Governo sinaliza apoio à PEC da oposição que eleva orçamento da Defesa a 2% do PIB

164

Ministro da Defesa, José Múcio Monteiro, e líder do governo no Senado, Jacques Wagner (PT-BA), veem com bons olhos a proposta do senador Carlos Portinho (PL-RJ), segundo interlocutores

O governo Luiz Inácio Lula da Silva (PT) indicou apoio à aprovação de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC), apresentada pelo senador Carlos Portinho (PL-RJ), que eleva anualmente o orçamento destinado à Defesa nacional, até que se chegue a um valor mínimo equivalente a 2% do Produto Interno Bruto (PIB).

A PEC 55 foi subscrita por outros 29 senadores, majoritariamente de oposição ao atual governo, mas é tratada como uma questão suprapartidária e de interesse do Estado brasileiro.

Por isso, aliados de Lula no Senado decidiram acenar com apoio à tramitação da PEC. O líder do governo, senador Jaques Wagner (PT-BA), disse a interlocutores e ao próprio autor do texto ver a proposta com bons olhos.

A CNN também apurou que o ministro da Defesa, José Múcio Monteiro, considera a iniciativa positiva. Ele deve conversar pessoalmente com Portinho a respeito da tramitação da proposta.

No governo, a avaliação é de que seria possível pelo menos fazer a PEC avançar na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) até o fim do ano, mas Portinho acredita que seria possível construir um acordo para aprovação em plenário ainda em 2023.

A indicação de um nome próximo ao governo para a relatoria da proposta poderia acelerar a tramitação.

Atualmente, o Brasil investe 1,05% do PIB. A proposta prevê elevação de 0,1 ponto percentual até se chegar ao piso de 2%, índice recomendado pela Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan).

O texto também estabelece prioridade à indústria doméstica, ao fixar conteúdo nacional mínimo de 35% nos projetos estratégicos da Defesa, conceito em linha com o que é historicamente defendido por Lula.

FONTE: CNN Brasil

LEIA TAMBÉM:

Navio-patrulha de 500 toneladas deverá entrar para o orçamento 2024 – haverá versão de contramedidas de minagem

Subscribe
Notify of
guest

164 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Luís Henrique
Luís Henrique
3 meses atrás

Maravilha. Melhor notícia do ano.
Oposição e governo concordando com isso. Caso seja aprovada, o Brasil se transformará em uma potência militar nos próximos anos.

Enfim, as forças terão orçamento para aquisições de equipamentos novos, modernos e em quantidade.

Fábio CDC
Fábio CDC
Reply to  Luís Henrique
3 meses atrás

“Caso seja aprovada, o Brasil se transformará em uma potência militar nos próximos anos. Enfim, as forças terão orçamento para aquisições de equipamentos novos, modernos e em quantidade.”
.
Respeitosamente Senhor Luís Henrique, eu rio da Vossa ingenuidade, embora aprecie muito sua boa vontade em ver as coisas acontecendo e funcionando a contento.

Felipe
Felipe
Reply to  Fábio CDC
2 meses atrás

Se essa PEC garantir que nós próximos anos a Marinha terá 12 novas escoltas e os 5 submarinos do Prosub, a FAB terá seus 70 caças Gripen e o Exército substituirá seus Leopard e M60, estou mais do que satisfeito.

Rodrigo
Rodrigo
Reply to  Luís Henrique
3 meses atrás

Prevejo mãos hospitais militares, mais promoções, mais banda de música, e no fim sobra dinheiro para dois Marrua de investimento.

RDX
RDX
Reply to  Rodrigo
3 meses atrás

Mais efetivo, mais generais, mais cargos, mais regalias, mais unidades incompletas, mais solenidades…por último a compra de mais armamentos.

Matheus
Matheus
Reply to  RDX
3 meses atrás

Seria importante trocar o pessoal administrativo das F.A. por funcionários civis. Iria se economizar com uniformes, benefícios, aposentadorias especiais e no próprio salário, mantendo apenas as chefias com militares. Deve ter muito sargento e oficial fazendo serviços que auxiliares administrativos de concurso de 2° grau fariam.

Last edited 3 meses atrás by Matheus
Gabriel
Gabriel
Reply to  Matheus
3 meses atrás

Trocar por civis ❔ Pode demitir geral e instalar um software/IA no lugar, isso sim. FAs querendo falar de datalink, drone, C4I e SubNuc enquanto pagam uma penca de gente pra ficar carimbando papel.

detror
detror
Reply to  Gabriel
3 meses atrás

No EUA vc acha que o data link e feito pela USAF ou por empresa civil ? Cara acorda 2023 a maioria dos exercitos modernos do mundo tem seu quadro administrativo em tecnico 80% tercerisado. so o operacional é de carreira.

Bernardo
Bernardo
Reply to  RDX
3 meses atrás

Pois é amigo, pois é!

Joao
Joao
Reply to  RDX
3 meses atrás

Graças a Deus, seu recalque não encontra respaldo.
Gen, cargos e unidades são criados pela presidência.
Regalias eu já fui pra reserva e tô esperando até hj… essa falácia dos recalcados.
Solenidade sempre tem, graças a Deus, pra ressaltar os objetivos atingidos, exaltar nossos heróis, e valorizar as missões cumpridas, estas, geralmente, apoiando as instituições nacionais, que normalmente não conseguem cumprir.

Rafa
Rafa
Reply to  Rodrigo
3 meses atrás

Na época que os CACs tinham que estar presentes fisicamente para apostilar as armas de fogo no acervo de atirador, fui várias vezes no Exército fazer os requerimentos. Uma certa vez eles reformaram o local de atendimento e entrei e fiquei assustado. Tinham 2 caras tocando música ao vivo (violão e cajón), ar condicionado, biscoitos, água e até suco em caixinha. Fiquei ali esperando ser atendido e surpreso, pensando: pô, finalmente. O tanto que a gente paga pra apostilar, Guias, Crafs, mapa de armas, etc.. finalmente melhoraram o atendimento para os CACs. Aí veio um major (isso mesmo MAJOR) me… Read more »

Rafa
Rafa
Reply to  Rodrigo
3 meses atrás

EDITADO:
6 – Mantenha-se o máximo possível no tema da matéria, para o assunto não se desviar para temas totalmente desconectados do foco da discussão.

Tomcat4,5
Tomcat4,5
Reply to  Rodrigo
3 meses atrás

Interessante que há uma notícia/matéria onde se fala da preocupação do Lula com promoção de militares.

“Há um Aerado no ar !!!”rs

Nativo
Nativo
Reply to  Rodrigo
3 meses atrás

Kkkkkkkkkk realmente é difícil não pensar nisso.

deadeye
deadeye
Reply to  Rodrigo
3 meses atrás

Se tiver uma trava na lei, com destinação vinculada ao aumento, isso pode ser evitado.

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Luís Henrique
3 meses atrás

Admita, nem você acredita nisso…

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Luís Henrique
3 meses atrás

Tem gente que gosta de se enganar.

Agora vai. Brasil potência militar, EUA que se cuidem!!

Leonardo Cardeal
Leonardo Cardeal
Reply to  Luís Henrique
3 meses atrás

Mais verba pra contingênciar. No papel é bonito…

Melhor mesmo é varrer as 3 casinhas e deixar tudo enxuto. Seria mais útil do que esses 2% virtuais

Underground
Underground
Reply to  Luís Henrique
3 meses atrás

Todos os aumentos autorizados nas cobranças de saneamento nos últimos anos não resultaram na melhoria do saneamento no país, mas resultaram em aumento nos salários dos funcionários dessas companhias.

Fernando Ferreras
Fernando Ferreras
3 meses atrás

Pode aumentar para até 100% do PIB se não mudar a estrutura dos gastos de nada adiantará.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Fernando Ferreras
3 meses atrás

teria que haver uma trava no aumento de efetivo

Nativo
Nativo
Reply to  Carlos Campos
3 meses atrás

No efetivo de oficiais. Por que de soldados estamos no nível de México, Colômbia, atras da Turquia, Egito e indonesia.

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  Carlos Campos
3 meses atrás

Essa trava já existe. Mas o pessoal prefere criticar sem se informar.

Os comandantes militares não podem aumentar o efetivo de forma indeterminada.

O efetivo máximo de cada forca é estabelecido por lei. O efetivo só pode ser alterado por decreto.
Bem como número máximo de oficiais generais também não pode ser aumentado pelos comandantes, o número de oficiais também.

Sulamericano
Sulamericano
Reply to  Carlos Campos
3 meses atrás

Teria que haver uma reforma completa na estrutura das Forças Armadas do Brasil.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Sulamericano
2 meses atrás

Defendo isso há anos.
Uma dia ainda acabo preso por isso.

Last edited 2 meses atrás by Camargoer.
Marcos
Marcos
3 meses atrás

Deveria ser “amarrada” à essa medida a obrigação de nacionalização mínima de uns 70% dos equipamentos de defesa uma vez que sejam comprados no exterior. Se for pra soldar uma chapa de aço no Brasil e comprar todos os sistemas optrônicos, radares e sensores, por exemplo, de fora não serve pra nada.

Last edited 3 meses atrás by Marcos
Mafix
Mafix
Reply to  Marcos
3 meses atrás

Olha 70% não sei mas algo entre 40 a 60 % é a realidade que pode ser feito .

Um Simples Brasileiro
Um Simples Brasileiro
Reply to  Marcos
3 meses atrás

Ai tem que investir em pesquisa primeiro, porque no estado atual, a indústria de defesa brasileira é incapaz de fornecer 70% de toda a gama de equipamentos necessários em distintas áreas.

Mafix
Mafix
Reply to  Um Simples Brasileiro
3 meses atrás

Fornece até 100% se tiver dinheiro, com dinheiro faz qualquer coisa o problema é o preço de certos componentes que encontra mercado a fora a preços muito baratos se comparado a desenvolver do zero criar uma linha de produção trinar a mão de obra etc …

Zeca
Zeca
3 meses atrás

Do jeito que está, o que realmente vai mudar é a qualidade do buffet e das acomodações.

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  Zeca
3 meses atrás

Essas críticas exageradas contra os militares e a enorme massa de pessoas que pegaram “ódio” dos militares é fruto de uma manipulação midiatica gigantesca para derrubar o presidente anterior. Já conseguiram isso mas as críticas e o ódio contra as forças continuou.

Brasileiro Realista
Brasileiro Realista
Reply to  Luís Henrique
3 meses atrás

Amigo, as forças armadas estão devendo faz tempo, é muita mamata, muito egoísmo rondando os quartéis. E quando digo isso, não estou falando dos patente baixa, mas dos cabeças das tropas. Toda a imagem negativa que tem hoje em dia perante a população, muito foi cultivado pelas muitas atitudes ridículas das forças.

Felipe
Felipe
Reply to  Brasileiro Realista
2 meses atrás

Mamata tem em todo serviço público, a máquina é inchada, ineficiente e no meio civil é ainda pior.

deadeye
deadeye
Reply to  Felipe
2 meses atrás

No meio civil não é pior não. Pela carga de trabalho que eles têm, eles ganham é pouco. Nas F.A sobra gente, no serviço civil FALTA gente.

Leonardo Cardeal
Leonardo Cardeal
Reply to  Luís Henrique
3 meses atrás

Acorda Pedrinho…..

Eder
Eder
Reply to  Luís Henrique
3 meses atrás

Concordo com vc e digo mais,numa democracia forças armadas não devem participar do processo político,pelo contrário devem manter-se distante dele , e além e obedecer as autoridades civis competentes.

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Luís Henrique
3 meses atrás

Negativo. Foi o pateta psicopata e bisonho fujão. Que era presidente. Cuja única aspiração consistia em dar um golpe de estado. Implantar um sei lá o quê. Que foi contido pelos comandante do Exercito. E esperava apoio dos Cacs. Justiça se faça ao lado bom e legalista do Exercito que não aceitou participar dessa patranha.

Felipe
Felipe
Reply to  Antonio Palhares
2 meses atrás

Só não interviram por medo das ameaças do Joe Biden. Agradeça aos EUA.

Paulo Roberto
Paulo Roberto
Reply to  Felipe
2 meses atrás

Exato.Até o diretor da CIA,que nunca pisou em país nenhum da América Latina, veio aqui chamar a turma da caserna pro papo reto

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Felipe
2 meses atrás

Olá Felipe. A gente sabe que o governo dos EUA têm um histórico de interferências e apoios para golpes contra governos democráticos. O Irã sofreu um golpe com apoio da CIA. Os golpes na América Latina também tiveram apoio dos EUA. A tentativa de golpe contra Chavez em 2002 teve apoio dos EUA. Isso são fatos que estão bem documentados. Em 2022, o governo dos EUA se posicionaram fortemente contra qualquer tentativa de golpe no Brasil. Lembro de um alto oficial das forças armadas dos EUA que fez um forte discurso nesta direção em um evento de cúpula militar latino… Read more »

Farias
Farias
Reply to  Luís Henrique
3 meses atrás

As FA não mudaram magicamente no dia 1 de janeiro, nem se tornaram o que são em 2018. O que aconteceu foi que as pessoas abriram os olhos e perceberam que as FA não são as grandes salvadoras da pátria incorruptíveis que elas pregam ser.

Perceberam que tem corrupção lá dentro, e não é pouca.

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  Farias
3 meses atrás

Ah claro, perceberam tanto que votaram na alma mais honesta da Terra. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Pessoal tem memória curta. A corrupção era generalizada, em todas as estatais, em todos os ministérios. E o homem voltou. Acorda.
População assiste grobo, cnn, band. Aqui não é igual os EUA que tem a CNN de esquerda e a Fox de direita. Aqui é tudo mídia de esquerda. 24/7 falando mal do ex-pres.
Agora em 2023 está tendo mais queimadas e desmatamentos na amazônia, ninguém fala nada. Acorda.

Felipe
Felipe
Reply to  Luís Henrique
2 meses atrás

Não adianta, eles fingem que não tão vendo rs.

C G
C G
Reply to  Luís Henrique
3 meses atrás

Eu ri, não precisa de manipulação midiática para denegrir nada, é só olhar a estirpe dos oficiais generais, da ativa ou não, que se propuseram a fazer politica ou seja, que se colocaram na mídia por livre e espontâneas vontade, falsificador de documentos, contrabandista de joias, um de logística que deixa gente morrer sem oxigênio, outro que apoia golpe de estado, outro que ameaça presidente da câmara… é uma seleta parlapatesca razoavelmente ampla para tirarmos uma amostragem, é preciso uma mudança profunda, começando pelo currículo das escolas militares, não adianta apenas o cara ser afiado para calcular a parábola de… Read more »

Caminhante
Caminhante
3 meses atrás

Tomara que seja revertido em equipamentos e não em despesas com salários e administrativas.

Jibóia
Jibóia
3 meses atrás

Aceitem ou não, a verdade é que o pouco que já foi feito para a Defesa nacional, foi justamente durante os governos de esquerda. Basta por exemplo, verificar quando foram elaborados e destinadas as verbas para os programas estratégicos das três forças. Se dependesse da direita brasileira, não teríamos nenhum equipamento top de linha, mas apenas ( mais) sobras de equipamentos dos Yankes da guerra do Vietnã

KKce
KKce
Reply to  Jibóia
3 meses atrás

Quais governos de direita desde a redemocratização? 4 anos de Bolsonaro? É óbvio que os investimentos foram em gov de esquerda, praticamente só a esquerda governou esse país kk

Nativo
Nativo
Reply to  KKce
3 meses atrás

Sarney mairo herdeiro politico dos militares.
Collor com privatizações e abertura de mecado as importações.
Itamar e Fernando Henrique Cardoso continuando com a memsa pokitica do anterior.
Estes governoa foram de esquerda??? Muitos precism sair do YouTube e ler aguns livros nem que seja de geografia do ensino medio.

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  Nativo
3 meses atrás

Meu amigo, o FHC fundou um partido chamado PSDB partido da SOCIAL democracia brasileira.
Traduzindo, partido socialista e democrata.

Onde que ele era de direita ?

Ele apoiou o Lula e foi contra o Bolsonaro.

No Brasil a direita ficou associada aos militares e ao regime militar, então não tinha ninguém de direita até o Bolsonaro chegar.

André Sávio Craveiro Bueno
André Sávio Craveiro Bueno
Reply to  Luís Henrique
3 meses atrás

Socialista? FHC? Nunca foi e nem agiu como. Agiu, sim, como neoliberal e de mercado.

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  André Sávio Craveiro Bueno
3 meses atrás

E o Lula não?
Ser de esquerda não tem a ver apenas com economia.
A China é comunista e resolveu abrir o mercado.

André Bueno
André Bueno
Reply to  Luís Henrique
3 meses atrás

Prezado, diga a nós o que é [um governante] ser de esquerda e quais foram os gestos de FHC à esquerda enquanto presidente.

Felipe
Felipe
Reply to  André Sávio Craveiro Bueno
2 meses atrás

Esquerda caviar limpinha progressista social democrata. Este foi o FHC. Mesmo no PT tem uma ala mais social democrata , vide o Haddad. FHC privatizou muita coisa mas também criou o bolsa escola, auxílio gás, etc, Ou seja fez políticas sociais que o PT só mudou o nome e ampliou depois. FHC é a favor de drogas, aborto, e várias outras pautas que o PT adora, mas fez reformas que foram continuidade do Collor na economia, na minha opinião necessárias à época.

Werner
Werner
Reply to  Nativo
3 meses atrás

FHC era de direita? É serio ,cidadão?
Tivemos 24 anos de esquerda no poder 8 de tucanos e 16 de PeTralhas.

Gustavo
Gustavo
Reply to  Werner
3 meses atrás

Centro direita

André Sávio Craveiro Bueno
André Sávio Craveiro Bueno
Reply to  Gustavo
3 meses atrás

Exato.

Nativo
Nativo
Reply to  Werner
3 meses atrás

Você precisa entender mais sobre direita e esquerda no plano econômico.

Werner
Werner
Reply to  Nativo
3 meses atrás

Engraçado vcs passaram 8 anos no governo do FHC pedindo impeachment e criticando a sua gestão e claro gritando que o PSDB é de direita(mega piada),mas quando o pt chegou ao poder fez um governo com quase todos os programas do FHC,vai entender.
PSDB xPT é igual a menchevic e bolchevique brigando para ver quem é mais vermelho.

Felipe
Felipe
Reply to  Nativo
2 meses atrás

Se não fosse o Collor você não teria carro, e sem o FHC/Itamar você não teria celular e a inflação estaria como na Argentina. Nacionalismo burro ninguém merece.

Jiboia
Jiboia
Reply to  KKce
3 meses atrás

Não amigo! Sei que para alguns é difícil de entender ,mas Bolsonaro é extrema direita.
O Brasil, aliás, sempre foi governado pela direita, com exceção dos anos que o PT esteve a frente do Executivo Federal.

Chega a ser hilário imaginar governos como Collor, Itamar e FHC sendo taxados de esquerda.

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  Jiboia
3 meses atrás

Hilário é sua falta de conhecimento. As mídias esquerdistas taxas todos que são de direita de extrema direita e de extremistas. O Lula eles chamam de centro-esquerda. Rsrsrs O Milei ganhou na Argentina é de extrema direita. A Giorgia Meloni ganhou na Itália também é de extrema direita. Lá na Holanda o Mark Rutte também é de extrema direita. Pessoal cai que nem patinho. E repetem igual papagaio. O que esses nomes têm de extremo? E quais seriam os nomes dos que são de direita sem ser de extrema direita? Simplesmente não existe. Se vc disser que é de direita,… Read more »

Nativo
Nativo
Reply to  Luís Henrique
3 meses atrás

EDITADO

Jiboia
Jiboia
Reply to  Luís Henrique
3 meses atrás

Desisti do debate quando eu li ” as mídias esquerdistas”..kk
Amigo, mesmo que eu ficasse horas debatendo com você os conceitos referentes ao espectro político da esquerda, centro, direita, extrema direita, pelo visto de nada adiantaria.
Já dizia Carl Sagan;
“Não é possível convencer um crente de coisa alguma, pois suas crenças não se baseiam em evidências; baseiam-se numa profunda necessidade de acreditar”.

Se lá na China temos o “Socialismo de mercado”, acho que após a sua explanação poderíamos dizer que Collor, Itamar, FHC e Temer são “Esquerdistas liberais”…

Um abraço e fique bem!

Sergio Machado
Sergio Machado
Reply to  KKce
3 meses atrás

Gov Bolsonaro teve 4 anos e zero iniciativa de Defesa a medio prazo sequer. Teve regalias, cargos a rodo pra inativos e boquinhas pros ativos. Alimentou a sanha dos vampiros de farda, que pensam em si antes do país.
Esse projeto de 2% do PIB deveria ter sido aprovado no governo dele. Tempo e condições teve de sobra.

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  Sergio Machado
3 meses atrás

Quais foram os escândalos de corrupção nos Correios? na Petrobras? na eletrobras? nas estatais? E quais foram os escândalos de corrupção nos ministérios?? Foram mais de 30.000 cargos de confiança cortados, mas o sr. acha que o problema é que teve cargos ocupados por militares? teve um enxugamento gigantesco no número de cargos, muitíssimo menos gasto com cargos de indicação, muitíssimo menos gasto com propaganda para as Emissoras, muitíssimo menos gastos com viagens, hoteis. O ex ficava até em hotel do exército, sem frescura. Veja agora o atual, só fica nos hoteis mais caros, nas suítes presidenciais mais caras. Vai… Read more »

Felipe
Felipe
Reply to  Luís Henrique
2 meses atrás

Nem perca seu tempo, a Trilogia tá infestada de esquerdistas que sonham com um nacionalismo tacanha , idolatram o atual presidente mesmo com todo o seu passado… que fingem que não existiu. Nunca vou idolatrar este ser por causa de umas comprinhas militares, Defesa é importante, mas é só uma parte.

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  Jibóia
3 meses atrás

Esse tipo de comentário não tem lógica alguma, pois a direita só teve o privilégio de governar o Brasil entre 2019 e 2022 e teve o azar de enfrentar uma pandemia mundial no segundo ano de governo e em seguida uma guerra na Europa que causaram uma inflação no mundo todo. Ainda teve o azar de assumir o país com uma lei chamada teto de gastos e com o país quebrado. Já a esquerda sempre governou desde o final do governo militar e fizeram muito pouco para a defesa nacional. Está iniciativa no senado para aumentar o orçamento militar é… Read more »

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Luís Henrique
3 meses atrás

Caro. Das 9 eleições presidenciais desde a CF88, o PT venceu 5 e ficou em segundo em 4. O PSDB venceu duas e ficou em segundo em 4. Collor venceu com o PRN em 1989, partido que praticamente sumiu. Collor foi eleito senador pelo PTB, do Roberto Jefferson. Bolsonaro venceu em 2018 pelo PSL (17), que sumiu ao se fundir ao DEM. Então, como a esquerda (considerando o PT e o PSDB como partidos de esquerda, sendo um trabalhista e o outro social-democrata, venceu 7 das 9 eleições, isso mostra que o eleitorado brasileiro tem um apreço pelas ideias da… Read more »

Ln(0)
Ln(0)
Reply to  Camargoer.
3 meses atrás

“…isso mostra que o eleitorado brasileiro tem um apreço pelas ideias da esquerda. Fato.”

Acredito que era por falta de opções.
Aqui um artigo da veja de 2011
https://www.defesanet.com.br/geopolitica/veja-o-incrivel-caso-do-pais-sem-direita/

E outro do G1 de 2016
https://g1.globo.com/mundo/blog/helio-gurovitz/post/o-renascimento-da-direita-no-brasil.html

Felipe
Felipe
Reply to  Camargoer.
2 meses atrás

Grande parte do eleitorado brasileiro deixa seus valores de lado seduzidos pela política socialista, a direita não se reelegeu por muito pouco, foram 2 milhões de votos de diferença, e por causa do nordeste principalmente por razões econômicas. A maior parte do Brasil é conservadora mas por razões óbvias a barriga fala mais alto e neste ponto a esquerda é mais atrativa, ainda que ilusória. O governo da direita teve de aguentar anos de pandemia, ainda assim o pib cresceu 2,9% no último ano e governo seguinte herdou desemprego caindo e saldo positivo nas contas.

Werner
Werner
Reply to  Jibóia
3 meses atrás

Mas a proposta não veio deles,o interesse deles pode ser outro,as empreiteiras e tots bilionários.
Essa mania de que a esquerda se preocupa com a defesa é risível.

Carlos Campos
Carlos Campos
3 meses atrás

O ideal serial aumentar, mas não repassar esse valor para as forças e sim criar um fundo para compra de materiais, tipo o que a Turquia faz, assim nossos projetos de armas deixariam ser sonhos e virariam realidade, poderiamos exportar essas armas e gerar mais emprego e riqueza no país, 1 por cento do PIB do país é 99bi, se fizéssemos o esforço de colocar 1 por cento do PIB nesse fundo por 3 anos, teríamos 297bi, que rendendo 10 por cento ao ano se bem adminstrado, nos daria 29bi que poderíamos comprar 1 centena de MANSUP ER, 1 centena… Read more »

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Carlos Campos
3 meses atrás

Já dei a idéia antes: 1- fortalecer o MD. No atual jeito que está, cada Força faz o que bem entender, e dane-se a grana do contribuinte. Um MD realmente forte e atuante pra obrigar ( sim, essa é a palavra certa ) as 3 FA’s a terem o máximo de projetos, compra de armas, equipamentos, calibres, etc, em comum, pra otimizar gastos. 2- criar um órgão semelhante ao Direção Francesa de Armamento (DGA) da França, pra gerir projetos das 3 FA’s pra uso comum das 3 FA’s. Isso evitaria projetos que se arrastam a décadas e vão do nada… Read more »

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Willber Rodrigues
3 meses atrás

seria bom, essa ideia

Scudafax
Scudafax
3 meses atrás

Gastar dinheiro em defesa não significa necessariamente aumento da capacidade orgânica de defesa. Deve-se adquirir habilidades e capacidades críticas, sem as quais, 5% ou 10% não fazem diferença:
-Lançamento orgânico de satélites;
-Fabricação orgânica de turbinas aeronáuticas;
-Resiliência nacional em tecnologias críticas, como semicondutores.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Scudafax
3 meses atrás

Turbinas aeronauticas, estamos em um dos melhore momentos para isso, se conseguissemos, desenvolver uma Turbina Elétrica seria ótimo, pois não tem nada do tipo no momento, seria possível com células de Hidrogenio, retiradas do Álcool, assim a aviação seria de carbono neutro, atualmente, querem colocar cilindros de gás dentro dos aviões, atualmente no Brasil esse trabalho seria para Turbomachine, UNICAMP e WEG.

diogocld
diogocld
3 meses atrás

Eu ficaria mais animado se no projeto existisse algum tipo de cláusula que estabelecesse uma relação entre gasto com pessoal e com a aquisição de equipamentos.

Werner
Werner
Reply to  diogocld
3 meses atrás

Deveria ser a maior porcentagem para aquisição de material.
Se for usado para obrad de certad empreiteiras amigas do desgoverno ou compras bilionárias com ToT melhor deixar com o valor atual.

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  diogocld
3 meses atrás

Esse peojeto só tem uma mínima chance de realmente mudar as FA’s pra melhor se:

1- essa grana fosse PROIBIDA de ser usada pra custeio de pessoal;
2- viesse acompanhada de mais reformas visando a diminuição de pessoal;
3- priorizar o P&D, principalmente com parcerias de instiruições militares e civis.

Apenas injetar essa grana na atual esteutura das FA’s seria apenas mais desperdício.

Zé bombinha
Zé bombinha
3 meses atrás

Dobrando o orçamento e não dobrando a estrutura, acredito que possamos investir em material e em quantidade excelentes. Contraponto disso tudo estará os luxos e absurdos maiores ainda que nossas forças poderiam “pedir”. Mas os 2% dariam pra fazer muita coisa. E de todas as formas quem paga somos nós… No choro, mas é.

Rafa
Rafa
3 meses atrás

EDITADO:
6 – Mantenha-se o máximo possível no tema da matéria, para o assunto não se desviar para temas totalmente desconectados do foco da discussão.

Afonso Bebiano
Afonso Bebiano
Reply to  Rafa
3 meses atrás

EDITADO:
6 – Mantenha-se o máximo possível no tema da matéria, para o assunto não se desviar para temas totalmente desconectados do foco da discussão.

Matheus
Matheus
3 meses atrás

Discordo, enquanto não reformarem a forma de como é gasto, não vai adiantar de nada.
Tem que é cortar as asinhas desse pessoal, não dar mais.

Guacamole
Guacamole
3 meses atrás

Prevejo um aumento no soldo do oficialato no dia seguinte que essa PEC passar.
E o material e pesquisa & desenvolvimento? Ah, essa vai ter que esperar, como sempre…

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Guacamole
3 meses atrás

Dê hoje 2% do PIB pra Defesa BR.
Amanhã teremos mais brigadeiros, generais e almirantes que toda OTAN, Russia e China juntos.
Parece exagero meu? Querem mesmo pagar pra ver?

Guacamole
Guacamole
Reply to  Willber Rodrigues
3 meses atrás

Na verdade já é assim.

A MB tinha 10 almirantes de esquadra, 33 vice-almirantes e 73 contra-almirantes. A título de comparação, a Marinha dos EUA tem 9 almirantes e o mesmo número de vice-almirantes”

Fonte: Poder Naval

https://www.naval.com.br/blog/2022/12/16/quantitativo-de-pessoal-da-marinha-do-brasil-2022/#:~:text=A%20MB%20tinha%2010%20almirantes,em%20arquivo%20PDF%2C%20clique%20aqui.

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Guacamole
3 meses atrás

Ah bixo, pelo amor de Deus, pra quê você foi me lembrar dessa matéria….me dá uma raiva imensa só de lembrar disso.
E me dá ainda mais raiva quando eu lembro que TODO SANTO ANO tem almirante indo no Senado chorar por mais verba…

Felipe
Felipe
Reply to  Willber Rodrigues
2 meses atrás

Em abril de 2022 eram na ativa quase 75.000 militares, sendo cerca de 15.000 do CFN. Realmente está inchada demais, o ideal seria 55.000 efetivos no máximo, assim como na FAB. No exercito um efetivo de 210.000, com melhor distribuição aumentando presença no Norte e desconcentrando no Sudeste.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Felipe
2 meses atrás

Olá Felipe. Eu já fiz uma estimativa de qual seria o tamanho da MB para navegar todos os navios ao mesmo tempo, manter uma divisão de fuzileiros, manter a administração, manutenção, pesquisa, saúde e educação. 50 mil;

Sobre a FAB, é preciso lembrar que o sistema de controle e defesa aérea (DECEA) tem 25 mil militares, os quais são financiados pelas taxas cobradas das empresas aéreas. Na conta do efetivo da FAB, é preciso considerar isso.

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  Willber Rodrigues
3 meses atrás

Não é exagero seu. É um delírio. Provavelmente baseado nos últimos anos de marketing e lavagem cerebral contra o ex-presidente e os militares. Os militares Não podem aumentar o efetivo pois existe um teto estabelecido por lei. A lei precisa passar pelo congresso e ser aprovada para aumentar o efetivo. O efetivo das forças foi aumentado porque em 2010 o presidente da época aprovou decretos e leis para tal, pois prometeu orçamento militar maior e que o Brasil iria virar uma potência… Não foram os militares que aumentaram o efetivo por conta própria. Os salários ocorre o mesmo. Os militares… Read more »

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Luís Henrique
3 meses atrás

Ah sim, claro, a culpa é da propaganda, dos reptilianos, de todo mundo, menos dos próprios militares…. É culpa dos outros a MB ter mais almirantes de esquadra, vice-almirantes e contra-almirantes que a USNavy, mesmo que a MB não tenha nem 5% dos meios e projeção de poder da USNavy, né? É culpa dos outros que a MB passou décadas gastando a grana do contribuinte com programas “duvidosos” como São Paulo, seus A-4 e os Trader’s, além de outros vários exemplos de desperdício, né? Mas claro, a culpa é da propaganda, claro… Por gentileza, me economize de suas tentativas pífias… Read more »

Guacamole
Guacamole
Reply to  Luís Henrique
3 meses atrás

A culpa é o Poder Naval e do site Trilogia.
Se não tivessem noticiado, “não teria acontecido”.

Sergio
Sergio
3 meses atrás

Tenho a mais absoluta convicção, de que ,sobre o assunto Forças Armadas, lullistas e bolsonaristas – embora não possam admitir aos respectivos- concordam em gênero, número e grau. O que fazer com os fardados? Não servem pra guerra real, os tempos de quarteladas passaram e pesam sobre os ombros do pobre contribuinte. Difícil…

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
3 meses atrás

Serei negativado, mas eu sou totalmente CONTRA dar qualquer aumento de verba pra pasta da Defesa enquanto as 3 FA’s mantiverem suas falhas administrativas.
Imagine a MB com mais bilhões pra gastar, com a atual estrutura deles.
Apenas mais desperdício de dinheiro.

Rodrigo
Rodrigo
Reply to  Willber Rodrigues
3 meses atrás

Positivado com louvor, mais dinheiro para esse buraco negro onde tudo some.

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  Willber Rodrigues
3 meses atrás

É muito melhor deixa para os ministros do Lula. Esses sabem muito bem o que fazer com o dinheiro. Confia.

C G
C G
Reply to  Willber Rodrigues
3 meses atrás

Sabe aquele ditado “cabeça vazia oficina do diabo”, periga aumentarmos a verba desse povo que pensa em tudo menos defesa nacional e colocarmos a democracia em risco, talvez, apenas talvez o tal inimigo interno esteja dentro dos quartéis!

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  C G
3 meses atrás

Olá CG. Eu recomendo ler aquele documento escrito pelo Instituto Sagres, com a apoio da cúpula do EB e lançado com a presença do vice-presidente, hoje senador, Mourão, sobre um modelo de sociedade.

É decepcionante.

C G
C G
Reply to  Camargoer.
3 meses atrás

Obrigado pela dica, lerei!

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  C G
2 meses atrás

Olá CG. É um texto muito ruim. Há uma proposta de uma sociedade injusta, retrógrada e desigual e pouco democrática.

Apenas como exemplo, sabemos que a maior parte da alimentação do brasileiro é produzida peça agricultura familiar, de pequenos agricultores que produzem desde o básico como arroz e feijão, até toda a diversidade, como legumes e frutas. O texto nem sequer menciona qualquer politica para a agricultura familiar…

Há muita coisa pior.

Felipe
Felipe
Reply to  Willber Rodrigues
2 meses atrás

Todas as críticas que fazem às 3 forças quanto ao excesso de gasto com pessoal se aplica ao Judiciário, MP, Executivo civil e Legislativo. Ainda pior pela quantidade enorme de cargos sem concurso e com altos salários. Acho engraçado essa cobrança toda dos militares sendo que o Estado brasileiro em si é inchado e ineficiente e cheio de cabides. No meio civil é ainda pior.

Nativo
Nativo
3 meses atrás

O governo bolsonaro mostrou o poder de barganha dos militares para seus benefícios. Que serão os únicos beneficiados com esse aumento.
E será muito difícil mudar isso. Por que os políticos não querem problemas com eles, e o povo nem sabe pra que servem.
Uns acham que eles são seus jagunços ( a direita) e os outros que eles são seus inimigos (esquerda) logo: que Deus nos proteja que não sejamos a próxima Líbia, Iraque, Síria ou Ucrânia.

Mafix
Mafix
3 meses atrás

Falando sério 2|% pra que ?

Modernizar Cascavel ?

As forças sempre preferem comprar de fora do que comprar de uma empresa nacional exemplo AVIBRAS etc …

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Mafix
3 meses atrás

Expectativa:
2% do PIB pra comprar equipamento de ponta, novos lotes de Riachuelos, compra de Leopard2A7.

Realidade:
“Modernizar” Cascavel e M113.

Aposto meu couro que, se deram 2% do PIB pros militares, ano que vem AINDA SIM terá almirante no Senado chorando que não tem dinheiro pra sua Instituição se manter funcionando…

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  Willber Rodrigues
3 meses atrás

Esses programas atuais são fruto de um orçamento de 1,1% do PIB, onde 90% vai para o pagamento de pessoal e não sobra quase nada para aquisições.
Caso essa pec seja aprovada e daqui alguns anos entre em prática, aí o sr. verifica se esses programas continuam ou se serão substituídos por equipamentos novos e modernos, aí o sr. Volta aqui criticar ou elogiar.

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Luís Henrique
3 meses atrás

“Esses programas atuais são fruto de um orçamento de 1,1% do PIB, onde 90% vai para o pagamento de pessoal e não sobra quase nada para aquisições.” Ah, e a culpa de 90% dessa verba ir pra soldo/pensões é de quem mesmo? Da Dona Maria merendeira, né? A Defesa tem um dos maiores orçamentos do país, de longe a maior quantidade de dinheiro gasto em Defesa da América Latina. Tú quer mesmo me convencer que, com essa “pouca grana” o EB só co seguiu verba pra “recauchutar” Cascavel? O mesmo EB que ja tesourou várias vezes o n° inicial de… Read more »

Mafix
Mafix
Reply to  Luís Henrique
3 meses atrás

Até um tempo atras o EB alegou que o motivo da diminuição da compra dos Guaranis foi que não tem onde ‘alocar’ uma quantidade acima do suposto ‘corte’ …

E porque motivo o EB não compra e estoca como qualquer outro pais faz?

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Mafix
3 meses atrás

Deixe-me ver se entendí…

O EB que deu a “desculpa” de cortar o n° de Guaranis porque “não tinha aonde alocar” é o mesmo que quer modernizar 200 Cascavéis.
Ué, não tem aonde alocar Guaranis, mas tem lugar pra alocar Guaranis + 200 Cascavéis modernizados?

Ué?

Felipe
Felipe
Reply to  Willber Rodrigues
2 meses atrás

Tivemos uma frota de 223 Urutu operando com 409 Cascavel. Hoje temos mais de 600 Guarani no lugar dos Urutu, o excedente foi para transformar unidades motorizadas em mecanizadas, então de fato levando em conta as várias necessidades que a Força tem não vejo necessidade de se adquirir mais blindados Guarani. Devemos focar no Centauro II e num substituto para os Leopard e M60.

Felipe
Felipe
Reply to  Luís Henrique
2 meses atrás

80% gasto com pessoal , ativa, reserva, pensionistas, 15% custeio das Forças e 5% para investimentos, creio que seja isso.

BK117
BK117
3 meses atrás

Ótimo! Precisamos urgentemente de investimentos, e o orçamento adicional será bem vindo.
Contudo, como colegas já mencionaram, temo pela forma com que parte desses recursos serão aplicados. Já gastamos demais com a estrutura obsoleta das FAs e com os pessoal. Tal aumento deveria ser condicionado a uma completa reformulação da estrutura, carreira e previdência militar, por parte das próprias FAs.

Zorann
Zorann
3 meses atrás

Que tristeza.

Os caras torram tudo em salários, mordomias e benefícios. Ao invés de reformar as forças armadas, acabar com o cabidão, acabar com a mamata, e racionalizar gastos, vão aumentar o orçamento.

A oposição jogando contra, e o governo aceitando para comprar os militares.

Vou abrir uma fábrica de próteses, tadalafila, ou quem sabe de leite condensado.

Mafix
Mafix
Reply to  Zorann
3 meses atrás

Esqueceu de alguns esquemas tipo general “aposentado” que trabalha na Taurus/CBC entre outras empresas .

Esse contrato do Cascavel me parece muito suspeito não acha?

(tudo claro para barrar a industria de armas que estava em pleno crescimento ou voces acham que a CBC quer voce comprando armas no mercado de monopolio deles?)

Zorann
Zorann
Reply to  Mafix
3 meses atrás

Sim perfeito!

O cascavel…. o Mattoso maia sendo mantido em serviço, 10 anos parado no porto, o Ceará em PMG de 10 anos e dando baixa em seguida

Tem muita coisa errada e muita coisa suspeita

C G
C G
Reply to  Zorann
3 meses atrás

O que seria da gente se nao fossem as forças armadas para fiscalizar urna eletrônica né?! Hahahahahhahahahahaha

Allan Lemos
Allan Lemos
3 meses atrás

Expectativa: Novos MBTs, AAs, MTC-300, mísseis anticarro.

Realidade: Aumento de salários e mais benesses para os militares.

Mercenário
Mercenário
Reply to  Allan Lemos
3 meses atrás

Faltou mencionar que simplesmente aumentando gastos, teremos aumento de imposto, ou, no mínimo, nenhum espaço para a redução de impostos.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Mercenário
2 meses atrás

Não. O que se pretende é aumentar os gastos militares com redução dos gastos em outras áreas. Essa é a discussão que precisa.

Sobre a carga tributária brasileira, da ordem de 33%, é menor que a média da OCDE é que e 34%. O problema do sistema tributário brasileiro, além de confuso e com muitas exceções e subsídios, é que a maior parte dos impostos são sobre consumo e produção, enquanto que em países com menor desigualdade social a maior parte dos impostos são sobre a renda e sobre o patrimônio.

Felipe M.
Felipe M.
3 meses atrás

Só sou favorável se esse aumento vier com regras: 1) O percentual de aumento fica proibido de ser gasto em custeio, salvo o custeio comprovadamente decorrente de novas aquisições de tecnologia. O resto, apenas investimento. 2) As forças, no mesmo prazo do aumento, se comprometerem a diminuir o comprometimento do orçamento com custeio, tendo como parâmetro o orçamento anual. Meta de 70% de custeio e 30% de investimento. Não havendo isso. Daqui 10 anos, só o que teremos feito é uma enxurrada de concursos e gastos com custeio, com nenhum ou pouco ganho em material nas forças. O problema é… Read more »

Neural
Neural
3 meses atrás

O problema é como serão feitos os gastos. Se for pra fazer cerimônias e concursos melhore nem aumentar

Gabriel BR
Gabriel BR
3 meses atrás

É o certo a se fazer! É uma demanda em linha com as responsabilidades do Brasil na nova ordem mundial de se descortina diante de nosso olhos.

RODES
RODES
3 meses atrás

expectativa: equipamentos

realidade salários e pensões

várzea total kkkk

Orivaldo
Orivaldo
3 meses atrás

Mais dinheiro jogadora fora. Só perde para o pagamento de juros do Titulo

naval762
naval762
3 meses atrás

Mais uma promessa de muitas.

JapaSp Jantador
JapaSp Jantador
3 meses atrás

Ok. Se nao mudar a estrutura nao adianta muito.
Porém é de se observar o fato que os petistas na área militar fizeram mais do que o “minto” que estava com os militares e nadaram em cargos em Brasília.
Isso se deve ao fato de terem um projeto de país mesmo q seja avacalhado, saí alguma coisa.
Da pra contar 3 partidos hj que tem isso e são de esquerda, o resto é fisiologismo centrao. Missão vem aí pra ser mais um projeto de país e o primeiro à direita.
Podemos sonhar, as coisas tendem a melhorar.

Last edited 3 meses atrás by JapaSp Jantador
Heinz
Heinz
3 meses atrás

Excelente notícia!

Jefferson Ferreira
Jefferson Ferreira
3 meses atrás

Essa medida precisa atrelada a reforma total das forças e obriga que pelo menos 40% da receita seja destinada a investimento em equipamento e estipular um teto para gasto com pessoal… Se não é jogar dinheiro na fogueira

EduardoSP
EduardoSP
3 meses atrás

Deviam pegar esse dinheiro que vai para os milicos e implantar creches para as crianças carentes e construir asilos para uma população que está envelhecendo.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  EduardoSP
3 meses atrás

Eu também acho urgente a ampliação da rede de escolas de ensino infantil, mas discordo da ideia de “asilos”. Para a população idosa, basta uma reforça das cidades para que se tornem amigáveis ao idoso (calçadas planas, acessos para cadeirantes, construção de espaços culturais comunitários e praças, transporte público adaptado e ampliação do trabalho dos agentes de saúde para apoiar os idosos).

Asilo é um conceito equivocado para tratar o envelhecimento

Felipe
Felipe
Reply to  EduardoSP
2 meses atrás

Não entendi, o que faz neste blog se acha que a Defesa não importa? É cada um viu

Um Simples Brasileiro
Um Simples Brasileiro
3 meses atrás

Um verdadeiro milagre os políticos brasileiros estarem pensando em projeto de Estado e não governo.

JapaSp Jantador
JapaSp Jantador
Reply to  Um Simples Brasileiro
3 meses atrás

Também acho, e o certo é isso, até pilantras tem de proteger e evoluir o país nem que seja pra sugar mais.

adriano Madureira
adriano Madureira
3 meses atrás

De quê adianta aumentar para 2-3-4% do PIB se a maior fatia do bolo( + de 80%) continuará sendo para ativos, aposentados e pensionistas, sobrando um farelo para aquisições, manutenção e P&D ?!

A destinação da maioria dos recursos para salários e pensões mostra como as Forças Armadas brasileiras focam mais em pessoal do que em tecnologia e estrutura.

adriano Madureira
adriano Madureira
3 meses atrás

O problema de nossa defesa é nossas forças armadas serem dependentes de material europeu ou americano, que são bons mas caros… Infelizmente o Brasil e nossos chefes militares são muito conservadores, tradicionalistas, preferem ficar no comodismo ao invés de procurar outros mercados para adquirir armamentos que poderiam muito cair bem aqui. Países como Coréia do Sul , Turquia, monarquias do golfo , certamente tem produtos a nós oferecer e que poderiam sanar algumas das nossas deficiências. Até nossos vizinhos devem ter algo a oferecer, nós queremos que nossos hermanos sulamericanos comprem nossos produtos, mas o Brasil fazer o mesmo, duvido… Read more »

Augusto
Augusto
3 meses atrás

Eu como leigo no assunto mas interessado penso que a porcentagem atual de 35% para a produção local é inferior,o correto para mim é no mínimo 45%.

Last edited 3 meses atrás by Augusto
Gustavo
Gustavo
3 meses atrás

Se for pra aumentar para continuar comprando jipe do estrangeiro e melhor deixar do jeito que está, se esse aumento for para estimular indústria nacional e bem vindo.

Last edited 3 meses atrás by Gustavo
marku
marku
3 meses atrás

mais dinheiro pra pagar salário e pensão só

Carvalho2008
Carvalho2008
3 meses atrás

Brasileiro eh omaior sabotador do brasileiro…..90 comentarios …sem comentar nada….

um acha que so se compra leite condensado….e o outro nao sabe o que fazer comos dois tostoes a mais….vamos falar da vizinha….

Felipe M.
Felipe M.
Reply to  Carvalho2008
3 meses atrás

Você acha que a solução é simplesmente aumentar o orçamento? Isso não deve estar atrelada a nenhum choque de gestão nas forças, que chegaram no patamar de gasto de mais de 80% do orçamento SÓ com pessoal?

Gustavo
Gustavo
Reply to  Felipe M.
3 meses atrás

A questão não essa, a questão é a seguinte vão aumentar para desenvolver indústria defesa nacional, ou para comprar equipamentos usados dos Estados Unidos.
Artilharia 1bilhao do estrangeiro em vez desenvolver local falam que não é possível por causa do investimento, 2%e muita coisa , como vai ser , qual vai ser a desculpa.

Carvalho2008
Carvalho2008
Reply to  Felipe M.
3 meses atrás

Quais suas propostas, e de forma organizada? Gostariamos de ouvir.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Carvalho2008
3 meses atrás

Olá Carvalho. Eu não sei o que o Felipe defende, mas considerando que a maior despesa do MinDef é com pessoal inativo, seguido dos gastos com pessoal ativo de carreira (os 90 mil jovens que cumprem serviço militar custam cerca de 1% do orçamento) e da crônica falta de recursos para custeio, parece-me que é preciso: 1. Uma reforma da previdência militar, adotando o teto do INSS. 2. Uma redução expressiva do efetivo. 3. Uma repactuação dos gastos de custeio, visto que a FAB e a MB estão subfinanciadas e que as duas são a linha de frente da defesa… Read more »

Mafix
Mafix
Reply to  Carvalho2008
3 meses atrás

Tipo as forças sabotando a industria nacional comprando de fora né ?

Lembra do projeto do ALAC e de uma tal de AVIBRAS que quase entrou em falencia até algum tempo atras por falta de compras dos tais ‘brasileiros” das forças armadas?

carvalho2008
carvalho2008
Reply to  Mafix
3 meses atrás

O que o Eb comprou alternativamente de fora , ao alegado, meu amigo?

Mafix
Mafix
Reply to  carvalho2008
3 meses atrás

Comprou Javelin(Não temos nada parecido mas creio que é possivel fabricar com a tecnologia nacional) , AT4 (ALAC versão nacional que poderia ser até exportado por ser mais barato) entre outras varias armas..

Carvalho2008
Carvalho2008
Reply to  Mafix
3 meses atrás

Entao nao havia nada nacional disponivel. Os lotes de testeabdos demaisbforam adquiridos e dentro de sua respectiva categoria restrita

Scudafax
Scudafax
3 meses atrás
Marcelo Danton
Marcelo Danton
3 meses atrás

AVISO!!
A região de Roraima esta desprotegida e ameaçada de ser invadida pela Venezuela para atacar/ocupar “região essequiba”…esse movimento por sua vez, vai servir de ótimo pretexto para a OTAN na eterna figuras de EUA, Inglaterra e França…ocuparem Toda a região Raposa Serra do Sol/Roraima.
Se não querem ofensas e guerra..Preparem-se para ela.. Cadê a movimentação de forças na região?! Ele “maduro” vai atacar no NATAL.

MATHEUS AUGUSTO
MATHEUS AUGUSTO
Reply to  Marcelo Danton
3 meses atrás

Beleza mano

C G
C G
Reply to  Marcelo Danton
3 meses atrás

Ja chegou o disco voador!

Mustafah
Mustafah
3 meses atrás

Esse percentual vai com certeza sair de aumento de carga tributária em cima da população já soterrada pelo crescente aumento das despesas públicas que tem de custear. E como bem sabemos, vai financiar umas FFAA super concentrada no RS, BSA e RJ, onde tem Tenente Coronel fazendo função de Major pelo excesso de Oficiais, unidades incompletas, recusa do Comando do emprego efetivo da tropa contra as reais ameaças a nação e um adoracao pela aquisição de porcarias como o IA2, que já nasceu obsoleto. Em resumo, mais dinheiro, mais pensões, mais próteses, mais leite condensado, mais picanha

Diego Tarses Cardoso
Diego Tarses Cardoso
3 meses atrás

Essa proatividade da esquerda em favor das forças armadas me surpreende, se for sincera, o que vindo dessa turma é impossível na minha visão, é algo novo no Brasil.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
3 meses atrás

Aí vamos ter grana para reequipar as forças armadas.

jairo
jairo
3 meses atrás

Poderiam colocar no texto da lei um valor obrigatório para investimentos em materiais e pesquisa.
Isso é política de Estado. é o que falta no Brasil.

Sds,

Jairo

Bernardo
Bernardo
3 meses atrás

A conversa com o governo é cabulosa mesmo.

contribuinte
contribuinte
3 meses atrás

acho muito dinheiro para uma Gerdarmie

Tutor
Tutor
3 meses atrás

90% vai para aumentar salários e pensões.

GRAXAIN
GRAXAIN
3 meses atrás

Com o atual horizonte orçamentário e ambiente político, alguém acredita nisso?

Snake
Snake
Reply to  GRAXAIN
3 meses atrás

Vamos lembrar meu camarada que 90 % dos atuais programas militares são herança do atual governo, mais já te adianto não tenho político de estimação

Snake
Snake
3 meses atrás

Juro por Deus que não entendo o brasileiro, mais eu juro por Deus, se da verba, não pode dar dinheiro pra eles tá errado, se faz contigenciamento, a não isso não pode malditos políticos, na moral acho que essa galera não sabe nem o que quer pra eles próprios muito menos pro seu país, acho na verdade que os comentários aqui na trilogia virou um circo político isso sim

Last edited 3 meses atrás by Snake
Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Snake
3 meses atrás

Snake. Todo governo precisa apresentar uma lei orçamentária para o próximo ano. Esta lei descreve os gastos que serão feitos e apresenta a expectativa de receita tributária, a partir de uma estimativa do Bacen e do MinFaz. A lei de responsabilidade fiscal proíbe o governo de obter crédito para pagamento de custeio, inclusive salários. Estes gastos só podem ser pagos com receita tributária. A lei também determinar que a prioridade dos gastos são os salários, como em qualquer empresa. Todo mundo que trabalha deve ser remunerado no valor do contrato. A lei de responsabilidade também determina que a previsão dos… Read more »

JGF
JGF
2 meses atrás

DUVIDO. Não tem recurso..

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  JGF
2 meses atrás

Caro. Há recurso. A pergunta é qual a prioridade do gasto público. Hoje, a carga tributária é de 33% do PIB, sendo que cerca de 1,2% vai para a Defesa. Para aumentar os gastos para 2%, ou se aumenta a carga tributária para 35% do PIB ou se repactua o orçamento federal, reduzindo outras áreas para aumentar a defesa.

Isso é efetivamente uma decisão política que serve para priorizar as áreas do orçamento público.

Matheus Mascarenhas
Matheus Mascarenhas
2 meses atrás

A folha de pagamento do pessoal ta garantida.