A Casa Branca alertou repetidamente a Coreia do Norte contra qualquer acordo de armas com a Rússia, o que violaria várias resoluções do Conselho de Segurança das Nações Unidas

Kim Jong Un chegou à Rússia para uma esperada reunião com o presidente Vladimir Putin, que alimentou as preocupações ocidentais de que o líder norte-coreano fornecerá apoio militar à guerra de Moscou na Ucrânia.

Kim foi visto desembarcando do luxuoso trem blindado em que os líderes do estado recluso costumam viajar, em imagens transmitidas pela mídia estatal russa.

A viagem, a primeira fora da Coreia do Norte após três anos de isolamento pandêmico, suscitou avisos de novas sanções por parte dos Estados Unidos, numa tentativa de evitar um potencial acordo de armas.

O Ministério da Defesa sul-coreano disse que acredita-se que Kim tenha entrado na Rússia na manhã de terça-feira.

“Estamos monitorando de perto se haverá negociações entre a Coreia do Norte e a Rússia sobre o comércio de armas e a transferência de tecnologia”, disse o ministério em um comunicado divulgado na terça-feira, observando que Kim estava acompanhado por vários oficiais militares.

A agência de notícias russa Interfax também confirmou que Kim estava na Rússia, citando o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov.

Especialistas dizem que a Rússia provavelmente buscaria munições de artilharia em troca do fornecimento de energia e ajuda alimentar à Coreia do Norte, onde há relatos de fome enquanto Kim prioriza seus programas de armas nucleares e mísseis balísticos.

Kim também pode querer a ajuda russa no avanço das tecnologias submarinas, balísticas e de satélite da Coreia do Norte, disse Leif-Eric Easley, professor da Universidade Ewha em Seul, Coreia do Sul.

Mas é improvável que a Rússia faça tais transferências de tecnologia, disse ele, “porque mesmo uma máquina de guerra desesperada não troca as suas joias da coroa militar por munições velhas e estúpidas”.

Ele disse que os dois países também evitariam divulgar todos os detalhes de qualquer acordo de armas “devido às graves violações legais internacionais envolvidas”.

FONTE: NBC News

Subscribe
Notify of
guest

59 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Rafael Coimbra
Rafael Coimbra
10 meses atrás

O importante disso tudo é que fica cada vez mais evidenciado que a balança entre o que é errado e correto passa inteiramente pelo lado que está contando a história… então… enquanto o público (nós) ficamos nessas discussões de “lado A vs lado B” o mundo real ainda trabalha com pragmatismo… todos tem relações ditas polêmicas com países taxados de isso ou aquilo pelos lados opostos e tudo bem… Segue a vida e o verdadeiramente importa é como o Brasil está trabalhando hoje para se preparar para o futuro.

sergio
sergio
Reply to  Rafael Coimbra
10 meses atrás

Exatamente cara, vc só se horroriza com o holocausto por que Hitler perdeu a guerra , se não todos estaríamos achando ele um herói que salvou o mudo dos judeus inescrupulosos.

AVISO DOS EDITORES:

6 – Mantenha-se o máximo possível no tema da matéria, para o assunto não se desviar para temas totalmente desconectados do foco da discussão;

https://www.forte.jor.br/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

Bruno Vinicius
Bruno Vinicius
Reply to  Rafael Coimbra
10 meses atrás

Prezado, essa é uma forma de pensar. E, mesmo sendo um liberal, ou seja, sendo abismalmente oposto a tudo o que regimes como o da China, Rússia e Arábia Saudita são e representam, eu acredito que o Estado brasileiro deva pensar da mesma forma. Em não nos trazendo malefícios por meio de sanções, devemos fazer negócios com o mundo todo, sem exceção. Porém, o que eu considero INACEITÁVEL é que indivíduos que se dizem defensores da Democracia, do Estado de Direito, dos Direitos Humanos, dos direitos das minorias, do direito à autodeterminação dos povos e à soberania venham bajular o… Read more »

Bruno Vinícius
Bruno Vinícius
Reply to  Bruno Vinicius
10 meses atrás

P.S. e no que diz respeito à guerra, ainda que eu seja contra o país cortar laços diplomáticos e econômicos com a Rússia, é fundamental reforçarmos nossa posição HISTÓRICA de condenação a toda e qualquer guerra de agressão. Lembro, inclusive, que condenamos a invasão do Iraque pelos EUA em 2003.

Quirino
Quirino
10 meses atrás

Varias reportagens saindo com os Estados Unidos ameaçando a Coreia do Norte e a Russia por causa desse acordo, os americanos estão em choque que os russos transfira tecnologia e a Coreia do Norte transfira munição.
Pena (para os americanos) que ninguém mais liga para as ameaças dos americanos, o mundo a cada dia que passa perde medo do imperialismo americano.

Jagderband#44
Jagderband#44
Reply to  Quirino
10 meses atrás

E ganha medo do imperialismo russo/chinês.

Antonio Cançado
Reply to  Jagderband#44
10 meses atrás

O imperialismo russo/chinês não passa de um blefe…

C G
C G
Reply to  Antonio Cançado
10 meses atrás

Blefe de que???
A gente deletou Tibet, Taiwan, Geórgia, Ucrânia, a linha dos 9/10 traços e os mapas malucos que esses dois países as vezes divulgam ou será que ficamos doidos!

WSilva
WSilva
Reply to  C G
10 meses atrás

Tibete e Taiwan foram anexados pela primeira vez ainda durante a China imperial, aliás a China fez tudo isso antes mesmo dos EUA anexarem 50% do território mexicano(Texas, California, Novo Mexico etc). Linha de 9/10 traços é defendida pela China e a de 11 traços é defendida por Taiwan(Republica da China), na pratica é quase a mesma coisa pois ambas cobrem quase todo o Mar do Sul da China. Já a Russia…Bem, legalmente não tem como defender a invasão russa, porém o comportamento expansionista da OTAN em tempos de paz no quintal russo obrigou a Russia a tomar uma providência.… Read more »

Bosco
Bosco
Reply to  WSilva
10 meses atrás

Por mais que a narrativa de expansionismo da OTAN possa ser verdadeira uma hora ele ia bater na fronteira russa e aí iria para e se dessem mais um passo estaria justificado toda a ação militar russa,, com todos os meios necessários para garantir sua integridade e a segurança de seus habitantes. Sabemos que jamais a OTAN daria esse passo por conta dos russos terem capacidade nuclear mais que necessária para por fogo no parquinho todo. Fosse na década de 60 até poderia ser válida essa narrativa já que mísseis balísticos de curto alcance posicionados na Ucrânia podem chegar a… Read more »

Henrique
Henrique
Reply to  Antonio Cançado
10 meses atrás

“O imperialismo russo/ não passa de um blefe…”

praticamente uma guerra colônias Rússia sendo travada no leste europeu há +550 e cara mete essa kkkkkkk

Quirino
Quirino
Reply to  Quirino
10 meses atrás

(continuação)
E passa a enfrenta-lo de frente

Antonio Cançado
Reply to  Quirino
10 meses atrás

Enfrentar só pode ser de frente…

Magaren
Magaren
Reply to  Quirino
10 meses atrás

Vão transfirir a temida tecnologia dos T55 russo.

Maurício.
Maurício.
Reply to  Magaren
10 meses atrás

Não esqueça que a Ucrânia recebeu quase 30 M-55 da Eslovênia, é um tanque modernizado? É, mas continua sendo um T-55.

Antonio Cançado
Reply to  Quirino
10 meses atrás

É, ninguém mais liga pras ameaças do país mais rico e poderoso do mundo, com certeza…rsrsrsrsrs

Hcosta
Hcosta
Reply to  Quirino
10 meses atrás

Sim, realmente é uma mudança “inacreditável e inédita” na geopolítica mundial. A Coreia do Norte mudou completamente de lado e escolheu ser aliada da Rússia e da China…

As eleições na Europa, eleições nos EUA, a perda de apoio popular à Ucrânia, a China e agora a Coreia do Norte…
Para um país, que supostamente era muito superior a todos os outros e independente, são muitos “ses” para conseguirem ganhar uma guerra.

Mirade1969
Mirade1969
Reply to  Quirino
10 meses atrás

Quando a noticia vem da NBC, ABC, CNN e lógico Fox News fique sempre com um pé atrás pois são a mídia hegemonica propagando falsas acusações como se fosse verdades.

Bruno Vinicius
Bruno Vinicius
Reply to  Quirino
10 meses atrás

.

Last edited 10 meses atrás by Bruno Vinicius
Bruno Vinicius
Bruno Vinicius
Reply to  Bruno Vinicius
10 meses atrás

Respondi ao comentário errado

L G1e
L G1e
10 meses atrás

A Coreia do Norte tem muita munição armazenada e deverá fornecer para a Rússia oficialmente. A Rússia deverá pagar fornecendo petróleo e alimentos para a Coreia do Norte.

Antonio Cançado
Reply to  L G1e
10 meses atrás

Isso vai enfraquecer a Coréia do Norte, os EUA agradecem…

L G1e
L G1e
Reply to  Antonio Cançado
10 meses atrás

Na verdade a Coreia do Norte vai fornecer munição antiga e vai fabricar novas e substituir.

Marcos
Marcos
Reply to  Antonio Cançado
10 meses atrás

Fornecerão munições que veem sendo produzidas e armazenadas desde a guerra da coreia.

Maurício.
Maurício.
10 meses atrás

“A Casa Branca alertou repetidamente a Coreia do Norte contra qualquer acordo de armas com a Rússia, o que violaria várias resoluções do Conselho de Segurança das Nações Unidas.”

E desde quando a CN se importa com resoluções das nações unidas?

Agora, não entendo tanto mimimi com essas tais munições e com o tal acordo, o

Maurício.
Maurício.
Reply to  Maurício.
10 meses atrás

Apertei para publicar sem querer de novo.🤦🏻‍♂️

Vamos lá, continuando, o próprio Eric menciona que são munições velhas e estúpidas, ou seja, se são “munições velhas e estúpidas”, os EUA não tem com o que se preocuparem.

Nemo
Nemo
Reply to  Maurício.
10 meses atrás

Curioso é que os Estados Unidos ameaçaram a Coreia com sanções, mas a Coreia está totalmente sancionada há décadas. Seria possível sancionar mais?

Hcosta
Hcosta
Reply to  Nemo
10 meses atrás

É sempre possível sancionar mais. E há sempre alguma latitude nestas sanções. E sem falar de outros acordos que forma feitos ao longos dos anos, como o programa alimentar mundial, etc…

A grande questão é a Rússia, membro permanente do conselho de segurança ir contra as resoluções da ONU.

Quirino
Quirino
Reply to  Hcosta
10 meses atrás

Esqueceu das vezes que os Estados Unidos foram contra ONU?
Um pequeno exemplo é Cuba, a décadas a ONU condena o embargo americano a Cuba e os Estados Unidos cagam para isso.
A ONU só é respeitada por nações fracas como o Brasil, para quem é membro permanente do conselho de segurança a ONU só tem valor quando concorda com eles, quando não concorda ela é ignorada e já era.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Quirino
10 meses atrás

Não, tal como a Rússia os EUA têm o poder de veto.
A Rússia, aprovou ou absteve-se nas sanções à Coreia do Norte e agora decidiu ir contra o seu próprio voto.

UMPK
UMPK
Reply to  Maurício.
10 meses atrás

EDITADO:
COMENTARISTA SUSPENSO DIVIDO AO USO DE MÚLTIPLOS NOMES DE USUÁRIO.

mago
mago
10 meses atrás

EDITADO:
COMENTARISTA BLOQUEADO DEVIDO AO BAIXO NÍVEL DOS COMENTÁRIOS E OFENSAS.

Gabriel BR
Gabriel BR
10 meses atrás

Existem muitas coisas que podem ser negociadas , como aqueles 24 sukhois que iriam para o Irã …

Kommander
Kommander
Reply to  Gabriel BR
10 meses atrás

Aqueles Sukhois ainda vão para o Irã. Rerers

Monarquista
Monarquista
10 meses atrás

Os States vão lá, se enchem de armas, investem em tecnologia, criam caças de 5ª geração… e o antigo rival precisa de munição da Coreia do Norte, pra manter uma guerra em suas fronteiras…

Se fosse um jogo de futebol, os americanos estariam falando: devolva meu rival!

Maurício.
Maurício.
Reply to  Monarquista
10 meses atrás

Devolver o rival pra que? O suposto rival está em campo na Ucrânia, se os EUA estão querendo tanto jogar, basta colocar o time em campo, simples assim.

Monarquista
Monarquista
Reply to  Maurício.
10 meses atrás

Se com a Ucrânia os russos estão comendo o pão que o diabo amaçou e não conseguem nem superioridade aérea, imagina contra a força aérea americana kkkkkkkk

Maurício.
Maurício.
Reply to  Monarquista
10 meses atrás

Imaginações não vencem guerras, se os EUA querem jogar, repito, basta colocar o time em campo.

Quirino
Quirino
Reply to  Maurício.
10 meses atrás

Não tem coragem, é mais fácil deixar os ucranianos morrerem no lugar deles.

Monarquista
Monarquista
Reply to  Quirino
10 meses atrás

Ué? Mas não foi os russos quem ameaçaram com consequencias terríveis quem interferisse, e hoje até os países bálticos interferem sem qualquer consequencia?

Os americanos não falaram em atacar, os russos sim. Quem não está cumprindo suas ameaças?

Maurício.
Maurício.
Reply to  Monarquista
10 meses atrás

“Quem não está cumprindo suas ameaças?”

Tanto Rússia quando EUA, ou tu não lembra que o Biden dizia que a Rússia “sofreria sérias consequências” caso realmente invadisse a Ucrânia? Que “sérias consequências” são essas? Os americanos até hoje mantém relações comerciais com os russos. Tanto o Putin, como o Medvedev e o Biden, não passam de uns faladores.

Quirino
Quirino
Reply to  Monarquista
10 meses atrás

De que americanos você esta falando?
Daqueles que perderam a guerra para os guerrilheiros de chinelo dos talibãs?

Monarquista
Monarquista
Reply to  Quirino
10 meses atrás

Aqueles que colocaram os russos pra correr kkkkkkkkk

MATHEUS AUGUSTO
MATHEUS AUGUSTO
Reply to  Monarquista
10 meses atrás

Onde ?

ERik
ERik
Reply to  Monarquista
10 meses atrás

*Corrigindo: a ucrânia +40 países contra a Rússia!

Antonio Cançado
10 meses atrás

É, Rússia, quem te viu e quem te vê…
Parabéns, Vladimir, conseguiu arruinar o país…

Andromeda1016
Andromeda1016
10 meses atrás

A situação aqui é mais tensa do que aprece ser. Para a CN é uma janela de oportunidade que só lhe traz benefícios, mas para a Rússia é um movimento delicado que pode sair pela culatra. O motivo é simples: Até a eclosão da guerra da Ucrânia, a Rússia priorizava o seu relacionamento com a CS em vez da CN, razão pelo qual compartilhou muitas tecnologias militares com a CS (Ex: o tanque K2 incorpora muitas tecnologias de tanques soviéticos, desenvolveu sua tecnologia de radares a partir da tecnologia que recebeu da Almaz Antey, a tecnologia espacial da CS é… Read more »

Hcosta
Hcosta
Reply to  Andromeda1016
10 meses atrás

Não chamaria a Coreia do Sul um aliado da Rússia…

Andromeda1016
Andromeda1016
Reply to  Hcosta
10 meses atrás

Sim. Não é uma aliado mas é o mais próximo que tem disso por lá, pois os interesses tanto da Rússia como da CS conflitam com os interesses dos chineses e japoneses naquela região, e nenhum dos dois possuem força e dinheiro suficiente para enfrentar a China e Japão sozinhos, por isso a Rússia tem buscado integrar a CS nos seus projetos de exploração de matéria prima na Sibéria e ainda favorecendo a indústria da CS no seu mercado interno sobre a China e o Japão. O problema é que com a guerra da Ucrânia a CS foi forçada a… Read more »

Rafael Dias
Rafael Dias
10 meses atrás

Esse é o nível que a Rússia chegou com o carniceiro: depender do Irã e da Coréia do Norte para manter seu exército falido operando por mais algum tempo.

Rafael Gustavo de Oliveira
Rafael Gustavo de Oliveira
10 meses atrás

São 2 desesperados pedindo o que é mais urgente

buscaria munições de artilharia em troca do fornecimento de energia e ajuda alimentar à Coreia do Norte”….trocar munição por comida e energia, olha a situação da coreia do norte….e tem gente que ainda tem coragem de defender o comunismo….leia sempre as entrelinhas, anotem os fatos e terão uma perspectiva melhor do mundo.

Rodrigo Frizoni
Rodrigo Frizoni
10 meses atrás

Que fase em rússia, ter que se humilhar para a coreia do norte para pedir munição. Quero ver o que o melancia __________________vai dizer kkkk

EDITADO

Henrique
Henrique
10 meses atrás

Kim também pode querer a ajuda russa no avanço das tecnologias submarinas, balísticas e de satélite da Coreia do Norte, disse Leif-Eric Easley, professor da Universidade Ewha em Seul, Coreia do Sul. Mas é improvável que a Rússia faça tais transferências de tecnologia, disse ele, “porque mesmo uma máquina de guerra desesperada não troca as suas joias da coroa militar por munições velhas e estúpidas”. tinha tanta coisa que todo mundo achava da Rússia antes da guerra e que hora são uma piada kkkkk godinho ta com todo o jogo favorável pra sair com um Soyuz inteira de la e… Read more »

Oplot
Oplot
10 meses atrás

“Os EUA alertaram blablabla….”

E vão fazer o que? Sancionar? Invadir? kkkk

Jefferson B
Jefferson B
10 meses atrás

A Rússia fechando acordos (pedindo socorro) com a Coreia do Norte kkkkkkkkk
O mais engraçado é ver um pessoal pró-rússia achando isso um máximo.
Esse pessoal não entende que a Rússia está pedindo ajuda porque não consegue manter as áreas que roubou do país vizinho?
E sim, se você é brasileiro, vive no 5 maior território do globo e acha que a Rússia roubar terras do país vizinha é algo correto, matando civis e destruindo um povo: você é um tremendo _____________________

EDITADO

Infantaria_leve_BiABR
Infantaria_leve_BiABR
10 meses atrás

Que faseeeeee….Putin e Kim “nhõnhô”.

Cada um com seus aliados. Aguardemos para ver quando o Ocidente fornecer armas para UKR, o que falarão.

Mas de todos os aspectos desta guerra, um é inegável. A Rússia tá indo ladeira abaixo

Fábio CDC
Fábio CDC
10 meses atrás

Estaria eu enlouquecendo ou esse cara da foto é bem, mas bem diferente mesmo do Kim que aparece em outras imagens?…

Rodrigo Frizoni
Rodrigo Frizoni
10 meses atrás

Esse é o xadrez 39D do Putin? kkk

Tutor
Tutor
10 meses atrás

Um está desperado por munição, outro deseperado por comida; vai dar acordo.