A conta do Twitter @War_Mapper regulamente publica ganhos e perdas de território na guerra na Ucrânia. A mais recente avaliação do grupo mostra que a Rússia atualmente ocupa pouco mais do que 17% do território ucraniano.

Cabe destacar que até o início da invasão de grande escala, ocorrida em 22 de fevereiro de 2022, os russos e seus parceiros da República Popular de Donetsk (DPR) e da República Popular de Lugansk (RPL) (atualmente ambas foram anexadas pela Rússia) já ocupavam mais de 7% do território ucraniano. Portanto, a invasão em grande escala acrescentou apenas outros 10% em mais de 500 dias de guerra. Quase a totalidade deste ganho foi feita nos dois primeiros meses logo após a invasão (ver gráfico abaixo). Logo em seguida, no mês de abril, a Rússia se retirou de cerca de 5,5% do território e entre setembro e outubro do ano passado os ucranianos recuperaram cerca de 3%.

Desde então o ganho de terreno, tanto de um lado como de outro, tem sido marginal, mas praticamente todo o território conquistado pela Rússia desde o começo deste ano (incluindo a cidade de Bakhmut) foi proporcionalmente perdido entre maio e junho.

Para mais detalhes sobre o estudo, acesse a conta do War mapper (abaixo)

 

Subscribe
Notify of
guest

69 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Mengao
Mengao
11 meses atrás

EDITADO

Last edited 11 meses atrás by Guilherme Poggio
Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
11 meses atrás

Os caras não chegaram nem perto da capital ucraniana….
Tem alguma cidade ou algo realmente importante nesses 17% que os russos ocuparam, que eles podem dizer que afetou a capacidade ucraniana de combate?

Miguel
Miguel
Reply to  Willber Rodrigues
11 meses atrás

Fique calmo!

Magaren
Magaren
Reply to  Willber Rodrigues
11 meses atrás

deserto, buraco de artilharia e terra.

Lucas
Lucas
Reply to  Willber Rodrigues
11 meses atrás

O leste da Ucrânia é uma região com muita indústria e tem cidades com a infraestrutura bem desenvolvida (com linhas de trem, etc).
Sem contar os portos no Mar de Azov que também são importantes.
E por último, a Criméia que tem importância estratégica no Mar Negro.
Enfim, sim, tem lugares importantes nesses 17%.

Mcruel
Mcruel
Reply to  Lucas
11 meses atrás

Pelos vídeos de combates, percebe-se que se trata preponderantemente de planícies férteis, propícias para a agricultura. Isso tem muito valor (se você acha que não, peça aos japoneses o valor de terras assim !!)

No one
No one
Reply to  Lucas
11 meses atrás

Sim, mas boa parte disso já era praticamente sob influência russa antes mesmo da invasão. Desde 2014, através de milícias, mercenários e russofilos, Moscou financiava o separatismo e ocupava esses territórios. A Criméia, o mesmo. Quais foram os grandes ganhos territoriais e benefícios para a federação russa com a invasão de fevereiro?

Lucas
Lucas
Reply to  No one
11 meses atrás

Sim, esse foi um argumento interessante.
Concordo, se comparármos com antes da guerra os ganhos da Rússia são muito pequenos.

Henrique
Henrique
Reply to  Lucas
11 meses atrás

ERA com muita indústria e tem cidades com a infraestrutura
TINHA os portos no Mar de Azov que também eram importantes.
TINHA a Criméia importância estratégica no Mar Negro.

conjuga tudo no passado ai… essas regiões vivem na sombra do que eram com a Rússia ocupando elas e nunca mais terão o que tinha enquanto a Rússia estiver lá

Sergio
Reply to  Willber Rodrigues
11 meses atrás

Eu não devia, mas o professor pede; Russia domina apenas a principal região industrial ucraniana q é o Donbass e também a base de Sebastopol onde está a frota do.mar negro… Além do mar de Azor e também bloqueou todo sul da Ucrânia desde o porto de Maripuol ate o de Odessa além de todo espaço aéreo…
Só isso …

UDSON CORSSEL DE SANTANA ARGUELO
UDSON CORSSEL DE SANTANA ARGUELO
Reply to  Willber Rodrigues
11 meses atrás

A Rússia já tem o que interessa, total controle do mar negro, agora é só segurar,estuda um pouco e verá o poder dos Russos,a Ucrânia some num piscar de olhos.

Henrique
Henrique
Reply to  UDSON CORSSEL DE SANTANA ARGUELO
11 meses atrás

“a Ucrânia some num piscar de olhos.”

KKK tipo Rússia domina a Ucrânia em 3 dias né kkkkk

“total controle do mar negro, agora é só segurar”

força russa lá é inferior a da Turquia, fora que qualquer bateira de míssil ja faz a frota dos caras ficar no porto, sonha ai que é de graça

Soares
Soares
Reply to  Henrique
11 meses atrás

Por acaso a Ucrânia é a OTAN? Não fossem todo os centenas de bilhões de dólares em armamentos e financiamentos da OTAN, a guerra não teria durado 1 mísero mês!

Henrique
Henrique
Reply to  Soares
11 meses atrás

“Por acaso a Ucrânia é a OTAN?”

é praticamente otan… só não oficiaram… é tipo união estável que todo mundo sabe que tão casados, menos o registo civil

“a guerra não teria durado 1 mísero mês!”

a Ucrânia segurou a Rússia sozinha 3 meses seguidos desde o inicio…

e o grosso do equipamento ainda é (depois de 500 dias) soviético/russo

Jaime
Jaime
11 meses atrás

Então os russos estão pra Ucrânia como os índios estão para o Brasil

MFB
MFB
Reply to  Jaime
11 meses atrás

*Indígenas

Disponha…

Last edited 11 meses atrás by MFB
Vitor
Vitor
Reply to  Jaime
11 meses atrás

Fazer conexão com o Brasil…falta neurônios.

Nativo
Nativo
Reply to  Jaime
11 meses atrás

Explique a analogia por favor.

C G
C G
Reply to  Nativo
11 meses atrás

Não cara, pelo amor de deus, tem coisa que é melhor não saber, deixa!

Jefferson Ferreira
Jefferson Ferreira
Reply to  Nativo
11 meses atrás

Acredito que ele esta fazendo uma analogia das terra ocupadas por russo e das demarcações de terra indígenas no brasil…

Nei
Nei
11 meses atrás

E depois de tantas mortes de ambos os lados, a “Operação Especial” demonstra a total lambança Russa.

Pedro
Pedro
Reply to  Nei
11 meses atrás

Não entendi. 17% do território nas mãos dos russos.

Houve lambanças e várias, mas longe de ser a TOTAL como vc disse.

A contraofensiva ucraniana não recuperou nada, com perca de material da ordem de 30% do que a Ucrânia ainda tinha. Isto não foi lambança russa, foi uma estratégia de defesa muito bem elaborada e executada.

Henrique
Henrique
Reply to  Pedro
11 meses atrás

fonte: inventei

Underground
Underground
11 meses atrás

Os russos estão mandando tudo que tem na segunda e terceira linha de defesa para a primeira linha, tudo para tentar a todo custo deter a ofensiva ucraniana. O problema é que rompida essa primeira linha, há pouco ou nada nas linhas a seguir. Ou seja, a freada na cueca é grande.

Miguel
Miguel
Reply to  Underground
11 meses atrás

As lutas ainda estão na zona cinzenta.

Mirão
Reply to  Underground
11 meses atrás

EDITADO

Allan
Allan
Reply to  Underground
11 meses atrás

Seguindo a sua analogia, em mais de 40 dias de ofensiva a Ucrania não rompeu em nenhum lugar se quer a primeira linha defensiva, então se tem uma segunda ou terceira linha não faz a menor diferença, afinal eles não tão passando nem da primeira e se passar vamos ver se sua teoria esta certa.

Claudio Moreno
Claudio Moreno
11 meses atrás

Irã X Iraque, a continuação.

Guerra de desgaste e certeza de que a Ucrânia não entrará na NATO..não neste atual sistema de coisas.

Se o objetivo principal de Moscou era que Kiev não fassa parte da NATO, pelo menos por enquanto, ao meu ver e na visão dos membros da organização do Atlântico Norte (especialmente EUA) a Rússia alcançou seu objetivo.

Se valeu a pena…

Sgt Moreno
(CM)

Mafix
Mafix
Reply to  Claudio Moreno
11 meses atrás

Creio que o pós guerra sera pior para Russia , imagine um pais vizinho ao seu que grande parte da população odeia o pais vizinho(Russia no caso) fora os contratos militares da compra/fabricar armas que os ucranianos vão assinar .

Maurício.
Maurício.
Reply to  Mafix
11 meses atrás

“que grande parte da população odeia o pais vizinho.”

Eu vi um vídeo de um soldado russo dizendo que não se importava com o “ódio do resto do mundo” contra a Rússia , afinal, eles sempre foram odiados… Isso não legitima uma invasão, mas ele não está de todo errado quando diz isso, muitos odeiam a Rússia, e não é de agora.

Allan
Allan
Reply to  Mafix
11 meses atrás

Foi basicamente oq aconteceu depois da queda da URSS, não sei se vc notou mais o unico membro da antiga URSS que virou praticamente um paria Ocidental foi a Russia, então nada de novo a ser visto.

Jagder#44
Jagder#44
Reply to  Claudio Moreno
11 meses atrás

“faça”

Claudio Moreno
Claudio Moreno
Reply to  Jagder#44
11 meses atrás

Salve Jagder!

Mate o inimigo mas não assassine nosso amado bom português. Obrigado pela correção!

Sgtº Moreno
(CM)

Mafix
Mafix
11 meses atrás

Tratado de paz é facil quando os russos sairem do territorio ocupado o tratado é assinado em alguns dias .

Sergio
Reply to  Mafix
11 meses atrás

Espere sentado

Magaren
Magaren
11 meses atrás

De 100% do território tentado tiveram sucesso em 10%, possuem um saldo negativo na conta salário de 90%.

Podemos chamar esse conflito para a Russia como: vitória ao contrario, retirada estratégica, insucesso, fail, falha generalizada, derrota, qualquer nome poderá ser colocado.

O que fica claro é a maquina de guerra russa não passou de uma carrocinha de cachorro quente turbinada com equipamento soviético.

Inimigo público
Inimigo público
Reply to  Magaren
11 meses atrás

É mesmo, o que restará para a Ucrânia após essa guerra? Nem a estrutura governamental eles conseguem mais manter sem apoio financeiro da OTAN, uma parcela extremamente alta de sua população não vive mais em seu território, vão ficar uns 30 anos no mínimo tentando se reconstruir.

Se a intenção dos russos era manterem uma Ucrânia fraca e inviável eles conseguiram.

Last edited 11 meses atrás by Inimigo público
Magaren
Magaren
Reply to  Inimigo público
11 meses atrás

Intenção alegada sempre foi de afastar Ucrania da Otan, o que vemos hoje claramente falharam miseravelmente.

Ainda que a tentativa de invasão foi para tomar o país para si e colocar um governo pró russia, outro projeto que falhou.

Inimigo público
Inimigo público
Reply to  Magaren
11 meses atrás

A Ucrânia já virou membro da OTAN?

Jefferson Ferreira
Jefferson Ferreira
Reply to  Inimigo público
11 meses atrás

Só não é membro oficial de fato… porque otan ela é, é armada pela otan, usa a estrutura da otan para treina, receber informativos de inteligência da otan, participa das reunião da otan… Só não oficializaram devido ao art 5

Rodrigo
Rodrigo
11 meses atrás

Berlim cada vez mais distante…

Francisco Vieira
Francisco Vieira
11 meses atrás

O objetivo da Rússia agora é manter o acesso por terra à crimeia e bloquear o Mar de Azov para si. Acredito que essa via será separada da Ucrânia por milhões de minas, por isso duvido muito que eles tenham a intenção de remover as minas colocadas.
Att.

George
George
11 meses atrás

Novo nick quinguis?

PACRF
PACRF
11 meses atrás

Quase um ano e meio depois da invasão, o que a Rússia conseguiu foi ocupar 17% do território ucraniano. A invasão era para ser uma blitzkrieg, que terminaria em quinze dias com a tomada de Kiev e a queda do Zelensky. Conclusão: a invasão se transformou num grande fiasco.

Senhor Mascarado
Senhor Mascarado
Reply to  PACRF
11 meses atrás

O mesmo seria para a turminha da OTAN no Afeganistão gastando mais de 1 trilhão de dólares com 20 anos de conflitos que no final levaram a uma vitória do talibã , infelizmente colocam questões pessoais no meio ao conflito em andamento para fazer um fervor que não existe na realidade dura.

Antunes 1980
Antunes 1980
11 meses atrás

E no final do conflito, a Rússia ficará com no máximo 20%.

Ao custo de bilhões em prejuízos, gerados pelas sanções, equipamentos destruídos, dinheiro pago ao Wagner Group e as indenizações às famílias do soldados das forças regulares.

Fora as vidas destruídas e a péssima imagem a nível mundial.

Foi um Xadrez 5D!

Last edited 11 meses atrás by Antunes 1980
paulof
paulof
Reply to  Antunes 1980
11 meses atrás

a coisa mais incrível com todos os percalços é o ressurgimento da OTAN e da UE que pareciam moribundos, desde a saída da Reino Unido e as tensões Europa x USA.

Carlos I
Carlos I
Reply to  Antunes 1980
11 meses atrás

Fuga em massa de trabalhadores quando foram convocados, muitos nunca vão voltar, a indústria bélica teve praticamente todos contratos com o exterior cancelados , uma população do ladinho que por décadas não vão aceitar a invasão e pode atacar com terrorismo…

Senhor Mascarado
Senhor Mascarado
Reply to  Antunes 1980
11 meses atrás

Líbia e Iraque e Afeganistão mandam lembranças, se geopolítica fosse tão simples como um xadrez da vida haveriam muitas nações ocupando outros territórios e países que em tese já estariam falidos a realidade não e tão simples como um mover de peças e um fervor pessoal.

Hcosta
Hcosta
11 meses atrás

Agora o objetivo é segurar as linhas?

E a “desnazificação”, desmilitarização, enfraquecimento da OTAN, UE, etc…?

Já estava mais do que evidente de que a “vitória” Russa será sempre alcançada. Nem que seja uma retirada total da Ucrânia.
Para alguns será sempre uma “vitória” e o início de uma nova era de desenvolvimento para a Rússia…

Pedro
Pedro
Reply to  Hcosta
11 meses atrás

Cara, a Ucrania perdeu até agora 17% do território, fez uma contraofensiva que não deu em nada.

Lógico que isto não é a vitória plena, desejada pela Russia, mas é sem dúvidas uma vitória significativa.

Senhor Mascarado
Senhor Mascarado
Reply to  Hcosta
11 meses atrás

A OTAN disse que a Rússia iria colapsar a mídia Mainstream também disse que os russos estavam lutando com pás e comendo comida vencida e que putin havia fugido que a Rússia iria sofrer um golpe que as sanções iriam demolir Moscou advinha ? Nada disso aconteceu…. A vida real não e tão simples ambos lados erraram em estatísticas e subestimaram a capacidade de ambos lados .

WSilva
WSilva
11 meses atrás

Se antes da guerra alguém falasse que a Russia teria 17% de território conquistados após mais de 1 ano e meio de guerra na Ucrania muitos iriam achar um absurdo de pouco, porém eu concordo que 17% é uma porcentagem que não pode ser negligenciada pois não se trata apenas de territórios inuteis. É a mesma coisa que um vizinho ocupar o quintal da sua casa, você pode pensar ”bem é apenas um quintal sem muito valor”, mas pode crer que esse vizinho pode te dar muita dor de cabeça e isso vai afetar diretamente você e a sua casa… Read more »

Felipe
Felipe
11 meses atrás
José
José
Reply to  Felipe
11 meses atrás

Vai. Aumento de ré…rs

KKce
KKce
Reply to  Felipe
11 meses atrás

Verdade. Estão esperando chegar os pedreiros que foram coagidos a ir pro front kk

Allan
Allan
Reply to  Felipe
11 meses atrás

É pelo jeito a contra-ofensiva Ucraniana fracassou quem diria.

Pedro
Pedro
Reply to  Felipe
11 meses atrás

Notícia excelente!!! Bora empurrar estes ucranianos terroristas e libertar mais territórios!

Maurício.
Maurício.
11 meses atrás

Considerando que a Rússia já tinha a Criméia e partes do Donbas, acho esses 17% bem pouco, mesmo a Ucrânia recebendo ajuda/armas da OTAN, afinal, a Rússia está sendo incompetente em não destruir essas armas já quando entram em solo ucrâniano.

Orivaldo
Orivaldo
11 meses atrás

Aguarde mais 72 hrs

Filipe Prestes
Filipe Prestes
11 meses atrás

Ainda acredito na prognóstico do prof. Laterza publicado aqui mesmo no Forte há alguns meses, que pressupõe que essa guerra terminará num armistício – dado aos dois lados exauridos e com imenso número de baixas – e sem qualquer acordo de paz, assim como no caso das Coréias. Acredito que a Rússia forçosamente deixará as áreas conquistas no leste e na bacia do Don mas a Ucrânia jamais iria reaver a Criméia, essa já tendo sido absorvida como mais uma república russa e que completará uma década já no ano que vem. Resta saber o que será da população de… Read more »

Allan
Allan
Reply to  Filipe Prestes
11 meses atrás

Terminar num armestício creio que vai ser o caso, mas a Russia não vai abrir mão das areas ocupadas principalmente das areas de população russa, e tbm acho dificil a Ucrania se juntar a OTAN, acho mais plausivel uma garantia estilo taiwan, creio que o apoio ocidental para a ucrania é muito volatil principalmente para o USA , se entrar um presidente que queira uma reconciliação com a Russia a situação da Ucrania vai virar insustentavel. Vale lembrar que mesmo um carto ilimitado as faturas sempre chegam, o uso para consumo proprio é mais barato, e as reposições dos equipamentos… Read more »

Dr. Mundico
Dr. Mundico
11 meses atrás

Apenas como referência histórica: ao fim da 1. guerra mundial em 1918, a Alemanha ocupava aproximadamente 10% do território francês e tinha relativa superioridade de soldados e meios em relação a França e Inglaterra.
No entanto, estava exaurida economicamente, dividida politicamente e não reunia mais opções para manter uma guerra travada.
Ao fim, o Kaiser perdeu o emprego, o país entrou em bancarrota e o resto todo mundo já sabe no que deu,,,,

Henrique
Henrique
11 meses atrás

tratado que paz que daqui uns 5 anos vai ta em guerra de volta…

único tratado que Rússia tem que assinar é a rendição das tropas delas na Ucrânia ou ordem dizendo pra retirar as tropas dela da Ucrânia

(ou o obituário das força russa na Ucrânia.. ela que escolhe )

rfeng
rfeng
11 meses atrás

Deixa eu ver se entendi, tem gente aqui que ainda acha que as gerras terminam com a conquista da capital???

Senhor Mascarado
Senhor Mascarado
11 meses atrás

EDITADO:
4 – Não escreva em maiúsculas, o que equivale a gritar com os demais. As maiúsculas são de uso exclusivo dos editores para dar destaque às advertências nos comentários eventualmente editados ou apagados.

LEIA AS REGRAS PARA COMENTÁRIOS:
https://www.forte.jor.br/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

Last edited 11 meses atrás by Senhor Mascarado
Senhor Mascarado
Senhor Mascarado
11 meses atrás

Os EUA junto da OTAN gastaram trilhos de dólares com a guerra ao terror até no final ao Afeganistão ficar livre dos EUA e para eles foram uma tremenda de uma façanha militar e uma vitória com saldo positivo , engraçado eu tenho a impressão que muitos membros daqui diriam com orgulho que os EUA tiveram uma vitória sobre aldeões de chinelos e AK47s correndo no deserto contra vários países ricos juntos da maior força aérea do mundo juntos a diversos outros países com equipamentos sofisticados mas provavelmente junto a mídia Mainstream vão dizer que foi uma tremenda vitória por… Read more »

Last edited 11 meses atrás by Senhor Mascarado
Senhor Mascarado
Senhor Mascarado
11 meses atrás

O conflito segue em andamento não há como dizer que alguém foi derrotado ou vitorioso , o que podemos apontar são os FATOS do conflito em andamento FATO e que a Rússia achou que ganharia de uma forma muito mais rápida e subestimaram a UCRÂNIA e as ajudas com coleta de inteligência por parte de novos aliados da Ucrânia e perderam equipamentos militares e tropas e sofreram com sanções com perca econômica e afins, FATO e que a Rússia conseguiu a crimeia e territórios dentro da Ucrânia e conseguiu destruir grande parte da infraestrutura do país , não iremos saber… Read more »

Last edited 11 meses atrás by Senhor Mascarado
Fábio De Souza
Fábio De Souza
11 meses atrás

Infelizmente a perca de 17% do Território Ucraniano , para a Rússia , é sim uma perca significativa . Ainda mais se esses Territórios , ocupados forem , territórios ricos em Minério , na produção agrícola , o que pode acarretar um desequilíbrio na economia Ucraniana e um Ganho na Economia Rússia .