Home Operações Militares Forças Armadas, ação na fronteira com Paraguai

Forças Armadas, ação na fronteira com Paraguai

246
21

Galeria - operações Ágata

Operação das Forças Armadas fecha porto clandestino e devem destruir outros dez portos ilegais na região. Ação vai do Chuí, no Rio Grande do Sul, até Guaíra, no Paraná

A força tarefa das Forças Armadas (Exército, Marinha) e da Polícia Militar do Paraná que está na fronteira do Brasil com o Paraguai para combater a criminalidade, começou a destruir portos clandestinos, nesta terça-feira (21), na região do Lago de Itaipu, no Paraná. Até o fim da semana, dez desses caminhos ilegais usados para trazer contrabando do paraguai serão fechados.

O Exército foi para as ruas da cidade de Santa Helena, no Oeste do Paraná. Tanques de guerra e viaturas policiais fizeram parte do comboio que passou por estradas rurais, rumo a portos clandestinos usados para trazer mercadorias contrabandeadas para o Brasil.

A rota é usada por traficantes para transportar armas e drogas para território nacional, em barcos. No caminho, indícios de que a área já havia sido fechada uma vez.

O bloqueio de portos clandestinos às margens do Lago de Itaipu faz parte da Operação Fronteira Sul, comandada pelo Exército. A ação vai da faixa de fronteira que vai do Chuí, no Rio Grande do Sul, até Guaíra, no Paraná. A operação vai durar até sexta-feira (24).

A Marinha notificou 14 embarcações e duas foram apreendidas por excesso de peso e irregularidades na documentação no Lago de Itaipu.

Fonte: G1

Subscribe
Notify of
guest
21 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
João-Curitiba
João-Curitiba
11 anos atrás

Pena que isso não é permanente. No resto do ano a fronteira na região do lago de Itaipu e mesmo a fronteira seca entre Paraguai e Mato Grosso do Sul, vira quase uma terra de ninguém.

Ozawa
Ozawa
11 anos atrás

Faço minhas as palavras do João. E antes que a imprensa paraguaia, que, como em outros países inclusive os nossos, possui muitos deformadores de opinião em seus órgãos da mídia, esbraveje, vendo nesse ato uma provocação, ou demonstração de força, é, a meu ver, sobretudo, uma ação policial em sentido estrito, vez que todos sabemos que essa rota é “eira e vezeira” na entrada de armas para nosso território que reforçam os marginais do tráfico (não traficantes, pois estes não estão nos morros) das comunidades periféricas do RJ e SP. Essa operação – deve – ser permanente e amparada por… Read more »

Joao
Joao
11 anos atrás

De acordo com os amigos acima. O que se precisa na area e uma base permanente para um forca-tarefa da MB e do Exercito.

welington
welington
11 anos atrás

Comcordo com os amigos de cima temos que montar uma base base permanete nesses pontos.

RT
RT
11 anos atrás

Precisamos de mais operações como essas, de mais policiais federais e usar mais as forças nesta tarefa.
Precisamos utilizar equipamento de vigilância mais modernos, VANT´s, serviço de inteligência e todos os meios para evitar que armas e drogas entrem com tanta facilidade em nosso território.

Eduardo
Eduardo
11 anos atrás

É bem isso que querem, que transformemos nossas Forças Armadas e polícias de fronteira. São operações que, para treinamento servem com restrições, mas tira-se a finalidade primeira das mesmas, que é a de se prepararem para a defesa do país. Ações como essa apenas cobrem as lacunas deixadas pelo próprio govenro, que deveria equipar a Polícia Federal para tal, afinal de contas, essa é uma das funções básicas dela, e não é cumprida. Daí como sempre, chamam o Exército. Para construir obras que nenhuma empresa quer, para fazer o papel das polícias, quando estas se mostram ineficazes, para construirem poços… Read more »

Eduardo
Eduardo
11 anos atrás

Correção: “…nossas Forças Armadas em Polícias de fronteira.” No final da primeira linha.

RT
RT
11 anos atrás

Que as forças armadas não devem ser policias de fronteira tudo bem, mas as bases, equipamentos e conhecimento não poderiam ser divididos com o IBAMA, PF e etc. Com o tamanho de nosso território e a precariedade de recursos deveríamos aproveitarmos melhor os que temos. Acho que as FA não devem assumir os papeis das outras instituições e sim ajuda las (Já faz isso em alguns casos) . Há países que as FA desempenham vários papéis além da defesa nacional, nos EUA a engenharia de exercito é que supervisiona a construção de represas e diques, na Colômbia combate a guerrilha… Read more »

Eduardo
Eduardo
11 anos atrás

Os EUA transformaram o exército colombiano em polícia. Esse é o objetivo, e totalmente dependente de seus equipamentos… Polícia é polícia… A engenharia militar dos EUA supervisiona apenas, com engenheiros analisando os empreendimentos apenas, e não colocando tropas para construí-las… Casos especiais eu concordo, mas está se tornando rotina. Veja se nos EUA a polícia de fronteira tem algum apoio das FA de lá? Veja se a Guarda Costeira tem esse apoio da Marinha dos EUA (neste caso está acontecendo o contrário, a Guarda Costeira está apoiando a marinha). É uma questão de termos órgãos públicos competentes, fato este muito… Read more »

Eduardo
Eduardo
11 anos atrás

Veja que os A-29 tem a função de combate ao tráfico… Qual o real valor em um conflito? Pode até ter, mas seria igual aos argentinos com o ……. (esqueci o nome daquele avião deles, que tem 6 ou 8 metralhadoras…) Eram temidas, mas prontamente combatidas até por helicópteros. Já estamos tendo este direcionamento, infelizmente. Mas ainda acho que o A-29 pode ser bem aproveitado… Veja só, estou em dúvida da real capacidade do A-29 num conflito… Uma aeronave tão bonita e competente, mas para ações de contra-insurgência ou combate ao contrabando… Para o treinamento é excelente. Será que possui… Read more »

Eduardo
Eduardo
11 anos atrás

Pucará, este é o avião argentino…

Ozawa
Ozawa
11 anos atrás

Perdoem-me a impertinência da matéria abaixo com o post em questão, mas plenamente relevante no contexto geral desse blog: O DIA – RJ 24/10/2008 01:14:00 Quartéis: R$ 22,6 bilhões Verba adicional foi liberada graças a excedente de arrecadação Ananda Rope BRASÍLIA – Os quartéis comemoram a liberação adicional de R$ 22,6 bilhões para o Exército INVESTIR EM REAPARELHAMENTO E MODERNIZAÇÃO. A autorização foi publicada ontem no ‘Diário Oficial da União’, como resultado do excesso de arrecadação de recursos federais. Esse foi o principal assunto na solenidade pelo Dia do Aviador, na Base Aérea de Brasília, que reuniu o ministro da… Read more »

Beto
Beto
11 anos atrás

Mauro
O A-29 poderia ser comparado ao A-10 EUA??

Ozawa
Ozawa
11 anos atrás

Ainda pedindo licença à impertinência da matéria em nome da relevância geral, seguem 2 opiniões acerca da PEC 249 acerca da fixação percentual do soldo dos oficiais-generais aos subsídios de Ministro do STM, ambas publicadas no Jornal O DIA, nesta data: MARCELO ITAGIBA: Dignidade já! Deputado federal pelo PMDB-RJ Rio – Diante da absurda situação de penúria dos militares, tomei a decisão de elaborar proposta de emenda constitucional (nº 245) para resgatar a dignidade salarial da categoria. Aprovada pela Comissão de Constituição e Justiça, a PEC 245 tem recebido apoio de todas as patentes, será analisada por uma comissão especial… Read more »

Ulisses
Ulisses
11 anos atrás

Com R$22,600,000,000 podemos comprar qualquer coisa!como um novo tipo de rifle para substituir os FAL.

Obrigado amigo Osawa.

Beto
Beto
11 anos atrás

Mauro
Obrigado pela informação!!

Luiz Marcelo
Luiz Marcelo
11 anos atrás

Ontem eu vi na TV um senhor disparando a uma distância de 5 m com um Mauser98 7.62 contra um capacete de aço da segunda guerra e contra o moderno capacete de kevlar dos soldados americanos. O resultado foi igual com a bala atravessando todo o capacete e saindo por trás. Eu fico imaginando este soldado do futuro carregando um gerador eólico ou solar/nuclear para reabastecer todas estas baterias …

Pinchas Landisbergis
Pinchas Landisbergis
11 anos atrás

Isto deveria ser permanente, e inclusive resgatar os brasiguaios de lá indenizá-los retirar TODOS os investimento brasileiros do Paraguai e lacrar a fronteira fechar o porto de Paranaguá ás exportações de produtos paraguaios . Quero ver qunto dura a valentia destes ermanos.Não sabem nem plantar soja sozinhos E sem este papo de termos divida moral de guerra com o Paraguai que era inclusive a maior potencia militar da América Ltina na época e aquele megalomaníaco Solano Lopes qeu começou a guerra , invadindo o Braasil e a Argentina. Não devemos nada a estes caras ao contrário eles que nos devem… Read more »

Roberto - SP
Roberto - SP
11 anos atrás

Vamos ver se as Forças Armadas aproveitam esse montante de quase R$ 23 bilhões e adquirem armamentos modernos, pois a situação de nossas forças beira à penúria. O país de Chavez, com um PIB três vezes menor que o nosso,está adquirindo armamento moderno numa velocidade incrível. Em pouco tempo, já está c/ 24 caças Sukhoi MK2, os mais poderosos da atualidade, radares tridimensionais, sistema de defesa sofisticado,fuzis,e está prestes a receber uma grande quantidade de carros blindados de transporte de tropa co alto poder de fogo(canhão 100mm), sua lista ainda inclui submarinos, navios, etc…Será que se o Brasil entrasse em… Read more »

Pinchas Landisbergis
Pinchas Landisbergis
11 anos atrás

Temos que cuidar da nossa soberania e dos nossos interesses a despeito de quem quer que seja. Num hipotético ataque venezuelano , no começo levaríamos a pior , mas com certeza em menos de um mes as coisas se inverteriam. Há que se considerar o peso estratégico , o parque industrial , a capacidade de reposição , a disponibilidade e capacidade de emprego e principalmente o sentimento de nacionalidade do povo brasileiro que jamais permitirá que intrusos violem nossa soberania impunemente. Até mesmo os EUA pensariam duas vezes antes de uma invasão ao Brasil dado aos seus fracassos (Coreia, Vetnã… Read more »

Aumento a vista
Aumento a vista
10 anos atrás

Vamos ao congresso dar nosso apoio….. 13/05/2010 08:07 Audiência debaterá PEC sobre salários das Forças Armadas A Câmara realizará audiência pública hoje, às 14h30, para discutir a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 245/08, que reestrutura os salários dos oficiais das Forças Armadas. Segundo a PEC, a remuneração dos almirantes de esquadra, generais de Exército e tenentes brigadeiros (patentes mais altas das três Forças) será fixada em valor equivalente a 95% do subsídio mensal dos ministros do Superior Tribunal Militar (STM). No caso dos demais militares, a remuneração será escalonada conforme os postos e graduações. O debate, que acontecerá no… Read more »