O Ocidente não pretende a guerra com a Rússia, mas deve ainda assim “preparar-se para um confronto que poderá durar décadas”, disse o secretário-geral da OTAN, Jens Stoltenberg, ao jornal alemão Welt Am Sonntag, numa entrevista publicada em 10 de Fevereiro.

Autoridades dos países da OTAN expressaram preocupações crescentes sobre a falta de preparação da aliança para um conflito com a Rússia desde o início da invasão em grande escala da Ucrânia.

O Tenente-Almirante Rob Bauer, presidente do Comitê Militar da OTAN, disse em Janeiro que os civis nos países da OTAN deveriam estar preparados para a perspectiva de uma guerra total com a Rússia nos próximos 20 anos.

A possibilidade de conflito direto com a Rússia depende provavelmente do resultado da guerra na Ucrânia, disseram autoridades ocidentais.

“Se (o presidente russo Vladimir) Putin vencer na Ucrânia, não há garantia de que a agressão russa não se espalhará para outros países”, alertou Stoltenberg.

A OTAN deve melhorar as suas capacidades militares, disse Stoltenberg, acrescentando que “a dissuasão só funciona se for credível”.

A economia da Rússia está cada vez mais em pé de guerra, disse Stoltenberg, e a OTAN deveria fazer mais para acompanhar.

“Precisamos restaurar e expandir a nossa base industrial mais rapidamente para que possamos aumentar as entregas para a Ucrânia e reabastecer os nossos próprios estoques”, disse Stoltenberg.

FONTE: The Kyiv Independent, via Yahoo News

Subscribe
Notify of
guest

107 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
18 dias atrás

Impressão minha ou, de uns tempos pra cá ( mais notavelmente, após a contra-ofensiva ucraniana ) a mídia e a OTAN deixaram de lado, em definitivo, o discurso de “a vitória está logo alí na esquina” pro “preparem-se pra uma luta longa e árdua”?

Ou eu tô imaginando coisas mesmo?

Underground
Underground
Reply to  Willber Rodrigues
18 dias atrás

Tá imaginando coisas. Seis meses de guerra e o pessoal já dizia que a coisa duraria pelo menos cinco anos.

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Underground
17 dias atrás

Negativo. Quando o ataque russo falhou e na 1° contra-ofensiva ucraniana, o que não faltavam era mídias, especializadas ou não, dizendo que era questão de tempo pra Rússia pedir água, que a votória estava “logo alí na esquina”, bastando apenas o “empurrão final”. Apenas meia dúzia discordava disso, mas eles eram chamados de “adoradores do Putin”. Depois que a 2° contra-ofensiva ucraniana não deu em nada, e que a tentativa de golpe do Wagner tambem não deu em nada, e que as tentativas econõmicas de sanções contra a Rússia não os fizeram pedir água, parece que todo mundo resolveu virar… Read more »

Underground
Underground
Reply to  Willber Rodrigues
17 dias atrás

“Temos de ser realistas. A guerra pode durar muito tempo, vários meses, até anos. É a razão pela qual também temos de estar preparados para um longo percurso, tanto no que diz respeito ao apoio à Ucrânia como na manutenção das sanções e no fortalecimento de nossas defesas”, declarou Stoltenberg.
06 de abril de 2022
—-
https://exame.com/mundo/quanto-tempo-pode-durar-guerra-ucrania-otan-alerta/

Joao
Joao
Reply to  Willber Rodrigues
17 dias atrás

Mídia especializada faz suposição com base em hipóteses. E muitos nem são formados no assunto, são entusiastas. Só quem conduz seu lado da tropa tem a verdadeira noção do que pode em relação aos seus objetivos. É o outro lado busca esconder. Logo, a análise acaba sendo muito mais retroativa, depois que algumas cortinas caem. Hj, a longo prazo, o mais acertado, ou próximo de acertar, é que a Rússia manterá o que conquistou em 2014, e haverá uma guerrilha no local, patrocinada pela Ucrânia com apoio da OTAN. O grande problema é que a probabilidade 2 e 3 não… Read more »

Comte. Nogueira
Comte. Nogueira
Reply to  Joao
14 dias atrás

Resumindo: é bem mais fácil ser historiador do que profeta.

Realista
Realista
Reply to  Jack
17 dias atrás

Interpretação mandou lembranças ..

SUTERMINATOR
SUTERMINATOR
Reply to  Felipe
16 dias atrás

Pás que neutralizam 500 a 1000 soldados ucranianos diariamente. 🤡

Essa mídia britânica é mais brisada do que a mídia norte americana.

Comte. Nogueira
Comte. Nogueira
Reply to  Jack
14 dias atrás

“se” eu quiser… condicional…

Henrique A
Henrique A
Reply to  Willber Rodrigues
17 dias atrás

No início o pessoal ficou espantado com a incompetência russa e achou que o estado russo iria implodir mas o Putin e a Rússia tem mais cartas na manga do que o pessoal acha.

Nós aqui leigos que não temos acesso a informes de inteligência dá pra entender, mas esses caras que tem a CIA pra informar é difícil de entender.

Underground
Underground
Reply to  Henrique A
17 dias atrás

O Estado russo não implodiu, mas a briga entre facções foi grande. Vide os “escorregões” e “quedas” de dezenas de oligarcas, militares e políticos russos. Não esquecendo do destino de Prigozhin!

Lord-M
Lord-M
Reply to  Willber Rodrigues
17 dias atrás

Décadas?

Depois da colossal derrota estratégica na Ucrânia, desindustrialização da Europa (vitória tática dos EUA) e ruína absoluta para a maioria do Sul Global de qualquer legitimidade e moral ele fala em décadas?

Talvez, plausível, que sequer exista UE e OTAN daqui algumas décadas…

Giora Epstein
Giora Epstein
Reply to  Lord-M
17 dias atrás

Impressionante como a retórica dos ___________não muda! Não enxergam que a única derrota estratégica é do país invasor e imperialista (Putinstan) agravada pela desastrada entrevista dada pelo anão do Kremlin ao moleque de recados de Trump….

De igual forma a propalada “desindustrialização” da Europa mormente da Alemanha é um processo que vem ocorrendo pelo menos desde 2017, quando ainda se fartavam com a armadilha energética russa.

E nem vou comentar essa bobagem de “sul global”

COMENTÁRIO EDITADO. MANTENHA O RESPEITO. NÃO ROTULE OS OUTROS PARA NÃO SER ROTULADO.

LEIA AS REGRAS DO BLOG:
https://www.aereo.jor.br/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

Comte. Nogueira
Comte. Nogueira
Reply to  Lord-M
14 dias atrás

Aonde fica o sul global? No sul? Mas o global não se refere ao globo?
rsrsrs

MMerlin
MMerlin
Reply to  Comte. Nogueira
14 dias atrás

É apenas uma expressão mais “chique” para referenciar países de terceiro mundo.

Comte. Nogueira
Comte. Nogueira
Reply to  MMerlin
13 dias atrás

Obrigado pela elegância em responder. É que tem surgido tanto neologismo para designar velhas idéias, que acaba confundindo a platéia.
Coisa vazias de conteúdo e cheias de inutilidade.

Joao
Joao
Reply to  Willber Rodrigues
17 dias atrás

Discurso é só discurso.

Bigliazzi
Bigliazzi
Reply to  Willber Rodrigues
17 dias atrás

Vcs não chegariam em Paris em três dias?

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Bigliazzi
16 dias atrás

Creio que o voo entre SP e Paris leva apenas 14 h. Tem um outro que sai de Cumbica, pousa no Rio de Janeiro e segue direto para Paris. Este demora cerca de 17h.

Então, acho que podemos chegar em Paris em menos de um dia.

Franz A. Neeracher
Reply to  Camargoer.
16 dias atrás

Só para te chatear um pouco:

Um vôo GRU-CDG leva na media bem menos; umas 10 a 11 horas a depender de vários fatores.

Não existe nenhum vôo GRU-GIG-CDG, porém GRU-CDG e GIG-CDG.

Um pouco de cultura inútil…rsrsrs

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Franz A. Neeracher
15 dias atrás

Obrigado.

Lembrei de um colega que decolou para Paris (um dia antes do acidente com o Air France). A memória pode ter pregado uma peça, mas acho que ele comentou que fez uma escala no Galeão.

Pode ter sido um caso excepcional… sei lá.

11 horas é bem mais rápido que os trẽs dias… riso

O problema é encontrar as malas no Charles de Gaulle.

Já fiquei duas horas procurando a bagagem lá.

Oráculo
Oráculo
Reply to  Willber Rodrigues
17 dias atrás

Enquanto esse discurso de “conflito eterno” contra a Rússia ecoar na Europa, a guerra na Ucrânia não vai parar. O certo a fazer era tentar negociar uma trégua. Parar essa matança. Para depois tentar negociar o fim desse conflito. Todos os dias centenas de soldados dos dois lados são mortos. E o resultado prático são avanços e recuos inexpressivos. E enquanto vidas são ceifadas, ninguém sequer cogita tentar usar a mesa de negociações. Eu realmente não consigo entender o que os líderes ocidentais desejam prorrogando esse conflito, sem tentar negociar sequer uma trégua. Parece que estão mais perdidos agora, após… Read more »

Comte. Nogueira
Comte. Nogueira
Reply to  Oráculo
14 dias atrás

É só uma desculpa para gastar verbas. Imagina a força do lobbie da indústria de armas.

Werner
Werner
Reply to  Willber Rodrigues
16 dias atrás

A vitoria está logo ali só na cabeça de torcedores que odeiam o Putin,mas amam o bidê,sua turma e a Otan. Esse cara parece um emissário,criando uma narrativa de que a Rússia irá atacar a OTAN e precisam se preparar,quando na verdade é o desejo dele ou de quem ele representa. A Ucrânia irá pagar (ou já está pagando)por ter se deixado ser usada num interesse,e essa baboseira deca Rússia tomou a Criméia(retomou) ,pois no caso dos oblasts poderiam os 2 países sentarem e chegar a um acordo com ajuda internacional,mas não dos EUA e da OTAN. E a carnificina… Read more »

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Werner
16 dias atrás

É preciso um imediato cessar-fogo

Giora Epstein
Giora Epstein
Reply to  Camargoer.
16 dias atrás

Você quer um “imediato cessar fogo” no interesse do Anão do Kremlin

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Giora Epstein
16 dias atrás

Caro… e lá vamos nós (de novo). A guerra está ocorrendo no território ucraniano, o que está destruindo a infraestrutura. Ontem, foi divulgado um relatório sobre o impacto ambiental desta guerra e o elevado nível de contaminação do território ucraniano. Mais de 4 milhões de ucraniano deixaram o país como refugiado. Segundo a ONU, mais de 10 mil civis ucranianos (incluindo crianças) já morreram por causa desta guerra.

Então, defendo o imediato cessar fogo no interesse da população civil.

Seria ótimo se vocẽ também passasse a defender;

Giora Epstein
Giora Epstein
Reply to  Camargoer.
16 dias atrás

Eu não finjo compaixão com os civis ucranianos com a finalidade de defender uma guerra imperialista movida por pretextos falsos tais como “deter a expansão da OTAN”.

Dito isso eu defendo o direito do povo ucraniano resistir ao invasor e também a necessidade de outros países apoiá-los naquilo que for necessário

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Giora Epstein
16 dias atrás

Qual a graça de responder um cometário com ofensa? Tirando uma onda de psicólogo agora para saber o que penso… daqui a pouco vai querer cobrar a sessão de terapia… riso.

Assim, o CFP (Conselho Federal de Psicologia) vai cobrar as mensalidades, inclusive as atrasas e com multa.

Giora Epstein
Giora Epstein
Reply to  Camargoer.
16 dias atrás

Foco no argumento. Quando você ataca as pessoas, dá a impressão que vocẽ é incapaz de rebater o argumento, algo que não acredito já que vocẽ é uma pessoa bem articulada e informada.

Essa coisa de desqualificar a outra pessoa em um debate só serve para desqualificar quem ataca.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Giora Epstein
15 dias atrás

Então… deixa eu explicar…. não existe argumento para rebater um ataque, mas cabe um comentário bem humorado.

Isso serve para distender e interromper uma escalada que vai resultar em uma discussão pessoal. Entendeu?

Vocẽ vem me atacando sistematicamente, independe do argumento que eu coloque.

Nesta situações, sigo uma escala simples.

1) faça um comentário bem humorado para distender
2) se a coisa continua, peço que a pessoa peças desculpas
3) se a coisa continua, peço para a pessoa me ignorar e desejo que ela vá ser feliz.

Vocẽ ultrapassou o nível 1.

José Lima
José Lima
Reply to  Willber Rodrigues
15 dias atrás

E o pior… Eles tratam a Rússia como se ela não fosse a maior potência atômica do mundo. Maior até mesmo que os EUA em número de ogivas.

Rafa
Rafa
Reply to  Willber Rodrigues
15 dias atrás

Precisam espalhar o medo e a desinformação.

Comte. Nogueira
Comte. Nogueira
Reply to  Willber Rodrigues
14 dias atrás

A narrativa da Otan de que a Rússia era defasada militarmente, que seus equipamentos são inservíveis, sua doutrina ultrapassada, etc… revelou-se apenas uma peça de propaganda.
E pelas declarações atuais, estão reconhecendo que a Rússia tem potencial para incomodar os europeus.

leonidas
leonidas
18 dias atrás

Acho hilário essas histórias de horror da Otan sobre a Rússia. Na verdade a Otan não é mais um pacto de defesa da Europa desde 1991. E sim uma segunda linha de ataque de Washington. E como tal ela deve aumentar sua prontidão e eficiência + capacidade de pronta reação para uma eventual guerra contra China ou de procuração em relação a Pequim. A Rússia é meramente um agente usado para justificar toda essa essa ação voltada a capacitar e aumentar a prontidão da Otan. A Rússia hoje é uma nação que assume assento no lugar em que a Inglaterra… Read more »

Carlos
Carlos
Reply to  leonidas
17 dias atrás

Será que o Brasil está em guerra com Israel por apoiar a Palestina? A OTAN não está em guerra com ninguém, apenas apoia a Ucrânia e sabe que se a Ucrânia perder, a Rússia irá querer reconstruir todo o seu império de influência e reconstruir o Pacto de Varsóvia e estes países atualmente fazem parte da OTAN. Já existe um cavalo de troia dentro da OTAN, mas isso não é suficiente para as ambições de Putin, necessita de alguém que dinamite por dentro e esse alguém já está na mente de todo o mundo. A China e muitos outros países,… Read more »

Last edited 17 dias atrás by Carlos
mac
mac
Reply to  Carlos
17 dias atrás

Disse tudo.

leonidas
leonidas
Reply to  Carlos
17 dias atrás

meudeusdocéu… rs

Sergio Machado
Sergio Machado
Reply to  leonidas
17 dias atrás

Se observa que a OTAN fala em confronto direto com Moscou dia sim, dia sim. E a recíproca não é verdadeira.
Um inocente acredita que não é para manter roda bélica girando, ou que um estado belicista permanente requer um “inimigo” também permanente.
O jogo é tão escancarado que sequer mencionam a China. Não existe possibilidade de conflito direto OTAN-Russia sem envolver Pequim.
Até o cachorro da minha vizinha sabe disto, como ele também sabe que o objetivo real do status quo são os vulto$o$ contrato$.

Oráculo
Oráculo
Reply to  leonidas
17 dias atrás

Essa semana duas coisas chamaram minha atenção no Telegram. A primeira foram jovens, praticamente adolescentes, servindo como soldados ucranianos que foram capturados pelos russos. Uns guris de 16, 17 anos sendo enviados para as trincheiras. Estavam tão apavorados ao serem capturados que não devem nem ter tentado lutar. É um crime o que Zelenski e seus pares estão fazendo com o futuro do próprio país. A segunda foram imagens e notícias da contratação de dezenas de milhares de mercenários pelos russos. Putin incorporou o Grupo Wagner ao exército russo. Isso é algo que pouco tem se comentado no ocidente. O… Read more »

Werner
Werner
Reply to  Oráculo
16 dias atrás

Vi um de um com síndrome de down numa trincheira e no vídeo ele estava brincando com uma pá,ai os “gloriosos,heroicos ,invencíveis e honrados” soldados ucranianos ficavam imitando sons de bombas e ele ficava apavorado.
Infelizmente o vídeo não é fake,é esse o nível da guerra fora os velhos,autistas e invalidos que são praticamente sequestrados para lutar a guerra do ze lenski ,o herói de mentira.

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Werner
16 dias atrás

Isto foi a maior sujeira que vi . Um completo desrespeito a uma pessoa com necessidades especiais. Isto é de uma monstruosidade sem par. No fim o Zelensky foge para Israel . É isso que vai acontecer.

Vitor
Vitor
Reply to  Antonio Palhares
16 dias atrás

São criminosos que fazem culto ao Bandera .

Patta
Patta
Reply to  Werner
16 dias atrás

O amigo, infelizmente é daqui pra pior, acho muito desumano oque fizeram de acordo com o seu relato. Só quero que essa guerra não se espalhe pro resto do mundo.

Camargoer.
Camargoer.
18 dias atrás

Então… não há garantia de Putin atacar outros países se vencer a Ucrãnia, mas tamém não há garantia da Otan atacar a Russia se ela vencer a guerra. Não há garantia da Russia, vencendo a guerra, incorporar todo o território da Ucrãnia, assim como não há garantia da Russia sair do território ucraniano depois dos dois países chegare a um acordo para o fim da guerra. Não há garantia da Inglaterra continuar fora da UE, assim como não ha garantia da Escócia deixar o UK. Não há garantia de Putin estar vivo daqui 10 anos, nem há garantia de Trump… Read more »

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Camargoer.
18 dias atrás

“assim como não há garantia da Russia sair do território ucraniano depois dos dois países chegare a um acordo para o fim da guerra.”

Essa é a única certeza que existe. A Rússia NÃO VAI abrir mão da Criméia e de onde ela está na Ucrânia. Eles terão que ser tirados lá, coisa que parece ficar cada vez mais difícil. Todo o resto é “negociável”

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Willber Rodrigues
18 dias atrás

Não acredito em garantias futuras.

O tempo é uma chave que tranca o passado e abre o futuro.

Nilo
Nilo
Reply to  Willber Rodrigues
17 dias atrás

Está certo, por negociação a Rússia sai de Lugansk, Donbass e Criméia e a Ucrânia sem tropas da OTAN não a reconquista.

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Nilo
17 dias atrás

Rússia abrindo mão da Criméia, vai acontecer no mesmo dia em que a China abrir mão de Taiwan e a Argentina das Falkland’s.

Nunca.

Nilo
Nilo
Reply to  Willber Rodrigues
17 dias atrás

Bom dia. No geral tendemos a uma análise midiática, aos acontecimentos recentes, mas uma análise sob perspectiva histórica o argumento de que ” Washington abriu mão da ideia de conviver com a Rússia” cai por terra, este fato e possibilidade nunca existiu sem que ante dela ocorresse a fragmentação total da Rússia. Considerações: Após a queda da União Soviética, em 1989, a expectativa era de um mundo pacífico e sem confrontos, essa ideia assim nos foi vendido inclusive aos Russos, nesta época a China já desempenhava um papel conveniente para o Ocidente, exportando vastos volumes de produtos, principalmente para os… Read more »

bjj
bjj
Reply to  Nilo
17 dias atrás

Desde os anos 90 a Rússia vem molestando e agredindo seus vizinhos mais fracos (Chechênia, Geórgia, e agora a Ucrânia). Isso motivou, de forma bastante justificável, a busca pelas pequenas nações do leste por proteção na OTAN, a única opção disponível (ou alguém em sã consciência acredita que países como Estônia e Letônia teriam alguma chance contra a Rússia sozinhos?). A “expansão” da OTAN em direção às fronteiras russas nada mais é do que resultado das ações da própria Rússia, como a adesão recente da Finlândia e Suécia, que teriam mantido a neutralidade histórica se a Rússia não tivesse invadido… Read more »

Nilo
Nilo
Reply to  bjj
17 dias atrás

Meu caro, uma coisa é nossa crença e opinião pessoal outra é quando para uma análise usamos referências históricas, a Chechênia, Ucrânia, e Geórgia, não é Lituânia, Suécia ou Filandia, para simplificar como diz Putin , de novo em sua última entrevista, “eu ou Rússia não tem interesse qualquer em invasão aos países bálticos mas é claro que no Ocidente prevalece a narrativa que vc propaga, mas fica um questão dos EUA quando se sentiu ameaçada por Cuba foi o suficiente para manter um bloqueio comercial mas devastador a uma nação, ao ao pouco deve considerar Rússia. Como considerar Rússia… Read more »

Nilo
Nilo
Reply to  Nilo
17 dias atrás

Digo, Está certo, por negociação “Não”……agora faz sentido minha concordância com seu comentário rsrsrs

Last edited 17 dias atrás by Nilo
Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Nilo
16 dias atrás

Se a Rússia sempre esteve nestes lugares. E nunca deles saiu . Porquê vai fazer isso agora ?

Nilo
Nilo
Reply to  Antonio Palhares
16 dias atrás

Boa tarde.
Vou resumir o seu comentário citando o que disse Putin a tempo e não só nesta última entrevista “estamos em uma guerra civil”, é certo que americanos sabem bem desta visão dos russo, e está visão dos russos com relação aos ucranianos torna mais ainda interessante o apoio ao movimento do Maidan, neste sentido os americanos agem como sempre o fez de quem herdou sua doutrina de domínio “os ingleses”, dividir para governar.

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Camargoer.
16 dias atrás

A Polônia quer territórios da Ucrânia. A Romenia idem. O pagador de impostos europeu com saco cheio desta guerra. Vai sobrar o quê para a Ucrânia nesta malfadada aventura do Guaidó Zelensky ? Destruindo seu país e matando seu povo numa guerra tresloucada ?

Comte. Nogueira
Comte. Nogueira
Reply to  Camargoer.
13 dias atrás

Não há garantia garantida nem no Procon. srsrss

JHF
JHF
18 dias atrás

A OTAN foi criada para enfrentar a URSS. Depois do desmembramento, fixou na Rússia e mais recentemente reconheceu que a China faz parte do enemigo. Agora estamos falando claramente em enfrentamento de longo prazo. Melhor falar claramente do que fingir neutralidade e rastejar tentando chegar o mais perto possível, como antigamente.

Maurício.
Maurício.
18 dias atrás

Rússia vs OTAN ou OTAN vs Rússia? Tá bom…😪

Luís Henrique
Luís Henrique
18 dias atrás

Ele só está demonstrando preocupação com o fato da Rússia ter se tornado mais poderosa em termos militares do que era antes da invasão. Algo que alguns aqui já perceberam faz tempo, eu inclusive já postei diversas vezes sobre isso, mas uma maioria não querem enxergar ou porque se alimentam apenss de mídias ocidentais ou porque devido à torcida, não querem ver o óbvio, que esta claro e cristalino. A Rússia está vencendo a guerra. A Rússia está aumentando bastante o seu efetivo militar, a quantidade de equipamentos modernos, a capacidade de produção de suas indústrias bélicas, o seu orçamento… Read more »

Paulo Sollo
Paulo Sollo
18 dias atrás

Este stoltenberg é uma das mais medíocres, incompetentes e desprezíveis figuras do cenário político mundial da atualidade porque não passa de um boneco de ventríloquo. Não tem voz própria, é um agente de relações públicas dos interesses dos eua e desde o inicio da guerra na Ucrânia ele tem repetido invariavelmente o mesmo discurso pré determinado por seus patrões, atuando incisivamente contra qualquer solução pacífica e fomentando a continuidade da violência e destruição em prol dos lucros excepcionais que a indústria de guerra da otan tem conquistado. Ursula von der leyen é seu clone feminino. Também uma boneca de ventríloquo… Read more »

Lord-M
Lord-M
Reply to  Paulo Sollo
17 dias atrás

Exatamente por isso Stoltenberg e Ursula von der Leyen estão em sua respectivas posições na OTAN e UE: são absolutos medíocres e fantoches dos interesses dos EUA, a total dos reais Interesses e Soberanias Nacionais europeias. Absolutamente óbvio para alguém com base mínima em história e geopolítica.

Esses tipos são escolhidos a dedo por Washington e “chutados pra cima” na OTAN/UE.

Giora Epstein
Giora Epstein
Reply to  Lord-M
17 dias atrás

A “base mínima de história e geopolítica” do ________pode ser observada na conversa de comadres entre o anão do Kremlin e o moleque de recados do Trump, por sinal o maior festival de mentiras de todos os tempos, que foi trollado até pelo ex presidente mongol

https://www.instagram.com/p/C3Pl7_oqyv9/?igsh=andwMnNidHI0bjZt

EDITADO. MANTENHA O RESPEITO. NÃO ROTULE OS OUTROS PAEA NÃO SER ROTULADO.

LEIA AS REGRAS DO BLOG:
https://www.aereo.jor.br/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

Vitor
Vitor
Reply to  Giora Epstein
17 dias atrás

Bandera e seus afiliados no ocidente batem cabeça qual vai ser a última linha de defesa…com certeza o pobre ucraniano ludibriado sabem que eles vão pagar a conta …e quando chegar a hora e a história na leva desaforo… vai começar a caça as bruxas dentro das forças armada ucranianas.

Giora Epstein
Giora Epstein
Reply to  Vitor
17 dias atrás

Quem bate muito mais cabeça e faz bem mais ginástica verbal para justificar uma guerra imperialista são os prepostos do Kremlin situados ao sul do Rio Grande, e a desastrosa entrevista do anão do Kremlin para o moleque de recados do Trump certamente não ajudou

Lord-M
Lord-M
Reply to  Vitor
16 dias atrás

Uma guerra fratricida já começou dentro do regime de Kiev; lembrando que as eleições foram canceladas pelo “democrático) Zelensky e que Zaluzhnyi era o prefiro por outro círculo de poder… Sua destituição foi por esses motivos óbvios.
Na medida que o desastre cada vez é pior essa guerra só será alavancada; inclusive o risco de uma guerra civil no restante da Ucrânia é plausível.

Vitor
Vitor
Reply to  Lord-M
16 dias atrás

A questão é quando a turma do castelo de areia vai desmoronar …qual país vai socorrer essa patota no exílio… os exilados já são um problema nesses países imagina a turma que patrocinou e insulflou em favor de interesse de terceiros contra sua própria nação .

Werner
Werner
Reply to  Giora Epstein
16 dias atrás

Vc já consertou seu relógio?
O tic tac quebrou o ponteiro né?

Giora Epstein
Giora Epstein
Reply to  Werner
16 dias atrás

E você, já se convenceu que não é eslavo mas sim um mestiço de português, índio e negro residente ao sul do Rio Grande?

Giora Epstein
Giora Epstein
Reply to  Paulo Sollo
17 dias atrás

Parabéns pelo CTR+C /CTR+V das bobagens que a gente lê por aí de obra de “pençadores” que falam nesse tal “admirável mundo novo multipolar” onde abundam estados párias e autoritários…..

Agora piada mesmo é você especificamente na invasão da Ucrânia pelo Putinstão falar em “solução negociada” quando o anão do Kremlin agiu de má fé o tempo todo.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Giora Epstein
17 dias atrás

Foco no argumento. Quando você ataca as pessoas, dá a impressão que vocẽ é incapaz de rebater o argumento, algo que não acredito já que vocẽ é uma pessoa bem articulada e informada.

Essa coisa de desqualificar a outra pessoa em um debate só serve para desqualificar quem ataca.

Last edited 17 dias atrás by Camargoer.
Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Camargoer.
16 dias atrás

Vivendo e aprendendo

Lord-M
Lord-M
Reply to  Camargoer.
16 dias atrás

Essa tipo de postura é consciente.

Não sei quem acham que irão convencer…

Todo mundo está vendo qual o objetivo (que não é um debate fundamentado e honesto).

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Paulo Sollo
16 dias atrás

E pior que vive as custas dos contribuintes americanos e europeus..

Munhoz
Munhoz
18 dias atrás

Trabalhando para a indústria de armas !
Ucrânia abandonada , a indústria precisa continuar as vendas , isto é para forçar os europeus a gastar 2% do PIB em defesa

Fábio Jeffer
Fábio Jeffer
18 dias atrás

Olha só a fonte da reportagem

Fábio Jeffer
Fábio Jeffer
18 dias atrás

É mais do mesmo blá-blá-blá de sempre de pessoal

Vitor
Vitor
18 dias atrás

Esse camarada é um político falastrão junto com o Borrel, o primeiro alega que a patota da Otan que suas armas são da galáxia é imbatível o outro menciona que a Europa é um jardim.

Andromeda1016
Andromeda1016
17 dias atrás

Manda quem pode (EUA), obedece quem NÃO tem juízo (Europa).

Lord-M
Lord-M
Reply to  Andromeda1016
17 dias atrás

A postura dos países Europeus em relação aos EUA é pura e simples Altíssima Traição.

Cometerem suicídio econômico em nome de Washington: desindustrialização, preços absurdos por energia e ainda estão gastando os tubos comprando armas do complexo industrial-militar dos EUA.

A convulsão social mal está começando; e, como esperado, quase nada do que realmente está acontecendo na Europa sai na mídia mainstream ocidental por aqui (Brasil)…

Camillo
Camillo
17 dias atrás

Fatos, quantas vezes a Rússia atacou o Ocidente?
Agora o Ocidente de tempos em tempos ataca a Rússia…Napoleão, Hitler…
Incrível como criam uma narrativa absurda, mas a indústria bélica dos EUA agradece…

RPiletti
RPiletti
Reply to  Camillo
17 dias atrás

A Polônia foi ataca pela Alemanha e pela URSS ao mesmo tempo, não esqueça disto.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  RPiletti
17 dias atrás

Vamos lá (outra vez). O território polonês é ocupado por seres humanos há milhares de anos. Diferentes impérios que já sumiram dominaram aquela área. Se for seguir a cronologia, até Neandertais já dominaram aquela região. No início do Sec.XX, aquela região pertencia á Russia Czarista. Com a queda do Czar e a revolução bolchevique, o armistício entre a Rùssia e a Alemanha resultou na cessão daquela área para a Alemanha. Com a derrota da Alemanha, o Tratado de Versalhes deu autonomia à Polônia Com a ascensão de HItler, ficou claro que seu objetivo era ocupar a Ucrãnia (que já era… Read more »

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Camargoer.
16 dias atrás

Dá próxima vez . É melhor desenhar. Quem sabe ele aprende.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Antonio Palhares
16 dias atrás

Olá Palhares. Creio que, hoje, seria suficiente entender que a Rússia capitalista sob o regime de Putin não é a ex-URSS comunista que colapsou no início dos anos 90, nem a Rússia Czarista que colapsou no início do Sec.XX após 300 anos de dinastia Romanov.

Lord-M
Lord-M
Reply to  RPiletti
17 dias atrás

Na narrativa histórica revisionista ocidental.

paulof
paulof
Reply to  RPiletti
17 dias atrás

Finlândia, Georgia e Ucrânia não são ocidente?

Morgenthau
Morgenthau
Reply to  paulof
17 dias atrás

A Geórgia e a Ucrânia não são ocidentais, agora a Finlândia sim, embora sempre tenha sido periférica.

paulof
paulof
Reply to  Morgenthau
17 dias atrás

Todos esses povos estão ligados ao Ocidente, principalmente a Europa que é uma das definições restritiva que ocidente são os povos e culturas europeias somando-se outras regiões que tiveram influxo de imigrantes deles e hoje seus descendentes são maioria qualquer coisa muita fora disso é a-histórica.

Morgenthau
Morgenthau
Reply to  paulof
17 dias atrás

O mesmo vale para a Rússia. Se a Ucrânia é ocidental, a Rússia também é. Há muito mais semelhança entre a Ucrânia e a Rússia, em todos os sentidos, do que entre a Ucrânia e qualquer país Ocidental, e há muito mais semelhança entre a Rússia e o Ocidente, do que entre a Rússia e qualquer país não Ocidental.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Camillo
17 dias atrás

Caro. Uma coisa é a Russia Czarista. Outra coisa foi a ex-URSS. Mais uma outra coisa é a Rússia de Putin.

È como a Alemanha de Guilherme II, com República de Weimar, Reich Nazista e a Alemanha Ocidental (que virou apenas Alemanha após a unificação que resultou da queda do muro de Berlin)

Lord-M
Lord-M
Reply to  Camillo
17 dias atrás

Idem China e Irã…

João Moita Jr
João Moita Jr
17 dias atrás

E em que momento, esse conflito deixou de existir??? 🤔

Cerberosph
Cerberosph
17 dias atrás

Os EUA ao se depararem com o inimigo mais poderoso que surgiu, a China, ao invés de se aproximar de seu antigo inimigo russia, que estava vivendo dificuldades econômicas, para num futuro conflito unirem forças, resolveu, usando um proxy, atacar o antigo inimigo visando azeitar a sua máquina de guerra e a de seus parceiros para num futuro estar preparado para atacar a China. Só que o tiro saiu pela culatra e na realidade azeitar foi a máquina de guerra da Rússia, que está mais forte do que antes ao mesmo tempo que mostrou a fragilidade da máquina de guerra… Read more »

Gustavo
Gustavo
17 dias atrás

Mais porque longa,os russos não estava ficando sem munição, e os embargos não ia falir o país.

JPonte
JPonte
17 dias atrás

A Europa tem inúmeros seríssimos problemas , a Rússia é a guerra na Ucrânia no contexto todo e o menor deles …. Sucateamento da indústria , mão de obra cara e cada dia mais escassa , processo imigratório fora do controle com repercussões severas na segurança interna e orçamento de seguridade social , baixa aderência da carreira militar entre os jovens europeus , baixa estima dos militares nos principais centros europeus , falta de coordenação entre a demanda pública e as políticas públicas emanadas por Estrasburgo , o reclamo pela volta da identidade nacional ….. est brabeza toda vem da… Read more »

Gabriel Pereira Lima
Gabriel Pereira Lima
17 dias atrás

Como manterão um confronto de décadas? A Europa hoje já é formada por _______________ que no primeiro sinal de conflito em seu país fugiriam é ainda tem a estagnação económica é desindustrialização que não é mais uma lenda já é um fato com número e reportagem e ainda tem as gigantescas dividas que consomem mais de 100% de seu PIB e pensa que a 3 anos atrás o maior problema para estabilidade econômica da UE era a Grécia.

COMENTÁRIO EDITADO. NÃO USE O ESPAÇO DE COMENTÁRIOS PARA PROPAGAR DISCURSOS DE TEOR XENOFÓBICO.

LEIA AS REGRAS DO BLOG:
https://www.forte.jor.br/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

Last edited 17 dias atrás by Gabriel Pereira Lima
JPonte
JPonte
Reply to  Gabriel Pereira Lima
17 dias atrás

Gabriel meu post e o seu apontam na mesma direção .
A Europa está quebrada !!
A população ainda não sabe , mas irão descobrir logo …
Em franco processo de desindustrialização na Europa Ocidental , indústrias indo para Europa Oriental , Ásia , México , EUA e poderiam vir ao Brasil se tivéssemos política trabalhista e tributária mais amiga do empreendedor .
Veremos nos próximos 10 anos convulsões sociais nos países da Europa Ocidental muito duras ……

H.Saito
H.Saito
17 dias atrás

A Segunda Guerra Fria ou a Terceira Guerra Mundial.
Escolham.

Bispo
Bispo
17 dias atrás

OTAN sem os EUA é cachorro atropelado… uiva de dor e morre 🙃

Brazil
Brazil
16 dias atrás

Ué e a OTAN está em guerra com a Rússia?

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Brazil
16 dias atrás

Ato Falho

Antonio Palhares
Antonio Palhares
16 dias atrás

Esses caras levaram seus países alta de inflação, quedas nas produções industriais, elevados custos de produção e recessão. Eles não tem mais explicações para as populações de seus países e contribuintes de impostos. O que não falta é papagaiada para o consumo interno. Vamos esperar mais.

Bispo
Bispo
Reply to  Antonio Palhares
16 dias atrás

Os EUA usando o dólar como arma de guerra, se F , os integrantes do Brics (já são 10) já fazem e farão ainda mais trocas comerciais em outras moedas.

Dólar como moeda hegemônica, nunca mais.

Europa , ainda mais inteligentes que os EUA, rs..

Alemanha locomotiva europeia movida a gás “Di grátis” russo … que fazem ? Cospem no prato que os alimenta , resultado está triplamente F …gás 3x mais caro , desindustrialização, etc ao cubo.

Fazendo as contas ..Rússia e China saíram ganhando geopoliticamente.

Last edited 16 dias atrás by Bispo
Rafael costa
Rafael costa
16 dias atrás

Essa é a decadência da europa, criando falsas narrrativas de invasão russa ao continente europeu, eles impulsionam a indústria militar americana, boa estratégia dos EUA.