Coreia do Norte envia tropas para região de fronteira após suspender acordo militar com a Coreia do Sul

19

Regime de Kim Jong-un suspendeu um pacto militar que mantinha com o vizinho após lançar seu primeiro satélite espião. Armas também foram enviadas para a fronteira

A Coreia do Norte enviou armas e tropas para a região da fronteira com a Coreia do Sul após suspender um acordo militar que mantinha com o país vizinho. As informações foram publicadas na segunda-feira (27) pela agência sul-coreana Yonhap.

O tratado foi assinado em 2018 e acabou sendo suspenso na quarta-feira (22) — um dia após a Coreia do Norte lançar seu primeiro satélite militar.

“Nos retiraremos das medidas militares tomadas para prevenir tensões militares e incidentes em todas as áreas, como terra, mar e ar, e colocaremos forças fortemente armadas e equipamento militar avançado nas zonas fronteiriças”, afirmou o Ministério de Defesa norte-coreano.

A Coreia do Sul também anunciou que pretende retomar operações militares de vigilância na fronteira após o lançamento do satélite norte-coreano.

O satélite Mallingyong-1 é considerado um equipamento espião pela Coreia do Sul e aliados. Nos últimos dias, o governo da Coreia do Norte disse que Kim Jong-un teve acesso a imagens feitas pelo dispositivo.

Entre os registros feitos pelo satélite estão imagens de bases militares dos Estados Unidos na Coreia do Sul e em solo norte-americano.

Lançamento do Mallingyong-1

FONTE: G1

Subscribe
Notify of
guest

19 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Nickless
Nickless
2 meses atrás

com outros conflitos pelo mundo o gordinho ficou de lado e agora quer atenção.

Akauã
Akauã
Reply to  Nickless
2 meses atrás

Pois é…

Oq q tem na cabeça desse povo?

Rússia X Ucrânia

Hamas+hezbolah+irã X Israel

Venezuela X Guiana

CN X CS

Eu hein.. estão tentando sangrar os US só pode.. hahah

PACRF
PACRF
Reply to  Akauã
2 meses atrás

“O que tem na cabeças desse povo”, é consequência da desigualdade sócio-econômica que existe no mundo, aliada com questões de natureza ideológica e étnico-religiosas. Cenário perfeito para surgir líderes como o da Coreia do Norte. Aliás, esse cenário não é muito diferente do existente no Brasil, infelizmente.

Akauã
Akauã
Reply to  PACRF
2 meses atrás

Ah sim, existe o contexto social, economico e ideológico.. mas “engraçado” q parece q ta tudo junto né? Meio coordenado, sei lá… apenas divagando…

“O que tem na cabeças desse povo” – falta de louça pra lavar… vamos fazer guerra

Atirador 33
Atirador 33
Reply to  Akauã
2 meses atrás

Coloco nessa lista China e Taiwan. Não sou especialista para fazer uma analise técnica, mais esses conflitos já em curso e que se desenham, me parece ser uma tática da Rússia e da China para fazer os “EUA sangrar” sim, Rússia tem influência sobre o Irã e Síria, China tem influência sobre a CN, e ambos tem influência sobre a Venezuela, por isso a eminencia desses conflitos. Caso esses conflitos se escalem, entraríamos na terceira guerra mundial, EUA não teria condições de abrir 5 frentes de combates espalhadas pelo mundo, porém quem tem aliado forte, não morre sozinho, França e… Read more »

JHF
JHF
Reply to  Atirador 33
2 meses atrás

Deveriam assistir menos filme no cabo ou na Globo. A Rússia não vai invadir país da NATO, nem China vai invadir Taiwan. Só pelo fato de ser exatamente o que os States quer, além de ser contraproducente e uma bobagem ferroviária. Taiwan vai voltar a China pela.politica e a Rússia quer e a OTAN o mais longe possível de Moskow. O contrário 3 repetido na mídia o tempo todo e vc bem a colocar aqui como verdade pétrea. Conta outra….

Marcelo Andrade
Marcelo Andrade
2 meses atrás

Vem cá, alguém no século 21 achou que nunca foram fotografadas instalações militares dos 2 lados? O gordinho ficou com ciúmes e quer aparecer na CNN tb!

Carlos Campos
Carlos Campos
2 meses atrás

é só dar comida para eles que eles voltam para cima

Fabio Araujo
Fabio Araujo
2 meses atrás

Venezuela e agora Coreia do Norte com provocações, o que esta acontecendo todo mundo quer guerra?

KKce
KKce
Reply to  Fabio Araujo
2 meses atrás

Essas provocações da Coreia do Norte já não são de hoje, mas essa da Venezuela realmente é coisa nova.

Marcelo Soares
Marcelo Soares
2 meses atrás

Pergunta de leigo: Qual seria “finalidade” de um conflito entre as Coreias? “Reunificação” da península? Destruição do adversário? É difícil entender esses motivos.

Nickless
Nickless
Reply to  Marcelo Soares
2 meses atrás

Nada melhor do que um inimigo imaginário pra gastar tudo e mais um pouco em equipamentos militares. o povo norte coreano tem mais medo dos eua/coreia do sul do que da fome.

JHF
JHF
Reply to  Marcelo Soares
2 meses atrás

Teatro para receber mais comida agora no inverno. Bola q segue.

Andromeda1016
Andromeda1016
2 meses atrás

O buraco é mais embaixo. Esse acordo com a CN foi assinado pelo presidente anterior que era de esquerda, que para muitos não passam de espiões e agentes dos comunistas do norte. Por meio desse acordo foi definido entre outras coisas a suspensão dos treinamentos militares do sul e a proibição de ambos os países de entrar, sobrevoar, fiscalizar a zona desmilitarizada e realizar atividades militares em regiões adjacentes. Esse acordo foi a festa para a CN uma vez que o presidente anterior do sul garantiu que o acordo fosse cumprido à risca no sul, mas para estes não havia… Read more »

Macgaren
Macgaren
2 meses atrás

A fome deve ter apertado e vai fazer pressão para receber outra doação americana.

O jeito é esperar que os EUA não tenham gasto todo dinheiro na Ucrania e em Israel.

Bosco
Bosco
2 meses atrás

Olha o complexo industrial militar americano agindo.
Deve ter caído um meteoro de kryptonita na Coreia do Norte.

Gabriel
Gabriel
2 meses atrás

Traz a insulina que o gordo do foguete tá delirando kkkkkkkkkk
Foi o homem laranja (Trump) sair do cargo que todos os malucos botaram as asas de fora, impressionante
Ao menos a BID de Seoul se fortaleceu ao longo do tempo, tomara Deus que não entrem em ação…

wilhelm
wilhelm
Reply to  Gabriel
2 meses atrás

Briguinhas ideológicas a parte, é impressionante o desenvolvimento tecnológica da Coréia do Norte, considerando as circunstâncias.

Se até um país falido consegue, imagina o que o Brasil conseguiria fazer se fosse um país sério.

KKce
KKce
Reply to  wilhelm
2 meses atrás

Brincando de fazer bombinha enquanto seu povo basicamente vive no século passado. Impressionante mesmo.