A Huawei Technologies, em colaboração com o principal fabricante de chips da China, Semiconductor Manufacturing International Corp ou SMIC, produziu um processador avançado de 7 nanômetros para seu mais recente smartphone, o Mate 60 Pro. Este desenvolvimento representa um avanço significativo nos esforços da China para estabelecer um ecossistema de chips doméstico, conforme observado pela empresa de análise TechInsights.

O chip Kirin 9000s, fabricado pela SMIC, alimenta o Mate 60 Pro e é o primeiro a utilizar a mais avançada tecnologia de 7 nm da SMIC. Esta conquista sublinha o progresso da China no desenvolvimento das suas capacidades em semicondutores.

As pessoas que acompanham regularmente a tecnologia perceberão que, em 2023, estaremos prestes a fabricar smartphones com tecnologia de 3 nm. A maior parte do mundo já usa chips fabricados de 5 nm em smartphones de última geração.

O que torna o processo de 7 nm da Huawei único é que ele conseguiu criar um chip tão fino, ao mesmo tempo que foi submetido a algumas das sanções mais severas, sem assistência tecnológica ou de fabricação, pelo menos no papel.

Foto feita com um celular Huawei Mate 60 Pro durante a visita à China da Secretária de Comércio dos EUA, Gina Raimondo

E apesar de o Mate 60 Pro usar uma tecnologia mais antiga, ele tem um desempenho melhor do que a maioria dos smartphones 5G atuais.

Os consumidores chineses que compraram o Mate 60 Pro postaram vídeos de desmontagem e realizaram testes de velocidade nas redes sociais, indicando que o smartphone é capaz de atingir velocidades de download que superam as dos telefones 5G de primeira linha.

Embora as especificações do Mate 60 Pro destacassem sua capacidade de fazer chamadas via satélite, elas não forneciam informações detalhadas sobre a potência do chipset.

O lançamento do Mate 60 Pro gerou um entusiasmo significativo nas plataformas de redes sociais chinesas e entre os meios de comunicação estatais, com alguns notando o seu timing juntamente com uma visita da Secretária de Comércio dos EUA, Gina Raimondo.

Desde 2019, os EUA impuseram restrições ao acesso da Huawei às ferramentas essenciais de fabricação de chips necessárias para a produção de modelos avançados de aparelhos. No entanto, empresas de investigação sugeriram anteriormente que a Huawei estava a planejar um regresso ao mercado de smartphones 5G até ao final do ano, aproveitando os seus avanços em ferramentas de design de semicondutores e colaborando com a SMIC para a produção de chips.

De acordo com Dan Hutcheson, analista da TechInsights, este desenvolvimento envia uma mensagem clara e é “um tapa na cara para os EUA”, especialmente no contexto da visita do secretário Raimondo. Demonstra a capacidade da Huawei de inovar e desenvolver tecnologia de ponta sem depender de recursos dos EUA.

FONTE: bizli.net

Subscribe
Notify of
guest

35 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Azor
Azor
10 meses atrás

Era apenas uma questão de tempo……

Fish
Fish
10 meses atrás

que venham para o brasil, os celulares chineses são fora de série.

Kommander
Kommander
Reply to  Fish
10 meses atrás

Não acho, ainda prefiro os da Apple ou sul-coreanos… Só que os chineses são mais baratos, então foi o que coube no meu bolso. Kkk

Heinz
Heinz
Reply to  Fish
10 meses atrás

Eu já tive iphones, e agora tenho um da Xiaomi, confesso que queria pegar outro da Xiaomi, mas agora com essa taxar do “amor” do governo ficou impossível importar. Tá saindo até mais em conta comprar Apple do quer importar celular chinês que tu vai pagar, frete, taxa da receita quando chegar em Curitiba, multa, e a tarifa da remessa online.

WSilva
WSilva
10 meses atrás

É um tapa na cara também dos iludidos por Taiwan que acham que lá se fabrica tecnologia de outro mundo quando na verdade Taiwan tem livre acesso dentro do ecosistama construído pelo ocidente enquanto a China teve acesso proíbido.

O que me surpreende aqui é a velocidade dessas conquistas. Estado nacionalista é outra coisa.

Sensato
Sensato
Reply to  WSilva
10 meses atrás

Estado ditatorial é outra coisa, isso sim.

João
Reply to  Sensato
10 meses atrás

A ditadura lá é mil vezes melhor que a democracia do Demo aqui. A corrupção e os 40 ladrões surrupiam de uma maneira que não sobra nada.

djalma
djalma
Reply to  WSilva
10 meses atrás

China importa as maquinas para fazer esse chip da Holanda, aliás, importava; não vai poder mais.
Tadinha da China, maior democracia do mundo, perseguida pelo Ocidente; muda pra lá mané.

WSilva
WSilva
Reply to  djalma
10 meses atrás

”China importa as maquinas para fazer esse chip da Holanda”

Assim como Taiwan e Coreia do Sul. rs

”aliás, importava; não vai poder mais.”

Calma meu amigo, a China já estocou dezenas dessas máquinas da ASML.

”muda pra lá mané.”

Qual a necessidade de tentar ofender pessoas usando palavras chulas como essa?

Respeite as regras do site senão já já você vai tomar borrachada da ADM.

Vitor
Vitor
Reply to  djalma
10 meses atrás

Desenvolve sua linha de raciocínio e sua prognose vai ser uma boa contribuição.

Gerson Carvalho
Gerson Carvalho
Reply to  djalma
10 meses atrás

Se vc não sabe milhares de brasileiros moram e trabalham na china, boa qualidade de vida e ons salários. Esqueça as esteiras que falaram de trabalhar por comida.

JHF
JHF
Reply to  Gerson Carvalho
10 meses atrás

Desde o 2012 a China paga melhores salários que o Brasil para a quase toda a mão de obra. Especialistas em tecnologia então… A qualidade de vida em algumas capitais supera a maioria das cidades europeias ( ignorando os problemas de poluição do ar, claro). Tenho vários colegas que encaram a China como o novo Japão para os Brasileiros. Trabalha por lá uns 10 a 10 anos e volta para usufruir a aposentadoria tranquila nas praias do Nordeste….

SGT MAX WOLF FILHO
SGT MAX WOLF FILHO
Reply to  Gerson Carvalho
10 meses atrás

Eu já trabalhei para Bytedance da China como engenheiro estão pagando melhor que muitas empresas Americanas, e o melhor trabalhava de Home office do Brasil na pandemia, agora trabalho para uma empresa Australiana desenvolvendo autopilot para drones de carga acima de 1 tonelada de carga, mas a China vale a pena, o Brasil estamos muito atrasados em tudo, quando acordar pra isso já vai ser tarde.

Henrique Oliveira
Henrique Oliveira
Reply to  djalma
10 meses atrás

“muda pra lá mané”?
Vai no Google e busca “china infraestruture”. Vai no Google e busca “living in china” e você verá quem é o verdadeiro mané… hahahaha
A espectativa de vida do chinês hj é maior que a do americano. O sistema de transporte, saúde e educação de base idem…
Busque a verdade e a verdade o libertará.

Rodolfo
Rodolfo
Reply to  WSilva
10 meses atrás

Esse chip foi feito pela SMIC usando maquinas de litografia DUV da ASML holandesa que inicialmente não estavam no embargo americano (inicialmente só os últimos modelos de EUV). O problema atual desses chips é que provavelmente apenas 50% dos chips produzidos serão de boa qualidade e essas máquinas que agoram estão sob embargo não poderão contar com assistência técnica da ASML.
Apesar disso, é uma grande conquista para a China que assim vai encontrando meios de produzir processadores de alta tecnologia.

WSilva
WSilva
Reply to  Rodolfo
10 meses atrás

É isso mesmo, porém o embargo ainda não cobre a proibição de assistência técnica por parte da ASML embora os EUA devam colocar isso na lista em breve pois os caras que prestam assistencia vão até a China e lá fazem o que precisam fazer, agora quem garante que esses caras não vão repassar know-how para a China? O que eu já adquiri de conhecimento apenas observando e fazendo perguntas certas não é brincadeira, imagine os chineses que costumam cortejar pessoas ”importantes” caras durante suas estadas na China.. Ou seja, esses caras precisam ser seguidos de perto pelos EUA se… Read more »

Eromaster
Eromaster
10 meses atrás

Com esses avanços da China na área de chips, tio Sam e a Europa perderão um grande mercado que eles nunca vão recuperar tão cedo.

Régis
Régis
Reply to  Eromaster
10 meses atrás

Sim, as empresas chinesas já ocuparam o lugar das ocidentais no mercado russo e tem como objetivo controlar o mercado africano e quem sabe o latino-americano.

djalma
djalma
Reply to  Régis
10 meses atrás

A participacão da China em microchips avancados é minúscula. Os russos estão com sua industria militar quase parada pois não conseguem os componentes mais avancados fabricados fora da China. Os ucranianos capturaram drones russos abatidos, com chips americanos fabricados a 10 anos e que foram tiradas de placas de CI sucateadas que conseguiram na China.

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Eromaster
10 meses atrás

A China e Ásia já eram responsáveis por mais da metade do faturamento da Apple.
No futuro, com a ascenção da Huawei, a tendência é ela engolir o mercado da Apple na Ásia, e depois no resto do mundo.

djalma
djalma
Reply to  Willber Rodrigues
10 meses atrás

Vai ter que remar muito. Primeiro tem que chegar na Samsung.

Bruno
Bruno
Reply to  djalma
10 meses atrás

Só não pode esquecer que o motivo disto tudo, foi justamente pela Huawei ter se tornado maior que a Apple em um passado não muito distante.

Sensato
Sensato
Reply to  Eromaster
10 meses atrás

É nunca ou nem tão cedo?

Welington S.
Welington S.
10 meses atrás

Ocidente dormiu tanto que agora já era fi. Segura.

djalma
djalma
Reply to  Welington S.
10 meses atrás

Dormiu nada. O Ocidente tá anos na frente da China nessa area. Os caras chegararam nos chips de 12nm, Ocidente já tá em 3nm. A China há anos tenta roubar os segredos da litografia por ultra violeta, que só a Holanda detém a tecnologia. Eu digo roubar, porque é roubar mesmo, como fizeram com a tecnologia Stealth dos cacas F35. A China é forte na area de eletrônica de entretenimato e só. Componente para celular, televisão, cameras, e outras quinquilharias. Os chips avançados que a China usa são todos de Taiwan, Coreia Japão, USA e até de outros paises como… Read more »

djalma
djalma
10 meses atrás

Alem de propagandista chinês, é desinformado. A China não fabrica nem as maquinas litográficas, tem que importar da Holanda, alias podia, pois não vai poder importar mais.
E mais, enquanto a China só agora esta conseguindo desenvolver microchips de 7nm, isto se confirmado; a Coreia, Japão e EUA já se chegou a 2nm.

Guacamole
Guacamole
Reply to  djalma
10 meses atrás

Não existem Chips de 7 ou 2 nm, meu amigo.
Os Chips de hoje giram em torno de 48 a 42 nm.

Esse negócio de 7 ou 2 ou menos que isso é mais uma jogada comercial. Chips tão finos assim sofrem muito de vazamento elétrico por causa do tunelamento quântico.

JHF
JHF
Reply to  Guacamole
10 meses atrás

Correto. A distância teórica de 12 seria impossível de sustentar o funcionamento pelo tunelamento. Tem alguma coisa sendo feita em 24 nm firme e forte mas abaixo disso, a física do mundo real não colabora de forma alguma.

Orivaldo
Orivaldo
10 meses atrás

Rapaz ,os bots enchem de comentários nesses post pagos hahaha coincidências?

Guacamole
Guacamole
10 meses atrás

China fazendo pesquisas quem fazem a diferença.

Diferente dos centros brasileiros como USP, Unicamp, ITA, IME que “fazer muitas pesquisas” de pouca relevância científica e comercial.

BVR
BVR
Reply to  Guacamole
10 meses atrás

Olá Guacamole!
Os centros de pesquisa que vc aponta podem – e faço um reforço no podem – até fazer pesquisa em que a aplicabilidade comercial não garanta rentabilidade esperada (por já existir algo semelhante no mercado ou pela necessidade de mais e maiores investimentos que o empresariado brasileiro não gosta de “por pra jogo”). Mas vc afirmar que as pesquisas feitas lá tem pouca relevância científica…aí eu discordo.
Até porque não são instituições de influência/alcance locais; são de importância nacional e – até – regional, quando pensamos no contexto sulamericano.

Saudações

Guacamole
Guacamole
Reply to  BVR
10 meses atrás

Isso é balela de quem precisa dar uma desculpa para justificar o injustificável. O Iran, apesar de ter uma influência regional, mesmo assim foi apontando como um dia países que devem 1 das 40 e tantas tecnologias críticas no post de alguns dias atrás. E eles são sancionados a torto e a direito. E mesmo assim conseguiram se destacar. Mas a cultura brasileira é essa mesma que você postou: se não fazemos algo ou é porque esta bom para o contexto regional, ou porque não é importante ter, ou que tem sim relevância, mas sem postar nenhuma prova. Apenas como… Read more »

Mario
Mario
10 meses atrás

Todos aqui estão esquecendo de um fator muito importante. Chineses além de especialistas em espionagem (nada diferente de outros países do ocidente, quando lhes é conveniente), são ainda melhores em esconder seus segredos industriais. É muito provável que tenham cartas na manga que só serão usadas na hora certa. Essa avaliação é para ser considerada tanto por que admira a China, quanto por quem não gosta deles.

Lithe
Lithe
10 meses atrás

Diga mais… tapa na cara nada. Tapa na arrogância do RUA.

SGT MAX WOLF FILHO
SGT MAX WOLF FILHO
10 meses atrás

Para os EUA o chorro é livre…