Home Conflitos em andamento Pentágono libera vídeo de drone destruindo tanque T-72 na Síria

Pentágono libera vídeo de drone destruindo tanque T-72 na Síria

8778
34

O Exército dos EUA liberou um vídeo que mostra um ataque de drone contra um tanque de batalha T-72 de fabricação russa na Síria.

O Pentágono disse na terça-feira que “o tanque estava manobrando com fogo indireto coordenado em uma posição defensiva ocupada pelas Forças Democráticas da Síria (SDF) e conselheiros da Coalizão”.

Outras mídias relataram que os “conselheiros de coalizão” eram forças de operações especiais dos EUA, que são conhecidas por treinar, equipar e lutar ao lado das SDF. O Pentágono disse que nenhum combatente dos EUA ou SDF foi morto pelo tanque.

Relatos generalizados sugerem que empreiteiros militares russos dirigiam o tanque e estiveram por trás de múltiplos ataques contra os EUA e seus aliados na Síria.

A agência Bloomberg informou recentemente que uma batalha maciça com ataques aéreos dos EUA, foguetes e artilharia, matou mais de 200 russos, na defesa de uma posição das SDF.

Assista ao vídeo abaixo:

34 COMMENTS

  1. Mandem esse video para os venezuelanos ahahaha eles adoram os t-72, agora as coisas na Síria estão bem estranhas, vamos aguardar os próximos capítulos, os EUA não obtiveram tanto exito por lá, quem sabe agora eles não peçam ajuda para os amigos Israelenses.

  2. Russos, mas não militares russos. O texto diz que são mercenários, de empresa privada russa. Russos de nacionalidade, mas não membros das forças armadas russas…

  3. O dia que os estadunidenses matarem 200 russos em combate, sejam efetivos, sejam
    mercenarios, estaremos bem mais perto de algo muito ruim, mas muito ruim mesmo.

  4. T-72 é uma maravilha para sua torre saltar quando atingido, sinal que a munição interna explodiu e tornou o interior do tanque um crematório para seus tripulantes.
    O vídeo não mostra isto.
    .
    Tanque parado é alvo.

  5. Qualquer ATGW atual que atinja o teto ou a lateral de um MBT vai fazer um estrago danado. Os tanques são muito “duros” porém não são invencíveis.

    Quanto a participação dos EUA no “conflito” é tudo muito relativo, não existe campanha de sucesso onde não há a aplicação de efetivos em terra.

    Uma coisa é certa, todas as frequências dos radares russos estão gravadas se tornando um rico material de estudo. Só por isso o conflito já valeu a pena para os EUA.

    Só haverá envolvimento de verdade dos EUA se o Irã escalar a sua participação no conflito, não que os EUA estejam preocupados com a Síria, mas sim com Israel.

  6. Eu realmente acho que os tanques com suas configuracoes sem defesa aerea somente duas armas, canhao e metralhadora auxiliar, estao obsoletos perante as forcas aeras e terrestres municiadas de misseis antitanques; sua sobrevivencia ainda hoje ainda se deve, pelo que vejo ao altos custos das armas antitanques, talvez por isso que sua participacao nos exercitos da europa ocidental fica cada vez menor, sendo ainda grande me nas regioes mais pobres do planeta.

  7. tem uns garotinhos aqui que adoram ver os americanos perdidos. fazem aquela festa para a Rússia falida. Mas quando sai filme da Marvel ou DC corre para o cinema ver, com seus smartfone russos.
    kkkkkkkkkkkkk vocês são uma piada. Crianças de arquibancadas.
    Crianças, vão brincar com seus “Playstation russos” e deixem as analise politico militares com os adultos. Vão brincar de serem russos nos goulash. kkkkkkkkkkkkkk

  8. Oseias..é a mais pura verdade. Certas crianças adoram defender párias internacionais, principalmente russos com toda sua história de massacres, invasões, crimes de guerra, alinhamento com terrorismo, ditaduras e por ai vai. Quando a chapa esquenta chamam o tio sam pra ajudar a limpar a sujeira.

  9. Esse apoio não é nenhuma novidade. Como a Al Qaeda, o Estado Islâmico foram feitos nos EUA como instrumentos de terror projetados para dividir e dominar o Oriente Médio rico em petróleo e combater a crescente influência do Irã na região. O fato de que os Estados Unidos tem uma longa e tórrida história de apoio à grupos terroristas surpreenderá apenas aqueles que assistem noticiários pró EUA. O ISIS não é um mero instrumento de terror usado pela América para derrubar o goverso sírio, é também utilizado para pressionar o Irã.

  10. Informações mais atuais e confiáveis falam em aproximadamente 100 mortos, 5 russos confirmados. Eles eram da companhia mercenária Wagner PMC que devem ter sido o principal alvo do contra-ataque americano. Se for assim a morte de russos foi maior.

  11. Claudiney 14 de Fevereiro de 2018 at 10:23.
    .
    Se eu não tivesse problema na coluna eu já teria me alistado nesses grupos. Aqui em Poa já foram vários ex militares, em Goiânia foram muitos alguns eu conheço. São varios grupos. Esse que você citou paga 6 mil dólares por mês. Tem um que paga 14 mil dólares.

  12. É importante que os americanos delimitem claramente até aonde a Russia pode chegar em relação as suas tropas em terra.
    Se se aproximarem demais dos SEALS, com certeza levarão GBU e Hellfire na cabeça até dizer chega.
    Uma zona de exclusão aérea e terrestre é bem clara desde o início das negociações entre os dois países, mas como sempre os russos insistem em ultrapassar esta linha.

  13. Gente, tem que separar mercenários russos de companhia privada do Estado Russo. São coisas muito diferentes.
    Companhias militares privadas estão aí pra isso, ser bucha de canhão ou fazer trabalho sujo que Estados não querem fazer. É assim toda vez que são empregadas, em qualquer teatro, sob contrato de qualquer Estado.
    Escolheram esse caminho de “terceirização” da guerra, a moda foi lançada pelos EUA, de lá pra cá vem se espalhado e só vai piorar. Até no Brasil já tem empresa assim. Notícia do fim do ano, aqui no forte mesmo. E sabem o pior? Não tem regulamentação nenhuma em lei. Atuam no limbo, no nevoeiro completo. Impossível auditar, impossível fiscalizar.

    Todo campo de negócio que atua assim, só pode dar merda. Muita merda. Cada vez mais merda.

    Um dos pontos da confusão está aí: pessoas achando que o Estado russo se importa com os mercenários. Estão cagando. De onde vieram esses que morreram, tem fila querendo mais “emprego”. Reservista é o que não falta naquelas terras.

  14. Caso comece uma guerra convencional ou não…quem sairá menos chamuscado!? Sempre os EUA!! SEMPRE!!
    A America Latina ilesa!
    FOME e DOENÇAS dizimaram Europa Rússia China Índia Japão africa Oceania Paquistão,
    Generais sabem o qe digo, já soldados não! Esses gosta de ver torretas subindo e jatos caindo e medir quem tem o p a u maior….mas é o estomago que manda!!

  15. O interessante é saber como se arma e municia essas milícias privadas. Traficantes de armas? Ou pelo próprio país interessado?

    Torço para que os povos do Oriente Médio possam viver em paz, mas parece que estão fadados ao aniquilamento.

  16. Ah, cadê as cenas do entulho como prova da destruição? Ou drones estão usando explosivos poderosíssimos?

    Parece que foi à noite (clarão cegou a visão noturna e a munição do tanque pode ter explodido junto).

  17. Fred 14 de Fevereiro de 2018 at 11:27
    Gente, tem que separar mercenários russos de companhia privada do Estado Russo. São coisas muito diferentes.
    ………………………
    Olha, eu desconfiou desse tipo de separação extrema entre soldados privados e soldados militares (do Estado). Se essa empresa privada russa esta na Síria e Putin é aliado da Síria, certamente há muita proximidade entre ambos. A empresa privada não seria louca de ir para um local de conflito intenso APENAS por dinheiro. O mesmo acontece na África onde empresas privadas, especialmente da França, são braços do governo francês.
    Se russos da empresa privada morreram na Síria vocês podem ter certaza que Putin não gostou nada disso. Primeiro pelo fato dos soldados privados serem russos, segundo porque uma força privada é uma forma de levar ex-militares alinhados aos russos para a Síria em benefício das FA da Síria e da Rússia.
    Acho que o interesse em levar soldados através de empresa privada é uma forma de preencher uma lacuna INSTITUCIONAL/LEGAL em âmbito externo.
    Atacar soldados russos de empresas privadas não é o mesmo que atacar militares russos, no entanto, é um ataque contra russos alinhados a Putin na Síria (certamente enviados pelos próprios russos).

  18. Ivan BC

    Foi assim na Ucrânia, lembra?
    Um monte de russos, com insignias de tudo quanto é unidade das FFAA russas, com uniformes e tudo, todos misturados em unidades que lutavam contra o Exército ucraniano. Tinha fuzileiro naval, paraquedista e soldado se de fronteira tudo junto.

    O Putin jurava que não eram tropas regulares.

    Depois a imprensa europeia descobriu que Vários eram mercenarios, reservistas das FFAA russas, que eram pagos adivinha por quem…

    Só que quando começaram a levar uma invertida dos ucranianos, Putin mandou o exército russo, também sem insignias, na maior cara de pau, dar apoio.

    Daí os ucranianos dançaram.

    Esses mercenarios viraram tropa de pronto-emprego das grandes potencias. Vão fazer o serviço sujo enquanto as forças regulares esperam a política ficar favorável a entrada deles em combate.

    Se me engano foi aquele General americano David Petraeus, que venceu a resistência iraquiana, que criou essa doutrina. Ou melhor, reviveu essa doutrina. Que é tão antiga quanto os exercitos….

  19. Soldat 13 de Fevereiro de 2018 at 19:17

    So vi fumaça CADE o t 72 destruído????
    .
    ( ) Se teletransportou para um universo paralelo usando o reator nuclear miniaturizado que existe dentro dele, afinal de contas os russos dominam tal tecnologia.
    ( ) Desviou para um dos lados utilizando retrofoguetes movidos a energia nuclear do reator miniaturizado existente dentro do T-72, afinal de contas os russos dominam tal tecnologia.
    ( ) Ficou invisível usando um feixe de luz vindo da estação espacial Mir, que não foi destruída, gerada por motores de prótons únicos no mundo, afinal de contas os russos dominam tal tecnologia.
    ( ) Praticamente foi desintegrado ao ser destruído, mesmo sendo um tanque russo, afinal de contas, o fato de ser russo não muda o fato que pode ser destruído como qualquer tanque no mundo.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here