segunda-feira, agosto 15, 2022

Saab RBS 70NG

Arsenal nuclear dos EUA atualizado

Destaques

Guilherme Poggio
Guilherme Poggiohttp://www.forte.jor.br
Editor da Revista Forças de Defesa

O Departamento de Estado dos EUA divulgou um novo relatório sobre o seu inventário de armas nucleares, conforme situação em 1º de setembro de 2011. O Departamento de Estado também divulgou informações sobre a situação das armas nucleares russas segundo o novo tratado START.

Os EUA possuem 822 ICBM (Intercontinental Ballistic Missiles), SLBM (Submarine Launched Ballistic Missiles) e bombardeiros pesados, enquanto a Rússia possui 516. O número de ogivas nuceares disponíveis para estas plataformas atinge um total de 1790 para os EUA e 1566 para a Rússia.

- Advertisement -

11 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest

11 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
LuppusFurius
LuppusFurius
10 anos atrás

Nóssaaaaa teveriam usar tudo antes que estrague!!!!

jacubao
jacubao
10 anos atrás

Cruz credo! Se eles decidissem sair na porrada, nem iriam conseguir usar tudo isso, pois o mundo acabaria antes e nem citaram a França, China, Inglaterra, Coréia do Norte, Índia, Paquistão e Israel. O mais engraçado em tudo isso, é que eles podem e nóis não.
Bando de safa…os esses americanos.

Vader
10 anos atrás

jacubao disse:
17 de janeiro de 2012 às 0:18

Jacuba, você sinceramente confiaria os controles de um arsenal atômico a um Nelson Jobim? A um José Sarney? A um Lula? Um Maluf? Um Genoíno? Um Collor?

Sinceramente? Graças a Deus que só eles podem…

giordani1974
giordani1974
10 anos atrás

Imagina um toninho malvadeza com acesso ao botão atômico?!?! O Universo é sábio…é sábio…sábio…

jacubao
jacubao
10 anos atrás

Meu caro Vader, pensando desta forma que o amigo citou, é melhor como está mesmo, rsrsrs… 😀

Bosco Jr
Bosco Jr
10 anos atrás

Eu acho meio pouco a quantidade de armas atômicas divulgadas. Levando-se em conta que existem 450 Minuteman III com 1 ogiva cada , 336 Trident II (cada um pode levar até 12 ogivas, mas estão limitados por força de tratado a não mais que 4, salvo engano) e mais de 100 bombardeiros (sem falar dos caças F-16 e F-18 que ainda devem conservar sua capacidade nuclear), o montante de 1790 é pouco. Os veículos de reentrada dos Minuteman somam 450, os RVs do Trident somariam mais de 1200 se todos estivessem com 4. Só aí já tem mais de 1650… Read more »

paulsnows
paulsnows
10 anos atrás

Quando a India detonou suas bombas, a desconfiança foi geral. Afinal, eram indianos. Na vez do Paquistão, foi pior, ja que alem de paquistaneses eram muçulmanos, como tal, “radicais”. E então, por que não podemos. Achar que não e acolher a opinião dos outros paises sobre nos. Os mesmos interessados em manter suas bombas, sempre. Acho que ha uma confusão entre as escolhas politicas pessoais, simpatias, antipatias e assuntos que definem a posição dos paises no mundo. Armas nucleares são a chave de um clube exclusivo. E um dos primeiros artigos do estatuto e que você não sera atacado, por… Read more »

Bosco Jr
Bosco Jr
10 anos atrás

Depois dei uma conferida e meus dados estão ultrapassados.
Hoje estão operacionais “apenas” 150 bombas B-61 e 350 ALCM.
Também epenas 288 Trident II.

Vader
10 anos atrás

Armas nucleares são armas ultrapassadas conceitualmente, não podem ser usadas nem vendidas, dão um gasto dos diabos, são perigosas pra quem as mantém, geram sanções econômicas e todo o resto, criam corridas nucleares nos vizinhos, não podem ser “desinventadas” e mesmo pra desativá-las é uma tremenda de uma treta. Enfim, são o passaporte pra desgraça, mesmo que jamais sejam usadas. Que as grandes potências, os indianos, paquistaneses, israelenses, norte-coreanos e iranianos(?) sejam muitos felizes com as deles, esses cinco últimos sendo invariavelmente um bando de países ferrados e em guerra eterna contra tudo e contra todos. Prefiro meu país livre… Read more »

Bosco Jr
Bosco Jr
10 anos atrás

Se são 288 Tridents é porque são 12 SSBN Ohio. Eram 14, cadê os outros 2?

Requena
Requena
10 anos atrás

Arma nuclear é loucura.
Até já fui a favor. Mas parei, pensei, analisei riscos(econômicos, militares, políticos, ecológicos e humanitários) e suas consequências. Hoje em dia sou 100% contra.
Nosso país não tem porque entrar nessa. É uma baita de uma fria.

Últimas Notícias

Xi e Biden distribuem bilhões para tirar chips de Taiwan

China, que começou antes, já enfrenta escândalo de corrupção; nos EUA, NYT apoia e WSJ critica 'política industrial' Por Nelson...
Parceiro

- Advertisement -
- Advertisement -