O Reino Unido enviará tanques Challenger 2 à Ucrânia para reforçar o esforço de guerra do país, disse o primeiro-ministro Rishi Sunak. Ele falou com o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, em uma ligação no sábado, durante a qual confirmou que enviaria o equipamento e sistemas de artilharia adicionais.

Downing Street disse que a medida mostra “a ambição do Reino Unido de intensificar o apoio”. O governo deve enviar 14 tanques para a Ucrânia. Cerca de 30 AS90s, que são grandes canhões autopropulsados, também devem ser entregues.

O presidente Zelensky agradeceu ao Reino Unido, dizendo que a decisão de enviar os tanques “não apenas nos fortalecerá no campo de batalha, mas também enviará o sinal certo para outros parceiros”. Ele disse que o apoio do Reino Unido foi “sempre forte” e “agora impenetrável”.

Durante a ligação, Sunak e Zelensky também discutiram as recentes vitórias ucranianas, bem como a “necessidade de aproveitar este momento com uma aceleração do apoio militar e diplomático global”.

O anúncio veio quando uma série de ataques com mísseis foram lançados na Ucrânia no sábado, incluindo em Kyiv, Kharkiv e Odesa. Pelo menos 14 pessoas morreram em um ataque a um prédio de apartamentos na cidade de Dnipro, no leste do país.

Sunak disse que os Challengers, o principal tanque de guerra do exército britânico, ajudariam as forças de Kyiv a “recuar as tropas russas”. Construído no final dos anos 1990, o tanque Challenger tem mais de 20 anos, mas será o tanque mais moderno à disposição da Ucrânia. Os tanques fornecerão à Ucrânia melhor proteção e poder de fogo mais preciso.

O Reino Unido começará a treinar as Forças Armadas ucranianas para usar os tanques e armas nos próximos dias. Embora a doação por si só não seja considerada uma virada de jogo, espera-se que a ação do Reino Unido inspire outros países a doar equipamentos mais modernos para ajudar a Ucrânia.

Obuseiro autopropulsado AS90

O presidente do Comitê Seleto de Defesa, Tobias Ellwood, disse que deu as boas-vindas ao Reino Unido “levando a sério o hardware que fornece à Ucrânia”, mas que a assistência internacional foi “muito lenta”. Ele disse à BBC Breakfast: “Isso é exatamente o que a Rússia quer que façamos – permanecer hesitantes.

“A menos que demos um passo à frente e apoiemos a Ucrânia, a Rússia não irá embora – e isso significa que o valentão venceu.” Ele enfatizou que queria ver uma fábrica de armas no leste da Polônia que permitiria à Ucrânia adquirir suas próprias armas a longo prazo.

Do jeito que está, a Polônia planeja enviar 14 de seus tanques Leopard de fabricação alemã. Mas os tanques, que são mais abundantes e usados por vários exércitos europeus, precisam da aprovação da Alemanha para serem exportados para a Ucrânia.

A Ucrânia também tem esperança de que os EUA forneçam alguns de seus tanques Abrams, que usam a mesma munição do Leopard. No início deste mês, a Alemanha e os EUA concordaram em se juntar à França no envio de veículos blindados de combate para a Ucrânia – um movimento visto como um impulso significativo para a capacidade de suas forças armadas no campo de batalha.

O secretário de defesa da sombra, John Healey, disse que o governo tinha “total apoio do Trabalhismo” para a decisão de enviar os Challengers. Ele disse: “Os tanques modernos são cruciais para os esforços da Ucrânia para vencer sua batalha contra a agressão russa.”

Respondendo às notícias dos tanques Challenger, a porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, disse: “Como dissemos anteriormente, os suprimentos de armas são alvos legítimos para ataques russos”.

Mais cedo neste sábado, os militares da Rússia anunciaram que haviam capturado a cidade de mineração de sal de Soledar após uma longa batalha, chamando-a de um passo “importante” para sua ofensiva.

A vitória permitiria que as tropas russas avançassem para a cidade vizinha de Bakhmut e isolassem as forças ucranianas de lá, disse um porta-voz.

Mas as autoridades ucranianas disseram que a luta por Soledar ainda estava acontecendo e acusaram a Rússia de “ruído de informação”.

FONTE: BBC

Subscribe
Notify of
guest

76 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Slowz
Slowz
18 dias atrás

Kkkkkkkkkkk 14 desses vai ajudar muito, agora a Ucrânia recupera Soledar e todo o território ocupado ..

Velho Alfredo
Velho Alfredo
Reply to  Slowz
18 dias atrás

14 Abrams mandaram 1 regimento inteiro de T-72 e BMP pro espaço na Tempestade do Deserto.

Será q o Challenger II consegue quantos?

Slowz
Slowz
Reply to  Velho Alfredo
18 dias atrás

Não adianta nada lançar pro espaço, os russos continuam lá e a Ucrânia ainda não expulsou eles .

Velho Alfredo
Velho Alfredo
Reply to  Slowz
18 dias atrás

Pois é… já vai fazer um ano esses 3 dias….

Palpiteiro
Palpiteiro
Reply to  Velho Alfredo
18 dias atrás

Com o passar do tempo, os ucranianos tem que treinar seu pessoal em equipamentos cada vez mais moderno, ao passo que a Rússia tem que treinar o pessoal nos equipamentos mais antigos. Isso de motivar mais os primeiros.

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
Reply to  Velho Alfredo
18 dias atrás

Sim, em combate no deserto e com apoio de apaches e do A-10.

Velho Alfredo
Velho Alfredo
Reply to  Cristiano de Aquino Campos
18 dias atrás

Não, nessa oportunidade não estavam apoiados.

Felipe
Felipe
Reply to  Velho Alfredo
17 dias atrás

Fonte?

Leo Machado
Leo Machado
Reply to  Velho Alfredo
18 dias atrás

Estamos em 2023 e a guerra agora é com os russos.

Wilson Look
Wilson Look
Reply to  Leo Machado
18 dias atrás

Com as táticas russas que estamos vendo na Ucrânia o resultado final continuaria sendo uma vitória do Ocidente(ou mesmo só dos EUA).

Leo Machado
Leo Machado
Reply to  Slowz
18 dias atrás

Atualizando.
Os russos tomaram a estação ferroviária de Silj em Soledar, atravessou a linha férrea e está avançando na direção de Kramatorsk e Slaviansk.
Ao sul, destruíram as trincheiras ucranianas em Kleshcheevka e cercaram a cidade .
O cerco total a Bakhmut está muito próximo.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Leo Machado
17 dias atrás

Com as enormes perdas de material bélico e de soldados em Soledar … onde ainda há ucranianos lutando ferozmente e tirando fotos, a Rússia não terá capacidade para avançar sobre Bakhmut … Soledar ainda não caiu, mas já dá sinais de ser uma batalha de Pirro.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Slowz
17 dias atrás

A ofensiva ucraniana está planejada para ser lenta e consiste. O inverno está menos frio do que o esperado e o solo não congelou, impedindo qualquer tipo de avanço de ambas as partes. Na primavera, vamos ver o que as forças russas serão capazes de fazer frente a um esquadrão de MBTs Challenger 2 protegidos por infantaria, cobertos por drones de vigilância e sob apoio de artilharia guiada.

Diego Tarses Cardoso
Diego Tarses Cardoso
18 dias atrás

14 Challengers 2, vejamos quantos T-72 e T-80 vão entrar em órbita nos próximos meses.

Joanderson
Joanderson
Reply to  Diego Tarses Cardoso
18 dias atrás

Ambos os taques russos estão no msm nivel do challengers.

Wilson Look
Wilson Look
Reply to  Joanderson
18 dias atrás

Somente as versões mais modernas, e olhe lá.

O T-90M sim podemos dizer que está no nível do Challenger 2 e não em todos os aspectos, por exemplo em blindagem o Challenger 2 é superior, mas o T-90M tem melhor mobilidade.

Tomcat4,4
Reply to  Wilson Look
18 dias atrás

O T-90M tem mais chances de detonar o Challenger II que o inverso devido a ser mais moderno e atual e a lançar ATGM pelo tubo. Ver meus dois MBT’s favoritos brigarem não deixa o papai feliz !!!rs

Wilson Look
Wilson Look
Reply to  Tomcat4,4
18 dias atrás

Acredito que um pega entre os dois será difícil de ocorrer pelos baixos números de ambos na guerra.

E uma observação sobre o ATGM, depende muito do ponto de impacto, um impacto frontal não é capaz de perfurar a blindagem de nenhum MBT atual.

Heinz
Heinz
Reply to  Tomcat4,4
18 dias atrás

Hoje os russos divulgaram um vídeo de seu blindado mais modernos em ação o T90MS “Breakthrough, de fato um blindado muito avançado, moderno e poderoso.

t90.png
Heinz
Heinz
Reply to  Heinz
18 dias atrás

Logo depois os ucranianos postaram um vídeo de um T90 da mesma classe bem avariado, provavelmente atingido por um AT-4, no vídeo o blindado está imóvel, constatando que a tripulação foi morta.

t90 destruido.png
Tomcat4,4
Reply to  Heinz
17 dias atrás

Fato é que nenhum MBT ,heli de ataque, blindado, navio ou o que for, é indestrutível e a maior sobrevivência de quaisquer que sejam depende da doutrina de emprego.

Tomcat4,4
Reply to  Heinz
17 dias atrás

Meu sonho de consumo pro EB mas………

Marcelo
Marcelo
Reply to  Wilson Look
17 dias atrás

Nenhum T-90 conseguirá chegar nem perto de um esquadrão de Challenger 2. Os drones de vigilância vão detectá-lo muito antes disso. Daí a artilharia guiada ucraniana destroi usando Excalibur ou a infantaria acaba com ele com Javelin, NLaw ou AT4. Igualzinho a esse T-90M Proryv 3, joia da corroa blindada russa, exterminado por um AT4 na Ucrânia. Tem até video no Twitter. Os russos podem tentar a sorte.

Screenshot_20230117-073921_Chrome.jpg
eliton
Reply to  Diego Tarses Cardoso
18 dias atrás

Vai ser tipo os Tiger na segunda guerra, 5 shermans pra 1 tiger.

Andrigo
Andrigo
18 dias atrás

A logística ucraniana já deve estar fazendo inveja à indiana.

RDX
RDX
Reply to  Andrigo
18 dias atrás

A logística (ressuprimento) é da OTAN.

Andrigo
Andrigo
Reply to  RDX
17 dias atrás

Mas a logistica da Otan está operando dentro da Ucrania?

Rafael Gustavo de Oliveira
Rafael Gustavo de Oliveira
Reply to  Andrigo
18 dias atrás

Caro Andrigo o problema do Challenger sempre foi a logística de munição, embora pouca gente saiba o canhão dele L30A1 estriado (embora seja 120mm) não usa munição padrão Otan, os próprios ingleses reconheceram o problema de fabricar essa munição e criaram programas para substitui-lo por um L/44 e L/55 alemão…embora seja uma maquina muito capaz é de longe o pior MBT para manter operacional…que passe bem longe das futuras propostas para equipar nossa cavalaria.

Last edited 18 dias atrás by Rafaelvbv
Andrigo
Andrigo
Reply to  Rafael Gustavo de Oliveira
17 dias atrás

Salvo engano ele é o unico MBT Otan de canhao estriado, não?

Rafael Gustavo de Oliveira
Rafael Gustavo de Oliveira
Reply to  Andrigo
17 dias atrás

Exatamente Andrigo…em um status atual digamos que o challenger 2 estão sendo o “patinho feio da Otan”, mas a Inglaterra adotará o canhao alemão em breve (vide o programa challenger 3)….sinseramente não sei que pé está o curso dessa modernização/conversão….o futuro da arma blindada está em uma fase de mudanças a nível mundial.

Victor Filipe
Victor Filipe
18 dias atrás

pelo que eu ando observando das discussões sobre MBTs ocidentais para a Ucrânia o envio de Challenger 2 é mais uma manobra politica

A Alemanha não estava disposta a ser o primeiro pais a enviar MBTs para a Ucrânia (sinceramente a politica alemã nesse conflito é uma clara amostra de total covardia) assim como eles não estavam dispostos a mandar IFV, mas depois que o Bradley foi anunciado eles rapidamente decidiram enviar Marder. Acredito que o anuncio do Challenger seja para o mesmo efeito, abrir os portões para o Leopard 2.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Victor Filipe
18 dias atrás

pra Alemanha nao é covardia, eles queriam que Ucrania se acabasse logo e eles poderiam continuar vendendo e comprando dos Russos, o que é melhor para eles

Talisson
Talisson
Reply to  Carlos Campos
17 dias atrás

Ao invéz de focar em atitudes pragmáticas os caras ficam de “covardia” ou “atos heróicos”. Na vida real o que vale é aquilo que poe mesa, e ninguém melhor do que alemães e israelenses nesses quesito. E a postura de ambos nessa guerra deixa isso evidente.

Antunes 1980
Antunes 1980
18 dias atrás

GAMECHANGER 2023 ®

Maurício.
Maurício.
Reply to  Antunes 1980
18 dias atrás

Já falaram isso de tanto equipamento que foi para essa guerra, tanto do lado ucrâniano como do lado russo que eu até já perdi as contas, e a guerra ainda continua.

Underground
Underground
18 dias atrás

Conta a lenda que durante a guerra do Iraque um Challenger levou 27 disparos de RPG. A tripulação saiu intacta. O veículo precisou de uma semana para manutenção e depois voltou para combate.

Joanderson
Joanderson
Reply to  Underground
18 dias atrás

Por mais resistente qui ele seja e por mais qui sua blindagem seja Boa não aguentaria mais de 3.

Maurício.
Maurício.
Reply to  Underground
18 dias atrás

Fui procurar isso para ver se era verdade ou se não passava de lenda mesmo, alguns dizem também que ele levou 70 disparos de RPG e aguentou firme e forte, mas não passa de uma lenda mesmo, o mais correto é que ele levou 70 disparos de armas leves e entre eles alguns RPG, mas não 27 ou 70. Duvido que um Challenger ou um Abrams aguentem 27 RPG, quanto mais 70!

eliton
Reply to  Underground
18 dias atrás

A única coisa que eu achei a respeito é que um Challenger foi atingido por um RPG-29, ele perfurou a blindagem mas não matou a tripulação, só o motorista teve que amputar o pé ou parte dele, não lembro agora. Tem no youtube um vídeo falando sore isso em espanhol, é só digitar Challenger RPG.

Romão
Romão
Reply to  Underground
18 dias atrás

Isso é mentira. Não porque o tanque não fosse resistente, mas porque ninguém seria besta de ficar parado, esperando ser alvo de 27 disparos de coisa alguma, e ninguém seria besta de gastar 27 disparos com um só alvo.
.
Pessoal acredita em cada coisa… Francamente!

Underground
Underground
Reply to  Romão
18 dias atrás

Pelo relato, primeiro foram impactados nos visores do motorista, seguidos de impactos nas esteiras deixando-os sem mobilidade.
Há diversos sites dito especializados citando esse evento, mas nada oficial, por isso coloquei como lenda.

IvanF
IvanF
Reply to  Underground
18 dias atrás

Tá com cara de lenda isso kkkkk
Mas quem sabe! O que achei é que apenas um Challenger 2 foi perdido em combate até hoje, e por fogo amigo e com o agravante que ele estaria com a escotilha aberta.

Pelo jeito, vamos ver em breve como esse bichão se comporta numa guerra moderna. Ele pode chegar a 75 toneladas com blindagem extra, acho que é o MBT mais pesado em operação, ou um dos mais.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Underground
18 dias atrás

eu acredito pq dependendo da distancia e se for o RPG7 que é mais comum, nao passa a blindagem do Cha2

Machado
Machado
Reply to  Underground
17 dias atrás

Cara tu tá vendo muito “Hoje no mundo da Lua”

737-800RJ
737-800RJ
18 dias atrás

[OFF] Atualizando:

Até o momento a Rússia já perdeu 1.614 MBTs e 1.912 IFV’s!
Será que até o meio do ano terão cavalaria pra continuar a “operação especial” de 7 dias?

Fonte: https://www.oryxspioenkop.com/2022/02/attack-on-europe-documenting-equipment.html?m=1

Joanderson
Joanderson
Reply to  737-800RJ
18 dias atrás

Ainda faltam 10.386 até acabar os tanques da Rússia ja qui antes da guerra eles tinha 12.000.

Wilson Look
Wilson Look
Reply to  Joanderson
18 dias atrás

Esses 12 mil inclui os tanques armazenados, que estão em diferentes níveis de preservação, incluindo unidades totalmente sucateadas, sem possibilidade de serem recuperadas.

O numero de tanques russos na ativa antes da guerra é bem menor não chegando a 4 mil dependendo da fonte, e com isso o número de tanques perdidos já seria correspondente a 1/3 da frota ativa antes da guerra, dependendo da fonte pode representar até mesmo metade.

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
Reply to  Wilson Look
18 dias atrás

Se forem só. esses. 4.000 já será um número imenso pois se não me engano, não tem mais de 2000 tanques pesados ocidentais na Europa.
Temos que lembrar que a Rússia tem vários tipos de mísseis anti-tanques, aos milhares e os RPG São arma básica, equivalentes a uma bazuca no Ocidente.

Wilson Look
Wilson Look
Reply to  Cristiano de Aquino Campos
18 dias atrás

O numero real de unidades em serviço ativo russo antes da guerra é desconhecido, por isso os numeros que se tem são estimativas, e o numero varia de uns 2.500 a 3.700 antes da guerra dependendo da fonte, sendo que apenas uma fração desses são unidades modernas, posteriores a 2016.

Digo
Reply to  737-800RJ
18 dias atrás

Pode ficar tranquilo que a guerra vai durar ainda, tem muito equipamento obsoleto da decade de 60,70 e 80, mas ainda fazem o serviço.

Paulo Montezuma
Paulo Montezuma
Reply to  Digo
18 dias atrás

Acredito que ainda veremos os especialistas russos colocando alguns KV1 e T34 nos campos de batalha ucranianos. E ainda vai ter gente dizendo que tudo corre exatamente conforme os planos previamente traçados pelo Kremlin

Mgtow
Mgtow
Reply to  737-800RJ
18 dias atrás

Se a Rússia perdeu isso, imagine o consórcio ucro-otaniano.
Naquelas planícies ucraniana o que tem de ferro retorcido ocidental não tá no gibi amigo.

Wilson Look
Wilson Look
Reply to  Mgtow
18 dias atrás

Com certeza menos, por terem numeros bem menores de veiculos blindados que os russos.

IvanF
IvanF
Reply to  737-800RJ
18 dias atrás

É bastante coisa heim!
Fazendo uma comparação, no Afeganistão, em 10 anos os soviéticos perderam 147 tanques! (fonte wikipedia, podem citar uma melhor).

Por ter 12000 no estoque (sabe-se lá em que condições), acho que alguns só vão achar que os russos perderam muitos MBTs quando passa, sei lá… dos 8000?

Velho Alfredo
Velho Alfredo
Reply to  IvanF
18 dias atrás

Esse tipo de bisonho só se importa se ele estiver dentro do MBT.
Não sendo ele, tão bem aí pro russo em órbita

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  737-800RJ
18 dias atrás

eu não acredito nesses dados de Jeito nenhum, se não a Rússia já tinha desistido, não haveria como recompor tanta perda.

Rodrigo Frizoni
Rodrigo Frizoni
18 dias atrás

14 challengers 2 devem valer por uns 50 t-80

Joanderson
Joanderson
Reply to  Rodrigo Frizoni
18 dias atrás

O T80 e 72 são antigos porém bastantes capazes ainda mais se tratando de ser russo e a Rússia é lider nesse tipo de equipamento.

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Joanderson
18 dias atrás

Os caras são lideres e perderam uns 4 Exércitos Brasileiros em MBT em 1 ano de conflito. imagina se não fossem.

Maurício.
Maurício.
Reply to  Victor Filipe
18 dias atrás

Mas comparar com o Brasil é covardia, o colega 737 disse que a Rússia já perdeu cerca de 1.614 MBTs, de acordo com o oryx.
Fazendo uns cálculos rápidos e sem precisão, a Rússia já perdeu praticamente o dobro de MBTs que Alemanha, Inglaterra, Itália e França possuem juntas! Desprezar nosso Brasil é fácil, quero ver desprezar Alemanha, Inglaterra, Itália e França…😂

Digo
18 dias atrás

os AS-90 são para suprir as perdas dos M777, visualmente confirmado ja são quase 1/4(156 peças), no total deve ser muito mais.

RDX
RDX
Reply to  Digo
18 dias atrás

Na verdade, o fornecimento do AS-90 vem para complementar as perdas do AHS Krab, uma variante polonesa do AS-90. Até o momento 9 foram perdidos em combate.

Rodrigo
Rodrigo
Reply to  RDX
18 dias atrás

Acredito que é mais para suprir as perdas dos M777, o AS30 tem um alcance menor do que os Krabs e os M109A6 paladins

Marcelo
Marcelo
Reply to  Digo
16 dias atrás

Fonte?

Mgtow
Mgtow
18 dias atrás

Sunak disse que os Challengers, o principal tanque de guerra do exército britânico, ajudariam as forças de Kyiv a “recuar as tropas russas”. 
Deixem suas risadas
Kkkkkkk

Neural
Neural
Reply to  Mgtow
18 dias atrás

Já deve ter chegado o novo lote de Kornets, vai ficar muito feio quando capturarem um Challenger.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Neural
16 dias atrás

Os russos terão a chance de tentar destruir os Challenger 2 … se vão conseguir … o tempo vai dizer.

Carlos E.
Carlos E.
Reply to  Mgtow
18 dias atrás

Deixemos risadas para vocês que apoiam esse ditator russo.

Mgtow
Mgtow
Reply to  Carlos E.
17 dias atrás

O “ditador” russo meteu o dedo na cara da mafia ocidental e os colocou de joelhos . Sò por essa altivez tem o meu apoio e admiração. Se vc é uma barata que defende o baygon, o problema é seu. Lide com isso.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Mgtow
16 dias atrás

Não é o que parece, não. Mas cada um entende como quiser …

Heinz
Heinz
18 dias atrás

Creio que os AS90 serão mais úteis do que os challengers, pelo menos num primeiro momento, já que a artilharia ucraniana é bem inferior a russa no campo de batalha.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Heinz
16 dias atrás

Esse seu comentário é parcialmente válido em termos quantitativos, porque a Rússia possui um maior número de peças de artilharia do que a Ucrânia. Ponto. Do ponto de vista qualitativo, a vantagem da artilharia ucraniana é nitida. Vou explicar. Em relação à consciência de campo de batalha, os meios de detecção e de comunicação disponíveis permitem à artilha ucraniana situar a posição dos alvos com enorme precisão e quase em tempo real. Já a consciência de campo de batalha russa é mínima. Em relação ao componente G (guiado), quando a artilharia ucraniana engaja o alvo, um projétil Excalibur ou Vulcan… Read more »

Rogerio
Rogerio
17 dias atrás

Inglaterra são pior espécies…. 🕷️🦂🐜🦂🦗🕸️🕷️🦂🦂🦎🐍

Last edited 17 dias atrás by Rogerio
Kristiano
Kristiano
17 dias atrás

Eu acho interessante é que todos os países podem ajudar a Ucrânia com seu presidente palhaço agora quem ajudar a Rússia sofrerá sanções essa guerra ainda não terminou graças ao velho gagá lunático do biden para a imprensa maldita do mundo Trump era louco mas não fez GUERRA o bonzinho o queridinho mal entrou já se meteu na vida dos outros assim como fizeram todos do mesmo partido que passaram pela presidência dos eua

Nilton L Junior
Nilton L Junior
17 dias atrás

Agora vai VI.

Marcelo
Marcelo
17 dias atrás

O VBCCC Challenger 2 é um tanque de batalha principal britânico (MBT) fabricado pela Vickers Defence Systems (BAE Systems), que afirma ser o MBT mais confiável do mundo. Fortemente blindado e altamente móvel, foi projetado para uso em zonas de fogo direto. O papel principal do Challenger 2 é destruir ou neutralizar blindagem, mas também pode operar em conflito de alta intensidade, em contra-insurgência e na manutenção da paz. O Challenger 2 possui 8,3 m de comprimento e com o tubo do canhão à frente chega a 11,50 m. A largura é de 3,5 m, chegando a 4,2 m com… Read more »