Os carros de combate apresentam uma nova torre, blindagem reativa de última geração, um novo canhão, comunicações avançadas e um motor mais potente

MOSCOU – O fabricante de defesa Uralvagonzavod entregou um novo lote de tanques de batalha T-90M Proryv atualizados para as tropas russas, anunciou a empresa no dia 12 de janeiro.

“A Uralvagonzavod (parte do Grupo UVZ dentro da corporação estatal Rostec) cumpriu com sucesso seu próximo contrato para a entrega de tanques T-90M Proryv. O lote de blindados já foi enviado ao Ministério da Defesa da Rússia”, diz o comunicado.

As linhas de montagem em Nizhny Tagil estão operando 24 horas por dia para entregar os tanques, enfatizou.

Os tanques apresentam uma nova torre, blindagem reativa de última geração, um novo canhão, comunicações avançadas e um motor mais potente, disse o vice-primeiro-ministro, ministro da Indústria e Comércio Denis Manturov, segundo a assessoria de imprensa da empresa.

“Eles são dotados com equipamentos avançados que ajudam a tripulação do tanque a atingir os alvos com eficácia. A UVZ cumpriu o plano de aquisição de defesa no prazo”, disse Manturov.

Tanque T-90M


O T-90M Proryv é o veículo blindado mais avançado da família dos tanques de batalha principais T-90 e, acima de tudo, adequado para a guerra moderna, graças à sua proteção de blindagem completa, controle de tiro altamente automatizado para qualquer clima e aprimorado capacidade de sobrevivência.

O tanque recebeu uma torre fundamentalmente nova, diferente do módulo de combate produzido em série e um motor mais potente de 1.130 cv. O Proryv é equipado com um canhão de tanque de 125 mm que pode disparar novas munições poderosas e também mísseis capazes de destruir tanques inimigos a uma distância de 5 km.

A nova mira multicanal permite que o tanque use seus armamentos a qualquer hora do dia ou da noite. Além disso, a possibilidade de trocar dados com outros veículos de combate em tempo real tem sido uma das grandes vantagens do tanque atualizado. A blindagem do T-90M tem revestimento antiderrapante semelhante ao instalado no inovador tanque principal de batalha T-14 Armata.

FONTE: TASS

Subscribe
Notify of
guest

99 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Underground
Underground
12 dias atrás

Vídeo recente mostra um T-90M sendo destruído na Ucrânia.
Parece que os tanques russos sofrem do mesmo problema dos caças, soltam fumacinha. Mas do mesmo modo que os assentos ejetores russos são considerados altamente eficientes, o sistema de ejeção das torres também é formidável. Diria que 100% dos tanques russos atingidos na Ucrânia conseguiram ejetar as torres, salvando todos os seus tripulantes.

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Underground
12 dias atrás

Se, para ejetar as torres, significa que toda as munições armazenadas no interior do tanque explodiram, como diabos a tripulação consegue sobreviver a isso?

Pragmatismo
Reply to  Willber Rodrigues
12 dias atrás

Ironia não detectada.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Willber Rodrigues
12 dias atrás

Ele usou de sarcasmo …

Tutor
Tutor
Reply to  Willber Rodrigues
12 dias atrás

hehehehehe alguém aqui faltou à aula de ironia.

Kommander
Kommander
Reply to  Underground
12 dias atrás

Show de bola, você é muito engraçado. Discípulo do Cazalbé.

Tutor
Tutor
Reply to  Kommander
12 dias atrás

Engraçado para uns, para outros nem tanto, mas, quanto a realidade, a afirmação irônica do colega é um fato, goste tu ou não.

Slowz
Slowz
Reply to  Underground
12 dias atrás

Parece que isso não impediu a queda de Soledar e todo território ocupado .

Mas agora com as meia dúzia de chalenger a Ucrânia vai recuperar tudo confia . 😂😂

Nei
Nei
Reply to  Slowz
12 dias atrás

DESCOBERTO O OBJETO OVNI QUE A RÚSSIA ATINGIU COM SUA DEFESA ANTIAÉREA:
“O Mod russo confirma que o objeto OVNI, foi identificado como sendo foi uma torre do T-90M abatida por sua defesa aérea, após uma super ejeção em campo de batalha”.
Dimitry Kings Slowz, afirma que as super ejeções estão salvando todos os soldados, menos quando a torre vai em direção ao S-300 e S-400.”

Chevalier
Chevalier
Reply to  Slowz
12 dias atrás

Uau a URSS jogou tudo que tinha para botar abaixo uma cidadezinha e o comuna tá comemorando achando que agora vai, depois das 2 lapadas que tomaram em Kharkiv e em Kherson.
KKKKKKKK

Jack
Jack
Reply to  Chevalier
12 dias atrás

Por favor não diga “cidadezinha” você envergonha a memória de todos os soldados ucranianos que tombaram em combate para defender essa “cidadezinha”

PAULO
PAULO
Reply to  Jack
12 dias atrás

Sim, cidadezinha. Antes da guerra, ops, operação especial, tinha uma população de 10 mil habitantes.
A estratégia Ucraniana sempre foi entregar a cidade, mas com alto custo para os Russos. Outras também podem cair, com isso a Ucrânia vai recebendo meios e os Russos vão perdendo.
Vai ganhar essa guerra quem acreditar mais!

Realista
Realista
Reply to  Chevalier
12 dias atrás

” jogou tudo que tinha ”

Parei aqui !

Marcelo
Marcelo
Reply to  Slowz
12 dias atrás

Soledar ainda não caiu … ainda há ucranianos em luta feroz … os russos só estão cantando vitória … de Pirro.

Realista
Realista
Reply to  Marcelo
12 dias atrás

Verdade não caiu assim como Mariupol, Azovstal,Zaphorizhia e outros territórios .

Marcelo
Marcelo
Reply to  Realista
12 dias atrás

As fotos estão no link acima e foram tiradas em 14 e 15 de janeiro. Os ucranianos são ferozes … os russos são mentirosos.

Felipe Morais
Felipe Morais
Reply to  Underground
12 dias atrás

Com todo respeito, acho uma grande besteira comentar algo dessa natureza. Você acaba se nivelando, por baixo, com essa turminha de quinta que infesta o site com um monte de bobagem. O fato de existir registro do T90 destruído na Ucrânia, não o diagnóstica como um péssimo CC. Até porque, há inúmeros registros de CCs de ponta, alemães, americanos ou israelenses destruídos em combates. Se você faz esse tipo de comentário, você acaba legitimando, daqui um tempo, a turminha vir apresentar seus diagnósticos em razão da destruição de Carros de Combate ocidentais no conflito. Pq uma coisa você pode ter… Read more »

Marcelo
Marcelo
Reply to  Underground
12 dias atrás

É? Não parece não. Depois das perdas em Soledar … onde os ucranianos ainda lutam ferozmente … a Rússia, por meses, não terá força para avançar sobre Bakhmut. Soledar seria uma vitória de Pirro para os russos …

Jack
Jack
Reply to  Underground
12 dias atrás

Quer dizer que já podem cancelar o envio dos novos tanques para a Ucrânia…a guerra já está ganha! É cada um que aparece por aqui…

Alan Santosputin
Alan Santosputin
Reply to  Underground
12 dias atrás

Segundo ? Kkkkk me passa o ranking fazendo favor …

MFB
MFB
Reply to  Underground
12 dias atrás

Os tanques russos são inspirados no grande Serguei Bubka.

Last edited 12 dias atrás by MFB
Cunha
Cunha
Reply to  Underground
11 dias atrás

Os equipamentos russos tinham que ser eficientes iguais aos do f35 americano, né?
Motor cheio de problemas, trem de pouco com problemas ejetores não funcionam direito e por aí vai. Rsrsrs

Teropode
Reply to  Underground
11 dias atrás

Pelo menos não viram churras dentro do chassi !

Jean
Jean
Reply to  Underground
8 dias atrás

Espera um Kornet atingir um Leo 2 (destes temos vídeos na Síria), um Challenger II ou um Bradley e vamos ver o que sobra.

Gerson Carvalho
Gerson Carvalho
Reply to  Underground
7 dias atrás

No final a Ucrânia vai ficar com a Rússia, esta guerra é muito interessante observar que se fosse apenas a Ucrânia, ela já teria sido tomada. Na verdade é uma guerra onde EUA e UE mantem um apoio de armas e munições diversas, além de treinamento dos soldados ucranianos, ou seja a Rússia luta contra uma espécie de combinado mundial.

PRAEFECTUS
PRAEFECTUS
12 dias atrás

Evidentemente tais veículos entregues por hora deverão fazer parte do inventário de pronta resposta do Exército russo. Provavelmente sendo posto em batalha apenas no caso de um conflito simétrico. Não sendo assim a princípio, deslocados para a frente de batalha ucraniana.

Os MBTs mais antigos por hora servem para fazer frente as ameaças naquele Teatro de Operações.

Last edited 12 dias atrás by PRAEFECTUS
Jagdv#44
Jagdv#44
Reply to  PRAEFECTUS
12 dias atrás

Você é militar russo?

PRAEFECTUS
PRAEFECTUS
Reply to  Jagdv#44
12 dias atrás

Não meu caro jagdv,

já respondi zilhões de vezes tal pergunta. Busco informar-me com diversas fontes. Digamos também que tenho certo “dom” para as informações chegarem até a mim!☆☆☆

Jagdv#44
Jagdv#44
Reply to  PRAEFECTUS
12 dias atrás

Pois é. Mas, se eu fosse responsável por mobilizar meios para a operação especial antinazificação da Ucrânia, eu mandaria certamente estes T90 modernizados. Deixando os T14 para a função que você dissertou antes.

Teropode
Reply to  Jagdv#44
11 dias atrás

Mas T14 é só para bailes de debutantes !

Leo Machado
Leo Machado
Reply to  Jagdv#44
12 dias atrás

Não precisa ser nenhum expert para saber que a força blindada ucraniana foi dizimada e que esses poucos exemplares ocidentais, mesmo que fossem equivalentes aos russos, não teriam efeito nenhum no campo de batalha.

Jagdv#44
Jagdv#44
Reply to  Leo Machado
12 dias atrás

Ok você está certo, mas isso é outro tópico.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Leo Machado
12 dias atrás

Os Russos são os maiores fornecedores de tanques que guerra, veículos blindados e peças de artilharia para os Ucranianos … e eles já vem com munição. Fizeram a gentileza de deixar até 2 T-90M Proryv intactos, mas um os ucranianos presentearam os militares dos EUA, que eticamente agradeceram o presente.

Oráculo
Oráculo
Reply to  PRAEFECTUS
12 dias atrás

Eles fazem uma troca. Os T90m novos chegam nas unidades que ainda estão na Russia, substituindo os modelos anteriores que estavam em serviço nelas. Posteriormente eles enviam os tanques substituídos para repor as perdas no front de batalha Ucraniano. O Tio Sam fazia isso com frequência no Afeganistão. As FFAA americanas adquiriam novos blindados – mais modernos e atualizados – numa quantidade absurda até mesmo para os padrões norte-americanos. Logo eles eram enviados para as bases americanas nos EUA e ao redor do mundo. Essas por sua vez despachavam os modelos anteriores para as tropas que ocupavam o país asiático.… Read more »

Joanderson
Joanderson
12 dias atrás

Realmente a Rússia não está no msm nivel dis eua,porém é um feito e tanto o pais msm sobre sanções e metido em uma guerra continua produzindo armas tanto para suas forças armadas quanto para exportação.
Esse feito é para poucos.

Leo Machado
Leo Machado
Reply to  Joanderson
12 dias atrás

Qual o critério para mensurar o ‘mesmo nível’ dos EUA?
A derrota americana no Afeganistão?
Pelo que estamos vendo, as armas americanas enviadas à Ucrânia não estão fazendo efeito em evitar a vitória russa.
E olha que já foram, oficialmente, uns 60 bilhões de dólares.
Nem se sabe o que foi por baixo dos panos.

Joanderson
Joanderson
Reply to  Leo Machado
12 dias atrás

Realmente a Rússia é uma potência em relação a tecnologia militar produzindo td qui precisa sem precisar importar nada de fora, e Até na produção militar também estão em outro nivel em um ano eles montam umas três forças armadas do Brasil.
Porem o nivel tecnologico e industrial dos EUA na área militar não tem para ninguém no mundo.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Joanderson
12 dias atrás

Não precisa de importar nada de fora?
Drones do Irão e chips dos EUA não contam?

Teropode
Reply to  Hcosta
11 dias atrás

Importam isto porque sofrem pressão destes países.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Joanderson
11 dias atrás

munição acbaa em março, colapso economico no verão e etc. kkk

Grifon Eagle
Grifon Eagle
12 dias atrás

Os MBTs Leopard 2 alemães e Challenger 2 britânicos não terão chances!!!

Last edited 12 dias atrás by Grifon Eagle
Tomcat4,4
Reply to  Grifon Eagle
12 dias atrás

Não sei se fostes sarcástico mas…….realmente o Challenger(do qual sou igualmente fã) não aguenta peitar o T-90M.

Grifon Eagle
Grifon Eagle
Reply to  Tomcat4,4
12 dias atrás

Não fui, mas fui realista sim, o T90M é um brutamonte, é claro que tudo isso depende do ambiente, pois vários fatores estão em jogo.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Tomcat4,4
12 dias atrás

Nenhum T90 consegue chegar nem perto de um esquadrão de tanques Challenger 2. Haverá infantaria para protegê-los, drones de reconhecimento para detectar ameaças e artilharia guiada munida para dar cobertura. Assim que os drones detectarem o T-90M, ou ele será pulverizado por um Excalibur disparado pela artilharia guiada ou sera neutalizado por um Javelin, um Nlaw, um AT4 ou um Stugna-P lançado por um soldado da infantaria.

Grifon Eagle
Grifon Eagle
Reply to  Marcelo
12 dias atrás

O mesmo ocorrerá pelo lado da Rússia.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Grifon Eagle
12 dias atrás

Sinto lhe dizer, mas a Rússia: 1) carece de percepção de campo de batalha adequada, ficando suas tropas praticamente cegas durante o combate; 2) a doutrina militar russa não costuma protege os MBTs com apoio de infantaria, haja visto os 3118 tanques russos destruídos até agora pelos ucranianos; e, 3) a artilharia russa não tem precisão, necessitando disparar dezenas de projéteis para acertar um alvo e rezar para não ser alvejada pelo fogo de contra bateria ucraniano, logo após os primeiros disparos..

Felipe
Felipe
Reply to  Marcelo
12 dias atrás

Fonte ou apenas torcida?

Marcelo
Marcelo
Reply to  Felipe
11 dias atrás

Inocente … logo posto as fontes que embasam tudo o que eu escrevo … cantinue lendo.

Felipe
Felipe
Reply to  Marcelo
12 dias atrás

Ué a comparação não era com o Challenger, ou com drones, helicópteros, satélites?

MFB
MFB
Reply to  Felipe
12 dias atrás

Ah sim, claro… Vão parar a batalha e vai 1 MBT contra o outro fazendo um mano a mano…

Marcelo
Marcelo
Reply to  Felipe
11 dias atrás

Guerra do Século XXI é o poder do conjunto de meios militares, mão de obra bem treinada e sinergia no uso dos sistemas de armas. Os ucranianos estão aprendendo com os militares da OTAN e dos EUA. Só os tolos russos enviam para o campo de batalha MBTs sozinhos e sem apoio. Resultado: destruição maciça.

Inimigo público
Inimigo público
Reply to  Marcelo
10 dias atrás

Com Ka-52 é sem apoio agora? 😂😂😂 Volta lá para teu canalzinho fuleiro vai.

Tomcat4,4
12 dias atrás

Tirando o Armata que ainda está em desenvolvimento, eis aí a ponta de lança dos tanques russos, como queria uns 200 no EB .

Marcelo
Marcelo
Reply to  Tomcat4,4
12 dias atrás

Os ucranianos acabaram de destruir um T-90 M Proryv 3 com um impacto de um suposto míssil AT4. Tem até video.

Screenshot_20230117-073921_Chrome.jpg
Felipe
Felipe
Reply to  Marcelo
12 dias atrás

Nossa, super confiável essa fonte do Twitter.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Felipe
11 dias atrás

Aim … fonte do Twitter não é confiável … confiável é a Rússia informar que eliminou 600 soldados ucranianos em um prédio, que nem foi atingido e ainda estava com as luzes acessas … fato esse confirmado por blogueiros pró Rússia … o T90M Proryv 3 foi detonado por um míssil anticarro AT4 e tem vários vídeos que comprovam … tem até detalhes da explosão filmada em HQ por vários drones ucranianos.

Tomcat4,4
Reply to  Marcelo
11 dias atrás

Então só equipamento russo que é destruído no seu mundo né meu camarada. Não existe nada indestrutível e não disse isso em momento algum, mencionei que o T-90M é superior e mais moderno que o Challenger II ou Leo 2A… que estão pra enviar, sobre o modo de combater já são outros 500.Já vi que os comentários de flavsflu por aqui continuam.

Wilson Look
Wilson Look
Reply to  Tomcat4,4
11 dias atrás

E concordo com o T-90M ser mais moderno, mas sobre ele ser superior, ai acho muito mais complicado de afirmar, pois estamos falando de muitas variáveis e pontos diferentes de análise, e nisso cada um dos três terá pontos em que será superior aos outros dois.

A diferença tecnológica entre eles, principalmente entre o T-90M e o Challenger 2, não é grande o suficiente para gerar uma vantagem decisiva no campo de batalha.

Jose
Jose
Reply to  Tomcat4,4
11 dias atrás

Caro Tomcat esquecendo um pouco as batalhas de narrativas em defesa de A ou B que é praticamente a única coisa que se debate por aqui infelizmente, deixando o principal que seria comentar sobre estratégias, equipamentos etc…relegados ao esquecimento, mas traçando um paralelo entre os CC modernos seria possível explicar o motivo de sua preferência pelo T-90M em detrimento dos outros deixando a questão do valor com o menor peso nessa analise, obrigado.

ORIVALDO
ORIVALDO
12 dias atrás

Agora vai, Lisboa nos aguarde !!

Diego Tarses Cardoso
Diego Tarses Cardoso
12 dias atrás

Ué, bateu o medo nos russos dos Challengers 2 e Leopards 2PL ?

100nick-Elã
100nick-Elã
12 dias atrás

Essa não é uma guerra Rússia X Ucrânia, mas uma guerra OTAN x Rússia. Se fosse contra a OTAN diretamente, seria muito mais moleza, pois os ucranianos são tão aguerridos quanto os russos, pois trata-se de povos similares. Mas mesmo assim a Ucrânia está apanhando feio.

Last edited 12 dias atrás by 100nick-Elã
bjj
bjj
Reply to  100nick-Elã
12 dias atrás

Se fosse a OTAN de fato, todos esses equipamentos que os ucranianos precisam aprender a operar em poucos dias seriam utilizados com uma eficiência muito maior. Fora que teria coisa muito melhor disponível, e em quantidades maiores. Imagine a diferença no TO só de trocar os velhos Mig-29 e SU-27 por Rafale e Typhoon (para citar só os europeus).

Leo Machado
Leo Machado
Reply to  bjj
12 dias atrás

Os exércitos europeus não têm experiência de batalha.
Por exemplo, a última experiência alemã foi a derrota em Berlim para os soviéticos.
A da França foi a queda de Paris para os alemães.
Sem contar que a intensidade das batalhas pegou a OTAN de surpresa.
A situação não está fácil para o Ocidente.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Leo Machado
12 dias atrás

Eu gostaria de saber qual é o país Europeu que não teve tropas em zonas de conflito nos últimos dez anos…

Mas não sei se sabe mas tinham tropas Francesas, Alemãs e de muitos outros países no Afeganistão, Bósnia, Kosovo, etc… Sem falar em Africa.

O que esta guerra demonstrou foi a falta de experiência do exército Russo.

Leo Machado
Leo Machado
Reply to  Hcosta
12 dias atrás

Estamos falando de guerra moderna de alta intensidade e não aventuras militares em países de Terceiro Mundo.
Já foi divulgado aqui que a Rússia dispara em um dia mais artilharia que os EUA em toda a guerra do Golfo.
Fica a dica.

Wellington jr
Wellington jr
Reply to  Leo Machado
12 dias atrás

Cara sem querer lhe ofender, mas sua comparação foi muito bizarra e sem nexo, coisa de argumento de criança. Primeiro que a doutrina dos EUA não se baseia em uso extensivo da artilharia para tudo igual a Rússia, segundo os EUA prezam pela artilharia de precisão ( bem como qualquer exercito moderno que sabe que não adianta ter 100000 mil tiros de artilharia se 90% errar o alvo). Só para titulo de comparação os EUA despejaram mais bombas e misseis em 1 dia no Iraque que a Russia em 3 meses de guerra na Ucrânia. Sabe porque disso? Depois do… Read more »

Leo Machado
Leo Machado
Reply to  Wellington jr
12 dias atrás

Pois então, que troque de doutrina, pois ela não foi bem sucedida mais de uma vez.

Wilson Look
Wilson Look
Reply to  Leo Machado
11 dias atrás

Para uma guerra convencional entre países, a estratégia e táticas americanas se mostraram superiores as russas que estão sendo usadas na Ucrânia.

Em conflitos assimétricos que os EUA ainda sofrem bastante.

Alois
Alois
Reply to  Leo Machado
12 dias atrás

Guerra de alta intensidade, nem a Rússia participou nos últimos 70 anos, então seu comentário não faz sentido. Outra coisa, se a Rússia precisa disparar em um dia, mais que os EUA na guerra do Golfo (que venceu) então tem algo de muito errado na artilharia russa, que precisa ainda hoje usar fogo de saturação concentrada para neutralizar a frente inimiga, ao invés do fogo de precisão. Se alguém apenas me fizesse um relato ” usando concentração de fogo de artilharia, usando prisioneiros como soldados, fazendo ataques em massa” qualquer um em se tratando de exército russo iria se remeter… Read more »

Hcosta
Hcosta
Reply to  Leo Machado
12 dias atrás

https://www.youtube.com/watch?v=0-G56-tNMus
Um exemplo do que fazem os Europeus…

Leo Machado
Leo Machado
Reply to  Hcosta
12 dias atrás

Esqueci a derrota francesa na Indochina.
A retirada do ano passado dos países da África Ocidental nem conta, pois é de guerra de baixa intensidade.

MFB
MFB
Reply to  Leo Machado
12 dias atrás

Lunático.

Hcosta
Hcosta
Reply to  bjj
12 dias atrás

O ADN é um fator “essencial” para avaliar as capacidades de um exército. Experiência, equipamento, treinamento, etc… são irrelevantes.
Como se percebe pelo que está a acontecer na Ucrânia…

Marcelo
Marcelo
Reply to  100nick-Elã
12 dias atrás

Guerra da Rússia contra a OTAN seria moleza! É a piada do dia. A Rússia está tomando um couro da Ucrânia, perdeu um colosso de material militar e soldados sem conseguir tomar Soledar por completo, está ficando sem rodadas de artilharia, está ficando sem mísseis modernos (disparou 5 matadores de porta aviões KH-22 da era soviética contra edifícios de apartamento). É o fim de carreira da Rússia.

Antunes 1980
Antunes 1980
12 dias atrás

Torre do T-90 voando a mais de 25 metros em 1….2….3

Last edited 12 dias atrás by Antunes 1980
Matheus
Matheus
12 dias atrás

Mesmo com as sanções ainda fabricam, isso é louvável.
Mas tem muita eletronica nos tanques modernos Russos que viam da Franca, principalmente a mira térmica, que era da Thales.

Os Russos conseguiram achar um fornecedor interno ou está vindo de algum terceiro? Por exemplo, China.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Matheus
12 dias atrás

Louvável? O que estão a fazer de diferente?
Sempre deram prioridade à produção militar. E cada vez cavam mais o seu buraco.
Mais recursos que poderiam ser usados em outras áreas. É a repetição do que aconteceu durante a guerra fria… O regime cada vez mais forte e os Russos cada vez mais enfraquecidos.

O que a Rússia está a fazer, também faz a Coreia do Norte, o Irão, etc…
Louvável é ter uma economia equilibrada que permita o crescimento e o desenvolvimento e, mesmo assim, ter indústria de defesa.

Z Renato Vilhena Z
Z Renato Vilhena Z
Reply to  Hcosta
12 dias atrás

Pois é, basta dar uma caminhada pelas ruas de São Francisco, de Detroit, de Los Angeles, Seatle, etc, etc; pelo meio das tendas, para perceber o quanto você está certo.

PS. Não se vê nada disto na Russia. Não neste volume.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Z Renato Vilhena Z
11 dias atrás

Foi o senhor que fez o comentário da guerra da “raça branca” ?

Se for, só demonstra como a democracia é frágil e como temos de estar sempre atentos aos movimentos racistas e ditatoriais. Há sempre os lunáticos que acreditam na propaganda Russa…

Maurício.
Maurício.
Reply to  Hcosta
11 dias atrás

“Há sempre os lunáticos que acreditam na propaganda Russa…”

Não só na propaganda russa mas também na americana…

Jose
Jose
Reply to  Hcosta
11 dias atrás

Caro patrício parece quem nem vocês e nem nós temos muito o que falar da Rússia, vocês foram grandes colonizadores, conquistaram muitas terras e enormes riquezas, contudo hoje qual a situação de Portugal? não fosse a posição geográfica do país obrigando sempre os países ricos a socorrerem para não ter uma nação que é tão bem localizada no bloco em situações deploráveis, quanto ao Brasil infelizmente somos o que somos um espelho das colonizações portuguesas assim como as espanholas, muito diferente das colonizações inglesas que gostemos ou não tem hoje em suas ex colônias resultados muito melhores.

Wilson Look
Wilson Look
Reply to  Jose
11 dias atrás

Tem certeza?

O Império Inglês ocupou 1/4 de todo o planeta, e quantos países nasceram deles e quantos estão realmente bem?

O Brasil é o que é hoje por vários fatores, mas a colonização portuguesa não é uma delas.

Jose
Jose
Reply to  Wilson Look
11 dias atrás

Caro Wilson não me refiro a questões exploratórias não, me refiro a qualidade do “sangue” do colonizador que corre em nossas veias pois parece ser algo genético, basta olhar o que acontece em Portugal e no Brasil e verá que são os mesmos problemas, é claro amigo que não são todas ex colônias britânicas bem sucedidas mas de uma forma geral se comparadas as colonizações portuguesas e espanholas e até covardia, até na África qual o melhor país do continente, a própria Austrália não sei se você sabia que foi colonizada para ser exclusivamente uma colônia penal e ainda assim… Read more »

Wilson Look
Wilson Look
Reply to  Jose
11 dias atrás

Então temos um problema, já que o brasileiro, tem em seu sangue, uma mistura de quase todos os povos do mundo, com isso podemos dizer que o brasileiro tem as qualidades e os defeitos de praticamente todos os povos.

Com isso não podemos dizer que os problemas de hoje são de alguma forma ligados aos portugueses.

Jose
Jose
Reply to  Wilson Look
10 dias atrás

Amigo não sei se não entendeu ou não quis entender, mas HOJE temos o sangue de todos os povos HOJE, mas na raiz da formação da nossa nação quando moldamos a nossa sociedade, nossos hábitos, nossos costumes a nossa cultura tínhamos o que?

Wilson Look
Wilson Look
Reply to  Jose
10 dias atrás

Na raiz mesmo, tem 3 bases, os indígenas das tribos Tupi e Guarani, Africanos de Angola e Congo e os Europeus Portugueses(em maior parte, tem também os franceses e holandeses).

Hcosta
Hcosta
Reply to  Jose
11 dias atrás

Muito melhor do que a Rússia. Número ou extensão de terras conquistadas é uma métrica do século passada. Quem me dera que Portugal tivesse a mesma riqueza equivalente que um Luxemburgo.

Deixe essa treta da colonização de lado. Já se passaram 200 anos. O Brasil é o que é mas parece que tenho uma melhor imagem do país do que muitos Brasileiros. Mas compare com a Rússia, mesmo sem as maiores reservas de gás do mundo, conseguem ter um PIB semelhante.

Jose
Jose
Reply to  Hcosta
11 dias atrás

Caro Costa talvez não tenha deixado claro mas meu comentário não tem nada a ver com questões colonizadoras, somente analisei os fatos e fiz essa leitura, não quer dizer que estou certo é só minha opinião, mas amigo se analisar friamente a questão dificilmente não chegará a mesma conclusão a de que há um “sério problema genético” nessas povos que interferem diretamente no que diz respeito a falta de prosperidade dessas nações e de suas ex colônias, é só analisar o Brasil com toda a riqueza que ainda possui e mesmo assim não saímos do lugar unicamente por fatores “humanos… Read more »

Hcosta
Hcosta
Reply to  Jose
11 dias atrás

Não acredito nisso. O Brasil não tem carvão e petróleo, pelo menos, ao nível de outros países. Canadá e a Austrália tinham e têm… E isso já faz uma grande diferença.

Também não ajudou a construção dos canais do Suez e Panamá que desviou muito do comércio internacional das costas do Brasil.
As riquezas do Brasil são outras mas infelizmente não são tão valorizadas como o carvão e o petróleo.

Mas passar de um país, com uma população semelhante a Portugal na sua independência, para o país continental que é hoje, não é um feito de desprezar…

Jose
Jose
Reply to  Hcosta
10 dias atrás

Pelo visto você não é bem informado amigo, nossas reservas de petróleo são maiores do que você imagina, muito mais do que você conhece (pela mídia), da uma aprofundada no tema e veja o que temos, se tiver a oportunidade conversa com quem é da área e vai entender, mas isso nem é o ponto, me explica então porque Portugal e Espanha sempre foram um fracasso apesar de terem sido nações bem sucedidas nas colonizações (inúmeros colônias) e hoje só não se encontram em situação piores do que estão por terem recebido ajuda em diversas ocasiões das nações ricas da… Read more »

Celmo Vieira
Celmo Vieira
Reply to  Jose
11 dias atrás

Colônia inglesas da América Latina, África e Ásia?

Por favor…

Escreveu tudo isso só para no fim deixar claro o mais puro vira latismo aos anglo-americanos…

Jose
Jose
Reply to  Celmo Vieira
10 dias atrás

Primeiro leia e releia, depois talvez eu gaste algum tempo em responder, mas primeira LEIA, RELEIA.

Marcelo
Marcelo
12 dias atrás

OFF TOPIC – 16 de janeiro de 2023 15:44 GMT – Uma foto fala mais do que mil palavras … várias fotos desmontam mais uma mentira russa. Resistências ucranianas em Soledar e Bakhmut estão sangrando as tropas de Moscou em combates ferozes enquanto a Rússia reivindica a vitória. O fotojornalista da RFE/RL Serhiy Nuzhnenko e o fotojornalista da Reuters Oleksandr Ratushniak capturaram imagens da guerra de 14 a 15 de janeiro.
https://www.rferl.org/a/ukraine-soledar-bakhmut-fighting/32225374.html

Leo Machado
Leo Machado
Reply to  Marcelo
12 dias atrás

Esqueça Soledar.
Os russos já passaram por ela e estão tomando Blahodatne, Krasna Hora, Paraskoviivka e estão entrando em Rozdolivka, a 10 km de Servesk.
Soledar é coisa do passado para a Ucrânia.
Já tem até medalha comemorativa dia russos.

IMG-20230116-WA0010.jpg
Plinio Jr
Plinio Jr
12 dias atrás

Os céus ucranianos vão continuar movimentados com mais torres voando…

Bosdesniavranka
Bosdesniavranka
11 dias atrás

“revestimento antiderrapante”. Ou o Google tradutor não traduziu corretamente ou a superfície é mais eficiente em não deixar os projéteis ricochetearem permitindo assim uma explosão de paiol de munição do tanque de forma mais efetiva. Resumo da notícia: “colocamos mais alvos a disposição e os mesmos queimam bem”

Teropode
11 dias atrás

De nada adianta eletrônica nova se os caras continuarão chocando granadas .

m4l4v1t4
m4l4v1t4
11 dias atrás

Pra ter um uma tripulação de 3 no casco do T-72 a munição tem que ficar na torre mesmo, não tem jeito. Ejetando ou não a torre, um impacto de Javelin é mortal até para o Challanger 2 e o M1A2v3. A diferença é apenas pirotécnica, o resultado é o mesmo e todos morrem. Existe material na internet sobre sobreviventes, inclusive desse conflito na Ucrânia. Mas é coisa de muita sorte. Um impacto não direto ou de raspão já é o suficiente para fritar todos lá dentro, a temperatura sob muito e, nos casos onde se vê algum membro da… Read more »

Last edited 11 dias atrás by m4l4v1t4