A Saab recebeu um pedido da Administração Sueca de Material de Defesa (FMV) para o MSHORAD, a solução de defesa antiaérea móvel de baixa altura. O período do contrato é de 2024 a 2026 e o valor do pedido é de aproximadamente 300 milhões de coroas suecas. A Saab registrou o pedido no quarto trimestre de 2023.

A FMV e as Forças Armadas Suecas utilizarão o MSHORAD em duas configurações, ambas integradas à viatura blindada BvS10, para melhor definir os futuros requisitos de defesa antiaérea móvel da Suécia.

“Estamos orgulhosos que nosso cliente sueco tenha escolhido usar a solução móvel de defesa antiaérea de baixa altura da Saab para essa finalidade. Este sistema é verdadeiramente móvel, fornecendo proteção crucial para as forças no campo de batalha”, afirma Görgen Johansson, chefe da área de negócios Dynamics da Saab.

O MSHORAD da Saab é uma solução integrada em uma viatura que pode identificar, engajar e destruir ameaças aéreas, incluindo SARP (Sistemas de Aeronave Remotamente Pilotada) e helicópteros blindados, de forma rápida e eficaz. O sistema consiste em uma unidade de radar móvel, com base no radar Giraffe 1X, e uma unidade de tiro móvel, com base no RBS 70 NG, todas conectadas à solução de comando e controle de defesa antiaérea da Saab, GBAD C2.

Sobre a Saab

A Saab é uma empresa líder no segmento de defesa e segurança com a contínua missão de ajudar nações a manter a segurança da população e da sociedade. Com a força de 20.000 funcionários, a Saab está em constante expansão das fronteiras tecnológicas para criar um mundo mais seguro, sustentável e igualitário. A Saab desenvolve, produz e mantém sistemas avançados em aeronáutica, armamentos, comando e controle, além de sensores e sistemas subaquáticos. A Saab tem sua sede na Suécia, tem operações de grande porte em todo o mundo e faz parte dos recursos de defesa de diversas nações.

No Brasil, a Saab mantém uma parceria de longo prazo e fornece diversas soluções avançadas, tanto civis quanto militares. Com o Programa Gripen, a empresa estabeleceu uma ampla transferência de tecnologia que está beneficiando a indústria de defesa nacional.

DIVULGAÇÃO: Saab / MSL Group

Subscribe
Notify of
guest

5 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
José Pereira
José Pereira
1 mês atrás

O radar Giraffe 1X não poderia ficar instalado na mesma viatura que o Rbs 70?
Otimização de meios, rapidez no deslocamento, diminuição de custos operacionais.

Bosco
Bosco
Reply to  José Pereira
1 mês atrás

José,
Se formos pensar exclusivamente na defesa contra drones do grupo I e II a sua percepção estaria correto tendo em vista o alcance reduzido em que essas ameaças são detectadas, mas dentro de um contexto de defesa mais genérico (aviões, helicópteros, mísseis cruise, etc) um único radar cobre uma área coberta por vários veículos lançadores de mísseis.
Isso reduz muito o custo de uma bateria.

Heinz
Heinz
1 mês atrás

Excelente produto, acredito que seja um forte concorrente para equipar o guarani AA, eu só colocaria um ou dois canhões de 20 mm como defesa de saturação.

Atirador
Atirador
Reply to  Heinz
1 mês atrás

Canhões de 20mm não possuem munições air burst dificultando acertar o alvo

Heinz
Heinz
Reply to  Atirador
1 mês atrás

pode ser um de 30mm tbm.