Trump diz que ‘encorajaria’ a Rússia a atacar os aliados da OTAN que não pagam as suas contas

140

Donald Trump disse que iria “encorajar” a Rússia a atacar qualquer membro da OTAN que não pague as suas contas como parte da aliança militar ocidental.

Num comício no sábado, ele disse que certa vez disse a um líder que não protegeria uma nação com pagamentos atrasados e que “encorajaria” os agressores a “fazerem o que quiserem”.

Os membros da OTAN comprometem-se a defender qualquer nação do bloco que seja atacada.

A Casa Branca classificou os comentários de “terríveis e desequilibrados”.

Dirigindo-se à multidão durante o comício na Carolina do Sul, Trump disse que fez os seus comentários sobre a Rússia durante uma reunião de líderes dos países da OTAN.

Lembrou que o líder de um “grande país” apresentou uma situação hipotética em que não cumpria as suas obrigações financeiras no seio da OTAN e foi atacado por Moscou.

Trump disse que o líder perguntou se os EUA ajudariam o seu país nesse cenário, o que o levou a emitir uma repreensão.

“Eu disse: ‘Você não pagou? Você é delinquente?’… ‘Não, eu não protegeria você, na verdade eu os encorajaria a fazer o que quiserem. Você tem que pagar.'”

Um porta-voz da Casa Branca disse que o ex-presidente estava “encorajando invasões de nossos aliados mais próximos por regimes assassinos” e classificou os comentários de “terríveis e desequilibrados”.

Ele acrescentou que a declaração “põe em risco a segurança nacional americana, a estabilidade global e a nossa economia interna”.

Trump, o favorito para concorrer novamente como candidato republicano nas eleições presidenciais dos EUA deste ano, há muito que critica a OTAN e o que considera um fardo financeiro excessivo para os Estados Unidos para garantir a defesa de outras 30 nações.

A Rússia lançou a sua invasão em grande escala da Ucrânia em 2022, depois de Trump ter deixado o cargo. Desde então, ele lamentou a quantidade de dinheiro dos EUA enviado à Ucrânia, que não é membro da OTAN.

Os EUA forneceram à Ucrânia mais apoio financeiro do que qualquer outro país – totalizando mais de 44 bilhões de dólares desde a invasão de 2022, de acordo com dados da Casa Branca de Dezembro.

No entanto, os republicanos no Congresso bloquearam desde a virada do ano todos os novos financiamentos – exigindo medidas duras para restringir a migração para os EUA na sua fronteira sul, e depois recusando a lei alterada quando foi apresentada no início desta semana.

Trump comemorou essa rejeição durante o comício de sábado, dizendo que as propostas feitas pelo presidente Biden foram “desastrosas”.

As duas questões foram agora separadas com sucesso, o que significa que os senadores podem agora debater o dinheiro da ajuda separadamente.

FONTE: BBC

Subscribe
Notify of
guest

140 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Underground
Underground
19 dias atrás

Não sou fã de Donald Duck, mas nesse caso tá certíssimo.

Orivaldo
Orivaldo
Reply to  Underground
19 dias atrás

Se falar qualquer coisa favorável a Rússia você usará esse argumento

Jack
Jack
Reply to  Orivaldo
19 dias atrás

Os russinhos de Nova Iguaçu são todos iguais. Aceitam qualquer lixo pró Rússia. São como filhotes de passarinho no ninho com os biquinhos abertos.

Last edited 19 dias atrás by Jack
Bruno
Bruno
Reply to  Jack
17 dias atrás

Taí, gostei do termo. Poderiam marcar uma “pelada”: “Russinhos de Nova Iguaçu” x “Patriotas de Miami”.

Fernando
Fernando
Reply to  Orivaldo
19 dias atrás

Porque os americanos precisam morrer pelos europeus?
Vai lá você tonto mandar a FEB denovo tbm, depois vai lá passar férias e ser chamado de macaquito

Alfredo Araujo
Alfredo Araujo
Reply to  Fernando
19 dias atrás

Desde sempre, os americanos morrem na Europa para não terem q morrer no seu próprio solo. Lutar as suas guerras longe de seu território doméstico, foi, e continua sendo, o principal foco dos americanos.
.
Não se engane. Os EUA estão gastando dinheiro com defesa da Europa, ou em qualquer lugar do mundo, não para defender europeus… Estão lá, pura e exclusivamente, protegendo os seus interesses e levando a “treta” para longe de casa .

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Underground
19 dias atrás

Caro. È preciso separar o “candidato” do “eleito”. Talvez Trump faça isso mesmo se for eleito, mas por enquanto é apenas retórica eleitoral

Há meses eu comentei que Trump se colocaria em oposição á Biden neste assunto como forma de polarizar a eleição. Bingo

Dizer que ele estaria pressionado os europeus para contribuir mais com a Otan é um modo diferente de dizer “nos vamos priorizar os EUA”. Nada de novo.

No One
No One
Reply to  Camargoer.
19 dias atrás

Não precisa ser nenhum analista com grande conhecimento para entender isso.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  No One
19 dias atrás

Deveria ser assim, mas basta ler a maioria dos comentários para perceber que, ao menos aqui na trilogia, este tipo de análise é mais exceção que regra, sem mencionar que fui o primeiro a comentar isso há meses atrás.

Fica fácil depois que alguém colocou o ovo em pé.

Henrique
Henrique
Reply to  Camargoer.
19 dias atrás

“Talvez Trump faça isso mesmo se for eleito”

vai ganhar um speedrun impeachment kkkk

Fábio CDC
Fábio CDC
Reply to  Henrique
17 dias atrás

Só se não tiver maioria na Câmara e/ou Senado.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Fábio CDC
17 dias atrás

Olá Fábio. Bem colocado. As eleições legislativas nos EUA ocorrem a cada dois anos. Mesmo que o presidente seja eleito com maioria, ele pode perdê-la no meio do mandato, ou vice-versa.

Joanderson
Joanderson
Reply to  Underground
19 dias atrás

Toda União Europeia ja foi superada pela economia chinesa.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Joanderson
19 dias atrás

“It is the second largest economy in the world in nominal terms, after the United States and the third one in purchasing power parity (PPP) terms, after China and the United States. The European Union’s GDP estimated to be around $19.35 trillion (nominal) in 2024 representing around one sixth of the global economy.”

Google

Gabriel Pereira Lima
Gabriel Pereira Lima
Reply to  Hcosta
18 dias atrás

Mesmo em paridade de poder de compra a China supera já que estão em primeiro lugar.

Plinio Jr
Plinio Jr
Reply to  Joanderson
18 dias atrás

E daí ? vc acha que vão abrir mao da União Européia por isto ?
Claro que não ….

Wagner
Wagner
19 dias atrás

Trump ganha a eleição sem dúvidas, mas será um pária mundial, com voz no Facebook.

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Wagner
19 dias atrás

Certamente vencerá, liderá todas as pesquisas nacionais e em estados chave e nunca houver um candidato à reeleiçāo tāo impopular tāo perto da disputa, nāo é à toa que o outro lado está tentando dar uma de Fluminense para ganhar no tapetāo.

Mas pária? Nāo havia um único líder mundial que nāo o respeitasse, até mesmo seus inimigos.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Allan Lemos
19 dias atrás

Ele falou isso e foi lá ver o Kim, inclusive ele ensina essa mesma tática no seu livro, o Biden taí vendo o gordo ameaçar todo mundo bombardear a Coréia do Sul e não fez nada

Nativo
Nativo
Reply to  Carlos Campos
17 dias atrás

Pelo menos não foi apertar a mão de quem ameaça os EUA.

Rui Mendes
Rui Mendes
Reply to  Allan Lemos
18 dias atrás

Tás muito enganado, respeitam o presidente dos EUA, agora ao Trump, muitos acham o que ele é, um saloio, milionário, um completo ignorante, sem educação nenhuma.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Wagner
19 dias atrás

Caro. Ainda é cedo para afirmar qualquer coisa sobre as eleições nos EUA. Al Gore perdeu no fim. Hillary também era favorita no começo.

As pesquisas agora mostram que Trump seria o favorito, mas é um quadro de hoje.. é aquela frase do Bonner “Se a eleição fosse hoje….”

Isso não significa que Trump vai perder.. nem que vai ganhar.

Nemo
Nemo
Reply to  Wagner
19 dias atrás

Caso um chimpanzé seja eleito presidente dos EUA ele será o político mais importante do mundo, sendo seguido pelo urso panda que poderia suceder o Xi.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Wagner
19 dias atrás

Sim CONFIA

Plinio Jr
Plinio Jr
Reply to  Wagner
18 dias atrás

A opinião dele Donald Trump é uma coisa, a política de Estado dos EUA vai ao contrário , dele cobrar países europeus a sua responsabilidade em defesa tem certo fundamento, mas jamais os EUA deixariam os russos irem longe em uma aventura contra a OTAN….

Renato de Mello Machado
Renato de Mello Machado
19 dias atrás

hehehehe fogo no parquinho à vista.

Allan Lemos
Allan Lemos
19 dias atrás

Certo como sempre, os países da OTAN foram muito displicentes ao longo dos anos, antes da guerra, muitos nem gastavam os 2% exigidos.

Mas como eu já disse diversas vezes, ele colocará ordem na casa e acabará com a m gigantesca que o senil e sua turma fizeram internal e externamente.

Nativo
Nativo
Reply to  Allan Lemos
19 dias atrás

Bem no lado financeiro não duvido que ele vá diminuir algum prejuízo que está guerra deu aos EUA ( o que mais duvido ainda dado as grandes quantidades de contratos com a indústria de armas.)

Por outro lado, sua fala mostra que vai continuar com a política de tolerância máxima, aos malucos pelo mundo como no primeiro mandato

Hcosta
Hcosta
Reply to  Allan Lemos
19 dias atrás

Nem conseguiu ter a Casa Branca (a sua administração) em ordem, vai agora pôr ordem em assuntos internacionais?

Underground
Underground
Reply to  Allan Lemos
19 dias atrás

Todos os países que fazem parte da OTAN estão com suas contas em dia.

Underground
Underground
Reply to  Allan Lemos
19 dias atrás

Os gastos com a manutenção da OTAN estão sendo pagos em dia por todos países. Alemanha, por exemplo, gasta com OTAN o mesmo que os EUA, tendo um PIB infinitamente menor. E os gastos de 2% do PIB com defesa é um referencial, não uma obrigatoriedade. Esses gastos de 2 %

profyler
profyler
19 dias atrás

Esqueceu o remédio?

Last edited 19 dias atrás by profyler
Paulo Sollo
Paulo Sollo
19 dias atrás

Estaria ele errado? Na minha opinião não. Os europeus ficaram mal acostumados e acomodados em relação às suas obrigações militares dentro da Otan pelo fato dos eua estarem a tanto tempo na Europa carregando o piano, arcando com nada menos que 70% dos gastos da Otan. E com diversas bases e meios de dissuasão nucleares espalhados pela Europa passando a ideia de que serão o escudo impenetrável e a ponta de lança invencível atrás dos quais a Europa se acomoda como uma criança no colo da mãe. As pesquisas nos eua indicam empate técnico com vantagem insignificante para Trump. Se… Read more »

Orivaldo
Orivaldo
19 dias atrás

Que loucura. Eles também estão entre Lula X Bolsonaro. Coisa boa nao vai sair de nenhum

Jack
Jack
Reply to  Orivaldo
19 dias atrás

Quem pensa e não tem “político” de estimação, sente-se prensado atualmente, sem ter uma única opção decente viável.

Parece mais uma coisa de torcidas de futebol do que política. Aliás, a política morreu, não existe mais diálogo. É batalha de memes e fake news.

Last edited 19 dias atrás by Jack
Nativo
Nativo
Reply to  Jack
19 dias atrás

Pior que futebol é uma loteria.

Faver
Faver
Reply to  Jack
18 dias atrás

Parabéns pelo comentário lúcido! Difícil achar ou ouvir algo assim hoje em dia, mas sei de alguns que pensam da mesma forma.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Orivaldo
19 dias atrás

Há um paralelo entre Trump e Bolsonaro, sem dúvida. Só não existe o paralelo entre os presidentes do Brasil e dos EUA. Agenda econômica, política externa, maioria ou minoria no parlamento, agenda social.. os dois são muito diferentes

Orivaldo
Orivaldo
Reply to  Camargoer.
19 dias atrás

Você comenta muito sobre polarização e não entendeu que meu comentário é focado nisso ?

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Orivaldo
19 dias atrás

Há muitos anos os EUA estão polarizados entre os democratas e republicanos. Não há novidade nisso. Os mais novos vão lembrar das eleições entre BushJr e AlGore, depois entre HIllary e Trump, apenas para exemplificar.

O sistema pluripartidário brasileiro é mais disperso, mas mesmo assim existe uma polarização entre o PT e o antipetismo desde a eleição de Collor. Isso também não é novidade.

O que não existe é um paralelo entre os presidentes dos EUA e do Brasil, a não ser uma visão democrática de como deve o regime político em um país.

Caravaggio
Caravaggio
Reply to  Camargoer.
19 dias atrás

Há muitos anos os EUA estão polarizados entre os democratas e republicanos. “

Desde o século XIX.. põe “anos” aí.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Caravaggio
19 dias atrás

Riso.. pois é. A política nos EUA vem sendo dominada por esta polarização há muito tempo, ainda que os dois partidos tenham uma agenda econômica e social bem parecida, ao ponto de algumas vezes serem idênticas.

A polarização nos EUA não é ideológica. È apenas uma disputa de poder..

ElBryan
ElBryan
19 dias atrás

No sentido de que aqueles que não pagam ficam dependentes dos outros membros, desde o primeiro mandato, ele enfatizava que os EUA sustentavam a OTAN. Além disso, ele frequentemente mencionava que a Alemanha dependia da OTAN enquanto comprava gás russo, sustentando seus investimentos militares, e todos riam do Trump.https://brasil.elpais.com/brasil/2018/07/11/internacional/1531300446_455557.html

Guacamole
Guacamole
19 dias atrás

De boas. Eu tenho preferência pelo Trump por motivos ideológicos.
Mas pensando friamente, não sei o que seria melhor para o Brasil: se Trump ou Biden/Kamala.

Meu país primeiro. Os outros vem depois.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Guacamole
19 dias atrás

Creio que nenhum dos dois. O período no qual o Brasil esteve mais próximo dos EUA foi durante a presidência de BushJr, por mais estranho que isso possa parecer.

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Guacamole
19 dias atrás

Minha esperança é que Trump sancione o Brasil ou ao menos bloqueie fortemente os investimentos do governo americano aqui.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Allan Lemos
19 dias atrás

Possível é, provável não. Considerando que 1) o Brasil não promoveu nenhuma guerra de agressão, 2) o país passa por normalidade democrática, 3) que os EUA representam 17% das importações brasileiras (algo em torno de US$ 40 bilhões) e 4) o governo dos EUA geralmente trabalham em parceria com a diplomacia brasileira em relação aos países da América Latina, seria um tolice sem tamanho. A pergunta que outros países fariam seria “se os EUA sancionam o Brasil sem razão, quem será o próximo?”. Isso, enfim, seria o fim do sistema de pagamentos internacionais em dólar e o fortalecimento do Mercosul… Read more »

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Camargoer.
19 dias atrás

O Brasil sofreu uma ruptura democrática, há perseguições políticas, ataques à imprensa livre e aos direitos e garantias fundamentais de acusados.

Deve ser sancionado para que seja restaurado o Estado Democrático de Direito.

Matheus
Matheus
Reply to  Allan Lemos
19 dias atrás

comment image

Guacamole
Guacamole
Reply to  Matheus
19 dias atrás

Pô mano. 4chan.
Sério mesmo?

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Allan Lemos
19 dias atrás

Os EUA tem um histórico de interferência em outros países, na maioria das vezes para garantis seus interesses. Talvez até tenha ocorrido, mas não lembro de nenhuma interferência dos EUA após a II Guerra que tenha sido para restabelecer o Estado de Direito em qualquer país. Ao contrário, buscaram preservar seus interesses. Além disso, considerando a normalidade das relações diplomáticas do Brasil com os países do G7, G20 e BRICS, o cenário é favorável ao Brasil. Faltaria aos EUA um arranjo diplomático como aquele em torno da Russo, Venezuela ou qualquer outro país sancionado pelos EUA. Além disso, como expliquei,… Read more »

Caravaggio
Caravaggio
Reply to  Allan Lemos
19 dias atrás

V é uma piada extremista. .

Sequim
Sequim
Reply to  Allan Lemos
19 dias atrás

Não esqueça da reunião do atual presidente com seus ministros para planejar um golpe… Péra! Não foi no (des) governo que acabou?

Faver
Faver
Reply to  Allan Lemos
18 dias atrás

Você realmente acredita nisso? Mesmo? Com tudo o que tem sido divulgado pela PF?

Nativo
Nativo
Reply to  Allan Lemos
17 dias atrás

Misericórdia….
Da náuseas só de lê tanta besteira.

Edimur
Edimur
Reply to  Camargoer.
19 dias atrás

Normalidade democrática??? kkkkkkk Com ínstituicoes trabalhando em prol de um lado ? Isso é democrático????

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Edimur
19 dias atrás

Caro. Creio que é vocẽ quem tem que explicar a razão do país estar sob um regime de exceção.

O Congresso está funcionando, os partidos políticos estão legalizados, nenhum ministro do Supremo foi cassado ou preso, as eleições municipais estão marcadas. O direito ao habeas corpus esta garantido, nem sindicatos nem meios de comunicação estão sob intervenção

O país continua com uma enorme desigualdade social e ainda luta contra o seu racismo estrutural, mas isso é um problema que vem desde o século XIX.

Matheus
Matheus
Reply to  Allan Lemos
19 dias atrás

Porque Allan? Explique esse pensamento?

Caravaggio
Caravaggio
Reply to  Matheus
19 dias atrás

Esse Allan é daqueles que esperneia em redes sociais por democracia q ele diz q acabou, e seria o primeiro da fila a ir às ruas de bandeirinha e camisa amarela com foto do Ustra saudar um golpe de Estado que fosse dado por Bolsonaro, Heleno, Braga e seus asseclas. Não tenha nenhuma dúvida disso

Last edited 19 dias atrás by Caravaggio
Mauricio Kotvan
Mauricio Kotvan
Reply to  Allan Lemos
19 dias atrás

Parabéns, você demonstra ser um grande nacionalista. Pena que seja um nacionalista americano.

Nativo
Nativo
Reply to  Allan Lemos
17 dias atrás

Por qual razão?? Você poderia explicar?

Jack
Jack
19 dias atrás

Nenhum dos dois candidatos americanos é mentalmente apto para o trabalho. Isso é um fato.

Que situação. Sem contar que a velinha do Biden está apagando rapidamente, não há como negar.

Last edited 19 dias atrás by Jack
Underground
Underground
Reply to  Jack
19 dias atrás

Igualmente aqui. Nunca antes EUA e Brasil foram tão parecidos.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Underground
19 dias atrás

Não. Hoje o Brasil tem pouca semelhança com os EUA. Nem em policia social, nem em politica econômica, nem em política externa, nem em política doméstica… na verdade, nunca os EUA esteve tão diferente dos EUA.

Nativo
Nativo
Reply to  Underground
17 dias atrás

Aqui esta muito , mas muito pior.

Lá nos EUA a maioria dos oficiais militares são profissionais e não misturam seus interesses pessoais, e papagaiada barata com os interesses do país, como foi escancarado aqui.

Nativo
Nativo
Reply to  Jack
17 dias atrás

Kkkkk pior que é mesmo .
A velha da praça e nossa, contra o Tonho da Lua kkkkkk

Eromaster
Eromaster
19 dias atrás

Ele já combinou isso com os russos?
Mais uma propaganda dos states pra pressionar suas colônias da Europa a pagarem tributos.

Heinz
Heinz
19 dias atrás

É parece que os americanos terão que escolhe entre a Cruz e a Espada.
Um é um velho senio, que já está com alzheimer, o outro é doido, e joga qualquer um na fogueira pelos seus interesses, não que esteja errado, mas dado a importância americana no mundo globalizado isso é perigosíssimo.
Os países do leste europeu vendo isso, principalmente os países bálticos https://s.w.org/images/core/emoji/14.0.0/svg/1f921.svg

leonidas
leonidas
19 dias atrás

Essa história de que a Rússia tem intenção de invadir os países bálticos, atacar as nações escandinavas ou do leste europeu é uma narrativa voltada a conseguir exatamente o que foi obtido, rs Ou seja que a Suécia e Finlândia em um ato de absoluta molecagem trocasse seus status quo de neutralidade (respeitado em plena guerra fria pela URSS imensamente mais poderosa que a Rússia! rs) e que a Europa ocidental jogasse pela janela sua fonte de energia barata que era e fundamental para a economia alemã que vive de exportar produtos industrializados de alto valor agregado! Os EUA junto… Read more »

Nativo
Nativo
Reply to  leonidas
17 dias atrás

Parabéns meu caro.

E apenas isso que está rolando, ressuscitar um BICHO PAPÃO , que só dá medo no Zé povinho e países despreparados, para os EUA lucrarem muito.

Underground
Underground
19 dias atrás

Taylor Swift seria uma agente da CIA.
Trump seria um agente do FSB?
Notem que Trump sempre teve preferências por mulheres do Leste Europeu, primeiro uma Tcheca, depois uma Eslovena. Isso seria um forte infucacativo de suas origens. Foi infiltrado secretamente nos EUA, para muitos anos depois se tornar Presidente e apoiar a Rússia.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Underground
19 dias atrás

faz lembrar a “the americans”, mas estes são muito mais discretos…

Paulo Sollo
Paulo Sollo
Reply to  Underground
19 dias atrás

Sério? Será que ele não seria um reptiliano de Orion usando face shifting para parecer humano e levar a cabo o malvado plano illuminati de transformar o globo terrestre num objeto plano como um disco de pizza com bordas recheadas de maionese?

Trump é descendente de alemães e escoceses. Seu avô e sua avó paternos eram alemães de Kallstadt. Já do lado materno seus avós eram escoceses.

naval762
naval762
19 dias atrás

Bravata.

Thiago Martins
Thiago Martins
19 dias atrás

Falastrão e extremista como um outro conhecido dos brasileiros.

Orivaldo
Orivaldo
Reply to  Thiago Martins
19 dias atrás

Um o ucupou a Presidência. O outro ocupa a Presidência

Gustavo
Gustavo
19 dias atrás

Nem relógio gira de graça.

JPonte
JPonte
19 dias atrás

Este diálogo ele teve com o 1º ministro alemão ou alemã , pois pelo fato de a Alemanha ter uma imensa tropa americana em seu solo , ocasionou um relaxamento nos investimentos em defesa na certeza que se precisassem os americanos lutariam pela Alemanha .
Instou e provocou e os alemães defa de ombro , e Logic que está declaração é uma provocação de Trump c os alemães que agora se veem as beiras da guerra e desarmados e com sérios problemas de equipamentos e número de tropas .
De fato a Alemanha está em muito maus lençóis .

Orivaldo
Orivaldo
Reply to  JPonte
19 dias atrás

Eles tem sorte que tem a Polônia na Frente

Sergio
Sergio
19 dias atrás

Ele pode ser doidinho – um doido muito bem-sucedido- Mas é bonito ver uma democracia de verdade funcionando…

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Sergio
19 dias atrás

Sergio. É muito comum confundir o “personagem”, geralmente antissistema, sempre com um discurso cheio de polêmicas, frases de impacto, fáceis de serem assimilados pelo eleitor médio ou limitado, mas sem qualquer conteúdo, com a pessoa que faz este papel

Um erro comum destes políticos é passar a acreditar no personagem. È como o rabo abanando o cachorro.

Hoje, temos Trump e Milei neste papel. Há algum tempo, Zelensky seguiu a mesma estratégia para ser eleito.

Caravaggio
Caravaggio
19 dias atrás

Que cacetada nos Trump-boys da extrema-direita brasileira .

Giora Epstein
Giora Epstein
Reply to  Caravaggio
19 dias atrás

Sou forçado a concordar contigo colega

groosp
groosp
19 dias atrás

Conteúdo para o público doméstico. Ele fez chover Tomahawks na Síria em resposta a ataques químicos à Douma e subiu o tom contra a Coreia do Norte.

Last edited 19 dias atrás by groosp
Giora Epstein
Giora Epstein
Reply to  groosp
19 dias atrás

“Subiu o tom” e depois foi lamber o gordinho…

Um Simples Brasileiro
Um Simples Brasileiro
19 dias atrás

Estamos vivendo na era dos líderes loucos. Mas, para os demais países da OTAN/NATO serve para acordarem…

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Um Simples Brasileiro
19 dias atrás

Caro. Tem um autor que escreveu que, antes da eclosão da I Guerra, o mundo precisava de gigantes, só não havia nenhum

Acho que, com raras exceções, faltam estadistas no mundo. Perceba que os EUA estão se debatendo entre Trumo e Biden, sendo que nenhum dos dois conseguiu fazer um bom primeiro mandato

A China tem um grande estadista, mas a Alemanha e Inglaterra não.

A maioria dos líderes hoje são apenas medíocres. Não venho nenhum louco,

Giora Epstein
Giora Epstein
Reply to  Camargoer.
19 dias atrás

Xi Jinping está longe de ser um “grande estadista” ainda que seja um bom governante

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Giora Epstein
19 dias atrás

Bem, ele conseguido sustentar o crescimento da China e conduzido a política externa da China com sucesso.

Mas concordo que Xi não um grande estadista, mas é um estadista, ao contrário da mediocridade dos presidentes eleitos nos EUA.

O EUA continuam se afastando dos EUA. Faltam nomes de estadistas até para batizar os novo porta-aviões. Alguém consegue pensar em um BushJr, um Biden ou um Trump? Não dá.

Giora Epstein
Giora Epstein
Reply to  Camargoer.
19 dias atrás

Há diversos rumores que dão conta que os números de crescimento da China têm sido manipulados e que os números reais seriam menores lembrando que o setor imobiliário preocupa….

De igual forma a política externa chinesa vem sofrendo contestações dado o apoio à teocracia iraniana, a maior causa de instabilidade no Oriente Médio.

Dito isso Xi Jinping é apenas isso, um bom governante.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Giora Epstein
18 dias atrás

Caro. Mesmo que sejam metade do que é divulgado, a China tem ampliado a sua participação no comércio exterior, seja importante ou exportando bens industriais. Estes números são facilmente auditáveis.

A política externa dos EUA também é questionada sobre o apoio irrestrito dado á Israel e á Ucrãnica, além do seu histórico de inrferência em outros países, inclusive no Brasil

Foi esta política de intervenção que vem minando a confiança no dolar.

Carlos
Carlos
Reply to  Camargoer.
19 dias atrás

Não concordo nada no que respeita a Trump, Biden e ao dirigente chinês e começo por te indicar um vídeo de alguém que foi chanceler português e que fala do louco neto de imigrantes, um avô era alemão e o outro era irlandês, a primeira mulher era tcheca e a última é eslovena mas que faz dos imigrantes os maus da fita, https://cnnportugal.iol.pt/videos/ha-uma-medida-do-chega-que-deixou-paulo-portas-em-estado-de-choque-a-explicacao-neste-global/65c941840cf23250d71ecc49 (timeline 12:26) e que nunca faz referência ao único país que acenou o artigo quinto da OTAN e que foi os EUA, logo a seguir ao 11 de setembro, e também como foi na Alemanha que surgiu… Read more »

Orivaldo
Orivaldo
Reply to  Camargoer.
19 dias atrás

Estadista kkkkkk

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Orivaldo
19 dias atrás

Concordo. Trump é uma piada.

BrunoFN
BrunoFN
19 dias atrás

Em resumo , tudo e um jogo ,uma troca , equivalências e contas a pagar …com o Dollar em jogo ,vai ser preciso vender a ”alma” para assim ”garantir” esse apoio , mesmo sob novas diretrizes ”comuns” na forma de negociar , …concessões no caso .. em breve veremos a redefinição do ”nada e de graça nesse mundo ”

Giora Epstein
Giora Epstein
19 dias atrás

Não se pode esperar nada diferente de quem além de não ter conhecimento algum de geopolítica ainda se cerca de mentecaptos como Steve Bannon, o histriônico e bufão coronel Douglas McGregor e tem como porta voz um sujeito do naipe de Tucker Carlson.

Maurício.
Maurício.
19 dias atrás

Esse Trump é um fanfarrão! 😂

Giora Epstein
Giora Epstein
Reply to  Maurício.
19 dias atrás

Concordo 110%

Heinz
Heinz
Reply to  Maurício.
19 dias atrás

Pior que eu concordo, fez acordo com o Talibã, foi apertar a mão do Kim e etc. Só manteve a posição contra a China na guerra comercial e taxou nossos produtos

Heinz
Heinz
Reply to  Heinz
19 dias atrás

Mas, me parece que ele é melhor que o Biden, se bem que o Biden não é um exemplo pra muita coisa.

DanielJr
DanielJr
19 dias atrás

Errado não está, tem país que só quer o bônus, não quer o ônus.

Alejandro Pérez
Alejandro Pérez
19 dias atrás

Pensa num idiota…Multiplica.

Carlos Campos
Carlos Campos
19 dias atrás

Ele nem pode fazer isso, mas ele não mentiu, quando era predidente, ele era arrogante pq cobrava dos Membros os 2 por cento de PIB na defesa, os Europeus acharam ruim, iam fazer o exército Europeu, que a OTAN está morta segundo o Macron, que ninguém se garantia nos EUA, foi só a Rússia atacar a Ucrânia que correram para o colo dos EUA pedindo ajuda, e dinheiro, envio de armas e etc.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Carlos Campos
19 dias atrás

Talvez fosse mais apropriado os EUA reduzirem dos atuais 3,5% do PIB para menos de 2%, quem sabe 1,5% do PIB. Com esta economia, será possível reduzir a dívida pública (que tanta gente reclama) e aumentar os gastos sociais (que tanta gente precisa nos EUA).

Andromeda1016
Andromeda1016
Reply to  Camargoer.
18 dias atrás

A gringolândia é uma máquina de produzir déficit, pois tem uma banco central privado que precisa disso para lucrar.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Andromeda1016
18 dias atrás

Olá. Existe uma visão que defende que o deficit público não é um problema. Na verdade, não existe qualquer razão técnica que defina um teto. È uma decisão política. Aliás, o setor financeiro precisa limitar a capacidade de endividamento do Estado para garantir a sua participação do mercado de financiamento e a manutenção dos juros da dívida pública, importante fonte de renda dos bancos e instituições financeiras. O que define se um déficit público é “bom” ou “mal” é o uso que se faz destes recursos. Por exemplo, investimentos em infraestrutura, gastos em ciência e tecnologia, em educação e saúde,… Read more »

Last edited 18 dias atrás by Camargoer.
Andromeda1016
Andromeda1016
Reply to  Camargoer.
18 dias atrás

Sim. Bom ou mau são as intenções daquele que manipula o sistema financeiro. Mas as intenções más têm sido predominantes no manuseio do sistema financeiro internacional e a crise de 2008 abriu meu olho para isso. A forma como Wall street brinca com o conflito de ideias entre Keynes e Hayek (economia centralizada vs livre mercado) defendendo uma ou outra conforme a conveniência deles, e com isso fabricando crises financeiras como a de 2008, tirou minha inocência a respeito dela. Partir do pressuposto de que o sistema financeiro é sempre o vilão responsável por tudo de ruim que acontece por… Read more »

Last edited 18 dias atrás by Andromeda1016
Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Andromeda1016
18 dias atrás

Crises sempre acontecem, mas se partimos de Hayek que é da Escola Austríaca, as crises são sempre rápidas e não tendem causar grandes estragos, já com o tempo e a criação de Bancos Centrais essas crises foram piorando, e continuam piorando pq quem está no governo quer sempre uma taxa de juros baixa para gerar um boom, e depois quando chega a crise, mais dinheiro é injetado na economia para criar uma nova bolha/boom. e assim por diante

Andromeda1016
Andromeda1016
Reply to  Carlos Campos
18 dias atrás

Defender um sistema financeiro sem controle centralizado é como defender um campeonato de futebol com cada time criando suas próprias regras rsrsrs. Acho incrível como os defensores dos interesses privados são capazes de ver os problemas mais bizarros no estado, mas são capazes de ignorar o mesmo quando se trata da capacidade da iniciativa privada de criar problemas também, como se estes fossem seres anjelicais ou elfos mágicos que por causa de alguma particularidade de sua natureza são incapazes de fazer o mal. Nunca falam disso nas suas retóricas rsrsrs

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Andromeda1016
17 dias atrás

por serem pessoas que querem dinheiro sempre isso que torna melhor, tem coisas que o Estado não deve se meter.

Andromeda1016
Andromeda1016
Reply to  Carlos Campos
16 dias atrás

Não entendo porque pessoas tão bondosas fazem questão de cobrar juros das outras pessoas. Pelo que se replica nos livros o estado é ruim e o capital privado benevolente, mas este faz questão de cobrar juros apesar de tanta benevolência …. não dá para entender o fanatismo das pessoas que não entendem isso …..

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Carlos Campos
15 dias atrás

Caro Carlos. De fato, o capitalismo é um sistema instável o qual passa por ciclos de expansão e ciclos de recessão. Até a II Guera, o mundo passou por duas depressões econômica (que são muito mais intensas e longas que uma recessão), uma em 1870 e outra em 1930. A partir da II Guerra, com a implementação de um amplo sistema internacional, incluindo FMI, Banco Mundial, Bancos Centrais, Breton Woods, etc…. isso há praticamente hṕa 80 anos, nenhum processo de depressão aconteceu, mesmo sobre a pressão dos choques de petróleo e outras crises sistêmicas, como a crise da divida externa,… Read more »

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Andromeda1016
18 dias atrás

Há uma confusão sobre as ideias de Keynes. O ponto principal era que o Estado é um agente legitimo da economia, o qual pode exercer o papel de indutor do crescimento por meio do financiamento de infraestrutura, por exemplo, ou pela concessão de crédito a juros inferiores ao praticado pelo sistema financeiro para garantir o investimento em capital do setor produtivo, além de ser o agente economico responsável pela implementação de polítcas antícliclias, principalmente nos perídos de recessão. Hayek, por outro lado, defendia o estado mínimo e a não interferẽncoa do estado na economia, que busca o equilíbrio por meio… Read more »

Andromeda1016
Andromeda1016
Reply to  Camargoer.
18 dias atrás

A teoria é essa, mas usaram Hayek para desregular a economia e quando a crise de 2008 bateu forte foram abrir as mãos ao governo citando Keynes para que este cobrisse o prejuízo com o dinheiro dos contribuintes. Lembro da “Bazuca de 1,6 trilhões de dólares” que o governo americano teve de tomar emprestado do FED para consertar a economia. Usaram Hayek para causar a crise e depois usaram Keynes para forçar o governo a cobrir o prejuízo causado por eles. É como numa hora apostar na Ucrânia, e depois apostar na Rússia, e vai nesse jogo de apostar num… Read more »

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Andromeda1016
18 dias atrás

O Banco Central brasileiro está efetivamente tomado pelo mercado financeiro. Nenhum dos seus diretores veio da indústria, são todos relacionados com o mercado financeiro. O FED tem uma composição mais diversificada.

Quem age de modo escancarado (nada sorrateiro) é o mercado financeiro dos EUA. Os EUA permitem que empresas e instituições financeiras financiem campanhas eleitorais e partidos, o que resulta na eleição de legisladores comprometidos com a agenda financeira.

O FED apenas aplica a orientação do executivo dentro da legislação aprovada no COngresso dos EUA.

Andromeda1016
Andromeda1016
Reply to  Camargoer.
18 dias atrás

Costumo comparar banqueiro com traficante de drogas para fácil entendimento: Traficante vende algo que você não precisa, cria artimanhas para fazer você dependendo do produto dele e está disposto acabar com tua vida para garantir o lucro dele. Se o FED é um banco privado e seu único cliente é o governo norte americano, não seria do interesse do Fed que o cliente dele precisasse dele indefinidamente? Criar deficit para garantir o bem estar do povo é louvável e correto, mas e se o interesse pela criação desse deficit for outro? Quais foram mesmo as justificativas mencionadas para aumentar constantemente… Read more »

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Camargoer.
18 dias atrás

Eu discordo, pra mim todo déficit é ruim, por mim governos operariam um regime de fundo pra ajudar nas despesas, e não recorrer a déficit.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Carlos Campos
18 dias atrás

Então, todo agente econômico, com exceção do governo central, depende da geração de renda. Por exemplo, uma empresa privada precisa vender seus produtos ou serviços. Uma família depende do salário. Uma pessoa que possui patrimônio depende dos juros e outras formas de rendimento do seu capital. Um governo estadual ou municipal depende da receita tributário e das transferências de recursos do governo central. A uma exceção é o governo central responsável pela emissão de moeda. Ao contrário do que a maioria das pessoas acreditam, a moeda não é um bem em si, como seria uma casa ou uma mesa, nem… Read more »

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Camargoer.
17 dias atrás

“Isso gerou déficit sem qualquer impacto na economia, mas com enorme benefício para a sociedade.” pelo amor de Deus Camargoer, eu senti na pele toda essa injeção de dinheiro. mas te conhecendo sei que pra ti injeção de dinheiro na economia não é inflação, eu tenho por definição a clássica

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Carlos Campos
17 dias atrás

Carlos. A expansão da base monetária é consequência da inflação, não causa. Quando ocorre inflação, é preciso aumentar a base monetária para compensar a alta de preços. A inflação tem várias causas e depende muito do patamar da taxa. Por exemplo, quando há uma crise externa (uma guerra, um desastre natural, uma elevação das taxas de juros internacionais ou um crise no abastecimento de energia, uma pandemia, etc) que desestrutura a cadeia produtiva mundial ocorre inflação já que são fatores externos que afetam os preços internos. Também ocorre inflação quando o setor produtivo atinge sua plena capacidade de produção e… Read more »

Last edited 17 dias atrás by Camargoer.
Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Camargoer.
17 dias atrás

“A expansão da base monetária é consequência da inflação, não causa. Quando ocorre inflação, é preciso aumentar a base monetária para compensar a alta de preços.”,,, essa afirmação para mim é totalmente incorreto, fazendo com que teu texto seja todo errado, parando por aqui pq nao é um Blog de Economia

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Carlos Campos
17 dias atrás

Caro, recomendo um livrinho recente do André Lara Resende “Camisa de força ideológica: A crise da macroeconomia!”.
André Lara Resende sabe muito sobre economia. É um livro bem didático mas que deve ser lido sem pressa.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Camargoer.
18 dias atrás

Seu eu fosse presidente faria isso, o caça ia ser o F35 até 2050, ia ter AB FIII e constellation até onde der, ia fechar a base no Japão, e só manter a Naval, a Coréia Idem, ia acabar com a base na Alemanha e deixar uma menor na Polônia, ia deixar os Árabes se manterem, só ia ajudar Israel, fechar outras bases dentro dos EUA, a Guarda Aérea Nacional ia acabar, USAF ia assumir o ônus de tudo, tem muita lugar pra cortar gordura, ia criar um fundo para Saúde, e para creches, e tentar diminuir o Déficit do… Read more »

Andromeda1016
Andromeda1016
Reply to  Carlos Campos
18 dias atrás

Fechar a base na Coréia e na Alemanha? Abandonar os Árabes? Será o fim do dólar. Você deve odiar muito os EUA rsrsrs

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Andromeda1016
17 dias atrás

Não, só estaria salvando, o petróleo está com dias contados, e os dias que os EUA podiam imprimir dinheiro sem pensar acabaram,

Andromeda1016
Andromeda1016
Reply to  Carlos Campos
17 dias atrás

Estados Unidos mantém a sua hegemonia com base em dois elementos: o dólar e o porrete. Sem o porrete o dólar não tem o apelo que possui hoje.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Andromeda1016
17 dias atrás

Então… o uso do dolar para o as operaçẽos de comércio exterior foi adotado no Acordo de Bretton Woods, em 1944. Naquele acordo, ficou definido que os EUA manteriam uma reserva de ouro como lastro para o dolar, que seria usado por todos os países como moeda de comércio internacional Isso significa que os importadores pagariam com moeda local ao seu banco central ou instituiçao privada, que pagaria o outro banco central ou privado no país importador, e este pagaria o importador na moeda local. O problema foi que o estoque de ouro é finito mas o comercio mundial cresceu… Read more »

Andromeda1016
Andromeda1016
Reply to  Camargoer.
17 dias atrás

Sim, e imagina então se os gringos perdessem a capacidade de impor a circulação e aceitação de sua moeda pelo mundo. Afetaria ainda mais a confiança que as pessoas tem no dólar prejudicando ainda mais a capacidade dos gringos de imprimir dinheiro como lhes aprouver. Muitos países gostariam de ver um substituto do dólar mas nenhuma outra moeda tem a capacidade de circulação como o dólar tem, e os gringos precisam garantir que as coisas continuem assim. Os gringos irão impedir que outra moeda tenha a capacidade de substituir o dólar, e para isso o uso da força nas mais… Read more »

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Andromeda1016
16 dias atrás

Desde que os EUA abandonaram o padrão ouro, o dólar se tornou um título ao portador, como qualquer outra moeda. Até então, o sistema mundial de comércio estava baseado no dólar, que continuou sendo usado por conveniência. Isso mudou a partir do momento que os EUA passaram a usar o dólar como política externa. Hoje, usar o dólar ou qualquer outra moeda sem lastro (como por exemplo o euro), se tornou uma operação simples, principalmente pelo desenvolvimento de sistemas internacionais de compensação eletrônica O que está acabando é exclusividade do dólar, que está se tornando uma moeda de comércio internacional… Read more »

Henrique
Henrique
19 dias atrás

o cara vive em 2024. ele fala um bagulho desse que viaja o Planeta em questão de segundos e ira parar no celular de quase meio bilhão de pessoas + o publico dos EUA. E o cara fala isso sabendo que essas pessoas podem se movimentar pra minar a candidatura dele seja por meios ilícitos ou não éticos ou simplesmente convencendo o eleitor dele a não votar nele por N razões que não precisa ser essa da otan/2% kkkkk mais loco é que ele um dos que deu motivo pro twitter existir la em 2016 kkkk o corpo vive na… Read more »

Carlos
Carlos
18 dias atrás

Trump quer o titulo de maior vendedor de armas americanas, mas não consegue porque esse titulo já foi para Biden com a ajuda de Putin, e daí o ego deste senhor (se é que se possa chamar de senhor) está completamente em baixo, daí que se tenha pirado.

Rui Mendes
Rui Mendes
18 dias atrás

Monte de esterco, o maior pato bravo.

Eduardo Angelo Pasin
Eduardo Angelo Pasin
18 dias atrás

Esse cara é louco, muitos culpam o biden pela atual situação no mundo, mais a maioria dos problemas que criou foi o Trump e acabaram explodindo no colo do biden

Felipe
Felipe
Reply to  Eduardo Angelo Pasin
17 dias atrás

A tá! Verdade nua é crua, antes da pandemia do covid a economia dos EUA ia muito bem. Trump só não se reelegeu por isso. Tanto que agora a tendência é ele voltar. Se os EUA não bater de frente com a China será engolido.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Eduardo Angelo Pasin
17 dias atrás

Olá Edu. Truimp não é louco. Ele usa uma estratégia eleitoral de “antissistema”, a qual exige declarações de impacto sempre na direção contrária do oponente.

Se Biden não apoiasse a Ucrânia, Trump diria que enviaria tropas dos EUA. Se Biden autorizasse explorar petróleo no Central Park, Trump defenderia o protocolo de Kyoto. Se Biden deixasse a barca crescer, Trump apareceria sem peruca.

Isso serve para marcar oposição sem entrar na discussão sobre politica social, política econômica, mudança climática, desigualdade social… que são os temas realmente importantes e que estão fora do debate eleitoral nos EUA.

Last edited 17 dias atrás by Camargoer.
Bispo
Bispo
17 dias atrás

Paga a conta ou é apagado …rs

Bruno Vinícius
Bruno Vinícius
17 dias atrás

Felizmente, esse ser vil e desprezível será julgado e – provavelmente – declarado culpado antes das eleições em Novembro, prejudicando de maneira irreparável suas chances de vitória.

Last edited 17 dias atrás by Bruno Vinícius
Rosi
Rosi
17 dias atrás

Que maluquice falar isto o pais mais poderoso da OTAN fazer uma ameça aos seus integrantes e que pode usar seu inimigo como um atacante esta afirmando que ele pode inflar uma guerra dentro da Aliança em beneficio propio, para alcançar seus interesse , não é cofiável sr da OTAN!! Que maluquice!!

Caerthal
Caerthal
16 dias atrás

Contra Trump vale qualquer truque sujo. Já se você for da cúpula democrata você e sua família podem cometer qualquer crime que ninguém nem se lembra de investigar.

Jeferson Loreto dos Santos
Jeferson Loreto dos Santos
15 dias atrás

Já tem anos que eu digo que esse sujeito é amigo do Putin.

  • primeiro, houve a suspeita de interferência russa na primeira eleição do Trump
  • segundo, ele começou com a história de retirar o apoio financeiro norte-americano para a OTAN, sendo que a organização tem como um dos seus principais objetivos combater a ex-união soviética (hoje Rússia e seus aliados)
  • terceiro, estava tentando influenciar o congresso a não aprovar a ajuda militar e financeira a Ucrânia na guerra contra a Rússia.

Não sei qual a real do Trump em relação ao Putin, mas é bem suspeita.