Militares participam de instruções do Sistema Antiaéreo GEPARD

7

gepard 1

Hardheim (Alemanha) – No período de 4 de março a 17 de maio, 20 militares das diversas Organizações Militares de Artilharia Antiaérea e da Escola de Artilharia de Costa e Antiaérea (EsACosAAe) participam de instruções de operação do Sistema Antiaéreo GEPARD, recentemente adquirido pelo Exército Brasileiro, como parte das ações previstas no Projeto Estratégico do Exército – Defesa Antiaérea (PEE DAAe).

Além da operação da torre antiaérea, os militares serão capacitados a realizar a conduta auto e direção da VBE GEPARD e aprenderão a utilizar o simulador do sistema.

Os conhecimentos adquiridos serão importantes subsídios para permitir a inclusão desse novo meio de defesa antiaérea nas Unidades e nos currículos dos cursos da EsACosAAe.

gepard 3 gepard 2

FONTE: EB

Subscribe
Notify of
guest

7 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
edurval
edurval
10 anos atrás

Gostaria de poder ler uma noticia igual a essa pelo menos uma vez por mês.

Espero que novas aquisições ocorram pois o futuro é nebuloso e ainda vamos precisar muito do EB.

Vader
10 anos atrás

Apesar das críticas, tenho para mim que essa foi uma excelente compra de oportunidade pelo EB.

Aliás, ao contrário da Marinha e da FAB, faz tempo que o EB não faz uma caca em matéria de compras militares.

Mauricio R.
Mauricio R.
10 anos atrás

E o Sisfron??? Aquele contrato c/ fortes suspeitas de uso de informações privilegiadas, não conta???
No mais do jeito que gostam de sucata por aqui, logo logo o EB vai fazer um arranjo high/low na sua AAe.
O high é o Gepard, já o low deverá ser o M-42Duster, veículo AAe autopropulsado sobre chassís M-41.

Vader
10 anos atrás

Mauricio R. disse:
28 de março de 2013 às 9:52

Então Maurício, mas o Sisfron não é beeeeem um projeto do EB… é do tipo EC-725… se é que me entende…

Bosco Jr
Bosco Jr
10 anos atrás

Ao meu ver também foi uma boa aquisição, embora no país de origem fazia parceria com o Roland e estava sob o guarda chuva do Hawk e do Patriot e ainda tinha o Stinger para tapar os furos.
O conceito definitivamente agradou aos alemães já que sua nova composição de defesa de baixa altitude ainda é composta por um SPAAG (canhão anti-aéreo auto propulsado) na forma de um Oerlikon 35/1000 e por um sistema de míssil móvel (Stinger e futuramente o LFK-NG, que substitui o Roland).
Acho que o Gepard ainda dá um caldo por um bom tempo.

Requena
Requena
10 anos atrás

Como eu tenho dito, pra quem não tem nada, qualquer coisa é alguma coisa. 😉

Que venham dos Gepard.

MAD DOG
MAD DOG
10 anos atrás

… Com essa aquisição, o EB conseguiu mobiliar suas 02 Brigadas Blindadas, com artilharia anti-aérea coerente com seus propósitos, podendo assim, substituir os ultrapassados 40mm L60 auto rebocados, da 6ª BiaAAAe da 6ª Brigada de Infantaria Blindada e provavelmente criará uma nova OM (BiaAAAe), para mobiliar a 5ª Brigada de Cavalaria Blindada. Agora, todas as 02 Brigadas Bilindadas (6ª Bgd Inf Bld e 5ª Bgd de Cav Bld), ambas sob o comando do CMS, serão mobiliadas com AAAe sobre lagartas, condizentes com as suas unidades, todas com viaturas sobre lagartas, dando assim uma maior dinâmica a cobertura AAe das mesmas.… Read more »