Home Política Países vivem pior crise bilateral desde os anos 70

Países vivem pior crise bilateral desde os anos 70

187
31

bandeira_eua_israel

vinheta-clipping-fortePara o embaixador dos EUA em Israel, Michael Oren, os novos assentamentos em Jerusalém Oriental desataram a pior crise nas relações bilaterais em 35 anos. A questão é se os EUA passarão da crítica à ação dessa vez.

Israel é o país que mais recebe ajuda dos EUA – são US$ 2,4 bilhões anuais, principalmente na área militar. O presidente George H. Bush foi o último a tentar impor condições para essa ajuda – em 1991 ele pressionou pelo congelamento da expansão dos assentamentos quando Israel pediu um crédito de US$ 10 bilhões.

Segundo Oren, que também é historiador, a última grande crise entre os dois países ocorreu em 1975, quando o então chanceler americano Henry Kissinger teve de convencer o primeiro-ministro israelense Yitzhak Rabin a desistir da ocupação do Sinai, no Egito. Na época, os Estados Unidos se recusaram a firmar novos acordos militares com Israel por seis meses. Com a pressão, o governo israelense cedeu, o que acabou abrindo o caminho para a iniciativa de Anwar Sadat, em 1977, que culminaria nos acordos de Camp David, impulsionados por Jimmy Carter, e no tratado de paz de 1979.

FONTE: O Estado de São Paulo

31
Deixe um comentário

avatar
31 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
16 Comment authors
Theo GatosBernardo R.Thomas D. WeissLucius ClayThomas Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Clésio Luiz
Visitante
Clésio Luiz

Embora eu não seja um estudioso do assunto, me parece que Israel não tem o menor interesse em viver uma vida sossegada com seus vizinhos e os palestinos. É como se a indústria de defesa do país sempre desse um jeito para que o estado de Israel sempre esteja metido em problemas e a indústria possa estar sempre ocupada produzindo armas para “defesa”.

Talvez esteja aí a fonte de problemas de Israel.

brazilwolfpack
Visitante
brazilwolfpack

Sempre que os israelenses tratem os palestinos como escoria e os expulsem das suas casas,como vai aver paz? Como te sentirias se algum dia chegassem por exemplo ums estrangeiros,expulsassem os brasileiros e tomassem suas casas? mas claro,porque foram eles perseguidos e assassinados pelo mundo todo,agora podem fazer o mesmo com os outros,e se alguem ousar dizer algo em protesto,e taxado de anti-semita.

fsinzato
Visitante
fsinzato

Clésio Luiz em 17 mar, 2010 às 13:38

Clésio,

Também não sou estudioso do assunto, mas pelo pouco que sei, é difícil separar o Estado Israelense de suas forças armadas. Alguns até dizem que o Estado Judeu são as próprias forças armadas.

Abs.

OTV
Visitante
OTV

Pelo que li aqui – http://www.nytimes.com/2010/03/16/world/middleeast/16mideast.html?hp – os EUA não vão passar do discurso a ação, nem agora, nem daqui a 50 anos.
E eu acho que o oriente médio só vai conheecer paz quando os humanos mudarem de planeta.

Bernardo
Visitante
Bernardo

Temos que ter calma na discussão desses assuntos….. Discordo que a intenção de Israel é manter-se em constante conflito com os árabes e palestinos…. Apenas seguem uma doutrina voltada para a solução de seus problemas internos, onde a pressão da maioria da população é direcionada justamente para a ampliação de assentamentos em território que julgam ser, por direito histórico, seu. Claro que isso imediatamente cai em um sem número de temas, com mais um sem número de argumentações, dos dois lados. O que importa não é se Israel está certo ou errado, afinal quem pode dizer isso?? Existem opiniões diversas… Read more »

Jonas Rafael
Visitante
Jonas Rafael

A fronteiras que a ONU criou em 47 foram uma das principais causas do conflito, assinalando 55% do território para 33% da população e 45% para 67% (palestinos). A ONU é a segunda grande culpada por tudo (a maior de todas é a Inglaterra, que foi quem causou toda a celeuma). Então não espere nada de proveitoso por parte da ONU.

Bernardo
Visitante
Bernardo

Discordo… A Inglaterra não tem culpa, a região estava em seu poder, ou seja, ela cedeu o espaço para a ONU decidir oq fazer….. e mais, queria se livrar do “problema dos judeus espalhados”, título esse, dado na época!! Oq fazer com os milhões de judeus, pobres, sem bens, quase sem vida, sem ter oq comer e etc…… A ONU precisava fazer algo, e a inglaterra cedeu seu território… o retso foi culpa da ONU mesmo…. Concordo que as fronteiras demarcadas foram um problema, mas me refiro às fronteiras(ou falta delas) depois dos conflitos posteriores sacou??? Aquilo lá é terra… Read more »

Caipira
Visitante
Caipira

Israel também comete erros, sem dúvida, mas quando existem malucos por aí dizendo que se possível riscariam o estado judeu do mapa algumas atitudes são compreensíveis…

Paulo Costa
Visitante
Paulo Costa

Poucos dizem,mas Israel emprega mais de 100 mil palestinos,
em varios tipos de trabalho,na Palestina,nem sei o que existe
por la,e eles recebem dinheiro da ONU,e de varios paises da
região.Israel exporta para varios paises sua tecnologia
em varias areas.Mas é uma região de conflitos comerciais,religiosos,
e militar,tudo isto complica.

Bernardo
Visitante
Bernardo

Bela observação Paulo Costa!!!

mauro dias
Visitante
mauro dias

Vale a pena ler , e refletir Obama e o fim da paciência 16/03/2010 – 23:12 | Enviado por: Mauro Santayana Por Mauro Santayana Temos todas as razões para o pessimismo com relação ao problema da Palestina. Israel, sob o governo radical de Netanyahu, está disposto a afrontar Washington. A desfeita a Joe Biden, vice-presidente dos Estados Unidos, não foi reparada devidamente pelo governo de Israel. A posição de Israel parece endurecer-se, não obstante as duras admoestações, tanto da parte de Biden como de Hillary Clinton. A paciência de Obama dá sinais de estar chegando ao fim. Mas Israel joga… Read more »

mauro dias
Visitante
mauro dias

Agora é que a hipocrisia tende a aparecer em maior grau.
Quem vai pedir um sanção da ONU , sobre Israel?
E os direitos humanos? São mais de 800mil entre adultos e crianças detidos em Israel desde 67. Haverá bloqueio econômico internacional?
Há justificativa para um povo que sofreu um quase genocídio, provocar um genocídio em um povo ,que é tão histórico no local , ou mais , quanto eles.

Bernardo
Visitante
Bernardo

Pensamento bom….
mas cuidado, não é nem de longe “um genocídio” por parte dos judeus……
falar isso é muito errado!!! Afinal eles têm um plano armado pra exterminar os palestinos???? Estão enfiando-os em câmaras de gás???
Metralhando-os contra muros?? Fazendo experiencias com seus corpos mortos?? Queimando-os vivos? Enterrando-os em valas coletivas??
Espalhando doenças mortais pra ver a resistência de seus organismos???
Deixando-os sem comida para ver o quanto vievem???

então não fale asneiras e não compare oq é incomparável!!!

mauro dias
Visitante
mauro dias

Caro amigo Bernardo , não ha termos de comparação. Nunca pode-se comparar fatos históricos com realidades distintas.O método é oque menos importa , e sim seus efeitos.Mortes, destruição, fome acirramento de ódios.Uma política voltada para simples eliminação da presença de árabes-palestinos , por uma minoria ortodoxa-radical , só isso. Genocídio é genocídio , não importa os métodos.
Tenha mais educação ao expressar sua opiniões.

brazilwolfpack
Visitante
brazilwolfpack

Realmente,Mauro. Estou de acordo contigo. E sempre a mesma desculpa;”Os judeus sofreram no holocausto,entao carta branca para eles.” Dai partem para abocanhar cada dia mais territorio palestino,expulsar seus moradores,etc. Ao que eu saiba,os palestinos tambem estavam la ha milhares de anos. Com que direito Israel toma suas terras,e os coloca literalmente no meio da rua? Com respeito aos pobres 800 mil entre adultos e crianças detidos em Israel desde 1967,qual e a desculpa?? Esses pobres nao tem direitos humanos? E o assassinato acontecido a poucos dias em Dubai,aonde Israel forjou diversos passaportes europeus para realizar uma execucao sumaria,publicamente,num pais vizinho???… Read more »

Galileu
Visitante
Galileu

Não suporto injustiça, conheço muito bem a história de Israel/Palestina, espero que algum dia Israel pague por suas atrocidades impostas aos palestinos.

Concordo com o pessoal Israel é um mine EUA, se vier com a história do “PAZ e AMOR” o país vai a Falencia pois o que eles sabem fazer além de alguns tipos de armas?!…N-a-d-a

abraço

Galileu
Visitante
Galileu

ops esqueci ISRAEL = TERRORISTAS

Cor Tau
Visitante
Cor Tau

Abraão אברהם………….Dele se desenvolveu três das maiores vertentes religiosas da humanidade……O judaísmo, o cristianismo e o islamismo…………..E estas são as gerações de Tera…Terá gerou a Abraão, a Naor e a Harã…E Harã gerou a Ló….E morreu Harã, estando seu pai Terá ainda vivo, na terra de seu nascimento, em Ur dos caldeus…..Abraão casou-se com Sara no ano 49 de sua vida……….Sendo Sara estéril e pretendendo dar um filho a seu marido ofereceu sua serva egípcia Hagar para que gerasse o primeiro filho a Abraão….Hagar então gerou a Ismael considerado pelos muçulmanos como o ancestral dos povos árabes…O texto bíblico informa… Read more »

Felipe Cps
Visitante
Felipe Cps

Eu respeitosamente acho que um sujeito que usa um avatar com a insígnia das Waffen SS é o último que deveria abrir o bico pra falar mal de Israel…

brazilwolfpack
Visitante
brazilwolfpack

E ai,o que tem demais,Darth Vader? A verdade e a verdade. Para que saibas,eu cresci em Sao Paulo na decada de 80,com muitos meninos orfaos da entao guerra civil do Libano,aonde seus amiguinhos judeus cometeram muita carnificina discriminada. Se eres judeu,e teu problema. A Waffen SS,para que saibas,foi a unidade de combate de mais alto desempenho nos campos de batalha da Segunda Guerra. Os guardas dos campos eram de uma unidade completamente separada,e nao de combate,a Algemeine SS.

Thomas
Visitante

Seria bom ler os jornais Americanos e Israelenses, para perceber que esta e’ um DESENTENDIMENTO entre GOVERNOS, um de muitos, nao existe nenhum problema entre os EUA e ISRAEL.

O que se nota, e que a patota anti-Israel ja começa a regozijar …

Quanto aos US$ 3.3bn que Israel (e os US$2.5bn que o Egito) recebe, demonstram o apoio REAL que a America provem, que os habilita a serem MEDIADORES.

Lucius Clay
Visitante
Lucius Clay

É Israel abusa da autoridade, é uma pena que tente repetir o que fizeram os alemães com eles mesmos, ao povo palestino.

É preciso balancear as coisas, tem os dois lados, e os dois lados precisam ser respeitados, mas não dá pra apoiar as ações de Israel. Todos já estão cansados… Concordo com o brazilwolfpack, se a maioria do povo judeu quisesse, esses conflitos já teriam cessado e com a matéria “Obama e o fim da paciência”, o bem-estar dos palestinos é o bem-estar dos judeus e vice-versa.

Caipira
Visitante
Caipira

Lucius Clay em 18 mar, 2010 às 10:19

Repetir o que os alemães fizeram com eles?

Pelo amor de Deus…

Caipira
Visitante
Caipira

Felipe Cps em 17 mar, 2010 às 22:47

Resumiu bem…

Paulo Costa
Visitante
Paulo Costa

Este topico é uma boa reflexão do que somos como raça humana,
holocaustos em menor escala e tragedias acontecem todo dia,
com possivel guerra no Oriente Medio,com os Indios,os Afro,
os Ciganos,os Armenios,os Chechenos,e etc.
Se não exercitarmos as nossas habilidades de entendimento,e
dialogo,a situação vai piorar pois o mundo cresce em conflitos
a medida que a população aumenta.Na nossa região antes pacata,
devido ao aumento populacional,descoberta de petroleo,e riquezas
aumentam tambem a tensão na area.

Thomas D. Weiss
Visitante
Thomas D. Weiss

‘Lucius Clay em 18 mar, 2010 às 10:19

É Israel abusa da autoridade, é uma pena que tente repetir o que fizeram os alemães com eles mesmos, ao povo palestino.’

tipica observação Anti-Semita …

… tenta equiparar Genocídio com uma Disputa Politica e Militar , você pode discordar da Politica de Israel – mas dai a comparar os Nazis com Israel vai chão …

Bernardo R.
Visitante
Bernardo R.

Thomas D. Weiss em 18 mar, 2010 às 12:14

Por essa mesma idéia absurda que vc repudiu acima, que eu acabei sendo indelicado com o colega Mauro Dias, e peço desculpas pela forma ríspida com que me pronunciei!!

Mas por favor gente, defendam como quiser suas opiniões, e se forem pró-Palestina, que sejam…
mas NUNCA comparem genocídio com oq acontece por lá!!!
Isso é um equívoco tremendo!!
volto a dizer

Bernardo R.
Visitante
Bernardo R.

tsc tsc…..
“Por essa mesma idéia absurda que vc repudiu acima”
significa
Por essa mesma idéia absurda que vc REPUDIOU acima..

foi mal…

fsinzato
Visitante
fsinzato

Olha temos primeiro que diferenciar o Anti-Semitismo, abominável em qualquer ponto de vista, de Anti-Sionismo.

Tem muitos Judeus que expressam seu descontentamento, ou até, contrariando abertamente as premissas sionistas, mas isto não significa que são anti-semitas. Careceria completamente de sentido.

Abs.

fsinzato
Visitante
fsinzato

“Mas por favor gente, defendam como quiser suas opiniões, e se forem pró-Palestina, que sejam…
mas NUNCA comparem genocídio com oq acontece por lá!!!
Isso é um equívoco tremendo!!
volto a dizer”

Tem que combinar isto com a ONU, que em inúmeros documentos afirmam o mesmo.

Abs.

Theo Gatos
Visitante
Theo Gatos

Algo que concordo e gostaria de compartilhar com os amigos do Blog. Reproduzindo: “Letter to the Israeli Ambassador in Athens from Theodoros Pangalos, member of the Greek Parliament Saturday, 10 January 2009 03:00 Dear Mr. Ambassador, Allow me to thank you for the three wine bottles you sent me for the holidays. My best wishes to your family, to members of your embassy and a good and happy New Year. Good health and progress for all. Unfortunately, I have noticed that the wine you offered me was produced on the Golan Heights. I have always known since my childhood years… Read more »