todos inocentes!

Mgtow
Mgtow
Reply to  sub urbano
14 dias atrás

Deixa de ser mentiroso. Conta a história direito. O Wagner pediu para que os mesmos se rendessem. E os mesmos não se renderam. Não sobrou outra opção ué.

Heinz
Heinz
14 dias atrás

“enquadrando a Ucrânia como um agressor que estava, ridiculamente, “prestes a atacar Moscou”
eu parei de ler aqui.
Os russos mentem, mentem e vão continuar mentindo

Nilo
Nilo
14 dias atrás

Ou seja a Rússia irá desnazificar, desmilitarizar a Ucrânia, ou isso ou a Rússia estará liquidada enquanto nação.

Henrique
Henrique
Reply to  Nilo
13 dias atrás

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
cara inda ta na fanfic dos primeiros dias.. nem russo usa mais esse IDI 0 TICES ai

Gabriel
Gabriel
14 dias atrás

E segue a guerra de narrativas.

Fato é que com o desenrolar da guerra quem mais está sendo sacrificado é a população ucraniana.

A Rússia por vários fatores não conseguiu seu objetivo de terminar o conflito rapidamente.

A Ucrânia mostrou uma resiliência maior que o esperado.

Os eurobambis e americanos se sentiram a vontade para fornecer meios militares aos ucranianos e assistir tudo de camarote.

A indústria bélica voltou a ter grandes lucros.

E quem continua a ser sacrificado é a população ucraniana.

PRAEFECTUS
PRAEFECTUS
Reply to  Gabriel
14 dias atrás

Sim Gabriel,

mas, vamos esclarecer, a população civil tá se ferrando por conta da cegueira de apoiar cr@pulas disfarçados de nacionalistas que lhes prometeu picanha ocidental, estilo de vida bambi dos eurobambis, nova ideologia onde nada é pecado a não ser ir contra o pecado. Deu no que deu. Deram de frente com a muralha corretiva russa.

Estão colhendo os frutos da enganação que comeram. Pra mudar isso, só dando uma guinada de 360 graus.

Last edited 14 dias atrás by PRAEFECTUS
Nilo
Nilo
Reply to  PRAEFECTUS
14 dias atrás

Que saiba, as promessas eleitorais de Zelensky era de negociações e não hostilização aos russos, hoje implantada um controle descomunal sobre a mídia, sobre o sistema político e cultural ucraniano, difícil afirmamos que o Ucraniano sem alternativas de vozes capazes de representar oposição as medidas do governo possam encontar soluções por negociações, estas só surgirão quando o governo Zelensky tiver militarmente uma derrota incontestável.

Last edited 14 dias atrás by Nilo
Leo Machado
Leo Machado
Reply to  Nilo
14 dias atrás

E faço minhas as palavras do Coronel McGregor que disse essa semana que houve ‘miscalculation’ por parte da OTAN nesse conflito.
Jogou a Ucrânia no fogo e ela está queimando.
Literalmente.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Leo Machado
14 dias atrás

Olá Leo. Minha leitura é que a Russia tinha uma boa leitura geopolítica antes da invasão. Ela tinha poder miliar e econômico superior ao da Ucrânia, tinha reservas cambiais, Zelensky é fraco internacionalmente e Biden sofria de pressão interna. Contudo, após a invasão, o contexto geoolítico mudou. Biden adotou uma postura agressiva para compensar sua fraqueza interna, foram adotadas sanções muito mais severas e a Otan ofereu apoio militar, neutralizando a vantagem russa. Do mesmo modo que a Russia avalou que faria uma guerra rápida, parece que o Pentágono também avaliou que conseguiria o recuo rápido da Russia. Tenho a… Read more »

marcos
marcos
Reply to  Nilo
12 dias atrás

Sinto muito, mas não haverá esta derrota incontestável

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Gabriel
14 dias atrás

Olá Gabriel. Você tem razão. Eu tenho defendido exatamente este ponto de vista. É preciso um imediato cessar-fogo para proteger a população civil que mora nas áreas de conflito e refugiados. Então, é preciso iniciar as negociações de paz. Se estas negociações vão resultar em retirada dos russos, em reconhecimento das áreas ocupadas ou qualquer outra solução de compromisso, isso será negociado. Neste momento, é preciso interromper a guerra. Temos que entender que para a população civil o que menos importa são as implicações políticas e geopolíticas do conflito. Para o Brasil, a única opção aceitável é o cessar fogo… Read more »

Truthnews
Truthnews
14 dias atrás

Letónia , Estónia , Finlândia não são ameaças tbm ? Serão os próximos ?

PRAEFECTUS
PRAEFECTUS
Reply to  Truthnews
14 dias atrás

Se quiserem embarcar na canoa furada dos globalistas otanzistas….com certeza!

Hcosta
Hcosta
Reply to  PRAEFECTUS
14 dias atrás

Com certeza…

Rbm
Rbm
Reply to  PRAEFECTUS
14 dias atrás

“Se quiserem embarcar na canoa furada dos globalistas otanzistas….com certeza!” Meu caro, a OTAN só nasceu porque os numerosos, mas pequenos Estados europeus temiam o expansionismo e agressividade da URSS. Com a morte desta em 1991 os europeus acreditaram que a Rússia se tornaria menos agressiva e aproveitaria as oportunidades do livre comércio pra prosperar em paz e prover o bem estar de sua população, tanto que colocaram a OTAN na UTI, respirando por aparelhos. Mas o que se vê hoje é uma Rússia agressiva e expansionista, que prefere gastar 20% de seu orçamento com forças armadas a prover bem… Read more »

Daniel
Reply to  PRAEFECTUS
14 dias atrás

Mas já são da Otan, o que a Rússia tem que entender é que ela é um país miserável com economia em décimo primeiro lugar no mundo

PRAEFECTUS
PRAEFECTUS
Reply to  Daniel
14 dias atrás

Daniel meu caro, tem que melhorar seus argumentos. Tá muito fraquinho!

Leo Machado
Leo Machado
Reply to  Truthnews
14 dias atrás

A partir do momento que países fazem parte ou querem fazer parte de uma Organização militar que é sua inimiga, então devem arcar com todas as possibilidades.

Camargoer.
Camargoer.
14 dias atrás

Olá Coledas, antes de entrar no mérito do texto, é preciso dizer que ele tem o formato de propaganda. Pouco conteúdo e muitos adjetivos. Parece mais um manifesto de algum grupo político (o texto é exatamente isso) e pouco conteúdo. Quando ao tema, acredito que o conflito na região só terá solução diplomática, ao menos a curto e médio prazo. Talvez a longo prazo, um dos lados vá esgotar seus recursos. Neste caso, a Russia teria vantagem porque a Ucrânia depende de apoio externo da Otan. A história mostra que os EUA são incapazes de manter um apoio irrestrito por… Read more »

Arthur
Arthur
14 dias atrás

Então danosse!!! Lá por 2050, alguém me avise quando a guerra acabar! Enquanto tiver audiência, há guerra. Será que algum dos países beligerantes não quer contratar a Glória Perez para novelizar esse conflito? Ao menos a Jade Picon poderia fica no lugar da Ursula von der Leyen…

Arthur
Arthur
Reply to  Arthur
14 dias atrás

No fundo seria uma boa troca, um colírio: substitui a baranga véia pela gostosinha… A Paolla Oliveira ficaria no lugar do Zelensky, já que ambos usam camisetas, mas prefiro a loira (e que bundinha, pelamordedeus)! Tendo em conta as declarações acima, esse trololó não vai acabar tão cedo, mas, ao menos, seria mais relaxante…

Japaman
Japaman
14 dias atrás

Ameaça? Os caras invadem o país dos outros, acabam com tudo! Destroem tudo, separam famílias e vem com esse papinho?

Revoltante!

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Japaman
14 dias atrás

Olá Japa. Lembre que era o ataque preventivo foi a base que justificou a invasão e ocupação do Iraque pelos EUA durante o governo BushJr, isso há 20 anos atrás. Aquela invasão foi ainda baseada em uma mentira sustentada pelo sistema de inteligência dos EUA e da Inglaterra sobre as tais “armas de destruição em massa”. Eu concordo com você em relação os problemas infligidos á população civil por isso defendo o imediato cessar fogo.

Bruno Vinícius
Bruno Vinícius
13 dias atrás

O desmembramento da Rússia será o maior presente de Putin para a humanidade. É preciso garantir a derrota absoluta da Rússia na Ucrânia para que o trabalho que deveria ter sido feito após a queda da União Soviética seja feito agora.

Last edited 13 dias atrás by Bruno Vinícius
Antunes 1980
Antunes 1980
13 dias atrás

Conforme fontes da CNN portuguesa e americana, a Ucrânia devido ao grande numero de baixas, está indo para o seu terceiro exército.

Por isso toda ajuda material é importante, visto que aquilo é um moedor de carne e aço para ambos os lados.

Agora só falta enviar para a Ucrânia caças como Mirage 2000, Gripen C e F-16.

Last edited 13 dias atrás by Antunes 1980
Luiz Trindade
Luiz Trindade
13 dias atrás

Fato é que a OTAN e EUA fizeram essa guerra acontecer muito para justificar a existência da OTAN. Senão tivesse a ponto de aceitar a Ucrânia como membro talvez essa guerra não tivesse acontecido. Podem dar 1.000.000 de deslikes no meu comentário. A verdade esta ae nua e crua. Quem morre são os cidadãos que o louco e insensivél do presidente Ucraniano mandou jogar coqueteis molotove contra os blindados russos ao invés de deixar essa guerra somente com os exércitos e os jovens soldados russos que estão indo para essa guerra para ser alvo da resistência ucrâniana.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
12 dias atrás

Enquanto isso Z bate.

marcos
marcos
Reply to  Nilton L Junior
12 dias atrás

E no fim, Z será destruído

Marcelo
Marcelo
12 dias atrás

“É impossível vencer uma guerra onde não só exército está lutando contra você, mas todo o povo, e na Ucrânia todo o povo ucraniano está lutando.”
Agil Rustamzade – analista militar do Azerbaijão
https://news.yahoo.com/military-analyst-rustamzade-predicts-ukraine-182400785.html

Acacor
Acacor
11 dias atrás

Esses russos pensam que os outros são idiotas o suficiente para acreditar nessa narrativa imbecil de que a Ucrânia é ameaça.