Home Noticiário Nacional Temer defende sigilo eterno de documentos ultrassecretos

Temer defende sigilo eterno de documentos ultrassecretos

103
3

O vice-presidente Michel Temer defendeu nesta quinta-feira (16), em Recife (PE), a manutenção do sigilo eterno de documentos oficiais classificados como ultrassecretos e a liberação dos atos secretos, confidenciais e reservados após um prazo determinado.

“A discussão que está se pondo é a seguinte: nos casos dos atos ultrassecretos, dos pontos mais graves para o país apenas três hipóteses seriam passíveis de prorrogações em função do sigilo”, afirmou Temer, referindo-se aos assuntos de fronteira, de segurança nacional e relações internacionais.

“E não significa sigilo eterno, porque daqui a 25 anos pode-se entender que nem essas três hipóteses devam ser mantidas em sigilo. Então, é preciso colocar as discussões nos seus parâmetros corretos. Não é o sigilo de todo e qualquer documento, só dos atos ultrassecretos e, dentre eles, alguns pontos”, disse o vice-presidente.

“Em relação aos atos em geral, eu sou a favor do sigilo por um prazo determinado, e não mais do que isso.”

A posição do líder peemedebista é a mesma da presidente Dilma Rousseff e contrária à bancada do PT no Senado, que defende o fim do sigilo eterno dos documentos ultrassecretos.

Projeto enviado há dois anos pelo governo Lula ao Congresso reduz de 30 para 25 o prazo do sigilo dos papéis ultrassecretos, mas permite a renovação por igual período, indefinidamente.

Emenda aprovada em 2010 na Câmara estabelece, porém, que a renovação do sigilo só pode ocorrer uma vez, o que limita ao máximo de 50 anos o prazo para a liberação das informações.

O governo quer derrubar a emenda no Senado, mas o PT é contra. O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, considera o sigilo eterno inconstitucional.

GASTOS COM A COPA

Em Recife, onde participou da abertura de um seminário sobre a reforma política, Temer negou que o sigilo imposto pelo governo às informações sobre os orçamentos para as obras da Copa do Mundo e dos Jogos Olímpicos no Brasil, noticiado hoje pela Folha, dificulte a fiscalização dos gastos.

“Na verdade, o que há é uma flexibilização do sistema de licitação, mas com ampla fiscalização”, afirmou ele. “Não significa que não vá haver fiscalização em função dessa flexibilização.”

A decisão de manter em segredo os orçamentos foi incluída na medida provisória 527. Com a mudança, o público não saberá se os valores contratados estão acima ou abaixo do previsto. Apenas órgãos de controle receberão os dados, e quando o governo quiser.

FONTE: Folha Online

3
Deixe um comentário

avatar
3 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
3 Comment authors
VaderWagnereraldocalheiros Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
eraldocalheiros
Visitante
eraldocalheiros

Apenas uma pergunta:dentre esses documentos secretos, sigilosos e confidencias, sairia tambem documentos relatando as maracutaias, as falcatruas e as propinas paga pelo executivo aos legislativos para que projetos e MPs sejam aprovados por eles? ….Ah tb será incluso as verbas de caixa 2 dos partidos?

Wagner
Visitante
Member
Wagner

Tomara que ele não coloque como ultra-secretos fotos da beldade da mulher dele !!

rá rá rá rá rá !!!

( qualé, tava na hora de uma mulher bonita nesse governo !!)

🙂

Vader
Membro
Trusted Member

É isso aí, vamos nos proteger do poderoso Paraguay e da perigosa Bolívia, escondendo a informação de que tomamos/compramos terras deles há 200 anos (uma coisa muito recente, e que tem mesmo que ser escondida). Só para quem não sabe, ao término da Guerra da Tríplice Aliança a República da Argentina propôs ao Império do Brasil a divisão do território paraguayo em duas partes iguais, cada uma pra um dos países. O Imperador Pedro II recusou-se até mesmo a discutir a questão, afirmando que o povo paraguaio merecia manter seu território e sua soberania. Ou seja: não fosse pela moderação… Read more »