Home Conflitos em andamento David Cameron nega planos de usar forças terrestres na Líbia

David Cameron nega planos de usar forças terrestres na Líbia

63
6

LONDRES, 17 de abril – (Reuters) – O primeiro-ministro da Grã-Bretanha, David Cameron, descartou neste domingo a possibilidade de enviar tropas terrestres para a Líbia, dizendo que é importante acatar a ordem da ONU e não tomar nenhuma atitude que possa alienar o mundo árabe.

“O que dissemos é que não se trata de uma invasão ou ocupação – não é o caso da Grã-Bretanha colocar suas botas no território. Não é o que estamos fazendo aqui,” disse ele à Sky News durante uma entrevista, respondendo a uma pergunta sobre o aumento da ajuda militar ao país.

Falando de Oxfordshire, no sul da Inglaterra, ele disse que a missão da aliança ocidental era bem clara: fiscalizar o cumprimento da zona de exclusão aérea e continuar com as incursões aéreas para destruir os tanques e artilharia de Muammar Gaddafi que estão sendo usados para matar civis.

“Está muito claro que devemos nos ater aos termos da resolução do Conselho de Segurança da ONU. Devemos manter o apoio do mundo árabe e acho que é muito importante nos assegurarmos que isso seja feito da maneira certa,” disse ele.

A Resolução 1973, que estabeleceu a zona de exclusão aérea, autoriza as forças a tomar “todas as medidas necessárias” para proteger os civis, ao mesmo tempo em que exclui “qualquer forma de ocupação estrangeira, em qualquer parte do território líbio.”

Cameron disse que, exceto enviando tropas terrestres, a aliança ajudaria de qualquer outra maneira para parar Muammar Gaddafi, “libertando o povo deste inferno em Misrata” e outras cidades ao longo da costa da Líbia.

Reiterando comentários que ele fez na sexta-feira, em conjunto com o presidente does EUA, Barack Obama e o presidente da França, Nicolas Sarkozy para um artigo de jornal, Cameron disse que Gaddafi precisa sair.

“Não tenho dúvidas que o coronel Gaddafi tem a intenção de matar pessoas em Misrata, assumindo o controle dessa cidade e seguindo em direção à Benghazi, onde tenho certeza que se ele chegar lá, haverá um banho de sangue,” analisou Cameron.

FONTE: Reuters/Brasil Online

6
Deixe um comentário

avatar
6 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
3 Comment authors
IvanVaderWagner Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Wagner
Visitante
Member
Wagner

EU JÁ DEVERIA SABER… DEI UMA DE GORBACHEV E OLHA SÓ… “””Líbia: é o petróleo ou o banco central? Seg, 18 de Abril de 2011 08:43 Escrito por Redação 0 Comentários Líbia: é o petróleo ou o banco central? por Ellen Brown, Asia Times Online – Tradução do Coletivo da Vila Vudu Vários comentaristas e analistas de economia já observaram o estranho fato de os rebeldes líbios terem tido tempo, em plena rebelião, para criar, em março, seu próprio banco central ‘rebelde’ – antes até de haver governo ou Estado. Robert Wenzel escreveu, no Economic Policy Journal: “Mais um recorde,… Read more »

Wagner
Visitante
Member
Wagner

Outra pergunta óbvia:

Para inutilizar a Força Aérea Líbia, ao invés de ficar fazendo CAPs tipo cowbói para finalidades propagandísticas, não seria mais eficiente simplesmente detonar as pistas das bases aéreas do Kadafi ?

Para que tanta ação aérea se a OTAN pode facilmente inutilizar as pistas, mantendo assim a Força Aérea Líbia no chão ??

Podia ter feito isso desde o começo. teriam salvo muitas vidas dos dois lados.

Mas não, ao invés disso, eles ficam patrulhando espeço líbio esperando os Migs aparecerem !!!

Impressão minha ou querem que os Migs apareçam para testar a capacidade ar- ar do rafale e Hornet ???

Wagner
Visitante
Member
Wagner

Para quem assistiu e conhece Babylon 5, não deixa de lembrar quando o Sheridan perguntou aos Vorlons :

” Vcs podiam ter destruído Za-ha-dum a todo instante e não o fizeram, porque ???”

” Não é o mensageiro que vcs querem matar, é a mensagem !”

Igualzinho…

Vader
Membro
Trusted Member

Wagner disse:
18 de abril de 2011 às 14:26

“Impressão minha ou querem que os Migs apareçam para testar a capacidade ar- ar do rafale e Hornet ???”

Acho que você deveria dizer Rafale, Typhoon e Gripen.

O Hornet prescinde de ser testado em combate.

Ivan
Membro
Member
Ivan

Wagner, A Força Aérea da Líbia já foi devidamente “inutilizada” pelos B-2 Spirit da US Air Force, que “abateu” os MiGs, Sukhois e Mirages dentro dos seus hangares protegidos (HAS), como pode ser visto nestas fotos da Base Aérea de Ghardabiya apresentadas pelo AEREO em 27 de março passado: http://www.aereo.jor.br/2011/03/27/ghardabiya-antes-e-depois-do-b-2/ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ Lord Vader, Mas há Hornets na formação aérea da Coalizão. O AIRCOM das Canadian Armed Forces enviou meia dúzia de CF-18A (ou CF-188) para integrar as forças aéreas da Otan… Read more »

Vader
Membro
Trusted Member

Ivan disse:
18 de abril de 2011 às 21:05

Exatamente Ivan, me referia ao fato de que o Hornet não precisa de prova de combate.

Abs.