A Polônia, juntamente com a Alemanha e os Países Baixos, assinou na semana passada em Bruxelas o “Schengen Militar”, destinado a facilitar a mobilidade de tropas e o transporte de equipamento pelo território dos três países. Abrirá corredor de ajuda para a Ucrânia

Ao lado da Alemanha e dos Países Baixos, a Polônia é um dos signatários do chamado “Schengen Militar”, acordo assinado na semana passada em Bruxelas, e que visa impulsionar a mobilidade de tropas e o transporte de equipamento pelos territórios dos três países.

É um passo inicial num processo que tem em vista a criação de uma zona militar alargada na Europa, inspirada no espaço Schengen, que teve início em 1985 e que permite a livre circulação de pessoas em 27 países do velho continente.

O “Schengen Militar” vai proporcionar à Ucrânia um corredor de assistência, ao mesmo tempo que apoiará, caso seja necessário, o flanco leste da OTAN.

A segurança interna e externa da Polônia ainda continua a ser um dos principais desafios do governo de Donald Tusk.

A embaixadora dos Países Baixos na Polónia fala num “corredor militar harmonizado”. “É um sinal de que estamos apoiando a Ucrânia e, nesse sentido, estamos também contribuindo para defender a Europa”.

Para a Polônia, vizinha da Rússia e Bielorrússia, é importante, desde logo, por razões de segurança, mas também pela relação com a União Europeia.

FONTE: Euronews

Subscribe
Notify of
guest

14 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Underground
Underground
18 dias atrás

Polônia: Donald Tusk;
EUA: Donald Duck.

Heinz
Heinz
18 dias atrás

A Polônia está a passos largos para ser o exército mais forte da Europa e uma das forças aéreas mais bem equipadas, naturalmente eles odeiam os russos, vide os anos que passaram na coleira dos comunistas.

Vinicius
Vinicius
Reply to  Heinz
18 dias atrás

Mas a que custo?? Investir em defesa é o que todo país deve fazer, porém a Polônia passou bastante do ponto. Com tantos problemas internos e muito dinheiro pra investir deveriam transformar o país numa potência tecnológica.

Pedro
Pedro
Reply to  Vinicius
18 dias atrás

Bom..não adianta ser uma potência tecnológica se invadida…

Bernardo
Bernardo
Reply to  Vinicius
17 dias atrás

isso só veio no fim de um processo de enriquecimento da Polônia. teve bastante brasileiro que foi trabalhar lá na área de TI inclusive pq pagava muito bem (mto acima de outros países da UE) há uns anos (tem um certo tempo). mas são preciso décadas e décadas pra fazer o que alemanha, coreia, israel, japao etc fizeram em…. decadas e decadas. ngm vira potencia tecnologica do dia pra noite nem em 20 anos. não foi nenhuma maluquice como aconteceu em alguns países da africa ou oriente medio de transformar riqueza só em armas, que infelizmente, detonou muitos países que… Read more »

grochowski
grochowski
Reply to  Vinicius
17 dias atrás
grochowski
grochowski
Reply to  Heinz
17 dias atrás

A época da Rússia comunista é só um dos capítulos. A verdade é que desde que a Polônia-Lituania ocupou o moscou por cerca de um ano os moscovitas odeiam os poloneses.

Daí o ódio é mútuo, uma vez que por mais de 300 anos os russos tentaram suprimir a língua e cultura polonesa, inclusive roubando algumas coisas desta, tipo a vodka, que tem origem polonesa e não russa.

FABIO MAX MARSCHNER MAYER
FABIO MAX MARSCHNER MAYER
Reply to  Heinz
15 dias atrás

A Polônia é o pais de maior crescimento econômico da Europa, numa média dos ultimos anos. Deixou de ser economia de terceiro mundo para entrar no primeiro e hoje, éuma potente industria metal mecânica e tecnológica. E sua preocupação militar é focada justamente na Rússia, eles temem os russos, porque sua história como nação sempre teve a Rússia no caminho, tentando impedir sua independência. Até mesmo o erro de não prevenir-se contra a Alemanha nazista, foi causado por medo da Rússia, eles achavam que a Alemanha os protegeria de Stalin, e no fim, partilharam seu territorio.

Hcosta
Hcosta
18 dias atrás

Não há mais informações?
É permanente, é uma simplificação de procedimentos, implica novas infraestruturas, etc…???

Nativo
Nativo
18 dias atrás

Irmandade eslava ? Rússia e otan destruiram.

Emmanuel
Emmanuel
17 dias atrás

Aquela coceirinha alemã quando passar ao lado do corredor polonês…

Gustavo
Gustavo
17 dias atrás

Polônia vai ser exercito mais forte da Europa, com armas dos outros, não existe potência militar sem indústria defesa autônoma.

Lord-M
Lord-M
Reply to  Gustavo
17 dias atrás

Sim; quase tudo de prateleira e comprado a crédito estrangeiro…

C G
C G
Reply to  Gustavo
16 dias atrás

Tem algumas coisas que serão produção local e ToT alem de que coisas mais sofisticadas tem se saído bem com varios países unidos no desenvolvimento e produção, é um processo, a Polônia não vai cair da árvore e se tornar um polo de produção de armas!